A importância da Segmentação no Marketing Direto

607 visualizações

Publicada em

Ferramenta ideal para relacionamento, recuperação e até mesmo prospecção de clientes, o marketing direto se caracteriza cada vez mais pelo poder de segmentação das ações e pela arte de falar corretamente com o público ideal.

Para falar sobre o assunto, entrevistamos Fernando Adas, publicitário e fundador da Fine Marketing, empresa especializada em projetos de Atualização Cadastral, RSVP e Pesquisas.

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

A importância da Segmentação no Marketing Direto

  1. 1. A importância da Segmentação no Marketing DiretoFerramenta ideal para relacionamento, recuperação e até mesmo prospecção de clientes, o marketingdireto se caracteriza cada vez mais pelo poder de segmentação das ações e pela arte de falar corretamentecom o público ideal. http://www.fmarketing.com.br/Para falar sobre o assunto, entrevistamos Fernando Adas, publicitário e fundador da Fine Marketing,empresa especializada em projetos de Atualização Cadastral, RSVP e Pesquisas.A importância da Segmentação no Marketing Direto 1. Qual a importância da segmentação nas ações de marketing direto? abaixo 2. Qual a melhor forma de definir uma base e como aprimorá-las? abaixo 3. Como devo dirigir minhas campanhas de marketing digital? abaixo 4. Então quer dizer que uma base segmentada não é sinônimo de sucesso? abaixo 5. Muitas vezes a empresa tem uma base segmentada, mas, ainda assim, acaba errando na comunicação com o cliente. Qual a melhor forma de evitar erros? abaixo 6. Por fim, dê algumas dicas de como iniciar uma base. abaixo ZipCode Tecnologia da InformaçãoRua Joaquim Floriano, 413 - 3º andar – Itaim Bibi – CEP 04534-011 – Telefone: 0800 606 5588 – E-mail: faleconosco@zipcode.com.br
  2. 2. A importância da Segmentação no Marketing Direto 1. Qual a importância da segmentação nas ações de marketing direto? Se a característica principal do marketing direto é a interface direta entre a empresa ofertante e seus clientes compradores, a segmentação torna-se o principal recurso para que esta relação ocorra de maneira eficaz. Quanto maior for a definição de público-alvo, maiores são as chances de ofertas serem pertinentes e relevantes a estes. 2. Qual a melhor forma de definir uma base e como aprimorá-las? A melhor definição de uma base é aquela que a coloca em sintonia com as ofertas a serem disponibilizadas. Muitas vezes, as empresas esforçam-se em segmentações profundas para, no final, lançarem a mesma oferta a todos os grupos de clientes. Por isso, antes de investir na definição sobre o perfil de uma base, questione o que você tem a oferecer a cada atributo solicitado. Bases cadastrais são como flores. Podem estar válidas hoje, mas envelhecem rápido. A melhor maneira de mantê-las aprimoradas é através do seu uso em campanhas de comunicação capazes de atualizar os atributos cadastrais. 3. Como devo dirigir minhas campanhas de marketing digital? O marketing direto é o raciocínio estratégico de relacionamento com o cliente. Antes de pensar na ferramenta a ser utilizada (e-mail, telefone, mala direta, SMS, DRTV, Publicidade dirigida), é preciso ver o que você tem a oferecer. O segundo passo é o público-alvo e, por fim, o script e a abordagem. Ou seja, a campanha é formada por um tripé: a oferta, o público e o script. É nesse pé de script/comunicação que vou definir como oferecer a oferta, a ferramenta irá variar para o perfil do cliente. A primeira coisa que focamos é a amarração do tripé, então, antes de escolher e-mail ou telefone, complete seu tripé. Um exemplo de customização e pertinência de comunicação: Uma determinada empresa do segmento de cartão de crédito elaborou um guia de restaurantes em nível nacional e enviou a todos os seus clientes Brasil. Não sei qual era a sua estratégia, mas a meu ver, teria mais sucesso se ela desenvolvesse um guia personalizado por região de acordo com a localidade de cada cliente. A companhia com certeza economizaria na impressão, como a comunicação também teria mais relevância com o cliente, ou seja, para os clientes que residem em Salvador, somente os restaurantes dessa cidade e assim, para as demais regiões. Outro exemplo do segmento automotivo, uma montadora realizou uma campanha de marketing direto, utilizando a mala direta para os seus principais clientes, com uma oferta de troca de carro, para um modelo ZipCode Tecnologia da InformaçãoRua Joaquim Floriano, 413 - 3º andar – Itaim Bibi – CEP 04534-011 – Telefone: 0800 606 5588 – E-mail: faleconosco@zipcode.com.br
  3. 3. A importância da Segmentação no Marketing Direto novo. A mala direta foi desenvolvida com imagens de pessoas com idade semelhante à de cada indivíduo, continha uma foto do modelo do carro semelhante ao que o cliente possuía, na mesma cor, apenas um modelo novo, com a foto da concessionária mais próxima da casa dele, indicando o endereço e o nome do vendedor quem ele deveria procurar. A mensagem era totalmente personalizada, incluindo o nome do cliente. Nesse caso, que o mailing/público-alvo foi segmentado pelo modelo do veículo, a comunicação foi totalmente personalizada, considerando aspectos demográficos como idade e transacionais como o modelo do veículo, a concessionária mais próxima e por fim ia com uma oferta de desconto para ser aproveitado até uma data limite, com a disponibilidade de canais de contato com 0800, email e website, mas a peça mesmo estimulava o cliente ir até a concessionária e realizar o test drive. 4. Então quer dizer que uma base segmentada não é sinônimo de sucesso? Não, é preciso equilibrar aquele tripé. Por exemplo, você também pode perceber que o cliente opta por um tipo de comunicação, uns preferem texto, outros, e-mail, telefone, ou até o atendimento pessoal. O ser humano tem várias possibilidades de comunicação, e entender qual é a principal de cada cliente é o melhor dos mundos. 5. Muitas vezes a empresa tem uma base segmentada, mas, ainda assim, acaba errando na comunicação com o cliente. Qual a melhor forma de evitar erros? Existem duas frentes para não errar. A primeira é a manutenção de um sistema confiável, uma vez que sempre surge a necessidade de facilitar a captura e localização de informações para uma campanha. A outra maneira é manter um relacionamento com o cliente, ele altera suas preferências e perfil. O cliente é um ser mutante, e a melhor forma é manter relacionamento constante, oferecendo produto e captando e mantendo as informações atualizadas. Isso é um trabalho de comunicação dirigida, e é difícil de ser feito, a não ser que você tenha um suporte. 6. Por fim, dê algumas dicas de como iniciar uma base. Uma base cadastral é uma agenda de nomes. Numa primeira fase, tem grande semelhança com a caderneta de endereços que todos temos. Para facilitar o registro e a busca de informações, as bases cadastrais empresariais organizam-se em Excel e capturam dados demográficos e socioeconômicos (nome, endereço, telefone, renda). Com a evolução do relacionamento comercial, dados comportamentais podem ser incluídos, ou seja, informações sobre o valor das compras, bem como a sua frequência e datas. Desta forma, pode-se segmentar a base e dirigir ações específicas a cada grupo (melhores clientes, ex-clientes etc.). ZipCode Tecnologia da InformaçãoRua Joaquim Floriano, 413 - 3º andar – Itaim Bibi – CEP 04534-011 – Telefone: 0800 606 5588 – E-mail: faleconosco@zipcode.com.br
  4. 4. A importância da Segmentação no Marketing Direto Sobre a ZipCode: Presente no mercado desde 2001, a ZipCode se destaca pela forte experiência na área de marketing direto. A preocupação constante com a inovação, aliada as principais necessidades do mercado, faz da ZipCode uma das principais empresas provedora e gestora de informações para marketing, crédito, cobrança e antifraude. A companhia atende empresas de todos os portes e segmentos de mercado. Para mais informações, acesse: www.zipcode.com.br Por que trabalhar com a ZipCode – Você terá acesso a milhões de informações precisas e valiosas de consumidores e empresas, obtidos através do cumprimento de práticas legais e éticas. – Identificamos o público-alvo sob medida, para você produzir interações e ações rentáveis e, conquistar novos clientes. – Oferecemos acesso on-line a um banco de dados com inúmeras opções de consulta a informações precisas e atualizadas para localizar clientes em processo de recuperação de crédito. – Somos especialistas em organizar, atualizar e completar as bases de dados dos nossos clientes. – Otimizamos o tempo, os recursos humanos e financeiros, provendo informações em grande escala e alto desempenho. – Visamos sempre a excelência, com flexibilidade, velocidade e qualidade no atendimento e na execução dos serviços prestados. – Melhoramos a sua produtividade, por meio de softwares que dão acesso a informações com velocidade e qualidade que o seu negócio necessita. – Colocamos a disposição dos nossos clientes: suporte antes, durante e após a realização de um serviço. – Atuamos com foco na sua necessidade, visando o seu retorno sobre o investimento. Serviços prestados pela ZipCode para a melhoria da qualidade dos dados – Enriquecimento de dados cadastrais, – Tratamento e atualização de dados cadastrais, – Confirmação/Validação de dados cadastrais; – Automação de acesso a dados públicos, receita federal e Sintegra para emissão de NF. Escritórios Regionais da ZipCode Sudeste Centro-Oeste Sul Belo Horizonte/MG - 31 9381-1409 Brasília/DF I - 61 3034-3435 Curitiba/PR I - 41 8486-4012 Guarulhos/SP - 11 7756-7920 Brasília/DF II - 61 7816-6336 Curitiba/PR II - 43 9905-3386 Vitória/ES - 27 9795-4294 Goiânia/GO I - 62 8229-4954 Porto Alegre I - 51 3061-0209 Goiânia/GO II - 62 8238-5882 Porto Alegre II - 51 9315-5526 Nordeste Fortaleza/CE - 85 8125-2322 Norte Boa Vista/RR - 95 8111-1807Acesse as nossas mídias sociais e assista aos nossos vídeos, fotos dos eventos e apresentações. ZipCode Tecnologia da InformaçãoRua Joaquim Floriano, 413 - 3º andar – Itaim Bibi – CEP 04534-011 – Telefone: 0800 606 5588 – E-mail: faleconosco@zipcode.com.br

×