Ba.13 digestão e nutrição

1.678 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.678
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ba.13 digestão e nutrição

  1. 1. BIOLOGIA Zoologia, Botânica e Fisiologia Napa 2013 BA.13 - Nutrição e digestão
  2. 2. Links http://www.youtube.com/watch?v=6JfDX94htb U&NR=1&feature=endscreen Sistema disgestório
  3. 3. Alimentos: são estruturas que possuem nutrientes. Nutrientes: são substâncias químicas utilizadas no metabolismo. Digestão: é o conjunto de processos que tem como resultado a obtenção de nutrientes dos alimentos. Conceitos
  4. 4. Cavidade digestória Sistema digestório incompleto Sistema digestório completo Digestão Incompleto Completo Boca Cavidade digestória Hidra Boca Tubo digestório Ânus Minhoca
  5. 5. Nutrientes Energéticos: são utilizados no metabolismo energético, ou seja, no fornecimento de energia. Exs.: Carboidratos e lipídios. Construtores ou plásticos: são utilizados no metabolismo plástico, isto é, na construção e/ou reconstrução de estruturas. Exs.: Proteínas. I- Quanto à função Reguladores: são responsáveis pela regulação metabólica. Exs.: Sais minerais e vitaminas. Obs.: Os nutrientes podem apresentar funções múltiplas. Por exemplo, existem lipídios na membrana celular e carboidratos estruturais (celulose e quitina)
  6. 6. Nutrientes Macronutrientes: são necessários em quantidades relativamente grandes. Exs.: Carboidratos, proteínas e lipídios. Micronutrientes: são necessários em quantidades relativamente pequenas. Exs.: Sais minerais e vitaminas. I- Quanto à quantidade
  7. 7. Pães, massas e cereais Verduras e legumes Carnes, peixes, ovos, grãos e castanhas Leite e derivados Óleos, gord uras e doces Pirâmide alimentar
  8. 8. • Alimentam-se exclusivamente de carne. • Exs.: Leão, gato, cão.Carnívoros • Alimentam-se exclusivamente de vegetais. • Exs.: Cabra, cavalo, vaca.Herbívoros • Alimentam-se de carne e vegetais. • Exs.: Ser humano, chimpanzé, urso-pardo.Onívoros Classificação dos animais quanto ao tipo de alimentação
  9. 9. Amido Glicogênio DNA
  10. 10. Ribossomos sintetizam nossas proteínas, se assim é, por que precisamos comer proteínas?
  11. 11. O que formam as proteínas são COMBINAÇÕES DOS AMINOÁCIDOS, estes podem ser divididos entre os AMINOÁCIDOS ESSENCIAIS E OS NATURAIS. OS NATURAIS SÃO SINTETIZADOS PELO CORPO DO INDIVÍDUO, OS ESSENCIAIS SÃO OBTIDOS PELA ALIMENTAÇÃO. TODOS OS AMINOÁCIDOS ESSENCIAIS SÃO ENCONTRADOS EM ABUNDÂNCIA NO REINO VEGETAL, exemplo disso é que a maioria das populações humanas tem como dieta básica a associação de uma leguminosa (feijão, soja, ervilha, lentilha, etc.) com um cereal (arroz, milho, trigo, etc.) e a qualidade DEPENDE DA FONTE DA PROTEÍNA VEGETAL OU DA SUA COMBINAÇÃO. As proteínas vegetais podem ser iguais ou melhores do que as proteínas animais. Fonte: Apostila Ético e Guia alimentar para dietas vegetarianas do DEPARTAMENTO DE MEDICINA E NUTRIÇÃO SOCIEDADE VEGETARIANA BRASILEIRA
  12. 12. I- Digestão mecânica Mastigação: fragmentação dos alimentos por ação dos dentes, língua e músculos das bochechas (bucinadores).
  13. 13. Deglutição: condução dos alimentos através da garganta ao esôfago (promovendo o fechamento da glote pelo movimento da epiglote, evitando o engasgo), e daí para o estômago. Movimentação peristáltica: condução dos alimentos através do tubo digestório por ação da musculatura de sua parede.
  14. 14. Pepsinogênio Cafeina Pepsina
  15. 15. II- Digestão química É realizada por substâncias químicas, principalmente as enzimas conhecidas como hidrolases, que quebram macromoléculas em subunidades por adição de moléculas de água (hidrólise). A + BAB H20 Enzima (hidrolase) +
  16. 16. III- Bile Órgão produtor: fígado. Armazenamento: é armazenada em uma pequena bolsa (vesícula biliar) anexa ao fígado. Local de ação: age nas primeiras porções do intestino delgado, reduzindo gotas de lipídios a gotículas (emulsificação), o que aumenta a superfície de contato com as lipases. Obs.: A bile fragmenta as gotas de lipídios, mas não as digere, daí sua função físico-química.
  17. 17. Secreções digestivas Secreção digestiva pH Órgão produtor Local de atuação Enzima Ação Saliva Neutro Glândulas salivares Boca Amilase salivar (ptialina) Amido → maltose Suco gástrico Ácido (ácido clorídrico) Estômago Estômago Pepsina (pepsinogênio → pepsina) Proteínas → peptídios menores Bile (armazenada na vesícula biliar) Básico (bicarbonato de sódio) Fígado Intestino delgado Nenhuma (apenas sais biliares) Emulsificação de óleos e de gorduras (converte gotas em gotículas, aumentando a área de atuação das lipases) Suco pancreático Básico (bicarbonato de sódio) Pâncreas (ácinos pancreáticos) Intestino delgado Tripsina (tripsinogênio → tripsina) Proteínas → peptídios menores
  18. 18. A digestão e seus ambientes orgânicos Secreção digestiva pH Órgão produtor Local de atuação Enzima Ação Suco pancreático Básico (bicarbonato de sódio) Pâncreas (ácinos pancreáticos) Intestino delgado Tripsina (tripsinogênio → tripsina) Proteínas → peptídios menores Amilase pancreática Amido → maltose Lipase pancreática Triacilgliceróis → glicerol + ácidos graxos Ribonuclease RNA → ribonucleotídios Desoxirribonuclease DNA → desoxirribonucleotídios
  19. 19. A digestão e seus ambientes orgânicos Secreção digestiva pH Órgão produtor Local de atuação Enzima Ação Suco entérico Neutro Intestino delgado Intestino delgado Enteroquinase Tripsinogênio → tripsina Maltase Maltose → glicose + glicose Sacarase Sacarose → glicose + frutose Lactase Lactose → glicose + galactose Peptidases Peptídios → aminoácidos
  20. 20. Controle hormonal da digestão Hormônio Órgão produtor Estímulo desencadeante Órgão-alvo Secretina Duodeno Presença dos alimentos (principalmente quimo ácido) Pâncreas Estimula a secreção de suco pancreá- tico rico em bicarbonato de sódio, que neutraliza a acidez do quimo no intestino Enterogastrona Duodeno Presença de quimo gorduroso Estômago Inibe a secreção de suco gástrico e retarda o esvaziamento do estômago Colecistocinina (CCK) Duodeno Presença dos alimentos (principalmente quimo gorduroso) Pâncreas Estimula a contração da vesícula biliar e a liberação da bile no duodeno Vesícula biliar Atuação Gastrina Estômago Presença dos alimentos Estômago Estimula a secreção de suco gástrico

×