5/4/1588, Westport, Inglaterra
4/12/1679, Hardwick Hall, Inglaterra
Nascimento
 5 de abril de 1588 , aldeia de Westport , próximo a Malmesbury
no condado de Wiltshire, Inglaterra.
Morte
 4...
1629
 Tradução: "História da Guerra do Peloponeso", de Tucididas.
1640
 “Objeções às Idéias de Descartes”.
1642
 Triolo...
1655
 Primeiro livro filosófico: “Uma Curta Abordagem a Respeito
dos Primeiros Princípios”
 Triologia: "De Corpore", dem...
 Hobbes é empirista e racionalista.
 Hobbes é defensor do absolutismo.
 Hobbes admite a existência do pacto social.
 O...
Thomas Hobbes
Thomas Hobbes
Thomas Hobbes
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Thomas Hobbes

16.928 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Espiritual
  • Seja o primeiro a comentar

Thomas Hobbes

  1. 1. 5/4/1588, Westport, Inglaterra 4/12/1679, Hardwick Hall, Inglaterra
  2. 2. Nascimento  5 de abril de 1588 , aldeia de Westport , próximo a Malmesbury no condado de Wiltshire, Inglaterra. Morte  4 de dezembro de 1679 (91 anos), em Hardwick Hall, Inglaterra. Ocupação  Preceptor ( espécie de professor particular ) Principal Obra  Leviatã Traduções  Ilíada e Odisséia
  3. 3. 1629  Tradução: "História da Guerra do Peloponeso", de Tucididas. 1640  “Objeções às Idéias de Descartes”. 1642  Triologia: "De Cive" a respeito da organização social. 1650  "Os Elementos da Lei“, dividido em duas partes: Natureza Humana" e o "Do Corpo Político". 1651  Publicou sua obra-prima, o “Leviatã”.
  4. 4. 1655  Primeiro livro filosófico: “Uma Curta Abordagem a Respeito dos Primeiros Princípios”  Triologia: "De Corpore", demonstrando que os fenômenos físicos são explicáveis em termos de movimento. 1658  Triologia: "De Homine", tratando especificamente do movimento envolvido no conhecimento e apetite humano. 1675  Tradução da "Odisséia“ 1676  Tradução de "Ilíada“
  5. 5.  Hobbes é empirista e racionalista.  Hobbes é defensor do absolutismo.  Hobbes admite a existência do pacto social.  O poder não é um simples fenômeno de força.  Não existência do estado.  Estado Natural

×