O SURGIMENTO DA FILOSOFIA
GRÉCIA ANTIGA (VII a. C. – VI a. C.)                        REGIÃO DA JÔNIA                             MILETO            ...
MITO E FILOSOFIA     O que é um Mito? O Mito é uma narrativa que busca explicar a origem de algo. Essas narrativas possuem...
AS DIFERENÇAS ENTRE MITO E FILOSOFIA          MITO                       FILOSOFIA• Busca explicações atravésgenealogias, ...
A DIVISÃO DA HISTÓRIA DA FILOSOFIA                                                           Período de investigação      ...
São caracterizados pelo                                               pensamento que     PRÉ-SOCRÁTICOS                   ...
Os Jônios                   Assim chamados por habitarem                              a região da Jônia, atual Turquia.   ...
Anaxímenes             Afirmou ser o ar princípio ativo de(585-525 a.C.)                   todas as coisas                ...
Escola iniciada por Pitágoras na   Os Pitagóricos                                     região de Samos, localizada na costa...
Heráclito          “tudo flui, tudo passa, se mover sem cessar”    Sua idéia mestra é o (540-480 a. C.)                   ...
Buscaram                               Habitaram a cidade de Eléia          compreender a     Os Eleatas                  ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O surgimento da filosofia

23.096 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
2 comentários
57 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
23.096
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
2
Gostaram
57
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O surgimento da filosofia

  1. 1. O SURGIMENTO DA FILOSOFIA
  2. 2. GRÉCIA ANTIGA (VII a. C. – VI a. C.) REGIÃO DA JÔNIA MILETO ANAXIMANDRO TALES ANAXÍMENES (610 – 545 a. C.)(642 – 546 a. C.) (585 – 525 a. C.)
  3. 3. MITO E FILOSOFIA O que é um Mito? O Mito é uma narrativa que busca explicar a origem de algo. Essas narrativas possuem a presença de deuses, e forças sobrenaturais em suas composições.A origem da palavra vem do Grego Mythos = Narrar,designar, apontar.
  4. 4. AS DIFERENÇAS ENTRE MITO E FILOSOFIA MITO FILOSOFIA• Busca explicações atravésgenealogias, rivalidades ou •Exige explicação coerente,alianças entre divindades. lógica e racional.•Não há preocupação com •Explica a produção naturalcontradições das coisas através da observação dos elementos•Existe grande presença de naturais.concepções cosmológicasem suas interpretações. •Não admite contradições.
  5. 5. A DIVISÃO DA HISTÓRIA DA FILOSOFIA Período de investigação do surgimento do Período Pré-socrático (VII – V a. C.)  Cosmológico Cosmos (universo)através da Arché ( principio originário). Inaugurada por Protágoras e Sócrates, surge a Filosofia Moral. Inaugura a Período Socrático (IV a. C)  Antropológico Investigação de questões acerca das relações humanas (moral / ética) Período teosófico ou decadente. Marcado pela Pós-Socrático (IV a. C. - VI d. C.)  Ontológico desvalorização do pensamento grego e a ascensão da era cristã.
  6. 6. São caracterizados pelo pensamento que PRÉ-SOCRÁTICOS antecede o humanismo inaugurado por Sócrates.Natureza, mundo externo ?Buscaram, através da physis, ? Do que é feitoencontrar uma unidade física as coisas?responsável pela ordem docosmos: arché ? ? Substância primeira; princípio iniciador; fundamental e originário.
  7. 7. Os Jônios Assim chamados por habitarem a região da Jônia, atual Turquia. Fundador da filosofia cosmológica. •Observou que todos os eram compostos de água. Tales •A água é responsável pela vida. (625-558 a.C.) •Assim, a água é o princípio de todas as coisas. “tudo é água”.Anaximandro Para este pensador o princípio Princípio puramente (610-547 a. C.) do universo é o Ápeiron racional. “Separação dos contrários” Indeterminado; infinito-ilimitado; imutável. Gerou os opostos: quente / frio Seco / úmido fogo / água
  8. 8. Anaxímenes Afirmou ser o ar princípio ativo de(585-525 a.C.) todas as coisas “O ar governa o mundo e todos os seres que nele habitam”. •O ar é essencial a vida •É encontrado em todos seres. •Da terra sobem vapores e se  Rarefazendo-se = Fogo tornam ar.  Condensando-se = Água “o homem é resultado do sopro divino”
  9. 9. Escola iniciada por Pitágoras na Os Pitagóricos região de Samos, localizada na costa da Turquia. Pitágoras “O Universo é uma exatidão numérica” (580-500 a. C.) Pode ser dividido em porções numéricas, cada vez menores.Tinha um aprofunda relação coma religião. Limitados = Ímpares: Principio feminino do cosmos. NÚMEROS Ilimitados = Pares: Principio masculino do cosmos. Nº 1 – Deus Elemento central
  10. 10. Heráclito “tudo flui, tudo passa, se mover sem cessar” Sua idéia mestra é o (540-480 a. C.) devir eterno. Constante Para esse pensador a arché é o fogo. transformação das coisas.“guerra dos contrários” Gerador da vida; transformador da matéria •Temperatura do corpo.Para Heráclito de Efésio, o devir se dá EX.:através da constante disputa entre os •Temperatura da terra.contrários, um buscando superar o outro. •Os benefícios dos raios solares.As coisas quentes, esfriam.As úmidas, secam.O dia, torna-se noite.
  11. 11. Buscaram Habitaram a cidade de Eléia compreender a Os Eleatas no sul da atual Itália. essência do ser e não a matéria. Coisa pensada Parmênides “O Ser é algo imutável, eterno e indivisível”. (515-450 a. C.) •Algo absolutoÈ considerado o fundadorda lógica e da Ontologia •Onipresentepor Aristóteles. •Princípio único Não sofre alterações pois, deixaria de ser, não existiria. Os sentidos, a percepção nos enganam = Ilusão

×