SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 65
Baixar para ler offline
1
Compostos de
coordenação
2
Para aprender os
complexos de coordenação:
Compostos de coordenação
• Teoria ácido-base de LEWIS
• METAIS e LIGANTES
• Tipos de Ligantes
• Nomenclatura de compostos de
coordenação: Complexos aniônicos,
catiônicos e neutros.
• Número de coordenação
• Aplicações
3
ÁCIDOS - ARRHENIUS
Compostos de coordenação
Segundo Arrhenius ácido é qualquer substância que em solução
aquosa, apresenta como único íon positivo o cátion H+
Ionização
HCl + H2O → H3O+ + Cl–
O íon H3O+ é conhecido como íon hidroxônio, e pode ser
representado simplesmente por H+.
HCl → H+ + Cl–
4
BASES - ARRHENIUS
Arrhenius definiu base como qualquer substância que, em
solução aquosa, liberam como único íon negativo o ânion OH-
Dissociação iônica
NaOH(s) → Na+
(aq) + OH–
(aq)
Compostos de coordenação
5
ÁCIDOS e BASES DE LEWIS
ÁCIDO é um receptor de ELÉTRONS.
Compostos de coordenação
BASE é um DOADOR de ELÉTRONS.
Al3+ + 6.H2O → [Al(H2O)6]3+
6
INTRODUÇÃO
Compostos de coordenação
Os compostos de coordenação são de grande
importância, quer do ponto de vista da PESQUISA
BÁSICA, quer do ponto de vista das suas APLICAÇÕES
Há mais de 100 ANOS eles se constituem num
dosprincipais temas de investigação da QUÍMICA
INORGÂNICA.
7
INTRODUÇÃO
Compostos de coordenação
Conhecidos desde o século XIX, os compostos de
coordenação tornaram-se tema central de estudo
na química do princípio do século XX, com o
reconhecimento de sua importância ilustrada pelo
prêmio Nobel de química de 1913, conferido a
Alfred Werner.
8
INTRODUÇÃO
Compostos de coordenação
• Nas últimas décadas, com o crescente desenvolvimento
da chamada química BIOINORGÂNICA, incluindo-se aí a
química INORGÂNICA MEDICINAL, na qual os
compostos de coordenação desempenham papel de
destaque, um renomado interesse surgiu com relação a
essa classe de substâncias.
9
INTRODUÇÃO
Compostos de coordenação
Mas o que é um composto de coordenação?
Complexo de coordenação
Composto complexo
Composto de coordenação
10
Compostos de coordenação
EXEMPLO:
[Co(NH3)6]3+
11
Compostos de coordenação
É um composto contendo
uma ESPÉCIE CENTRAL
(átomo ou íon)
ligada a LIGANTES.
[Co(NH3)6]3+
12
Compostos de coordenação
Os COLCHETES
envolvem o
íon metálico
e os ligantes.
[Co(NH3)6]3+
13
Compostos de coordenação
METAIS
São ácidos de Lewis
(receptores de elétrons)
[Co(NH3)6]3+
LIGANTES
São bases de Lewis
(doadores de elétrons)
14
Compostos de coordenação
1) Os colchetes [ ] envolvem o íon metálico
e os ligantes;
[CoCl2(NH3)4]+
Como escrever a fórmula
2) PRIMEIRO escreve-se o METAL;
3) SEGUNDO escreve-se os ligantes NEGATIVOS
4) SEGUNDO escreve-se os ligantes NEUTROS
[Co(NH3)6]3+
15
Compostos de coordenação
Como escrever a fórmula
LIGANTES NEUTROS
16
Compostos de coordenação
Como escrever a fórmula
LIGANTES ANIÔNICOS
17
Compostos de coordenação
Como escrever a fórmula
Qual destas fórmulas estão corretas?
[Co(NH3)4Cl2]+
[CoCl2(NH3)4]+
[Co(CN5)H2O]2- [CoH2O(CN5)]2-
18
Compostos de coordenação
TIPOS DE COMPLEXOS METÁLICOS
Complexos
Catiônicos
Complexos
Aniônicos
Complexos
Neutros
[Co(CN5)H2O]2-
[Cr(CO)6]
19
[CoCl2(NH3)4]+
Compostos de coordenação
Prestando atenção no quadro para
descobrir o NOX do METAL!
EXEMPLOS DE
COMPLEXOS METÁLICOS
20
Compostos de coordenação
Exercícios
21
Compostos de coordenação
Exercícios
22
Compostos de coordenação
Tipos de LIGANTES
Os ligantes podem apresentar mais de um átomo com
elétrons disponíveis para formar ligações
coordenadas.
O termo ligante aplica-se somente a grupos ligados a um íon
metálico. Os ligantes podem ser:
23
Compostos de coordenação
Monodentados
NEUTROS
24
Compostos de coordenação
Monodentados
ANIÔNICOS
25
Compostos de coordenação
Monodentados
EXEMPLOS:
[Co(NH3)6]3+
[Pt(Cl2)2(NH3)2][Fe(H2O)6]2+
26
Compostos de coordenação
Bidentados
27
Compostos de coordenação
Bidentados
28
Compostos de coordenação
Tridentados
29
Compostos de coordenação
Tetradentados
30
Compostos de coordenação
Tetradentados
PORFIRINA - uma proteína responsável pelo
transporte de oxigênio na corrente sanguínea,
essencial para a produção de hemoglobina.
31
Compostos de coordenação
Multidentados
32
Compostos de coordenação
Nobel de química de 1913:
Alfred Werner
33
Compostos de coordenação
• Ele criou a teoria da coordenação em 1893;
• Passou 20 anos estudando complexos;
• Naquela época não havia nenhuma teoria de
ligação química ainda desenvolvida.
• Nem o elétron era conhecido nessa época.
Nobel de química de 1913: Alfred Werner
34
Compostos de coordenação
Usando uma simples bureta, ele fez diversas
reações entre o sal CoCl3 e a amônia (NH3).
Nobel de química de 1913: Alfred Werner
35
Compostos de coordenação
Por quê um composto estável como o
NH3reagia com o CoCl3?
Nobel de química de 1913: Alfred Werner
Sal estável
Como descobrir as respostas para esse
dilema sem nem ao menos dispor de um
aparelho de raios-x?
36
Compostos de coordenação
Nobel de química de 1913: Alfred Werner
37
Compostos de coordenação
Nobel de química de 1913: Alfred Werner
VALÊNCIA PRIMÁRIA
Relacionada ao estado de oxidação do metal
complexado.
38
Compostos de coordenação
Nobel de química de 1913: Alfred Werner
VALÊNCIA SECUNDÁRIA
É dada pelo número de espécies químicas
ligadas diretamente ao átomo metálico central.
NÚMERO DE COORDENAÇÃO
39
Compostos de coordenação
Nobel de química de 1913: Alfred Werner
VALÊNCIA SECUNDÁRIA
40
Compostos de coordenação
Exercícios
Complexo Valência Primária Valência
secundária
[Pt(NH3)4]2+
[HgCl4]2-
[PF6]-
[Ag(CN)2]-
[Cr(CO)5]2-
[Cr(H2O)6]3+
Determine a Valência Primária e secundária:
41
Compostos de coordenação
Exercícios
Complexo Valência Primária Valência
secundária
[Pt(NH3)4]2+ 2 4
[HgCl4]2- -2 4
[PF6]- -1 6
[Ag(CN)2]- -1 2
[Cr(CO)5]2- -2 5
[Cr(H2O)6]3+ +3 6
Determine a Valência Primária e secundária:
42
Compostos de coordenação
Nomenclatura
Quando espécies químicas se encontram
como ligantes de compostos decoordenação,
estes ligantes geralmente recebem
NOMES ESPECIAIS.
43
Compostos de coordenação
Ligantes Neutros
44
Compostos de coordenação
Ligantes Aniônicos
45
Compostos de coordenação
Ligantes Aniônicos
46
Compostos de coordenação
Ligantes Aniônicos
47
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos
catiônicos e neutros
[Pt(NH3)4]2+
[Cr(H2O)6]3+
[Ni(CO)4]
48
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos catiônicos e neutros
• inicia-se pelo contra íon (espécie representada fora dos
colchetes), se houver.
• depois se escreve os nomes dos ligantes, em ordem
alfabética: o nome deve ser inteiro, sem separação por
espaços ou hífens.
• quando existirem vários ligantes iguais, usa-se o prefixo di,
tri, tetra, penta, hexa etc.
• por último coloca-se o nome do metal (átomo central),
seguido pelo seu estado de oxidação, em algarismos
romanos e entre parênteses. 49
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos catiônicos e neutros
[Co(NH3)6]3+
inicia-se pelo contra íon (espécie
representada fora dos colchetes), se
houver.
depois se escreve os nomes dos ligantes,
em ordem alfabética: o nome deve ser
inteiro, sem separação por espaços ou
hífens.
quando existirem vários ligantes iguais,
usa-se o prefixo di, tri, tetra, penta, hexa
etc.
por último coloca-se o nome do metal
(átomo central), seguido pelo seu estado
de oxidação, em algarismos romanos e
entre parênteses.
Hexaamincobalto (III)
50
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos catiônicos e neutros
inicia-se pelo contra íon (espécie
representada fora dos colchetes), se
houver.
depois se escreve os nomes dos ligantes,
em ordem alfabética: o nome deve ser
inteiro, sem separação por espaços ou
hífens.
quando existirem vários ligantes iguais,
usa-se o prefixo di, tri, tetra, penta, hexa
etc.
por último coloca-se o nome do metal
(átomo central), seguido pelo seu estado
de oxidação, em algarismos romanos e
entre parênteses.
51
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos catiônicos e neutros
Exercícios
Complexo
[Pt(NH3)4]2+
[Cr(CO)6]
[Ag(NH3)2]+
[Cr(H2O)6]3+
52
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos catiônicos e neutros
Exercícios
53
Complexo Nome
[Pt(NH3)4]2+ Tetraaminplatina (II)
[Cr(CO)6] Hexacarbonilcromo (O)
[Ag(NH3)2]+ Diaminprata (I)
[Cr(H2O)6]3+ Hexaaquacromo (III)
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos
ANIÔNICOS
[Co(CN5)H2O]2-
[HgCl4]2- [Ag(CN)2]-
54
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos aniônicos
A nomenclatura dos complexos aniônicos é feita da
mesma forma, sendo o metal acrescido da
terminação "ATO"
55
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos aniônicos
56
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos Aniônicos
Exercícios
Complexo
[HgCl4]2-
[PF6]-
[Ag(CN)2]-
[Cr(C2O4)3]3-
[AuCl2]-
57
Compostos de coordenação
Nomenclatura para complexos Aniônicos
Exercícios
Complexo Nome
[HgCl4]2- Tetracloromercurato (II)
[PF6]- Hexafluorofosforato (V)
[Ag(CN)2]- Dicianoargentato (I)
[Cr(C2O4)3]3- Trioxalatocromato (III)
[AuCl2]- Dicloroaurato (I)
58
Compostos de coordenação
As cores dos compostos de coordenação
Complexos com metais de transição em geral
apresentam grande diversidade de
cores, em decorrência de suas ESTRUTURAS
ELETRÔNICA E GEOMÉTRICA.
59
Compostos de coordenação
APLICAÇÕES compostos de coordenação
Complexos de Gadolínio são utilizados como contrastes em
RMN.
60
Compostos de coordenação
APLICAÇÕES compostos de coordenação
Complexos de Gadolínio são utilizados como contrastes em
RMN.
Realce da imagem na RMN
61
Compostos de coordenação
APLICAÇÕES compostos de coordenação
62
Compostos de coordenação
APLICAÇÕES compostos de coordenação
Artigo Relacionado:
63
Compostos de coordenação
Questões Discursivas
64
1) Defina ácido e bases de Lewis.
2) Quem são os ácidos e bases de Lewis nos compostos:
[Co(CN)5(H2O)]2-;
[Cu(SO4)(NH3)5)]+.
3) Defina compostos de coordenação.
4) O que são ligantes? Eles atuam como ácidos ou bases de Lewis?
5) O que são ligantes hexadentados. Cite 1 exemplo.
6) O que são ligantes monodentados. Cite 4 exemplos.
7) Quais os tipos de complexos metálicos de acordo com sua carga
iônica? Cite 1 exemplo de cada.
8) O que é número de coordenação?
9) Cite exemplos de aplicações no campo da medicina dos
compostos de coordenação.
Compostos de coordenação
Referências Bibliográficas
ANA MARIA DA COSTA FERREIRA. Aula 10 – Compostos de Coordenação. Instituto de
Química, USP, São Paulo, 2014.
FLAVIANA TAVARES VIEIRA. Compostos de Coordenação. Universidade Federal dos Vales de
Jequitinhonha e Mucuri. Diamantina, MG.
MÁRCIO MARQUES MARTINS. Compostos de Coordenação: Química, História e arte. Centro
Universitário Franciscano. Santa Maria, RS.
65

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)Sarah Ornellas
 
Substituição aromática eletrofilíca
Substituição aromática eletrofilícaSubstituição aromática eletrofilíca
Substituição aromática eletrofilícaAdrianne Mendonça
 
Aula 16 19 substituição nucleofílica
Aula 16 19 substituição nucleofílicaAula 16 19 substituição nucleofílica
Aula 16 19 substituição nucleofílicaGustavo Silveira
 
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos OrgânicosReações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos OrgânicosLuís Rita
 
Quimica SoluçõEs
Quimica SoluçõEsQuimica SoluçõEs
Quimica SoluçõEsThiago
 

Mais procurados (20)

Reações de Álcoois, Fenóis e Éteres
Reações de Álcoois, Fenóis e ÉteresReações de Álcoois, Fenóis e Éteres
Reações de Álcoois, Fenóis e Éteres
 
Introdução às Reações Orgânicas
Introdução às Reações OrgânicasIntrodução às Reações Orgânicas
Introdução às Reações Orgânicas
 
Reações de Adição a Alcenos e Alcinos
Reações de Adição a Alcenos e AlcinosReações de Adição a Alcenos e Alcinos
Reações de Adição a Alcenos e Alcinos
 
Aula sobre ligações químicas
Aula sobre ligações químicasAula sobre ligações químicas
Aula sobre ligações químicas
 
Reações de Eliminação
Reações de EliminaçãoReações de Eliminação
Reações de Eliminação
 
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
 
Substituição aromática eletrofilíca
Substituição aromática eletrofilícaSubstituição aromática eletrofilíca
Substituição aromática eletrofilíca
 
Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
 
Aula 16 19 substituição nucleofílica
Aula 16 19 substituição nucleofílicaAula 16 19 substituição nucleofílica
Aula 16 19 substituição nucleofílica
 
Aula cations e anions via umida
Aula cations e anions via umidaAula cations e anions via umida
Aula cations e anions via umida
 
Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
 
Geometria molecular
Geometria molecularGeometria molecular
Geometria molecular
 
Calculo estequiometrico
Calculo estequiometricoCalculo estequiometrico
Calculo estequiometrico
 
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos OrgânicosReações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
Reações Ácido-Base para Separação de Compostos Orgânicos
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
 
Reação de adição
Reação de adiçãoReação de adição
Reação de adição
 
Quimica SoluçõEs
Quimica SoluçõEsQuimica SoluçõEs
Quimica SoluçõEs
 
Aula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódicaAula sobre tabela periódica
Aula sobre tabela periódica
 
Capitulo 4 para internet
Capitulo 4 para internetCapitulo 4 para internet
Capitulo 4 para internet
 
Aula funções oxigenadas
Aula  funções oxigenadasAula  funções oxigenadas
Aula funções oxigenadas
 

Semelhante a Compostos de coordenação

Complexo ayala introcomplex
Complexo ayala introcomplexComplexo ayala introcomplex
Complexo ayala introcomplexaleciam18
 
Compostos de Coordenação
 Compostos de Coordenação Compostos de Coordenação
Compostos de Coordenaçãol t
 
Nomenclatura (1)
Nomenclatura (1)Nomenclatura (1)
Nomenclatura (1)InsertESSA
 
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptAula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptssuser46216d
 
Equilíbrio e Titulometria de Complexação.pdf
Equilíbrio e Titulometria de Complexação.pdfEquilíbrio e Titulometria de Complexação.pdf
Equilíbrio e Titulometria de Complexação.pdfwbsp1996
 
Química Orgânica Básica - parte I.ppt
Química Orgânica Básica - parte I.pptQuímica Orgânica Básica - parte I.ppt
Química Orgânica Básica - parte I.pptMiguelMussaErnesto
 
Aul de Complexação de equlibrio quimico
Aul  de  Complexação  de equlibrio quimicoAul  de  Complexação  de equlibrio quimico
Aul de Complexação de equlibrio quimicoLayzzaTardindaSilvaS
 
Apresentação funções inorgânicas
Apresentação funções inorgânicasApresentação funções inorgânicas
Apresentação funções inorgânicasRenanKiev
 
Lista de exercicios ácidos inorgânicos
Lista de exercicios   ácidos inorgânicosLista de exercicios   ácidos inorgânicos
Lista de exercicios ácidos inorgânicosProfª Alda Ernestina
 
Funções inorgânicas (acidos bases)
Funções inorgânicas (acidos  bases)Funções inorgânicas (acidos  bases)
Funções inorgânicas (acidos bases)Karol Maia
 
química inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclaturaquímica inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclaturaFERNANDO DE SOUZA
 

Semelhante a Compostos de coordenação (20)

Aula16
Aula16Aula16
Aula16
 
Complexo ayala introcomplex
Complexo ayala introcomplexComplexo ayala introcomplex
Complexo ayala introcomplex
 
Compostos de Coordenação
 Compostos de Coordenação Compostos de Coordenação
Compostos de Coordenação
 
Nomenclatura (1)
Nomenclatura (1)Nomenclatura (1)
Nomenclatura (1)
 
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptAula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
 
Equilíbrio e Titulometria de Complexação.pdf
Equilíbrio e Titulometria de Complexação.pdfEquilíbrio e Titulometria de Complexação.pdf
Equilíbrio e Titulometria de Complexação.pdf
 
Química Orgânica Básica - parte I.ppt
Química Orgânica Básica - parte I.pptQuímica Orgânica Básica - parte I.ppt
Química Orgânica Básica - parte I.ppt
 
Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
 
Complexos2.pdf
Complexos2.pdfComplexos2.pdf
Complexos2.pdf
 
Funcoes inorganicas completo
Funcoes inorganicas completoFuncoes inorganicas completo
Funcoes inorganicas completo
 
Sais e óxidos
Sais e óxidosSais e óxidos
Sais e óxidos
 
Aul de Complexação de equlibrio quimico
Aul  de  Complexação  de equlibrio quimicoAul  de  Complexação  de equlibrio quimico
Aul de Complexação de equlibrio quimico
 
Apresentação funções inorgânicas
Apresentação funções inorgânicasApresentação funções inorgânicas
Apresentação funções inorgânicas
 
Lista de exercicios ácidos inorgânicos
Lista de exercicios   ácidos inorgânicosLista de exercicios   ácidos inorgânicos
Lista de exercicios ácidos inorgânicos
 
Apostila funcao inorganica
Apostila funcao inorganicaApostila funcao inorganica
Apostila funcao inorganica
 
Funções inorgânicas (acidos bases)
Funções inorgânicas (acidos  bases)Funções inorgânicas (acidos  bases)
Funções inorgânicas (acidos bases)
 
Aula 3. estrutura atômica
Aula 3. estrutura atômicaAula 3. estrutura atômica
Aula 3. estrutura atômica
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
química inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclaturaquímica inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclatura
 
nomenclatura
nomenclaturanomenclatura
nomenclatura
 

Mais de Larissa Cadorin

Aula 11 a química dos solos - resíduos perigosos
Aula 11   a química dos solos - resíduos perigososAula 11   a química dos solos - resíduos perigosos
Aula 11 a química dos solos - resíduos perigososLarissa Cadorin
 
Aula 8 a toxicidade em materiais de construção
Aula 8   a toxicidade em materiais de construçãoAula 8   a toxicidade em materiais de construção
Aula 8 a toxicidade em materiais de construçãoLarissa Cadorin
 
Aula 1 a história da química orgânica
Aula 1   a história da química orgânicaAula 1   a história da química orgânica
Aula 1 a história da química orgânicaLarissa Cadorin
 

Mais de Larissa Cadorin (6)

Isomeria espacial
Isomeria espacialIsomeria espacial
Isomeria espacial
 
Isomeria plana
Isomeria planaIsomeria plana
Isomeria plana
 
Reações químicas
Reações químicasReações químicas
Reações químicas
 
Aula 11 a química dos solos - resíduos perigosos
Aula 11   a química dos solos - resíduos perigososAula 11   a química dos solos - resíduos perigosos
Aula 11 a química dos solos - resíduos perigosos
 
Aula 8 a toxicidade em materiais de construção
Aula 8   a toxicidade em materiais de construçãoAula 8   a toxicidade em materiais de construção
Aula 8 a toxicidade em materiais de construção
 
Aula 1 a história da química orgânica
Aula 1   a história da química orgânicaAula 1   a história da química orgânica
Aula 1 a história da química orgânica
 

Último

QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMary Alvarenga
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docxSílvia Carneiro
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 

Último (20)

Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 

Compostos de coordenação