SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
REVISÃO 8
Usos do porquê
Quatro formas de uso
Porque
• Introdução de uma explicação:
• O céu transmite paz porque é azul
Porquê
• Substitui a ideia de um substantivo: o motivo, a razão, a causa.
• Não sei o porquê desse céu azul.
Por que
•Em frases interrogativas: Por que o céu é azul?
•Em frases afirmativas, quando subentendida a ideia de causa:
Não sei por que este céu é azul.
Por quê
• Em frases interrogativas antecedidas por afirmação:
Este céu é azul. Por quê?
Porque (junto e sem acento)
Estabelece uma causa. É uma conjunção subordinativa causal, ou coordenativa
explicativa, com valor aproximado de “pois”, “uma vez que”, “para que”.
Não fui ao cinema porque tenho que estudar para a prova.
(pois)
Não vá fazer intrigas porque prejudicará você mesmo.
(uma vez que)
Ele foi embora porque cansou daqui.
Não vá porque você é útil aqui.
Dica: Substitua porque por "pois".
Ele foi embora pois se cansou daqui.
Porque
(fonte:http://lancamentos.moderna.com.br/ensino-fundamental-2/arariba/blog/por-que-te-quero/)
Porquê (junto e com acento)
É um substantivo e tem significado de “o motivo”, “a razão”. Vem precedido de
artigo, pronome, adjetivo ou numeral.Porquê
O porquê de não estar conversando é porque quero estar concentrada.
(o motivo)
Diga-me um porquê para não fazer o que devo.
(uma razão)
Não quero saber o porquê de sua recusa.
(o motivo)
Por que
Por que ele foi embora? (interrogativa direta)
Queremos saber por que ele foi embora. (interrogativa indireta)
Por que (separado, sem acento)
Utiliza-se nas interrogativas (diretas ou indiretas). É um advérbio interrogativo. É a
junção da preposição por + pronome relativo que, e tem o significado de “pelo
qual”.
Por que pode também equivale a
pelo qual, pela qual pelos quais,
pelas quais (nesse caso, é um
pronome relativo).
Dica: Substitua por que por
“por qual motivo” , ou “por qual razão”
Por que ele foi embora?
por qual motivo ele foi embora?
Por que você não vai ao cinema?
por qual razão
Aquele é o rapaz por que ela se apaixonou.
pelo qual
Não sei por que não quero ir.
por qual motivo
(fonte:http://lancamentos.moderna.com.br/ensino-fundamental-2/arariba/blog/por-que-te-quero/)
Por quê
Por quê (separado, com acento)
Usa-se “por quê” em final de frase ou quando a expressão estiver isolada.
Vocês não comeram tudo? Por quê?
Andar cinco quilômetros, por quê? Vamos de carro.
Ele foi embora por quê?
Você é a favor ou contra? Por quê?
Por que, porque, por quê, porquê
(...) A velha história de que "na pergunta é separado e na
resposta é junto" só pode ter alguma utilidade quando se sabe
que a pergunta pode ser direta ou indireta.
(...) Em
"...para explicar por que não se emprega o ponto de
interrogação nas perguntas indiretas",
temos a seguinte pergunta, indireta:
"Por que não se emprega o ponto de interrogação nas
perguntas indiretas?".
Esse "por que", equivalente a "por qual razão", "por que
razão", é separadíssimo, independentemente da presença ou
da ausência do ponto de interrogação.
Leia o trecho do livro em
que o professor explica
como fazer o uso do
"porquê".
(http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u362984.shtml)
http://radioglobo.globoradio.globo.com/com-a-palavra,-o-professor-pasquale/2012/04/24/PORQUE-OU-POR-QUE.htm
Clique e ouça a explicação do
Professor Pasquale na Rádio Globo
sobre o uso de “porque” (junto) e
“por que” (separado).
(fonte:http://lancamentos.moderna.com.br/ensino-fundamental-2/arariba/blog/por-que-te-quero/)
PORQUE ou POR QUE ou PORQUÊ ou POR QUÊ?
a) PORQUE = conjunção causal ou explicativa:
“O advogado não compareceu à reunião PORQUE está doente.”
“Feche a porta PORQUE está ventando muito.”
b) PORQUÊ = forma substantivada (com artigo “o” ou “um”):
“Ela quer saber o PORQUÊ da sua demissão.”
“O diretor quer um PORQUÊ para tudo isso.”
c) POR QUÊ = no fim de frase (antes de pausa forte):
“Parou POR QUÊ?”
“Se ele mentiu, eu queria saber POR QUÊ.”
“Quero saber POR QUÊ, onde e quando.”
d) POR QUE = em perguntas (diretas ou indiretas):
“POR QUE parou?”
“Gostaria de saber POR QUE você viajou.”
“Só eu sei as esquinas POR QUE passei.” (= pelas quais)
“É um drama POR QUE muitos passam.” (= pelo qual)
Exercício
1. Assinamos _____________ era um bom contrato.
2. _____________ ainda não assinaram o contrato?
3. Quero saber ____________ ainda não assinaram o contrato.
4. Não assinaram ____________ ?
5. Não sei as causas ________ ele foi demitido.
6. Não sei ___________ motivo ele foi demitido.
7. Não sei ___________ ele foi demitido.
8. Não sei o ___________ da sua demissão.
9. Queremos um ___________ para tudo isso.
10. Se ele mentiu, quero saber __________.
11. ___________ parou? Parou __________ ?
12. Este é o drama ___________ o povo está passando.
13. Estão passando por este drama _____________ foram teimosos.
14. Lembro as esquinas ___________ passei.
15. Ele não sabe, _____________ chegou atrasado.
16. Ele não sabe ____________ chegou atrasado.
17. Ele não sabe o ____________ do seu atraso.
18.________? __________? Repetia inconsolável a mãe.
19. Quero saber onde, quando e _________.
20. Quer saber _______, onde e quando.
21. Ela nunca perguntava ao pai _________ apanhava.
Fonte:
http://g1.globo.com/platb/portugues/2009/12/02/ortogra
fia-%E2%80%93-por-que/
Gabarito
1. Assinamos PORQUE era um bom contrato.
2. POR QUE ainda não assinaram o contrato?
3. Quero saber POR QUE ainda não assinaram o contrato.
4. Não assinaram POR QUÊ?
5. Não sei as causas POR QUE ele foi demitido.
6. Não sei POR QUE motivo ele foi demitido.
7. Não sei POR QUE ele foi demitido.
8. Não sei o PORQUÊ da sua demissão.
9. Queremos um PORQUÊ para tudo isso.
10. Se ele mentiu, quero saber POR QUÊ.
11. POR QUE parou? Parou POR QUÊ?
12. Este é o drama POR QUE o povo está passando.
13. Estão passando por este drama PORQUE foram teimosos.
14. Lembro as esquinas POR QUE passei.
15. Ele não sabe, PORQUE chegou atrasado.
16. Ele não sabe POR QUE chegou atrasado.
17. Ele não sabe o PORQUÊ do seu atraso.
18. POR QUÊ? POR QUÊ? Repetia inconsolável a mãe.
19. Quero saber onde, quando e POR QUÊ.
20. Quer saber POR QUÊ, onde e quando.
21. Ela nunca perguntava ao pai POR QUE (ou PORQUE) apanhava.
Complete a charge
Confira sua resposta
Complete os quadrinhos
Confira sua resposta
Fonte: http://redacaonocafe.wordpress.com/2012/02/14/por-que-porque-porque-ou-por-que/
Certo ou errado?
Certo ou errado?
Certo ou errado?
Fontes
•VILARINHO, Sabrina.
Disponível em: http://www.brasilescola.com/gramatica/por-que.htm
•http://educacao.uol.com.br/portugues/por-que-porque-por-que-ou-porque-o-uso-correto-
segundo-a-gramatica.jhtm
•http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u362984.shtml
•http://g1.globo.com/platb/portugues/2011/06/15/duvidas-dos-leitores-42/
•http://capacitacaonte.blogspot.com.br/2012/04/por-que-por-que-porque-ou-porque.html
•http://g1.globo.com/platb/portugues/2009/12/02/ortografia-%E2%80%93-por-que/
•http://lancamentos.moderna.com.br/ensino-fundamental-2/arariba/blog/por-que-te-quero/
•http://redacaonocafe.wordpress.com/2012/02/14/por-que-porque-porque-ou-por-que/
Pesquisa e organização
Profa. Cláudia Heloísa Cunha Andria
Licenciada em Letras – Unisantos
Contato: clauheloisa@yahoo.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbalPaolaLins
 
1 coesão textual - referencial e sequencial
1   coesão textual - referencial e sequencial1   coesão textual - referencial e sequencial
1 coesão textual - referencial e sequencialLuciene Gomes
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisFábio Guimarães
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeitoIedaSantana
 
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoJoyce de Oliveira
 
A Poesia Visual
A  Poesia  VisualA  Poesia  Visual
A Poesia Visualtita
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguisticaMarcia Simone
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadasguest7174ad
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominalguest0cbfe
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadastaizinha
 
Homônimos e parônimos
Homônimos e parônimosHomônimos e parônimos
Homônimos e parônimosCaroline Cunha
 
Termos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracaoTermos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracaoSandra Paula
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaLucilene Barcelos
 
Slide onde e aonde
Slide  onde e aondeSlide  onde e aonde
Slide onde e aondelahanarafisa
 

Mais procurados (20)

Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
1 coesão textual - referencial e sequencial
1   coesão textual - referencial e sequencial1   coesão textual - referencial e sequencial
1 coesão textual - referencial e sequencial
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e Subordinação
 
A Poesia Visual
A  Poesia  VisualA  Poesia  Visual
A Poesia Visual
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
 
Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
 
Gramática - Pontuação
Gramática - PontuaçãoGramática - Pontuação
Gramática - Pontuação
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Figuras de sintaxe
Figuras de sintaxeFiguras de sintaxe
Figuras de sintaxe
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadas
 
Homônimos e parônimos
Homônimos e parônimosHomônimos e parônimos
Homônimos e parônimos
 
Termos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracaoTermos integrantes-da-oracao
Termos integrantes-da-oracao
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Predicado
PredicadoPredicado
Predicado
 
Slide onde e aonde
Slide  onde e aondeSlide  onde e aonde
Slide onde e aonde
 

Destaque

O uso dos porquês
O uso dos porquêsO uso dos porquês
O uso dos porquêsLeYa
 
Uso Do Porque
Uso Do PorqueUso Do Porque
Uso Do Porquesallesz
 
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia CraseFernando Vieira
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Cláudia Heloísa
 
Uso dos porquês.
Uso dos porquês.Uso dos porquês.
Uso dos porquês.Edson Alves
 
Emprego dos porques
Emprego dos porquesEmprego dos porques
Emprego dos porquesHena Meira
 
The State of Front End Web Development 2011
The State of Front End Web Development 2011The State of Front End Web Development 2011
The State of Front End Web Development 2011Pascal Rettig
 
O uso dos porquês ambiente
O uso dos porquês ambienteO uso dos porquês ambiente
O uso dos porquês ambienteRebeca Kaus
 
Seminário Mariza
Seminário MarizaSeminário Mariza
Seminário MarizaAlunos PUC
 
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas KashalikarGinipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikarabhishekka
 
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10Dagobah
 

Destaque (20)

O uso dos porquês
O uso dos porquêsO uso dos porquês
O uso dos porquês
 
Uso Do Porque
Uso Do PorqueUso Do Porque
Uso Do Porque
 
Por que
Por quePor que
Por que
 
Uso Dos PorquêS Na ProduçãO Textual
Uso Dos PorquêS Na ProduçãO TextualUso Dos PorquêS Na ProduçãO Textual
Uso Dos PorquêS Na ProduçãO Textual
 
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto Interpretação e Compreensão de Texto
Interpretação e Compreensão de Texto
 
Uso do porquê
Uso do porquêUso do porquê
Uso do porquê
 
Uso dos porquês.
Uso dos porquês.Uso dos porquês.
Uso dos porquês.
 
Os porquês do português
Os porquês do portuguêsOs porquês do português
Os porquês do português
 
Emprego dos porques
Emprego dos porquesEmprego dos porques
Emprego dos porques
 
Uso dos porquês
Uso dos porquêsUso dos porquês
Uso dos porquês
 
The State of Front End Web Development 2011
The State of Front End Web Development 2011The State of Front End Web Development 2011
The State of Front End Web Development 2011
 
O uso dos porquês ambiente
O uso dos porquês ambienteO uso dos porquês ambiente
O uso dos porquês ambiente
 
Português: Gramática
Português: GramáticaPortuguês: Gramática
Português: Gramática
 
Vitória x derrota
Vitória x derrotaVitória x derrota
Vitória x derrota
 
Vitoria ou derrota
Vitoria ou derrotaVitoria ou derrota
Vitoria ou derrota
 
Seminário Mariza
Seminário MarizaSeminário Mariza
Seminário Mariza
 
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas KashalikarGinipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
Ginipig Marathi Bestseller Novel Londhe And Dr. Shriniwas Kashalikar
 
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
A derrota política do lulo petismo fsp-05out10
 

Semelhante a Porque

O uso dos porquês
O uso dos porquêsO uso dos porquês
O uso dos porquêsRebeca Kaus
 
O uso dos porquês
O uso dos porquêsO uso dos porquês
O uso dos porquêsRebeca Kaus
 
Uso dos porquês por willian lescano
Uso dos porquês   por willian lescanoUso dos porquês   por willian lescano
Uso dos porquês por willian lescanowillianlescano
 
Uso dos porquês por willian lescano
Uso dos porquês   por willian lescanoUso dos porquês   por willian lescano
Uso dos porquês por willian lescanowillianlescano
 
Uso dos porquês por willian lescano
Uso dos porquês   por willian lescanoUso dos porquês   por willian lescano
Uso dos porquês por willian lescanowillianlescano
 
Uso dos porquês por willian lescano
Uso dos porquês   por willian lescanoUso dos porquês   por willian lescano
Uso dos porquês por willian lescanowillianlescano
 
DICAS DE ORTOGRAFIA.pdf
DICAS DE ORTOGRAFIA.pdfDICAS DE ORTOGRAFIA.pdf
DICAS DE ORTOGRAFIA.pdfNatália Moura
 
Uso dos porquês.
Uso dos porquês.Uso dos porquês.
Uso dos porquês.Edson Alves
 
Língua Portuguesa_Artigo 5_Os porques ...
Língua Portuguesa_Artigo 5_Os porques ...Língua Portuguesa_Artigo 5_Os porques ...
Língua Portuguesa_Artigo 5_Os porques ...Isabelly Sarmento
 
Gabarito Exercícios (onde/aonde/porquês/mal/mau) Mega Concursos
Gabarito Exercícios (onde/aonde/porquês/mal/mau) Mega ConcursosGabarito Exercícios (onde/aonde/porquês/mal/mau) Mega Concursos
Gabarito Exercícios (onde/aonde/porquês/mal/mau) Mega ConcursosProfFernandaBraga
 
Gabarito retificado Interpretação Exercícios I Mega Concursos
Gabarito retificado Interpretação Exercícios I  Mega ConcursosGabarito retificado Interpretação Exercícios I  Mega Concursos
Gabarito retificado Interpretação Exercícios I Mega ConcursosProfFernandaBraga
 

Semelhante a Porque (19)

O uso dos porquês
O uso dos porquêsO uso dos porquês
O uso dos porquês
 
O uso dos porquês
O uso dos porquêsO uso dos porquês
O uso dos porquês
 
Uso dos porquês por willian lescano
Uso dos porquês   por willian lescanoUso dos porquês   por willian lescano
Uso dos porquês por willian lescano
 
Uso dos porquês por willian lescano
Uso dos porquês   por willian lescanoUso dos porquês   por willian lescano
Uso dos porquês por willian lescano
 
Uso dos porquês por willian lescano
Uso dos porquês   por willian lescanoUso dos porquês   por willian lescano
Uso dos porquês por willian lescano
 
Uso dos porquês por willian lescano
Uso dos porquês   por willian lescanoUso dos porquês   por willian lescano
Uso dos porquês por willian lescano
 
DICAS DE ORTOGRAFIA.pdf
DICAS DE ORTOGRAFIA.pdfDICAS DE ORTOGRAFIA.pdf
DICAS DE ORTOGRAFIA.pdf
 
Uso dos porquês
Uso dos porquêsUso dos porquês
Uso dos porquês
 
Porquês
PorquêsPorquês
Porquês
 
Uso dos porquês.
Uso dos porquês.Uso dos porquês.
Uso dos porquês.
 
Língua Portuguesa_Artigo 5_Os porques ...
Língua Portuguesa_Artigo 5_Os porques ...Língua Portuguesa_Artigo 5_Os porques ...
Língua Portuguesa_Artigo 5_Os porques ...
 
Ousodosporques
OusodosporquesOusodosporques
Ousodosporques
 
Porque
PorquePorque
Porque
 
Estude para recuperar.
Estude para recuperar.Estude para recuperar.
Estude para recuperar.
 
Gabarito Exercícios (onde/aonde/porquês/mal/mau) Mega Concursos
Gabarito Exercícios (onde/aonde/porquês/mal/mau) Mega ConcursosGabarito Exercícios (onde/aonde/porquês/mal/mau) Mega Concursos
Gabarito Exercícios (onde/aonde/porquês/mal/mau) Mega Concursos
 
Gabarito retificado Interpretação Exercícios I Mega Concursos
Gabarito retificado Interpretação Exercícios I  Mega ConcursosGabarito retificado Interpretação Exercícios I  Mega Concursos
Gabarito retificado Interpretação Exercícios I Mega Concursos
 
Diferentes empregos do porque.
Diferentes empregos do porque.Diferentes empregos do porque.
Diferentes empregos do porque.
 
ortografia
 ortografia ortografia
ortografia
 
Uso do porquê
Uso do porquêUso do porquê
Uso do porquê
 

Mais de Cláudia Heloísa (20)

Dom Casmurro
Dom CasmurroDom Casmurro
Dom Casmurro
 
Quincas Borba
Quincas BorbaQuincas Borba
Quincas Borba
 
Angústia, de Graciliano Ramos
Angústia, de Graciliano RamosAngústia, de Graciliano Ramos
Angústia, de Graciliano Ramos
 
A relíquia - Eça de Queirós
A relíquia - Eça de QueirósA relíquia - Eça de Queirós
A relíquia - Eça de Queirós
 
Enem 2018 informações
Enem 2018 informaçõesEnem 2018 informações
Enem 2018 informações
 
Mayombe
MayombeMayombe
Mayombe
 
Minha vida de menina - Helena Morley
Minha vida de menina - Helena MorleyMinha vida de menina - Helena Morley
Minha vida de menina - Helena Morley
 
Iracema - José de Alencar
Iracema - José de AlencarIracema - José de Alencar
Iracema - José de Alencar
 
Aula 1 P.I.V.A
Aula 1 P.I.V.AAula 1 P.I.V.A
Aula 1 P.I.V.A
 
Variedades linguísticas- exercício
Variedades linguísticas-  exercícioVariedades linguísticas-  exercício
Variedades linguísticas- exercício
 
Aula 11 2016 problemas notacionais
Aula 11 2016 problemas notacionaisAula 11 2016 problemas notacionais
Aula 11 2016 problemas notacionais
 
Aula 8 texto e discurso
Aula 8 texto e discursoAula 8 texto e discurso
Aula 8 texto e discurso
 
Piva aula 7 2016
Piva aula 7  2016Piva aula 7  2016
Piva aula 7 2016
 
Aula 4
Aula 4 Aula 4
Aula 4
 
Aula 5 2016
Aula 5 2016Aula 5 2016
Aula 5 2016
 
PIVA- Aula 3 lógica
PIVA- Aula 3 lógicaPIVA- Aula 3 lógica
PIVA- Aula 3 lógica
 
PIVA -Aula2 2016
PIVA -Aula2 2016 PIVA -Aula2 2016
PIVA -Aula2 2016
 
PIVA - Aula 1 2016
PIVA - Aula 1 2016PIVA - Aula 1 2016
PIVA - Aula 1 2016
 
Revisao enem carmo 2015_aula 7
Revisao enem carmo 2015_aula 7Revisao enem carmo 2015_aula 7
Revisao enem carmo 2015_aula 7
 
Funções de linguagem exercicios
Funções de linguagem exercicios Funções de linguagem exercicios
Funções de linguagem exercicios
 

Último

Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024azulassessoria9
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfAntonio Barros
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarDouglasVasconcelosMa
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 

Último (20)

Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 

Porque

  • 2. Quatro formas de uso Porque • Introdução de uma explicação: • O céu transmite paz porque é azul Porquê • Substitui a ideia de um substantivo: o motivo, a razão, a causa. • Não sei o porquê desse céu azul. Por que •Em frases interrogativas: Por que o céu é azul? •Em frases afirmativas, quando subentendida a ideia de causa: Não sei por que este céu é azul. Por quê • Em frases interrogativas antecedidas por afirmação: Este céu é azul. Por quê?
  • 3. Porque (junto e sem acento) Estabelece uma causa. É uma conjunção subordinativa causal, ou coordenativa explicativa, com valor aproximado de “pois”, “uma vez que”, “para que”. Não fui ao cinema porque tenho que estudar para a prova. (pois) Não vá fazer intrigas porque prejudicará você mesmo. (uma vez que) Ele foi embora porque cansou daqui. Não vá porque você é útil aqui. Dica: Substitua porque por "pois". Ele foi embora pois se cansou daqui. Porque
  • 5. Porquê (junto e com acento) É um substantivo e tem significado de “o motivo”, “a razão”. Vem precedido de artigo, pronome, adjetivo ou numeral.Porquê O porquê de não estar conversando é porque quero estar concentrada. (o motivo) Diga-me um porquê para não fazer o que devo. (uma razão) Não quero saber o porquê de sua recusa. (o motivo)
  • 6. Por que Por que ele foi embora? (interrogativa direta) Queremos saber por que ele foi embora. (interrogativa indireta) Por que (separado, sem acento) Utiliza-se nas interrogativas (diretas ou indiretas). É um advérbio interrogativo. É a junção da preposição por + pronome relativo que, e tem o significado de “pelo qual”. Por que pode também equivale a pelo qual, pela qual pelos quais, pelas quais (nesse caso, é um pronome relativo). Dica: Substitua por que por “por qual motivo” , ou “por qual razão” Por que ele foi embora? por qual motivo ele foi embora? Por que você não vai ao cinema? por qual razão Aquele é o rapaz por que ela se apaixonou. pelo qual Não sei por que não quero ir. por qual motivo
  • 8. Por quê Por quê (separado, com acento) Usa-se “por quê” em final de frase ou quando a expressão estiver isolada. Vocês não comeram tudo? Por quê? Andar cinco quilômetros, por quê? Vamos de carro. Ele foi embora por quê? Você é a favor ou contra? Por quê?
  • 9. Por que, porque, por quê, porquê (...) A velha história de que "na pergunta é separado e na resposta é junto" só pode ter alguma utilidade quando se sabe que a pergunta pode ser direta ou indireta. (...) Em "...para explicar por que não se emprega o ponto de interrogação nas perguntas indiretas", temos a seguinte pergunta, indireta: "Por que não se emprega o ponto de interrogação nas perguntas indiretas?". Esse "por que", equivalente a "por qual razão", "por que razão", é separadíssimo, independentemente da presença ou da ausência do ponto de interrogação. Leia o trecho do livro em que o professor explica como fazer o uso do "porquê". (http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u362984.shtml)
  • 10. http://radioglobo.globoradio.globo.com/com-a-palavra,-o-professor-pasquale/2012/04/24/PORQUE-OU-POR-QUE.htm Clique e ouça a explicação do Professor Pasquale na Rádio Globo sobre o uso de “porque” (junto) e “por que” (separado). (fonte:http://lancamentos.moderna.com.br/ensino-fundamental-2/arariba/blog/por-que-te-quero/)
  • 11. PORQUE ou POR QUE ou PORQUÊ ou POR QUÊ? a) PORQUE = conjunção causal ou explicativa: “O advogado não compareceu à reunião PORQUE está doente.” “Feche a porta PORQUE está ventando muito.” b) PORQUÊ = forma substantivada (com artigo “o” ou “um”): “Ela quer saber o PORQUÊ da sua demissão.” “O diretor quer um PORQUÊ para tudo isso.” c) POR QUÊ = no fim de frase (antes de pausa forte): “Parou POR QUÊ?” “Se ele mentiu, eu queria saber POR QUÊ.” “Quero saber POR QUÊ, onde e quando.” d) POR QUE = em perguntas (diretas ou indiretas): “POR QUE parou?” “Gostaria de saber POR QUE você viajou.” “Só eu sei as esquinas POR QUE passei.” (= pelas quais) “É um drama POR QUE muitos passam.” (= pelo qual)
  • 12.
  • 13. Exercício 1. Assinamos _____________ era um bom contrato. 2. _____________ ainda não assinaram o contrato? 3. Quero saber ____________ ainda não assinaram o contrato. 4. Não assinaram ____________ ? 5. Não sei as causas ________ ele foi demitido. 6. Não sei ___________ motivo ele foi demitido. 7. Não sei ___________ ele foi demitido. 8. Não sei o ___________ da sua demissão. 9. Queremos um ___________ para tudo isso. 10. Se ele mentiu, quero saber __________. 11. ___________ parou? Parou __________ ? 12. Este é o drama ___________ o povo está passando. 13. Estão passando por este drama _____________ foram teimosos. 14. Lembro as esquinas ___________ passei. 15. Ele não sabe, _____________ chegou atrasado. 16. Ele não sabe ____________ chegou atrasado. 17. Ele não sabe o ____________ do seu atraso. 18.________? __________? Repetia inconsolável a mãe. 19. Quero saber onde, quando e _________. 20. Quer saber _______, onde e quando. 21. Ela nunca perguntava ao pai _________ apanhava. Fonte: http://g1.globo.com/platb/portugues/2009/12/02/ortogra fia-%E2%80%93-por-que/
  • 14. Gabarito 1. Assinamos PORQUE era um bom contrato. 2. POR QUE ainda não assinaram o contrato? 3. Quero saber POR QUE ainda não assinaram o contrato. 4. Não assinaram POR QUÊ? 5. Não sei as causas POR QUE ele foi demitido. 6. Não sei POR QUE motivo ele foi demitido. 7. Não sei POR QUE ele foi demitido. 8. Não sei o PORQUÊ da sua demissão. 9. Queremos um PORQUÊ para tudo isso. 10. Se ele mentiu, quero saber POR QUÊ. 11. POR QUE parou? Parou POR QUÊ? 12. Este é o drama POR QUE o povo está passando. 13. Estão passando por este drama PORQUE foram teimosos. 14. Lembro as esquinas POR QUE passei. 15. Ele não sabe, PORQUE chegou atrasado. 16. Ele não sabe POR QUE chegou atrasado. 17. Ele não sabe o PORQUÊ do seu atraso. 18. POR QUÊ? POR QUÊ? Repetia inconsolável a mãe. 19. Quero saber onde, quando e POR QUÊ. 20. Quer saber POR QUÊ, onde e quando. 21. Ela nunca perguntava ao pai POR QUE (ou PORQUE) apanhava.
  • 18. Confira sua resposta Fonte: http://redacaonocafe.wordpress.com/2012/02/14/por-que-porque-porque-ou-por-que/
  • 22. Fontes •VILARINHO, Sabrina. Disponível em: http://www.brasilescola.com/gramatica/por-que.htm •http://educacao.uol.com.br/portugues/por-que-porque-por-que-ou-porque-o-uso-correto- segundo-a-gramatica.jhtm •http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u362984.shtml •http://g1.globo.com/platb/portugues/2011/06/15/duvidas-dos-leitores-42/ •http://capacitacaonte.blogspot.com.br/2012/04/por-que-por-que-porque-ou-porque.html •http://g1.globo.com/platb/portugues/2009/12/02/ortografia-%E2%80%93-por-que/ •http://lancamentos.moderna.com.br/ensino-fundamental-2/arariba/blog/por-que-te-quero/ •http://redacaonocafe.wordpress.com/2012/02/14/por-que-porque-porque-ou-por-que/ Pesquisa e organização Profa. Cláudia Heloísa Cunha Andria Licenciada em Letras – Unisantos Contato: clauheloisa@yahoo.com.br