A arte e a cultura em Portugal do século XIX

20.924 visualizações

Publicada em

um resumo para que se possa rever o que de mais importante se fez e aconteceu em Portugal no século XIX, na arte e na cultura.
uma boa revisão para um estudo da temática em HGP - 6º ano

Publicada em: Educação
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.924
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
799
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
189
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A arte e a cultura em Portugal do século XIX

  1. 1. <ul><li>A ARTE E CULTURA </li></ul>
  2. 4. Esta relacionada com o crescimento das cidades e com a necessidade de se construírem grandes espaços. O ferro e o vidro , novos materiais utilizados, são característicos da industrialização. A arquitectura
  3. 5. OS ARQUITECTOS INPIRARAM-SE, PARA FAZER AS SUAS OBRAS, NOS GREGOS, ROMANOS, ÁRABES E NA ÉPOCA DOS DESCOBRIMENTOS PALACETE DO PRINCÍPE REAL INFLUÊNCIA ÁRABE
  4. 6. TEATRO D. MARIA II INFLUÊNCIA GREGA E ROMANA
  5. 7. ESTAÇÃO DE COMBOIOS DO ROSSIO INFLUÊNCIA ARTE MANUELINA
  6. 8. AZULEJO
  7. 9. PALÁCIO DA BOLSA (Cúpula) FERRO E VIDRO
  8. 10. PONTE D. LUÍS - PORTO FERRO
  9. 11. PALÁCIO DE CRISTAL-PORTO
  10. 17. <ul><li>A defesa dos direitos humanos </li></ul><ul><li>Entretanto e de acordo com os princípios liberais, o Governo decretou a: </li></ul><ul><li>Abolição da pena de morte; </li></ul><ul><li>2. Extinção da escravatura (1869); </li></ul><ul><li>3. Extinção das “rodas dos enjeitados”. </li></ul>
  11. 22. <ul><li>A 2ª metade do século XIX, o aumento da importação de livros e revistas contribuiu para o maior interesse das pessoas pelos acontecimentos políticos e sociais. </li></ul><ul><li>O número de publicações aumentou e o gosto pela leitura de jornais , foi igualmente aumentando. </li></ul><ul><li>Datam dessa época: o jornal “O Século”, “Diário de Notícias”, “O Comércio do Porto Ilustrado”… </li></ul>
  12. 24. <ul><li>Romantismo </li></ul><ul><li>Romantismo , também chamado de Romanticismo [1] , foi um movimento artístico , político e filosófico surgido nas últimas décadas do século XVIII na Europa que perdurou por grande parte do século XIX . (…) </li></ul><ul><li>Inicialmente apenas uma atitude, um estado de espírito, o Romantismo toma mais tarde a forma de um movimento, e o espírito romântico passa a designar toda uma visão de mundo centrada no indivíduo . </li></ul><ul><li>O Movimento Romântico inspirou-se nas lendas e tradições mais antigas da nossa história e esteve sempre ligado ao sentimento e ao sonho. </li></ul><ul><li>Destacaram-se: </li></ul><ul><li>no teatro - Almeida Garrett foi o seu melhor representante; </li></ul><ul><li>no romance - Camilo Castelo Branco e Júlio Dinis; </li></ul><ul><li>- no romance histórico - Alexandre Herculano. </li></ul>
  13. 25. JÚLIO DINIS
  14. 26. CAMILO CASTELO BRANCO
  15. 27. <ul><li>O Realismo </li></ul><ul><li>Realismo foi um movimento artístico e literário surgido nas últimas décadas do século XIX na Europa , mais especificamente na França , em reação ao Romantismo . </li></ul><ul><li>( in wikipédia) </li></ul><ul><li>Com o Realismo, os artistas procuravam reproduzir o mundo tal como o viam, de uma maneira mais natural, sem o aspecto sentimental e poético do Romantismo. </li></ul><ul><li>Destacaram-se: </li></ul><ul><li>na literatura - Eça de Queirós, Ramalho Ortigão e Antero de Quental; </li></ul><ul><li>na pintura - Columbano Bordalo Pinheiro, José Malhoa, Silva Porto; </li></ul><ul><li>- na escultura - mestre Soares dos Reis. </li></ul>
  16. 28. <ul><li>A pintura e a escultura </li></ul><ul><li>Os artistas deste período, pintaram sobretudo: </li></ul><ul><li>Paisagens rurais e marítimas; </li></ul><ul><li>Cenas da vida quotidiana; </li></ul><ul><li>Retratos </li></ul>
  17. 29. JOSÉ MALHOA NA PINTURA OS PRINCIPAIS TEMAS ERAM O RETRATO , AS PAISAGENS E A VIDA DO POVO
  18. 30. “ OS BÊBADOS”
  19. 31. “ O fado”
  20. 32. “ PRAIA DAS MAÇÃS”
  21. 33. COLUMBANO BORDALO PINHEIRO
  22. 34. “ GRUPO DO LEÃO”
  23. 35. “ Chávena de chá”
  24. 36. “ Convite à dança”
  25. 37. SILVA PORTO
  26. 38. “ GUARDANDO O REBANHO”
  27. 39. “ Ceifeiras”
  28. 40. “ peixeiras - Olhando o mar”
  29. 41. RAFAEL BORDALO PINHEIRO
  30. 42. “ ZÉ POVINHO”
  31. 45. “ PRATO DE FRUTAS”
  32. 47. RAMALHO ORTIGÃO
  33. 48. EÇA DE QUEIRÓS
  34. 52. As Conferências do Casino foram uma série de conferências realizadas na primavera de 1871 em Lisboa . Foram impulsionadas pelo poeta Antero de Quental , que insuflou no chamado Grupo do Cenáculo o entusiasmo para as realizar. Este poeta estava sob a influência das ideias revolucionárias de Proudhon . Este grupo também passou a ser conhecido como Geração de 70 . Tratava-se de um grupo de escritores e intelectuais jovens e de vanguarda. As Conferências do Casino, ou Conferências Democráticas do Casino, são uma réplica da anterior Questão Coimbrã . (…) In Wikipédia
  35. 53. A ARTE E CULTURA <ul><li>NOVOS MATERIAIS </li></ul><ul><li>AZULEJO </li></ul><ul><li>FERRO </li></ul><ul><li>VIDRO </li></ul>ARQUITECTURA PINTURA <ul><li>TEMAS </li></ul><ul><li>RETRATO </li></ul><ul><li>PAISAGENS </li></ul><ul><li>VIDA DO POVO </li></ul><ul><li>PRINCIPAIS PINTORES </li></ul><ul><li>JOSÉ MALHOA </li></ul><ul><li>COLUMBANO BORDALO PINHEIRO </li></ul><ul><li>SILVA PORTO </li></ul>CERÂMICA <ul><li>PRINCIPAL CERAMISTA </li></ul><ul><li>RAFAEL BORDALO PINHEIRO </li></ul>LITERATURA <ul><li>PRINCIPAIS ESCRITORES </li></ul><ul><li>EÇA DE QUEIRÓS </li></ul><ul><li>CAMILO CASTELO BRANCO </li></ul><ul><li>JÚLIO DINIS </li></ul><ul><li>RAMALHO ORTIGÃO </li></ul>

×