SlideShare uma empresa Scribd logo
CHECK LIST PARA AUDITORIA INTERNA DA ISO 9001 –
STHAMPA DATCH
4. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE
TÓPICOS A AVALIAR

4.1 Requisitos gerais
1. Os processos a serem certificados estão
identificados e
conhecidos por todos ?
Você sabe quais processos serão objetos da
certificação ?

2. A interação entre os processos a certificar é
conhecida por
todos ?
Como eles se interagem ? Qual a relação
entre eles ?
Pode mostrar num fluxograma, onde você
se encaixa,
em quais tarefas, atividades ?

3. Há critérios e métodos para assegurar que a
operação e o
controle dos processos a certificar sejam
eficazes ?
Você tem conhecimento sobre isso ?

4. Há recursos e informações assegurados,
previstos, para
apoiar a operação e o monitoramento dos
processos que
serão certificados ?
Você tem conhecimento sobre isso ?

5. Há monitoramento, medição e análise desses
processos ?
O que você sabe sobre isso ? Que evidências
você pode
dar que isso existe ?

6. Você sabe se a direção da empresa
deflagra
sistematicamente ações
e projetos para
atingir os resultados
programados e planejados e a melhoria
contínua dos
processos a serem certificados ?
Cite pelo menos um exemplo.

AVALIAÇÃO /
OBSERVAÇÕES
E LOCAL DA AUDITORIA

Pontos

1

2

3

4

5
TÓPICOS A AVALIAR

4.2 Requisitos de documentação
1. Você sabe quais são os principais
documentos do Sistema
de Gestão da Qualidade ? (Manual da
Qualidade,
Procedimentos do SGQ,POP’s e Registros da
Qualidade).
Cite alguns deles.

2. Em qual (is) meio (s) de comunicação à
documentação
do SGQ pode estar disponível para todos ?
Você sabe .....
Nota : em qualquer forma ou tipo de meio
de
comunicação

3. A organização possui um Manual da
Qualidade ?
Investigar também se as pessoas sabem da
existência dele e
onde ele fica, sob qual responsabilidade. Para
quê serve o
Manual da Qualidade ?

4. O Manual da Qualidade contém o escopo do
Sistema de
Gestão da Qualidade (SGQ), a Política e
Objetivos da
Qualidade, os Procedimentos Documentados
(PSGQ), a
descrição da interação entre os Processos
Certificados ?
Investigar se as pessoas sabem falar
alguma coisa sobre
isso.

5. A responsabilidade pela manutenção do
Manual, controle
de distribuição de cópias, controle de
alterações, estão
definidas ?
Investigue se as pessoas sabem algo sobre
essa rotina.

6. O Manual da Qualidade contém a Política
da Qualidade,
índice do conteúdo, referência, folha de
controle de
alterações, lista de circulação, paginação,
edição, datas,

AVALIAÇÃO /
OBSERVAÇÕES E
LOCAL DA AUDITORIA

Pontos

1

2

3

4

5
definições de termos e siglas, executante e
responsável,
número da revisão, missão e visão da
empresa ? Lista de
Circulação = Locais / pessoas que devem
conhecê-lo.
7. Há coerência e correspondência entre o
índice de
conteúdo
do Manual da Qualidade e a
paginação do
mesmo?
Fazer uma verificação amostral. (Tem muito
a ver com
o RD)

8. O Manual da Qualidade contém todos os itens
obrigatórios
e os pertinentes ao negócio da empresa ?
Verificar pelo
índice !
Obrigatórios : 4.2.3 ; 4.2.4 ; 8.2.2 ; 8.3 ; 8.5.2 ;
8.5.3

4. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE
TÓPICOS A AVALIAR

4.2 Requisitos de documentação :
continuação
9. As pessoas sabem o papel dos PSGQ’s e
POP’s ?
São procedimentos que ensinam como
os
princípios
do Manual da Qualidade
devem ser postos
em prática. Como as rotinas e tarefas
devem ser
executadas. É a operacionalização dos
princípios da
ISO 9001.
10. Os POP’s mantém correspondência direta
com os
Procedimentos do Sistema de Gestão da
Qualidade
(PSGQ) ?
Há uma tabela relacionando-os ? Um
PSGQ pode ter
mais de 1 POP relacionado a ele.

11. Há coerência entre a numeração e número
dos anexos
com os anexos efetivamente colocados no
final do Manual
da Qualidade ?
12. Há coerência entre as citações de PSGQ’s e
POP’s no

AVALIAÇÃO /
OBSERVAÇÕES E
LOCAL DA AUDITORIA

Pontos

1

2

3

4

5
Manual da Qualidade (MQ) com a
numeração correta dos
mesmos ?
Fazer uma verificação amostral em algumas
páginas
do MQ.
E quanto às definições e siglas adotadas ?
13. É possível constatar que há controle da
documentação do
Sistema de Gestão da Qualidade ?
Faça uma verificação amostral
14. O Manual e PSGQ’s estão devidamente
aprovados e
assinados pelo responsável da empresa para a
questão da
ISO 9000 ?
É possível ver isso nas páginas do MQ e nos
PSGQ’s ?

15. Os documentos da ISO estão legíveis e
prontamente
identificáveis ?
Verificação amostral, em algumas páginas
do MQ.

16. Há uma folha de controle de alterações e
revisões no final
do MQ e de cada PSGQ ?
As pessoas sabem falar as razões dessa folha,sua
importância para o SGQ ? Possibilitar
rastreabilidade,
p.e.

17. As cópias controladas e não controladas
pertinentes a
cada profissional e área estão disponíveis nos
locais de
uso?
Fazer uma verificação amostral, com alguns
profissionais.

18. As pessoas sabem acessar rapidamente suas
cópias de
documentos, sejam em papel, seja em Meio
Eletrônico ?
Fazer verificação amostral ; não precisa ser
feito com
todos.
19. As pessoas sabem o quê são os documentos
chamados
Registros da Qualidade ? Para quê servem ?
São usados para provar evidências da
conformidade com
os requisitos e da operação eficaz do Sistema
de Gestão da
Qualidade.
Por
exemplo,
Notas
Fiscais,
Pedidos,
Planilhas de
Monitoramento de Compras / Importação,
Laudos
Técnicos de MP’s, etc.
Fazer uma verificação amostral, em algumas
pessoas.

20. Há um PSGQ que define as ações de controle
para
identificação, armazenamento,
proteção,
recuperação,
tempo de retenção e descarte dos Registros da
Qualidade ?
PSGQ de Controle de Documentos e Registros
da
Qualidade

TÓPICOS A AVALIAR

5. Responsabilidade da direção
1. A Direção comunica regularmente aos
profissionais sobre a
necessidade de a empresa
atender aos
requisitos dos
clientes, inclusive os regulamentares e
estatutários (aqueles
por força de Leis e Obrigações Legais) ?
Você pode dar um
exemplo desse comprometimento da AD?

2. Há uma Política da Qualidade na empresa e a
Direção a
dissemina regularmente, os compromissos
que nela estão
inseridos, para todos os profissionais ? Você
pode atestar
isso com evidências ?

3. Da mesma forma, quanto aos objetivos da
Qualidade. Você
os conhece ? A direção fala deles nos
encontros regulares ?
Seria capaz de mencionar um deles com as

AVALIAÇÃO /
OBSERVAÇÕES E LOCAL
DA AUDITORIA

Pontos

1

2

3

4

5
suas palavras ?
Pelo menos, mostrar onde estão e quais são
eles ?

4. Há reuniões de análises críticas pela Direção
? Sabe qual a
freqüência delas ? Pra quê elas servem ?
(Análise
do Sistema de Gestão da
Qualidade e a sua
Certificação ISO 9001)

5. A Direção tem orientado suas ações e
prioridades para
foco no cliente, ou seja, garantir que seus
requisitos são
determinados e atendidos ?
(Como você pode evidenciar isso com um
exemplo ?)

6. Fale, com suas palavras, alguma coisa sobre
a Política da
Qualidade da Distrion.
(Como você se vê / contribui nela ?)

7. Você sabe que os objetivos da qualidade
devem ser
mensuráveis ? Já viu algum exemplo de
resultado sobre
eles ? Sabe como se poderia medir alguns
deles ?
(Satisfação dos Clientes, p.e.)

8. Como você avalia o grau de planejamento do
Sistema de
Gestão da Qualidade da Distrion e a
conseqüente
Certificação ISO 9001 ?
Acha que está bem elaborado ? Acredita que
será possível
satisfazer aos requisitos/exigências dos
processos principais
e aos Objetivos da Qualidade, da forma como
está
estruturado ?

9. As responsabilidades e autoridades estão
definidas na
empresa ? Estão comunicadas ? A Direção
assegura a
comunicação e exercício das mesmas, por
quem de direito ?
(Como você avalia isso ?)
10. Há um RD na empresa, é de conhecimento
de todos,
bem como suas Atribuições Funcionais no
Sistema de
Gestão da Qualidade ?

11. É capaz de mencionar como a Direção
assegura
comunicação apropriada e eficaz quanto ao
Sistema de
Gestão da Qualidade e a Certificação ISO
9001:2000 ?
(Dar um exemplo, pelo menos)
12. Sabe mencionar em qual fórum ou
oportunidade o Sistema
de Gestão da Qualidade, a Política e
Objetivos da
Qualidade são analisados quanto a possíveis
adaptações e
correções ?
(Reuniões de Análises Críticas, trimestrais,
coordenadas pela Direção)

13. Citar exemplos de assuntos que devem ser
analisados nas
reuniões de análises críticas (Resultados de
auditorias,
Realimentações de Clientes, Desempenho dos
Processos
certificados, Conformidade de MatériasPrimas, situação
de ações corretivas e preventivas, inclusive
daquelas
tratadas nas últimas reuniões, recomendações
para
melhorias, alterações no SGQ)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela DireçãoGestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
Universidade Federal Fluminense
 
Manual avaliação fornecedores
Manual avaliação fornecedoresManual avaliação fornecedores
Manual avaliação fornecedores
mjmcreatore
 
Procedimento para controle de dispositivos de medição e monitoramento
Procedimento para controle de dispositivos de medição e monitoramentoProcedimento para controle de dispositivos de medição e monitoramento
Procedimento para controle de dispositivos de medição e monitoramento
Universidade Federal Fluminense
 
Exemplo de relatório de auditoria interna
Exemplo de relatório de auditoria internaExemplo de relatório de auditoria interna
Exemplo de relatório de auditoria interna
Hélio René Lopes da Rocha
 
ISO 9001
ISO 9001ISO 9001
O que é qualidade
O que é qualidadeO que é qualidade
O que é qualidade
ELAINESILVEIRA
 
Check List ISO 9001-2015 - Rev.0 - GSG.docx
Check List ISO 9001-2015 - Rev.0 - GSG.docxCheck List ISO 9001-2015 - Rev.0 - GSG.docx
Check List ISO 9001-2015 - Rev.0 - GSG.docx
Dandara30
 
Lista de verificação de gestão da qualidade
Lista de verificação de gestão da qualidadeLista de verificação de gestão da qualidade
Lista de verificação de gestão da qualidade
Universidade Federal Fluminense
 
Procedimento de Treinamento e Qualificação
Procedimento de Treinamento e QualificaçãoProcedimento de Treinamento e Qualificação
Procedimento de Treinamento e Qualificação
Marcos Abreu
 
Manual Da Qualidade
Manual Da QualidadeManual Da Qualidade
Manual Da Qualidade
Instituto Monitor
 
Como fazer uma boa auditoria
Como fazer uma  boa auditoriaComo fazer uma  boa auditoria
Como fazer uma boa auditoria
Fabio Cristiano
 
Controle de produto não conforme
Controle de produto não conformeControle de produto não conforme
Controle de produto não conforme
Ythia Karla
 
Apresentação qualidade
Apresentação qualidadeApresentação qualidade
Apresentação qualidade
Guilmour Rossi
 
Check list 5 s
Check list 5 sCheck list 5 s
Check list 5 s
Jedson G
 
Sistemas de gestao integrados
Sistemas de gestao integradosSistemas de gestao integrados
Sistemas de gestao integrados
SERGIO DE MELLO QUEIROZ
 
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdfCHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
tjoana
 
Pop gq-014 rev00 - prevenção da contaminação cruzada
Pop gq-014 rev00 - prevenção da contaminação cruzadaPop gq-014 rev00 - prevenção da contaminação cruzada
Pop gq-014 rev00 - prevenção da contaminação cruzada
Meire Yumi Yamada
 
Não Conformidade, Ação Corretiva e Preventiva
Não Conformidade, Ação Corretiva e PreventivaNão Conformidade, Ação Corretiva e Preventiva
Não Conformidade, Ação Corretiva e Preventiva
Templum Consultoria Online
 
Reunião da analise crítica
Reunião da analise crítica Reunião da analise crítica
Reunião da analise crítica
Ythia Karla
 
Plano De Auditoria Tipo
Plano De Auditoria TipoPlano De Auditoria Tipo
Plano De Auditoria Tipo
instituto monitor
 

Mais procurados (20)

Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela DireçãoGestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
 
Manual avaliação fornecedores
Manual avaliação fornecedoresManual avaliação fornecedores
Manual avaliação fornecedores
 
Procedimento para controle de dispositivos de medição e monitoramento
Procedimento para controle de dispositivos de medição e monitoramentoProcedimento para controle de dispositivos de medição e monitoramento
Procedimento para controle de dispositivos de medição e monitoramento
 
Exemplo de relatório de auditoria interna
Exemplo de relatório de auditoria internaExemplo de relatório de auditoria interna
Exemplo de relatório de auditoria interna
 
ISO 9001
ISO 9001ISO 9001
ISO 9001
 
O que é qualidade
O que é qualidadeO que é qualidade
O que é qualidade
 
Check List ISO 9001-2015 - Rev.0 - GSG.docx
Check List ISO 9001-2015 - Rev.0 - GSG.docxCheck List ISO 9001-2015 - Rev.0 - GSG.docx
Check List ISO 9001-2015 - Rev.0 - GSG.docx
 
Lista de verificação de gestão da qualidade
Lista de verificação de gestão da qualidadeLista de verificação de gestão da qualidade
Lista de verificação de gestão da qualidade
 
Procedimento de Treinamento e Qualificação
Procedimento de Treinamento e QualificaçãoProcedimento de Treinamento e Qualificação
Procedimento de Treinamento e Qualificação
 
Manual Da Qualidade
Manual Da QualidadeManual Da Qualidade
Manual Da Qualidade
 
Como fazer uma boa auditoria
Como fazer uma  boa auditoriaComo fazer uma  boa auditoria
Como fazer uma boa auditoria
 
Controle de produto não conforme
Controle de produto não conformeControle de produto não conforme
Controle de produto não conforme
 
Apresentação qualidade
Apresentação qualidadeApresentação qualidade
Apresentação qualidade
 
Check list 5 s
Check list 5 sCheck list 5 s
Check list 5 s
 
Sistemas de gestao integrados
Sistemas de gestao integradosSistemas de gestao integrados
Sistemas de gestao integrados
 
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdfCHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
 
Pop gq-014 rev00 - prevenção da contaminação cruzada
Pop gq-014 rev00 - prevenção da contaminação cruzadaPop gq-014 rev00 - prevenção da contaminação cruzada
Pop gq-014 rev00 - prevenção da contaminação cruzada
 
Não Conformidade, Ação Corretiva e Preventiva
Não Conformidade, Ação Corretiva e PreventivaNão Conformidade, Ação Corretiva e Preventiva
Não Conformidade, Ação Corretiva e Preventiva
 
Reunião da analise crítica
Reunião da analise crítica Reunião da analise crítica
Reunião da analise crítica
 
Plano De Auditoria Tipo
Plano De Auditoria TipoPlano De Auditoria Tipo
Plano De Auditoria Tipo
 

Destaque

Formulário e Check List de Auditoria de 5 Sensos
Formulário e Check List de Auditoria de  5 SensosFormulário e Check List de Auditoria de  5 Sensos
Formulário e Check List de Auditoria de 5 Sensos
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Check list almoxarifado
Check list almoxarifadoCheck list almoxarifado
Check list almoxarifado
Fábio Gomes
 
Modelo de check list cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
Modelo de check list   cipa (nr 5) - blog segurança do trabalhoModelo de check list   cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
Modelo de check list cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
Robson Peixoto
 
G9 check list para ai da iso 9001 2000 - generico
G9   check list para ai da  iso 9001 2000 - genericoG9   check list para ai da  iso 9001 2000 - generico
G9 check list para ai da iso 9001 2000 - generico
Ana Paula Valente Da Silva
 
Manual alumno carnet manipulador
Manual alumno carnet manipuladorManual alumno carnet manipulador
Manual alumno carnet manipulador
Instructor Faber Ariza
 
4.1.2 reg.linea base 001-sst
4.1.2 reg.linea base 001-sst4.1.2 reg.linea base 001-sst
4.1.2 reg.linea base 001-sst
Overallhealth En Salud
 
5s Audit Checklist
5s Audit Checklist5s Audit Checklist
5s Audit Checklist
Ben Geck
 
Modelo de manual de buenas prácticas de manufactura en la industria de alimentos
Modelo de manual de buenas prácticas de manufactura en la industria de alimentosModelo de manual de buenas prácticas de manufactura en la industria de alimentos
Modelo de manual de buenas prácticas de manufactura en la industria de alimentos
SHAKAROON
 
61519728 check-list-veiculos-leves
61519728 check-list-veiculos-leves61519728 check-list-veiculos-leves
61519728 check-list-veiculos-leves
Luiz Felipe Candido Sette
 

Destaque (9)

Formulário e Check List de Auditoria de 5 Sensos
Formulário e Check List de Auditoria de  5 SensosFormulário e Check List de Auditoria de  5 Sensos
Formulário e Check List de Auditoria de 5 Sensos
 
Check list almoxarifado
Check list almoxarifadoCheck list almoxarifado
Check list almoxarifado
 
Modelo de check list cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
Modelo de check list   cipa (nr 5) - blog segurança do trabalhoModelo de check list   cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
Modelo de check list cipa (nr 5) - blog segurança do trabalho
 
G9 check list para ai da iso 9001 2000 - generico
G9   check list para ai da  iso 9001 2000 - genericoG9   check list para ai da  iso 9001 2000 - generico
G9 check list para ai da iso 9001 2000 - generico
 
Manual alumno carnet manipulador
Manual alumno carnet manipuladorManual alumno carnet manipulador
Manual alumno carnet manipulador
 
4.1.2 reg.linea base 001-sst
4.1.2 reg.linea base 001-sst4.1.2 reg.linea base 001-sst
4.1.2 reg.linea base 001-sst
 
5s Audit Checklist
5s Audit Checklist5s Audit Checklist
5s Audit Checklist
 
Modelo de manual de buenas prácticas de manufactura en la industria de alimentos
Modelo de manual de buenas prácticas de manufactura en la industria de alimentosModelo de manual de buenas prácticas de manufactura en la industria de alimentos
Modelo de manual de buenas prácticas de manufactura en la industria de alimentos
 
61519728 check-list-veiculos-leves
61519728 check-list-veiculos-leves61519728 check-list-veiculos-leves
61519728 check-list-veiculos-leves
 

Semelhante a Check list para auditoria interna

Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidadeCit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
sobrinhop
 
ISO 9001
ISO 9001ISO 9001
ISO 9001
Beto Briscese
 
Gestao da qualidade definicoes
Gestao da qualidade definicoesGestao da qualidade definicoes
Gestao da qualidade definicoes
João Rafael Lopes
 
Norma 2015
Norma 2015Norma 2015
Norma 2015
Divanil Macedo
 
Aula 2 iso 9000
Aula 2 iso 9000Aula 2 iso 9000
Aula 2 iso 9000
José Paulo Alves Fusco
 
222 (1)
222 (1)222 (1)
222 (1)
Sabrine Souza
 
BENEFÍCIOS ORGANIZACIONAIS ATRAVÉS DA ISO 9001
BENEFÍCIOS ORGANIZACIONAIS ATRAVÉS DA ISO 9001BENEFÍCIOS ORGANIZACIONAIS ATRAVÉS DA ISO 9001
BENEFÍCIOS ORGANIZACIONAIS ATRAVÉS DA ISO 9001
Adriano Pereira
 
A iso 9001
A iso 9001A iso 9001
A iso 9001
Getulio Vinicius
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
AnaCruz222982
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
AnaCruz222982
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
IsabelMaria77
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
Carla Silva
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
SusanaVieira65
 
Aula de fundamentos da qualidade 1 e 2
Aula de fundamentos da qualidade   1 e 2Aula de fundamentos da qualidade   1 e 2
Aula de fundamentos da qualidade 1 e 2
Mauro Sobrenome
 
Apostila 3
Apostila 3Apostila 3
Apostila 3
Dionei Melo Verli
 
E book 9001-1
E book 9001-1E book 9001-1
E book 9001-1
Raquel Letti
 
Palestra iso 9001 ej ros (1)
Palestra iso 9001 ej ros (1)Palestra iso 9001 ej ros (1)
Palestra iso 9001 ej ros (1)
Cesar Gonçalves
 
Benefícios do ISO para escritórios de Advocacia
Benefícios do ISO para escritórios de AdvocaciaBenefícios do ISO para escritórios de Advocacia
Benefícios do ISO para escritórios de Advocacia
guest63a5c
 
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - Sistema Integrado de Qualidade
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - Sistema Integrado de Qualidade EAD Pernambuco - Técnico em Administração - Sistema Integrado de Qualidade
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - Sistema Integrado de Qualidade
Universidade de Pernambuco
 
Modulo gestão da qualidade
Modulo   gestão da qualidadeModulo   gestão da qualidade
Modulo gestão da qualidade
Tiberio Soares
 

Semelhante a Check list para auditoria interna (20)

Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidadeCit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
Cit orientacoes-sistema-gestao-qualidade
 
ISO 9001
ISO 9001ISO 9001
ISO 9001
 
Gestao da qualidade definicoes
Gestao da qualidade definicoesGestao da qualidade definicoes
Gestao da qualidade definicoes
 
Norma 2015
Norma 2015Norma 2015
Norma 2015
 
Aula 2 iso 9000
Aula 2 iso 9000Aula 2 iso 9000
Aula 2 iso 9000
 
222 (1)
222 (1)222 (1)
222 (1)
 
BENEFÍCIOS ORGANIZACIONAIS ATRAVÉS DA ISO 9001
BENEFÍCIOS ORGANIZACIONAIS ATRAVÉS DA ISO 9001BENEFÍCIOS ORGANIZACIONAIS ATRAVÉS DA ISO 9001
BENEFÍCIOS ORGANIZACIONAIS ATRAVÉS DA ISO 9001
 
A iso 9001
A iso 9001A iso 9001
A iso 9001
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.pptufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
ufcd1122-nooesenormasdaqualidade.ppt
 
Aula de fundamentos da qualidade 1 e 2
Aula de fundamentos da qualidade   1 e 2Aula de fundamentos da qualidade   1 e 2
Aula de fundamentos da qualidade 1 e 2
 
Apostila 3
Apostila 3Apostila 3
Apostila 3
 
E book 9001-1
E book 9001-1E book 9001-1
E book 9001-1
 
Palestra iso 9001 ej ros (1)
Palestra iso 9001 ej ros (1)Palestra iso 9001 ej ros (1)
Palestra iso 9001 ej ros (1)
 
Benefícios do ISO para escritórios de Advocacia
Benefícios do ISO para escritórios de AdvocaciaBenefícios do ISO para escritórios de Advocacia
Benefícios do ISO para escritórios de Advocacia
 
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - Sistema Integrado de Qualidade
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - Sistema Integrado de Qualidade EAD Pernambuco - Técnico em Administração - Sistema Integrado de Qualidade
EAD Pernambuco - Técnico em Administração - Sistema Integrado de Qualidade
 
Modulo gestão da qualidade
Modulo   gestão da qualidadeModulo   gestão da qualidade
Modulo gestão da qualidade
 

Último

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 

Último (20)

Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 

Check list para auditoria interna

  • 1. CHECK LIST PARA AUDITORIA INTERNA DA ISO 9001 – STHAMPA DATCH 4. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE TÓPICOS A AVALIAR 4.1 Requisitos gerais 1. Os processos a serem certificados estão identificados e conhecidos por todos ? Você sabe quais processos serão objetos da certificação ? 2. A interação entre os processos a certificar é conhecida por todos ? Como eles se interagem ? Qual a relação entre eles ? Pode mostrar num fluxograma, onde você se encaixa, em quais tarefas, atividades ? 3. Há critérios e métodos para assegurar que a operação e o controle dos processos a certificar sejam eficazes ? Você tem conhecimento sobre isso ? 4. Há recursos e informações assegurados, previstos, para apoiar a operação e o monitoramento dos processos que serão certificados ? Você tem conhecimento sobre isso ? 5. Há monitoramento, medição e análise desses processos ? O que você sabe sobre isso ? Que evidências você pode dar que isso existe ? 6. Você sabe se a direção da empresa deflagra sistematicamente ações e projetos para atingir os resultados programados e planejados e a melhoria contínua dos processos a serem certificados ? Cite pelo menos um exemplo. AVALIAÇÃO / OBSERVAÇÕES E LOCAL DA AUDITORIA Pontos 1 2 3 4 5
  • 2. TÓPICOS A AVALIAR 4.2 Requisitos de documentação 1. Você sabe quais são os principais documentos do Sistema de Gestão da Qualidade ? (Manual da Qualidade, Procedimentos do SGQ,POP’s e Registros da Qualidade). Cite alguns deles. 2. Em qual (is) meio (s) de comunicação à documentação do SGQ pode estar disponível para todos ? Você sabe ..... Nota : em qualquer forma ou tipo de meio de comunicação 3. A organização possui um Manual da Qualidade ? Investigar também se as pessoas sabem da existência dele e onde ele fica, sob qual responsabilidade. Para quê serve o Manual da Qualidade ? 4. O Manual da Qualidade contém o escopo do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), a Política e Objetivos da Qualidade, os Procedimentos Documentados (PSGQ), a descrição da interação entre os Processos Certificados ? Investigar se as pessoas sabem falar alguma coisa sobre isso. 5. A responsabilidade pela manutenção do Manual, controle de distribuição de cópias, controle de alterações, estão definidas ? Investigue se as pessoas sabem algo sobre essa rotina. 6. O Manual da Qualidade contém a Política da Qualidade, índice do conteúdo, referência, folha de controle de alterações, lista de circulação, paginação, edição, datas, AVALIAÇÃO / OBSERVAÇÕES E LOCAL DA AUDITORIA Pontos 1 2 3 4 5
  • 3. definições de termos e siglas, executante e responsável, número da revisão, missão e visão da empresa ? Lista de Circulação = Locais / pessoas que devem conhecê-lo.
  • 4. 7. Há coerência e correspondência entre o índice de conteúdo do Manual da Qualidade e a paginação do mesmo? Fazer uma verificação amostral. (Tem muito a ver com o RD) 8. O Manual da Qualidade contém todos os itens obrigatórios e os pertinentes ao negócio da empresa ? Verificar pelo índice ! Obrigatórios : 4.2.3 ; 4.2.4 ; 8.2.2 ; 8.3 ; 8.5.2 ; 8.5.3 4. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE TÓPICOS A AVALIAR 4.2 Requisitos de documentação : continuação 9. As pessoas sabem o papel dos PSGQ’s e POP’s ? São procedimentos que ensinam como os princípios do Manual da Qualidade devem ser postos em prática. Como as rotinas e tarefas devem ser executadas. É a operacionalização dos princípios da ISO 9001. 10. Os POP’s mantém correspondência direta com os Procedimentos do Sistema de Gestão da Qualidade (PSGQ) ? Há uma tabela relacionando-os ? Um PSGQ pode ter mais de 1 POP relacionado a ele. 11. Há coerência entre a numeração e número dos anexos com os anexos efetivamente colocados no final do Manual da Qualidade ? 12. Há coerência entre as citações de PSGQ’s e POP’s no AVALIAÇÃO / OBSERVAÇÕES E LOCAL DA AUDITORIA Pontos 1 2 3 4 5
  • 5. Manual da Qualidade (MQ) com a numeração correta dos mesmos ? Fazer uma verificação amostral em algumas páginas do MQ. E quanto às definições e siglas adotadas ?
  • 6. 13. É possível constatar que há controle da documentação do Sistema de Gestão da Qualidade ? Faça uma verificação amostral 14. O Manual e PSGQ’s estão devidamente aprovados e assinados pelo responsável da empresa para a questão da ISO 9000 ? É possível ver isso nas páginas do MQ e nos PSGQ’s ? 15. Os documentos da ISO estão legíveis e prontamente identificáveis ? Verificação amostral, em algumas páginas do MQ. 16. Há uma folha de controle de alterações e revisões no final do MQ e de cada PSGQ ? As pessoas sabem falar as razões dessa folha,sua importância para o SGQ ? Possibilitar rastreabilidade, p.e. 17. As cópias controladas e não controladas pertinentes a cada profissional e área estão disponíveis nos locais de uso? Fazer uma verificação amostral, com alguns profissionais. 18. As pessoas sabem acessar rapidamente suas cópias de documentos, sejam em papel, seja em Meio Eletrônico ? Fazer verificação amostral ; não precisa ser feito com todos.
  • 7. 19. As pessoas sabem o quê são os documentos chamados Registros da Qualidade ? Para quê servem ? São usados para provar evidências da conformidade com os requisitos e da operação eficaz do Sistema de Gestão da Qualidade. Por exemplo, Notas Fiscais, Pedidos, Planilhas de Monitoramento de Compras / Importação, Laudos Técnicos de MP’s, etc. Fazer uma verificação amostral, em algumas pessoas. 20. Há um PSGQ que define as ações de controle para identificação, armazenamento, proteção, recuperação, tempo de retenção e descarte dos Registros da Qualidade ? PSGQ de Controle de Documentos e Registros da Qualidade TÓPICOS A AVALIAR 5. Responsabilidade da direção 1. A Direção comunica regularmente aos profissionais sobre a necessidade de a empresa atender aos requisitos dos clientes, inclusive os regulamentares e estatutários (aqueles por força de Leis e Obrigações Legais) ? Você pode dar um exemplo desse comprometimento da AD? 2. Há uma Política da Qualidade na empresa e a Direção a dissemina regularmente, os compromissos que nela estão inseridos, para todos os profissionais ? Você pode atestar isso com evidências ? 3. Da mesma forma, quanto aos objetivos da Qualidade. Você os conhece ? A direção fala deles nos encontros regulares ? Seria capaz de mencionar um deles com as AVALIAÇÃO / OBSERVAÇÕES E LOCAL DA AUDITORIA Pontos 1 2 3 4 5
  • 8. suas palavras ? Pelo menos, mostrar onde estão e quais são eles ? 4. Há reuniões de análises críticas pela Direção ? Sabe qual a freqüência delas ? Pra quê elas servem ? (Análise do Sistema de Gestão da Qualidade e a sua Certificação ISO 9001) 5. A Direção tem orientado suas ações e prioridades para foco no cliente, ou seja, garantir que seus requisitos são determinados e atendidos ? (Como você pode evidenciar isso com um exemplo ?) 6. Fale, com suas palavras, alguma coisa sobre a Política da Qualidade da Distrion. (Como você se vê / contribui nela ?) 7. Você sabe que os objetivos da qualidade devem ser mensuráveis ? Já viu algum exemplo de resultado sobre eles ? Sabe como se poderia medir alguns deles ? (Satisfação dos Clientes, p.e.) 8. Como você avalia o grau de planejamento do Sistema de Gestão da Qualidade da Distrion e a conseqüente Certificação ISO 9001 ? Acha que está bem elaborado ? Acredita que será possível satisfazer aos requisitos/exigências dos processos principais e aos Objetivos da Qualidade, da forma como está estruturado ? 9. As responsabilidades e autoridades estão definidas na empresa ? Estão comunicadas ? A Direção assegura a comunicação e exercício das mesmas, por quem de direito ? (Como você avalia isso ?)
  • 9. 10. Há um RD na empresa, é de conhecimento de todos, bem como suas Atribuições Funcionais no Sistema de Gestão da Qualidade ? 11. É capaz de mencionar como a Direção assegura comunicação apropriada e eficaz quanto ao Sistema de Gestão da Qualidade e a Certificação ISO 9001:2000 ? (Dar um exemplo, pelo menos)
  • 10. 12. Sabe mencionar em qual fórum ou oportunidade o Sistema de Gestão da Qualidade, a Política e Objetivos da Qualidade são analisados quanto a possíveis adaptações e correções ? (Reuniões de Análises Críticas, trimestrais, coordenadas pela Direção) 13. Citar exemplos de assuntos que devem ser analisados nas reuniões de análises críticas (Resultados de auditorias, Realimentações de Clientes, Desempenho dos Processos certificados, Conformidade de MatériasPrimas, situação de ações corretivas e preventivas, inclusive daquelas tratadas nas últimas reuniões, recomendações para melhorias, alterações no SGQ)