SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 58
FUNÇÕES
INORGÂNICAS

ÁCIDOS E BASES
DEFINIÇÃO:
 As
   substâncias químicas devem ser agrupadas de
 acordo com as suas PROPRIEDADES COMUNS.

 Essas propriedades são     denominadas    de
 PROPRIEDADES FUNCIONAIS.

 Em função dessas propriedades podemos agrupar
 as substâncias em grupos aos quais chamaremos
 de FUNÇÕES INORGÂNICAS.
IONIZAÇÃO
É  a quebra da ligação covalente devido a
 diferença de eletronegatividade entre os átomos
 ligantes, com a formação de íons.
FORMAÇÃO DE ÍONS (H2O)
DISSOCIAÇÃO
O   compostos iônicos em contato com a água
 sofrem DISSOCIAÇÃO onde seus íons são
 separados.
GRAU DE IONIZAÇÃO E DISSOCIAÇÃO
 Nem  todas as moléculas e compostos iônicos
 sofrem ionização e dissociação. Portanto,




 Exemplo  01: Adiciona-se 600 moléculas de HCl a
 água. Sabendo-se que apenas 540 moléculas
 serão ionizadas, qual o grau de ionização do HCl?
ÁCIDOS – ARRHENIUS
É  toda e qualquer
 substância que em
 solução    aquosa
 libera como único
 cátion H+.
EXEMPLOS: *ÍON HIDRÔNIO
CLASSIFICAÇÃO DOS ÁCIDOS
 1º)   Quanto ao número de hidrogênios ionizáveis:

 MONOÁCIDOS


 DIÁCIDOS


 TRIÁCIDOS


 TETRÁCIDOS
CLASSIFICAÇÃO DOS ÁCIDOS
 2º)   Quanto a presença de OXIGÊNIO:

 HIDRÁCIDOS




 OXIÁCIDOS
CLASSIFICAÇÃO DOS ÁCIDOS
 3º)   Quanto ao GRAU DE IONIZAÇÃO - HIDRÁCIDOS:



 FRACOS:              Ex.: HCN = 0,00008% - Todos os
  demais hidrácidos

 MODERADOS:                   Ex.: H3PO4 = 27% - HF

 FORTES:           Ex.: HCl = 92% - HBr - HI
CLASSIFICAÇÃO DOS ÁCIDOS
 3º)   Quanto ao GRAU DE IONIZAÇÃO - OXIÁCIDOS:

X=Nº de átomos de oxigênio – Nº de hidrogênios ionizáveis


Exemplos:
PROPRIEDADES DOS ÁCIDOS


               SABOR AZEDO
CONDUTIBILIDADE ELÉTRICA
  Em solução conduz a corrente elétrica.
AÇÃO SOB INDICADORES
    FENOLFTALEINA     AZUL DE BROMOTIMOL
                    AZUL DE BROMOTIMOL
FENOLFTALEÍNA
NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS
 HIDRÁCIDOS


ÁCIDO + NOME DO ELEMENTO + ÍDRICO

 Exemplos:
 HF: ÁCIDO FLÚORÍDRICO
 HCl: ÁCIDO CLORÍDRICO
 HBr: ÁCIDO BROMÍDRICO
 HI: ÁCIDO IODÍDRICO
 H2S: ÁCIDO SULFÍDRICO
 HCN: ÁCIDO CIANÍDRICO
NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS
 OXIÁCIDOS            E DEMAIS ÁCIDOS...

ÁCIDO + ELEMENTO FORMADOR + ATO OU ICO
 Reação de Ionização – Tabela dos Ânions


 1º)   Elementos que possuem uma única valência:
        ITO (XILITO)             OSO (GOSTOSO)
        ATO (PATO)               ICO (BICO)

 Exemplo:
 H2ZnO2               2H+ + ZnO2-2 (Zincato)
                                     ÁCIDO ZÍNCICO.
NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS

ÁCIDO + ELEMENTO FORMADOR + ATO OU ICO
 2º) Elementos que possuem duas valências:

    ITO (XILITO)          OSO (GOSTOSO)
    ATO (PATO)            ICO (BICO)

Exemplo:
 H2SO3        2H+ + SO3-2 (SULFITO)
                                   ÁCIDO SULFUROSO
 H2SO4        2 H+ + SO4-2 (SULFATO)
                                  ÁCIDO SULFÚRICO
NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS

3º) Elementos que possuem várias valências:
            HIPO                OSO
                                OSO
                                ICO
            PER                 ICO

HCLO – ÁCIDO HIPO CLOROSO – NOX+1
HCLO2 – ÁCIDO CLOROSO – NOX +3
HCLO3 – ÁCIDO CLÓRICO - NOX +5
HCLO4 – ÁCIDO PER CLÓRICO – NOX +7
NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS
3º) Nomenclatura ORTO – META – PIRO por GRAU DE
HIDRATAÇÃO:

 Ácido orto – Maior Grau de Hidratação;
 Ácido meta – Retirada de uma molécula de água
  do ácido orto.
 Ácido Piro – De duas moléculas de ácido orto
  retira-se uma molécula de água:
 H3PO4 – ÁCIDO ORTOFOSFÓRICO (- 1 H2O):
 HPO3 – ÁCIDO METAFOSFÓRICO
 H3PO4 x 2= H6P2O8 – 1H20 = H4P2O7 ÁCIDO
  PIROFOSFÓRICO
EXERCÍCIO
 1ª)    Escreva o nome dos ácidos abaixo:

A) HCl          H) HAlO2     O) H2CO3     V) H3SbO4

B) HI           I) HBrO3     P) H2CrO4    W) H3SbO3

C) HCN          J) HOCN      Q) H2Cr2O7   X) H3AsO4

D) HBr          K) H3PO2     R) H2SnO3    Y) H3[Fe(CN)6]

E) HF           L) HIO       S) H2SnO2    Z) H4SiO4

F) HSCN         M) HIO3      T) H2MnO4    A1) H4As2O7

G) CH3COOH      N) HMnO4     U) H2ZnO2    A2) H4P2O7
TABELA DOS ÂNIONS
BASES OU HIDRÓXIDOS – ARRHENIUS
É  toda e qualquer
 substância que em
 solução    aquosa
 libera como único
 ânion OH-.

 LEMBRANDO  QUE
 AS BASES SOFREM
 DISSOCIAÇÃO!
EXEMPLOS: *ÍON HIDROXILA
CLASSIFICAÇÃO DAS BASES
 1º)   Quanto ao número de Oxidrilas:

 MONOBASES


 DIBASES


 TRIBASES


 TETRABASES
CLASSIFICAÇÃO DAS BASES
 1º)   Quanto a sua FORÇA:

 FORTES: São bases derivadas de METAIS ALCALINOS
  E METAIS ALCALINOS TERROSOS *exceção: Mg(OH)2




 FRACAS:     São bases que se ligam aos demais
  cátions:
CLASSIFICAÇÃO DAS BASES
 2º)   Quanto à SOLUBILIDADE:

 SOLÚVEIS:  Bases derivadas de Metais Alcalinos e
  Hidróxido de Amônio.

 POUCO     SOLÚVEIS: Bases derivadas de Metais
  Alcalinos Terrosos.

 INSOLÚVEIS:   As bases derivadas dos demais metais.
PROPRIEDADES DAS BASES




               SABOR
               CAÚSTICO OU
               ADSTRINGENTE
CONDUTIBILIDADE ELÉTRICA
  Em solução conduz a corrente elétrica.
FENOLFTALEINA   AZUL DE BROMOTIMOL
NOMENCLATURA DAS BASES

HIDRÓXIDO + DE + NOME DO ELEMENTO

 Exemplos:
 NaOH: HIDRÓXIDO DE SÓDIO
 LiOH: HIDRÓXIDO DE LÍTIO
 Ba(OH)2: HIDRÓXIDO DE BÁRIO
 NH4OH: HIDRÓXIDO DE AMÔNIO
 Sn(OH)4: HIDRÓXIDO DE ESTANHO
 Al(OH)3: HIDRÓXIDO DE ALUMÍNIO
NOMENCLATURA DAS BASES
   Fe(OH)2: HIDRÓXIDO FERROSO – NOX +2
             HIDRÓXIDO DE FERRO II

   Fe(OH)3: HIDRÓXIDO FÉRRICO – NOX + 3
             HIDRÓXIDO DE FERRO III

   Pb(OH)2: HIDRÓXIDO PLUMBOSO – NOX +2
             HIDRÓXIDO DE CHUMBO II

   Pb(OH)4: HIDRÓXIDO PLÚMBICO – NOX +4
             HIDRÓXIDO DE CHUMBO IV
CÁTIONS METÁLICOS
     FÓRMULA       NOMENCLATURA    NOME CLÁSSICO
        Cu+           Cobre I         Cuproso
       Cu2+           Cobre II        Cúprico
     Hg+ (Hg2)2+     Mercúrio I     Mercuroso
       Hg2+          Mercúrio II     Mercúrico
        Au+            Ouro I          Auroso
       Au3+            Ouro III        Áurico
        Fe2+           Ferro II        Ferroso
        Fe3+           Ferro III       Férrico
       Co2+          Cobalto II     Cobaltoso
       Co3+          Cobalto III     Cobáltico
        Ni2+          Níquel II      Niqueloso
        Ni3+          Níquel III     Niquélico
        Pt2+          Platina II     Platinoso
        Pt4+         Platina IV      Platínico
        Sn2+         Estanho II      Estanoso
        Sn4+         Estanho IV       Estânico
        Pb2+         Chumbo II       Plumboso
        Pb4+        Chumbo IV        Plúmbico
       Mn2+         Manganês II     Manganoso
       Mn4+         Manganês IV     Mangânico
REAÇÃO DE NEUTRALIZAÇÃO
 Todoácido reage com uma base produzindo sal
 mais água.

ÁCIDO + BASE      SAL + ÁGUA
REVISANDO...
SAIS – ARRHENIUS
É  toda e qualquer
 substância que em
 solução    aquosa
 libera um cátion e
 um ânion diferente
 de H+ e OH-.

 LEMBRANDO  QUE
 OS SAIS SOFREM
 DISSOCIAÇÃO!
EXEMPLOS DE SAIS
REAÇÃO DE NEUTRALIZAÇÃO
 NEUTRALIZAÇÃO    TOTAL: O total de hidrogênios
 ionizáveis do ácido é igual ao total de hidroxilas da
 base.




 NEUTRALIZAÇÃO    PARCIAL: O total de hidrogênios
 ionizáveis do ácido é diferente do total de hidroxilas
 da base.
CLASSIFICAÇÃO DOS SAIS
NOMENCLATURA DOS SAIS
 SAIS   NORMAIS

NOME DO ÂNION (ÁCIDO) + NOME DO CÁTION (BASE)
NOMENCLATURA DOS SAIS
 SAIS   ÁCIDOS E BÁSICOS
NOMENCLATURA DOS SAIS
 SAIS   DUPLOS
ÓXIDOS
 Compostos
 binários onde o
 oxigênio    é   o
 elemento      mais
 eletronegativo.

F   O N Cl Br I S C P H
CLASSIFICAÇÃO DOS ÓXIDOS
CLASSIFICAÇÃO DOS ÓXIDOS
CLASSIFICAÇÃO DOS ÓXIDOS
CLASSIFICAÇÃO DOS ÓXIDOS
CLASSIFICAÇÃO DOS ÓXIDOS
NOMENCLATURA DOS ÓXIDOS
 ÓXIDOS   MOLECULARES

ÓXIDO + DE + NOME DO ELEMENTO




 OBSERVAÇÃO:

Utiliza-se os prefixos mono, di, tri, tetra,
penta, hexa, hepta,... ,para indicar o
número de oxigênios e elementos
envolvidos.
NOMENCLATURA DOS ÓXIDOS
 ÓXIDOS   IÔNICOS

ÓXIDO + DE + NOME DO ELEMENTO
NOMENCLATURA DOS ÓXIDOS
 ÓXIDOS   DE ELEMENTOS COM MAIS DE UMA
    VALÊNCIA

   FeO: ÓXIDO FERROSO – NOX +2
            ÓXIDO DE FERRO II

   Fe2O3: ÓXIDO FÉRRICO – NOX + 3
            ÓXIDO DE FERRO III
NOMENCLATURA DOS ÓXIDOS
 PERÓXIDOS   – NOX DO O= -1

 H2O2: PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO
 CaO2: PERÓXIDO DE CÁLCIO



 SUPERÓXIDO   – NOX DO O= -1/2

 NaO2: SUPERÓXIDO DE SÓDIO
 CaO4: SUPERÓXIDO DE CÁLCIO
EXERCÍCIO
 1ª)     Escreva o nome dos bases abaixo:

A)NaOH           H) Be(OH)2   O) Fe(OH)3     V) Au(OH)3


B) NH4OH         I) Mg(OH)2   P) Pb(OH)2     W) Co(OH)3


C) LiOH          J) Ca(OH)2   Q) Pb(OH)4     X) Co(OH)2


D) KOH           K) Sr(OH)2   R) Mn(OH)2     Y) Ni(OH)3


E) RbOH          L) CuOH      S) Hg(OH)2     Z) Sb(OH)3


F) CsOH          M) Cu(OH)2   T) Mn(OH)4     A1) Sn(OH)4

G) AgOH          N) Fe(OH)2   U) Pt(OH)2     A2) Pt(OH)4
EXERCÍCIO
 1ª)      Escreva o nome dos sais abaixo:

A) AgNO3          H) K2MnO4      O) MgBr2        V) CaS


B) (NH4)2S        I) BaSO4       P) NaMnO4       W) NaNO2


C) SnCl4          J) NaHCO3      Q) Al4(P2O7)3   X) Ca3(PO4)2


D) KCN            K) KClO3       R) K2CrO4       Y) MgCrO4


E) BaCO3          L) Al2(CO3)3   S) Fe(IO4)2     Z) Ca(HCO3)2


F) Al(NO3)3       M) Na2CO3      T) MgSO3        A1) CaBrCl

G) Na2Cr2O7       N) FeI3        U) SnCl2        A2) KNaSO4
EXERCÍCIO
 1ª)      Escreva o nome dos óxidos abaixo:

A) SO3            H) ZnO       O) Rb2O4    V) Cu2O


B) CO2            I) MgO       P) CO       W) CuO


C) CaO4           J) BaO2      Q) N2O      X) Cl2O


D) K2O            K) CrO3      R) H2O2     Y) Cl2O3


E) Al2O3          L) SnO       S) SO2      Z) Cl2O5


F) P2O3           M) Cs2O2     T) Au2O     A1) Cl2O7

G) P2O5           N) SrO2      U) Au2O3    A2) N2O5

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Termoquímica
TermoquímicaTermoquímica
Termoquímica
 
QUIMICA GERAL Aula 01
QUIMICA GERAL Aula 01QUIMICA GERAL Aula 01
QUIMICA GERAL Aula 01
 
Aula 8 sais e oxidos
Aula 8   sais e oxidosAula 8   sais e oxidos
Aula 8 sais e oxidos
 
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbonoQuímica Orgânica: introdução ao estudo do carbono
Química Orgânica: introdução ao estudo do carbono
 
01. substâncias e misturas
01. substâncias e misturas01. substâncias e misturas
01. substâncias e misturas
 
Aula 1 Elementos SubstâNcias E Misturas2
Aula 1   Elementos SubstâNcias E Misturas2Aula 1   Elementos SubstâNcias E Misturas2
Aula 1 Elementos SubstâNcias E Misturas2
 
Isomeria Óptica
Isomeria ÓpticaIsomeria Óptica
Isomeria Óptica
 
Equilíbrio Químico
Equilíbrio QuímicoEquilíbrio Químico
Equilíbrio Químico
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
 
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
Quimica inorgânica ácidosbases (9o ano)
 
Aula termoquímica
Aula termoquímicaAula termoquímica
Aula termoquímica
 
Leis ponderais
Leis ponderaisLeis ponderais
Leis ponderais
 
Funções orgânicas slide
Funções orgânicas slideFunções orgânicas slide
Funções orgânicas slide
 
Aula Digital de Química - Óxidos
Aula Digital de Química - ÓxidosAula Digital de Química - Óxidos
Aula Digital de Química - Óxidos
 
Isomeria espacial
Isomeria espacialIsomeria espacial
Isomeria espacial
 
Reações orgânicas
Reações orgânicasReações orgânicas
Reações orgânicas
 
Quimica ambiental
Quimica ambientalQuimica ambiental
Quimica ambiental
 
Entalpia
EntalpiaEntalpia
Entalpia
 
Quimica SoluçõEs
Quimica SoluçõEsQuimica SoluçõEs
Quimica SoluçõEs
 
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidosCapítulo 19 e 20   funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
Capítulo 19 e 20 funções químicas ácidos, bases, sais e óxidos
 

Destaque

Funções químicas inorgânicas
Funções químicas inorgânicas Funções químicas inorgânicas
Funções químicas inorgânicas Daniela Dameto
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicasKarol Maia
 
química inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclaturaquímica inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclaturaFERNANDO DE SOUZA
 
Form óxidos peróxidos
Form óxidos peróxidosForm óxidos peróxidos
Form óxidos peróxidosbesteiroalonso
 
Alternative Consensus & Enterprise Blockchain
Alternative Consensus & Enterprise BlockchainAlternative Consensus & Enterprise Blockchain
Alternative Consensus & Enterprise BlockchainTobias Disse
 
EDEN - Tarefa E3 6 Termolise
EDEN - Tarefa E3 6 TermoliseEDEN - Tarefa E3 6 Termolise
EDEN - Tarefa E3 6 Termoliseh2portugal
 
Quimica inorganica
Quimica inorganicaQuimica inorganica
Quimica inorganicaJuuhz
 
3quimica roberto func_inorg
3quimica roberto func_inorg3quimica roberto func_inorg
3quimica roberto func_inorgEliete Braga
 
Quimica 001 funcoes inorganicas
Quimica  001 funcoes inorganicasQuimica  001 funcoes inorganicas
Quimica 001 funcoes inorganicascon_seguir
 
Tabela de Cátions e ânions
Tabela de Cátions e ânionsTabela de Cátions e ânions
Tabela de Cátions e ânionsAri Moreira
 
Tabela periodica
Tabela periodicaTabela periodica
Tabela periodicaggmota93
 
Funções químicas (inorgânicas) 8 serie
Funções químicas (inorgânicas)   8 serieFunções químicas (inorgânicas)   8 serie
Funções químicas (inorgânicas) 8 seriecasraquelbio
 

Destaque (20)

NOMENCLATURA DAS FUNÇÕES INORGANICAS
NOMENCLATURA DAS FUNÇÕES INORGANICASNOMENCLATURA DAS FUNÇÕES INORGANICAS
NOMENCLATURA DAS FUNÇÕES INORGANICAS
 
Funções químicas inorgânicas
Funções químicas inorgânicas Funções químicas inorgânicas
Funções químicas inorgânicas
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
química inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclaturaquímica inorganica de coordenação nomenclatura
química inorganica de coordenação nomenclatura
 
Form óxidos peróxidos
Form óxidos peróxidosForm óxidos peróxidos
Form óxidos peróxidos
 
Lista de exercicios óxidos
Lista de exercicios    óxidosLista de exercicios    óxidos
Lista de exercicios óxidos
 
Alternative Consensus & Enterprise Blockchain
Alternative Consensus & Enterprise BlockchainAlternative Consensus & Enterprise Blockchain
Alternative Consensus & Enterprise Blockchain
 
EDEN - Tarefa E3 6 Termolise
EDEN - Tarefa E3 6 TermoliseEDEN - Tarefa E3 6 Termolise
EDEN - Tarefa E3 6 Termolise
 
Quimica inorganica
Quimica inorganicaQuimica inorganica
Quimica inorganica
 
Tabela de íons
Tabela de íonsTabela de íons
Tabela de íons
 
Àcidos e bases
Àcidos e basesÀcidos e bases
Àcidos e bases
 
Os filos dos invertebrados
Os filos dos invertebradosOs filos dos invertebrados
Os filos dos invertebrados
 
3quimica roberto func_inorg
3quimica roberto func_inorg3quimica roberto func_inorg
3quimica roberto func_inorg
 
Quimica 001 funcoes inorganicas
Quimica  001 funcoes inorganicasQuimica  001 funcoes inorganicas
Quimica 001 funcoes inorganicas
 
Tabela de Cátions e ânions
Tabela de Cátions e ânionsTabela de Cátions e ânions
Tabela de Cátions e ânions
 
Tabela periodica
Tabela periodicaTabela periodica
Tabela periodica
 
Complementos
ComplementosComplementos
Complementos
 
Lista de exercicios hidróxidos
Lista de exercicios    hidróxidosLista de exercicios    hidróxidos
Lista de exercicios hidróxidos
 
Tabela periódica
Tabela periódicaTabela periódica
Tabela periódica
 
Funções químicas (inorgânicas) 8 serie
Funções químicas (inorgânicas)   8 serieFunções químicas (inorgânicas)   8 serie
Funções químicas (inorgânicas) 8 serie
 

Semelhante a FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO

Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicasSilvio Gentil
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasMarcos Júnior
 
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptxedneigoncalves74
 
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptAula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptssuser46216d
 
Funções inorgânicas (sais e óxidos)
Funções inorgânicas (sais e óxidos)Funções inorgânicas (sais e óxidos)
Funções inorgânicas (sais e óxidos)Karol Maia
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicasISJ
 
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Química - Função Inorgânica
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br    - Química -  Função Inorgânicawww.ApoioAulasParticulares.Com.Br    - Química -  Função Inorgânica
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Química - Função InorgânicaAula Particular Aulas Apoio
 
www.aulaparticularonline.net.br - Química - Função Inorgânica
www.aulaparticularonline.net.br - Química -  Função Inorgânicawww.aulaparticularonline.net.br - Química -  Função Inorgânica
www.aulaparticularonline.net.br - Química - Função InorgânicaLucia Silveira
 
www.aulasapoio.com - Química - Função Inorgânica
www.aulasapoio.com - Química -  Função Inorgânicawww.aulasapoio.com - Química -  Função Inorgânica
www.aulasapoio.com - Química - Função InorgânicaAulas Apoio
 
www.AulasParticulares.Info - Química - Função Inorgânica
www.AulasParticulares.Info - Química -  Função Inorgânicawww.AulasParticulares.Info - Química -  Função Inorgânica
www.AulasParticulares.Info - Química - Função InorgânicaAulasParticularesInfo
 
Funções inorgânicas ( ácidos e bases )
Funções inorgânicas ( ácidos e bases )Funções inorgânicas ( ácidos e bases )
Funções inorgânicas ( ácidos e bases )Alberto Macêdo
 
Funções Inorgânicas - Prof. Fernando Abreu
Funções Inorgânicas - Prof. Fernando AbreuFunções Inorgânicas - Prof. Fernando Abreu
Funções Inorgânicas - Prof. Fernando AbreuFernando Abreu
 
Apresentação Funções Inorgânicas
Apresentação Funções InorgânicasApresentação Funções Inorgânicas
Apresentação Funções InorgânicasRenanKiev
 
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções InorgânicasQuímica geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções InorgânicasJean Carlos
 
www.CentroApoio.com - Química - Funções Inorgânicas
www.CentroApoio.com - Química - Funções Inorgânicaswww.CentroApoio.com - Química - Funções Inorgânicas
www.CentroApoio.com - Química - Funções InorgânicasVídeo Aulas Apoio
 

Semelhante a FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO (20)

Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicas
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicas
 
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
1- aula 1 - funções inorgânicas compl.pptx
 
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .pptAula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
Aula sobre Funções Inorgânicas - química .ppt
 
Funcoes inorganicas completo
Funcoes inorganicas completoFuncoes inorganicas completo
Funcoes inorganicas completo
 
Funções inorgânicas (sais e óxidos)
Funções inorgânicas (sais e óxidos)Funções inorgânicas (sais e óxidos)
Funções inorgânicas (sais e óxidos)
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Química - Função Inorgânica
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br    - Química -  Função Inorgânicawww.ApoioAulasParticulares.Com.Br    - Química -  Função Inorgânica
www.ApoioAulasParticulares.Com.Br - Química - Função Inorgânica
 
www.aulaparticularonline.net.br - Química - Função Inorgânica
www.aulaparticularonline.net.br - Química -  Função Inorgânicawww.aulaparticularonline.net.br - Química -  Função Inorgânica
www.aulaparticularonline.net.br - Química - Função Inorgânica
 
www.aulasapoio.com - Química - Função Inorgânica
www.aulasapoio.com - Química -  Função Inorgânicawww.aulasapoio.com - Química -  Função Inorgânica
www.aulasapoio.com - Química - Função Inorgânica
 
www.AulasParticulares.Info - Química - Função Inorgânica
www.AulasParticulares.Info - Química -  Função Inorgânicawww.AulasParticulares.Info - Química -  Função Inorgânica
www.AulasParticulares.Info - Química - Função Inorgânica
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
Oxidos
OxidosOxidos
Oxidos
 
Funções inorgânicas ( ácidos e bases )
Funções inorgânicas ( ácidos e bases )Funções inorgânicas ( ácidos e bases )
Funções inorgânicas ( ácidos e bases )
 
Funções Inorgânicas - Prof. Fernando Abreu
Funções Inorgânicas - Prof. Fernando AbreuFunções Inorgânicas - Prof. Fernando Abreu
Funções Inorgânicas - Prof. Fernando Abreu
 
Apresentação Funções Inorgânicas
Apresentação Funções InorgânicasApresentação Funções Inorgânicas
Apresentação Funções Inorgânicas
 
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções InorgânicasQuímica geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
Química geral - Ácidos e Bases Funções Inorgânicas
 
www.CentroApoio.com - Química - Funções Inorgânicas
www.CentroApoio.com - Química - Funções Inorgânicaswww.CentroApoio.com - Química - Funções Inorgânicas
www.CentroApoio.com - Química - Funções Inorgânicas
 
Teoria acido e_base
Teoria acido e_baseTeoria acido e_base
Teoria acido e_base
 

Último

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaanapsuls
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfLUCASAUGUSTONASCENTE
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 

Último (20)

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 

FUNÇÕES INORGÂNICAS COMPLETO

  • 2. DEFINIÇÃO:  As substâncias químicas devem ser agrupadas de acordo com as suas PROPRIEDADES COMUNS.  Essas propriedades são denominadas de PROPRIEDADES FUNCIONAIS.  Em função dessas propriedades podemos agrupar as substâncias em grupos aos quais chamaremos de FUNÇÕES INORGÂNICAS.
  • 3. IONIZAÇÃO É a quebra da ligação covalente devido a diferença de eletronegatividade entre os átomos ligantes, com a formação de íons.
  • 5. DISSOCIAÇÃO O compostos iônicos em contato com a água sofrem DISSOCIAÇÃO onde seus íons são separados.
  • 6. GRAU DE IONIZAÇÃO E DISSOCIAÇÃO  Nem todas as moléculas e compostos iônicos sofrem ionização e dissociação. Portanto,  Exemplo 01: Adiciona-se 600 moléculas de HCl a água. Sabendo-se que apenas 540 moléculas serão ionizadas, qual o grau de ionização do HCl?
  • 7. ÁCIDOS – ARRHENIUS É toda e qualquer substância que em solução aquosa libera como único cátion H+.
  • 9. CLASSIFICAÇÃO DOS ÁCIDOS  1º) Quanto ao número de hidrogênios ionizáveis:  MONOÁCIDOS  DIÁCIDOS  TRIÁCIDOS  TETRÁCIDOS
  • 10.
  • 11. CLASSIFICAÇÃO DOS ÁCIDOS  2º) Quanto a presença de OXIGÊNIO:  HIDRÁCIDOS  OXIÁCIDOS
  • 12. CLASSIFICAÇÃO DOS ÁCIDOS  3º) Quanto ao GRAU DE IONIZAÇÃO - HIDRÁCIDOS:  FRACOS: Ex.: HCN = 0,00008% - Todos os demais hidrácidos  MODERADOS: Ex.: H3PO4 = 27% - HF  FORTES: Ex.: HCl = 92% - HBr - HI
  • 13. CLASSIFICAÇÃO DOS ÁCIDOS  3º) Quanto ao GRAU DE IONIZAÇÃO - OXIÁCIDOS: X=Nº de átomos de oxigênio – Nº de hidrogênios ionizáveis Exemplos:
  • 15. CONDUTIBILIDADE ELÉTRICA Em solução conduz a corrente elétrica.
  • 16. AÇÃO SOB INDICADORES FENOLFTALEINA AZUL DE BROMOTIMOL AZUL DE BROMOTIMOL FENOLFTALEÍNA
  • 17. NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS  HIDRÁCIDOS ÁCIDO + NOME DO ELEMENTO + ÍDRICO  Exemplos:  HF: ÁCIDO FLÚORÍDRICO  HCl: ÁCIDO CLORÍDRICO  HBr: ÁCIDO BROMÍDRICO  HI: ÁCIDO IODÍDRICO  H2S: ÁCIDO SULFÍDRICO  HCN: ÁCIDO CIANÍDRICO
  • 18. NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS  OXIÁCIDOS E DEMAIS ÁCIDOS... ÁCIDO + ELEMENTO FORMADOR + ATO OU ICO  Reação de Ionização – Tabela dos Ânions  1º) Elementos que possuem uma única valência: ITO (XILITO) OSO (GOSTOSO) ATO (PATO) ICO (BICO)  Exemplo:  H2ZnO2 2H+ + ZnO2-2 (Zincato) ÁCIDO ZÍNCICO.
  • 19. NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS ÁCIDO + ELEMENTO FORMADOR + ATO OU ICO  2º) Elementos que possuem duas valências: ITO (XILITO) OSO (GOSTOSO) ATO (PATO) ICO (BICO) Exemplo:  H2SO3 2H+ + SO3-2 (SULFITO) ÁCIDO SULFUROSO  H2SO4 2 H+ + SO4-2 (SULFATO)  ÁCIDO SULFÚRICO
  • 20. NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS 3º) Elementos que possuem várias valências: HIPO OSO OSO ICO PER ICO HCLO – ÁCIDO HIPO CLOROSO – NOX+1 HCLO2 – ÁCIDO CLOROSO – NOX +3 HCLO3 – ÁCIDO CLÓRICO - NOX +5 HCLO4 – ÁCIDO PER CLÓRICO – NOX +7
  • 21. NOMENCLATURA DOS ÁCIDOS 3º) Nomenclatura ORTO – META – PIRO por GRAU DE HIDRATAÇÃO:  Ácido orto – Maior Grau de Hidratação;  Ácido meta – Retirada de uma molécula de água do ácido orto.  Ácido Piro – De duas moléculas de ácido orto retira-se uma molécula de água:  H3PO4 – ÁCIDO ORTOFOSFÓRICO (- 1 H2O):  HPO3 – ÁCIDO METAFOSFÓRICO  H3PO4 x 2= H6P2O8 – 1H20 = H4P2O7 ÁCIDO PIROFOSFÓRICO
  • 22. EXERCÍCIO  1ª) Escreva o nome dos ácidos abaixo: A) HCl H) HAlO2 O) H2CO3 V) H3SbO4 B) HI I) HBrO3 P) H2CrO4 W) H3SbO3 C) HCN J) HOCN Q) H2Cr2O7 X) H3AsO4 D) HBr K) H3PO2 R) H2SnO3 Y) H3[Fe(CN)6] E) HF L) HIO S) H2SnO2 Z) H4SiO4 F) HSCN M) HIO3 T) H2MnO4 A1) H4As2O7 G) CH3COOH N) HMnO4 U) H2ZnO2 A2) H4P2O7
  • 24. BASES OU HIDRÓXIDOS – ARRHENIUS É toda e qualquer substância que em solução aquosa libera como único ânion OH-.  LEMBRANDO QUE AS BASES SOFREM DISSOCIAÇÃO!
  • 26. CLASSIFICAÇÃO DAS BASES  1º) Quanto ao número de Oxidrilas:  MONOBASES  DIBASES  TRIBASES  TETRABASES
  • 27.
  • 28. CLASSIFICAÇÃO DAS BASES  1º) Quanto a sua FORÇA:  FORTES: São bases derivadas de METAIS ALCALINOS E METAIS ALCALINOS TERROSOS *exceção: Mg(OH)2  FRACAS: São bases que se ligam aos demais cátions:
  • 29. CLASSIFICAÇÃO DAS BASES  2º) Quanto à SOLUBILIDADE:  SOLÚVEIS: Bases derivadas de Metais Alcalinos e Hidróxido de Amônio.  POUCO SOLÚVEIS: Bases derivadas de Metais Alcalinos Terrosos.  INSOLÚVEIS: As bases derivadas dos demais metais.
  • 30. PROPRIEDADES DAS BASES SABOR CAÚSTICO OU ADSTRINGENTE
  • 31. CONDUTIBILIDADE ELÉTRICA Em solução conduz a corrente elétrica.
  • 32. FENOLFTALEINA AZUL DE BROMOTIMOL
  • 33. NOMENCLATURA DAS BASES HIDRÓXIDO + DE + NOME DO ELEMENTO  Exemplos:  NaOH: HIDRÓXIDO DE SÓDIO  LiOH: HIDRÓXIDO DE LÍTIO  Ba(OH)2: HIDRÓXIDO DE BÁRIO  NH4OH: HIDRÓXIDO DE AMÔNIO  Sn(OH)4: HIDRÓXIDO DE ESTANHO  Al(OH)3: HIDRÓXIDO DE ALUMÍNIO
  • 34. NOMENCLATURA DAS BASES  Fe(OH)2: HIDRÓXIDO FERROSO – NOX +2 HIDRÓXIDO DE FERRO II  Fe(OH)3: HIDRÓXIDO FÉRRICO – NOX + 3 HIDRÓXIDO DE FERRO III  Pb(OH)2: HIDRÓXIDO PLUMBOSO – NOX +2 HIDRÓXIDO DE CHUMBO II  Pb(OH)4: HIDRÓXIDO PLÚMBICO – NOX +4 HIDRÓXIDO DE CHUMBO IV
  • 35. CÁTIONS METÁLICOS FÓRMULA NOMENCLATURA NOME CLÁSSICO Cu+ Cobre I Cuproso Cu2+ Cobre II Cúprico Hg+ (Hg2)2+ Mercúrio I Mercuroso Hg2+ Mercúrio II Mercúrico Au+ Ouro I Auroso Au3+ Ouro III Áurico Fe2+ Ferro II Ferroso Fe3+ Ferro III Férrico Co2+ Cobalto II Cobaltoso Co3+ Cobalto III Cobáltico Ni2+ Níquel II Niqueloso Ni3+ Níquel III Niquélico Pt2+ Platina II Platinoso Pt4+ Platina IV Platínico Sn2+ Estanho II Estanoso Sn4+ Estanho IV Estânico Pb2+ Chumbo II Plumboso Pb4+ Chumbo IV Plúmbico Mn2+ Manganês II Manganoso Mn4+ Manganês IV Mangânico
  • 36. REAÇÃO DE NEUTRALIZAÇÃO  Todoácido reage com uma base produzindo sal mais água. ÁCIDO + BASE SAL + ÁGUA
  • 38. SAIS – ARRHENIUS É toda e qualquer substância que em solução aquosa libera um cátion e um ânion diferente de H+ e OH-.  LEMBRANDO QUE OS SAIS SOFREM DISSOCIAÇÃO!
  • 40. REAÇÃO DE NEUTRALIZAÇÃO  NEUTRALIZAÇÃO TOTAL: O total de hidrogênios ionizáveis do ácido é igual ao total de hidroxilas da base.  NEUTRALIZAÇÃO PARCIAL: O total de hidrogênios ionizáveis do ácido é diferente do total de hidroxilas da base.
  • 42. NOMENCLATURA DOS SAIS  SAIS NORMAIS NOME DO ÂNION (ÁCIDO) + NOME DO CÁTION (BASE)
  • 43.
  • 44. NOMENCLATURA DOS SAIS  SAIS ÁCIDOS E BÁSICOS
  • 46. ÓXIDOS  Compostos binários onde o oxigênio é o elemento mais eletronegativo. F O N Cl Br I S C P H
  • 52. NOMENCLATURA DOS ÓXIDOS  ÓXIDOS MOLECULARES ÓXIDO + DE + NOME DO ELEMENTO  OBSERVAÇÃO: Utiliza-se os prefixos mono, di, tri, tetra, penta, hexa, hepta,... ,para indicar o número de oxigênios e elementos envolvidos.
  • 53. NOMENCLATURA DOS ÓXIDOS  ÓXIDOS IÔNICOS ÓXIDO + DE + NOME DO ELEMENTO
  • 54. NOMENCLATURA DOS ÓXIDOS  ÓXIDOS DE ELEMENTOS COM MAIS DE UMA VALÊNCIA  FeO: ÓXIDO FERROSO – NOX +2 ÓXIDO DE FERRO II  Fe2O3: ÓXIDO FÉRRICO – NOX + 3 ÓXIDO DE FERRO III
  • 55. NOMENCLATURA DOS ÓXIDOS  PERÓXIDOS – NOX DO O= -1  H2O2: PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO  CaO2: PERÓXIDO DE CÁLCIO  SUPERÓXIDO – NOX DO O= -1/2  NaO2: SUPERÓXIDO DE SÓDIO  CaO4: SUPERÓXIDO DE CÁLCIO
  • 56. EXERCÍCIO  1ª) Escreva o nome dos bases abaixo: A)NaOH H) Be(OH)2 O) Fe(OH)3 V) Au(OH)3 B) NH4OH I) Mg(OH)2 P) Pb(OH)2 W) Co(OH)3 C) LiOH J) Ca(OH)2 Q) Pb(OH)4 X) Co(OH)2 D) KOH K) Sr(OH)2 R) Mn(OH)2 Y) Ni(OH)3 E) RbOH L) CuOH S) Hg(OH)2 Z) Sb(OH)3 F) CsOH M) Cu(OH)2 T) Mn(OH)4 A1) Sn(OH)4 G) AgOH N) Fe(OH)2 U) Pt(OH)2 A2) Pt(OH)4
  • 57. EXERCÍCIO  1ª) Escreva o nome dos sais abaixo: A) AgNO3 H) K2MnO4 O) MgBr2 V) CaS B) (NH4)2S I) BaSO4 P) NaMnO4 W) NaNO2 C) SnCl4 J) NaHCO3 Q) Al4(P2O7)3 X) Ca3(PO4)2 D) KCN K) KClO3 R) K2CrO4 Y) MgCrO4 E) BaCO3 L) Al2(CO3)3 S) Fe(IO4)2 Z) Ca(HCO3)2 F) Al(NO3)3 M) Na2CO3 T) MgSO3 A1) CaBrCl G) Na2Cr2O7 N) FeI3 U) SnCl2 A2) KNaSO4
  • 58. EXERCÍCIO  1ª) Escreva o nome dos óxidos abaixo: A) SO3 H) ZnO O) Rb2O4 V) Cu2O B) CO2 I) MgO P) CO W) CuO C) CaO4 J) BaO2 Q) N2O X) Cl2O D) K2O K) CrO3 R) H2O2 Y) Cl2O3 E) Al2O3 L) SnO S) SO2 Z) Cl2O5 F) P2O3 M) Cs2O2 T) Au2O A1) Cl2O7 G) P2O5 N) SrO2 U) Au2O3 A2) N2O5