Argumentação

1.866 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.866
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
104
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Argumentação

  1. 1. Argumentação♦ O uso da linguagem é essencialmenteargumentativo♦ Nos comunicamos sempre procurando levara conclusões (orientação de enunciados)♦ Assim, toda língua possui mecanismos queorientam a argumentação
  2. 2. Operadores argumentativos Ducrot♦ Operadores argumentativos: elementos dagramática que tem função de indicar a forçaargumentativa do enunciado (oração)♦ Classe argumentativa: conjunto de enunciados(orações) que servem como argumento para determinadaconclusão♦ Escala argumentativa: enunciados de uma classecolocados em ordem de força em favor de uma mesmaconclusão
  3. 3. Operadores argumentativos Ducrot Classe argumentativa, exemplo: João é o melhor candidato, tem boa formação em economia, tem experiência no cargo, não se envolve em negociatas. ] Conclusão:ARG. 1 – tem boa formação em economia João é oARG. 2 – tem experiência no cargo melhorARG. 3 – não se envolve em negociatas candidato
  4. 4. Operadores argumentativos Ducrot Escala argumentativa, exemplo: João é o melhor candidato, não só tem boa formação em economia, mas também tem experiência no cargo e não se envolve em negociatas.argumento mas também tem experiência no cargo Força do e não se envolve em negociatas não só tem boa formação em economia
  5. 5. Operadores argumentativos Ducrot♦ Operadores que assinalam o argumento maisforte de uma escala: Até, até mesmo, inclusiveEX:A apresentação foi coroada de sucesso: estiverampresentes personalidades do mundo artístico,pessoas influentes do meio político e até mesmoo Presidente da República.
  6. 6. DucrotExemplo: “Como consequência de tudo isso, ousuário que baixar algum arquivo semautorização, por exemplo, músicas do ares, serápunido, podendo receber multa ou, até mesmo, deum a três aos de prisão. Isso significa a perda deliberdade na Internet.“Há quem seja contra, cerca de 74,2 milassinaturas de pessoas que se opõem ao projeto.Dizendo que até no fato de acessarmos um siteseria proibido, pois não temos autorização paraisso.”
  7. 7. Operadores argumentativos Ducrot♦ Operadores que somam argumentos a favor deuma mesma conclusão: E, também, ainda, nem, não só... mas também, tanto... como, além de, além disso, a par deEX: O rapaz, além de inteligente, é gentil, deveser uma ótima companhia.
  8. 8. Operadores argumentativos DucrotExemplo: “Além de todas estas oposições há aqueles queafirmam que a lei da uma margem de interpretaçãomuito grande.”“Muitas críticas foram feitas ao projeto, alegando ser umabsurdo o que é proposto, e que a lei trás parágrafosconfusos que podem ser mal interpretados e causarndodanos às pessoas que realmente necessitam da internet.”
  9. 9. Operadores argumentativos Ducrot♦ Outro operador que soma argumento, mas de formacomo se fosse desnecessário, e no entanto é decisivo, éo “golpe final”: aliásEX:A apresentação foi coroada de sucesso: estiverampresentes personalidades do mundo artístico,pessoas influentes do meio político e até mesmoo Presidente da República. Aliás, suaapresentação mereceu um público de alto nível.
  10. 10. Operadores argumentativos Ducrot♦ Operadores que introduzem uma conclusão relativa aum enunciado apresentado anteriormente: Portanto, logo, por conseguinte, pois em decorrência, consequentementeEX:O custo de vida continua subindo, as condiçõesde saúde do povo brasileiro são péssimas e aeducação vai de mal a pior. Portanto não se podedizer que o Brasil esteja prestes a se integrar noprimeiro mundo.
  11. 11. Operadores argumentativos DucrotExemplo: “Copiar informações de uma página, se alei for implantada, será considerado um crime,logo, acontecerá uma retirada em massa de sitesde download.”“Contudo (Portanto), vê-se que a lei Azeredo nãoterá sucesso. A internet não tem como sercontrolada ou limitada e os usuários nuncaaceitarão as imposições da lei.”
  12. 12. Operadores argumentativos Ducrot♦ Operadores que introduzem argumentosalternativos, que levam a conclusões diferentes ouopostas: ou, ou então, quer... quer, seja... sejaEX:Vamos juntos participar da passeata. Ou vocêprefere se omitir e ficar aguardando osacontecimentos?
  13. 13. Operadores argumentativos Ducrot♦ Operadores que estabelecem comparação entreelementos: mais que, menos que, tão... como,EX:Vamos contratar Márcia que é tão competentequanto a Lúcia.
  14. 14. Operadores argumentativos Ducrot♦ Operadores que introduzem uma justificativa ouexplicação relativa ao enunciado anterior: porque, que, já que, poisEX: Teremos que tomar uma atitude comurgência, porque com doença não se brinca.
  15. 15. Operadores argumentativos DucrotExemplo: “Desde que um projeto de lei foi aprovado,a lei Azeredo. Vem causando muita discussão epolêmica, pois muitos não sabem o conteúdo totalque ela engloba.”“A internet ocupa uma parte muito importante navida das pessoas. Sempre que precisamos de algumainformação, recorremos a internet, uma notícia,novidade ou música. Mas agora, muitas coisas quecostumamos fazer estão ameaçadas. Pois há tambémpessoas que fazem o mau uso da internet.”
  16. 16. Operadores argumentativos Ducrot♦ Operadores que introduzem argumentosdeixando subentendida uma escala com outrosargumentos mais fortes:Ao menos, pelo menos, no mínimo. (este deveser inserido logo após os operadores quesinalizam o argumento mais forte)Ex. O rapaz era dotado de grandes ambições.Pensava em ser, no mínimo, prefeito da cidadeonde nascera.
  17. 17. Operadores argumentativos Ducrot♦ Operadores que contrapõem argumentos orientadospara conclusões contrárias:mas (porém, contudo, todavia, no entanto, etc.), embora(ainda que, posto que, apesar de, apesar de que, etc.)Exemplo: O candidato se esforçou para causar boaimpressão, mas sua timidez e insegurança fizeram comque não fosse selecionado.Embora o candidato se tivesse esforçado para causarboa impressão, sua timidez e insegurança fizeram comque não fosse selecionado.
  18. 18. Operadores argumentativos DucrotExemplo: “A lei Azeredo foi criada com as intenções deproporcionar segurança e paz a população acabando comos crimes cibernéticos, porém, para que isto ocorra, estaproibirá atividades on-line e limitará nossa privacidade eliberdade de expressão.”“Em 9 de junho de 2011, o Senado aprovou o projeto delei do senador Eduardo Brandão de Azeredo (iniciado noano de 1996), sobre crimes cibernéticos. Seu rigor, noentanto, vem sendo questionado por especialistas eusuários da rede, pois a privacidade e responsabilidadede ambos é posta em jogo.”
  19. 19. Operadores argumentativos Ducrot♦ operadores que tem por função introduzir noenunciado conteúdos pressupostos:já, ainda, agoraExemplo: Paulo mora no Rio.Paulo ainda mora no Rio.Paulo já não mora no Rio.Paulo agora mora no Rio.
  20. 20. Operadores argumentativos DucrotExemplo de falta de uso:Criada pelo deputado Eduardo Azeredo a lei PL84/99, conhecida como Lei Azeredo, vem sendodiscutida e criticada desde 1999. Agora, em 2011, estafoi reforçada em 2011 por causa dos ataques a sitesgovernamentais.
  21. 21. Operadores argumentativos Ducrot♦ Operadores que se distribuem em escalas opostas,isto é, um deles funciona numa escala orientada para aafirmação total e o outro, para a negação total.às vezes, tais operadores são morfologicamenterelacionados, como é o caso de um pouco e pouco.Exemplo: Será que Ana vai passar? Ela estudou umpouco ( b) ela estudou pouco.
  22. 22. Operadores argumentativos DucrotQuase e ApenasQuase aponta para a afirmação da totalidade e por issocombina com a maioria:A maioria dos cidadãos já vota conscientemente;Quase aponta para a afirmação da totalidade e por issocombina com a maioria:A maioria dos cidadãos já vota conscientemente: quase 80%.São poucos, mesmo agora, os que votam conscientemente:apenas 30%.Apenas combina com poucos porque aponta para a negaçãoda totalidade

×