Orgulho e preconceito mariana afonso

3.081 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.081
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
121
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Orgulho e preconceito mariana afonso

  1. 1. Ficha Técnica do LivroBibliografia do autorApresentação Geral do LivroFrases RelevantesRelação título/obraRelação pessoal à obraFontes de pesquisa
  2. 2. • Título original: Pride and Prejudice• Título em português: Orgulho e Preconceito• Autor: Jane Austen• Tradução: Maria Francisca Ferreira deLima• Editora: Publicações Europa - América• Local de edição: Mem Martins
  3. 3. Jane Austen nasceu a 16 de dezembro de1775 e faleceu a 18 de julho de 1817,ambas asdatas no Reino Unido. Jane Austen foi uma escritoraromancista inglesa e a forma que utilizavapara descrever as personagens dos seusromances colocou-a nos clássicos.O seu estilo de vida serviu de contextopara todas as suas obras.Para além de Pride and Prejudice (Orgulho e Preconceito), escreveu também:
  4. 4. A família Bennet não era uma família tradicional. OSr.º e a Sr.ª Bennet tinham cinco filhas, Jane, Elizabeth,Mary, Catherine e Lydia. O maior desejo da Sr.ª Bennetera casar as suas filhas com senhores capazes desustentá-las.Com a chegada do Mr. Bingley à cidade, a Sr.ª Bennet vêa oportunidade de poder conseguir arranjar esposopara uma das suas filhas. No baile em Netherfield, aSr.ª Bennet apresenta as suas filhas a Mr.Bingley, aMr.Darcy e a Miss Caroline Bingley. Por desejo daSr.ªBennet, Jane acaba por dançar com Mr.Bingley,ficando ambos encantados um com o outro.No dia seguinte, Jane recebe uma carta de MissCaroline Bingley, a convidá-la para um jantar. Jane,necessitando de transporte, pede a carruagememprestada à sua mãe. Esta opõe-se e disponibiliza-lhe um dos cavalos. O seu objectivo era que com aschuvas que vinham, a sua filha adoecesse e ficasseinstalada ao lado de Mr.Bingley.
  5. 5. Durante a refeição, a família Bennet recebe umacarta de Mr. Collins, seu primo. O Mr. Collins,herdeiro de grandes fortunas, para agradar aLady Catherine de Bourg necessita de arranjaruma mulher. Este escolhe Jane, mas como Janeestaria noiva em breve a segunda hipótese eraElizabeth.Quando as irmãs Bennet foram à cidade,acompanhadas por Mr.Wickham, este contou aElizabeth histórias sobre Mr.Darcy que a levarama pensar negativamente sobre o mesmo.No baile privado de Mr.Bingley, Elizabethprocura saber onde se encontra Mr.Darcyacabando por dançar com ele durante a noite.Mr.Collins acaba por pedir em casamentoElizabeth, mas esta nega deixando sua mãe com umgrande desgosto. Mais tarde, este casaria comCharlotte a melhor amiga de Elizabeth.
  6. 6. Mais tarde conversando com Mr. Fitzwilliam apercebe-se queMr.Darcy foi o causador da separação de Jane e Mr.Bingley porconsiderar que Jane tinha uma família inadequada.Elizabeth fica perturbada com esta conversa. Quando encontraMr.Darcy, que se declara a ela após ter travado consigopróprio uma luta interior contra questões familiares e deestatuto, pede-a em casamento. Elizabeth rejeita-o e acusa-ode ter separado Jane e Mr.Bingley devido a esse mesmoestatuto familiar. Após isto, Mr.Darcy escreve-lhe explicandoo porquê de alguns dos seus atos com Mr.Wickham.Elizabeth parte para Londres com os seus tios e mais uma vezse encontra com Mr.Darcy. Durante este período Elizabethrecebe uma carta de Jane a explicar-lhe que Lydia, sua irmãmais nova, fugiu com Mr.Wickham.Elizabeth regressa a casa e recebe a notícia de que Lydia se irácasar. Lydia descuida-se e acaba por dizer que afinal tinha sidoMr.Darcy a contribuir para o facto de ela se ir casar.Mr.Bingley regressa a Netherfield e vai a casa da família
  7. 7. Preconc Orgulho eito Conceito de Conceito de orgulho: preconceito: vaidade; ideia ou conceito manifestação do sem fundamento alto apreço ou sério ou conceito em que imparcial; alguém se tem.Mr. Darcy era uma intolerância. A Sr.ª e o Sr.º Bennet nãopessoa muito respeitavam uma educaçãoorgulhosa. Só lhe exigente para com as suasinteressava a sua filhas. Para se ser uma mulher realmenteopinião, mas invejada naquela altura,mesmo assim não o necessitava-se de saberera para todo o
  8. 8. É um livro difícil de perceber, oque exige concentração. Acabapor se tornar interessante aomodo que o vamos lendo.É um bom livro para quem gostade romances, mas talvez confusopara quem não aprecia este tipode livros.

×