SlideShare uma empresa Scribd logo
CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS 
CURSO DE QUÍMICA 
DISCIPLINA DE QUÍMICA INORGÂNICA II A 
Síntese e caracterização do cloreto 
de hexaamminníquel (II) 
Discentes: Luciana Natália Cividatti 
Renato Cesar de Souza 
Docente: Prof. Dr. Bernard J L Gardes 
Londrina 
2006
INTRODUÇÃO 
O metal níquel é dúctil e resistente a corrosão. Ocorre na natureza em 
combinação com arsênio, antimônio e enxofre. Apresenta condutividade elétrica e 
térmica elevadas. Em solução aquosa o estado de oxidação +2 é o mais importante, 
sendo pouco comuns as reações de oxidação de +2 para +3. 
O íon Ni(II) em solução aquosa acha-se coordenado a moléculas de água em 
uma geometria octaédrica, formando o íon complexo [Ni(H2O)6] 2+ , de cor verde. 
Em muitos casos, a formação de outros complexos ocorre através de reações 
de substituição das moléculas de água por outros ligantes (moléculas neutras: NH3, 
etilenodiamina, etc., ou ânions: Cl-, OH-, etc.). 
A reação de formação do complexo cloreto de hexaaminoníquel(II), por 
exemplo, resulta da troca de moléculas de água por moléculas de amônia, no 
complexo octaédrico [Ni(H2O)6]2+, 
[Ni(H2O)6]2+ 
(aq) + 6 NH3(aq) [Ni(NH3)6]2+ 
(aq) + 6H2O(l) 
O cloreto de hexaaminoníquel(II), [Ni(NH3)6]Cl2, é um sólido (cristais de cor 
azulvioleta) com estrutura cristalina cúbica, solúvel em água e em solução aquosa 
de amônia, mas insolúvel em amônia concentrada, álcool etílico e éter. 
Este complexo decompõe-se pelo aquecimento liberando NH3(g), 
transformando-se em um sólido de cor verde. O mesmo acontece com sua solução 
aquosa, que muda de azul-violeta para verde com o aquecimento. 
A obtenção de [Ni(NH3)6]Cl2 pode ser feita pela reação entre a amônia 
concentrada e solução de cloreto de níquel (II). A equação da reação de obtenção 
pode ser escrita como: 
NiCl2 .6H2O(s) + 6 NH3(aq) [Ni(NH3)6]Cl2(s) + 6 H2O(l)
QUESTÕES 
Escrever as equações das reações ocorridas na síntese do complexo. 
NiCl2 .6H2O(s) + 6 NH3(aq) [Ni(NH3)6]Cl2(s) + 6 H2O(l) 
Escrever as equações das reações ocorridas nos três procedimentos de 
caracterização. 
Caracterização do Ni2+: 
Caracterização do Cl- 
AgCCl - + AgNO ® l 
3 
Caracterização do NH3: 
NH ( ) H O( ) NH OH 3 g 2 l 4 + ® 
RENDIMENTO 
Inicialmente utilizou-se cloreto de amônio (NH4Cl) concentrado para reagir 
com 5,0420 g (0,0212 mols) de cloreto de níquel (NiCl2 · 6 H2O), o que indica o 
cloreto de níquel como reagente limitante da reação. 
Sabendo-se que os pesos moleculares do NiCl2 · 6 H2O e do cloreto de 
hexaamminníquel (II) ([Ni(NH3)6]Cl2) são respectivamente 237,70 g.mol-1 e 231,79 
g.mol-1 e que para cada mol de NiCl2 · 6 H2O consumido há a formação de um mol de 
[Ni(NH3)6]Cl2, temos que: 
Massa inicial de NiCl2 · 6 H2O: 5,0420 g
1 mol de NiCl2 · 6 H2O = 237,70 g de NiCl2 · 6 H2O 
5,0420 g x (1 mol / 237,70 g) = 0,0212 mols de NiCl2 · 6 H2O 
0,0212 mols de NiCl2 · 6 H2O  0,0212 mols de [Ni(NH3)6]Cl2 
Rendimento esperado: 
1 mol de [Ni(NH3)6]Cl2 = 231,79 g de [Ni(NH3)6]Cl2 
0,0212 mols x (231,79 g / 1 mol) = 4,9140 g de Na3 [Co(NO2)6] 
Rendimento obtido: 
Massa obtida pelo experimento de [Ni(NH3)6]Cl2 = 3,6470 g 
3,6470 g x (100% / 4,9140 g) = 74% 
INTERPRETAÇÃO DO ESPECTRO DE INFRAVERMELHO 
100 
80 
60 
40 
20 
0 
6 
5 6 7 
5 6 
4 
3 
4 
2 
1 
3 
2 
7 8 
4000 3500 3000 2500 2000 1500 1000 500 
% de Transmitância 
Frequência(cm-1) 
FIGURA 1. Espectro de Infravermelho do cloreto de hexaamminníquel (II). 
A partir do espectro de infravermelho do complexo sintetizado fez-se uma 
análise das bandas apresentadas pelo mesmo para que se pudesse caracteriza-lo 
como segue:
Banda Freqüência teórica Freqüência prática Banda característica 
1 3345 cm-1 3333 cm-1 
Vibração de alongamento 
assimétrica do NH3 - na (NH3). 
2 3190 cm-1 3190 cm-1 
Vibração de alongamento 
simétrica do NH3 - ns (NH3). 
3 2345 cm-1 2369 cm-1 Banda positiva ou negativa, ou 
dupla banda, do CO2 do ar 
4 2326 cm-1 3225 cm-1 Gás carbônico dissolvido na 
solução da amostra. 
5 1607 cm-1 1602 cm-1 
Deformação dentro do plano 
assimétrica do (HNH) - da (HNH). 
6 1429 cm-1 1425 cm-1 Banda falsa – impurezas que 
contenham o íon (CO3)2- 
7 1176 cm-1 1160 cm-1 
Deformação dentro do plano 
simétrica do (HNH) - ds (HNH) 
8 685 cm-1 670 cm-1 
Deformação fora do plano do 
(NH3) - rr (NH3). 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
BASOLO, F.; JOHNSON, R. Coordenation chemistry, the chemistry of metal 
complexs. Califórnia: W. A. Benjamim, 1964. 127p. 
NAKAMOTO, K. Infrared and ramam spectro of inorganic and coordenation 
compounds. 4.ed. USA: Wiley-Interscience Plubication, 1986. 
OHLWEILWER, O. A. Química inorgânica. São Paulo: Editora Edgard Blucher Ltda, 
1971. 639-646p. 
SEMICHIN, V. Práticas de química geral inorgânica. São Paulo: Editora Mir 
Moscovo, 1979. 205-207 e 332-334p.
Banda Freqüência teórica Freqüência prática Banda característica 
1 3345 cm-1 3333 cm-1 
Vibração de alongamento 
assimétrica do NH3 - na (NH3). 
2 3190 cm-1 3190 cm-1 
Vibração de alongamento 
simétrica do NH3 - ns (NH3). 
3 2345 cm-1 2369 cm-1 Banda positiva ou negativa, ou 
dupla banda, do CO2 do ar 
4 2326 cm-1 3225 cm-1 Gás carbônico dissolvido na 
solução da amostra. 
5 1607 cm-1 1602 cm-1 
Deformação dentro do plano 
assimétrica do (HNH) - da (HNH). 
6 1429 cm-1 1425 cm-1 Banda falsa – impurezas que 
contenham o íon (CO3)2- 
7 1176 cm-1 1160 cm-1 
Deformação dentro do plano 
simétrica do (HNH) - ds (HNH) 
8 685 cm-1 670 cm-1 
Deformação fora do plano do 
(NH3) - rr (NH3). 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
BASOLO, F.; JOHNSON, R. Coordenation chemistry, the chemistry of metal 
complexs. Califórnia: W. A. Benjamim, 1964. 127p. 
NAKAMOTO, K. Infrared and ramam spectro of inorganic and coordenation 
compounds. 4.ed. USA: Wiley-Interscience Plubication, 1986. 
OHLWEILWER, O. A. Química inorgânica. São Paulo: Editora Edgard Blucher Ltda, 
1971. 639-646p. 
SEMICHIN, V. Práticas de química geral inorgânica. São Paulo: Editora Mir 
Moscovo, 1979. 205-207 e 332-334p.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04
Fabiane Sousa Bento
 
Determinação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTADeterminação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTA
Adrianne Mendonça
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOSRELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
Ezequias Guimaraes
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DO ALUMÍNIO METÁLICO E DO CLORETO DE ALUMÍNIO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DO ALUMÍNIO METÁLICO E DO CLORETO DE ALUMÍNIORELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DO ALUMÍNIO METÁLICO E DO CLORETO DE ALUMÍNIO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DO ALUMÍNIO METÁLICO E DO CLORETO DE ALUMÍNIO
Ezequias Guimaraes
 
Padronização de HCl e teor de NaOH
Padronização de HCl e teor de NaOHPadronização de HCl e teor de NaOH
Padronização de HCl e teor de NaOH
Rodrigo Henrique
 
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de EliminaçãoReações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
José Nunes da Silva Jr.
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG...
 RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG... RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG...
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG...
Ezequias Guimaraes
 
Reações de Adição a Alcenos e Alcinos
Reações de Adição a Alcenos e AlcinosReações de Adição a Alcenos e Alcinos
Reações de Adição a Alcenos e Alcinos
José Nunes da Silva Jr.
 
Relatório de preparação e caracterização da amônia
Relatório de preparação e caracterização da amôniaRelatório de preparação e caracterização da amônia
Relatório de preparação e caracterização da amônia
Ivys Antônio
 
Reações de Subst. Nucleofïlicas em Compostos Aromáticos
Reações de Subst. Nucleofïlicas em Compostos AromáticosReações de Subst. Nucleofïlicas em Compostos Aromáticos
Reações de Subst. Nucleofïlicas em Compostos Aromáticos
José Nunes da Silva Jr.
 
Relatorio 3 leite de magnésia
Relatorio 3  leite de magnésiaRelatorio 3  leite de magnésia
Relatorio 3 leite de magnésia
Dianna Grandal
 
Relatório prática 1 volumetria de neutralização
Relatório prática 1 volumetria de neutralizaçãoRelatório prática 1 volumetria de neutralização
Relatório prática 1 volumetria de neutralização
Ana Morais Nascimento
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICARELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
Ezequias Guimaraes
 
Aula sobre tcc estágio a docência mestrado
Aula sobre tcc estágio a docência mestradoAula sobre tcc estágio a docência mestrado
Aula sobre tcc estágio a docência mestrado
Juno Dio
 
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Sarah Ornellas
 
Relatório - complexometria determinação de cobre e zinco em latão
Relatório - complexometria determinação de cobre e zinco em latãoRelatório - complexometria determinação de cobre e zinco em latão
Relatório - complexometria determinação de cobre e zinco em latão
Fernanda Borges de Souza
 
Relatório pilhas e eletrólise
Relatório pilhas e eletrólise Relatório pilhas e eletrólise
Relatório pilhas e eletrólise
Railane Freitas
 
Coeficiente partição (4)
Coeficiente partição (4)Coeficiente partição (4)
Coeficiente partição (4)
Anne Carolina Vieira Sampaio
 
Extracao acido-base
Extracao acido-baseExtracao acido-base
Extracao acido-base
Lucas Valente
 
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do VinagreRelatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Dhion Meyg Fernandes
 

Mais procurados (20)

Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04
 
Determinação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTADeterminação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTA
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOSRELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DO ALUMÍNIO METÁLICO E DO CLORETO DE ALUMÍNIO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DO ALUMÍNIO METÁLICO E DO CLORETO DE ALUMÍNIORELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DO ALUMÍNIO METÁLICO E DO CLORETO DE ALUMÍNIO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DO ALUMÍNIO METÁLICO E DO CLORETO DE ALUMÍNIO
 
Padronização de HCl e teor de NaOH
Padronização de HCl e teor de NaOHPadronização de HCl e teor de NaOH
Padronização de HCl e teor de NaOH
 
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de EliminaçãoReações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG...
 RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG... RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG...
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DOS METAIS ALCALINOS E OBTENÇÃO DO HIDROG...
 
Reações de Adição a Alcenos e Alcinos
Reações de Adição a Alcenos e AlcinosReações de Adição a Alcenos e Alcinos
Reações de Adição a Alcenos e Alcinos
 
Relatório de preparação e caracterização da amônia
Relatório de preparação e caracterização da amôniaRelatório de preparação e caracterização da amônia
Relatório de preparação e caracterização da amônia
 
Reações de Subst. Nucleofïlicas em Compostos Aromáticos
Reações de Subst. Nucleofïlicas em Compostos AromáticosReações de Subst. Nucleofïlicas em Compostos Aromáticos
Reações de Subst. Nucleofïlicas em Compostos Aromáticos
 
Relatorio 3 leite de magnésia
Relatorio 3  leite de magnésiaRelatorio 3  leite de magnésia
Relatorio 3 leite de magnésia
 
Relatório prática 1 volumetria de neutralização
Relatório prática 1 volumetria de neutralizaçãoRelatório prática 1 volumetria de neutralização
Relatório prática 1 volumetria de neutralização
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICARELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
 
Aula sobre tcc estágio a docência mestrado
Aula sobre tcc estágio a docência mestradoAula sobre tcc estágio a docência mestrado
Aula sobre tcc estágio a docência mestrado
 
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
Grupo I ao VI (Identificação de ânions)
 
Relatório - complexometria determinação de cobre e zinco em latão
Relatório - complexometria determinação de cobre e zinco em latãoRelatório - complexometria determinação de cobre e zinco em latão
Relatório - complexometria determinação de cobre e zinco em latão
 
Relatório pilhas e eletrólise
Relatório pilhas e eletrólise Relatório pilhas e eletrólise
Relatório pilhas e eletrólise
 
Coeficiente partição (4)
Coeficiente partição (4)Coeficiente partição (4)
Coeficiente partição (4)
 
Extracao acido-base
Extracao acido-baseExtracao acido-base
Extracao acido-base
 
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do VinagreRelatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
 

Destaque

Síntese complexo de cobalto pentaaminoclorocobalto iii - revisada
Síntese complexo de cobalto   pentaaminoclorocobalto iii - revisadaSíntese complexo de cobalto   pentaaminoclorocobalto iii - revisada
Síntese complexo de cobalto pentaaminoclorocobalto iii - revisada
Michelle Liberato
 
Apostila inorganica Experimental
Apostila inorganica ExperimentalApostila inorganica Experimental
Apostila inorganica Experimental
Alex Junior
 
Aas
AasAas
Qet2006 1
Qet2006 1Qet2006 1
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Dhion Meyg Fernandes
 
Actividade laboratorial 1.2 SÍNTESE DO SULFATO DE TETRAAMINACOBRE (II) MONO-...
Actividade laboratorial 1.2  SÍNTESE DO SULFATO DE TETRAAMINACOBRE (II) MONO-...Actividade laboratorial 1.2  SÍNTESE DO SULFATO DE TETRAAMINACOBRE (II) MONO-...
Actividade laboratorial 1.2 SÍNTESE DO SULFATO DE TETRAAMINACOBRE (II) MONO-...
Rui Oliveira
 
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAISQuimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Jessica Amaral
 
Substâncias e suas transformações
Substâncias e suas transformaçõesSubstâncias e suas transformações
Substâncias e suas transformações
Claysson Xavier
 
Exercícios Resolvidos Quimica
Exercícios Resolvidos QuimicaExercícios Resolvidos Quimica
Exercícios Resolvidos Quimica
Luiz Fabiano
 
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serieFisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
comentada
 
Preparação e propriedades da solução tampão.
Preparação e propriedades da solução tampão.Preparação e propriedades da solução tampão.
Preparação e propriedades da solução tampão.
Paulo George
 

Destaque (11)

Síntese complexo de cobalto pentaaminoclorocobalto iii - revisada
Síntese complexo de cobalto   pentaaminoclorocobalto iii - revisadaSíntese complexo de cobalto   pentaaminoclorocobalto iii - revisada
Síntese complexo de cobalto pentaaminoclorocobalto iii - revisada
 
Apostila inorganica Experimental
Apostila inorganica ExperimentalApostila inorganica Experimental
Apostila inorganica Experimental
 
Aas
AasAas
Aas
 
Qet2006 1
Qet2006 1Qet2006 1
Qet2006 1
 
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
 
Actividade laboratorial 1.2 SÍNTESE DO SULFATO DE TETRAAMINACOBRE (II) MONO-...
Actividade laboratorial 1.2  SÍNTESE DO SULFATO DE TETRAAMINACOBRE (II) MONO-...Actividade laboratorial 1.2  SÍNTESE DO SULFATO DE TETRAAMINACOBRE (II) MONO-...
Actividade laboratorial 1.2 SÍNTESE DO SULFATO DE TETRAAMINACOBRE (II) MONO-...
 
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAISQuimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
Quimica Experimental - Relatorio REAÇÕES COM METAIS
 
Substâncias e suas transformações
Substâncias e suas transformaçõesSubstâncias e suas transformações
Substâncias e suas transformações
 
Exercícios Resolvidos Quimica
Exercícios Resolvidos QuimicaExercícios Resolvidos Quimica
Exercícios Resolvidos Quimica
 
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serieFisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
Fisica resolucao exercicios gabarito cinematica 2011 1_serie
 
Preparação e propriedades da solução tampão.
Preparação e propriedades da solução tampão.Preparação e propriedades da solução tampão.
Preparação e propriedades da solução tampão.
 

Semelhante a Síntese e caracterização do cloreto de hexaamminníquel (ii)

Lista de revisão2 ano
Lista de revisão2 anoLista de revisão2 ano
Lista de revisão2 ano
Alovargao Alquimista
 
Lista de revisão2 ano
Lista de revisão2 anoLista de revisão2 ano
Lista de revisão2 ano
Alovargao Alquimista
 
Lista de revisão2 ano
Lista de revisão2 anoLista de revisão2 ano
Lista de revisão2 ano
Alovargao Alquimista
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
Fábio Oisiovici
 
56553431 1ª-aula-extra-quimica-2011-professor
56553431 1ª-aula-extra-quimica-2011-professor56553431 1ª-aula-extra-quimica-2011-professor
56553431 1ª-aula-extra-quimica-2011-professor
Concurseiro De Plantão
 
Exercícios eletrólise
Exercícios   eletróliseExercícios   eletrólise
Exercícios eletrólise
valdecirkelvin
 
Exercícios eletrólise
Exercícios   eletróliseExercícios   eletrólise
Exercícios eletrólise
valdecirkelvin
 
Unidade9 2013 csa_v1_gabarito
Unidade9 2013 csa_v1_gabaritoUnidade9 2013 csa_v1_gabarito
Unidade9 2013 csa_v1_gabarito
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
Andrey Luiz
 
Elite resolve ita_2013-quimica
Elite resolve ita_2013-quimicaElite resolve ita_2013-quimica
Elite resolve ita_2013-quimica
Ana Claudia Pires DA Rosa
 
Sais e óxidos
Sais e óxidosSais e óxidos
Apsa serie electroquimica[1]
Apsa  serie electroquimica[1]Apsa  serie electroquimica[1]
Apsa serie electroquimica[1]
Rosa Sousa
 
Lista 2 ano final nox
Lista 2 ano final noxLista 2 ano final nox
Lista 2 ano final nox
Renato Souza
 
Feqoxred q5
Feqoxred q5Feqoxred q5
Feqoxred q5
Bruno Pinto
 
Cineticaquimica
CineticaquimicaCineticaquimica
Cineticaquimica
Cláudia Martins Ledesma
 
2002ed d2 qui
2002ed d2 qui2002ed d2 qui
2002ed d2 qui
Marcio Cicchelli
 
Resumos experimentos QG109
Resumos experimentos QG109Resumos experimentos QG109
Resumos experimentos QG109
Fernanda Borges de Souza
 
Apostila de Química Analítica Qualitativa
Apostila de Química Analítica QualitativaApostila de Química Analítica Qualitativa
Apostila de Química Analítica Qualitativa
Dharma Initiative
 
Apostila de 2012
Apostila de 2012Apostila de 2012
Apostila de 2012
Rosa0708
 
8 - Reações químicas estudo qualitativo.pdf
8 - Reações químicas estudo qualitativo.pdf8 - Reações químicas estudo qualitativo.pdf
8 - Reações químicas estudo qualitativo.pdf
FernandaMarcelinoCor
 

Semelhante a Síntese e caracterização do cloreto de hexaamminníquel (ii) (20)

Lista de revisão2 ano
Lista de revisão2 anoLista de revisão2 ano
Lista de revisão2 ano
 
Lista de revisão2 ano
Lista de revisão2 anoLista de revisão2 ano
Lista de revisão2 ano
 
Lista de revisão2 ano
Lista de revisão2 anoLista de revisão2 ano
Lista de revisão2 ano
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
 
56553431 1ª-aula-extra-quimica-2011-professor
56553431 1ª-aula-extra-quimica-2011-professor56553431 1ª-aula-extra-quimica-2011-professor
56553431 1ª-aula-extra-quimica-2011-professor
 
Exercícios eletrólise
Exercícios   eletróliseExercícios   eletrólise
Exercícios eletrólise
 
Exercícios eletrólise
Exercícios   eletróliseExercícios   eletrólise
Exercícios eletrólise
 
Unidade9 2013 csa_v1_gabarito
Unidade9 2013 csa_v1_gabaritoUnidade9 2013 csa_v1_gabarito
Unidade9 2013 csa_v1_gabarito
 
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
145 093513 reacoes_inorganicasagamenon
 
Elite resolve ita_2013-quimica
Elite resolve ita_2013-quimicaElite resolve ita_2013-quimica
Elite resolve ita_2013-quimica
 
Sais e óxidos
Sais e óxidosSais e óxidos
Sais e óxidos
 
Apsa serie electroquimica[1]
Apsa  serie electroquimica[1]Apsa  serie electroquimica[1]
Apsa serie electroquimica[1]
 
Lista 2 ano final nox
Lista 2 ano final noxLista 2 ano final nox
Lista 2 ano final nox
 
Feqoxred q5
Feqoxred q5Feqoxred q5
Feqoxred q5
 
Cineticaquimica
CineticaquimicaCineticaquimica
Cineticaquimica
 
2002ed d2 qui
2002ed d2 qui2002ed d2 qui
2002ed d2 qui
 
Resumos experimentos QG109
Resumos experimentos QG109Resumos experimentos QG109
Resumos experimentos QG109
 
Apostila de Química Analítica Qualitativa
Apostila de Química Analítica QualitativaApostila de Química Analítica Qualitativa
Apostila de Química Analítica Qualitativa
 
Apostila de 2012
Apostila de 2012Apostila de 2012
Apostila de 2012
 
8 - Reações químicas estudo qualitativo.pdf
8 - Reações químicas estudo qualitativo.pdf8 - Reações químicas estudo qualitativo.pdf
8 - Reações químicas estudo qualitativo.pdf
 

Síntese e caracterização do cloreto de hexaamminníquel (ii)

  • 1. CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE QUÍMICA DISCIPLINA DE QUÍMICA INORGÂNICA II A Síntese e caracterização do cloreto de hexaamminníquel (II) Discentes: Luciana Natália Cividatti Renato Cesar de Souza Docente: Prof. Dr. Bernard J L Gardes Londrina 2006
  • 2. INTRODUÇÃO O metal níquel é dúctil e resistente a corrosão. Ocorre na natureza em combinação com arsênio, antimônio e enxofre. Apresenta condutividade elétrica e térmica elevadas. Em solução aquosa o estado de oxidação +2 é o mais importante, sendo pouco comuns as reações de oxidação de +2 para +3. O íon Ni(II) em solução aquosa acha-se coordenado a moléculas de água em uma geometria octaédrica, formando o íon complexo [Ni(H2O)6] 2+ , de cor verde. Em muitos casos, a formação de outros complexos ocorre através de reações de substituição das moléculas de água por outros ligantes (moléculas neutras: NH3, etilenodiamina, etc., ou ânions: Cl-, OH-, etc.). A reação de formação do complexo cloreto de hexaaminoníquel(II), por exemplo, resulta da troca de moléculas de água por moléculas de amônia, no complexo octaédrico [Ni(H2O)6]2+, [Ni(H2O)6]2+ (aq) + 6 NH3(aq) [Ni(NH3)6]2+ (aq) + 6H2O(l) O cloreto de hexaaminoníquel(II), [Ni(NH3)6]Cl2, é um sólido (cristais de cor azulvioleta) com estrutura cristalina cúbica, solúvel em água e em solução aquosa de amônia, mas insolúvel em amônia concentrada, álcool etílico e éter. Este complexo decompõe-se pelo aquecimento liberando NH3(g), transformando-se em um sólido de cor verde. O mesmo acontece com sua solução aquosa, que muda de azul-violeta para verde com o aquecimento. A obtenção de [Ni(NH3)6]Cl2 pode ser feita pela reação entre a amônia concentrada e solução de cloreto de níquel (II). A equação da reação de obtenção pode ser escrita como: NiCl2 .6H2O(s) + 6 NH3(aq) [Ni(NH3)6]Cl2(s) + 6 H2O(l)
  • 3. QUESTÕES Escrever as equações das reações ocorridas na síntese do complexo. NiCl2 .6H2O(s) + 6 NH3(aq) [Ni(NH3)6]Cl2(s) + 6 H2O(l) Escrever as equações das reações ocorridas nos três procedimentos de caracterização. Caracterização do Ni2+: Caracterização do Cl- AgCCl - + AgNO ® l 3 Caracterização do NH3: NH ( ) H O( ) NH OH 3 g 2 l 4 + ® RENDIMENTO Inicialmente utilizou-se cloreto de amônio (NH4Cl) concentrado para reagir com 5,0420 g (0,0212 mols) de cloreto de níquel (NiCl2 · 6 H2O), o que indica o cloreto de níquel como reagente limitante da reação. Sabendo-se que os pesos moleculares do NiCl2 · 6 H2O e do cloreto de hexaamminníquel (II) ([Ni(NH3)6]Cl2) são respectivamente 237,70 g.mol-1 e 231,79 g.mol-1 e que para cada mol de NiCl2 · 6 H2O consumido há a formação de um mol de [Ni(NH3)6]Cl2, temos que: Massa inicial de NiCl2 · 6 H2O: 5,0420 g
  • 4. 1 mol de NiCl2 · 6 H2O = 237,70 g de NiCl2 · 6 H2O 5,0420 g x (1 mol / 237,70 g) = 0,0212 mols de NiCl2 · 6 H2O 0,0212 mols de NiCl2 · 6 H2O  0,0212 mols de [Ni(NH3)6]Cl2 Rendimento esperado: 1 mol de [Ni(NH3)6]Cl2 = 231,79 g de [Ni(NH3)6]Cl2 0,0212 mols x (231,79 g / 1 mol) = 4,9140 g de Na3 [Co(NO2)6] Rendimento obtido: Massa obtida pelo experimento de [Ni(NH3)6]Cl2 = 3,6470 g 3,6470 g x (100% / 4,9140 g) = 74% INTERPRETAÇÃO DO ESPECTRO DE INFRAVERMELHO 100 80 60 40 20 0 6 5 6 7 5 6 4 3 4 2 1 3 2 7 8 4000 3500 3000 2500 2000 1500 1000 500 % de Transmitância Frequência(cm-1) FIGURA 1. Espectro de Infravermelho do cloreto de hexaamminníquel (II). A partir do espectro de infravermelho do complexo sintetizado fez-se uma análise das bandas apresentadas pelo mesmo para que se pudesse caracteriza-lo como segue:
  • 5. Banda Freqüência teórica Freqüência prática Banda característica 1 3345 cm-1 3333 cm-1 Vibração de alongamento assimétrica do NH3 - na (NH3). 2 3190 cm-1 3190 cm-1 Vibração de alongamento simétrica do NH3 - ns (NH3). 3 2345 cm-1 2369 cm-1 Banda positiva ou negativa, ou dupla banda, do CO2 do ar 4 2326 cm-1 3225 cm-1 Gás carbônico dissolvido na solução da amostra. 5 1607 cm-1 1602 cm-1 Deformação dentro do plano assimétrica do (HNH) - da (HNH). 6 1429 cm-1 1425 cm-1 Banda falsa – impurezas que contenham o íon (CO3)2- 7 1176 cm-1 1160 cm-1 Deformação dentro do plano simétrica do (HNH) - ds (HNH) 8 685 cm-1 670 cm-1 Deformação fora do plano do (NH3) - rr (NH3). REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BASOLO, F.; JOHNSON, R. Coordenation chemistry, the chemistry of metal complexs. Califórnia: W. A. Benjamim, 1964. 127p. NAKAMOTO, K. Infrared and ramam spectro of inorganic and coordenation compounds. 4.ed. USA: Wiley-Interscience Plubication, 1986. OHLWEILWER, O. A. Química inorgânica. São Paulo: Editora Edgard Blucher Ltda, 1971. 639-646p. SEMICHIN, V. Práticas de química geral inorgânica. São Paulo: Editora Mir Moscovo, 1979. 205-207 e 332-334p.
  • 6. Banda Freqüência teórica Freqüência prática Banda característica 1 3345 cm-1 3333 cm-1 Vibração de alongamento assimétrica do NH3 - na (NH3). 2 3190 cm-1 3190 cm-1 Vibração de alongamento simétrica do NH3 - ns (NH3). 3 2345 cm-1 2369 cm-1 Banda positiva ou negativa, ou dupla banda, do CO2 do ar 4 2326 cm-1 3225 cm-1 Gás carbônico dissolvido na solução da amostra. 5 1607 cm-1 1602 cm-1 Deformação dentro do plano assimétrica do (HNH) - da (HNH). 6 1429 cm-1 1425 cm-1 Banda falsa – impurezas que contenham o íon (CO3)2- 7 1176 cm-1 1160 cm-1 Deformação dentro do plano simétrica do (HNH) - ds (HNH) 8 685 cm-1 670 cm-1 Deformação fora do plano do (NH3) - rr (NH3). REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BASOLO, F.; JOHNSON, R. Coordenation chemistry, the chemistry of metal complexs. Califórnia: W. A. Benjamim, 1964. 127p. NAKAMOTO, K. Infrared and ramam spectro of inorganic and coordenation compounds. 4.ed. USA: Wiley-Interscience Plubication, 1986. OHLWEILWER, O. A. Química inorgânica. São Paulo: Editora Edgard Blucher Ltda, 1971. 639-646p. SEMICHIN, V. Práticas de química geral inorgânica. São Paulo: Editora Mir Moscovo, 1979. 205-207 e 332-334p.