Nicolau maquiavel

4.703 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.703
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
234
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nicolau maquiavel

  1. 1. OS FINS JUSTIFICAM OSMEIOSNICOLAU MAQUIAVEL(1469-1527)
  2. 2. EM CONTEXTO• Área Filosofia política• Abordagem Realismo
  3. 3. ANTES• Século I a.C. Platão defende em A repúblicaque o Estado deve ser governado por um reifilósofo.• Século I a.C. O escritor romano Cícerosustenta que a República Romana é a melhorforma de governo.
  4. 4. DEPOIS• Século XVI Colegas de Maquiavel adotam oadjetivo ‘maquiavélico’ para descrever atos deastúcia ardilosa.• 1762 Jean-Jacques Rousseau prega que aspessoas devem se agarrar a liberdade e resistirao domínio dos príncipes.• 1928 O ditador italiano Benito Mussolinidescreve O Príncipe como ‘o supremo guia dohomem de Estado’.
  5. 5. • Nasceu em Florença, Itália numa época deagitações constantes. A família Médici detinhao controle público. No seu ano de nascimentoLorenzo, o Magnífico sucessor de seu pai,conduziu Florença por um período de grandeatividade artística. Por vez, seu filho Piero osucedeu num reinado curto, a França invadiu aItália e uma revolta da população o levou afugir da cidade. Florença virou República.
  6. 6. • Girolamo Savonarola, dominicano da ordemSão Marcos, passou a dominar a vida políticaflorentina. A cidade-estado entrou numperíodo democrático sob seu comando,porém após acusar o papa de corrupção foiqueimado como herege. Isso levou Maquiavelassumir seu primeiro cargo político em 1498como secretário da Segunda Chancelaria.
  7. 7. Lorenzo, o Magnífico (1449-1492)• Governou Florença a partir da morte do pai,em 1469, até morrer. Embora governassecomo um déspota, a república floresceu sobseu domínio.
  8. 8. Carreira e influências• A invasão de Carlos VIII em 1494 iniciou umperíodo turbulento na história da Itália, quena época dividia-se em cinco poderes: opapado, Nápoles, Veneza, Milão e Florença.• Florença combateu fortes potênciasestrangeiras, a França, a Espanha e o SacroImpério Romano. Maquiavel passou 14 anosem várias cidades fortalecendo a república.
  9. 9. • Em suas viagens conheceu César Bórgia, filhoilegítimo do papa Alexandre VI e inimigo deFlorença. Maquiavel, apesar de suas visõesrepublicanas ficou impressionado com seuvigor, inteligência e capacidade, sendo umasdas fontes de inspiração para sua futura obra,O Príncipe.
  10. 10. • O papa Alexandre VI morreu em 1503, e seusucessor, o papa Júlio II, era outro homemforte e bem-sucedido que fascinou Maquiavelcom sua capacidade militar e astúcia. Mas atensão entre a França e o papado levouFlorença a se aliar as franceses e lutar contra opapado e seus aliados espanhóis, o Francesesderrotados, levaram também ao fim darepública florentina.
  11. 11. • O cardeal Médici instaurou seu governo eMaquiavel foi exonerado de seu cargo oficial eexilado em sua fazenda, em fevereiro de 1513foi torturado, multado e aprisionado.• Maquiavel saiu da prisão em um mês, massuas chances de ocupar novamente um cargopolítico eram pequenas, o que o levou aescrever um livro para presentear o príncipe.
  12. 12. COMO É DIFÍCIL PARA UM POVO ACOSTUMADOA VIVER SOB O DOMÍNIO DE UM PRÍNCIPEPRESERVAR SUA LIBERDADE!NICOLAU MAQUIAVEL
  13. 13. O PríncipeOs objetivos de um governante justificam osmeios usados para obtê-los, rejeitando amoralidade cristã, com conselhos práticoscolocando os valores cristãos de lado seatrapalhassem o caminho.
  14. 14. Noção de Virtú• Percepção medieval de virtudes como poderesos funções dos seres que diziam respeito aodomínio político. Virtú também se relacionacom “virilidade” do próprio príncipe ouestado, onde virtú significa o “sucesso” de umestado que deve ser admirado e imitado.
  15. 15. Um soberano não poderia ser limitado pelamoralidade, mas fazer o que fosse necessáriopara assegurar sua própria glória e o sucesso doestado (realismo). O que deve ser evitado é oódio do povo, o povo pode amá-lo e temê-lo –preferivelmente ambos, embora seja maisimportante ser temido que amado, mas o povonão deve odiá-lo para evitar revoltas.
  16. 16. Um príncipe que maltrata seu povodesnecessariamente será desprezado, areputação do príncipe deve estar na suacompaixão e não na crueldade, isso envolvepunições duras em uns poucos afim de atingiruma ordem social geral que beneficie maispessoas a longo prazo.
  17. 17. O Governante precisa saber......agir como uma fera, diz Maquiavel em Opríncipe, e deve imitar as qualidades da raposa,assim com as do leão.
  18. 18. O governantedeve ter aferocidade doleão paraamedrontarquem buscardestituí-lo.
  19. 19. Ogovernantedeve ter aastúcia daraposa parareconhecerciladas earmadilhas.
  20. 20. Príncipe ou repúblicaDiscursos sobre a primeira década de Tito Lívio,Maquiavel defende a república como regime ideal quedeve ser instituído quando um razoável grau deigualdade existe ou pode ser estabelecido.Um Principado só seria apropriado quando a igualdadenão existe e não pode ser introduzida, em O PríncipeMaquiavel mostra como um soberano deve governarnesses casos, sendo um mal necessário, melhor sendobem administrados como era o caso de Florença numperíodo de grandes agitações políticas.
  21. 21. Deve ser compreendido que um príncipe nãopode observar a todas as coisas consideradasvirtuosas nos homens.Nicolau Maquiavel
  22. 22. Aguardando aos leitores•O príncipe tinha intenção de aproximarMaquiavel dos Médicis, Discursos ele dedicou amembros republicanos, Maquiavel escreveu oque seu público queria ler. O livro contemaspectos que ele genuinamente acreditava,como uma milícia de cidadãos ao invés demercenários, também foi escrito em italiano nalíngua “do povo” ao invés do latim, como umasátira para evitar que um príncipe assim surgisse
  23. 23. O Mundo se tornou mais parecido com aquelede Maquiavel.Bertrand Russell
  24. 24. A crueldade tem sido umacaracterística de líderes aolongo da história. Noséculo XX, o ditadorBenito Mussolini inspirouterror e admiração paramanter-se no poder naItália.
  25. 25. Nicolau MaquiavelPouco se sabe sobre seusprimeiros 28 anos de vida,boa educação, político ediplomata da repúblicaFlorentina, com a voltados Médicis se dedicou atextos literáriosrecuperando suaconfiança, porém nuncaretornando a vida pública.

×