Parte 1ª a agricultura

4.583 visualizações

Publicada em

Um estudo resumido da evolução da agricultura no século XIX.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Parte 1ª a agricultura

  1. 4. Regeneração era um movimento político que queria fazer recuperar Portugal do atraso económico em que o país estava. O grande político que orientou este movimento foi FONTES PEREIRA de MELO
  2. 5. <ul><li>A paz em Portugal é conseguida com o fim da guerra civil em 1834 e o começo do reinado de D. Maria II. </li></ul><ul><li>Começa assim a última fase da monarquia portuguesa que irá desaparecer com o 5 de Outubro de 1910 e a implantação da REPÚBLICA. </li></ul>
  3. 8. Até ao séc. XIX, a maior parte das pessoas vivia no campo e trabalhava na agricultura. Contudo, a produção agrícola era pouca e não chegava para alimentar a população.
  4. 9. <ul><li>Para aumentar a produção agrícola, o ministro Mouzinho da Silveira publicou algumas leis: </li></ul><ul><li>Umas para que os camponeses deixassem de ter as obrigações nas terras senhoriais </li></ul><ul><li>Outras para criar novos proprietários que cultivassem o mato e as florestas </li></ul><ul><li> Estas e outras medidas provocaram grandes mudanças na agricultura </li></ul>
  5. 10. <ul><li>Resumindo: </li></ul><ul><li>Na segunda metade do século XIX os deputados e os ministros tentaram desenvolver Portugal para isso fizeram algumas leis para modernizar os país. </li></ul><ul><li>As primeiras medidas foram para a AGRICULTURA. </li></ul>
  6. 11. <ul><li>C om o objectivo de aumentar a produção na agricultura foi preciso dar terras, dividindo-as para as trabalhar. </li></ul><ul><li>Assim: </li></ul><ul><li>Tiraram terras a mosteiros e a nobres e venderam - nas; </li></ul><ul><li>Acabaram com o direito do MORGADIO; </li></ul><ul><li>Dividiram os terrenos BALDIOS em parcelas e venderam-nas; </li></ul>
  7. 12. Terreno BALDIO
  8. 13. Algumas dúvidas: Quem é que podia comprar as terras? R: Só os burgueses ricos porque tinham dinheiro vindo do comércio. Os camponeses e muitos nobres estavam arruinados com a guerra civil; O que é um MORGADIO? R: Era o direito que tinha o filho mais velho, o MORGADO, de herdar todos os bens dos pais, não dando nada para os outros irmãos; O que é um BALDIO ? R: Eram os terrenos que nunca tinham sido cultivados e eram utilizados nas aldeias por todos para pastar o gado ou tirar lenha;
  9. 14. Com estas medidas passou-se a ter mais terrenos para cultivar e mais donos de terras que podiam cultivar ; Agora era preciso modernizar a AGRICULTURA , usando novas técnicas agrícolas;
  10. 15. Antes do século XIX, os terrenos onde se cultivavam os cereais ficavam em POUSIO ( em descanso) um, dois ou mais anos para se recomporem do desgaste. No século XIX descobriu-se que no terreno onde se tinham plantado cerais, podia-se, de seguida, plantar batatas, nabos, ou outros produtos diferentes. A produção continuava a ser boa. Era preciso ALTERNAR AS CULTURAS .
  11. 16. ASSIM :
  12. 17. <ul><li>Até ao séc. XIX, os solos eram dividido em pequenas parcelas e uma delas, rotativamente, ficava em descanso, em pousio , para se poder renovar. </li></ul><ul><li>No séc. XIX, o cultivo da batata dispensou o pousio. Esta planta não desgasta a terra que, por isso, passou a ser ocupada, todos os anos com culturas alternadas. </li></ul>
  13. 18. <ul><li>Sistema de cultura rotativo (antigo) </li></ul><ul><li>Sistema de cultura alternado (moderno) </li></ul>
  14. 19. <ul><li>No séc. XIX – principais culturas em Portugal: </li></ul>Milho – no noroeste, cultura de Verão, que era alternada no Outono/Inverno com prados para o gado . Arroz – junto aos rios Sado, Tejo e Mondego: aumento da área cultivada e passou a ser consumido em maior quantidade. Batata – esta cultura espalhou-se por todo o País, principalmente a norte do rio Tejo, substituindo a castanha na alimentação.
  15. 20. <ul><li>Novas técnicas na agricultura: </li></ul><ul><li>Alternar as culturas; </li></ul><ul><li>Uso de sementes seleccionadas; </li></ul><ul><li>Uso de ADUBOS QUÍMICOS; ( desenvolve-se agora a indústria química que não existia;) </li></ul><ul><li>Aparecem NOVAS MÁQUINAS AGRÍCOLAS; </li></ul>
  16. 21. ANTES Adubavam as terras com estrume proveniente dos excrementos de bois, cavalos, etc.
  17. 22. DEPOIS
  18. 23. <ul><li>As terra, agora mais intensamente ocupadas, começaram a ser fertilizadas com adubo. </li></ul><ul><li>O tradicional arado de madeira foi substituído pela charrua de ferro, que revolve mais profundamente a terra, tornando-a mais fértil. </li></ul>
  19. 24. ANTES
  20. 26. DEPOIS
  21. 28. <ul><li>Foi nessa altura que teve início a mecanização da agricultura. </li></ul><ul><li>As primeiras máquinas agrícolas em Portugal foram as ceifeiras e as debulhadoras, que começaram a ser utilizadas, principalmente, nas grandes propriedades do sul, Estremadura e Alentejo . </li></ul>
  22. 33. <ul><li>Até ao séc. XIX, a maior parte das terras pertencia à nobreza e às ordens religiosas. No séc. XIX, o governo liberal confiscou parte dessas terras e vendeu-as. </li></ul>Novos proprietários de terras na 2.ª metade do séc. XIX Burgueses que compraram as terras confiscadas ao clero e compraram à nobreza arruinada. Todos os filhos passaram a ser herdeiros das terras. (terminou o direito do MORGADIO) Camponeses apropriaram-se de terras bravias. (BALDIOS)
  23. 34. <ul><li>Na segunda metade do séc. XIX, o espírito dos negócios chegou à agricultura: </li></ul><ul><li>Produtos agrícolas exportados: vinho, fruta, cortiça, gado. Os novos meios de transporte facilitaram a venda para os mercados interno e externo . </li></ul>

×