SlideShare uma empresa Scribd logo
Eletroeletrônica
Aplicada
GIGLLIARA SEGANTINI DE MENEZES
E N G E N H E I R A D E P R O D U Ç Ã O – U F E S
T É C N I C A E M E L E T R O T É C N I C A – I F E S
INSTITUTO FEDERAL
ESPÍRITO SANTO Agosto de 2016
Relatório 2 – 3 pessoas
Tema:
1. Curto-circuito, Fusíveis e disjuntores
 Tipos
 Características
 Funcionamento
 Aplicações
 Sortear quem vai apresentar
 Valor: 5 pontos
 A nota do grupo será a nota da pessoa que apresentou
Associação de resistores
A corrente elétrica que entra na residência se subdivide para alimentar vários aparelhos, que
podem funcionar simultaneamente: lâmpadas, geladeiras, chuveiros, televisores, computador...
Em um circuito é possível organizar conjuntos de resistores interligados, chamada associação
de resistores. O comportamento desta associação varia conforme a ligação entre os resistores,
sendo seus possíveis tipos: em série, em paralelo e mista.
Associação de resistores em série
Os resistores são ligados de tal forma que a corrente que percorre cada um deles é a mesma que
percorre os restantes.
R1 R2 R3
𝑉1 = 𝑅1. 𝐼
𝑉2 = 𝑅2. 𝐼
𝑉3 = 𝑅3. 𝐼
𝑉𝑓𝑜𝑛𝑡𝑒 = 𝑉1 + 𝑉2 + 𝑉3 𝑉𝑓𝑜𝑛𝑡𝑒 = 𝑅1. 𝐼 + 𝑅2. 𝐼 + 𝑅3. 𝐼
𝑉𝑓𝑜𝑛𝑡𝑒 = 𝐼 𝑅1 + 𝑅2 + 𝑅3
𝑉𝑓𝑜𝑛𝑡𝑒 = 𝐼. 𝑅𝑒𝑞𝑢𝑖𝑣𝑎𝑙𝑒𝑛𝑡𝑒
Requiv
Associação de resistores em série
Exercício
Considerando-se o circuito elétrico da figura (a) abaixo. É correto afirmar que o gráfico da figura
(b) representa corretamente as variações no potencial elétrico em cada parte do circuito
equivalente.
Exercício
2- Estando a chave C aberta, qual é a corrente do circuito?
3- Estando a Chave C fechada, qual é a corrente do circuito?
R1= 4
R2=6
32V
C
Associação de resistores em paralelo
Os resistores são ligados de tal forma que sendo submetidos à mesma tensão a sua intensidade
varia conforme as características de cada um.
Nesse caso, as lâmpadas estão submetidas à mesma diferença de potencial.
Associação de resistores em paralelo
𝑖 = 𝑖1 + 𝑖2 + 𝑖3
𝑖1 =
𝑉𝑎𝑏
𝑅1
𝑖2 =
𝑉𝑎𝑏
𝑅2
𝑖3 =
𝑉𝑎𝑏
𝑅3Requiv
i = Vab /Requiv
𝑉𝑎𝑏
𝑅𝑒𝑞𝑢𝑖𝑣
=
𝑉𝑎𝑏
𝑅1
+
𝑉𝑎𝑏
𝑅2
+
𝑉𝑎𝑏
𝑅3
1
𝑅𝑒𝑞𝑢𝑖𝑣
=
1
𝑅1
+
1
𝑅2
+
1
𝑅3
Exercício
Considere a associação de resistores em paralelo da figura
a seguir:
Esquema representando uma associação de resistores em
paralelo
Determine:
a) A resistência equivalente no circuito;
R: Req = 4 Ω
b) A ddp em cada resistor;
R: 120V em cada um
c) A corrente elétrica em cada resistor;
R: 120/Rn
d) A corrente elétrica total.
R: Soma da letra c
Associação de 2 resistores em paralelo
Atalho para o cálculo da resistência equivalente em associações em paralelo:
Associação de n resistores iguais em paralelo
Associação de 2 resistores diferentes em paralelo
Duas regrinhas interessantes para lembrar,
que ajudam a verificar o resultado obtido.
Numa associação em série, a resistência
equivalente é maior do que a maior
resistência presente no circuito.
Numa associação em paralelo, a resistência
equivalente é menor do que a menor
resistência presente no circuito.
Vantagens da associação em paralelo
Exercício
(UECE 88.2) A figura representa um circuito elétrico com duas lâmpadas L1 e L2, iguais e ligadas
em paralelo. A resistência de cada lâmpada é de 10 ohms, a diferença de potencial entre os
pontos A e B vale 3 volts e o fusível F suporta uma corrente máxima de 0,8 ampères. Colocando-
se uma terceira lâmpada, igual às anteriores, em paralelo com as demais:
a) haverá alteração na d.d.p. entre A e B.
b) passará mais correntes nas lâmpadas L1 e L2.
c) a resistência equivalente das lâmpadas aumentará.
d) o fusível queimará.
Pedro!
(UECE 86.1) Na figura abaixo, o potencial do ponto B é igual ao potencial do ponto D. A
intensidade de corrente que entra no circuito através do ponto A é i = 3 A. A resistência R1 = 40
Ω, R2 = 10 Ω e R3 = 5 Ω. Nestas condições, a potência dissipada na resistência R4, vale:
a) 40 W b) 180 W c) 20 W d) 80 W
I. Como VA = VB, então: R1.R3 = R2.R4 → 40.5 = 10.R4 → R4 = 20 Ω.
II. U1 = U2 → 50.i1 = 25.i2 → i2 = 2.i1, logo i2 = 2 A e i1 = 1 A.
III. P4 = R4.i2
2 = 20.22 = 20.4 = 80 W.
Associação Mista
1-Calcule a resistência equivalente vista, no circuito abaixo, entre os pontos A e B.
7,5V
Exercício
(ITA-SP) Determine a intensidade da corrente que atravessa o resistor R2 da figura quando a
tensão entre os pontos A e B for igual a V e as resistências R1; R2 e R3 forem iguais a R
a) V/R b) V/3R c) 3V/R d) 2V/3R
e) nenhuma das anteriores
Exercício
(Mackenzie-SP) Entre os pontos A e B do trecho do circuito elétrico abaixo, a ddp é 80 V. A
potência dissipada pelo resistor de resistência 4 ohms é:
R: 36 W
Exercício
Circuitos elétricos especiais
1. Redesenhando o circuito
1. Requivalente?
2. R1=12Ω
3. R2= 6Ω
4. R3= 2Ω
A C B R: 6
Exercício
19V
Transformações delta-estrela (DY) ou
estrela-delta (YD)
As técnicas estudadas até agora permitem resolver a grande maioria dos casos de associação de
resistores. Existem algumas situações, porém, em que a determinação da resistência
equivalente não é possível com os recursos conhecidos. É o caso do circuito misto da figura
abaixo. Sugere-se que o leitor tente calcular a resistência equivalente entre os pontos A e B, a
fim de compreender a dificuldade da situação.
Nesse circuito, não é possível encontrar nenhum par de resistores associados em série nem em
paralelo. Tais casos podem ser resolvidos utilizando as transformações delta-estrela (DY) ou
estrela-delta (YD).
Transformação (DY)
São conhecidas as resistências do triângulo (delta)
formado pelos resistores R1, R2, R3, com vértices nos
nós A, B e C, indicados na figura “a”.
Na ligação equivalente em estrela, surge um quarto
ponto (D, central). Cada resistência na estrela é a
ligação desse ponto com o vértice respectivo no
triângulo.
Serão determinadas as resistências da estrela
equivalente, formada pelos resistores RA, RB, RC,
mostrados na figura “b”.
Transformações
Exercício
1. Calcule a resistência equivalente entre os pontos A e B do circuito da figura 2.36 (idêntico ao
da figura abaixo:
Exercício
Exercício
Ponte de Wheatstone
Referências
Básica
ANTONIO PERTENCE JR. Eletrônica analógica: amplificadores operacionais e filtros ativos - 6ª
edição
Complementar
MIKE TOOLEY. Circuitos Eletrônicos: Fundamentos e Aplicações. Elsevier, São Paulo 2006.
MARCELO WENDLING. Amplificadores Operacionais. Disponível em<
netsoft.inf.br/aulas/4_EAC_Eletronica_Basica/3__Amplificador_Operacional.pdf>

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Eletronica de potencia
Eletronica de potenciaEletronica de potencia
Eletronica de potencia
Fernando Freitas
 
Curso eletricista básico iniciante abril 2011
Curso eletricista básico iniciante   abril 2011Curso eletricista básico iniciante   abril 2011
Curso eletricista básico iniciante abril 2011
Marcio Roberto Patelli
 
Eletrônica de Potência 2020 - Cefet-MG
Eletrônica de Potência 2020 - Cefet-MGEletrônica de Potência 2020 - Cefet-MG
Eletrônica de Potência 2020 - Cefet-MG
Rubens Santos
 
Ce aula 05 máquina cc
Ce aula 05 máquina ccCe aula 05 máquina cc
Ce aula 05 máquina cc
Igor Fortal
 
Aula 04 - Lei de ohm
Aula 04 - Lei de ohmAula 04 - Lei de ohm
Aula 04 - Lei de ohm
Rodolfo Santos
 
08b eletricidade básica
08b   eletricidade básica08b   eletricidade básica
08b eletricidade básica
Ricardo Pampu
 
Geradores eletricos
Geradores eletricosGeradores eletricos
Geradores eletricos
Jailson Silva
 
Instalacoes eletricas 1
Instalacoes eletricas 1Instalacoes eletricas 1
Instalacoes eletricas 1
Eduardo Teixeira
 
inversor de frequencia
inversor de frequenciainversor de frequencia
inversor de frequencia
Renato Amorim
 
Máquina indução
Máquina induçãoMáquina indução
Máquina indução
Claudio Arkan
 
02º Aula - Noções em elétrica e dispositivos de segurança
02º Aula - Noções em elétrica  e dispositivos de segurança02º Aula - Noções em elétrica  e dispositivos de segurança
02º Aula - Noções em elétrica e dispositivos de segurança
Roney Sousa
 
Principios de Eletronica
Principios de EletronicaPrincipios de Eletronica
Principios de Eletronica
Helder da Rocha
 
Relatório ensaios em transformadores
Relatório ensaios em transformadoresRelatório ensaios em transformadores
Relatório ensaios em transformadores
Victor Said
 
Apresentação motores de indução
Apresentação motores de induçãoApresentação motores de indução
Apresentação motores de indução
Luiz Carlos Farkas
 
Eletricista predial previsão de carga-carlos eduardo
Eletricista predial previsão de carga-carlos eduardoEletricista predial previsão de carga-carlos eduardo
Eletricista predial previsão de carga-carlos eduardo
Carlos Melo
 
Eletricidade básica(residencial)
Eletricidade básica(residencial)Eletricidade básica(residencial)
Eletricidade básica(residencial)
Rafael Flores
 
Política Nacional de Empreendedorismo e Negócios
Política Nacional de Empreendedorismo e NegóciosPolítica Nacional de Empreendedorismo e Negócios
Política Nacional de Empreendedorismo e Negócios
Startupi
 
Qualidade de Energia Elétrica
Qualidade de Energia ElétricaQualidade de Energia Elétrica
Qualidade de Energia Elétrica
Jim Naturesa
 
Clp basico
Clp basicoClp basico
Clp basico
ADELSON PIMENTEL
 
Acionamentos Elétricos
Acionamentos ElétricosAcionamentos Elétricos
Acionamentos Elétricos
elliando dias
 

Mais procurados (20)

Eletronica de potencia
Eletronica de potenciaEletronica de potencia
Eletronica de potencia
 
Curso eletricista básico iniciante abril 2011
Curso eletricista básico iniciante   abril 2011Curso eletricista básico iniciante   abril 2011
Curso eletricista básico iniciante abril 2011
 
Eletrônica de Potência 2020 - Cefet-MG
Eletrônica de Potência 2020 - Cefet-MGEletrônica de Potência 2020 - Cefet-MG
Eletrônica de Potência 2020 - Cefet-MG
 
Ce aula 05 máquina cc
Ce aula 05 máquina ccCe aula 05 máquina cc
Ce aula 05 máquina cc
 
Aula 04 - Lei de ohm
Aula 04 - Lei de ohmAula 04 - Lei de ohm
Aula 04 - Lei de ohm
 
08b eletricidade básica
08b   eletricidade básica08b   eletricidade básica
08b eletricidade básica
 
Geradores eletricos
Geradores eletricosGeradores eletricos
Geradores eletricos
 
Instalacoes eletricas 1
Instalacoes eletricas 1Instalacoes eletricas 1
Instalacoes eletricas 1
 
inversor de frequencia
inversor de frequenciainversor de frequencia
inversor de frequencia
 
Máquina indução
Máquina induçãoMáquina indução
Máquina indução
 
02º Aula - Noções em elétrica e dispositivos de segurança
02º Aula - Noções em elétrica  e dispositivos de segurança02º Aula - Noções em elétrica  e dispositivos de segurança
02º Aula - Noções em elétrica e dispositivos de segurança
 
Principios de Eletronica
Principios de EletronicaPrincipios de Eletronica
Principios de Eletronica
 
Relatório ensaios em transformadores
Relatório ensaios em transformadoresRelatório ensaios em transformadores
Relatório ensaios em transformadores
 
Apresentação motores de indução
Apresentação motores de induçãoApresentação motores de indução
Apresentação motores de indução
 
Eletricista predial previsão de carga-carlos eduardo
Eletricista predial previsão de carga-carlos eduardoEletricista predial previsão de carga-carlos eduardo
Eletricista predial previsão de carga-carlos eduardo
 
Eletricidade básica(residencial)
Eletricidade básica(residencial)Eletricidade básica(residencial)
Eletricidade básica(residencial)
 
Política Nacional de Empreendedorismo e Negócios
Política Nacional de Empreendedorismo e NegóciosPolítica Nacional de Empreendedorismo e Negócios
Política Nacional de Empreendedorismo e Negócios
 
Qualidade de Energia Elétrica
Qualidade de Energia ElétricaQualidade de Energia Elétrica
Qualidade de Energia Elétrica
 
Clp basico
Clp basicoClp basico
Clp basico
 
Acionamentos Elétricos
Acionamentos ElétricosAcionamentos Elétricos
Acionamentos Elétricos
 

Destaque

Amplificadores operacionais
Amplificadores operacionaisAmplificadores operacionais
Amplificadores operacionais
GIGLLIARA SEGANTINI DE MENEZES
 
Aula 1 - Eletroeletrônica
Aula 1 -   EletroeletrônicaAula 1 -   Eletroeletrônica
Aula 1 - Eletroeletrônica
GIGLLIARA SEGANTINI DE MENEZES
 
Metodo das malhas delta estrela [modo de compatibilidade]
Metodo das malhas delta estrela [modo de compatibilidade]Metodo das malhas delta estrela [modo de compatibilidade]
Metodo das malhas delta estrela [modo de compatibilidade]
Thabatta Araújo
 
3 leis basicas-cir
3 leis basicas-cir3 leis basicas-cir
3 leis basicas-cir
Glauco Prezoto
 
Aop
AopAop
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 89]
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 89]Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 89]
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 89]
atitudeeditorial
 
05 Dias para a Gestão de Automação
05 Dias para a Gestão de Automação05 Dias para a Gestão de Automação
05 Dias para a Gestão de Automação
eduardovieira
 
Fast track - Curso de Arduíno - Aldeia Coworking
Fast track - Curso de Arduíno - Aldeia CoworkingFast track - Curso de Arduíno - Aldeia Coworking
Fast track - Curso de Arduíno - Aldeia Coworking
Aldeia Coworking
 
Aula 4 acionamentos_eletricos_h7_fusiveis
Aula 4 acionamentos_eletricos_h7_fusiveisAula 4 acionamentos_eletricos_h7_fusiveis
Aula 4 acionamentos_eletricos_h7_fusiveis
Schields
 
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
atitudeeditorial
 
Metodología de la enseñanza
Metodología de la enseñanzaMetodología de la enseñanza
Metodología de la enseñanza
Gerardo Perez
 
Apostila acionamentos eletricos 2016
Apostila acionamentos eletricos 2016Apostila acionamentos eletricos 2016
Apostila acionamentos eletricos 2016
reginaseliai
 
Apostila comandos eletricos
Apostila comandos eletricosApostila comandos eletricos
Apostila comandos eletricos
Katia Ribeiro
 
Curso dact
Curso dactCurso dact
Eletroeletrônica
EletroeletrônicaEletroeletrônica
Eletroeletrônica
Professor José de Assis
 
Mapas Conceptuales y Mapas Mentales
Mapas Conceptuales y Mapas MentalesMapas Conceptuales y Mapas Mentales
Mapas Conceptuales y Mapas Mentales
juliantorres0691
 
2. Amplificadores Operacionais e Aplicações
2. Amplificadores Operacionais e Aplicações2. Amplificadores Operacionais e Aplicações
2. Amplificadores Operacionais e Aplicações
UFS - Brasil / Prof. Douglas Bressan Riffel
 
El Foro
El ForoEl Foro
Elaborar mapas conceptuales para la lectura valorativa
Elaborar mapas conceptuales para la lectura valorativa Elaborar mapas conceptuales para la lectura valorativa
Elaborar mapas conceptuales para la lectura valorativa
Ana Edna Gonzalez Mendiola
 
Sistema de alimentacao
Sistema de alimentacaoSistema de alimentacao
Sistema de alimentacao
VMarochi
 

Destaque (20)

Amplificadores operacionais
Amplificadores operacionaisAmplificadores operacionais
Amplificadores operacionais
 
Aula 1 - Eletroeletrônica
Aula 1 -   EletroeletrônicaAula 1 -   Eletroeletrônica
Aula 1 - Eletroeletrônica
 
Metodo das malhas delta estrela [modo de compatibilidade]
Metodo das malhas delta estrela [modo de compatibilidade]Metodo das malhas delta estrela [modo de compatibilidade]
Metodo das malhas delta estrela [modo de compatibilidade]
 
3 leis basicas-cir
3 leis basicas-cir3 leis basicas-cir
3 leis basicas-cir
 
Aop
AopAop
Aop
 
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 89]
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 89]Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 89]
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 89]
 
05 Dias para a Gestão de Automação
05 Dias para a Gestão de Automação05 Dias para a Gestão de Automação
05 Dias para a Gestão de Automação
 
Fast track - Curso de Arduíno - Aldeia Coworking
Fast track - Curso de Arduíno - Aldeia CoworkingFast track - Curso de Arduíno - Aldeia Coworking
Fast track - Curso de Arduíno - Aldeia Coworking
 
Aula 4 acionamentos_eletricos_h7_fusiveis
Aula 4 acionamentos_eletricos_h7_fusiveisAula 4 acionamentos_eletricos_h7_fusiveis
Aula 4 acionamentos_eletricos_h7_fusiveis
 
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
Pesquisa Dispositivos Elétricos [Revista O Setor Elétrico - Edição 65]
 
Metodología de la enseñanza
Metodología de la enseñanzaMetodología de la enseñanza
Metodología de la enseñanza
 
Apostila acionamentos eletricos 2016
Apostila acionamentos eletricos 2016Apostila acionamentos eletricos 2016
Apostila acionamentos eletricos 2016
 
Apostila comandos eletricos
Apostila comandos eletricosApostila comandos eletricos
Apostila comandos eletricos
 
Curso dact
Curso dactCurso dact
Curso dact
 
Eletroeletrônica
EletroeletrônicaEletroeletrônica
Eletroeletrônica
 
Mapas Conceptuales y Mapas Mentales
Mapas Conceptuales y Mapas MentalesMapas Conceptuales y Mapas Mentales
Mapas Conceptuales y Mapas Mentales
 
2. Amplificadores Operacionais e Aplicações
2. Amplificadores Operacionais e Aplicações2. Amplificadores Operacionais e Aplicações
2. Amplificadores Operacionais e Aplicações
 
El Foro
El ForoEl Foro
El Foro
 
Elaborar mapas conceptuales para la lectura valorativa
Elaborar mapas conceptuales para la lectura valorativa Elaborar mapas conceptuales para la lectura valorativa
Elaborar mapas conceptuales para la lectura valorativa
 
Sistema de alimentacao
Sistema de alimentacaoSistema de alimentacao
Sistema de alimentacao
 

Semelhante a Aula 3 eletroeletrônica

Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
O mundo da FÍSICA
 
Resistores
Resistores Resistores
Resistores
Ricardo Sousa Alves
 
ASSOCIACAO-DE-RESISTORES-ELETRICOS_6d1fb4d230b14fd9bfa6f4c40a9fdae7.pptx
ASSOCIACAO-DE-RESISTORES-ELETRICOS_6d1fb4d230b14fd9bfa6f4c40a9fdae7.pptxASSOCIACAO-DE-RESISTORES-ELETRICOS_6d1fb4d230b14fd9bfa6f4c40a9fdae7.pptx
ASSOCIACAO-DE-RESISTORES-ELETRICOS_6d1fb4d230b14fd9bfa6f4c40a9fdae7.pptx
ArnaldoBraga12
 
Lista 3 ano
Lista 3 anoLista 3 ano
Lista 3 ano
Betine Rost
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
Marco Antonio Sanches
 
Lei de ohm
Lei de ohmLei de ohm
Lei de ohm
acaraufisica
 
exercicios de electricidade
exercicios de electricidadeexercicios de electricidade
exercicios de electricidade
pinhata
 
Laboratório virtual eletrodinâmica
Laboratório virtual eletrodinâmicaLaboratório virtual eletrodinâmica
Laboratório virtual eletrodinâmica
Victor Said
 
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
Física 3º ano ensino médio   associação de resistoresFísica 3º ano ensino médio   associação de resistores
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
Tiago Gomes da Silva
 
Fisica exercicios receptores eletricos.
Fisica exercicios receptores eletricos.Fisica exercicios receptores eletricos.
Fisica exercicios receptores eletricos.
comentada
 
Lista de física 3ºano 2º 11
Lista de física 3ºano 2º 11Lista de física 3ºano 2º 11
Lista de física 3ºano 2º 11
claudiabr07
 
Lista de exercícios 3o ano
Lista de exercícios 3o anoLista de exercícios 3o ano
Lista de exercícios 3o ano
acaraufisica
 
Aposteletrotecnica2
Aposteletrotecnica2Aposteletrotecnica2
Aposteletrotecnica2
resolvidos
 
Questões Corrigidas, em Word: Medidores Elétricos - Conteúdo vinculado ao b...
Questões Corrigidas, em Word:  Medidores Elétricos  - Conteúdo vinculado ao b...Questões Corrigidas, em Word:  Medidores Elétricos  - Conteúdo vinculado ao b...
Questões Corrigidas, em Word: Medidores Elétricos - Conteúdo vinculado ao b...
Rodrigo Penna
 
Eletrodinâmica exercícios
Eletrodinâmica exercíciosEletrodinâmica exercícios
Eletrodinâmica exercícios
Professorfranciscosimao
 
Associação de resistores 03
Associação de resistores 03Associação de resistores 03
Associação de resistores 03
acaraufisica
 
Lista 7 geradores e receptores
Lista 7   geradores e receptoresLista 7   geradores e receptores
Lista 7 geradores e receptores
Gustavo Mendonça
 
Associação em paralelo exercícios
Associação em paralelo   exercíciosAssociação em paralelo   exercícios
Associação em paralelo exercícios
Fabiana Gonçalves
 
Ap fisica modulo 22 exercicios
Ap fisica modulo 22 exerciciosAp fisica modulo 22 exercicios
Ap fisica modulo 22 exercicios
comentada
 
Lab Circuitos EléTricos Jim
Lab Circuitos EléTricos JimLab Circuitos EléTricos Jim
Lab Circuitos EléTricos Jim
Jim Naturesa
 

Semelhante a Aula 3 eletroeletrônica (20)

Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Resistores
Resistores Resistores
Resistores
 
ASSOCIACAO-DE-RESISTORES-ELETRICOS_6d1fb4d230b14fd9bfa6f4c40a9fdae7.pptx
ASSOCIACAO-DE-RESISTORES-ELETRICOS_6d1fb4d230b14fd9bfa6f4c40a9fdae7.pptxASSOCIACAO-DE-RESISTORES-ELETRICOS_6d1fb4d230b14fd9bfa6f4c40a9fdae7.pptx
ASSOCIACAO-DE-RESISTORES-ELETRICOS_6d1fb4d230b14fd9bfa6f4c40a9fdae7.pptx
 
Lista 3 ano
Lista 3 anoLista 3 ano
Lista 3 ano
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Lei de ohm
Lei de ohmLei de ohm
Lei de ohm
 
exercicios de electricidade
exercicios de electricidadeexercicios de electricidade
exercicios de electricidade
 
Laboratório virtual eletrodinâmica
Laboratório virtual eletrodinâmicaLaboratório virtual eletrodinâmica
Laboratório virtual eletrodinâmica
 
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
Física 3º ano ensino médio   associação de resistoresFísica 3º ano ensino médio   associação de resistores
Física 3º ano ensino médio associação de resistores
 
Fisica exercicios receptores eletricos.
Fisica exercicios receptores eletricos.Fisica exercicios receptores eletricos.
Fisica exercicios receptores eletricos.
 
Lista de física 3ºano 2º 11
Lista de física 3ºano 2º 11Lista de física 3ºano 2º 11
Lista de física 3ºano 2º 11
 
Lista de exercícios 3o ano
Lista de exercícios 3o anoLista de exercícios 3o ano
Lista de exercícios 3o ano
 
Aposteletrotecnica2
Aposteletrotecnica2Aposteletrotecnica2
Aposteletrotecnica2
 
Questões Corrigidas, em Word: Medidores Elétricos - Conteúdo vinculado ao b...
Questões Corrigidas, em Word:  Medidores Elétricos  - Conteúdo vinculado ao b...Questões Corrigidas, em Word:  Medidores Elétricos  - Conteúdo vinculado ao b...
Questões Corrigidas, em Word: Medidores Elétricos - Conteúdo vinculado ao b...
 
Eletrodinâmica exercícios
Eletrodinâmica exercíciosEletrodinâmica exercícios
Eletrodinâmica exercícios
 
Associação de resistores 03
Associação de resistores 03Associação de resistores 03
Associação de resistores 03
 
Lista 7 geradores e receptores
Lista 7   geradores e receptoresLista 7   geradores e receptores
Lista 7 geradores e receptores
 
Associação em paralelo exercícios
Associação em paralelo   exercíciosAssociação em paralelo   exercícios
Associação em paralelo exercícios
 
Ap fisica modulo 22 exercicios
Ap fisica modulo 22 exerciciosAp fisica modulo 22 exercicios
Ap fisica modulo 22 exercicios
 
Lab Circuitos EléTricos Jim
Lab Circuitos EléTricos JimLab Circuitos EléTricos Jim
Lab Circuitos EléTricos Jim
 

Último

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FredFringeFringeDola
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 

Último (20)

UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 

Aula 3 eletroeletrônica

  • 1. Eletroeletrônica Aplicada GIGLLIARA SEGANTINI DE MENEZES E N G E N H E I R A D E P R O D U Ç Ã O – U F E S T É C N I C A E M E L E T R O T É C N I C A – I F E S INSTITUTO FEDERAL ESPÍRITO SANTO Agosto de 2016
  • 2. Relatório 2 – 3 pessoas Tema: 1. Curto-circuito, Fusíveis e disjuntores  Tipos  Características  Funcionamento  Aplicações  Sortear quem vai apresentar  Valor: 5 pontos  A nota do grupo será a nota da pessoa que apresentou
  • 3. Associação de resistores A corrente elétrica que entra na residência se subdivide para alimentar vários aparelhos, que podem funcionar simultaneamente: lâmpadas, geladeiras, chuveiros, televisores, computador... Em um circuito é possível organizar conjuntos de resistores interligados, chamada associação de resistores. O comportamento desta associação varia conforme a ligação entre os resistores, sendo seus possíveis tipos: em série, em paralelo e mista.
  • 4. Associação de resistores em série Os resistores são ligados de tal forma que a corrente que percorre cada um deles é a mesma que percorre os restantes. R1 R2 R3 𝑉1 = 𝑅1. 𝐼 𝑉2 = 𝑅2. 𝐼 𝑉3 = 𝑅3. 𝐼 𝑉𝑓𝑜𝑛𝑡𝑒 = 𝑉1 + 𝑉2 + 𝑉3 𝑉𝑓𝑜𝑛𝑡𝑒 = 𝑅1. 𝐼 + 𝑅2. 𝐼 + 𝑅3. 𝐼 𝑉𝑓𝑜𝑛𝑡𝑒 = 𝐼 𝑅1 + 𝑅2 + 𝑅3 𝑉𝑓𝑜𝑛𝑡𝑒 = 𝐼. 𝑅𝑒𝑞𝑢𝑖𝑣𝑎𝑙𝑒𝑛𝑡𝑒 Requiv
  • 6.
  • 7. Exercício Considerando-se o circuito elétrico da figura (a) abaixo. É correto afirmar que o gráfico da figura (b) representa corretamente as variações no potencial elétrico em cada parte do circuito equivalente.
  • 8. Exercício 2- Estando a chave C aberta, qual é a corrente do circuito? 3- Estando a Chave C fechada, qual é a corrente do circuito? R1= 4 R2=6 32V C
  • 9. Associação de resistores em paralelo Os resistores são ligados de tal forma que sendo submetidos à mesma tensão a sua intensidade varia conforme as características de cada um. Nesse caso, as lâmpadas estão submetidas à mesma diferença de potencial.
  • 10. Associação de resistores em paralelo 𝑖 = 𝑖1 + 𝑖2 + 𝑖3 𝑖1 = 𝑉𝑎𝑏 𝑅1 𝑖2 = 𝑉𝑎𝑏 𝑅2 𝑖3 = 𝑉𝑎𝑏 𝑅3Requiv i = Vab /Requiv 𝑉𝑎𝑏 𝑅𝑒𝑞𝑢𝑖𝑣 = 𝑉𝑎𝑏 𝑅1 + 𝑉𝑎𝑏 𝑅2 + 𝑉𝑎𝑏 𝑅3 1 𝑅𝑒𝑞𝑢𝑖𝑣 = 1 𝑅1 + 1 𝑅2 + 1 𝑅3
  • 11. Exercício Considere a associação de resistores em paralelo da figura a seguir: Esquema representando uma associação de resistores em paralelo Determine: a) A resistência equivalente no circuito; R: Req = 4 Ω b) A ddp em cada resistor; R: 120V em cada um c) A corrente elétrica em cada resistor; R: 120/Rn d) A corrente elétrica total. R: Soma da letra c
  • 12.
  • 13. Associação de 2 resistores em paralelo Atalho para o cálculo da resistência equivalente em associações em paralelo: Associação de n resistores iguais em paralelo Associação de 2 resistores diferentes em paralelo Duas regrinhas interessantes para lembrar, que ajudam a verificar o resultado obtido. Numa associação em série, a resistência equivalente é maior do que a maior resistência presente no circuito. Numa associação em paralelo, a resistência equivalente é menor do que a menor resistência presente no circuito.
  • 15. Exercício (UECE 88.2) A figura representa um circuito elétrico com duas lâmpadas L1 e L2, iguais e ligadas em paralelo. A resistência de cada lâmpada é de 10 ohms, a diferença de potencial entre os pontos A e B vale 3 volts e o fusível F suporta uma corrente máxima de 0,8 ampères. Colocando- se uma terceira lâmpada, igual às anteriores, em paralelo com as demais: a) haverá alteração na d.d.p. entre A e B. b) passará mais correntes nas lâmpadas L1 e L2. c) a resistência equivalente das lâmpadas aumentará. d) o fusível queimará.
  • 16. Pedro! (UECE 86.1) Na figura abaixo, o potencial do ponto B é igual ao potencial do ponto D. A intensidade de corrente que entra no circuito através do ponto A é i = 3 A. A resistência R1 = 40 Ω, R2 = 10 Ω e R3 = 5 Ω. Nestas condições, a potência dissipada na resistência R4, vale: a) 40 W b) 180 W c) 20 W d) 80 W I. Como VA = VB, então: R1.R3 = R2.R4 → 40.5 = 10.R4 → R4 = 20 Ω. II. U1 = U2 → 50.i1 = 25.i2 → i2 = 2.i1, logo i2 = 2 A e i1 = 1 A. III. P4 = R4.i2 2 = 20.22 = 20.4 = 80 W.
  • 17. Associação Mista 1-Calcule a resistência equivalente vista, no circuito abaixo, entre os pontos A e B.
  • 18. 7,5V
  • 19. Exercício (ITA-SP) Determine a intensidade da corrente que atravessa o resistor R2 da figura quando a tensão entre os pontos A e B for igual a V e as resistências R1; R2 e R3 forem iguais a R a) V/R b) V/3R c) 3V/R d) 2V/3R e) nenhuma das anteriores
  • 20. Exercício (Mackenzie-SP) Entre os pontos A e B do trecho do circuito elétrico abaixo, a ddp é 80 V. A potência dissipada pelo resistor de resistência 4 ohms é: R: 36 W
  • 21.
  • 22.
  • 24. Circuitos elétricos especiais 1. Redesenhando o circuito 1. Requivalente? 2. R1=12Ω 3. R2= 6Ω 4. R3= 2Ω A C B R: 6
  • 26. Transformações delta-estrela (DY) ou estrela-delta (YD) As técnicas estudadas até agora permitem resolver a grande maioria dos casos de associação de resistores. Existem algumas situações, porém, em que a determinação da resistência equivalente não é possível com os recursos conhecidos. É o caso do circuito misto da figura abaixo. Sugere-se que o leitor tente calcular a resistência equivalente entre os pontos A e B, a fim de compreender a dificuldade da situação. Nesse circuito, não é possível encontrar nenhum par de resistores associados em série nem em paralelo. Tais casos podem ser resolvidos utilizando as transformações delta-estrela (DY) ou estrela-delta (YD).
  • 27. Transformação (DY) São conhecidas as resistências do triângulo (delta) formado pelos resistores R1, R2, R3, com vértices nos nós A, B e C, indicados na figura “a”. Na ligação equivalente em estrela, surge um quarto ponto (D, central). Cada resistência na estrela é a ligação desse ponto com o vértice respectivo no triângulo. Serão determinadas as resistências da estrela equivalente, formada pelos resistores RA, RB, RC, mostrados na figura “b”.
  • 29. Exercício 1. Calcule a resistência equivalente entre os pontos A e B do circuito da figura 2.36 (idêntico ao da figura abaixo:
  • 33.
  • 34. Referências Básica ANTONIO PERTENCE JR. Eletrônica analógica: amplificadores operacionais e filtros ativos - 6ª edição Complementar MIKE TOOLEY. Circuitos Eletrônicos: Fundamentos e Aplicações. Elsevier, São Paulo 2006. MARCELO WENDLING. Amplificadores Operacionais. Disponível em< netsoft.inf.br/aulas/4_EAC_Eletronica_Basica/3__Amplificador_Operacional.pdf>