Introdução	  à	  Teoria	  da	  Interactividade	  Aplicações	  Informáticas	  B	  João	  Sá	  
Objectivos	  §    Caracterizar	  a	  interface	        homem-­‐máquina	  §    Compreender	  o	  conceito	        de	  re...
Temas	  /	  conteúdos	   §    Do	  GUI	  aos	  ambientes	  imersivos	   §    Realidade	  virtual	   §    O	  conceito	 ...
do	  GUI	  aos	  ambientes	  imersivos	  
Graphical	        User	        Interface	  h"p://blue2darknight.files.wordpress.com/2011/01/vision.gif	                    ...
ambientes	        imersivos	  h"p://www.govconexecu@ve.com/wp-­‐content/uploads/2011/01/lockheed-­‐CHIL.jpg	  
?	  o	  que	  têm	  em	  comum	  
sentidos	                 h"p://cdn.theatlan@c.com/sta@c/infocus/afg050311/a01_849f48e5.jpg	  
realismo	           h"p://webguyunlimited.com/pixelperfectgaming/wp-­‐content/gallery/fifa_11_ul@mate_team/fifa_11_ut_screen...
ergonomia	  h"p://4photos.net/photosv3/chair_ergonomics_design_1315826816.jpg	  
ERGONtrabalho                     ergonomia	  NOMOS          leis / regras
ergonomia	  Procura	   optimizar	   as	   condições	   de	   trabalho,	   segundo	  critérios	  de	  eficiência,	  conforto...
realidade	     virtual	  h"p://clevr.net/img/conversa@on.png	  
realidade	  virtual	  Permite	   às	   pessoas	   visualizar,	   manipular	   e	   interagir	   com	   computadores	  e	  ...
h"p://game-­‐server-­‐hos@ng.net/wp-­‐content/uploads/2008/12/virtual%20carbine.jpg	                                      ...
realidade	    imersiva	                                 realidade	                                            não	  imersi...
cenários	  de	  aplicação	    da	  realidade	  virtual	  
entretenimento	  h"p://kelliehosaka.com/wp-­‐content/uploads/2009/11/Virtual-­‐Reality-­‐Game.jpg	  
medicina	  h"p://laparoscopy.blogs.com/laparoscopy_today/images/7-­‐2/KanumuriFigure2.jpg	  
desporto	                 h"p://cdn.coolest-­‐gadgets.com/wp-­‐content/uploads/2011/12/virtual-­‐treadmill.jpg	  
treino	  profissional	  
treino	  militar	  h"p://psychnews.psychiatryonline.org/data/Journals/PN/4163/img_0230.jpeg	  
actividades	  profissionais	  h"p://www.vdtc.de/images/virtuell-­‐training-­‐luYfahrt-­‐gr.jpg	  
actividades	  profissionais	  h"p://www.uni-­‐paderborn.de/uploads/upb_aktuell/Uni_Paderborn_-­‐_Maschinenbau_-­‐_Virtual_R...
?interactividade	  
interactividade	                                                                 Comunicação	  recíproca	  Faculdade	   de...
h"p://assets.vr-­‐zone.net/13701/LG.jpg	  
propostas	  de	  trabalho	   §    do	  MS-­‐DOS	  aos	  sistemas	  multitouch:	  evolução	  das	         interfaces	  grá...
interactividade	  ao	  desenvolver	  aplicações	  multimédia,	  a	  ênfase	  deve	  estar	  no	  modo	  como	  os	       u...
características/componentes	              da	  interactividade	  
comunicação	         |	  características	  ou	  componentes	  da	  interactividade	   transmissão	  recíproca	  entre	  o	...
feedback	    |	  características	  ou	  componentes	  da	  interactividade	   regular	  a	  manipulação	  dos	  objectos	 ...
tempo	  de	  resposta	       |	  interactividade	     tempo	  que	  decorre	  entre	  a	  acção	  do	     utilizador	  sob...
adaptabilidade	          |	  características	  ou	  componentes	  da	  interactividade	     capacidade	  que	  o	  sistema...
criatividade	     |	  características	  ou	  componentes	  da	  interactividade	          criar	  algo	  novo	  e	  difere...
produtividade	        |	  características	  ou	  componentes	  da	  interactividade	     está	  relacionada	  com	  a	  cr...
níveis	  segundo	  a	  relação	             homem-­‐máquina	  
níveis	                                                            Controlo	  do	  conteúdo	                              ...
nível	  de	  interactividade	  reactiva	       utilizador	  tem	  um	  controlo	  limitado	      sobre	  o	  conteúdo	  do...
nível	  de	  interactividade	  coactiva	         o	  utilizador	  tem	  o	  controlo	  da	       sequência,	  do	  ritmo	 ...
nível	  de	  interactividade	  proactiva	     o	  utilizador	  tem	  o	  controlo	  da	  estrutura	                e	  do	...
níveis	  segundo	  a	   acção	  sensorial	  
nível	  de	  interactividade	  elevada	     o	  utilizador	  está	  completamente	  imerso	            num	  ambiente	  vi...
nível	  de	  interactividade	  média	       apenas	  alguns	  sentidos	  do	  utilizador	     estão	  a	  ser	  utilizados...
nível	  de	  interactividade	  baixa	       apenas	  alguns	  sentidos	  do	  utilizador	      estão	  a	  ser	  utilizado...
tipos	  de	  interactividade	  
linear	   |	  tipos	  de	  interactividade	     o	  utilizador	  define	  o	  sentido	  da	  sequência	            acede	  ...
de	  suporte	       |	  tipos	  de	  interactividade	  o	  utilizador	  recebe	  apoio	  do	  sistema	      –  mensagens	 ...
hierárquica	                |	  tipos	  de	  interactividade	         o	  utilizador	  navega	  no	  sistema	  através	  d...
sobre	  objectos	            |	  tipos	  de	  interactividade	   o	  utilizador	  activa	  objectos	  usando	  o	  rato	  ...
reflexiva	       |	  tipos	  de	  interactividade	       o	  sistema	  efectua	  perguntas	  às	  quais	  o	               ...
de	  hiperligação	                |	  tipos	  de	  interactividade	         o	  sistema	  tem	  definidas	  as	  ligações	 ...
de	  actualização	             |	  tipos	  de	  interactividade	           permite	  gerar	  conteúdos	  actualizados	  e	...
construtiva	                 |	  tipos	  de	  interactividade	               é	  uma	  extensão	  da	  interactividade	  d...
como	  avaliar	                             ?	  soluções	  interactivas	  
Aspectos	  a	  considerar	   §  Tecnológicos	   §  Alterações	  psicológicas	  nos	  utilizadores	   §  Alterações	  so...
Características	  a	  considerar	   §  Dispositivos	  e	  seu	  funcionamento	  /	  ergonomia	   §  Qualidade	  gráfica	 ...
Exercício	      Analisar	  a	  apresentação	  disponível	  em	     http://www.slideshare.net/usabilidoido/minicurso-­‐aval...
desenho	  de	  soluções	  interactivas	  
Exercícios	  1.  Quais	  os	  requisitos	  a	  considerar	  antes	  de	      desenhar	  soluções	  interactivas?	  2.  Que...
Outras	  imagens	  Capa	  http://smartgoalsguide.com/wp-­‐content/uploads/Goals-­‐MISSEDDARTS2.jpg	  	  Temas	  /	  conteú...
Introdução à teoria da interactividade
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Introdução à teoria da interactividade

2.628 visualizações

Publicada em

Apresentação de motivação e suporte à Unidade 2 - Introdução à teoria da interactividade da disciplina de Aplicações Informáticas B

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.628
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Introdução à teoria da interactividade

  1. 1. Introdução  à  Teoria  da  Interactividade  Aplicações  Informáticas  B  João  Sá  
  2. 2. Objectivos  §  Caracterizar  a  interface   homem-­‐máquina  §  Compreender  o  conceito   de  realidade  virtual  §  Compreender  o  conceito   de  interactividade  §  Reconhecer  características   da  interactividade  
  3. 3. Temas  /  conteúdos   §  Do  GUI  aos  ambientes  imersivos   §  Realidade  virtual   §  O  conceito  de  interactividade   §  Características  ou  componentes  da   interactividade   §  Níveis  e  tipos  de  interactividade   §  Como  avaliar  soluções  interactivas   §  O  desenho  de  soluções  interactivas  
  4. 4. do  GUI  aos  ambientes  imersivos  
  5. 5. Graphical   User   Interface  h"p://blue2darknight.files.wordpress.com/2011/01/vision.gif   GUI
  6. 6. ambientes   imersivos  h"p://www.govconexecu@ve.com/wp-­‐content/uploads/2011/01/lockheed-­‐CHIL.jpg  
  7. 7. ?  o  que  têm  em  comum  
  8. 8. sentidos   h"p://cdn.theatlan@c.com/sta@c/infocus/afg050311/a01_849f48e5.jpg  
  9. 9. realismo   h"p://webguyunlimited.com/pixelperfectgaming/wp-­‐content/gallery/fifa_11_ul@mate_team/fifa_11_ut_screenshot_01.jpg  
  10. 10. ergonomia  h"p://4photos.net/photosv3/chair_ergonomics_design_1315826816.jpg  
  11. 11. ERGONtrabalho ergonomia  NOMOS leis / regras
  12. 12. ergonomia  Procura   optimizar   as   condições   de   trabalho,   segundo  critérios  de  eficiência,  conforto  e  segurança.    Disciplina   científica   que   se   dedica   ao   estudo   das  interacções   entre   seres   humanos   e   outros   elementos   de  um  sistema.    Dedica-­‐se   a   projectar   o   trabalho,   os   equipamentos   e   o  ambiente   adaptados   ao   bem   estar   do   trabalhador,  tornando-­‐os   adequados   às   necessidades,   habilidades   e  limitações  das  pessoas.  
  13. 13. realidade   virtual  h"p://clevr.net/img/conversa@on.png  
  14. 14. realidade  virtual  Permite   às   pessoas   visualizar,   manipular   e   interagir   com   computadores  e  dados  de  elevada  complexidade.    “A   RV   é   o   paradigma   pelo   qual   se   usa   um   computador   para   interagir  com  algo  que  não  é  real,  mas  que  pode  ser  considerado  real  enquanto  está  a  ser  utilizado”   Jerry  Isdale,  1993    “A  RV  engloba  um  conjunto  de  técnicas  e  ferramentas  gráficas  3D  que  permitem   a   interacção   dos   utilizadores   com   um   ambiente   gerado   por  computador,  em  tempo  real,  com  pequena  ou  nenhuma  consciência  de  estar  a  utilizar  uma  interface  utilizador-­‐computador”   Jean  Leston,  1996    
  15. 15. h"p://game-­‐server-­‐hos@ng.net/wp-­‐content/uploads/2008/12/virtual%20carbine.jpg   imersiva   realidade   não  imersiva   realidade  h"p://cdn.24.com/files/Cms/General/d/975/e2e57a6b7de8426995778218bbde553c.jpg  
  16. 16. realidade   imersiva   realidade   não  imersiva  §  Requer  equipamentos   adicionais,  como   capacetes,  óculos,   salas  de  projecção  ou   §  Uso  de  monitores  e   luvas   dispositivos  comuns  §  Coordenação  de   §  Interfaces  “tradicionais”   diferentes  sentidos  
  17. 17. cenários  de  aplicação   da  realidade  virtual  
  18. 18. entretenimento  h"p://kelliehosaka.com/wp-­‐content/uploads/2009/11/Virtual-­‐Reality-­‐Game.jpg  
  19. 19. medicina  h"p://laparoscopy.blogs.com/laparoscopy_today/images/7-­‐2/KanumuriFigure2.jpg  
  20. 20. desporto   h"p://cdn.coolest-­‐gadgets.com/wp-­‐content/uploads/2011/12/virtual-­‐treadmill.jpg  
  21. 21. treino  profissional  
  22. 22. treino  militar  h"p://psychnews.psychiatryonline.org/data/Journals/PN/4163/img_0230.jpeg  
  23. 23. actividades  profissionais  h"p://www.vdtc.de/images/virtuell-­‐training-­‐luYfahrt-­‐gr.jpg  
  24. 24. actividades  profissionais  h"p://www.uni-­‐paderborn.de/uploads/upb_aktuell/Uni_Paderborn_-­‐_Maschinenbau_-­‐_Virtual_Reality_01.jpg  
  25. 25. ?interactividade  
  26. 26. interactividade   Comunicação  recíproca  Faculdade   de   permuta   entre   um   utilizador   de   um   sistema  informático  e  a  máquina  “Ser   interactivo   significa   ter   capacidade   para   fornecer  informação   como   resultado   da   introdução   de   dados,   num  processo   resultante   de   modos   de   realimentação  sustentáveis   e   algo   imprevisíveis.   Envolve   a   capacidade  para   mudar   o   raciocínio   do   utilizador,   de   o   interromper   e  de   o   surpreender   genuinamente   ao   propiciar   situações  inesperadas.”  Fonte:  http://www.univ-­‐ab.pt/~bidarra/sistemasmm/Sistemas%20Multim%C3%A9dia-­‐164.htm  
  27. 27. h"p://assets.vr-­‐zone.net/13701/LG.jpg  
  28. 28. propostas  de  trabalho   §  do  MS-­‐DOS  aos  sistemas  multitouch:  evolução  das   interfaces  gráficas  em  sistemas  informáticos   §  como  avaliar  e  caracterizar  a  interactividade?   §  desenho  de  soluções  interactivas:  boas  e  más  práticas     §  interfaces  não  visuais   §  web  sites  e  interfaces:  bons  e  maus  exemplos   §  equipamentos  e  ergonomia:  bons  e  maus  exemplos   §  realidade  virtual:  estado  da  arte   §  realidade  virtual:  software  e  equipamentos  
  29. 29. interactividade  ao  desenvolver  aplicações  multimédia,  a  ênfase  deve  estar  no  modo  como  os   utilizadores  acedem,  manipulam  e   navegam  através  dos  conteúdos.  
  30. 30. características/componentes   da  interactividade  
  31. 31. comunicação   |  características  ou  componentes  da  interactividade   transmissão  recíproca  entre  o  utilizador   e  o  sistema,  através  de  dispositivos   periféricos  ligados  ao  sistema  
  32. 32. feedback   |  características  ou  componentes  da  interactividade   regular  a  manipulação  dos  objectos  do   ambiente  virtual  a  partir  dos  estímulos   “resposta  a  uma  acção”   implica  algum  tipo  de  controlo  
  33. 33. tempo  de  resposta   |  interactividade   tempo  que  decorre  entre  a  acção  do   utilizador  sobre  um  dos  objectos  do   ambiente  virtual  e  a  correspondente   alteração  (resposta)  criada  pelo  sistema  
  34. 34. adaptabilidade   |  características  ou  componentes  da  interactividade   capacidade  que  o  sistema  possui  de  alterar  o  ambiente  virtual  em  função  das   acções  do  utilizador  sobre  os  objectos  
  35. 35. criatividade   |  características  ou  componentes  da  interactividade   criar  algo  novo  e  diferente   inovar  
  36. 36. produtividade   |  características  ou  componentes  da  interactividade   está  relacionada  com  a  criatividade,   considerando  alguns  autores  que,  no   contexto  da  interactividade,  são  a   mesma  coisa  
  37. 37. níveis  segundo  a  relação   homem-­‐máquina  
  38. 38. níveis   Controlo  do  conteúdo   Limitado   Alargado   Limitado   Controlo  da  estrutura   Reac@va   Coac@va   Alargado   Coac@va   Proac@va  
  39. 39. nível  de  interactividade  reactiva   utilizador  tem  um  controlo  limitado   sobre  o  conteúdo  do  ambiente  virtual   a  interacção  e  o  feedback  são   controlados  pelo  sistema  e  seguem  um   caminho  pré-­‐programado  
  40. 40. nível  de  interactividade  coactiva   o  utilizador  tem  o  controlo  da   sequência,  do  ritmo  e  do  estilo  das   acções  desenvolvidas  sobre  o  conteúdo   do  ambiente  virtual  
  41. 41. nível  de  interactividade  proactiva   o  utilizador  tem  o  controlo  da  estrutura   e  do  conteúdo  das  acções   desenvolvidas  no  ambiente  virtual   o  utilizador  controla  dinamicamente  o   desenvolvimento  do  conteúdo  
  42. 42. níveis  segundo  a   acção  sensorial  
  43. 43. nível  de  interactividade  elevada   o  utilizador  está  completamente  imerso   num  ambiente  virtual,  onde  são   estimulados  todos  os  seus  sentidos  
  44. 44. nível  de  interactividade  média   apenas  alguns  sentidos  do  utilizador   estão  a  ser  utilizados/estimulados  e  este   exerce  um  controlo  limitado  sobre  o   desenrolar  da  acção  
  45. 45. nível  de  interactividade  baixa   apenas  alguns  sentidos  do  utilizador   estão  a  ser  utilizados/estimulados  e  o   utilizador  não  se  sente  como  parte  do   ambiente  virtual  
  46. 46. tipos  de  interactividade  
  47. 47. linear   |  tipos  de  interactividade   o  utilizador  define  o  sentido  da  sequência   acede  à  seguinte  ou  à  precedente   reactiva   Exemplo:  virar  de  página  num  documento  
  48. 48. de  suporte   |  tipos  de  interactividade  o  utilizador  recebe  apoio  do  sistema   –  mensagens  de  ajuda   –  manuais  e  documentação   reactiva   Exemplo:  ajuda  do  windows  
  49. 49. hierárquica   |  tipos  de  interactividade   o  utilizador  navega  no  sistema  através  de  um   conjunto  pré-­‐definido  de  opções   reactiva     Exemplo:  gestor  de  ficheiros/explorador  
  50. 50. sobre  objectos   |  tipos  de  interactividade   o  utilizador  activa  objectos  usando  o  rato  ou   outro  dispositivo   os  objectos  alteram  o  seu  funcionamento   proactiva   Exemplo:  ícones  no  ambiente  de  trabalho  
  51. 51. reflexiva   |  tipos  de  interactividade   o  sistema  efectua  perguntas  às  quais  o   utilizador  responde   pode  comparar  as  suas  respostas  com  as  de   outros  utilizadores  ou  com  as  de  especialistas   proactiva     Exemplo:  exercícios  de  escolha  múltipla  com   resposta  aberta    
  52. 52. de  hiperligação   |  tipos  de  interactividade   o  sistema  tem  definidas  as  ligações  possíveis   entre  os  seus  elementos,  por  exemplo,   assegurando  todos  os  trajectos  possíveis     proactiva     Exemplo:  jogos  narrativos    
  53. 53. de  actualização   |  tipos  de  interactividade   permite  gerar  conteúdos  actualizados  e   individualizados  em  resposta  às  acções  do   utilizador   pode  recorrer  a  técnicas  de  IA     proactiva     Exemplo:  jogo  RPG  
  54. 54. construtiva   |  tipos  de  interactividade   é  uma  extensão  da  interactividade  de   actualização   o  utilizador  constrói    um  modelo  a  partir  do   manuseamento  de  objectos  e  componentes     proactiva     Exemplo:  second  life  
  55. 55. como  avaliar   ?  soluções  interactivas  
  56. 56. Aspectos  a  considerar   §  Tecnológicos   §  Alterações  psicológicas  nos  utilizadores   §  Alterações  sociais  nos  utilizadores   §  Qualidade  da  aplicação  
  57. 57. Características  a  considerar   §  Dispositivos  e  seu  funcionamento  /  ergonomia   §  Qualidade  gráfica  e  realismo   §  Imersão  do  utilizador   §  Cores   §  Som   §  Estimulação  táctil  e  percepção  da  força   §  Funcionamento   §  Características  específicas  da  área  
  58. 58. Exercício   Analisar  a  apresentação  disponível  em   http://www.slideshare.net/usabilidoido/minicurso-­‐avaliao-­‐de-­‐interfaces     Resumir  e  apresentar  as  principais   abordagens  para  avaliação  de  interfaces  
  59. 59. desenho  de  soluções  interactivas  
  60. 60. Exercícios  1.  Quais  os  requisitos  a  considerar  antes  de   desenhar  soluções  interactivas?  2.  Que  ferramentas  podem  ser  utilizadas  para  o   desenvolvimento  de  soluções  interactivas?  3.  O  que  é  o  VRML?  4.  Investiga  genericamente  as  ferramentas  DI-­‐ Guy,  Gizmo3D  e  CAVELib.  
  61. 61. Outras  imagens  Capa  http://smartgoalsguide.com/wp-­‐content/uploads/Goals-­‐MISSEDDARTS2.jpg    Temas  /  conteúdos  http://www.ecotoys.com.au/product-­‐pics/Dinasour-­‐Jigsaw-­‐Puzzle2.jpg    Objectivos  http://abaldaia.files.wordpress.com/2010/02/objectives.jpg    Comunicação  http://4.bp.blogspot.com/_HmWj5wYQTE0/S1oRnhdFqaI/AAAAAAAAAyQ/j07vw1tU6zQ/s320/Public-­‐Relations-­‐Strategies-­‐Communication-­‐and-­‐Your-­‐Customers    Feedback  http://www.impactlearning.com/wp-­‐content/uploads/customer-­‐satisfaction-­‐feedback-­‐form.jpg    Tempo  http://us.cdn1.123rf.com/168nwm/mnyjhee/mnyjhee0911/mnyjhee091100007/5837019-­‐running-­‐stopwatch-­‐in-­‐the-­‐hand-­‐vertical-­‐composition-­‐isolated-­‐on-­‐white.jpg    Adaptabilidade  http://www.ecotoys.com.au/product-­‐pics/335026.jpg    Criatividade  http://www.peacefulmind.com/images/design/creativity.gif    Produtividade  http://www.syncsoft.com.br/img/produtividade_na_empresa.jpg    Exercício  http://www.logismarket.pt/ip/vermonil-­‐criatividade-­‐e-­‐webdesign-­‐criatividade-­‐e-­‐webdesign-­‐vermonil-­‐565280-­‐FGR.jpg    

×