A crise do século xiv parte 2

7.567 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.567
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6.264
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A crise do século xiv parte 2

  1. 1. <ul><li>[...] A peste, em Florença, não teve o mesmo comportamento que no Oriente. Neste, quando o sangue saía pelo nariz, fosse de quem fosse, era sinal evidente de morte inevitável. Em Florença, apareciam no começo, tanto no homem como nas mulheres, ou na virilha ou na axila, algumas inchações. Algumas destas cresciam como maçãs; outras, como um ovo; cresciam umas mais, outras menos; chamava-as o populacho de bubões. Dessas duas referidas partes do corpo logo o tal tumor mortal passava a repontar e surgir por toda a parte. [...] </li></ul><ul><li>( Decamerão , p. 12) </li></ul>
  2. 3. Traje do médico, na altura da Peste Negra . Os médicos protegiam-se usando luvas, uma túnica e uma máscara em forma de bico de pássaro, onde acumulavam ervas aromáticas com o objectivo de filtrar o ar, sem sucesso, pois desconheciam que a transmissão da doença se fazia pela picada da pulga e pelo ar respirável. O mal estava na ausência de higiene individual e colectiva, nos homens, infestados de pulgas; nos dejectos acumulados nas ruas; no vestuário de lã raramente mudado...
  3. 4. Dança Macabra , Século XV Os terríveis acontecimentos do século XIV fizeram da morte uma presença constante e a sua representação multiplicou-se em inúmeras “danças macabras”. Nunca, como no fim da Idade Média, a morte e a sua inevitabilidade povoou tanto o pensamento dos vivos.
  4. 7. Conflito que, entre 1337 e 1453, entrecortado por períodos de paz, opôs Inglaterra e França. Este conflito militar foi causado, principalmente, pela rivalidade entre Filipe de Valois, proclamado rei da França depois da morte de Carlos IV (último da dinastia dos capetos) e Eduardo III da Inglaterra. Este último pretendia ter direito à coroa francesa por parte de sua mãe. Disputas territoriais e comerciais também influenciaram o conflito Quando o rei Carlos VII subiu ao trono, os ingleses ocupavam quase todo território francês. Surgiu, neste momento, a heroína Joana D’arc, que comandou o exército francês para várias vitórias, sendo a principal o cerco de Orleans. Foi o impulso dado por ela que fez mudar o caminho da guerra, dando vantagem para o exército francês. A França saiu vitoriosa desta guerra.
  5. 9. A história da vida desta heroína francesa é marcada por fatos trágicos. Quando era criança, presenciou o assassinato de membros de sua família por soldados ingleses que invadiram a vila em que morava. Com 13 anos de idade, começou a ter visões e receber mensagens, que ela dizia ser dos santos Miguel, Catarina e Margarida. Nestas mensagens, ela era orientada a entrar para o exército francês e ajudar seu reino na guerra contra a Inglaterra.  Motivada pelas mensagens, cortou o cabelo bem curto, vestiu-se de homem e começou a fazer treinos militares. Foi aceite no exército francês, chegando a comandar tropas. As suas vitórias importantes e o reconhecimento que ganhou do rei Carlos VII despertaram a inveja em outros líderes militares da França . Estes começaram a conspirar e diminuíram o apoio de Joana D’arc. cidade de Rouen, no ano de 1431. Em 1430, durante uma batalha em Paris, foi ferida e capturada pelos borgonheses que a venderam para os ingleses. Foi acusada de praticar feitiçaria, em função de suas visões, e condenada a morte na fogueira. Foi queimada viva na
  6. 10. SÉCULO XIV CRISE Escassez de recursos FOME Epidemias (ex. peste bubónica ou peste negra) PESTE Guerras (ex : Guerra dos Cem Anos) GUERRA

×