SlideShare uma empresa Scribd logo
Logística e Transporte de Carga Logística é a área responsável por providenciar recursos, equipamentos e informações para o desempenho de todas as atividades de uma instituição. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
Logística e Transporte de Carga "Logística é a parte do Gerenciamento da Cadeia de  Abastecimento e ou da Cadeia de Produção: que  planeja, implementa e controla o fluxo e o  armazenamento eficiente e econômico de matérias- primas, elementos semiacabados e produtos acabados,  bem como as informações a eles relativas.  Desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o propósito de atender às exigências e necessidades dos clientes“. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
Logística e Transporte de Carga Entre as atividades da logística estão:  Transportes; Movimentação de materiais; Armazenamento; Processamento de pedidos e gerenciamento de informações. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
LOGÍSTICA NO TRANSPORTE Refere-se aos vários método utilizados para transportar produtos,  composto por três sistemas: Terrestre Aquaviário Aéreo PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
LOGÍSTICA NO TRANSPORTE Sistema Terrestre: Modais de transporte rodoviário, ferroviário e duto viário Sistema Aquaviário: Modais de transporte marítimo e hidroviário Sistema Aéreo: Modais Aéreo e dutoviário PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
LOGÍSTICA NA ARMAZENAGEM Entrada / Recebimento de materiais; Separação (triagem) para estocagem; Estocagem / Armazenagem; Área de Pré-separação; Embarque e expedição. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
LOGÍSTICA NA ARMAZENAGEM Em todas as etapas devem ser considerados os seguintes  aspectos: Conferência das atividades; Sinalização; Segurança; Equipamentos para movimentação; Tecnologia de informação; Inventário. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
SEGMENTOS DA LOGÍSTICA Administração de Materiais Conjunto de operações associadas ao fluxo de materiais e informações, desde a fonte das matérias-primas até a “ entrada” da fábrica.  Distribuição Conjunto das operações associadas à transferência de bens, desde o local de sua produção até o local designado no destino e ao fluxo de informações associado, garantindo a  chegada dos bens em boas condições comerciais, de acordo  com o desejo dos consumidores / clientes e a preços  competitivos. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
ESTRATÉGIA  Fatores Fundamentais na  “Economia de Escala”  da Logística: Mercado;   Transporte; Geografia;
Mercado Dimensão: (Mercado amplo resulta em custo de produção menor); (Globalizado) Fatores Socioeconômicos:   (Nação “desenvolvida” vs. Nação “em desenvolvimento”) (Quadro político – sistema político e riscos) (Densidade demográfica) (Principais Tipos de Produção)   (Dimensão e Principais Problemas de Áreas urbanas e Agrícolas)
Transporte Preços Reduzidos: Transporte barato     reduz preços produtos (menor custo descentraliza mercados/produção); Transporte eficiente = melhor padrão de vida; Decisão no Modal de Transporte – (critérios): Tipo de Produto; Custos do Transporte; Capacidade de carregamento; Tempo – agilidade na entrega – (Tempo médio de entrega); Tempo de trânsito e sua variação; Perdas e danos;
Geografia Dimensão Territorial e distâncias; Barreiras e impedâncias no trajeto; Pedágios e taxas ;  ( tecnologia SIG – Sistema de Informação Geográfica)
O que é modal ? Os termos modo, modal e modalidade de transporte possuem o mesmo significado. Consideram-se cinco os modos básicos de transporte:  rodoviário, ferroviário, dutoviário, aquaviário e aéreo.
Primeiro Critério para a escolha do Modal “ Tipo de Produto”: Duto viário produtos líquidos/gasosos - grandes distâncias Aeroviário produtos de alto valor agregado - alto valor frete Pequenas encomendas, postagens, amostras, e outros Hidroviário granéis/commodities - baixo valor frete Ferroviário granéis/commodities - baixo valor frete Rodoviário maioria dos produtos manufaturados - frete alto
Outros Parâmetros *Fonte: adaptado de LAMBERT, STOCK e VANTINE, 1998. Critérios de comparação entre os modais de transporte PARÂMETROS RODOVIA FERROVIA AEROVIA HIDROVIA DUTOVIA Custo Moderado Baixo Alto Baixo Alto Tempo em trânsito Moderado Lento Rápido Lento Lento Disponibilidade Alto Moderado Moderado Baixo Baixo Confiabilidade Alta Moderada Alta Moderada Baixa Perdas e danos Baixo Alto Baixo Moderado Baixo Flexibilidade Alto Moderado Moderado Baixo Baixo
A definição brasileira de Transporte Multimodal de Cargas  O conceito de Transporte Multimodal é definido pela  Lei 9.611/98 está em consonância com o estabelecido  no acordo firmado entre o Brasil e os países da  América Latina, em 1994.  Apesar de não existir uma aceitação por todos os  países de uma terminologia única, a definição  deste acordo é baseada no Convênio das Nações  Unidas de 1980, realizado em Genebra, sobre o  Transporte Internacional de Mercadorias.
Multimodal Serviço Multimodal Responsabilidade única - Origem ao Destino Coleta, unitização, desunitização, movimentação, armazenagem e entrega de carga ao destinatário Consolidar e desconsolidar cargas e documentos Emissão de apenas um documento de transporte CTMC - Conhecimento de Transporte Multimodal de Cargas (documento de transporte e fiscal) Contratação de terceiros fortalece a prestação de serviço multimodal - eficiência e flexibilidade (Serviço Multimodal é regido por um único contrato, utiliza duas ou mais modalidades de transporte, desde a origem até o destino, e é executado sob a responsabilidade única de um Operador de Transporte Multimodal – OTM.).
Multimodal Serviço Multimodal Vantagens Melhor utilização da capacidade disponível da matriz de transporte; Utilização de combinações de modais mais eficientes energeticamente; Melhor utilização da tecnologia de informação; Ganhos no processo, considerando todas as operações entre origem e destino, já que no serviço porta-a-porta, o OTM pode agregar valor oferecendo serviços adicionais; Melhor utilização da infra-estrutura para as atividades de apoio, tais como armazenagem e manuseio;  Responsabilidade da carga, perante o cliente, entre origem e destino, é de apenas uma empresa, o OTM;
Qual a diferença entre transporte Intermodal e Multimodal? O conceito de Transporte  Multimodal  é o definido por lei, já o termo Transporte  Intermodal  não possui mais base jurídica, pois a legislação que o definiu, a Lei 6.288/75 (dispõe sobre a utilização, movimentação e transporte, inclusive intermodal, de mercadorias em unidades de carga) foi revogada. Embora a primeira Lei revogue esta última, o conceito de Transporte Intermodal não foi substituído pelo de Transporte Multimodal, pois há diferenças conceituais entre os dois termos.
Intermodalidade e Multimodalidade Serviço Intermodal Mercado globalizado = Logística flexível e dinâmica Utilização de mais de um modal Livre troca de equipamentos entre os modais Emissão individual de documentos de transporte Responsabilidade segmentada - Maior burocracia Agente único - Vários transportadores (sinistro) Embarcador recorre contra aquele que causou o dano Embalagens reforçadas Movimentação em contêiner (A intermodalidade caracteriza-se pela emissão individual de documento de transporte para cada modal, bem como pela divisão de responsabilidade entre os transportadores).
Intermodalidade e Multimodalidade Conclusão: A diferença é a questão documental e de responsabilidades,  outra polêmica é a  legislação que disciplina Seguros. (órgão responsável pela regulamentação - ANTT –  Agência Nacional de  Transportes Terrestres)
Leis que disciplinam o Transporte Multimodal de Cargas no Brasil A legislação referente ao Transporte Multimodal de Cargas pode ser encontrada no endereço eletrônico abaixo: http://www.antt.gov.br/legislacao/Multimodal/index.asp Lei 9.611/98 – Dispõe sobre o Transporte Multimodal de Cargas; Decreto 3.411/00 – Regulamenta a Lei 9.611/98; Decreto 5.276/04 – Altera os Artigos 2º e 3º do Decreto 3.411/00; Decreto 1.563/95 – Dispõe sobre a execução do Acordo de Alcance Parcial para a Facilitação do Transporte Multimodal de Mercadorias, entre Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, de 30 de dezembro de 1994; e  Resolução 794/04 – Dispõe sobre a habilitação do Operador de Transporte Multimodal.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Unidade iii estratégia de transporte
Unidade iii   estratégia de transporteUnidade iii   estratégia de transporte
Unidade iii estratégia de transporte
Daniel Moura
 
MDT
MDTMDT
Gestão de transporte
Gestão de transporteGestão de transporte
Gestão de transporte
Ângelo Xavier
 
Modais de Transporte
Modais de TransporteModais de Transporte
Modais de Transporte
Donizete Macedo
 
Modais de transporte
Modais de transporteModais de transporte
Modais de transporte
Matheus Roger
 
O sistema de transportes
O sistema de transportesO sistema de transportes
O sistema de transportes
Cristiano Ferreira Cesarino
 
Logística - Modal Rodoviário
Logística - Modal RodoviárioLogística - Modal Rodoviário
Logística - Modal Rodoviário
Marynara Barros
 
Questoes de gestão de transporte e frota
Questoes de gestão de transporte e frotaQuestoes de gestão de transporte e frota
Questoes de gestão de transporte e frota
José Roberto Felicio Ribeiro
 
Logística 3 transportes
Logística 3 transportesLogística 3 transportes
Logística 3 transportes
Andrey Martins
 
Transporte de Mercadorias - Intermodalidade
Transporte de Mercadorias - IntermodalidadeTransporte de Mercadorias - Intermodalidade
Transporte de Mercadorias - Intermodalidade
jorgecarneiroformacao
 
Transporte rodoviário internacional
Transporte rodoviário internacionalTransporte rodoviário internacional
Transporte rodoviário internacional
João Paulo Santos
 
Transportes de produtos e novas tecnologias (TCM)
Transportes de produtos e novas tecnologias (TCM)Transportes de produtos e novas tecnologias (TCM)
Transportes de produtos e novas tecnologias (TCM)
Opengo,Espro,AllNet, Led Informática, Instituto Dom Bosco
 
Geografiados transportes
Geografiados transportesGeografiados transportes
Geografiados transportes
eeeppacatuba
 
Gestão Estratégica de Transportes
Gestão Estratégica de Transportes Gestão Estratégica de Transportes
Gestão Estratégica de Transportes
Adeildo Caboclo
 
Vantagens e desvantagens dos meios de transporte
Vantagens e desvantagens dos meios de transporteVantagens e desvantagens dos meios de transporte
Vantagens e desvantagens dos meios de transporte
Eduardo Bruna Evelyn
 
Modal Rodoviário
Modal RodoviárioModal Rodoviário
Modal Rodoviário
Cristiano S da Silva
 
Modal hidroviário
Modal hidroviárioModal hidroviário
Modal hidroviário
Rafael Pozzobon
 
Infraestrutura do Setor Rodoviário de Cargas
Infraestrutura do Setor Rodoviário de CargasInfraestrutura do Setor Rodoviário de Cargas
Infraestrutura do Setor Rodoviário de Cargas
Fiesp Federação das Indústrias do Estado de SP
 
Vantagens e desvantagens do transporte aquaviário no brasil
Vantagens e desvantagens do transporte aquaviário no brasilVantagens e desvantagens do transporte aquaviário no brasil
Vantagens e desvantagens do transporte aquaviário no brasil
Carlos Benkendorf
 
Modais (Transportes)
Modais (Transportes)Modais (Transportes)
Modais (Transportes)
Kelmmany Wesley
 

Mais procurados (20)

Unidade iii estratégia de transporte
Unidade iii   estratégia de transporteUnidade iii   estratégia de transporte
Unidade iii estratégia de transporte
 
MDT
MDTMDT
MDT
 
Gestão de transporte
Gestão de transporteGestão de transporte
Gestão de transporte
 
Modais de Transporte
Modais de TransporteModais de Transporte
Modais de Transporte
 
Modais de transporte
Modais de transporteModais de transporte
Modais de transporte
 
O sistema de transportes
O sistema de transportesO sistema de transportes
O sistema de transportes
 
Logística - Modal Rodoviário
Logística - Modal RodoviárioLogística - Modal Rodoviário
Logística - Modal Rodoviário
 
Questoes de gestão de transporte e frota
Questoes de gestão de transporte e frotaQuestoes de gestão de transporte e frota
Questoes de gestão de transporte e frota
 
Logística 3 transportes
Logística 3 transportesLogística 3 transportes
Logística 3 transportes
 
Transporte de Mercadorias - Intermodalidade
Transporte de Mercadorias - IntermodalidadeTransporte de Mercadorias - Intermodalidade
Transporte de Mercadorias - Intermodalidade
 
Transporte rodoviário internacional
Transporte rodoviário internacionalTransporte rodoviário internacional
Transporte rodoviário internacional
 
Transportes de produtos e novas tecnologias (TCM)
Transportes de produtos e novas tecnologias (TCM)Transportes de produtos e novas tecnologias (TCM)
Transportes de produtos e novas tecnologias (TCM)
 
Geografiados transportes
Geografiados transportesGeografiados transportes
Geografiados transportes
 
Gestão Estratégica de Transportes
Gestão Estratégica de Transportes Gestão Estratégica de Transportes
Gestão Estratégica de Transportes
 
Vantagens e desvantagens dos meios de transporte
Vantagens e desvantagens dos meios de transporteVantagens e desvantagens dos meios de transporte
Vantagens e desvantagens dos meios de transporte
 
Modal Rodoviário
Modal RodoviárioModal Rodoviário
Modal Rodoviário
 
Modal hidroviário
Modal hidroviárioModal hidroviário
Modal hidroviário
 
Infraestrutura do Setor Rodoviário de Cargas
Infraestrutura do Setor Rodoviário de CargasInfraestrutura do Setor Rodoviário de Cargas
Infraestrutura do Setor Rodoviário de Cargas
 
Vantagens e desvantagens do transporte aquaviário no brasil
Vantagens e desvantagens do transporte aquaviário no brasilVantagens e desvantagens do transporte aquaviário no brasil
Vantagens e desvantagens do transporte aquaviário no brasil
 
Modais (Transportes)
Modais (Transportes)Modais (Transportes)
Modais (Transportes)
 

Destaque

Projeto de Operação Multimodal
Projeto de Operação MultimodalProjeto de Operação Multimodal
Projeto de Operação Multimodal
Caio Marin
 
Logistica de Transportes - Slides
Logistica de Transportes - SlidesLogistica de Transportes - Slides
Logistica de Transportes - Slides
Willian dos Santos Abreu
 
Logística Urbana - Uma Alternativa e Complemento na Distribuição com o Uso de...
Logística Urbana - Uma Alternativa e Complemento na Distribuição com o Uso de...Logística Urbana - Uma Alternativa e Complemento na Distribuição com o Uso de...
Logística Urbana - Uma Alternativa e Complemento na Distribuição com o Uso de...
Luis Neto
 
Genética2013
Genética2013Genética2013
Genética2013
luz amanda
 
Programa Comex INfoco: "Agente de Carga Internacional: Oportunidades e Desafi...
Programa Comex INfoco: "Agente de Carga Internacional: Oportunidades e Desafi...Programa Comex INfoco: "Agente de Carga Internacional: Oportunidades e Desafi...
Programa Comex INfoco: "Agente de Carga Internacional: Oportunidades e Desafi...
ABRACOMEX
 
Programa Comex INfoco - Domine os Trâmites Documentais para Exportar
Programa Comex INfoco - Domine os Trâmites Documentais para Exportar Programa Comex INfoco - Domine os Trâmites Documentais para Exportar
Programa Comex INfoco - Domine os Trâmites Documentais para Exportar
ABRACOMEX
 
Modais e regras para exportação
Modais e regras para exportaçãoModais e regras para exportação
Modais e regras para exportação
Marcelo Moretti
 
Transportes (1)
Transportes (1)Transportes (1)
Transportes (1)
Fabricio Rios
 
Logística internacional
Logística internacionalLogística internacional
Logística internacional
luccinus
 
Modal Aereo
Modal AereoModal Aereo
Modal Aereo
Wellington Lima
 
Slide modal aéreo
Slide modal aéreoSlide modal aéreo
Slide modal aéreo
Silvinhaa
 
Modal rodoviário
Modal rodoviárioModal rodoviário
Modal rodoviário
FaseLog
 
Transporte aereo
Transporte aereoTransporte aereo
Transporte aereo
Gustavo Gómez
 

Destaque (13)

Projeto de Operação Multimodal
Projeto de Operação MultimodalProjeto de Operação Multimodal
Projeto de Operação Multimodal
 
Logistica de Transportes - Slides
Logistica de Transportes - SlidesLogistica de Transportes - Slides
Logistica de Transportes - Slides
 
Logística Urbana - Uma Alternativa e Complemento na Distribuição com o Uso de...
Logística Urbana - Uma Alternativa e Complemento na Distribuição com o Uso de...Logística Urbana - Uma Alternativa e Complemento na Distribuição com o Uso de...
Logística Urbana - Uma Alternativa e Complemento na Distribuição com o Uso de...
 
Genética2013
Genética2013Genética2013
Genética2013
 
Programa Comex INfoco: "Agente de Carga Internacional: Oportunidades e Desafi...
Programa Comex INfoco: "Agente de Carga Internacional: Oportunidades e Desafi...Programa Comex INfoco: "Agente de Carga Internacional: Oportunidades e Desafi...
Programa Comex INfoco: "Agente de Carga Internacional: Oportunidades e Desafi...
 
Programa Comex INfoco - Domine os Trâmites Documentais para Exportar
Programa Comex INfoco - Domine os Trâmites Documentais para Exportar Programa Comex INfoco - Domine os Trâmites Documentais para Exportar
Programa Comex INfoco - Domine os Trâmites Documentais para Exportar
 
Modais e regras para exportação
Modais e regras para exportaçãoModais e regras para exportação
Modais e regras para exportação
 
Transportes (1)
Transportes (1)Transportes (1)
Transportes (1)
 
Logística internacional
Logística internacionalLogística internacional
Logística internacional
 
Modal Aereo
Modal AereoModal Aereo
Modal Aereo
 
Slide modal aéreo
Slide modal aéreoSlide modal aéreo
Slide modal aéreo
 
Modal rodoviário
Modal rodoviárioModal rodoviário
Modal rodoviário
 
Transporte aereo
Transporte aereoTransporte aereo
Transporte aereo
 

Semelhante a 2ªaula de logística da uninov ev2

Integração modal - Expolog 2017
Integração modal - Expolog 2017Integração modal - Expolog 2017
Integração modal - Expolog 2017
Tito Livio M. Cardoso
 
Logistica internacional material de apoio
Logistica internacional material de apoioLogistica internacional material de apoio
Logistica internacional material de apoio
Anderson Azevedo
 
Logistica - Internacional.pptx
Logistica - Internacional.pptxLogistica - Internacional.pptx
Logistica - Internacional.pptx
Julia469065
 
Transporte e logística aula 01 - 13 fev2012-1
Transporte e logística   aula 01 - 13 fev2012-1Transporte e logística   aula 01 - 13 fev2012-1
Transporte e logística aula 01 - 13 fev2012-1
André Bathista
 
Last Mile Logistics
Last Mile LogisticsLast Mile Logistics
Last Mile Logistics
CLT Valuebased Services
 
Geografia.docx
Geografia.docxGeografia.docx
Geografia.docx
MarianaRibeiro392428
 
Janela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portuguesesJanela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portugueses
aplop
 
Logística Urbana - modelo exploratório da aplicação de um sistema aéreo não t...
Logística Urbana - modelo exploratório da aplicação de um sistema aéreo não t...Logística Urbana - modelo exploratório da aplicação de um sistema aéreo não t...
Logística Urbana - modelo exploratório da aplicação de um sistema aéreo não t...
Luis Neto
 
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
Hugo Duarte da Fonseca
 
Aulas logística 1
Aulas logística 1Aulas logística 1
Aulas logística 1
Sebastião Nascimento
 
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
Hugo Duarte da Fonseca
 
A TECNOLOGIA ASSOCIADA À COMPETITIVIDADE NO SECTOR PORTUÁRIO – PORTO...
A  TECNOLOGIA  ASSOCIADA  À  COMPETITIVIDADE  NO  SECTOR  PORTUÁRIO  –  PORTO...A  TECNOLOGIA  ASSOCIADA  À  COMPETITIVIDADE  NO  SECTOR  PORTUÁRIO  –  PORTO...
A TECNOLOGIA ASSOCIADA À COMPETITIVIDADE NO SECTOR PORTUÁRIO – PORTO...
aplop
 
Gestão Estrategica de Transporte e Distribuição- Carlos Menchik.doc
Gestão Estrategica de Transporte e Distribuição- Carlos Menchik.docGestão Estrategica de Transporte e Distribuição- Carlos Menchik.doc
Gestão Estrategica de Transporte e Distribuição- Carlos Menchik.doc
LuizFelipe925640
 
Transporte rodoviário internacional
Transporte rodoviário internacionalTransporte rodoviário internacional
Transporte rodoviário internacional
João Paulo Santos
 
Mobilidade e comunicação - 1
Mobilidade e comunicação - 1Mobilidade e comunicação - 1
Mobilidade e comunicação - 1
Idalina Leite
 
Aula_1_Logística e Transportes.pdf
Aula_1_Logística e Transportes.pdfAula_1_Logística e Transportes.pdf
Aula_1_Logística e Transportes.pdf
Pedro Luis Moraes
 
III Encontro de Portos da CPLP – Renato Rochini – Multiterminais-Brasil
III Encontro de Portos da CPLP – Renato Rochini – Multiterminais-BrasilIII Encontro de Portos da CPLP – Renato Rochini – Multiterminais-Brasil
III Encontro de Portos da CPLP – Renato Rochini – Multiterminais-Brasil
Portos de Portugal
 
A definição da oferta de transportes
A definição da oferta de transportesA definição da oferta de transportes
A definição da oferta de transportes
Michele Vieira
 
TMS PROTHEUS 2010
TMS PROTHEUS 2010TMS PROTHEUS 2010
TMS PROTHEUS 2010
Rafael Marega
 
aulas-Gestao-Portuaria-2.ppt
aulas-Gestao-Portuaria-2.pptaulas-Gestao-Portuaria-2.ppt
aulas-Gestao-Portuaria-2.ppt
Marcos Boaventura
 

Semelhante a 2ªaula de logística da uninov ev2 (20)

Integração modal - Expolog 2017
Integração modal - Expolog 2017Integração modal - Expolog 2017
Integração modal - Expolog 2017
 
Logistica internacional material de apoio
Logistica internacional material de apoioLogistica internacional material de apoio
Logistica internacional material de apoio
 
Logistica - Internacional.pptx
Logistica - Internacional.pptxLogistica - Internacional.pptx
Logistica - Internacional.pptx
 
Transporte e logística aula 01 - 13 fev2012-1
Transporte e logística   aula 01 - 13 fev2012-1Transporte e logística   aula 01 - 13 fev2012-1
Transporte e logística aula 01 - 13 fev2012-1
 
Last Mile Logistics
Last Mile LogisticsLast Mile Logistics
Last Mile Logistics
 
Geografia.docx
Geografia.docxGeografia.docx
Geografia.docx
 
Janela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portuguesesJanela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portugueses
 
Logística Urbana - modelo exploratório da aplicação de um sistema aéreo não t...
Logística Urbana - modelo exploratório da aplicação de um sistema aéreo não t...Logística Urbana - modelo exploratório da aplicação de um sistema aéreo não t...
Logística Urbana - modelo exploratório da aplicação de um sistema aéreo não t...
 
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
Aula Aberta Tecnologia e Software nos Transportes e Logística - IPS - ESCE - ...
 
Aulas logística 1
Aulas logística 1Aulas logística 1
Aulas logística 1
 
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
Seminario Transportes de Mercadorias e Logística - IST 2016 Engenharia Civil ...
 
A TECNOLOGIA ASSOCIADA À COMPETITIVIDADE NO SECTOR PORTUÁRIO – PORTO...
A  TECNOLOGIA  ASSOCIADA  À  COMPETITIVIDADE  NO  SECTOR  PORTUÁRIO  –  PORTO...A  TECNOLOGIA  ASSOCIADA  À  COMPETITIVIDADE  NO  SECTOR  PORTUÁRIO  –  PORTO...
A TECNOLOGIA ASSOCIADA À COMPETITIVIDADE NO SECTOR PORTUÁRIO – PORTO...
 
Gestão Estrategica de Transporte e Distribuição- Carlos Menchik.doc
Gestão Estrategica de Transporte e Distribuição- Carlos Menchik.docGestão Estrategica de Transporte e Distribuição- Carlos Menchik.doc
Gestão Estrategica de Transporte e Distribuição- Carlos Menchik.doc
 
Transporte rodoviário internacional
Transporte rodoviário internacionalTransporte rodoviário internacional
Transporte rodoviário internacional
 
Mobilidade e comunicação - 1
Mobilidade e comunicação - 1Mobilidade e comunicação - 1
Mobilidade e comunicação - 1
 
Aula_1_Logística e Transportes.pdf
Aula_1_Logística e Transportes.pdfAula_1_Logística e Transportes.pdf
Aula_1_Logística e Transportes.pdf
 
III Encontro de Portos da CPLP – Renato Rochini – Multiterminais-Brasil
III Encontro de Portos da CPLP – Renato Rochini – Multiterminais-BrasilIII Encontro de Portos da CPLP – Renato Rochini – Multiterminais-Brasil
III Encontro de Portos da CPLP – Renato Rochini – Multiterminais-Brasil
 
A definição da oferta de transportes
A definição da oferta de transportesA definição da oferta de transportes
A definição da oferta de transportes
 
TMS PROTHEUS 2010
TMS PROTHEUS 2010TMS PROTHEUS 2010
TMS PROTHEUS 2010
 
aulas-Gestao-Portuaria-2.ppt
aulas-Gestao-Portuaria-2.pptaulas-Gestao-Portuaria-2.ppt
aulas-Gestao-Portuaria-2.ppt
 

Mais de Eduardo Facchini

7ª aula logística empresarial
7ª aula logística empresarial7ª aula logística empresarial
7ª aula logística empresarial
Eduardo Facchini
 
6ªaula completa
6ªaula completa6ªaula completa
6ªaula completa
Eduardo Facchini
 
Planograma logistica empresarial - 3 - tlog - 12-2011
Planograma   logistica empresarial - 3 - tlog - 12-2011Planograma   logistica empresarial - 3 - tlog - 12-2011
Planograma logistica empresarial - 3 - tlog - 12-2011
Eduardo Facchini
 
Planograma gestão de suprimentos e rec mat - 3 - tlog - 12-2011
Planograma   gestão de suprimentos e rec mat - 3 - tlog - 12-2011Planograma   gestão de suprimentos e rec mat - 3 - tlog - 12-2011
Planograma gestão de suprimentos e rec mat - 3 - tlog - 12-2011
Eduardo Facchini
 
3ºaula logística
3ºaula logística3ºaula logística
3ºaula logística
Eduardo Facchini
 
4ªaula de logística
4ªaula de logística4ªaula de logística
4ªaula de logística
Eduardo Facchini
 
5ªaula
5ªaula5ªaula
2ªaula de logística da uninove
2ªaula de logística da uninove2ªaula de logística da uninove
2ªaula de logística da uninove
Eduardo Facchini
 
Manual cmtc001 - diagrama de marcha[1]
Manual cmtc001 - diagrama de marcha[1]Manual cmtc001 - diagrama de marcha[1]
Manual cmtc001 - diagrama de marcha[1]
Eduardo Facchini
 
Apostila alberto lima
Apostila alberto limaApostila alberto lima
Apostila alberto lima
Eduardo Facchini
 
Apresentacao planejamento operacional uninove [modo de compatibilidade]
Apresentacao planejamento operacional uninove [modo de compatibilidade]Apresentacao planejamento operacional uninove [modo de compatibilidade]
Apresentacao planejamento operacional uninove [modo de compatibilidade]
Eduardo Facchini
 
Regulamentação organização transp_público_ipea- bicalho
Regulamentação organização transp_público_ipea- bicalhoRegulamentação organização transp_público_ipea- bicalho
Regulamentação organização transp_público_ipea- bicalho
Eduardo Facchini
 
Parte c planejamento e dimensionamento de redes [modo de compatibilidade]
Parte c   planejamento e dimensionamento de redes [modo de compatibilidade]Parte c   planejamento e dimensionamento de redes [modo de compatibilidade]
Parte c planejamento e dimensionamento de redes [modo de compatibilidade]
Eduardo Facchini
 
Traffic calming
Traffic calmingTraffic calming
Traffic calming
Eduardo Facchini
 
Pre projeto
Pre projetoPre projeto
Pre projeto
Eduardo Facchini
 
Manual monografia uninove
Manual monografia uninoveManual monografia uninove
Manual monografia uninove
Eduardo Facchini
 
Maricio lozata
Maricio lozataMaricio lozata
Maricio lozata
Eduardo Facchini
 
Artigo 151111 o estado de sao paulo alberto
Artigo 151111 o estado de sao paulo albertoArtigo 151111 o estado de sao paulo alberto
Artigo 151111 o estado de sao paulo alberto
Eduardo Facchini
 
Albertolima b
Albertolima bAlbertolima b
Albertolima b
Eduardo Facchini
 

Mais de Eduardo Facchini (20)

7ª aula logística empresarial
7ª aula logística empresarial7ª aula logística empresarial
7ª aula logística empresarial
 
6ªaula completa
6ªaula completa6ªaula completa
6ªaula completa
 
Planograma logistica empresarial - 3 - tlog - 12-2011
Planograma   logistica empresarial - 3 - tlog - 12-2011Planograma   logistica empresarial - 3 - tlog - 12-2011
Planograma logistica empresarial - 3 - tlog - 12-2011
 
Planograma gestão de suprimentos e rec mat - 3 - tlog - 12-2011
Planograma   gestão de suprimentos e rec mat - 3 - tlog - 12-2011Planograma   gestão de suprimentos e rec mat - 3 - tlog - 12-2011
Planograma gestão de suprimentos e rec mat - 3 - tlog - 12-2011
 
3ºaula logística
3ºaula logística3ºaula logística
3ºaula logística
 
4ªaula de logística
4ªaula de logística4ªaula de logística
4ªaula de logística
 
5ªaula
5ªaula5ªaula
5ªaula
 
2ªaula de logística da uninove
2ªaula de logística da uninove2ªaula de logística da uninove
2ªaula de logística da uninove
 
Manual cmtc001 - diagrama de marcha[1]
Manual cmtc001 - diagrama de marcha[1]Manual cmtc001 - diagrama de marcha[1]
Manual cmtc001 - diagrama de marcha[1]
 
Apostila alberto lima
Apostila alberto limaApostila alberto lima
Apostila alberto lima
 
Apresentacao planejamento operacional uninove [modo de compatibilidade]
Apresentacao planejamento operacional uninove [modo de compatibilidade]Apresentacao planejamento operacional uninove [modo de compatibilidade]
Apresentacao planejamento operacional uninove [modo de compatibilidade]
 
ôNibus urbano bicalho
ôNibus urbano bicalhoôNibus urbano bicalho
ôNibus urbano bicalho
 
Regulamentação organização transp_público_ipea- bicalho
Regulamentação organização transp_público_ipea- bicalhoRegulamentação organização transp_público_ipea- bicalho
Regulamentação organização transp_público_ipea- bicalho
 
Parte c planejamento e dimensionamento de redes [modo de compatibilidade]
Parte c   planejamento e dimensionamento de redes [modo de compatibilidade]Parte c   planejamento e dimensionamento de redes [modo de compatibilidade]
Parte c planejamento e dimensionamento de redes [modo de compatibilidade]
 
Traffic calming
Traffic calmingTraffic calming
Traffic calming
 
Pre projeto
Pre projetoPre projeto
Pre projeto
 
Manual monografia uninove
Manual monografia uninoveManual monografia uninove
Manual monografia uninove
 
Maricio lozata
Maricio lozataMaricio lozata
Maricio lozata
 
Artigo 151111 o estado de sao paulo alberto
Artigo 151111 o estado de sao paulo albertoArtigo 151111 o estado de sao paulo alberto
Artigo 151111 o estado de sao paulo alberto
 
Albertolima b
Albertolima bAlbertolima b
Albertolima b
 

2ªaula de logística da uninov ev2

  • 1. Logística e Transporte de Carga Logística é a área responsável por providenciar recursos, equipamentos e informações para o desempenho de todas as atividades de uma instituição. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
  • 2. Logística e Transporte de Carga "Logística é a parte do Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento e ou da Cadeia de Produção: que planeja, implementa e controla o fluxo e o armazenamento eficiente e econômico de matérias- primas, elementos semiacabados e produtos acabados, bem como as informações a eles relativas. Desde o ponto de origem até o ponto de consumo, com o propósito de atender às exigências e necessidades dos clientes“. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
  • 3. Logística e Transporte de Carga Entre as atividades da logística estão: Transportes; Movimentação de materiais; Armazenamento; Processamento de pedidos e gerenciamento de informações. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
  • 4. LOGÍSTICA NO TRANSPORTE Refere-se aos vários método utilizados para transportar produtos, composto por três sistemas: Terrestre Aquaviário Aéreo PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
  • 5. LOGÍSTICA NO TRANSPORTE Sistema Terrestre: Modais de transporte rodoviário, ferroviário e duto viário Sistema Aquaviário: Modais de transporte marítimo e hidroviário Sistema Aéreo: Modais Aéreo e dutoviário PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
  • 6. LOGÍSTICA NA ARMAZENAGEM Entrada / Recebimento de materiais; Separação (triagem) para estocagem; Estocagem / Armazenagem; Área de Pré-separação; Embarque e expedição. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
  • 7. LOGÍSTICA NA ARMAZENAGEM Em todas as etapas devem ser considerados os seguintes aspectos: Conferência das atividades; Sinalização; Segurança; Equipamentos para movimentação; Tecnologia de informação; Inventário. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
  • 8. SEGMENTOS DA LOGÍSTICA Administração de Materiais Conjunto de operações associadas ao fluxo de materiais e informações, desde a fonte das matérias-primas até a “ entrada” da fábrica. Distribuição Conjunto das operações associadas à transferência de bens, desde o local de sua produção até o local designado no destino e ao fluxo de informações associado, garantindo a chegada dos bens em boas condições comerciais, de acordo com o desejo dos consumidores / clientes e a preços competitivos. PLANEJAMENTO DA MOBILIDADE URBANA - 2011
  • 9. ESTRATÉGIA Fatores Fundamentais na “Economia de Escala” da Logística: Mercado; Transporte; Geografia;
  • 10. Mercado Dimensão: (Mercado amplo resulta em custo de produção menor); (Globalizado) Fatores Socioeconômicos: (Nação “desenvolvida” vs. Nação “em desenvolvimento”) (Quadro político – sistema político e riscos) (Densidade demográfica) (Principais Tipos de Produção) (Dimensão e Principais Problemas de Áreas urbanas e Agrícolas)
  • 11. Transporte Preços Reduzidos: Transporte barato  reduz preços produtos (menor custo descentraliza mercados/produção); Transporte eficiente = melhor padrão de vida; Decisão no Modal de Transporte – (critérios): Tipo de Produto; Custos do Transporte; Capacidade de carregamento; Tempo – agilidade na entrega – (Tempo médio de entrega); Tempo de trânsito e sua variação; Perdas e danos;
  • 12. Geografia Dimensão Territorial e distâncias; Barreiras e impedâncias no trajeto; Pedágios e taxas ; ( tecnologia SIG – Sistema de Informação Geográfica)
  • 13. O que é modal ? Os termos modo, modal e modalidade de transporte possuem o mesmo significado. Consideram-se cinco os modos básicos de transporte: rodoviário, ferroviário, dutoviário, aquaviário e aéreo.
  • 14. Primeiro Critério para a escolha do Modal “ Tipo de Produto”: Duto viário produtos líquidos/gasosos - grandes distâncias Aeroviário produtos de alto valor agregado - alto valor frete Pequenas encomendas, postagens, amostras, e outros Hidroviário granéis/commodities - baixo valor frete Ferroviário granéis/commodities - baixo valor frete Rodoviário maioria dos produtos manufaturados - frete alto
  • 15. Outros Parâmetros *Fonte: adaptado de LAMBERT, STOCK e VANTINE, 1998. Critérios de comparação entre os modais de transporte PARÂMETROS RODOVIA FERROVIA AEROVIA HIDROVIA DUTOVIA Custo Moderado Baixo Alto Baixo Alto Tempo em trânsito Moderado Lento Rápido Lento Lento Disponibilidade Alto Moderado Moderado Baixo Baixo Confiabilidade Alta Moderada Alta Moderada Baixa Perdas e danos Baixo Alto Baixo Moderado Baixo Flexibilidade Alto Moderado Moderado Baixo Baixo
  • 16. A definição brasileira de Transporte Multimodal de Cargas O conceito de Transporte Multimodal é definido pela Lei 9.611/98 está em consonância com o estabelecido no acordo firmado entre o Brasil e os países da América Latina, em 1994. Apesar de não existir uma aceitação por todos os países de uma terminologia única, a definição deste acordo é baseada no Convênio das Nações Unidas de 1980, realizado em Genebra, sobre o Transporte Internacional de Mercadorias.
  • 17. Multimodal Serviço Multimodal Responsabilidade única - Origem ao Destino Coleta, unitização, desunitização, movimentação, armazenagem e entrega de carga ao destinatário Consolidar e desconsolidar cargas e documentos Emissão de apenas um documento de transporte CTMC - Conhecimento de Transporte Multimodal de Cargas (documento de transporte e fiscal) Contratação de terceiros fortalece a prestação de serviço multimodal - eficiência e flexibilidade (Serviço Multimodal é regido por um único contrato, utiliza duas ou mais modalidades de transporte, desde a origem até o destino, e é executado sob a responsabilidade única de um Operador de Transporte Multimodal – OTM.).
  • 18. Multimodal Serviço Multimodal Vantagens Melhor utilização da capacidade disponível da matriz de transporte; Utilização de combinações de modais mais eficientes energeticamente; Melhor utilização da tecnologia de informação; Ganhos no processo, considerando todas as operações entre origem e destino, já que no serviço porta-a-porta, o OTM pode agregar valor oferecendo serviços adicionais; Melhor utilização da infra-estrutura para as atividades de apoio, tais como armazenagem e manuseio; Responsabilidade da carga, perante o cliente, entre origem e destino, é de apenas uma empresa, o OTM;
  • 19. Qual a diferença entre transporte Intermodal e Multimodal? O conceito de Transporte Multimodal é o definido por lei, já o termo Transporte Intermodal não possui mais base jurídica, pois a legislação que o definiu, a Lei 6.288/75 (dispõe sobre a utilização, movimentação e transporte, inclusive intermodal, de mercadorias em unidades de carga) foi revogada. Embora a primeira Lei revogue esta última, o conceito de Transporte Intermodal não foi substituído pelo de Transporte Multimodal, pois há diferenças conceituais entre os dois termos.
  • 20. Intermodalidade e Multimodalidade Serviço Intermodal Mercado globalizado = Logística flexível e dinâmica Utilização de mais de um modal Livre troca de equipamentos entre os modais Emissão individual de documentos de transporte Responsabilidade segmentada - Maior burocracia Agente único - Vários transportadores (sinistro) Embarcador recorre contra aquele que causou o dano Embalagens reforçadas Movimentação em contêiner (A intermodalidade caracteriza-se pela emissão individual de documento de transporte para cada modal, bem como pela divisão de responsabilidade entre os transportadores).
  • 21. Intermodalidade e Multimodalidade Conclusão: A diferença é a questão documental e de responsabilidades, outra polêmica é a legislação que disciplina Seguros. (órgão responsável pela regulamentação - ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres)
  • 22. Leis que disciplinam o Transporte Multimodal de Cargas no Brasil A legislação referente ao Transporte Multimodal de Cargas pode ser encontrada no endereço eletrônico abaixo: http://www.antt.gov.br/legislacao/Multimodal/index.asp Lei 9.611/98 – Dispõe sobre o Transporte Multimodal de Cargas; Decreto 3.411/00 – Regulamenta a Lei 9.611/98; Decreto 5.276/04 – Altera os Artigos 2º e 3º do Decreto 3.411/00; Decreto 1.563/95 – Dispõe sobre a execução do Acordo de Alcance Parcial para a Facilitação do Transporte Multimodal de Mercadorias, entre Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, de 30 de dezembro de 1994; e Resolução 794/04 – Dispõe sobre a habilitação do Operador de Transporte Multimodal.