Trabalho de merchadising

587 visualizações

Publicada em

Trabalho de merchadising

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
587
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de merchadising

  1. 1. Técnicas De Merchandising
  2. 2. Técnicas De Merchandising  O merchandising desenvolveu-se em consequência do nascimento do conceito de livre-serviço e a multiplicação de produtos no mercado. As técnicas de merchandising começaram a ser desenvolvidas pelos distribuidores alimentares mas, atualmente, as técnicas de merchandising são utilizadas por lojas de serviços ou bancos, com igual sucesso.O objetivo dos merchandisers é desenvolver, através desta ferramenta de marketing, ações de animação e valorização dos produtos no ponto de venda, de forma a influenciar a decisão de compra do consumidor.
  3. 3. Técnicas de reposição  Apresentar a importância da reposição de mercadorias em supermercados.  Destacar o papel profissional do repositor e suas responsabilidades.  Desenvolver os conceitos básicos de exposição e reposição de produtos em supermercados.  Apresentar as principais técnicas de exposição.  Demonstrar como os procedimentos corretos podem minimizar as perdas dentro de um supermercado, aumentar os lucros e manter a loja dinâmica e eficaz.
  4. 4. Organização De Espaço De Venda : Lineares, Gondolas e De Ilhas Lineares Gondolas Ilhas Importância e definição do linear: O linear é toda a superfície que promove a exposição do produto. O linear corresponde normalmente uma superfície, formada pela parte da frente das gôndolas ou móveis de exposição. A gôndola serve para exposição e armazenamento dos produtos, tem dimensões médias entre 1,8 e 2 metros de altura e entre 50 e 70 centímetros de profundidade. O seu comprimento é variável, de acordo com a dimensão da secção e da loja. Ao nível dos expositores, encontramos ainda as ilhas, que podem ser frigoríficas, normalmente de grande dimensão e capacidade de exposição. A disposição do produto é feita na horizontal.
  5. 5. Espaços Quentes e Frios  Espaços Frios: Local de circulação com necessidade de dinamização ao qual o cliente terá tendência a não se deslocar.  Espaços Quentes: Local de maior circulação de interesse e acesso imediatos. O cliente por habituação e necessidade e sendo influenciado pela lista de compras que traz consigo, define um trajeto específico que é também controlado pela implantação das sessões.
  6. 6. Secções e Famílias De Produtos
  7. 7. Exposição Vertical e Horizontal A exposição vertical é quando os produtos estão num expositor em “pé” e 0 horizontal é quando os produtos estão num expositor “deitado”

×