SlideShare uma empresa Scribd logo

Os principais conectivos

Os principais conectivos

1 de 34
Baixar para ler offline
Os

principais conectivos

Uma preocupação de quem escreve é ver se os
conectivos estão empregados com precisão. A
toda hora estamos fazendo uso deles. Por isso,
damos a seguir uma lista sucinta desses
conectivos e suas respectivas funções:
 Conjunções, locuções conjuntivas, preposições
e locuções prepositivas:
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
1

- Adição - e, nem, também, não só... mas
também.
2 - Alternância - ou... ou, quer... quer, seja...
seja.
3 - Causa - porque, já que, visto que, graças a,
em virtude de, por (+ infinitivo).
4 - Conclusão - logo, portanto, pois.
5 - Condição - se, caso, desde que, a não ser
que, a menos que.
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
6

- Comparação - como, assim como.
7 - Conformidade - conforme, segundo.
8 - Consequência - tão... que, tanto... que, de
modo que, de sorte que, de forma que, de
maneira que.
9 - Explicação - pois, porque, porquanto.
10 - Finalidade - para que, a fim de que, para (+
infinitivo).
Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
11

- Oposição - mas, porém, entretanto,
embora, mesmo que, apesar de (+ infinito).
12 - Proporção - à medida que, à proporção
que, quanto mais, quanto menos.
13 - Tempo - quando, logo que, assim que, toda
vez que, enquanto.

Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
Pronomes relativos: que - que - cujo - onde.
Ao empregar um pronome relativo, devemos ter o
seguinte cuidado:
 1 - Observar a palavra a que ele se refere para
evitar erros de concordância verbal.
Ex. Encontramos um bom número de pessoas
que estavam reivindicando os mesmos direitos
dos vinte funcionários vitoriosos.
Que = as quais


Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
2

- Observar o fragmento de frase de que ele faz parte.
Pode ser que haja um verbo ou um substantivo que
exija uma preposição. Nesse caso, ela deve preceder o
relativo.
 Ex. Ninguém conseguiu até hoje esquecer a cilada de
que ele foi vítima.
 De que = da qual (cilada)
 A preposição de foi exigida pelo substantivo vítima (ele
foi vítima de uma cilada)

Redação – Prof. João Mendonça
Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com

Recomendados

Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slideJaciara Mota
 
Frase, oração e período
Frase, oração e períodoFrase, oração e período
Frase, oração e períodoMara Virginia
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadasguest7174ad
 
Coerência e coesão textual
Coerência e coesão textualCoerência e coesão textual
Coerência e coesão textualISJ
 
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAAULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURA
AULA 01 - TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO - ESTRUTURAMarcelo Cordeiro Souza
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Figuras de linguagem completo
Figuras de linguagem completoFiguras de linguagem completo
Figuras de linguagem completoCDIM Daniel
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaLucilene Barcelos
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaismarlospg
 
Aula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoAula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoPéricles Penuel
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerenciasilnog
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalRebeca Kaus
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbalPaolaLins
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Cláudia Heloísa
 
Período composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - IntroduçãoPeríodo composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - IntroduçãoNAPNE
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominalguest0cbfe
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavrascolveromachado
 
Oficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º anoOficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º anoClaudiaAdrianaSouzaS
 
Slides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFicoSlides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFicoFlaviacristina74
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTOMarcelo Cordeiro Souza
 

Mais procurados (20)

Figuras de linguagem completo
Figuras de linguagem completoFiguras de linguagem completo
Figuras de linguagem completo
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
 
Aula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoAula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuação
 
Aula intertextualidade
Aula intertextualidadeAula intertextualidade
Aula intertextualidade
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto
 
Período composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - IntroduçãoPeríodo composto por subordinação - Introdução
Período composto por subordinação - Introdução
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 
Oficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º anoOficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º ano
 
Slides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFicoSlides Novo Acordo OrtográFico
Slides Novo Acordo OrtográFico
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 

Destaque

Aula de Redação nº 14 e 15
Aula de Redação nº 14 e 15Aula de Redação nº 14 e 15
Aula de Redação nº 14 e 15João Mendonça
 
Valores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivosValores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivosAndré Ximenes
 
Preposição e conjunção ( conectivos ) pg35
Preposição e conjunção ( conectivos ) pg35Preposição e conjunção ( conectivos ) pg35
Preposição e conjunção ( conectivos ) pg35kisb1337
 
Aula de Redação nº 11
Aula de Redação nº 11Aula de Redação nº 11
Aula de Redação nº 11João Mendonça
 
Valores semânticos das conjunções 2012
Valores semânticos das conjunções 2012Valores semânticos das conjunções 2012
Valores semânticos das conjunções 2012noamresnick
 
Relações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasRelações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasSofia Antunes
 
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIAAULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIAaulasdejornalismo
 
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+orientadoresdeestudopaic
 
Cefet/Coltec Aula 6 Conjunções/Conectivos - Provas cefet
Cefet/Coltec Aula 6   Conjunções/Conectivos - Provas cefetCefet/Coltec Aula 6   Conjunções/Conectivos - Provas cefet
Cefet/Coltec Aula 6 Conjunções/Conectivos - Provas cefetProfFernandaBraga
 
Argumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enemArgumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enemMiquéias Vitorino
 
Modalizadores Linguísticos para alunos de Direito
Modalizadores Linguísticos para alunos de DireitoModalizadores Linguísticos para alunos de Direito
Modalizadores Linguísticos para alunos de DireitoMarcelo Spalding
 

Destaque (20)

Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
Coesão e Coerência
Coesão e CoerênciaCoesão e Coerência
Coesão e Coerência
 
Aula de Redação nº 14 e 15
Aula de Redação nº 14 e 15Aula de Redação nº 14 e 15
Aula de Redação nº 14 e 15
 
Valores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivosValores semânticos dos conectivos
Valores semânticos dos conectivos
 
Quadro de-conectivos
Quadro de-conectivosQuadro de-conectivos
Quadro de-conectivos
 
Preposição e conjunção ( conectivos ) pg35
Preposição e conjunção ( conectivos ) pg35Preposição e conjunção ( conectivos ) pg35
Preposição e conjunção ( conectivos ) pg35
 
Aula de Redação nº 11
Aula de Redação nº 11Aula de Redação nº 11
Aula de Redação nº 11
 
Valores semânticos das conjunções 2012
Valores semânticos das conjunções 2012Valores semânticos das conjunções 2012
Valores semânticos das conjunções 2012
 
Conetores enunciativos
Conetores enunciativosConetores enunciativos
Conetores enunciativos
 
Emprego de conectores
Emprego de conectoresEmprego de conectores
Emprego de conectores
 
Conectores
ConectoresConectores
Conectores
 
Relações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavrasRelações semânticas entre palavras
Relações semânticas entre palavras
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIAAULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
AULA 3 - COESÃO E COERÊNCIA
 
Operadores argumentativos
Operadores argumentativosOperadores argumentativos
Operadores argumentativos
 
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE ATIVIDADE 5º ANO_3º_e_4º_BIMESTRE-PAIC+
 
Coesão Referencial
Coesão ReferencialCoesão Referencial
Coesão Referencial
 
Cefet/Coltec Aula 6 Conjunções/Conectivos - Provas cefet
Cefet/Coltec Aula 6   Conjunções/Conectivos - Provas cefetCefet/Coltec Aula 6   Conjunções/Conectivos - Provas cefet
Cefet/Coltec Aula 6 Conjunções/Conectivos - Provas cefet
 
Argumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enemArgumentação em redações do enem
Argumentação em redações do enem
 
Modalizadores Linguísticos para alunos de Direito
Modalizadores Linguísticos para alunos de DireitoModalizadores Linguísticos para alunos de Direito
Modalizadores Linguísticos para alunos de Direito
 

Semelhante a Os principais conectivos

Reconstrução de escrita
Reconstrução de escritaReconstrução de escrita
Reconstrução de escritaJoão Mendonça
 
Aula de Redação nº 16 e 17
Aula de Redação nº 16 e 17Aula de Redação nº 16 e 17
Aula de Redação nº 16 e 17João Mendonça
 
Aula de Redação nº 20
Aula de Redação nº 20Aula de Redação nº 20
Aula de Redação nº 20João Mendonça
 
Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6João Mendonça
 
Carreira de Programador e Mercado de Trabalho
Carreira de Programador e Mercado de TrabalhoCarreira de Programador e Mercado de Trabalho
Carreira de Programador e Mercado de TrabalhoBruno Rocha
 
Consumo e sustentabilidade
Consumo e sustentabilidadeConsumo e sustentabilidade
Consumo e sustentabilidadeJoão Mendonça
 
Briefing da palestra Fisco Digital como você nunca viu: Uma visão empreended...
Briefing da  palestra Fisco Digital como você nunca viu: Uma visão empreended...Briefing da  palestra Fisco Digital como você nunca viu: Uma visão empreended...
Briefing da palestra Fisco Digital como você nunca viu: Uma visão empreended...Roberto Dias Duarte
 
Briefing da Palestra: Fisco Digital: Uma Visão Empreendedora
Briefing da Palestra: Fisco Digital: Uma Visão EmpreendedoraBriefing da Palestra: Fisco Digital: Uma Visão Empreendedora
Briefing da Palestra: Fisco Digital: Uma Visão EmpreendedoraRoberto Dias Duarte
 
Marketing digital: gestão de crise nas redes sociais para o caso edp
Marketing digital: gestão de crise nas redes sociais para o caso edpMarketing digital: gestão de crise nas redes sociais para o caso edp
Marketing digital: gestão de crise nas redes sociais para o caso edpPaulo Morais
 
Lucrativida.de | Empreendedorismo no mundo plano
Lucrativida.de | Empreendedorismo no mundo planoLucrativida.de | Empreendedorismo no mundo plano
Lucrativida.de | Empreendedorismo no mundo planoBrasil Empreendedorismo
 
Empreendedorismo Digital
Empreendedorismo DigitalEmpreendedorismo Digital
Empreendedorismo DigitalReinaldo Cirilo
 
Analise de textos da unicamp i
Analise de textos da unicamp iAnalise de textos da unicamp i
Analise de textos da unicamp iPaulo Victor
 
Depilador e Designer de Sobrancelhas - Apostila 2
Depilador e Designer de Sobrancelhas - Apostila 2Depilador e Designer de Sobrancelhas - Apostila 2
Depilador e Designer de Sobrancelhas - Apostila 2eadrede
 
Tecnologia da Informação moldando nossas vidas
 Tecnologia da Informação moldando nossas vidas  Tecnologia da Informação moldando nossas vidas
Tecnologia da Informação moldando nossas vidas Vivaldo Jose Breternitz
 

Semelhante a Os principais conectivos (20)

Reconstrução de escrita
Reconstrução de escritaReconstrução de escrita
Reconstrução de escrita
 
Aula de Redação nº 16 e 17
Aula de Redação nº 16 e 17Aula de Redação nº 16 e 17
Aula de Redação nº 16 e 17
 
Portugues
PortuguesPortugues
Portugues
 
Aula de Redação nº 20
Aula de Redação nº 20Aula de Redação nº 20
Aula de Redação nº 20
 
Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6Aula de Redação nº 5 e 6
Aula de Redação nº 5 e 6
 
Carreira de Programador e Mercado de Trabalho
Carreira de Programador e Mercado de TrabalhoCarreira de Programador e Mercado de Trabalho
Carreira de Programador e Mercado de Trabalho
 
Consumo e sustentabilidade
Consumo e sustentabilidadeConsumo e sustentabilidade
Consumo e sustentabilidade
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
Briefing da palestra Fisco Digital como você nunca viu: Uma visão empreended...
Briefing da  palestra Fisco Digital como você nunca viu: Uma visão empreended...Briefing da  palestra Fisco Digital como você nunca viu: Uma visão empreended...
Briefing da palestra Fisco Digital como você nunca viu: Uma visão empreended...
 
Briefing da Palestra: Fisco Digital: Uma Visão Empreendedora
Briefing da Palestra: Fisco Digital: Uma Visão EmpreendedoraBriefing da Palestra: Fisco Digital: Uma Visão Empreendedora
Briefing da Palestra: Fisco Digital: Uma Visão Empreendedora
 
A redação enem dicas
A redação enem dicasA redação enem dicas
A redação enem dicas
 
Marketing digital: gestão de crise nas redes sociais para o caso edp
Marketing digital: gestão de crise nas redes sociais para o caso edpMarketing digital: gestão de crise nas redes sociais para o caso edp
Marketing digital: gestão de crise nas redes sociais para o caso edp
 
Liblab rascunho 5
Liblab   rascunho 5Liblab   rascunho 5
Liblab rascunho 5
 
Lucrativida.de | Empreendedorismo no mundo plano
Lucrativida.de | Empreendedorismo no mundo planoLucrativida.de | Empreendedorismo no mundo plano
Lucrativida.de | Empreendedorismo no mundo plano
 
Empreendedorismo Digital
Empreendedorismo DigitalEmpreendedorismo Digital
Empreendedorismo Digital
 
Analise de textos da unicamp i
Analise de textos da unicamp iAnalise de textos da unicamp i
Analise de textos da unicamp i
 
Depilador e Designer de Sobrancelhas - Apostila 2
Depilador e Designer de Sobrancelhas - Apostila 2Depilador e Designer de Sobrancelhas - Apostila 2
Depilador e Designer de Sobrancelhas - Apostila 2
 
Precariações 6
Precariações 6Precariações 6
Precariações 6
 
Prof matematica
Prof matematicaProf matematica
Prof matematica
 
Tecnologia da Informação moldando nossas vidas
 Tecnologia da Informação moldando nossas vidas  Tecnologia da Informação moldando nossas vidas
Tecnologia da Informação moldando nossas vidas
 

Os principais conectivos

  • 1. Os principais conectivos Uma preocupação de quem escreve é ver se os conectivos estão empregados com precisão. A toda hora estamos fazendo uso deles. Por isso, damos a seguir uma lista sucinta desses conectivos e suas respectivas funções:  Conjunções, locuções conjuntivas, preposições e locuções prepositivas: Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 2. 1 - Adição - e, nem, também, não só... mas também. 2 - Alternância - ou... ou, quer... quer, seja... seja. 3 - Causa - porque, já que, visto que, graças a, em virtude de, por (+ infinitivo). 4 - Conclusão - logo, portanto, pois. 5 - Condição - se, caso, desde que, a não ser que, a menos que. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 3. 6 - Comparação - como, assim como. 7 - Conformidade - conforme, segundo. 8 - Consequência - tão... que, tanto... que, de modo que, de sorte que, de forma que, de maneira que. 9 - Explicação - pois, porque, porquanto. 10 - Finalidade - para que, a fim de que, para (+ infinitivo). Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 4. 11 - Oposição - mas, porém, entretanto, embora, mesmo que, apesar de (+ infinito). 12 - Proporção - à medida que, à proporção que, quanto mais, quanto menos. 13 - Tempo - quando, logo que, assim que, toda vez que, enquanto. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 5. Pronomes relativos: que - que - cujo - onde. Ao empregar um pronome relativo, devemos ter o seguinte cuidado:  1 - Observar a palavra a que ele se refere para evitar erros de concordância verbal. Ex. Encontramos um bom número de pessoas que estavam reivindicando os mesmos direitos dos vinte funcionários vitoriosos. Que = as quais  Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 6. 2 - Observar o fragmento de frase de que ele faz parte. Pode ser que haja um verbo ou um substantivo que exija uma preposição. Nesse caso, ela deve preceder o relativo.  Ex. Ninguém conseguiu até hoje esquecer a cilada de que ele foi vítima.  De que = da qual (cilada)  A preposição de foi exigida pelo substantivo vítima (ele foi vítima de uma cilada) Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 7. O mesmo acontece com os verbos.  Ex. As dificuldades a que você se refere são normais dentro de sua carreira.  A que = às quais (dificuldades) O verbo referir-se pede a preposição a; por isso, ela aparece antes do que. que Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 8. As transições Alguns dos conectores que acabamos de ver também aparecem com frequência iniciando frases, como se fossem uma espécie de ponte entre um pensamento e outro. É o caso de mas em dois momentos do texto abaixo. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 9. Mas quem está sob um rosto bonito ou um corpo desejável enfrenta preconceitos e constrangimentos em dose equivalente aos galanteios e gentilizas que - supõe-se - são privativos da formosura. Mas é inegável que se uma pretendente a um emprego oferecer também beleza, além disso tudo, suas chances são maiores. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 10. Em ambos os casos o mas está servindo de termo de transição entre um enunciado e outro, articulando uma ideia de oposição. Eis outros casos em que os termos de transição desempenham papel importante para a continuidade e coesão do texto. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 11. Da mesma forma, é alentador para quem trabalha forma em Redação conviver com gente atraente, em meio ao circo de horrores que consome o dia-adia. Da mesma forma - indica semelhança, comparação entre o que se diz nesse enunciado e o que se disse no anterior. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 12. É claro que, à parte algumas funções na que televisão, a beleza não é condição necessária e obrigatória para o exercício do jornalismo. É claro que - anuncia que se fará uma afirmação segura. À parte - indica exclusão Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 13. Agora, como sempre, a inteligência, o domínio de sempre informações e a capacidade de escrever bem são os atributos essenciais. Agora, como sempre - fazem alusão ao tempo Agora em que tais qualidades são atributos essenciais de um bom jornalista. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 14. É só lembrar que, mesmo com a invasão feminina no jornalismo, nas últimas décadas, e a redução progressiva da mentalidade machista na profissão, a maioria das chefias ainda é composta por homens. Só - dá relevância ao fato que vai ser enunciado através do verbo lembrar. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 15.  Atividade  01 - A coesão das frases abaixo está prejudicada por causa da ausência dos pronomes relativos. Faça a devida conexão, usando as preposições quando o verbo assim o exigir.  A - Enxergo, em atitudes desse tipo, uma questão mais profunda, que é a falta de consciência profissional. Uma sociedade em que acontecem casos assim nunca será respeitada. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 16. B - A escola é o lugar de onde podem sair futuros cidadãos conscientes com os quais se poderá construir uma nação mais crítica de si mesma. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 17. C - O lixo doméstico que a maioria dos países não reaproveita é um dramático problema. Imaginemos então o lixo atômico, para o qual não há espaço. Ainda não se chegou a uma tecnologia adequada para manuseá-lo. Outra questão muito séria é a do lixo industrial com que poucos sabem lidar. São vinte bilhões de toneladas por ano de que temos de nos livrar. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 18. D - O arrocho salarial em que certos governos tanto insistem leva o trabalhador ao desespero. Além disso, os juros de que os comerciantes tanto se queixam anulam as vias de crédito. Este perverso quadro econômico que todos vivenciamos há anos não pode continuar indefinidamente. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 19. E - O envolvimento de menores de ambos os sexos na prática de crimes é uma verdade de que não podemos fugir. Os poderes constituídos deveriam parar e refletir sobre esse fato com que os jornais enchem suas páginas diariamente. De nada adiantou o Estatuto da Criança e do Adolescente, de que muitos delinquentes adultos se valem para iniciar menores à prática de roubos e assassinatos. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 20. 02 - Não se faz boa redação sem o uso adequado dos termos de transição. Complete cada item com uma frase que dê sequência à primeira, considerando o termo de transição presente. Não se esqueça de acrescentar uma informação nova. A - Não há brasileiro que não anseie por sair do subdesenvolvimento. Por enquanto, tudo não passa de um sonho. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 21. B - Tomar uma decisão é sempre difícil. Em primeiro lugar, precisamos estar certos do que queremos.  C - Sonhar faz parte do dia a dia de todos nós. Às vezes, o sonho pode se tornar realidade.  D - Votar nulo sempre termina por favorecer este ou aquele candidato. No entanto, as pessoas continuam votando assim. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 22. E - Se o Brasil não investir em educação e saúde, nunca sairá do subdesenvolvimento. Com efeito, nunca conseguirá influir nas grandes decisões do governo. governo  F - A força da juventude nunca deve ser subestimada. Ao contrário de muitos adultos, os jovens têm demonstrado o seu poder cada vez mais.  Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 23. 03 - Os textos abaixo necessitam de conectores para sua coesão. Empregue as partículas que estão entre parênteses no lugar adequado. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 24. A - Uma alimentação variada é fundamental para que seu organismo funcione de maneira adequada. Isso significa que é obrigatório comer alimentos ricos em proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e sais minerais. Esses alimentos são essenciais. Mesmo que você esteja fazendo dieta para emagrecer, não elimine carboidratos, proteínas e gorduras de seu cardápio. Apenas reduza as quantidades. Assim você emagrece sem perder saúde. (assim, mesmo que, para que) Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 25. B - Toda mulher responsável pelos cuidados de uma casa já teve em algum momento de sua vida vontade de jogar tudo para o alto, quebrar os pratos sujos, mandar tudo às favas, fechar a porta de casa e sair. Já sentiu o peso desse encargo como uma rotina embrutecedora, que se desfaz à medida que vai sendo feito. Quando não é feito, nos enche de culpas e acusações, quando concluído ninguém nota, pois a mulher “não faz mais nada que sua obrigação.(quando, pois, à medida que) Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 26. C - O Brasil pretende sediar as Olimpíadas do ano 2004. A ideia até que é interessante. O que não podemos esquecer antes de mais nada é que temos que conquistar muitas medalhas nas olimpíadas da nossa existência como uma nação digna. Alguns dos nossos velhos e temíveis adversários a serem derrotados são a fome, a miséria, a violência, o analfabetismo e a ignorância. Afinal, o nosso principal Afinal desafio será ganhar a medalha de ouro na modalidade, pois “o povo sem moral vai mal”. Jornal da Tarde, 17 ago. 1992  (pois é, até que, afinal, é que) Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 27. 04 - Escreva duas frases para cada frase abaixo, observando os termos de transição presentes e a coerência que deve existir entre elas. A - A pena de morte é solução perigosa. De um lado, pode punir o verdadeiro criminoso. De criminoso outro, pode matar uma pessoa inocente. inocente Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 28. B - A nação precisa apurar todos os casos de corrupção denunciados pela imprensa. Primeiramente, deve-se ir atrás das provas . Depois, punir os culpados. culpados C - Ser cidadão é ter seus direitos respeitados. No entanto, constata-se diariamente no Brasil o quanto estamos longe da verdadeira cidadania. Mais do cidadania que nunca, é preciso pensar nos milhões de desassistidos que não têm direito a moradia, saúde e educação. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 29. D - O ingresso do jovem na universidade o deixa sempre feliz. Em primeiro lugar, realiza o seu sonho e o da família. Em segundo, prepara-se para família enfrentar com mais segurança a realidade do trabalho.  E - O Nordeste é uma das regiões mais esquecidas do Brasil. Enquanto o governo continuar com paliativos, este quadro não mudará. Antes de tudo, mudará é preciso empenho político. político Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 30. Argumentos a favor da redução da maioridade penal: O artigo 1.517, do código civil, permite que uma pessoa case a partir dos 16 anos com a autorização dos pais;  A Constituição da República, no artigo 7º, inciso XXXIII, possibilita o trabalho para a pessoa a partir dos 16 anos, na condição de aprendiz;  - A Constituição da República, no artigo 14, inciso II, permite o voto aos 16 anos; Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 31. O artigo 5º, do código civil prevê a possibilidade de emancipação a partir dos 16 anos, situação em que a pessoa pode, por si só, exprimir sua vontade para realização de negócios jurídicos;  Em alguns países a maioridade ocorre aos 16 anos: Na Argentina, Espanha, Bélgica e Israel, a maioridade ocorre aos 16 anos; na Alemanha, Holanda e no Haiti, ocorre aos 14 anos; na Índia, Egito e Paraguai, aos 15 anos; no Reino Unido, aos 12 anos.  Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 32. Nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha, por exemplo, observa-se primeiro a gravidade do crime para depois se observar a idade do criminoso.  Então, se uma pessoa menor de 18 anos pode votar, trabalhar, casar e contratar por que não pode responder criminalmente?  Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 33. Argumentos contra a redução da maioridade penal: - O artigo 228 impossibilita sanções iguais às de adultos para menores e é uma garantia individual da criança e do adolescente, ou seja, e uma cláusula pétrea.  Estatisticamente, os dados mostram que a quantidade de crimes cometidos por menores é infinitamente menor em relação aos cometidos por adultos, numa proporção de mais de 90% para adultos e menos de 10% para menores. Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com
  • 34.  - colocar menores de 18 anos no sistema carcerário falido que o Brasil possui é graduar o menor no mundo do crime.  - Ao invés de o Estado enfrentar a questão de forma punitiva, deveria programar políticas públicas de inserção social de crianças e adolescentes que estão em desacordo com a lei, ou seja, observar melhor as causas sociais que levam esses jovens a entrar no submundo do crime.  http://tvuol.uol.com.br/video/projeto-de-reducao-da-maioridade-penal-e-rejeitado-0402CC9B3064DCC14 Redação – Prof. João Mendonça Blog - http://profjcmendonca.blogspot.com