SlideShare uma empresa Scribd logo
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
  Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
     10 possíveis temas para o ENEM 2012

3. As questões ambientais;
4. Bullying;
5. Violência nas escolas;
6. A violência no trânsito;
7. Participação política;
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
   Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com


2.   Álcool X Trânsito;
3.   Desarmamento;
4.   Desigualdade social;
5.   Esporte como fator de inclusão social;
6.   Comportamento jovem nas mídias sociais
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
       Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
                        O uso da vírgula
   Ex.: A mãe da garota eufórica resolveu buscá-la mais
    cedo no colégio.
   Ex.: A mãe da garota, eufórica, resolveu buscá-la mais
    cedo no colégio.
   Ex.:O aluno nervoso deixou a sala.
   Ex.: O aluno, nervoso, deixou a sala.
   Ex.:Os professores que batalharam na greve irão ter um
    bom reajuste salarial.
   Ex.: Os professores, que batalharam na greve, irão ter
    um bom aumento salarial.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
       Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
                    O VALOR DA PONTUAÇÃO
   Um homem rico, sentindo-se morrer, pediu papel e pena, e
    escreveu assim:
   "Deixo os meus bens à minha irmã não a meu sobrinho
    jamais será paga a conta do alfaiate nada aos pobres".
    Não teve tempo de pontuar e morreu.
   A quem ele deixava a fortuna que tinha? Eram quatro os
    concorrentes.
   Chegou o sobrinho e fez estas pontuações numa cópia do
    bilhete:
   "Deixo os meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será
    paga a conta do alfaiate! Nada aos pobres!"
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
       Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
   A irmã do morto chegou em seguida, com outra cópia do
    escrito; e pontuou-a deste modo:
   "Deixo os meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho! Jamais será
    paga a conta do alfaiate! Nada aos pobres!“
   Surgiu o alfaiate que, pedindo a cópia do original, fez estas
    pontuações:
   "Deixo os meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais!
    Será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres!".
   O juiz estudava o caso, quando chegaram os pobres da
    cidade. Um deles, mais sabido, tomando outra cópia,
    pontuou-a assim:
   "Deixo os meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais!
    Será paga a conta do alfaiate? Nada! Aos pobres."
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
    Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
       Pontuação e adequação de palavras e/ou expressões
   Como vemos os políticos estão mais preocupados
    com o seu bem estar seja ele qual for e acaba
    esquecendo de exercer de fato sua função que é lutar
    por um país mais justo e compromissor com seus
    deveres.
   Como vemos, os políticos estão mais preocupados
    com o seu bem estar, seja ele qual for, e acabam
    esquecendo de exercer de fato sua função, que é lutar
    por um país mais justo e compromissado com seus
    deveres.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
  Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
As pessoas em modo geral estão perdendo
 o interesse pela política, pois, o mundo que
 vivemos possui uma política “mecenária”,
 onde todos só pensam em seu mercado
 financeiro.
 As pessoas, de          modo geral, estão
 perdendo o interesse pela política, pois o
 mundo em que vivemos possui uma política
 “mercenária”, onde todos só pensam no
 mercado financeiro.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
      Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 Desde muitos anos a maior parte da sociedade
  tem relacionado política a grupos partidários e
  pensam que é um assunto desnecessário, porém
  é necessário, que seja discutido pois abrange
  varias áreas de grande importância para a
  população como: econômia, saúde, urbanização
  e direito.
 Há um bom tempo a maior parte da sociedade
  tem relacionado política a grupos partidários e
  pensa que é um assunto desnecessário, porém é
  necessário que seja discutido, pois abrange várias
  áreas de grande importância para a população,
  como economia, saúde, urbanização e direito.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
  Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 A participação politica não é superavel pois
  ela, como a sociedade é pressuposto da
  existência de seu objeto.
 A participação politica não é superável, pois
  ela, como a sociedade, é pressuposto da
  existência de seu objeto.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
    Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
A política seria um processo de atuação para a
melhoria do país, mas como podemos perceber,
no mundo contemporâneo não está sendo
assim, os administradores estão focalizando
mais em política econômica, isso porque
priorizam em “dinheiro” e não em trabalho.
A política seria um processo de atuação para a
melhoria do país, mas, como podemos perceber,
no mundo contemporâneo não está sendo
assim. Os administradores estão priorizando
mais as políticas econômicas em detrimento das
sociais.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
  Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 O Brasil está um país relativamente bom
  graças a ditadura militar que lutaram e
  morreram para defender seus direitos.
 O Brasil está um país relativamente bom
  graças à ditadura militar, que lutaram e
  morreram para defender seus direitos.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
      Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 A sociedade tem como dever principal, a
  participação na política, o apoio nela
  contribue para que haja uma instabilidade do
  governo. Países conseguiram se reerguer
  graças ao apoio prestado pelos habitantes
  desse.
 A sociedade tem como dever principal a
  participação na política, fato que contribui
  para que haja uma estabilidade do governo.
  Países conseguiram se reerguer graças ao
  apoio prestado pelos seus cidadãos.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
    Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
Na maioria dos casos os jovens não dão a
mínima para política, um erro pois aí é que está
a salvação para um país mais, digno, complexo,
igual e vitoriozo. Muitos tem que se aproximar
mais, buscar interesse deste meio.
Na maioria dos casos os jovens não dão
importância para a política, o que é um erro,
pois aí é que está o caminho para um país mais
digno, solidário, igual e vitorioso. Há a
necessidade de se aproximar mais deste
assunto, principalmente os jovens,
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
  Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 Cada vez mais frequentes no Brasil, o termo
  política está sendo banalizado. Nesse
  âmbito podemos constatar, o conceito
  dessa conjuntura para a nossa sociedade.
 Cada vez mais frequente no Brasil, o termo
  política está sendo banalizado. Nesse
  âmbito, podemos constatar o conceito
  dessa conjuntura para a nossa sociedade.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
      Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
 Sabemos que é essêncial a participação da
  população sobre o poder público. Porém, muito
  principalmente os jovens, estão fazendo ao
  contrário; não participando de diálogos políticos.
  Para saber como estar a situação no país, se
  existe regularidades ou irregularidades na
  educação e saúde do cidadão.
 Sabemos que é essencial a participação da
  população nas políticas públicas. Porém, muitos,
  principalmente os jovens, estão fazendo o
  contrário; não participam de diálogos políticos,
  para saber, por exemplo, como está a situação no
  país, se existem regularidades ou irregularidades
  na educação e saúde do cidadão.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
      Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
    As frases abaixo correspondem a tentativas de corrigir o erro de virgulação
     apontado por Celso Pedro Luft na série de exemplos que apresenta.
    I. “P orque as respostas não satisfazem.”
    II. “E , muitas vezes, ele não se adapta ao meio em que vive.”
    III. “P ois o homem é, um ser social.”
    IV. “A sociedade deve, pois, lutar pela j
                                             ustiça social.”
    As frases em que o problema de virgulação foi resolvido adequadamente
     estão contidas apenas em:
    (A) I e II.
    (B) I e III.
    (C) I, II e III.
    (D) I, II e IV.
    (E) II, III e IV.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
       Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
   A s vírgulas e r r a d a s , ao contrário, retratam a c o n f u s ã o mental, a
    in d is c ip l in a do espírito, o ma u domínio das ideias e do fraseado.
   As quatro palavras destacadas nesta frase, se substituídas, na ordem adequada,
    pelas palavras da relação abaixo, produzem outra frase, de sentido oposto:
   I. disciplina.
   II. organização.
   III. bom.
   IV. corretas.
   Aponte a alternativa que indica a ordem em que se deve fazer a substituição:
   (A) I, II, III, IV.
   (B) II, III, IV, I.
   (C) IV, II, I, III.
   (D) III, I, II, IV.
   (E) IV, I, III, II.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
       Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
   A manhã serão doutores, e a vírgula continuará sendo um obj não identificado.
                                                              eto
   Com base nesta previsão, o autor acredita que:
   (A) com a internet, futuramente a vírgula se tornará desnecessária e
    desconhecida.
   (B) todos os doutores esquecem o que aprenderam sobre a
   vírgula.
   (C) quanto à sintaxe, não se pode dizer se a vírgula é objeto
   direto ou indireto.
   (D) no futuro, os doutores precisarão consultar ufos para aprender a usar a
    vírgula.
   (E) mesmo depois de formadas, muitas pessoas não saberão
   usar a vírgula.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
   Blog - http://profjcmendonca.blogspot
               Vírgula proibida:
 _ Entre sujeito e predicado
 Ex.: O ministro das Relações Exteriores da
  França está em Brasília.
 _ Entre verbo e seu(s) complemento(s)
 Ex.: O ministro informou aos jornalistas que
  não participará da entrevista
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
        Blog - http://profjcmendonca.blogspot
                     Vírgula obrigatória
   _ Depois de orações adverbiais antepostas
   Ex.: Ao deixar o governo, o prefeito voltará a dar aulas
    na universidade.
   _ Antes do que que introduz oração explicativa
   Ex.: Nosso time, que ganhou o torneio neste ano, foi vice
    dessa competição em 98 e 99.
   _ Quando há elipse do verbo
   Ex.: Os cariocas preferem praia; os paulistas,
    (preferem) shopping.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
   Blog - http://profjcmendonca.blogspot
   _ Para separar conjunções contíguas
   Ex.: Irá a São Paulo, mas, se não receber o cachê
    antes, não cantará.
   _ Antes de mas (com sentido de porém), porém,
    contudo, entretanto, todavia, portanto, por isso
    etc.
   Ex.: Jogou bem, mas perdeu.
   Ex.: Estudou, porém foi reprovado.
   Ex.: O acordo não será renovado, portanto os
    empregos serão mantidos.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
   Blog - http://profjcmendonca.blogspot
   _ Antes de e que introduza oração de sujeito
    diferente do da anterior.
   Ex.: Os jovens vão á luta, e os idosos se
    acomodam.
   _ Para separar adjuntos adverbiais de natureza
    diferente.
   Ex.: Ontem à noite, na Vila Belmiro, sem sete titulares,
    sob chuva forte, o Santos derrotou o Juventude.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
   Blog - http://profjcmendonca.blogspot
                    Vírgula optativa
_ Depois de no entanto, entretanto, por isso,
  porém, contudo, portanto, todavia, quando
  essas palavras ou expressões iniciarem o
  período
   Ex.: No entanto o presidente deixou claro que
    não aceitará a proposta da oposição.
   Ou/
   Ex.: No entanto, o presidente deixou claro que
    não aceitará a proposta da oposição.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
    Blog - http://profjcmendonca.blogspot

_ Atenção: essa opção não existe quando
essas palavras ou expressões não
iniciarem o período.
Ex.: O presidente aceita participar da
reunião, no entanto avisa que não aceitará
a proposta da oposição.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
       Blog - http://profjcmendonca.blogspot
_ Antes de orações adverbiais de alguma extensão que
venham depois da principal.
Ex.: O prefeito deixará o partido se a Câmara aprovar a
CPI sobre títulos públicos.
Ou/

Ex.:O prefeito deixará o partido, se a Câmara aprovar a
CPI dos títulos públicos.
Ex.:O jogador não disputará a próxima partida porque foi
suspenso pelo Tribunal de Justiça da CBF.
Ou/

Ex.: O jogador não disputará a próxima partida, porque foi
suspenso pelo Tribunal de Justiça da CBF.
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
         Blog - http://profjcmendonca.blogspot
_ Com expressões adverbiais breves, antepostas ou
intercaladas.
Ex.: O São Paulo enfrenta neste sábado mais um desafio.

Ou

Ex.: O São Paulo enfrenta, neste sábado, mais um desafio.

Ex.:
    O governador participará em Brasília de uma reunião
com o ministro da Fazenda.
Ou

Ex.: O governador participará, em Brasília, de uma
reunião com o ministro da Fazenda.

Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
        Blog - http://profjcmendonca.blogspot
                          Atividade
   01 – Escreva duas frases para cada frase abaixo,
    observando os termos de transição presentes e a
    coerência que deve existir entre elas.
   A – A pena de morte é solução perigosa. De um lado,...
    De outro,...
   B – A nação precisa apurar todos os casos de corrupção
    denunciados pela imprensa. Primeiramente,...
    Depois, ...
   C – O Nordeste é uma das regiões mais esquecidas do
    Brasil. Enquanto..., ... Antes de tudo
   D – Ser cidadão é ter seus direitos respeitados. No
    entanto, ... Mais do que nunca, ...
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
   Blog - http://profjcmendonca.blogspot
   E – A seca tem castigado o Nordeste
    brasileiro. Além de... Consequentemente, ...
   F – O mundo finalmente se volta para a
    Amazônia. Ainda bem que ... Assim, ...
   G – O ingresso do jovem numa universidade o
    deixa sempre feliz. Em primeiro lugar, ... Em
    segundo, ...
Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a
   Blog - http://profjcmendonca.blogspot

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.
Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.
Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.
João Mendonça
 
áGua um direito de todos
áGua um direito de todosáGua um direito de todos
áGua um direito de todos
João Mendonça
 
A redação enem dicas
A redação enem dicasA redação enem dicas
A redação enem dicas
João Mendonça
 
O trabalho escravo no Brasil do século XXI
O trabalho escravo no Brasil do século XXIO trabalho escravo no Brasil do século XXI
O trabalho escravo no Brasil do século XXI
João Mendonça
 
O processo adotivo no brasil
O processo adotivo no brasilO processo adotivo no brasil
O processo adotivo no brasil
João Mendonça
 
Reconstrução de escrita
Reconstrução de escritaReconstrução de escrita
Reconstrução de escrita
João Mendonça
 
Linguagem e estrutura da redação
Linguagem e estrutura da redaçãoLinguagem e estrutura da redação
Linguagem e estrutura da redação
João Mendonça
 
Consumo e sustentabilidade
Consumo e sustentabilidadeConsumo e sustentabilidade
Consumo e sustentabilidade
João Mendonça
 
Estrutura da redação enem
Estrutura da redação enemEstrutura da redação enem
Estrutura da redação enem
João Mendonça
 
A problemática da moradia no brasil
A problemática da moradia no brasilA problemática da moradia no brasil
A problemática da moradia no brasil
João Mendonça
 
Apostila pré
Apostila préApostila pré
Apostila pré
Silviene Florentino
 
O processo adotivo no brasil
O processo adotivo no brasilO processo adotivo no brasil
O processo adotivo no brasil
João Mendonça
 
Estatuto da pessoa com dificiência
Estatuto da pessoa com dificiênciaEstatuto da pessoa com dificiência
Estatuto da pessoa com dificiência
João Mendonça
 
Como iniciar um texto
Como iniciar um textoComo iniciar um texto
Como iniciar um texto
Aninha Terçariol
 
Tecn assuntos educacionais
Tecn assuntos educacionaisTecn assuntos educacionais
Tecn assuntos educacionais
Carmen Machado
 
Obesidade e mobilidade urbana
Obesidade e mobilidade urbanaObesidade e mobilidade urbana
Obesidade e mobilidade urbana
João Mendonça
 
O aumento da expectativa de vida no brasil
O aumento da expectativa de vida no brasilO aumento da expectativa de vida no brasil
O aumento da expectativa de vida no brasil
João Mendonça
 
Os desafios de viver em sociedade
Os desafios de viver em sociedadeOs desafios de viver em sociedade
Os desafios de viver em sociedade
João Mendonça
 
O trabalho voluntariado no Brasil
O trabalho voluntariado no BrasilO trabalho voluntariado no Brasil
O trabalho voluntariado no Brasil
João Mendonça
 
Portal Prof. Jorge - Redação: Introdução
Portal Prof. Jorge - Redação: IntroduçãoPortal Prof. Jorge - Redação: Introdução
Portal Prof. Jorge - Redação: Introdução
Jonathan Azevedo
 

Mais procurados (20)

Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.
Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.
Temas para o Enem 2013 e Redação exemplo comentada.
 
áGua um direito de todos
áGua um direito de todosáGua um direito de todos
áGua um direito de todos
 
A redação enem dicas
A redação enem dicasA redação enem dicas
A redação enem dicas
 
O trabalho escravo no Brasil do século XXI
O trabalho escravo no Brasil do século XXIO trabalho escravo no Brasil do século XXI
O trabalho escravo no Brasil do século XXI
 
O processo adotivo no brasil
O processo adotivo no brasilO processo adotivo no brasil
O processo adotivo no brasil
 
Reconstrução de escrita
Reconstrução de escritaReconstrução de escrita
Reconstrução de escrita
 
Linguagem e estrutura da redação
Linguagem e estrutura da redaçãoLinguagem e estrutura da redação
Linguagem e estrutura da redação
 
Consumo e sustentabilidade
Consumo e sustentabilidadeConsumo e sustentabilidade
Consumo e sustentabilidade
 
Estrutura da redação enem
Estrutura da redação enemEstrutura da redação enem
Estrutura da redação enem
 
A problemática da moradia no brasil
A problemática da moradia no brasilA problemática da moradia no brasil
A problemática da moradia no brasil
 
Apostila pré
Apostila préApostila pré
Apostila pré
 
O processo adotivo no brasil
O processo adotivo no brasilO processo adotivo no brasil
O processo adotivo no brasil
 
Estatuto da pessoa com dificiência
Estatuto da pessoa com dificiênciaEstatuto da pessoa com dificiência
Estatuto da pessoa com dificiência
 
Como iniciar um texto
Como iniciar um textoComo iniciar um texto
Como iniciar um texto
 
Tecn assuntos educacionais
Tecn assuntos educacionaisTecn assuntos educacionais
Tecn assuntos educacionais
 
Obesidade e mobilidade urbana
Obesidade e mobilidade urbanaObesidade e mobilidade urbana
Obesidade e mobilidade urbana
 
O aumento da expectativa de vida no brasil
O aumento da expectativa de vida no brasilO aumento da expectativa de vida no brasil
O aumento da expectativa de vida no brasil
 
Os desafios de viver em sociedade
Os desafios de viver em sociedadeOs desafios de viver em sociedade
Os desafios de viver em sociedade
 
O trabalho voluntariado no Brasil
O trabalho voluntariado no BrasilO trabalho voluntariado no Brasil
O trabalho voluntariado no Brasil
 
Portal Prof. Jorge - Redação: Introdução
Portal Prof. Jorge - Redação: IntroduçãoPortal Prof. Jorge - Redação: Introdução
Portal Prof. Jorge - Redação: Introdução
 

Destaque

Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
Cleber Reis
 
O uso do celular em sala de aula
O uso do celular em sala de aulaO uso do celular em sala de aula
O uso do celular em sala de aula
João Mendonça
 
Redação
RedaçãoRedação
Redação
janekenia
 
Argumentação
ArgumentaçãoArgumentação
Argumentação
Marianna Ribeiro
 
Construindo a argumentação aula 3
Construindo a argumentação aula 3Construindo a argumentação aula 3
Construindo a argumentação aula 3
ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL RUI BARBOSA
 
Argumentação
ArgumentaçãoArgumentação
Argumentação
jasonrplima
 
Temas de atualidades
Temas de atualidadesTemas de atualidades
Temas de atualidades
João Mendonça
 
Observações acerca do 1º simulado
Observações acerca do 1º simuladoObservações acerca do 1º simulado
Observações acerca do 1º simulado
João Mendonça
 
O trabalho escravo no brasil de hoje
O trabalho escravo no brasil de hojeO trabalho escravo no brasil de hoje
O trabalho escravo no brasil de hoje
João Mendonça
 
Trazer ou não mais médicos para o Brasil
Trazer ou não mais médicos para o BrasilTrazer ou não mais médicos para o Brasil
Trazer ou não mais médicos para o Brasil
João Mendonça
 
Aula de Redação nº 02
Aula de Redação nº 02Aula de Redação nº 02
Aula de Redação nº 02
João Mendonça
 
Errros do 2º simulado
Errros do 2º simuladoErrros do 2º simulado
Errros do 2º simulado
João Mendonça
 
Realismo/Naturalismo
Realismo/NaturalismoRealismo/Naturalismo
Realismo/Naturalismo
João Mendonça
 
Correções linguísticas de redações
Correções linguísticas de redaçõesCorreções linguísticas de redações
Correções linguísticas de redações
João Mendonça
 
Pec das domésticas justiça social com as próprias mãos
Pec das domésticas  justiça social com as próprias mãosPec das domésticas  justiça social com as próprias mãos
Pec das domésticas justiça social com as próprias mãos
João Mendonça
 
Aula de Redação nº 20
Aula de Redação nº 20Aula de Redação nº 20
Aula de Redação nº 20
João Mendonça
 
O dilema das drogas (internação compulsória)
O dilema das drogas (internação compulsória)O dilema das drogas (internação compulsória)
O dilema das drogas (internação compulsória)
João Mendonça
 
Competências avaliativas
Competências avaliativasCompetências avaliativas
Competências avaliativas
João Mendonça
 

Destaque (20)

Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
O uso do celular em sala de aula
O uso do celular em sala de aulaO uso do celular em sala de aula
O uso do celular em sala de aula
 
Redação
RedaçãoRedação
Redação
 
Argumentação
ArgumentaçãoArgumentação
Argumentação
 
Construindo a argumentação aula 3
Construindo a argumentação aula 3Construindo a argumentação aula 3
Construindo a argumentação aula 3
 
Argumentação
ArgumentaçãoArgumentação
Argumentação
 
Temas de atualidades
Temas de atualidadesTemas de atualidades
Temas de atualidades
 
O caminho da escrita
O caminho da escritaO caminho da escrita
O caminho da escrita
 
Observações acerca do 1º simulado
Observações acerca do 1º simuladoObservações acerca do 1º simulado
Observações acerca do 1º simulado
 
O trabalho escravo no brasil de hoje
O trabalho escravo no brasil de hojeO trabalho escravo no brasil de hoje
O trabalho escravo no brasil de hoje
 
Noite da gratidão 2012
Noite da gratidão 2012Noite da gratidão 2012
Noite da gratidão 2012
 
Trazer ou não mais médicos para o Brasil
Trazer ou não mais médicos para o BrasilTrazer ou não mais médicos para o Brasil
Trazer ou não mais médicos para o Brasil
 
Aula de Redação nº 02
Aula de Redação nº 02Aula de Redação nº 02
Aula de Redação nº 02
 
Errros do 2º simulado
Errros do 2º simuladoErrros do 2º simulado
Errros do 2º simulado
 
Realismo/Naturalismo
Realismo/NaturalismoRealismo/Naturalismo
Realismo/Naturalismo
 
Correções linguísticas de redações
Correções linguísticas de redaçõesCorreções linguísticas de redações
Correções linguísticas de redações
 
Pec das domésticas justiça social com as próprias mãos
Pec das domésticas  justiça social com as próprias mãosPec das domésticas  justiça social com as próprias mãos
Pec das domésticas justiça social com as próprias mãos
 
Aula de Redação nº 20
Aula de Redação nº 20Aula de Redação nº 20
Aula de Redação nº 20
 
O dilema das drogas (internação compulsória)
O dilema das drogas (internação compulsória)O dilema das drogas (internação compulsória)
O dilema das drogas (internação compulsória)
 
Competências avaliativas
Competências avaliativasCompetências avaliativas
Competências avaliativas
 

Semelhante a Aula de Redação nº 14 e 15

Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6
João Mendonça
 
Exemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de OpiniãoExemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de Opinião
7 de Setembro
 
O que você tem a ver com a corrupção?
O que você tem a ver com a corrupção?O que você tem a ver com a corrupção?
O que você tem a ver com a corrupção?
JCI Londrina
 
O que você tem a ver com a corrupção?
O que você tem a ver com a corrupção?O que você tem a ver com a corrupção?
O que você tem a ver com a corrupção?
Ministério Público de Santa Catarina
 
Aula de Redação nº 10
Aula de Redação nº 10Aula de Redação nº 10
Aula de Redação nº 10
João Mendonça
 
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 31
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 31Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 31
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 31
Valter Gomes
 
Prova Contratualistas, sistemas políticos e globalização
Prova Contratualistas, sistemas políticos e globalizaçãoProva Contratualistas, sistemas políticos e globalização
Prova Contratualistas, sistemas políticos e globalização
Jorge Fuentes
 
SIMULADO Português 1º ano
SIMULADO Português 1º anoSIMULADO Português 1º ano
SIMULADO Português 1º ano
ananiasdoamaral
 
29385861 exercicio-de-historia
29385861 exercicio-de-historia29385861 exercicio-de-historia
29385861 exercicio-de-historia
Acacia Sobrenome
 
Atividade de intervenção pedagógica a cabeça dos nossos jovens
Atividade de intervenção pedagógica   a cabeça dos nossos jovensAtividade de intervenção pedagógica   a cabeça dos nossos jovens
Atividade de intervenção pedagógica a cabeça dos nossos jovens
Neusa Lima
 
Conceito de analfabeto político
Conceito de analfabeto políticoConceito de analfabeto político
Conceito de analfabeto político
Arlindo Tolentino
 
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. XXX
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. XXXFolhetim do Estudante - Ano III - Núm. XXX
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. XXX
Valter Gomes
 
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdfQUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
EdigleumaThatianydeO
 
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
emanuel
 
Tema
TemaTema
Cidadania e direitos sociais (1)
Cidadania e direitos sociais (1)Cidadania e direitos sociais (1)
Cidadania e direitos sociais (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Dissertação completa.pptx
Dissertação completa.pptxDissertação completa.pptx
Dissertação completa.pptx
AndreRamos99
 
Palestra no Sebrae - Ceará. Redes Digitais e os negócios
Palestra no Sebrae - Ceará. Redes Digitais e os negóciosPalestra no Sebrae - Ceará. Redes Digitais e os negócios
Palestra no Sebrae - Ceará. Redes Digitais e os negócios
Emílio Moreno
 
Corrupção para os Economistas
Corrupção para os EconomistasCorrupção para os Economistas
Corrupção para os Economistas
Matheus Albergaria
 
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
3° simulado ENEM -  matematica e linguagens3° simulado ENEM -  matematica e linguagens
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
emanuel
 

Semelhante a Aula de Redação nº 14 e 15 (20)

Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6
 
Exemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de OpiniãoExemplos de Artigo de Opinião
Exemplos de Artigo de Opinião
 
O que você tem a ver com a corrupção?
O que você tem a ver com a corrupção?O que você tem a ver com a corrupção?
O que você tem a ver com a corrupção?
 
O que você tem a ver com a corrupção?
O que você tem a ver com a corrupção?O que você tem a ver com a corrupção?
O que você tem a ver com a corrupção?
 
Aula de Redação nº 10
Aula de Redação nº 10Aula de Redação nº 10
Aula de Redação nº 10
 
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 31
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 31Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 31
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. 31
 
Prova Contratualistas, sistemas políticos e globalização
Prova Contratualistas, sistemas políticos e globalizaçãoProva Contratualistas, sistemas políticos e globalização
Prova Contratualistas, sistemas políticos e globalização
 
SIMULADO Português 1º ano
SIMULADO Português 1º anoSIMULADO Português 1º ano
SIMULADO Português 1º ano
 
29385861 exercicio-de-historia
29385861 exercicio-de-historia29385861 exercicio-de-historia
29385861 exercicio-de-historia
 
Atividade de intervenção pedagógica a cabeça dos nossos jovens
Atividade de intervenção pedagógica   a cabeça dos nossos jovensAtividade de intervenção pedagógica   a cabeça dos nossos jovens
Atividade de intervenção pedagógica a cabeça dos nossos jovens
 
Conceito de analfabeto político
Conceito de analfabeto políticoConceito de analfabeto político
Conceito de analfabeto político
 
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. XXX
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. XXXFolhetim do Estudante - Ano III - Núm. XXX
Folhetim do Estudante - Ano III - Núm. XXX
 
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdfQUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
QUESTAO_Questoes_interpretacao_de_textos.pdf
 
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
3o simulado ENEM (domingo) - Gabarito comentado
 
Tema
TemaTema
Tema
 
Cidadania e direitos sociais (1)
Cidadania e direitos sociais (1)Cidadania e direitos sociais (1)
Cidadania e direitos sociais (1)
 
Dissertação completa.pptx
Dissertação completa.pptxDissertação completa.pptx
Dissertação completa.pptx
 
Palestra no Sebrae - Ceará. Redes Digitais e os negócios
Palestra no Sebrae - Ceará. Redes Digitais e os negóciosPalestra no Sebrae - Ceará. Redes Digitais e os negócios
Palestra no Sebrae - Ceará. Redes Digitais e os negócios
 
Corrupção para os Economistas
Corrupção para os EconomistasCorrupção para os Economistas
Corrupção para os Economistas
 
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
3° simulado ENEM -  matematica e linguagens3° simulado ENEM -  matematica e linguagens
3° simulado ENEM - matematica e linguagens
 

Mais de João Mendonça

Lixo no Brasi: um grave problema ambiental
Lixo no Brasi: um grave problema ambientalLixo no Brasi: um grave problema ambiental
Lixo no Brasi: um grave problema ambiental
João Mendonça
 
Os desafios dos indígenas na contemporaneidade
Os desafios dos indígenas na contemporaneidadeOs desafios dos indígenas na contemporaneidade
Os desafios dos indígenas na contemporaneidade
João Mendonça
 
Justiça com as próprias mãos
Justiça com as próprias mãosJustiça com as próprias mãos
Justiça com as próprias mãos
João Mendonça
 
Particularidades lexicais da língua portuguesa
Particularidades lexicais da língua portuguesaParticularidades lexicais da língua portuguesa
Particularidades lexicais da língua portuguesa
João Mendonça
 
O crescente número de suicídios no Brasil
O crescente número de suicídios no BrasilO crescente número de suicídios no Brasil
O crescente número de suicídios no Brasil
João Mendonça
 
Os desafios de conviver em sociedade no século XXI
Os desafios de conviver em sociedade no século XXIOs desafios de conviver em sociedade no século XXI
Os desafios de conviver em sociedade no século XXI
João Mendonça
 
A obesidade no brasil
A obesidade no brasilA obesidade no brasil
A obesidade no brasil
João Mendonça
 
O papel do professor no século xxi
O papel do professor no século xxiO papel do professor no século xxi
O papel do professor no século xxi
João Mendonça
 
Valorização da cultura nacional na formação da identidade
Valorização da cultura nacional na formação da identidade Valorização da cultura nacional na formação da identidade
Valorização da cultura nacional na formação da identidade
João Mendonça
 
O esporte como inclusão social
O esporte como inclusão socialO esporte como inclusão social
O esporte como inclusão social
João Mendonça
 
Intolerância religiosa
Intolerância religiosaIntolerância religiosa
Intolerância religiosa
João Mendonça
 
Trabalho voluntário
Trabalho voluntárioTrabalho voluntário
Trabalho voluntário
João Mendonça
 
O desperdício de alimentos
O desperdício de alimentosO desperdício de alimentos
O desperdício de alimentos
João Mendonça
 

Mais de João Mendonça (13)

Lixo no Brasi: um grave problema ambiental
Lixo no Brasi: um grave problema ambientalLixo no Brasi: um grave problema ambiental
Lixo no Brasi: um grave problema ambiental
 
Os desafios dos indígenas na contemporaneidade
Os desafios dos indígenas na contemporaneidadeOs desafios dos indígenas na contemporaneidade
Os desafios dos indígenas na contemporaneidade
 
Justiça com as próprias mãos
Justiça com as próprias mãosJustiça com as próprias mãos
Justiça com as próprias mãos
 
Particularidades lexicais da língua portuguesa
Particularidades lexicais da língua portuguesaParticularidades lexicais da língua portuguesa
Particularidades lexicais da língua portuguesa
 
O crescente número de suicídios no Brasil
O crescente número de suicídios no BrasilO crescente número de suicídios no Brasil
O crescente número de suicídios no Brasil
 
Os desafios de conviver em sociedade no século XXI
Os desafios de conviver em sociedade no século XXIOs desafios de conviver em sociedade no século XXI
Os desafios de conviver em sociedade no século XXI
 
A obesidade no brasil
A obesidade no brasilA obesidade no brasil
A obesidade no brasil
 
O papel do professor no século xxi
O papel do professor no século xxiO papel do professor no século xxi
O papel do professor no século xxi
 
Valorização da cultura nacional na formação da identidade
Valorização da cultura nacional na formação da identidade Valorização da cultura nacional na formação da identidade
Valorização da cultura nacional na formação da identidade
 
O esporte como inclusão social
O esporte como inclusão socialO esporte como inclusão social
O esporte como inclusão social
 
Intolerância religiosa
Intolerância religiosaIntolerância religiosa
Intolerância religiosa
 
Trabalho voluntário
Trabalho voluntárioTrabalho voluntário
Trabalho voluntário
 
O desperdício de alimentos
O desperdício de alimentosO desperdício de alimentos
O desperdício de alimentos
 

Último

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 

Último (20)

O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 

Aula de Redação nº 14 e 15

  • 1. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  10 possíveis temas para o ENEM 2012 3. As questões ambientais; 4. Bullying; 5. Violência nas escolas; 6. A violência no trânsito; 7. Participação política;
  • 2. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com 2. Álcool X Trânsito; 3. Desarmamento; 4. Desigualdade social; 5. Esporte como fator de inclusão social; 6. Comportamento jovem nas mídias sociais
  • 3. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  O uso da vírgula  Ex.: A mãe da garota eufórica resolveu buscá-la mais cedo no colégio.  Ex.: A mãe da garota, eufórica, resolveu buscá-la mais cedo no colégio.  Ex.:O aluno nervoso deixou a sala.  Ex.: O aluno, nervoso, deixou a sala.  Ex.:Os professores que batalharam na greve irão ter um bom reajuste salarial.  Ex.: Os professores, que batalharam na greve, irão ter um bom aumento salarial.
  • 4. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  O VALOR DA PONTUAÇÃO  Um homem rico, sentindo-se morrer, pediu papel e pena, e escreveu assim:  "Deixo os meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do alfaiate nada aos pobres". Não teve tempo de pontuar e morreu.  A quem ele deixava a fortuna que tinha? Eram quatro os concorrentes.  Chegou o sobrinho e fez estas pontuações numa cópia do bilhete:  "Deixo os meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho. Jamais será paga a conta do alfaiate! Nada aos pobres!"
  • 5. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  A irmã do morto chegou em seguida, com outra cópia do escrito; e pontuou-a deste modo:  "Deixo os meus bens à minha irmã. Não a meu sobrinho! Jamais será paga a conta do alfaiate! Nada aos pobres!“  Surgiu o alfaiate que, pedindo a cópia do original, fez estas pontuações:  "Deixo os meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres!".  O juiz estudava o caso, quando chegaram os pobres da cidade. Um deles, mais sabido, tomando outra cópia, pontuou-a assim:  "Deixo os meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho? Jamais! Será paga a conta do alfaiate? Nada! Aos pobres."
  • 6. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  Pontuação e adequação de palavras e/ou expressões  Como vemos os políticos estão mais preocupados com o seu bem estar seja ele qual for e acaba esquecendo de exercer de fato sua função que é lutar por um país mais justo e compromissor com seus deveres.  Como vemos, os políticos estão mais preocupados com o seu bem estar, seja ele qual for, e acabam esquecendo de exercer de fato sua função, que é lutar por um país mais justo e compromissado com seus deveres.
  • 7. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com As pessoas em modo geral estão perdendo o interesse pela política, pois, o mundo que vivemos possui uma política “mecenária”, onde todos só pensam em seu mercado financeiro.  As pessoas, de modo geral, estão perdendo o interesse pela política, pois o mundo em que vivemos possui uma política “mercenária”, onde todos só pensam no mercado financeiro.
  • 8. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  Desde muitos anos a maior parte da sociedade tem relacionado política a grupos partidários e pensam que é um assunto desnecessário, porém é necessário, que seja discutido pois abrange varias áreas de grande importância para a população como: econômia, saúde, urbanização e direito.  Há um bom tempo a maior parte da sociedade tem relacionado política a grupos partidários e pensa que é um assunto desnecessário, porém é necessário que seja discutido, pois abrange várias áreas de grande importância para a população, como economia, saúde, urbanização e direito.
  • 9. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  A participação politica não é superavel pois ela, como a sociedade é pressuposto da existência de seu objeto.  A participação politica não é superável, pois ela, como a sociedade, é pressuposto da existência de seu objeto.
  • 10. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com A política seria um processo de atuação para a melhoria do país, mas como podemos perceber, no mundo contemporâneo não está sendo assim, os administradores estão focalizando mais em política econômica, isso porque priorizam em “dinheiro” e não em trabalho. A política seria um processo de atuação para a melhoria do país, mas, como podemos perceber, no mundo contemporâneo não está sendo assim. Os administradores estão priorizando mais as políticas econômicas em detrimento das sociais.
  • 11. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  O Brasil está um país relativamente bom graças a ditadura militar que lutaram e morreram para defender seus direitos.  O Brasil está um país relativamente bom graças à ditadura militar, que lutaram e morreram para defender seus direitos.
  • 12. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  A sociedade tem como dever principal, a participação na política, o apoio nela contribue para que haja uma instabilidade do governo. Países conseguiram se reerguer graças ao apoio prestado pelos habitantes desse.  A sociedade tem como dever principal a participação na política, fato que contribui para que haja uma estabilidade do governo. Países conseguiram se reerguer graças ao apoio prestado pelos seus cidadãos.
  • 13. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com Na maioria dos casos os jovens não dão a mínima para política, um erro pois aí é que está a salvação para um país mais, digno, complexo, igual e vitoriozo. Muitos tem que se aproximar mais, buscar interesse deste meio. Na maioria dos casos os jovens não dão importância para a política, o que é um erro, pois aí é que está o caminho para um país mais digno, solidário, igual e vitorioso. Há a necessidade de se aproximar mais deste assunto, principalmente os jovens,
  • 14. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  Cada vez mais frequentes no Brasil, o termo política está sendo banalizado. Nesse âmbito podemos constatar, o conceito dessa conjuntura para a nossa sociedade.  Cada vez mais frequente no Brasil, o termo política está sendo banalizado. Nesse âmbito, podemos constatar o conceito dessa conjuntura para a nossa sociedade.
  • 15. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  Sabemos que é essêncial a participação da população sobre o poder público. Porém, muito principalmente os jovens, estão fazendo ao contrário; não participando de diálogos políticos. Para saber como estar a situação no país, se existe regularidades ou irregularidades na educação e saúde do cidadão.  Sabemos que é essencial a participação da população nas políticas públicas. Porém, muitos, principalmente os jovens, estão fazendo o contrário; não participam de diálogos políticos, para saber, por exemplo, como está a situação no país, se existem regularidades ou irregularidades na educação e saúde do cidadão.
  • 16. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  As frases abaixo correspondem a tentativas de corrigir o erro de virgulação apontado por Celso Pedro Luft na série de exemplos que apresenta.  I. “P orque as respostas não satisfazem.”  II. “E , muitas vezes, ele não se adapta ao meio em que vive.”  III. “P ois o homem é, um ser social.”  IV. “A sociedade deve, pois, lutar pela j ustiça social.”  As frases em que o problema de virgulação foi resolvido adequadamente estão contidas apenas em:  (A) I e II.  (B) I e III.  (C) I, II e III.  (D) I, II e IV.  (E) II, III e IV.
  • 17. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  A s vírgulas e r r a d a s , ao contrário, retratam a c o n f u s ã o mental, a in d is c ip l in a do espírito, o ma u domínio das ideias e do fraseado.  As quatro palavras destacadas nesta frase, se substituídas, na ordem adequada, pelas palavras da relação abaixo, produzem outra frase, de sentido oposto:  I. disciplina.  II. organização.  III. bom.  IV. corretas.  Aponte a alternativa que indica a ordem em que se deve fazer a substituição:  (A) I, II, III, IV.  (B) II, III, IV, I.  (C) IV, II, I, III.  (D) III, I, II, IV.  (E) IV, I, III, II.
  • 18. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com  A manhã serão doutores, e a vírgula continuará sendo um obj não identificado. eto  Com base nesta previsão, o autor acredita que:  (A) com a internet, futuramente a vírgula se tornará desnecessária e desconhecida.  (B) todos os doutores esquecem o que aprenderam sobre a  vírgula.  (C) quanto à sintaxe, não se pode dizer se a vírgula é objeto  direto ou indireto.  (D) no futuro, os doutores precisarão consultar ufos para aprender a usar a vírgula.  (E) mesmo depois de formadas, muitas pessoas não saberão  usar a vírgula.
  • 19. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot  Vírgula proibida:  _ Entre sujeito e predicado  Ex.: O ministro das Relações Exteriores da França está em Brasília.  _ Entre verbo e seu(s) complemento(s)  Ex.: O ministro informou aos jornalistas que não participará da entrevista
  • 20. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot  Vírgula obrigatória  _ Depois de orações adverbiais antepostas  Ex.: Ao deixar o governo, o prefeito voltará a dar aulas na universidade.  _ Antes do que que introduz oração explicativa  Ex.: Nosso time, que ganhou o torneio neste ano, foi vice dessa competição em 98 e 99.  _ Quando há elipse do verbo  Ex.: Os cariocas preferem praia; os paulistas, (preferem) shopping.
  • 21. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot  _ Para separar conjunções contíguas  Ex.: Irá a São Paulo, mas, se não receber o cachê antes, não cantará.  _ Antes de mas (com sentido de porém), porém, contudo, entretanto, todavia, portanto, por isso etc.  Ex.: Jogou bem, mas perdeu.  Ex.: Estudou, porém foi reprovado.  Ex.: O acordo não será renovado, portanto os empregos serão mantidos.
  • 22. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot  _ Antes de e que introduza oração de sujeito diferente do da anterior.  Ex.: Os jovens vão á luta, e os idosos se acomodam.  _ Para separar adjuntos adverbiais de natureza diferente.  Ex.: Ontem à noite, na Vila Belmiro, sem sete titulares, sob chuva forte, o Santos derrotou o Juventude.
  • 23. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot  Vírgula optativa _ Depois de no entanto, entretanto, por isso, porém, contudo, portanto, todavia, quando essas palavras ou expressões iniciarem o período  Ex.: No entanto o presidente deixou claro que não aceitará a proposta da oposição.  Ou/  Ex.: No entanto, o presidente deixou claro que não aceitará a proposta da oposição.
  • 24. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot _ Atenção: essa opção não existe quando essas palavras ou expressões não iniciarem o período. Ex.: O presidente aceita participar da reunião, no entanto avisa que não aceitará a proposta da oposição.
  • 25. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot _ Antes de orações adverbiais de alguma extensão que venham depois da principal. Ex.: O prefeito deixará o partido se a Câmara aprovar a CPI sobre títulos públicos. Ou/ Ex.:O prefeito deixará o partido, se a Câmara aprovar a CPI dos títulos públicos. Ex.:O jogador não disputará a próxima partida porque foi suspenso pelo Tribunal de Justiça da CBF. Ou/ Ex.: O jogador não disputará a próxima partida, porque foi suspenso pelo Tribunal de Justiça da CBF.
  • 26. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot _ Com expressões adverbiais breves, antepostas ou intercaladas. Ex.: O São Paulo enfrenta neste sábado mais um desafio. Ou Ex.: O São Paulo enfrenta, neste sábado, mais um desafio. Ex.: O governador participará em Brasília de uma reunião com o ministro da Fazenda. Ou Ex.: O governador participará, em Brasília, de uma reunião com o ministro da Fazenda. 
  • 27. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot  Atividade  01 – Escreva duas frases para cada frase abaixo, observando os termos de transição presentes e a coerência que deve existir entre elas.  A – A pena de morte é solução perigosa. De um lado,... De outro,...  B – A nação precisa apurar todos os casos de corrupção denunciados pela imprensa. Primeiramente,... Depois, ...  C – O Nordeste é uma das regiões mais esquecidas do Brasil. Enquanto..., ... Antes de tudo  D – Ser cidadão é ter seus direitos respeitados. No entanto, ... Mais do que nunca, ...
  • 28. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot  E – A seca tem castigado o Nordeste brasileiro. Além de... Consequentemente, ...  F – O mundo finalmente se volta para a Amazônia. Ainda bem que ... Assim, ...  G – O ingresso do jovem numa universidade o deixa sempre feliz. Em primeiro lugar, ... Em segundo, ...
  • 29. Redação – Prof. Jo ã o M e n d o n ç a Blog - http://profjcmendonca.blogspot