TCAR - Princíos para estudo do intersticio

4.739 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.739
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
531
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
80
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • QUEM DEFINE O HILO NO RAIO X É A ARTERIA PULMONAR, A VEIA E MUITO POSTERIOR. SE COLORCAMOS A AORTA E TRAQUEIA, O ESPACO ENTRE A CROSSA DA AORTA (cavalga a artr) COM O ARTERIA PULMONAR ESQUERDA, É A JANELA AORTO PULMONAR. O BRONQUIO FONTE DIREITO SAI ACIMA DA ARTERIA (HIPO BRAQUIAL) E O ESQUERDO ABAIXO DA ARTERIA (SUPRA-BRAQUIAL).
  • Primeiro arterial e segundo bronquios, ambos com divisao dicotomicas, ou seja, um elemento mae da dois filhos iguais. As vezes nao tem essa divisao e da origem ao bronuqiolo terminal e depoi respiratorioe da o saco aveolar, que redomina nas regioes centrais. Caminham sempre juntos
  • 1- mais forte mais grosseiro, vai do centro para a periferia, terminando perpendicularmente a superfície pleural, corre arteria , bronquios e linfaticos, chega no centro do lóbulo secundário, sendo chamado de arteriola e bronquiolo centro-lobular (final), vai dar os bronquilos respiratorios e depois 2- Na periferia sai septos pra dentro do pulmão (prolongamento da pleura visceral), a intervalos regulares, o que fica entre esses septos é chamado lóbulo secundário, 3- No interior do lóbulo contem os alvéolos, sacos alveolares,
  • 034 22 35 Normal
  • 007 13 70 SIDA + tubercuklose
  • 007 13 70 SIDA + Tbc
  • 029 62 81 Penumocistose
  • 038 16 28 Proteinose alveolar
  • 038 16 28 Proteinose alveolar
  • 016 26 06 Linfoma
  • 016 26 06 Linfoma
  • Opacidades lineares,
  • 000 00 03 Fibrose dermatopolimiosite espessamento dos 3 interstício, aqui o peribronquio vascular , espessamento dos septos inter lobulares e o alveolar, mais afetado é o dentro dos lóbulos secundários, interstício alveolar, tem fibrose linhas paralelas a superfície pleural e distorção do parênquima regionais , traves fibróticas e
  • 042 76 39 Fibrose doença que termina com fibrose aqui temos are com densificação em vidro fosco, predominando no interstício alveolar, espessamento de septo interlobular, área de vaio no meio há destruição de septo alveolar, vai evoluir com favo de mel, evolui com destruição do parênquima, enfisema paraseptal ou cicatricial
  • 043 83 47 Linfangiomiomatose -- lesão intersticial difusa intensa,== cria pássaro
  • 043 83 47 Linfangiomiomatose destruição completa dos alvéolos com espessamento inter lobular, desenha o lóbulo secundário, aqui predomina destruição alveolar e afeta septo inter lobular, logo afeta veia e linfático e tecido conjuntivo, veia e secundaria a ICC e não destrói alvéolos, ou doença de linfático
  • 043 83 47 Linfangiomiomatose , cuidado histiocito X, linfantive avançada,
  • 019 76 54 Niemann-Pick grande envolvimento do interstício peribronquio vascular, espessamento septo inter lobular, paredes dos alvéolos destruídas, doença de deposito polissacarideo, no parenquima pulmonar
  • Independente, intersticial mais tempo para ser percebida, contra um obstáculo resistente circundado por ar, o elemento patogênico entra no alvéolo e expulsa, doença com hemorragia pode borrar nódulo melanoma e coriocarcinoma, e as alveolares configuração de estruturas perceptíveis visualmente , mas de contornos irregular, sem obstáculo, mal definido
  • 002 63 95 Metastase Ca pulmão primeiro identificar contorno do nódulo e tamanho, no caso de metástase, o tempo de cada lesão e diferente, logo tamanho diferente, cuidado com doenças granulomatosas infecciosas,
  • 003 98 90 Miomatose uterina
  • 003 98 90 Miomatose pulmonar miomatose disseminada metastática, malignidade relativamente baixo, nodulo puntiforme até massa
  • 000 00 05 Ca bronquiolo alveolar contorno irregular, lembra alveolos, espessamento muito grande da parede brônquica e ao lodo do vaso tb, logo lesao com padrão peribronquiovascular, nódulos a distancias regulares, a veia corta o septo inter lobular, logo nódulo centro lobular, e nódulos de padrão alveolar, associado a nódulo de aspecto neoplásico em cima,
  • 000 00 04 Sarcoidose nodulações e reticulações
  • 000 00 15 Sarcoidose tem nódulos acompanhando os vasos, peribronquivasculares, e nodulos a distancia regulares, e no centro lobular ? Ver veia e junto a pleura temos uma fileira de nódulo, chamado de rosário subpleral, tem nódulo saber aonde ele esta, no centro, no septo inter lobular, alveolar, ver tamanho, districuição,
  • Definição de aumento da densidade do pulmão sem borramento dos contornos brônquicos vasculares, quando eles perdem o contornos são chamados de consolidação, lembrar do sinal da silhueta , lesão em atividade passível de tratamento, pode ser cicatricial,
  • Doença de síndromes de deficiências respiratórias,
  • 036 33 89 Bronquiolite obliterante infantil, identificar vidro fosco vemos vasos, temo consolidação com broncograma aereo , vemos nada, temos zonas de perfusão aumentada tratamento pulso de corticóide Esse padrão de área de vidro fosco, área normal e transparecia aumentada com redução da perfusão isso é perfusão em mosaico ( zona de retenção aérea), pode existir em um pulmão normal, problema, fazer corte em expiração 1 corte a cada 3 ou 4 cm de expiração, se for retenção aérea vai ser mais transparente , pq a parte normal perde volume , em criança usamos o termo de perfusão em mosaico mas podendo ser vidro fosco e aérea normal, Pavimentação em mosaico densificacao pulmonar associado a espessamento septo inter lobular,
  • 040 68 72 Bronquiolite
  • 040 68 72 Bronquiolite
  • 000 00 16 BOOP zonas de consolidação e
  • Padrao que segue vaso,
  • Ramificados padrão dos vasos
  • Padrão nódulo seguindo vasos e tambem centro lobular, tem padrão bronco vascular, sarcoidose
  • 000 00 18 Linfangite carcinomatosa, espessamento de vasos e espessamento septal, espessamento peri bronco vascular por disseminacao do tumor , vasos borrado, e tem pavimentacao em mosaico e perfusao em mosaico
  • 000 00 18 Linfangite com lóbulo maior devido septo inter lobular incompleto espessamento do interstício inter lobular e espessamento peri bronco vascular e nódulos centro lobulares sem trajeto
  • 024 66 12 Bronquiectasias raiox com densificação irregular, ver sinal do anel de sinete
  • Anel de sinete, zonas de retenção aérea, líquido denso no interior do brônquio, quando temos
  • 014 64 94 Bronquiectasias
  • 000 00 19 Impactação mucoide não existe 2 bronquios ou 2 arterias uma no lado do outro, isso é a impactacao
  • 000 00 19 Impactação mucoide brônquios cheio de secreção, patológico
  • 000 00 20 Mounier-Kuhn massa que se abre de maneira dicotomica
  • 000 00 20 Mounier-Kuhn bronquiectasia com impactacao mucoide
  • TCAR - Princíos para estudo do intersticio

    1. 1. A ultra-estrutura pulmonar Bases para o estudo do interstício André Vilarino Madeira Radiologia
    2. 2. Desenvolvimento pré-natal do pulmão <ul><li>Estágio embrionário – 3 ª a 6ª semana </li></ul><ul><li>Estágio glandular (pseudo glandular) - 6ª a 7ª semana: divisões brônquicas </li></ul><ul><li>Estágio canalicular – 17ª a 24ª semana: vascularização da porção ventilatória </li></ul><ul><li>Estágio alveolar (viabilidade ou saco terminal) – 24ª semana ao termo: alvéolos e surfactante </li></ul>
    3. 3. Desenvolvimento pós-natal do pulmão <ul><li>Brônquios: desenvolvem-se até a 16 ª semana </li></ul><ul><li>Alvéolos: desenvolvem-se após o nascimento </li></ul><ul><ul><li>Aumentam em número até o 8º ano </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Nascimento: 70 milhões de alvéolos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Adulto: 300 milhões de alvéolos </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Aumentam em tamanho até o tórax completar o desenvolvimento </li></ul></ul>
    4. 6. Interstícios: 1- Axial (peribroncovascular) 2- Inter-lobular (periférico) 3- Alveolar (verdadeiro)
    5. 8. Membrana alvéolo-capilar <ul><li>Constituida de </li></ul><ul><ul><li>Epitélio alveolar </li></ul></ul><ul><ul><li>Endotélio capilar </li></ul></ul><ul><ul><li>Espaço intersticial </li></ul></ul><ul><ul><li>Surfactante </li></ul></ul>
    6. 9. Anatomia e semiologia
    7. 10. Anatomia e semiologia
    8. 11. 034 22 35(1-1)
    9. 13. Padrões de lesões pulmonares <ul><li>Alveolar (consolidação) </li></ul><ul><li>Intersticial </li></ul><ul><li>Vidro fosco (moído) </li></ul><ul><li>Nodular </li></ul><ul><li>Bronco-vascular </li></ul>
    10. 14. Padrão alveolar - Consolidação <ul><li>Causas </li></ul><ul><ul><li>Enchimento alveolar </li></ul></ul><ul><ul><li>Colapso alveolar </li></ul></ul><ul><ul><li>Enchimento + colapso – usualmente obstrução brônquica </li></ul></ul><ul><ul><li>Espessamento intersticial confluente com perda do ar alveolar </li></ul></ul>
    11. 15. Padrão alveolar - consolidação <ul><li>Exemplos </li></ul><ul><ul><li>Hemorragia (sangue) </li></ul></ul><ul><ul><li>Exsudato (pus) </li></ul></ul><ul><ul><li>Transudato – edema (água) </li></ul></ul><ul><ul><li>Secreção – proteína </li></ul></ul><ul><ul><li>Malignidade – células </li></ul></ul><ul><ul><li>Atelectasia </li></ul></ul>
    12. 16. 007 134 70(1-2
    13. 17. Pneumonia bacteriana no pulmão direito (seta branca), com broncograma aéreo (seta preta tracejada)
    14. 18. PNM: consolidação irregular de distribuição segmentar: Padrão acinar
    15. 19. 007 13 70(2-2)
    16. 20. 029 62 81(1-1) SIDA - Pc
    17. 21. 038 16 28(1-2) Proteinose alveolar
    18. 22. 038 16 28(2-2)
    19. 23. 016 26 06(1-2) 47a masc Linfoma
    20. 24. 016 26 06(2-2)
    21. 25. Padrão intersticial <ul><li>Causas </li></ul><ul><ul><li>Espessamento uniforme com distorção do parênquima </li></ul></ul><ul><ul><li>Espessamento irregular </li></ul></ul><ul><li>Sinais </li></ul><ul><ul><li>Reticulações </li></ul></ul><ul><ul><li>Linhas septais </li></ul></ul><ul><ul><li>“ Favo de mel”  conseqüência </li></ul></ul>
    22. 26. Padrão intersticial <ul><li>Exemplos </li></ul><ul><ul><li>Edema </li></ul></ul><ul><ul><li>Metástases linfangíticas </li></ul></ul><ul><ul><li>Pneumonia intersticial – infecciosa, alérgica, reativa, outras </li></ul></ul><ul><ul><li>Fibrose </li></ul></ul><ul><ul><li>Pulmão terminal </li></ul></ul>
    23. 27. 1-1
    24. 28. 042 76 39(1-1)
    25. 29. 043 83 47(1-3) 25a fem
    26. 30. 043 83 47(2-3)
    27. 31. 043 83 473-3)
    28. 32. 019 76 54(1-1) 15a masc Niemann-Pick
    29. 33. Padrão nodular <ul><li>Causas </li></ul><ul><ul><li>Nódulos intersticiais </li></ul></ul><ul><ul><li>Nódulos alveolares </li></ul></ul><ul><ul><li>Nódulos mistos </li></ul></ul><ul><li>Sinais </li></ul><ul><ul><li>Intersticiais: uniformes e bem definidos, esparsos </li></ul></ul><ul><ul><li>Alveolares: maiores, indistintos e regionais </li></ul></ul>
    30. 34. Padrão nodular – exemplos <ul><li>Inersticiais </li></ul><ul><ul><li>Metástases </li></ul></ul><ul><ul><li>Doenças granulomatosas </li></ul></ul><ul><li>Alveolares </li></ul><ul><ul><li>Edema </li></ul></ul><ul><ul><li>Pneumonia </li></ul></ul><ul><ul><li>Hemorragia </li></ul></ul><ul><ul><li>Proteinose alveolar </li></ul></ul><ul><ul><li>Carcinoma bronquíolo-alveolar </li></ul></ul>
    31. 35. Padrão nodular - exemplos <ul><li>Mistos </li></ul><ul><ul><li>Pneumonia a virus </li></ul></ul><ul><ul><li>Edema </li></ul></ul><ul><ul><li>Metástases – com consolidação e hemorragia </li></ul></ul>
    32. 36. 002 63 95(1-1)
    33. 37. 003 98 90(1-2) 62a, fem Histerectomia há 14a
    34. 38. 003 98 90(2-2) 62a fem,
    35. 39. 000 00 05(1-1)
    36. 40. 000 00 04(1-2)
    37. 41. 000 00154(2-2)
    38. 42. Padrão em vidro fosco <ul><li>Causas </li></ul><ul><ul><li>Enchimento alveolar parcial com colapso </li></ul></ul><ul><ul><li>Espessamento intersticial </li></ul></ul><ul><ul><li>Espessamento e enchimento alveolar </li></ul></ul><ul><li>Sinais </li></ul><ul><ul><li>Densidade difusa homogênea, sem apagar os contornos vasculares </li></ul></ul><ul><ul><li>Distribuição regional ou difusa </li></ul></ul>
    39. 43. Padrão em vidro fosco <ul><li>Exemplos </li></ul><ul><ul><li>SDR do recem-nascido </li></ul></ul><ul><ul><li>SDR do adulto </li></ul></ul><ul><ul><li>Doença das pequenas vias aéreas </li></ul></ul>
    40. 44. 036 33 89(1-1)
    41. 45. 040 68 72(1-2) 3a masc
    42. 46. 040 68 72(2-2)
    43. 47. 000 00 16(1-1)
    44. 48. Padrão bronco vascular - causas <ul><li>Acentuação difusa: cardiopatia com hiperfluxo </li></ul><ul><li>Diminuição: DPOC </li></ul><ul><li>Espessamento: impactação mucoide </li></ul><ul><li>Aspecto anormal: hipertensão arterial pulmonar </li></ul>
    45. 49. Padrão bronco-vascular - sinais <ul><li>Padrão ramificado </li></ul><ul><li>Bloqueios aéreos como cistos ou bolhas </li></ul><ul><li>Hiperexpansão por bloqueio difuso </li></ul>
    46. 50. 000 00 17(1-1)
    47. 51. 000 00 18(1-2)
    48. 52. 000 00 18(2-2)
    49. 53. 024 66 12(1-1)
    50. 54. 034 22 35(1-1)
    51. 55. 014 64 94(1-1)
    52. 56. 000 00 19(1-2)
    53. 57. 000 00 19(2-2)
    54. 58. 000 00 20(1-2)
    55. 59. 000 00 20(2-2)

    ×