Ditaduras na america latina

10.772 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.772
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
400
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
318
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ditaduras na america latina

  1. 1. AAmméérriiccaa LLaattiinnaa:: História e Conflito PPrrooffª IIssaabbeell AAgguuiiaarr
  2. 2. DITADURAS NA AMÉRICA LATINA
  3. 3. AA AAmméérriiccaa LLaattiinnaa A América Latina compreende todos os países do continente americano que falam espanhol, português ou francês, bem como outros idiomas derivados do latim. Compreende a quase totalidade da América do Sul. A América Latina engloba 20 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras , México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela. Ainda na América Latina existem mais 11 territórios que não são independentes e portanto não podem ser considerados países.
  4. 4. América LLaattiinnaa:: CCrreesscciimmeennttoo??  Nas décadas de 60 e 70, os países latino-americanos procuraram libertar-se da sua extrema dependência face aos produtos manufaturados estrangeiros.  Encetaram, então, uma política industrial protecionista com vista à substituição das importações.  Orientado pelo Estado, este fomento dos setores industriais realizou-se com recurso a avultados empréstimos contraídos junto dos organismos financeiros internacionais.
  5. 5. AAmméérriiccaa LLaattiinnaa:: IInnvveessttiimmeennttoo  Os investimentos, devido à sua dimensão, assim como, a alguns problemas de má gestão levaram a uma situação caótica a nível econômico: a dificuldade em pagar. Os anos 80 e a crise mundial dificultaram ainda mais a situação.  Em 1982 o México declarou-se insolvente(sem condições de quitar dívidas). A consequência foi a rigidez por parte dos novos prazos e novas condições dos credores. Os países endividados iniciaram um processo duro de redução das despesas, fins de subsídios e outros mecanismos que levaram muitas vezes à revolta popular.
  6. 6. Com Dilma, economia do país cresce no menor ritmo desde Collor
  7. 7. Collor, Sarney, Lula, Dilma e FHC
  8. 8. SALVADOR ALLEND • Salvador Allende Gossens foi um médico e político marxista chileno. • Fundador do Partido Socialista, governou seu país de 1970 a 1973, quando foi deposto por um golpe de estado liderado por seu chefe das Forças Armadas, Augusto Pinochet
  9. 9. COMO FOI O GOV ALLEND? • De família rica • Médico • Socialista • Enfrentou oposição dos EUA em seu governo • Participou da fundação do Partido Socialista chileno em 1933 • Elegeu-se deputado em 1937 • Foi Ministro da Saúde – 1939-1942 • Secretário geral do partido socialista 1943 • Eleito senador 1945 • Concorreu a presidência da república chilena 4 vezes ( 1952-1958-1964) • Eleito em 1970 pela coalisão Unidade Popular • Nacionalizou minas de cobre • Fez reforma agrária • Doação de terras a cooperativas de camponeses • Aumentou os salários • A economia enfraqueceu • Descontentamento da classe média, alta e países vizinhos(que viviam ditaduras de direita) • Pinochet deu golpe militar • Allend apareceu morto ( suicídio?) – 11 de setembro de 1973
  10. 10. AAmméérriiccaa LLaattiinnaa:: CChhiillee -- PPiinnoocchheett  Em 1973, Pinochet torna-se comandante-chefe do Exército chileno.  Embora tivesse declarado fidelidade ao presidente eleito de esquerda Salvador Allende, o general Pinochet, até então considerado um general leal e apolítico, chefiou a junta militar que tomou o poder através de um golpe militar.
  11. 11. AAmméérriiccaa LLaattiinnaa:: PPiinnoocchheett  Já em 1978 assistiu-se a um dos anos mais críticos para o Governo de Pinochet, com os EUA a condenar veementemente a politica autoritária e opressora dos direitos civis chilenos.  O regime militar chileno comandado pelo governo de Pinochet permitiu o livre ingresso de capital estrangeiro no país e um importante processo de liberalização econômico do país, o que possibilitou um considerável avanço econômico durante a década de 70.
  12. 12. AAmméérriiccaa LLaattiinnaa:: PPiinnoocchheett  Este esforço de apoio ao "mercado livre" e à desregulamentação da economia teve como grande impulsionador um grupo de economistas da Universidade de Chicago, que tinham como grande mentor o famoso economista norte-americano Milton Friedman, sendo, então, denominados por Chicago Boys.  Dado o enorme sucesso das politicas implementadas, os seus apoiantes lhe deram o título de "O milagre chileno" para caracterizar o período vivido.  Contudo, a crise econômica de 1981 e as suas avultadas complicações, com elevadas taxas de desemprego e uma balança comercial deficitária, proporcionaram uma crescente onda de contestação contra o regime de Pinochet.
  13. 13. AAmméérriiccaa LLaattiinnaa:: PPiinnoocchheett  Augusto Pinochet governou o país com mão de ferro por 17 anos  perdeu o controle quase absoluto que detinha sobre as instituições chilenas  detinha a imunidade (por ser senador vitalício), passando a temer eventuais investigações e processos judiciais movidos pelos seus adversários políticos, ora transformados pela nova situação de perseguidos em perseguidores.  Ao todo, o ex-presidente chileno enfrentou uma dezena de processos judiciais, sendo que para cada um deles os juízes tiveram que obter o levantamento da imunidade de que gozava Pinochet graças à sua condição de ex-chefe de Estado, além de terem de provar as suas condições de saúde para poder enfrentar os processos.
  14. 14. O FIM DE PINOCHET • O general Augusto Pinochet Governou o Chile de 1973-1990. Morreu em 2010 aos 91 anos • Os chilenos saíram as ruas para Festejar. • Muitas vítimas do regime Pinochet abriram garrafas de champagne. Em 17 anos de governo, Pinochet Foi responsável por mais de 2 mil assassinatos e desaparecimentos 27,5 mil pessoas torturadas Fonte: relatórios oficiais
  15. 15. AAmméérriiccaa LLaattiinnaa:: OOEEAA  A Organização dos Estados Americanos (OEA) aproxima as nações do Hemisfério Ocidental com vistas a fortalecer mutuamente os Valores Democráticos, defender interesses comuns e debater um grande número de temas regionais e mundiais. A OEA é o principal Fórum Multilateral do Hemisfério para o fortalecimento da Democracia, bem como para a Promoção dos Direitos Humanos e para a discussão de problemas comuns, tais como: Pobreza, Terrorismo, Drogas e Corrupção. A OEA possui um papel central no cumprimento dos mandatos estabelecidos pelos líderes do hemisfério, por meio da Cúpula das Américas.
  16. 16. NICARÁGUA SANDINISTA NICARÁGUA – CAPITAL : MANÁGUA
  17. 17. Daniel Ortega e Augusto Sandino: dois nomes das lutas sociais estabelecidas na Nicarágua
  18. 18.  EM 1978 APÓS UMA GUERRA CIVIL E A MORTE DO JORNALISTA PEDRO CHAMORRO (CONTRA A DITADURA)  A FRENTE SANDINISTA TOMA CONTA DO PAÍS E DOMINA O PALÁCIO NACIONAL DE MANÁGUA - CAPITAL DO PAÍS  DANIEL ORTEGA CHEGA AO PODER - SANDINISTA  APROXIMARAM-SE DOS SOCIALISTA  ISSO INCOMODOU OS CAPITALISTAS  1981 – SURGE UMA AÇÃO CONTRA-REVOLUCIONÁRIA
  19. 19.  A OPOSIÇÃO AOS SANDINISTAS – OS CONTRAS – TIVERAM APOIO DOS EUA E DOS CATÓLICOS  ANOS DE 1980 – CRISE NA NICARÁGUA  1990 – SANDINISTAS PERDEM ELEIÇÃO  É ELEITO VIOLETA CHAMORRO – OPOSIÇÃO  OS PROBLEMAS PERMANECEM  EM 2007 DANIEL ORTEGA VOLTA AO PODER COM APOIO DOS EUA
  20. 20. DANIEL ORTEGAS HOJE, O LÍDER DA REVOLUÇÃO DE 1979 ENFRENTA ATRASO TECNOLÓGICO, INFLAÇÃO, DESEMPREGO E DÍVIDA EXTERNA NA NICARÁGUA
  21. 21. DITADURA NA ARGENTINA 1966-1973  GOLPE DE ESTADO MILITAR  UM DOS GOV. MAIS AUTORITÁRIO DA AMÉRICA LATINA NO SEC. XX  CONTEXTO:GUERRA FRIA  DISCURSO: COMBATER OS MALES DO COMUNISMO  O PRESID. ARTUR ILLIA DEPOSTO – 1966  7 ANOS DE DITADURA E ATROCIDADES  ENTRA EM VIGOR: ESTATURO DA REVOLUÇÃO ARGENTINA – LEGALIZANDO O GOLPE  INTUITO: PERMANECER NO PODER PARA SANAR OS PROBLEMAS DA ARGENTINA  NOVA CONSTITUIÇÃO
  22. 22. NOVA CONSTITUIÇÃO PROIBIÇÃO DE PARTIDOS POLÍTICOS PROIBIÇÃO DE DIREITOS CIVIS,SOCIAIS E POLÍTICOS ESTADO DE SÍTIO
  23. 23. GENERAIS ARGENTINOS General Juan Carlos Onganía JUNHO 1966 - JUNHO 1970
  24. 24. General Roberto Marcelo Levingston JUNHO 1970 – MARÇO 1971
  25. 25. general Alejandro Agustín Lanusse. Março 1971 – maio 1973
  26. 26. O governo dos generais  Juan Carlos Onganía governou de 1966 a 1970 e entregou o poder debilitado por conta de protestos.  Em seu lugar, a Junta de Comandantes em Chefe das forças armadas assumiram o governo do país e decidiram pela indicação do general Roberto Marcelo Levingston para a presidência.  Levingston era um desconhecido militar e governou a Argentina até 1971 pela incapacidade de controlar a situação política, econômica e social do país.  Em seu lugar entrou o homem forte da ditadura, o general Alejandro Augustín Lanusse. Este governou entre 1971 e 1973, sua gestão que foi empenhada em obras de infra-estrutura nacional era vista com desgosto da população.
  27. 27. PERÓN NÃO SE ELEGE  As crescentes manifestações populares causaram as eleições para novo presidente na Argentina em 1973.  A população queria Perón no governo do país, mas o candidato do povo foi barrado pelo então presidente militar que alterou as leis eleitorais da constituição de forma que barrasse sua candidatura.  Impossibilitado de ser eleito, Perón e o povo passaram a defender a candidatura de Hector José Cámpora, que saiu vitorioso no pleito.
  28. 28.  O período da Ditadura Militar na Argentina foi cruel e sangrento, a estimativa é de que aproximadamente 30 mil argentinos foram sequestrados pelos militares.  Os opositores que conseguiam se salvar fugiam do país, o que representa aproximadamente 2,5 milhões de argentinos.  Os militares alegam que mataram “apenas” oito mil civis, sendo que métodos tenebrosos de torturas e assassinatos foram utilizados pelos representantes do poder.  O governo autoritário deixou marcas na Argentina mesmo após a ditadura, com a democracia poucos presidentes conseguiram concluir seus mandatos por causa da grande instabilidade econômica e social.
  29. 29. AGORA É COM VOCÊ! PESQUISE SOBRE O EVENTO: “ AS MÃES DA PRAÇA DE MAIOR” QUE OCORREU NA ARGENTINA
  30. 30. Mães da Praça de Maio  são mulheres que se reúnem na Praça de Maio, Buenos Aires, para exigirem notícias de seus filhos desaparecidos durante a ditadura militar na Argentina (1976-1983)  Alguns pais, considerados subversivos, tiveram seus filhos retirados de sua guarda e colocados para a adoção durante os cinco anos de ditadura.  Quando acabou a ditadura, muitos filhos estavam sob guarda de famílias de militares  Ainda hoje, todas as quintas-feiras, as mães realizam manifestações na Praça de Maio, em frente à Casa Rosada, buscando manter o desaparecimento de seus filhos vivo na memória de todos os argentinos.
  31. 31. DITADURA NO PERU General Juan Velasco Alvarado - 1968 - 1975
  32. 32. CARACTERÍSTICAS Discurso nacionalista e imperialista Reforma agrária Deu condições para aumentar o consumo no país favorecendo a burguesia nacional e internacional. Eliminou oligarquias Mudou o poder para a burguesia Sindicalização Poder do Estado na economia
  33. 33. FIM DO PERUANISMO INFLAÇÃO CRISE FINANCEIRA Repressão interna Interesses do FMI Crise Desemprego e miséria
  34. 34. SENDERO LUMINOSO - 1980 Grupo de guerrilha peruano criado durante os anos 60 Ideias maoístas Formado por intelectuais Líder: Abimael Guzmán prof ڍ de Filosofia na Universidade de Ayacucho Sendero Luminoso = caminho iluminado
  35. 35. Abimael Guzmán O nome completo da facção é Partido Comunista do Peru – Sendero Luminoso (PCP-SL).
  36. 36. Objetivos Acabar com as instituições capitalistas e burguesas do Peru por meio de uma revolução comunista liderada pelos camponeses - os filhos dos camponeses e índios Ao lado das FARC, Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, o Sendero Luminoso é considerado um dos maiores grupos de guerrilha organizado da América do Sul.
  37. 37. PESQUISA FARC, Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia
  38. 38. Movimento Revolucionário Tupac Amaru (1984)
  39. 39. CARACTERÍSTICAS  Tupac Amaru foi o último líder indígena do império Inca no moderno Peru Movimento Terrorista Grupo guerrilheiro de esquerda Baseado em outros grupos revolucionários da América Latina Atualmente o movimento está apagado -

×