SlideShare uma empresa Scribd logo
A AGÊNCIA NUVE &
O PROCESSO DE PROJETOS
Texto
A AGÊNCIA NUVE &
O PROCESSO DE
PROJETOS
A AGÊNCIA NUVE E O
PROCESSO DE PROJETOS
Essa apresentação está dividida em 2 partes:
1. A SOLUÇÃO CERTA
Qual o problema do cliente?
2. O PROCESSO DE PROJETOS
Passo a passo de um site bem sucedido (case Tivoli Ecoresidences)
Texto
1. A SOLUÇÃO
CERTA
Antes de partirmos para o desenvolvimento de um projeto, devemos
avaliar: um site irá atender as expectativas do cliente?
A SOLUÇÃO CERTA
Qual o problema do cliente?
Inicialmente a primeira questão quando um cliente nos procura é:
Qual o problema dele e qual produto o solucionará melhor?
A Nuve questiona isso para atender de forma efetiva às expectativas do cliente por
resultados.
Também nos apoiamos no processo de gestão da inovação “Design Thinking”.
DESIGN
THINKING( )
(DESIGN THINKING)
(DESIGN THINKING)
http://livrodesignthinking.com.br/
Texto
2. O PROCESSO
DE PROJETOS
Construído, mantido e constantemente atualizado pela
equipe de Projetos da Agência Nuve
O PROCESSO DE PROJETOS
PASSO A PASSO DE UM SITE BEM SUCEDIDO
(case website responsivo Tivoli Ecoresidences*)
1) Prospecção e Planejamento
2) Execução: Conteúdo, Design e Programação
. Andamento
. Ferramentas de Apoio
*http://tivoliecoresidencespraiadoforte.com/
A) Briefing
B) Proposta orçamentária
Após aprovação...
C) Definição de tarefas e cronograma detalhado
D) Cadastro de tarefas no gerenciador de pauta
E) Escopo do projeto
F) Checklist de material do cliente
OBS: As informaçõesdetalhadas de cada etapa são exemplos reais do case de sucesso: web site Tivoli Ecoresidences
O PROCESSO DE PROJETOS
1. Prospecção e Planejamento
Sumário
A) Briefing
O atendimento reúne as informações importantes do cliente para a solução de seu
problema. Ex:
•
Problema: razões do cliente para querer um novo site
•
Objetivos
•
Informações sobre produtos e serviços
•
Público-alvo
•
Diferenciais enfatizados em relação aos concorrentes
•
Ferramentas de marketing usadas atualmente
•
Conteúdo do site
•
Referências
•
Sistema de gerenciamento de conteúdo
•
Expectativas sobre prazos
O PROCESSO DE PROJETOS
1. Prospecção e Planejamento
A agência Nuve e o processo de projetos
B) Proposta orçamentária
A partir do briefing, a equipe realiza uma pesquisa e discussão inicial, para então
produzir um documento que descreve a natureza do produto que será proposto ao
cliente. Ex:
•
1. Objetivo
•
2. Os diferenciais do empreendimento
•
3. Público-alvo
•
4. Estratégias
•
5. Pesquisa de similares
•
6. Conteúdo
•
7. Etapas do Projeto
•
7.1. Planejamento
•
7.2. Criação e Design
•
7.3. Programação
•
7.4. Homologação
•
8. Prazos
•
9. Investimento e condições de pagamento
•
10. Ressalvas
O PROCESSO DE PROJETOS
1. Prospecção e Planejamento
C) Definição de tarefas e cronograma detalhado
Com a aprovação do orçamento, destrinchamos o projeto em tarefas interdependentes e
associamos aos respectivos responsáveis, considerando seu tempo de execução e visando
terminar o projeto no prazo previsto, usando auxílio GanttProject.
O PROCESSO DE PROJETOS
1. Prospecção e Planejamento
A agência Nuve e o processo de projetos
D) Cadastro de tarefas no gerenciador de pauta
O cronograma final sendo aprovado pelo cliente, cadastramos as tarefas no gerenciador
de projetos/de pauta usado na agência: O Groupcamp.
Fazendo isso, o sistema alerta automaticamente aos responsáveis de cada tarefa quando
os prazos estão chegando. Em geral, podemos acompanhar o andamento do projeto em
relação aos prazos.
O PROCESSO DE PROJETOS
1. Prospecção e Planejamento
A agência Nuve e o processo de projetos
E) Escopo do projeto
Após aprovação do orçamento, pesquisamos em um nível mais profundo e técnico e
descrevemos em um documento mais específico as características finais do projeto. Ex:
•
Especificações do site
•
1. Tecnologias utilizadas
•
2. Design gráfico
•
3. Usabilidade
•
4. Comunicação textual
•
5. Conteúdo
•
5.1 Organograma/Mapa do site
•
5.2 Seções
•
5.2.1. HOME
•
5.2.2. AS CASAS
•
5.2.3. A ESTRUTURA
•
5.2.4. REALIZAÇÃO
•
5.2.5. CONTATO
•
Glossário
Obs: O briefing serve de referência para
esse detalhamento.
O PROCESSO DE PROJETOS
1. Prospecção e Planejamento
F) Checklist de material do cliente
Com conhecimento do que precisamos para o projeto, para não termos que interromper o
projeto ou deixá-lo por incompleto por falta de uma informação, aplicamos um checklist
para coletar material que necessitaremos do cliente.
O PROCESSO DE PROJETOS
1. Prospecção e Planejamento
O PROCESSO DE PROJETOS
2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
Sumário
OBS: Os exemplos detalhados de cada etapa são registros reais do case de sucesso web site Tivoli Ecoresidences
A) Checklist para criação de web sites
B) Definição de textos e imagens
C) Wireframe e prototipação
D) Layout e prototipação
E) Documentação das funcionalidades técnicas
F) Programação
G) Homologação
A) Checklist para criação de web sites
Criamos um documento para ajudar a lembrar de todos os itens que normalmente são
comuns em todos os web sites. Ex:
• Prever layout de página não encontrada (erro 404)
• Prever layout de resultados de busca (caso o site tenha sistema de busca interna)
• Prever layout de modelo de e-mail que será enviado ao cliente quando um usuário entrar
em contato pelo site
• Verificar meta tags definitivos (título, descrição e tags do site que aparecerão nos
mecanismos de busca, como Google) 
O PROCESSO DE PROJETOS
2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
B) Definição de textos e imagens
O PROCESSO DE PROJETOS
2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
Reunimos em um documento o conteúdo que todas as páginas deverão ter.
Caso o texto não seja fornecido pelo cliente, nele o redator deverá produzir o texto no
documento, seguindo o escopo do site.
As imagens podem ser coletadas neste momento para casar com o texto, ou mais tarde
pelo designer.
C) Wireframe e Prototipação
O PROCESSO DE PROJETOS
2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
Seguindo o escopo do projeto, é iniciado o wireframe, que é a planta-baixa do site.
A importância dele é o foco na estrutura e conteúdo, ao invés de ser na arte.
Em projetos com o uso de grids, a partir desta etapa já é possível iniciar o
desenvolvimento front-end em paralelo.
Com todas as telas de wireframe, já é possível também realizar prototipação para testar a
navegação entre telas.
Embora seja indicado o “mobile first”, como para o cliente o lançamento do site desktop
era mais emergencial, iniciamos pelo desktop.
A agência Nuve e o processo de projetos
D) Layout e Prototipação
O PROCESSO DE PROJETOS
2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
Ao terminar os wireframes (validando com o cliente sempre que possível), os usamos
como base para a criação, seguindo o grid estabelecido.
Rotineiramente fazemos a home inicialmente para aprovar o conceito com o cliente e,
apenas após isso, fazemos o desdobramento em todas as outras páginas.
Uma forma eficiente de apresentar todos os layouts ao cliente é através de protótipos
online. Dessa forma, além de visualizar as terlas, ele terá uma experiência de navegação
próxima da definitiva.
E) Documentação das Funcionalidades Técnicas
Na hora de programar, nem todo funcionamento é óbvio apenas pelo layout.
Principalmente quando dependemos de um fornecedor externo, é importante a descrição
das funcionalidaes que pensamos.
Também usamos isso para facilitar o trabalho interno de programação, listando coisas
como:
•Tipografia,
•Tamanhos padrões das fontes
•Paleta de cores...
O PROCESSO DE PROJETOS
2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
E) Programação
Quando o projeto é feito por mais de um programador, usamos versionamento com
GitHub e Bitbucket.
Para agilizar o front-end, começamos já a programação a partir do grid do wireframe (e
atualmente usando o LESS CSS para agilizar ainda mais).
O PROCESSO DE PROJETOS
2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
A agência Nuve e o processo de projetos
A agência Nuve e o processo de projetos
E) Homologação
Secionamos a homologação: ao terminarmos a home desktop, por exemplo, podemos já
demandar sua revisão e anotação de erros, usando uma planilha compartilhada.
O PROCESSO DE PROJETOS
2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
A agência Nuve e o processo de projetos
A)Diretrizes
B) Project Model Canvas
C) Scrum adaptado
O PROCESSO DE PROJETOS
Andamento
Sumário
O PROCESSO DE PROJETOS
Andamento
Durante o projeto, devemos:
•
Monitorar o desempenho do projeto com respeito à qualidade, ao andamento e ao
custo, em contraste com as especificações, o cronograma e o orçamento,
respectivamente.
•
Identificar possíveis problemas e tomar medidas corretivas, segundo a necessidade
•
Atualizar o cronograma sempre que necessário.
•
Divulgar claramente e regularmente o andamento do projeto a todos os
interessados.
•
Criar relatório interno para análise de resultados do projeto com pontos positivos e
pontos negativos, gráfico ou tabela com tempo estimado e tempo empregado para
conclusão de cada tarefa, além de sugestões de melhorias para outros projetos
A) Diretrizes
O PROCESSO DE PROJETOS
Andamento
Ao recebermos o briefing, devemos discutí-lo com todos os membros que
participarão do projeto de modo que todos entendam qual o seu
propósito/objetivo.
Tentamos atualment utilizar nessa e em todas reuniões da equipe do projeto, o
Project Model Canvas.
B) Project Model Canvas
A agência Nuve e o processo de projetos
POR
QUE?
O
QUÊ?
QUEM? COMO?
QUANDO
E
QUANTO?
A agência Nuve e o processo de projetos
O PROCESSO DE PROJETOS
Andamento
Como forma de manter todos atualizados a respeito do projeto, usamos um Scrum
board adaptado do método Scrum em um cartaz e post its separados pelas
colunas:
•A Fazer
•Fazendo
•Interrompido
•Pronto
C) Scrum adaptado
O PROCESSO DE PROJETOS
Andamento
E fazemos reuniões periódicas baseadas no "Daily Scrum Meeting“ respondendo às
perguntas:
•O que você tem feito desde ontem?
•O que você está planejando fazer hoje?
•Você tem algum problema impedindo você de realizar seu objetivo?
C) Scrum adaptado
Ao longo de cerca de um ano, foram descobertas várias ferramentas facilitadoras do
Processo de Projetos na Agência Nuve.
Segue lista das que são essenciais ou destaques para o desenvolvimento ágil
atualmente usado (ordenado por momento de uso)...
O PROCESSO DE PROJETOS
Ferramentas de Apoio e Referências
Introdução
•
Design Thinking: Inovação em negócios: Livro explicando métodos para inovar
(http://livrodesignthinking.com.br/)
•
Project Model Canvas: metodologia de gerenciamento de projetos, sem o
preenchimento de inúmeros documentos. (http://www.pmcanvas.com.br/)
•
Google Drive: Construção colaborativa de documentos, planilhas etc.
(http://drive.google.com)
•
GanttProject: Definir cronogramas e interdependências de tarefas
(http://www.ganttproject.biz/)
•
Groupcamp: Gerir projetos e pautas, denominado responsáveis e prazos às tarefas
(http://www.groupcamp.com.br/)
•
InVision: Prototipagem colaborativa online (http://www.invisionapp.com/)
•
Concept.ly: Prototipagem colaborativa online gratuita (http://concept.ly)
O PROCESSO DE PROJETOS
Ferramentas de Apoio e Referências
•
CSS Hat: Plugin de Photoshop que gera CSS a partir das camadas do programa
(http://csshat.com/)
•
Cut&Slice Me: Plugin de Photoshop que gera imagens recortadas de forma
automatizada (http://www.cutandslice.me/)
•
PNGGauntlet: Ferramenta gratuita que comprime imagens de extensão PNG,
diminuindo o tempo de carregamento das imagens PNG na web
(http://pnggauntlet.com/)
•
GitHub: Interface gratuita e amigável para versionamento, possibilitando
desenvolvimento em paralelo no mesmo projeto (https://github.com/)
•
Bitbucket: repositório de códigos de versionamento gratuito, mesmo para projetos
com código privado (https://bitbucket.org)
O PROCESSO DE PROJETOS
Ferramentas de Apoio e Referências
•
Twitter Bootstrap: Popular framework de front-end com grid responsivo para web sites
que agiliza o desenvolvimento (contanto que o layout tenha seguido o grid)
(http://getbootstrap.com/)
•
LESS CSS: Pré-processador de CSS que automatiza a criação de CSS, usando variáveis,
por exemplo (http://lesscss.org/)
•
Wordpress: CMS (gestor de conteúdo) open source online popular e fácil para usuários
comuns alimentarem sites, além de possuir grande gama de plugins e suporte pela
comunidade (https://br.wordpress.org/)
•
Wordpress Plugin ACF (Advanced Custom Fields): Plugin gratuito com certas
funcionalidades pagas, que otimiza a programação de campos personalizados no
Wordpress. (http://www.advancedcustomfields.com/)
O PROCESSO DE PROJETOS
Ferramentas de Apoio e Referências
A agência Nuve e o processo de projetos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Práticas e Processos de UX
Práticas e Processos de UXPráticas e Processos de UX
Práticas e Processos de UX
Bruno Polidoro
 
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshopapresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
Paulo Floriano
 
Service Design para startups - Melhorando a experiência do usuário do começo ...
Service Design para startups - Melhorando a experiência do usuário do começo ...Service Design para startups - Melhorando a experiência do usuário do começo ...
Service Design para startups - Melhorando a experiência do usuário do começo ...
Catarinas Design de Interação
 
Agile UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
Agile UX: Projetando a User Experience no Mundo ÁgilAgile UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
Agile UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
Diogo Riker
 
Workshop • UX design •
Workshop • UX design •  Workshop • UX design •
Workshop • UX design •
Suzi Sarmento
 
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
Catarinas Design de Interação
 
UX UI para Programadores
UX UI para Programadores UX UI para Programadores
UX UI para Programadores
Monica Mesquita
 
Ux para software
Ux para softwareUx para software
Ux para software
Viviane Delvequio
 
UX Design como estratégia para conquistar mais clientes e impactar negócios
UX Design como estratégia para conquistar mais clientes e impactar negóciosUX Design como estratégia para conquistar mais clientes e impactar negócios
UX Design como estratégia para conquistar mais clientes e impactar negócios
Catarinas Design de Interação
 
UX para agências de publicidade
UX para agências de publicidadeUX para agências de publicidade
UX para agências de publicidade
Richard Jesus
 
[Palestra UNICAP] UX Design - Projetando Soluções e Experiências
[Palestra UNICAP] UX Design - Projetando Soluções e Experiências[Palestra UNICAP] UX Design - Projetando Soluções e Experiências
[Palestra UNICAP] UX Design - Projetando Soluções e Experiências
Andreza Godoy
 
UX para Startups
UX para StartupsUX para Startups
UX para Startups
Tuia
 
UI e UX no Material Design
UI e UX no Material DesignUI e UX no Material Design
UI e UX no Material Design
Gustavo Gobbi
 
LEAN UX - Campus Party 2014
LEAN UX - Campus Party 2014LEAN UX - Campus Party 2014
LEAN UX - Campus Party 2014
Horácio Soares
 
Pesquisa com usuários aplicada em projetos lean de startups concepção de um f...
Pesquisa com usuários aplicada em projetos lean de startups concepção de um f...Pesquisa com usuários aplicada em projetos lean de startups concepção de um f...
Pesquisa com usuários aplicada em projetos lean de startups concepção de um f...
Catarinas Design de Interação
 
User Experience: O que sua empresa pode ganhar com isso - Versão 2.0
User Experience: O que sua empresa pode ganhar com isso - Versão 2.0User Experience: O que sua empresa pode ganhar com isso - Versão 2.0
User Experience: O que sua empresa pode ganhar com isso - Versão 2.0
Catarinas Design de Interação
 
Startups + UX = ♥
Startups + UX = ♥Startups + UX = ♥
Startups + UX = ♥
Neue Labs
 
Design antecipatório para projetos zero interface - Campus Party 2017
Design antecipatório para projetos zero interface - Campus Party 2017Design antecipatório para projetos zero interface - Campus Party 2017
Design antecipatório para projetos zero interface - Campus Party 2017
Catarinas Design de Interação
 
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
Samantha Rosa
 
Design de Interação, Experiência do Usuário e Usabilidade - 2010
Design de Interação, Experiência do Usuário e Usabilidade - 2010Design de Interação, Experiência do Usuário e Usabilidade - 2010
Design de Interação, Experiência do Usuário e Usabilidade - 2010
Mourylise Heymer
 

Mais procurados (20)

Práticas e Processos de UX
Práticas e Processos de UXPráticas e Processos de UX
Práticas e Processos de UX
 
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshopapresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
 
Service Design para startups - Melhorando a experiência do usuário do começo ...
Service Design para startups - Melhorando a experiência do usuário do começo ...Service Design para startups - Melhorando a experiência do usuário do começo ...
Service Design para startups - Melhorando a experiência do usuário do começo ...
 
Agile UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
Agile UX: Projetando a User Experience no Mundo ÁgilAgile UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
Agile UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
 
Workshop • UX design •
Workshop • UX design •  Workshop • UX design •
Workshop • UX design •
 
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
Desenvolvimento em tempos de UX - Versão 3.0
 
UX UI para Programadores
UX UI para Programadores UX UI para Programadores
UX UI para Programadores
 
Ux para software
Ux para softwareUx para software
Ux para software
 
UX Design como estratégia para conquistar mais clientes e impactar negócios
UX Design como estratégia para conquistar mais clientes e impactar negóciosUX Design como estratégia para conquistar mais clientes e impactar negócios
UX Design como estratégia para conquistar mais clientes e impactar negócios
 
UX para agências de publicidade
UX para agências de publicidadeUX para agências de publicidade
UX para agências de publicidade
 
[Palestra UNICAP] UX Design - Projetando Soluções e Experiências
[Palestra UNICAP] UX Design - Projetando Soluções e Experiências[Palestra UNICAP] UX Design - Projetando Soluções e Experiências
[Palestra UNICAP] UX Design - Projetando Soluções e Experiências
 
UX para Startups
UX para StartupsUX para Startups
UX para Startups
 
UI e UX no Material Design
UI e UX no Material DesignUI e UX no Material Design
UI e UX no Material Design
 
LEAN UX - Campus Party 2014
LEAN UX - Campus Party 2014LEAN UX - Campus Party 2014
LEAN UX - Campus Party 2014
 
Pesquisa com usuários aplicada em projetos lean de startups concepção de um f...
Pesquisa com usuários aplicada em projetos lean de startups concepção de um f...Pesquisa com usuários aplicada em projetos lean de startups concepção de um f...
Pesquisa com usuários aplicada em projetos lean de startups concepção de um f...
 
User Experience: O que sua empresa pode ganhar com isso - Versão 2.0
User Experience: O que sua empresa pode ganhar com isso - Versão 2.0User Experience: O que sua empresa pode ganhar com isso - Versão 2.0
User Experience: O que sua empresa pode ganhar com isso - Versão 2.0
 
Startups + UX = ♥
Startups + UX = ♥Startups + UX = ♥
Startups + UX = ♥
 
Design antecipatório para projetos zero interface - Campus Party 2017
Design antecipatório para projetos zero interface - Campus Party 2017Design antecipatório para projetos zero interface - Campus Party 2017
Design antecipatório para projetos zero interface - Campus Party 2017
 
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
 
Design de Interação, Experiência do Usuário e Usabilidade - 2010
Design de Interação, Experiência do Usuário e Usabilidade - 2010Design de Interação, Experiência do Usuário e Usabilidade - 2010
Design de Interação, Experiência do Usuário e Usabilidade - 2010
 

Destaque

Apresentação da agência Nuve
Apresentação da agência NuveApresentação da agência Nuve
Apresentação da agência Nuve
Agência Nuve
 
Apresentação - Agência Plena
Apresentação - Agência PlenaApresentação - Agência Plena
Apresentação - Agência Plena
Agência Plena
 
Bitnix Agência Digital
Bitnix Agência DigitalBitnix Agência Digital
Bitnix Agência Digital
Josias Oliveira
 
Apresentação Monolito
Apresentação MonolitoApresentação Monolito
Apresentação Monolito
Monolito Comunicação
 
BOOWEB - Sua Agência Digital - Apresentação Institucional
BOOWEB - Sua Agência Digital - Apresentação InstitucionalBOOWEB - Sua Agência Digital - Apresentação Institucional
BOOWEB - Sua Agência Digital - Apresentação Institucional
BOOWEB Sua Agência Digital
 
Apresentacao OK Agência Digital
Apresentacao OK Agência DigitalApresentacao OK Agência Digital
Apresentacao OK Agência Digital
Agência OK
 
Apresentação Gamify 2016
Apresentação Gamify 2016Apresentação Gamify 2016
Apresentação Gamify 2016
Hi Interactive
 
Hi OpenDay Leiria
Hi OpenDay LeiriaHi OpenDay Leiria
Hi OpenDay Leiria
Hi Interactive
 
Comunicar Design 2016
Comunicar Design 2016Comunicar Design 2016
Comunicar Design 2016
Hi Interactive
 
Apresentação EDIT. "Responsive Diferentes Técnicas e Abordagens"
Apresentação EDIT. "Responsive Diferentes Técnicas e Abordagens"Apresentação EDIT. "Responsive Diferentes Técnicas e Abordagens"
Apresentação EDIT. "Responsive Diferentes Técnicas e Abordagens"
Hi Interactive
 
Hi iNTERACTIVE - EVA 2015 - Festival de Vídeo e Artes Digitais | ESAD.CR
Hi iNTERACTIVE - EVA 2015 - Festival de Vídeo e Artes Digitais | ESAD.CRHi iNTERACTIVE - EVA 2015 - Festival de Vídeo e Artes Digitais | ESAD.CR
Hi iNTERACTIVE - EVA 2015 - Festival de Vídeo e Artes Digitais | ESAD.CR
Hi Interactive
 
Apresentação Institucional da ESV Digital
Apresentação Institucional da ESV DigitalApresentação Institucional da ESV Digital
Apresentação Institucional da ESV Digital
ESV Digital
 
Tao clientes
Tao clientesTao clientes
Tao clientes
TaoInterativa
 
A agência namBBU
A agência namBBUA agência namBBU
A agência namBBU
namBBU
 
Agências Digitais
Agências DigitaisAgências Digitais
Agências Digitais
Gustavo Fischer
 
UX Ireland - Designers, take yourselves more seriously.
UX Ireland - Designers, take yourselves more seriously.UX Ireland - Designers, take yourselves more seriously.
UX Ireland - Designers, take yourselves more seriously.
Hi Interactive
 
Presentation Sapore
Presentation SaporePresentation Sapore
Presentation Sapore
Agência IPerativa
 
Apresentação Institucional 2013.1 [Modelo 1] - Consultec Jr
Apresentação Institucional 2013.1 [Modelo 1] - Consultec JrApresentação Institucional 2013.1 [Modelo 1] - Consultec Jr
Apresentação Institucional 2013.1 [Modelo 1] - Consultec Jr
Raíssa Alencar
 
Todos somos design - InVision
Todos somos design - InVisionTodos somos design - InVision
Todos somos design - InVision
Hi Interactive
 
Como Contratar Uma Agência Digital
Como Contratar Uma Agência DigitalComo Contratar Uma Agência Digital
Como Contratar Uma Agência Digital
ABRADi -SP
 

Destaque (20)

Apresentação da agência Nuve
Apresentação da agência NuveApresentação da agência Nuve
Apresentação da agência Nuve
 
Apresentação - Agência Plena
Apresentação - Agência PlenaApresentação - Agência Plena
Apresentação - Agência Plena
 
Bitnix Agência Digital
Bitnix Agência DigitalBitnix Agência Digital
Bitnix Agência Digital
 
Apresentação Monolito
Apresentação MonolitoApresentação Monolito
Apresentação Monolito
 
BOOWEB - Sua Agência Digital - Apresentação Institucional
BOOWEB - Sua Agência Digital - Apresentação InstitucionalBOOWEB - Sua Agência Digital - Apresentação Institucional
BOOWEB - Sua Agência Digital - Apresentação Institucional
 
Apresentacao OK Agência Digital
Apresentacao OK Agência DigitalApresentacao OK Agência Digital
Apresentacao OK Agência Digital
 
Apresentação Gamify 2016
Apresentação Gamify 2016Apresentação Gamify 2016
Apresentação Gamify 2016
 
Hi OpenDay Leiria
Hi OpenDay LeiriaHi OpenDay Leiria
Hi OpenDay Leiria
 
Comunicar Design 2016
Comunicar Design 2016Comunicar Design 2016
Comunicar Design 2016
 
Apresentação EDIT. "Responsive Diferentes Técnicas e Abordagens"
Apresentação EDIT. "Responsive Diferentes Técnicas e Abordagens"Apresentação EDIT. "Responsive Diferentes Técnicas e Abordagens"
Apresentação EDIT. "Responsive Diferentes Técnicas e Abordagens"
 
Hi iNTERACTIVE - EVA 2015 - Festival de Vídeo e Artes Digitais | ESAD.CR
Hi iNTERACTIVE - EVA 2015 - Festival de Vídeo e Artes Digitais | ESAD.CRHi iNTERACTIVE - EVA 2015 - Festival de Vídeo e Artes Digitais | ESAD.CR
Hi iNTERACTIVE - EVA 2015 - Festival de Vídeo e Artes Digitais | ESAD.CR
 
Apresentação Institucional da ESV Digital
Apresentação Institucional da ESV DigitalApresentação Institucional da ESV Digital
Apresentação Institucional da ESV Digital
 
Tao clientes
Tao clientesTao clientes
Tao clientes
 
A agência namBBU
A agência namBBUA agência namBBU
A agência namBBU
 
Agências Digitais
Agências DigitaisAgências Digitais
Agências Digitais
 
UX Ireland - Designers, take yourselves more seriously.
UX Ireland - Designers, take yourselves more seriously.UX Ireland - Designers, take yourselves more seriously.
UX Ireland - Designers, take yourselves more seriously.
 
Presentation Sapore
Presentation SaporePresentation Sapore
Presentation Sapore
 
Apresentação Institucional 2013.1 [Modelo 1] - Consultec Jr
Apresentação Institucional 2013.1 [Modelo 1] - Consultec JrApresentação Institucional 2013.1 [Modelo 1] - Consultec Jr
Apresentação Institucional 2013.1 [Modelo 1] - Consultec Jr
 
Todos somos design - InVision
Todos somos design - InVisionTodos somos design - InVision
Todos somos design - InVision
 
Como Contratar Uma Agência Digital
Como Contratar Uma Agência DigitalComo Contratar Uma Agência Digital
Como Contratar Uma Agência Digital
 

Semelhante a A agência Nuve e o processo de projetos

Metodologia sugerida para gestão de projetos web
Metodologia sugerida para gestão de projetos webMetodologia sugerida para gestão de projetos web
Metodologia sugerida para gestão de projetos web
diogo_plta
 
Sharepoint intranet - anatomia de um projeto
Sharepoint intranet - anatomia de um projetoSharepoint intranet - anatomia de um projeto
Sharepoint intranet - anatomia de um projeto
João Beltrão
 
PMO - Project Management Office
PMO - Project Management OfficePMO - Project Management Office
PMO - Project Management Office
Aragon Vieira
 
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bankSao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
Marco Coghi
 
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronogramaGerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Projeto Web - Ciclo de vida do projeto
Projeto Web - Ciclo de vida do projetoProjeto Web - Ciclo de vida do projeto
Projeto Web - Ciclo de vida do projeto
Odair Cavichioli
 
ECOMASJOR
ECOMASJORECOMASJOR
ECOMASJOR
Marco Coghi
 
Aula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias ÁgeisAula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias Ágeis
Daniela Brauner
 
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROOElaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
Jeovan Figueiredo
 
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processosPp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processos
Luciana C. L. Silva
 
Gerenciamento Projetos Software - Virtual Business
Gerenciamento Projetos Software - Virtual BusinessGerenciamento Projetos Software - Virtual Business
Gerenciamento Projetos Software - Virtual Business
Virtual Business
 
PDP FINAL.ppt
PDP  FINAL.pptPDP  FINAL.ppt
PDP FINAL.ppt
BrunoBoer3
 
1- Apresentacao Metodologia RCP
1- Apresentacao Metodologia RCP1- Apresentacao Metodologia RCP
1- Apresentacao Metodologia RCP
Frank Coelho
 
1 apresentacao metodologia rcp
1  apresentacao metodologia rcp1  apresentacao metodologia rcp
1 apresentacao metodologia rcp
Frank Coelho
 
Grupos de processos de planejamento
Grupos de processos de planejamentoGrupos de processos de planejamento
Grupos de processos de planejamento
Leonardo Soares
 
Planejamento de Projeto
Planejamento de ProjetoPlanejamento de Projeto
Planejamento de Projeto
Robson Silva Espig
 
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Rodrigo Lopes - Eng. - MBA - PMP - SCRUM - ITIL - COBIT
 
Gp resumo
Gp   resumoGp   resumo
Aula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaAula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e Cronograma
Daniela Brauner
 
Aula 1 Analise e Projeto
Aula 1   Analise e ProjetoAula 1   Analise e Projeto
Aula 1 Analise e Projeto
Sergio Silva
 

Semelhante a A agência Nuve e o processo de projetos (20)

Metodologia sugerida para gestão de projetos web
Metodologia sugerida para gestão de projetos webMetodologia sugerida para gestão de projetos web
Metodologia sugerida para gestão de projetos web
 
Sharepoint intranet - anatomia de um projeto
Sharepoint intranet - anatomia de um projetoSharepoint intranet - anatomia de um projeto
Sharepoint intranet - anatomia de um projeto
 
PMO - Project Management Office
PMO - Project Management OfficePMO - Project Management Office
PMO - Project Management Office
 
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bankSao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
Sao jose dos_campos_gp22_pmo_easy_bank
 
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronogramaGerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
Gerenciamento de Projetos - Aula03 - Termo de abertura, EAP e cronograma
 
Projeto Web - Ciclo de vida do projeto
Projeto Web - Ciclo de vida do projetoProjeto Web - Ciclo de vida do projeto
Projeto Web - Ciclo de vida do projeto
 
ECOMASJOR
ECOMASJORECOMASJOR
ECOMASJOR
 
Aula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias ÁgeisAula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias Ágeis
 
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROOElaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
 
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processosPp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processos
 
Gerenciamento Projetos Software - Virtual Business
Gerenciamento Projetos Software - Virtual BusinessGerenciamento Projetos Software - Virtual Business
Gerenciamento Projetos Software - Virtual Business
 
PDP FINAL.ppt
PDP  FINAL.pptPDP  FINAL.ppt
PDP FINAL.ppt
 
1- Apresentacao Metodologia RCP
1- Apresentacao Metodologia RCP1- Apresentacao Metodologia RCP
1- Apresentacao Metodologia RCP
 
1 apresentacao metodologia rcp
1  apresentacao metodologia rcp1  apresentacao metodologia rcp
1 apresentacao metodologia rcp
 
Grupos de processos de planejamento
Grupos de processos de planejamentoGrupos de processos de planejamento
Grupos de processos de planejamento
 
Planejamento de Projeto
Planejamento de ProjetoPlanejamento de Projeto
Planejamento de Projeto
 
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
 
Gp resumo
Gp   resumoGp   resumo
Gp resumo
 
Aula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e CronogramaAula04 - EAP e Cronograma
Aula04 - EAP e Cronograma
 
Aula 1 Analise e Projeto
Aula 1   Analise e ProjetoAula 1   Analise e Projeto
Aula 1 Analise e Projeto
 

A agência Nuve e o processo de projetos

  • 1. A AGÊNCIA NUVE & O PROCESSO DE PROJETOS
  • 2. Texto A AGÊNCIA NUVE & O PROCESSO DE PROJETOS
  • 3. A AGÊNCIA NUVE E O PROCESSO DE PROJETOS Essa apresentação está dividida em 2 partes: 1. A SOLUÇÃO CERTA Qual o problema do cliente? 2. O PROCESSO DE PROJETOS Passo a passo de um site bem sucedido (case Tivoli Ecoresidences)
  • 4. Texto 1. A SOLUÇÃO CERTA Antes de partirmos para o desenvolvimento de um projeto, devemos avaliar: um site irá atender as expectativas do cliente?
  • 5. A SOLUÇÃO CERTA Qual o problema do cliente? Inicialmente a primeira questão quando um cliente nos procura é: Qual o problema dele e qual produto o solucionará melhor? A Nuve questiona isso para atender de forma efetiva às expectativas do cliente por resultados. Também nos apoiamos no processo de gestão da inovação “Design Thinking”.
  • 9. Texto 2. O PROCESSO DE PROJETOS Construído, mantido e constantemente atualizado pela equipe de Projetos da Agência Nuve
  • 10. O PROCESSO DE PROJETOS PASSO A PASSO DE UM SITE BEM SUCEDIDO (case website responsivo Tivoli Ecoresidences*) 1) Prospecção e Planejamento 2) Execução: Conteúdo, Design e Programação . Andamento . Ferramentas de Apoio *http://tivoliecoresidencespraiadoforte.com/
  • 11. A) Briefing B) Proposta orçamentária Após aprovação... C) Definição de tarefas e cronograma detalhado D) Cadastro de tarefas no gerenciador de pauta E) Escopo do projeto F) Checklist de material do cliente OBS: As informaçõesdetalhadas de cada etapa são exemplos reais do case de sucesso: web site Tivoli Ecoresidences O PROCESSO DE PROJETOS 1. Prospecção e Planejamento Sumário
  • 12. A) Briefing O atendimento reúne as informações importantes do cliente para a solução de seu problema. Ex: • Problema: razões do cliente para querer um novo site • Objetivos • Informações sobre produtos e serviços • Público-alvo • Diferenciais enfatizados em relação aos concorrentes • Ferramentas de marketing usadas atualmente • Conteúdo do site • Referências • Sistema de gerenciamento de conteúdo • Expectativas sobre prazos O PROCESSO DE PROJETOS 1. Prospecção e Planejamento
  • 14. B) Proposta orçamentária A partir do briefing, a equipe realiza uma pesquisa e discussão inicial, para então produzir um documento que descreve a natureza do produto que será proposto ao cliente. Ex: • 1. Objetivo • 2. Os diferenciais do empreendimento • 3. Público-alvo • 4. Estratégias • 5. Pesquisa de similares • 6. Conteúdo • 7. Etapas do Projeto • 7.1. Planejamento • 7.2. Criação e Design • 7.3. Programação • 7.4. Homologação • 8. Prazos • 9. Investimento e condições de pagamento • 10. Ressalvas O PROCESSO DE PROJETOS 1. Prospecção e Planejamento
  • 15. C) Definição de tarefas e cronograma detalhado Com a aprovação do orçamento, destrinchamos o projeto em tarefas interdependentes e associamos aos respectivos responsáveis, considerando seu tempo de execução e visando terminar o projeto no prazo previsto, usando auxílio GanttProject. O PROCESSO DE PROJETOS 1. Prospecção e Planejamento
  • 17. D) Cadastro de tarefas no gerenciador de pauta O cronograma final sendo aprovado pelo cliente, cadastramos as tarefas no gerenciador de projetos/de pauta usado na agência: O Groupcamp. Fazendo isso, o sistema alerta automaticamente aos responsáveis de cada tarefa quando os prazos estão chegando. Em geral, podemos acompanhar o andamento do projeto em relação aos prazos. O PROCESSO DE PROJETOS 1. Prospecção e Planejamento
  • 19. E) Escopo do projeto Após aprovação do orçamento, pesquisamos em um nível mais profundo e técnico e descrevemos em um documento mais específico as características finais do projeto. Ex: • Especificações do site • 1. Tecnologias utilizadas • 2. Design gráfico • 3. Usabilidade • 4. Comunicação textual • 5. Conteúdo • 5.1 Organograma/Mapa do site • 5.2 Seções • 5.2.1. HOME • 5.2.2. AS CASAS • 5.2.3. A ESTRUTURA • 5.2.4. REALIZAÇÃO • 5.2.5. CONTATO • Glossário Obs: O briefing serve de referência para esse detalhamento. O PROCESSO DE PROJETOS 1. Prospecção e Planejamento
  • 20. F) Checklist de material do cliente Com conhecimento do que precisamos para o projeto, para não termos que interromper o projeto ou deixá-lo por incompleto por falta de uma informação, aplicamos um checklist para coletar material que necessitaremos do cliente. O PROCESSO DE PROJETOS 1. Prospecção e Planejamento
  • 21. O PROCESSO DE PROJETOS 2. Execução: Conteúdo, Design e Programação Sumário OBS: Os exemplos detalhados de cada etapa são registros reais do case de sucesso web site Tivoli Ecoresidences A) Checklist para criação de web sites B) Definição de textos e imagens C) Wireframe e prototipação D) Layout e prototipação E) Documentação das funcionalidades técnicas F) Programação G) Homologação
  • 22. A) Checklist para criação de web sites Criamos um documento para ajudar a lembrar de todos os itens que normalmente são comuns em todos os web sites. Ex: • Prever layout de página não encontrada (erro 404) • Prever layout de resultados de busca (caso o site tenha sistema de busca interna) • Prever layout de modelo de e-mail que será enviado ao cliente quando um usuário entrar em contato pelo site • Verificar meta tags definitivos (título, descrição e tags do site que aparecerão nos mecanismos de busca, como Google)  O PROCESSO DE PROJETOS 2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
  • 23. B) Definição de textos e imagens O PROCESSO DE PROJETOS 2. Execução: Conteúdo, Design e Programação Reunimos em um documento o conteúdo que todas as páginas deverão ter. Caso o texto não seja fornecido pelo cliente, nele o redator deverá produzir o texto no documento, seguindo o escopo do site. As imagens podem ser coletadas neste momento para casar com o texto, ou mais tarde pelo designer.
  • 24. C) Wireframe e Prototipação O PROCESSO DE PROJETOS 2. Execução: Conteúdo, Design e Programação Seguindo o escopo do projeto, é iniciado o wireframe, que é a planta-baixa do site. A importância dele é o foco na estrutura e conteúdo, ao invés de ser na arte. Em projetos com o uso de grids, a partir desta etapa já é possível iniciar o desenvolvimento front-end em paralelo. Com todas as telas de wireframe, já é possível também realizar prototipação para testar a navegação entre telas. Embora seja indicado o “mobile first”, como para o cliente o lançamento do site desktop era mais emergencial, iniciamos pelo desktop.
  • 26. D) Layout e Prototipação O PROCESSO DE PROJETOS 2. Execução: Conteúdo, Design e Programação Ao terminar os wireframes (validando com o cliente sempre que possível), os usamos como base para a criação, seguindo o grid estabelecido. Rotineiramente fazemos a home inicialmente para aprovar o conceito com o cliente e, apenas após isso, fazemos o desdobramento em todas as outras páginas. Uma forma eficiente de apresentar todos os layouts ao cliente é através de protótipos online. Dessa forma, além de visualizar as terlas, ele terá uma experiência de navegação próxima da definitiva.
  • 27. E) Documentação das Funcionalidades Técnicas Na hora de programar, nem todo funcionamento é óbvio apenas pelo layout. Principalmente quando dependemos de um fornecedor externo, é importante a descrição das funcionalidaes que pensamos. Também usamos isso para facilitar o trabalho interno de programação, listando coisas como: •Tipografia, •Tamanhos padrões das fontes •Paleta de cores... O PROCESSO DE PROJETOS 2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
  • 28. E) Programação Quando o projeto é feito por mais de um programador, usamos versionamento com GitHub e Bitbucket. Para agilizar o front-end, começamos já a programação a partir do grid do wireframe (e atualmente usando o LESS CSS para agilizar ainda mais). O PROCESSO DE PROJETOS 2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
  • 31. E) Homologação Secionamos a homologação: ao terminarmos a home desktop, por exemplo, podemos já demandar sua revisão e anotação de erros, usando uma planilha compartilhada. O PROCESSO DE PROJETOS 2. Execução: Conteúdo, Design e Programação
  • 33. A)Diretrizes B) Project Model Canvas C) Scrum adaptado O PROCESSO DE PROJETOS Andamento Sumário
  • 34. O PROCESSO DE PROJETOS Andamento Durante o projeto, devemos: • Monitorar o desempenho do projeto com respeito à qualidade, ao andamento e ao custo, em contraste com as especificações, o cronograma e o orçamento, respectivamente. • Identificar possíveis problemas e tomar medidas corretivas, segundo a necessidade • Atualizar o cronograma sempre que necessário. • Divulgar claramente e regularmente o andamento do projeto a todos os interessados. • Criar relatório interno para análise de resultados do projeto com pontos positivos e pontos negativos, gráfico ou tabela com tempo estimado e tempo empregado para conclusão de cada tarefa, além de sugestões de melhorias para outros projetos A) Diretrizes
  • 35. O PROCESSO DE PROJETOS Andamento Ao recebermos o briefing, devemos discutí-lo com todos os membros que participarão do projeto de modo que todos entendam qual o seu propósito/objetivo. Tentamos atualment utilizar nessa e em todas reuniões da equipe do projeto, o Project Model Canvas. B) Project Model Canvas
  • 39. O PROCESSO DE PROJETOS Andamento Como forma de manter todos atualizados a respeito do projeto, usamos um Scrum board adaptado do método Scrum em um cartaz e post its separados pelas colunas: •A Fazer •Fazendo •Interrompido •Pronto C) Scrum adaptado
  • 40. O PROCESSO DE PROJETOS Andamento E fazemos reuniões periódicas baseadas no "Daily Scrum Meeting“ respondendo às perguntas: •O que você tem feito desde ontem? •O que você está planejando fazer hoje? •Você tem algum problema impedindo você de realizar seu objetivo? C) Scrum adaptado
  • 41. Ao longo de cerca de um ano, foram descobertas várias ferramentas facilitadoras do Processo de Projetos na Agência Nuve. Segue lista das que são essenciais ou destaques para o desenvolvimento ágil atualmente usado (ordenado por momento de uso)... O PROCESSO DE PROJETOS Ferramentas de Apoio e Referências Introdução
  • 42. • Design Thinking: Inovação em negócios: Livro explicando métodos para inovar (http://livrodesignthinking.com.br/) • Project Model Canvas: metodologia de gerenciamento de projetos, sem o preenchimento de inúmeros documentos. (http://www.pmcanvas.com.br/) • Google Drive: Construção colaborativa de documentos, planilhas etc. (http://drive.google.com) • GanttProject: Definir cronogramas e interdependências de tarefas (http://www.ganttproject.biz/) • Groupcamp: Gerir projetos e pautas, denominado responsáveis e prazos às tarefas (http://www.groupcamp.com.br/) • InVision: Prototipagem colaborativa online (http://www.invisionapp.com/) • Concept.ly: Prototipagem colaborativa online gratuita (http://concept.ly) O PROCESSO DE PROJETOS Ferramentas de Apoio e Referências
  • 43. • CSS Hat: Plugin de Photoshop que gera CSS a partir das camadas do programa (http://csshat.com/) • Cut&Slice Me: Plugin de Photoshop que gera imagens recortadas de forma automatizada (http://www.cutandslice.me/) • PNGGauntlet: Ferramenta gratuita que comprime imagens de extensão PNG, diminuindo o tempo de carregamento das imagens PNG na web (http://pnggauntlet.com/) • GitHub: Interface gratuita e amigável para versionamento, possibilitando desenvolvimento em paralelo no mesmo projeto (https://github.com/) • Bitbucket: repositório de códigos de versionamento gratuito, mesmo para projetos com código privado (https://bitbucket.org) O PROCESSO DE PROJETOS Ferramentas de Apoio e Referências
  • 44. • Twitter Bootstrap: Popular framework de front-end com grid responsivo para web sites que agiliza o desenvolvimento (contanto que o layout tenha seguido o grid) (http://getbootstrap.com/) • LESS CSS: Pré-processador de CSS que automatiza a criação de CSS, usando variáveis, por exemplo (http://lesscss.org/) • Wordpress: CMS (gestor de conteúdo) open source online popular e fácil para usuários comuns alimentarem sites, além de possuir grande gama de plugins e suporte pela comunidade (https://br.wordpress.org/) • Wordpress Plugin ACF (Advanced Custom Fields): Plugin gratuito com certas funcionalidades pagas, que otimiza a programação de campos personalizados no Wordpress. (http://www.advancedcustomfields.com/) O PROCESSO DE PROJETOS Ferramentas de Apoio e Referências