SlideShare uma empresa Scribd logo
QUÍMICA
BALANCEAMENTO DE 
REAÇÃO REDOX
Balanceamento pelo método Redox 
 Calcular o nox de todos os elementos. 
 Identificar os noxs que variam. 
 Calcular o número de elétron cedidos/recebidos por: 
Δ = noxmaior - noxmenor 
 O Δ da oxidação vai na frente de quem é reduzido. 
 O Δ da redução vai na frente de quem é oxidado. 
 Determinar os demais coeficientes.
REDUÇÃO REDOX TOTAL 
 Calcula-se normalmente. 
H3AsO3 + HIO3 + HCl ICl + H3AsO4 + H2O 
Resolução no próximo slide.
REDUÇÃO REDOX PARCIAL 
 Há um elemento que, antes de trocar seu nox no 
produto, permanece com seu nox inicial. 
Hg + HNO3 Hg (NO3)2 + H2O + NO 
Resolução no próximo slide.
REDUÇÃO REDOX – EQUAÇÃO IÔNICA 
 Algumas espécies em forma de íons. 
 Equação balanceada quando o total de cargas no 
reagente é igual ao total de cargas no produto. 
MnO4-¹ + SO3-² + H+¹ Mn+² + SO4-² + H2O 
Resolução no próximo slide.
CÁLCULOS 
QUÍMICOS
NÚMERO DE AVOGRADO 
 Indica a quantidade de átomos em 1 átomo-grama do 
elemento. 
 Equivale a: 6 . 10²³ ou 6, 02 . 10²³. 
 EX: 500 g de ferro. Quantos átomos existentes? (Fe = 56)
FUNÇÕES 
INORGÂNICAS
FUNÇÕES INORGÂNICAS 
 Ácidos: íon hidrogênio (Ex: HCl). 
 Bases: íon hidroxila (Ex: NaOH). 
 Óxidos: dois elementos, sendo um O. (Ex: CaO). 
 Sais: não possuem íon H ou OH (Ex: NaCl).
 Binários. 
 Oxigênio é o elemento mais eletronegativo. 
 Ex: CaO. 
ÓXIDOS
NOMENCLATURA DOS ÓXIDOS 
 1) Formados por não metais: 
Óxido + de + nome do elemento + nox. 
 2) Formados por metais: 
Metais com 1 nox: óxido + de + nome do elemento. 
Metais com 2 noxs: óxido + nome de elemento + 
ico/oso.
CLASSIFICAÇÃO DOS ÓXIDOS 
 ÓXIDO ÁCIDO: 
Formado por um não metal ou metal com número de 
oxidação maior que 4. 
 ÓXIDO BÁSICO: 
Formado por um metal com número de oxidação 
inferior a 3.
BASES 
 Ligação iônica (cátion + ânion). 
 Íon hidroxila OH-¹
DISSOCIAÇÃO IÔNICA 
 Separação de íons. 
 Forma uma solução eletrolítica. 
 EX: KOH ----H2O---> K+¹ OH-¹
NOMENCLATURA DAS BASES 
 1) Elementos com 1 nox: 
Hidróxido + de + nome do elemento. 
 2) Elementos com 2 nox: 
Hidróxido + nome do elemento + ico/oso.
CLASSIFICAÇÃO DAS BASES 
 QUANTO AO NÚMERO DE ÍONS HIDROXILA: 
 1 – Monobase. 
 2 – Dibase. 
 3 – Tribase. 
 4 – Tetrabase. 
 +5 – Polibase.
CLASSIFICAÇÃO DAS BASES 
 QUANTO À FORÇA: 
 FORTE: Metal alcalino (GRUPO A1). 
Metal alcalino terroso (GRUPO A2). 
 FRACA: Metais (GRUPO A3 – A7). 
Metais (GRUPO B).
CLASSIFICAÇÃO DAS BASES 
 QUANTO À SOLUBILIDADE EM ÁGUA: 
 Totalmente solúvel em H2O – Grupo A1. 
 Parcialmente solúvel em H2O – Grupo A2. 
 Insolúvel em H2O – Grupo B e Grupo A3 – A7.
Julia Maldonado Garcia 
1º ano – Colégio Stella Maris.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Oxidação redução
Oxidação reduçãoOxidação redução
Oxidação redução
Fersay
 

Mais procurados (19)

141
141141
141
 
Sais e óxidos
Sais e óxidosSais e óxidos
Sais e óxidos
 
Aula sobre óxidos
Aula sobre óxidosAula sobre óxidos
Aula sobre óxidos
 
Nox
NoxNox
Nox
 
óXidos
óXidosóXidos
óXidos
 
Número de oxidação
Número de oxidaçãoNúmero de oxidação
Número de oxidação
 
Reações químicas
Reações químicasReações químicas
Reações químicas
 
Nox - Número de Oxidação.
Nox - Número de Oxidação.Nox - Número de Oxidação.
Nox - Número de Oxidação.
 
Aula determinação de-nox
Aula  determinação de-noxAula  determinação de-nox
Aula determinação de-nox
 
Reações de oxidação backup
Reações de oxidação backupReações de oxidação backup
Reações de oxidação backup
 
Aula de oxirredução com experimento - Oxirredução com um problemão - http://q...
Aula de oxirredução com experimento - Oxirredução com um problemão - http://q...Aula de oxirredução com experimento - Oxirredução com um problemão - http://q...
Aula de oxirredução com experimento - Oxirredução com um problemão - http://q...
 
Atividadade 11, 12 e 14 progressao semi ext noite 2016
Atividadade 11, 12 e 14   progressao semi ext noite 2016Atividadade 11, 12 e 14   progressao semi ext noite 2016
Atividadade 11, 12 e 14 progressao semi ext noite 2016
 
Aula 6 oxirredução (1)
Aula 6   oxirredução (1)Aula 6   oxirredução (1)
Aula 6 oxirredução (1)
 
Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05
Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05
Gabarito: L2. Quí 1. Aulas 05
 
Oxidação redução
Oxidação reduçãoOxidação redução
Oxidação redução
 
Processos de oxirredução
Processos de oxirreduçãoProcessos de oxirredução
Processos de oxirredução
 
Oxirreducao
OxirreducaoOxirreducao
Oxirreducao
 
Nox oxirreducao
Nox oxirreducaoNox oxirreducao
Nox oxirreducao
 
Aula Óxidos..EXCELENTE - Professor Rikardo Coimbra
Aula Óxidos..EXCELENTE - Professor Rikardo CoimbraAula Óxidos..EXCELENTE - Professor Rikardo Coimbra
Aula Óxidos..EXCELENTE - Professor Rikardo Coimbra
 

Semelhante a Prova - Química.

Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptAula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
ssuser46216d
 
Quimica 001 reacoes de oxido reducao
Quimica  001 reacoes de oxido reducaoQuimica  001 reacoes de oxido reducao
Quimica 001 reacoes de oxido reducao
con_seguir
 
Quimica geral
Quimica geralQuimica geral
Quimica geral
love35
 

Semelhante a Prova - Química. (20)

Número de oxidação (Nox)
Número de oxidação (Nox)Número de oxidação (Nox)
Número de oxidação (Nox)
 
Funcoes inorganicas completo
Funcoes inorganicas completoFuncoes inorganicas completo
Funcoes inorganicas completo
 
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptAula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
 
AULA6-NOX.pptx
AULA6-NOX.pptxAULA6-NOX.pptx
AULA6-NOX.pptx
 
Quimica 001 reacoes de oxido reducao
Quimica  001 reacoes de oxido reducaoQuimica  001 reacoes de oxido reducao
Quimica 001 reacoes de oxido reducao
 
TRABALHO DE QUÍMICA.pdf
TRABALHO DE QUÍMICA.pdfTRABALHO DE QUÍMICA.pdf
TRABALHO DE QUÍMICA.pdf
 
Oxirredução (Regra do Nox).ppt
Oxirredução (Regra do Nox).pptOxirredução (Regra do Nox).ppt
Oxirredução (Regra do Nox).ppt
 
Oxirredução (Regra do Nox).ppt
Oxirredução (Regra do Nox).pptOxirredução (Regra do Nox).ppt
Oxirredução (Regra do Nox).ppt
 
73162.pptx
73162.pptx73162.pptx
73162.pptx
 
73162.pptx
73162.pptx73162.pptx
73162.pptx
 
Aula sobre óxidos
Aula sobre óxidosAula sobre óxidos
Aula sobre óxidos
 
Aula sobre óxidos
Aula sobre óxidosAula sobre óxidos
Aula sobre óxidos
 
Funções Inorgânicas e Reações Químicas
Funções Inorgânicas e Reações QuímicasFunções Inorgânicas e Reações Químicas
Funções Inorgânicas e Reações Químicas
 
Quimica geral
Quimica geralQuimica geral
Quimica geral
 
140
140140
140
 
Messages
MessagesMessages
Messages
 
Oxidos
OxidosOxidos
Oxidos
 
Oxiredução
OxireduçãoOxiredução
Oxiredução
 
Funções Inorgânicas
Funções InorgânicasFunções Inorgânicas
Funções Inorgânicas
 
FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO
FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETOFUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO
FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO
 

Mais de Julia Maldonado Garcia

Mais de Julia Maldonado Garcia (20)

{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
 
{Biologia} Ciclo do enxofre
{Biologia} Ciclo do enxofre{Biologia} Ciclo do enxofre
{Biologia} Ciclo do enxofre
 
Química: Propriedades dos Polímeros.
Química: Propriedades dos Polímeros.Química: Propriedades dos Polímeros.
Química: Propriedades dos Polímeros.
 
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
 
{Física} Lâmpadas.
{Física} Lâmpadas.{Física} Lâmpadas.
{Física} Lâmpadas.
 
{Sociologia} Imigração.
{Sociologia} Imigração.{Sociologia} Imigração.
{Sociologia} Imigração.
 
{Educação Física} Handebol
{Educação Física} Handebol{Educação Física} Handebol
{Educação Física} Handebol
 
{História} Conjuração Baiana.
{História} Conjuração Baiana.{História} Conjuração Baiana.
{História} Conjuração Baiana.
 
Adam Smith - História.
Adam Smith - História.Adam Smith - História.
Adam Smith - História.
 
O Alienista - Machado de Assis.
O Alienista - Machado de Assis.O Alienista - Machado de Assis.
O Alienista - Machado de Assis.
 
Biologia - O Reino Fungi.
Biologia - O Reino Fungi.Biologia - O Reino Fungi.
Biologia - O Reino Fungi.
 
Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.
 
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
 
{História} Colonização da América espanhola.
{História} Colonização da América espanhola.{História} Colonização da América espanhola.
{História} Colonização da América espanhola.
 
Impressionismo - Artes.
Impressionismo - Artes.Impressionismo - Artes.
Impressionismo - Artes.
 
Biologia.
Biologia.Biologia.
Biologia.
 
Sociologia.
Sociologia.Sociologia.
Sociologia.
 
Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.
 
Gramática.
Gramática.Gramática.
Gramática.
 
Gramática.
Gramática.Gramática.
Gramática.
 

Último

GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
rarakey779
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
edjailmax
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
rarakey779
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 

Último (20)

Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 

Prova - Química.

  • 3. Balanceamento pelo método Redox  Calcular o nox de todos os elementos.  Identificar os noxs que variam.  Calcular o número de elétron cedidos/recebidos por: Δ = noxmaior - noxmenor  O Δ da oxidação vai na frente de quem é reduzido.  O Δ da redução vai na frente de quem é oxidado.  Determinar os demais coeficientes.
  • 4. REDUÇÃO REDOX TOTAL  Calcula-se normalmente. H3AsO3 + HIO3 + HCl ICl + H3AsO4 + H2O Resolução no próximo slide.
  • 5.
  • 6. REDUÇÃO REDOX PARCIAL  Há um elemento que, antes de trocar seu nox no produto, permanece com seu nox inicial. Hg + HNO3 Hg (NO3)2 + H2O + NO Resolução no próximo slide.
  • 7.
  • 8. REDUÇÃO REDOX – EQUAÇÃO IÔNICA  Algumas espécies em forma de íons.  Equação balanceada quando o total de cargas no reagente é igual ao total de cargas no produto. MnO4-¹ + SO3-² + H+¹ Mn+² + SO4-² + H2O Resolução no próximo slide.
  • 9.
  • 11. NÚMERO DE AVOGRADO  Indica a quantidade de átomos em 1 átomo-grama do elemento.  Equivale a: 6 . 10²³ ou 6, 02 . 10²³.  EX: 500 g de ferro. Quantos átomos existentes? (Fe = 56)
  • 13. FUNÇÕES INORGÂNICAS  Ácidos: íon hidrogênio (Ex: HCl).  Bases: íon hidroxila (Ex: NaOH).  Óxidos: dois elementos, sendo um O. (Ex: CaO).  Sais: não possuem íon H ou OH (Ex: NaCl).
  • 14.  Binários.  Oxigênio é o elemento mais eletronegativo.  Ex: CaO. ÓXIDOS
  • 15. NOMENCLATURA DOS ÓXIDOS  1) Formados por não metais: Óxido + de + nome do elemento + nox.  2) Formados por metais: Metais com 1 nox: óxido + de + nome do elemento. Metais com 2 noxs: óxido + nome de elemento + ico/oso.
  • 16. CLASSIFICAÇÃO DOS ÓXIDOS  ÓXIDO ÁCIDO: Formado por um não metal ou metal com número de oxidação maior que 4.  ÓXIDO BÁSICO: Formado por um metal com número de oxidação inferior a 3.
  • 17. BASES  Ligação iônica (cátion + ânion).  Íon hidroxila OH-¹
  • 18. DISSOCIAÇÃO IÔNICA  Separação de íons.  Forma uma solução eletrolítica.  EX: KOH ----H2O---> K+¹ OH-¹
  • 19. NOMENCLATURA DAS BASES  1) Elementos com 1 nox: Hidróxido + de + nome do elemento.  2) Elementos com 2 nox: Hidróxido + nome do elemento + ico/oso.
  • 20. CLASSIFICAÇÃO DAS BASES  QUANTO AO NÚMERO DE ÍONS HIDROXILA:  1 – Monobase.  2 – Dibase.  3 – Tribase.  4 – Tetrabase.  +5 – Polibase.
  • 21. CLASSIFICAÇÃO DAS BASES  QUANTO À FORÇA:  FORTE: Metal alcalino (GRUPO A1). Metal alcalino terroso (GRUPO A2).  FRACA: Metais (GRUPO A3 – A7). Metais (GRUPO B).
  • 22. CLASSIFICAÇÃO DAS BASES  QUANTO À SOLUBILIDADE EM ÁGUA:  Totalmente solúvel em H2O – Grupo A1.  Parcialmente solúvel em H2O – Grupo A2.  Insolúvel em H2O – Grupo B e Grupo A3 – A7.
  • 23. Julia Maldonado Garcia 1º ano – Colégio Stella Maris.