A Revolução do Cangaço
Salvador – BA
2014
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia
Departamento Acadêmico de Automação e Sistemas
Coordenação de...
Cangaço foi um movimento social que ocorreu entre o
fim do século XIX e início do século XX, no qual os
chamados “cangacei...
 Bioma: Caatinga;
 Clima semiárido;
 Chuvas escassas.
 Divisão de Terras;
 Organização Social:
o Coronéis,
o Jagunços,
o Capataz,
o Cabras;
 “Justiceiros Sociais”;
 Violênc...
 Os cangaceiros eram grupos armados,
caracterizados pela utilização de roupas
de couro e pela luta contra o coronelismo.
...
 As populações pobres de
todas as regiões do país não
possuíam direitos na
Politica.
 Controle dos coroneis.
 Insatisfa...
 Surgiriam os grupos de
cangaceiros que roubavam os
mais ricos.
 Criminosos, justiceiros e
vingadores.
 Esses últimos e...
República Velha
Cangaço
Revolução Manutenção
Lampião
Justiça Injustiça
 Ajudar aos Pobres;
 Fazer caridades;
 Promover ...
 O cangaço mudou os costumes e a cultura da população.
 Muitas pessoas morreram e muitas ficaram com
profundas cicatrize...
 Após a morte de Lampião e
seus cangaceiros, ocorreu o fim
da era do cangaço “tradicional”.
 Desarticulação do cangaceir...
 Fim do movimento do banditismo;
 Exportação para trabalho;
 Comunicação entre União e Estado;
 “Fim do Coronelismo”.
 BARRETO, Sergio A. M. A Historia do Cangaço Equanto Atrativo
Turistico: O Caso do Produto Xingó (Canidé do São Francisco...
A revolução do cangaço
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A revolução do cangaço

1.063 visualizações

Publicada em

Cangaço foi um movimento social que ocorreu entre o fim do século XIX e início do século XX, no qual os chamados “cangaceiros” utilizavam de força armada para combater o coronelismo.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.063
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
91
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A revolução do cangaço

  1. 1. A Revolução do Cangaço Salvador – BA 2014
  2. 2. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia Departamento Acadêmico de Automação e Sistemas Coordenação de Automação Industrial  Discentes: o Jason Levy Reis; o Mateus Barbosa; o Victor Said; o Victória Cabral.  Docente: Ana Paula;  Disciplina: História III;  Tema: A Revolução do Cangaço;  Turma: 5832 – Unidade I;  Curso: Automação Industrial. Salvador – BA 2014
  3. 3. Cangaço foi um movimento social que ocorreu entre o fim do século XIX e início do século XX, no qual os chamados “cangaceiros” utilizavam de força armada para combater o coronelismo. Este trabalho tem por objetivo realizar uma análise crítica e descritiva a respeito da influência e contexto histórico da “revolução do cangaço”. A metodologia empregada foi a revisão bibliográfica, que fundamentou-se por meio da utilização de artigos e websites.
  4. 4.  Bioma: Caatinga;  Clima semiárido;  Chuvas escassas.
  5. 5.  Divisão de Terras;  Organização Social: o Coronéis, o Jagunços, o Capataz, o Cabras;  “Justiceiros Sociais”;  Violência como arma.
  6. 6.  Os cangaceiros eram grupos armados, caracterizados pela utilização de roupas de couro e pela luta contra o coronelismo.  Existiam diversos bandos de cangaceiros, porém o mais famoso era o de Lampião.  Os cangaceiros poderiam ser reconhecidos por suas vestes de couro, as quais eram ideais para se movimentar na Caatinga sem ferir-se com os espinhos e galhos secos.
  7. 7.  As populações pobres de todas as regiões do país não possuíam direitos na Politica.  Controle dos coroneis.  Insatisfação Popular.  Aproximação popular com lideres messiânicos.  Seca no nordeste.  Imposição de leis e disputas.  Cangaço.
  8. 8.  Surgiriam os grupos de cangaceiros que roubavam os mais ricos.  Criminosos, justiceiros e vingadores.  Esses últimos eram os cangaceiros individuais (banditismo). O mais famoso era o grupo de Lampião.  Havia também os cangaceiros politicos e os defensivos.  O governo atacava com as “volantes”.
  9. 9. República Velha Cangaço Revolução Manutenção Lampião Justiça Injustiça  Ajudar aos Pobres;  Fazer caridades;  Promover a Justiça Social;  Contestação do Poder público. Revolução Social e Justiça  Manutenção da Elite Agrária;  Coagir aos pobres;  Elemento de coerção social;  Promoção de guerrilha. Manutenção Social e Injustiça
  10. 10.  O cangaço mudou os costumes e a cultura da população.  Muitas pessoas morreram e muitas ficaram com profundas cicatrizes.  O cangaço declinou bastante depois dos surtos industriais que ocorreram em São Paulo.
  11. 11.  Após a morte de Lampião e seus cangaceiros, ocorreu o fim da era do cangaço “tradicional”.  Desarticulação do cangaceiros da época.  Adaptação do antigo cangaço e nascimento do “novo” cangaço.  O nascimento do mito: Lampião e seu bando.  Análise acadêmica sobre o fenômeno do Cangaço no Nordeste.
  12. 12.  Fim do movimento do banditismo;  Exportação para trabalho;  Comunicação entre União e Estado;  “Fim do Coronelismo”.
  13. 13.  BARRETO, Sergio A. M. A Historia do Cangaço Equanto Atrativo Turistico: O Caso do Produto Xingó (Canidé do São Francisco-SE). Univerisdade Estadual de Santa Cruz. Ilhéus, 2004.  CLEMENTE, Marcos E. A. Cangaço e cangaçeiros: historias e imagens fotograficas do tempo de Lampião. Revistas de Historias e Estudos Culturais. Tocantins, dezembro de 2007. Vol. 4 nº4.  FRANSCISCO, Wagner de Cerqueira. Cangaço. disponível em <http://goo.gl/oNWVBe>. Acesso em: 01 mar. 2014.  LIBÓRIO, Pedro. O cangaço. Disponível em: <http://www.eunapolis.ifba.edu.br/informatica/Sites_Historia_EI_31/cangaco /Site/Cangaco.html>. Acesso em: 01 mai. 2014.  NAVARRO, Roberto. O que foi o cangaço?. Disponível em: <http://mundoestranho.abril.com.br/materia/o-que-foi-o-cangaco>. Acesso em: 01 mai. 2014.  NETO, José Bezerra. Lampião - Rei do Cangaço. Disponível em: <http://goo.gl/eh1m1g>. Acesso em: 01 mar. 2014.  GOMES, Karolina et. al. Lampião, Virgulino e o mito. Revista Eclética, Jul. / dez. 2007.

×