<ul><ul><ul><ul><ul><li>LILIAN STERTZ </li></ul></ul></ul></ul></ul>QUEM DETERMINA O QUE É ARTE?
O que é arte? Quem determina? Tudo que é belo é arte?
<ul><li>O ramo da filosofia a que se dá o nome de  «estética»  inclui um conjunto de conceitos e de problemas tão variados...
A estética pode ser  ―  o que de resto é mostrado pela sua história ―  uma de três coisas :
teoria do belo,  teoria do gosto ou filosofia da arte.
<ul><li>Em primeiro lugar, tanto a teoria do belo como a teoria do gosto dirigem o seu interesse de forma particular para ...
<ul><li>Em segundo lugar,  a teoria do belo e a teoria do gosto  não conseguem dar conta de muitos dos problemas que se co...
<ul><li>Em terceiro lugar, o desenvolvimento da arte consegue levantar problemas acerca dos conceitos de belo e de gosto q...
Definições explícitas de «arte»:  as teorias essencialistas
Teoria da arte como imitação   <ul><li>Uma obra é arte se, e só se, é produzida pelo homem e imita algo.  </li></ul>
Teoria da arte como expressão   <ul><li>Uma obra é arte se, e só se, exprime sentimentos e emoções do artista.  </li></ul>
Teoria da arte como forma significante <ul><li>Uma obra é arte se, e só se, provoca nas pessoas emoções estéticas.  </li><...
<ul><li>Nenhuma das teorias aqui discutidas parece satisfatória . Tendo reparado nas insuficiências das teorias essenciali...
<ul><li>... outros, como George Dickie, apresentaram definições não essencialistas da arte, apelando, nesse sentido, para ...
<ul><li>outros ainda, como Nelson Goodman, concluíram que a pergunta  «O que é arte?»  deveria ser substituída pela pergun...
<ul><li>Serão estas teorias melhores do que as anteriores? Aí está uma boa razão para não darmos por terminada esta tarefa...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Quem determina o que é arte?

2.181 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.181
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
43
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quem determina o que é arte?

  1. 1. <ul><ul><ul><ul><ul><li>LILIAN STERTZ </li></ul></ul></ul></ul></ul>QUEM DETERMINA O QUE É ARTE?
  2. 2. O que é arte? Quem determina? Tudo que é belo é arte?
  3. 3. <ul><li>O ramo da filosofia a que se dá o nome de «estética» inclui um conjunto de conceitos e de problemas tão variados. Uma maneira de desfazer tal impressão é começar por esclarecer que a estética é a disciplina filosófica que se ocupa dos problemas, teorias e argumentos acerca da arte. A estética é, portanto, o mesmo que filosofia da arte. </li></ul>
  4. 4. A estética pode ser ― o que de resto é mostrado pela sua história ― uma de três coisas :
  5. 5. teoria do belo, teoria do gosto ou filosofia da arte.
  6. 6. <ul><li>Em primeiro lugar, tanto a teoria do belo como a teoria do gosto dirigem o seu interesse de forma particular para as obras de arte. Para além do problema de saber o que é o belo, um dos problemas colocados pela teoria do belo é o da distinção entre o belo natural e o belo artístico. No mesmo sentido também os defensores da teoria do gosto procuraram compreender porque é que a arte está na origem de grande parte dos nossos juízos de gosto. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Em segundo lugar, a teoria do belo e a teoria do gosto não conseguem dar conta de muitos dos problemas que se colocam com o conceito de arte. É o caso das obras de arte que dificilmente podemos considerar belas e daquelas de que não gostamos mas não podemos deixar de considerar obras de arte. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Em terceiro lugar, o desenvolvimento da arte consegue levantar problemas acerca dos conceitos de belo e de gosto que estes não conseguem levantar acerca da arte. Isso torna-se evidente quando, por exemplo, os gostos e a própria noção de belo se podem modificar à medida que contatamos com diferentes obras de arte (a idéia de que a arte educa os gostos e influencia a nossa própria noção de belo). </li></ul>
  9. 9. Definições explícitas de «arte»: as teorias essencialistas
  10. 10. Teoria da arte como imitação <ul><li>Uma obra é arte se, e só se, é produzida pelo homem e imita algo. </li></ul>
  11. 11. Teoria da arte como expressão <ul><li>Uma obra é arte se, e só se, exprime sentimentos e emoções do artista. </li></ul>
  12. 12. Teoria da arte como forma significante <ul><li>Uma obra é arte se, e só se, provoca nas pessoas emoções estéticas. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Nenhuma das teorias aqui discutidas parece satisfatória . Tendo reparado nas insuficiências das teorias essencialistas, alguns filósofos da arte, como Morris Weitz, abandonaram simplesmente a idéia de que a arte pode ser definida. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>... outros, como George Dickie, apresentaram definições não essencialistas da arte, apelando, nesse sentido, para aspectos extrínsecos à própria obra de arte; </li></ul>
  15. 15. <ul><li>outros ainda, como Nelson Goodman, concluíram que a pergunta «O que é arte?» deveria ser substituída pela pergunta mais adequada «Quando há arte?». </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Serão estas teorias melhores do que as anteriores? Aí está uma boa razão para não darmos por terminada esta tarefa. </li></ul><ul><li>Lilian stertz, out/2007. </li></ul>

×