SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 37
TEXTO DO DIA
• "Alimpai-vos, pois, do fermento velho,
para que sejais uma nova massa, assim
como estais sem fermento. Porque
Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por
nós."(1 Co 5.7)
SÍNTESE
• A disciplina no
Corpo de Cristo é
necessária para a
restauração
daqueles que
cometem
pecados.
OBJETIVOS
• COMPREENDER o significado e a
necessidade da disciplina na igreja em
Corinto;
• MOSTRAR a disciplina como preservação da
santidade da Igreja;
• CONSCIENTIZAR do cuidado com a pessoa
depois da disciplina.
ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA
• "O que é
disciplina?“
• obediência às
regras, aos
superiores, a
regulamentos.
• Jesus Cristo
autorizou a
liderança
ordenada da
Igreja que use a
disciplina
eclesiástica como
um instrumento
de combate ao
pecado (Mt
18.15-17).
TEXTO BÍBLICO
1 Coríntios 5.1-13
• 1 Geralmente, se ouve que há entre vós
fornicação e fornicação tal, qual nem ainda entre
os gentios, como é haver quem abuse da mulher
de seu pai.
• 2 Estais inchados e nem ao menos vos
entristecestes, por não ter sido dentre vós tirado
quem cometeu tal ação.
• 3 Eu, na verdade, ainda que ausente no corpo,
mas presente no espírito, já determinei, como se
estivesse presente, que o que tal ato praticou.
• 4 Em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, juntos
vós e o meu espírito, pelo poder de nosso Senhor
Jesus Cristo.
• 5 Seja entregue a Satanás para destruição da
carne, para que o espírito seja salvo no Dia do
Senhor Jesus.
• 6 Não é boa a vossa jactância. Não sabeis que
um pouco de fermento faz levedar toda a massa?
• 7 Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para
que sejais uma nova massa, assim como estais
sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi
sacrificado por nós.
• 8 Pelo que façamos festa, não com o fermento
velho, nem com o fermento da maldade e da
malícia, mas com os asmos da sinceridade e da
verdade.
• 9 Já por carta vos tenho escrito que não vos
associeis com os que se prostituem;
• 10 isso não quer dizer absolutamente com os
devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou
com os roubadores, ou com os idólatras; porque
então vos seria necessário sair do mundo.
• 11 Mas, agora, escrevi que não vos associeis
com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso,
ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou
beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda
comais.
• 12 Por que que
tenho eu em julgar
também os que
estão de fora? Não
julgais vós os que
estão dentro?
• 13 Mas Deus julga
os que estão de
fora. Tirai, pois,
dentre vós a esse
iníquo.
INTRODUÇÃO
INTRODUÇÃO
• Paulo registra um problema na igreja que era um
verdadeiro escândalo de ordem moral, inconcebível
até mesmo no paganismo. Um dos membros da
igreja havia se amasiado (amigado) com sua
madrasta. O apóstolo censura duramente a igreja,
que parecia estar indiferente com a vexatória
situação.
• Ele propôs uma
ação que não era,
e continua não
sendo agradável: a
aplicação da
disciplina para a
preservação da
igreja como Corpo
de Cristo.
•1
• O SIGNIFICADO
E A
NECESSIDADE
DE DISCIPLINA
1. Respeito e cuidado com o Corpo
de Cristo (vv. 1-3).
• Paulo inicia o
capítulo
falando a
respeito de um
caso de
imoralidade
sexual que
estava causado
escândalo
(v.1)....
• De maneira geral,
a disciplina deve
ser aplicada
quando outros
meios, como por
exemplo, o
aconselhamento
e a orientação
pastoral, não
surtirem efeitos.
2. A disciplina é uma decisão que
deve ser tomada em conjunto (v. 4).
• A aplicação da
disciplina, com
exclusão de
membros, é uma
ação extrema a
ser tomada na
Igreja, porém,
em muitos casos
faz-se necessária.
3. A disciplina é um tratamento para
a cura espiritual (v. 5).
• A disciplina
eclesiástica
tem o objetivo
de curar, ajudar
e restaurar o
irmão, ou a
irmã, que
cometeu um
pecado
escandaloso.
•2
• A DISCIPLINA COMO
PRESERVAÇÃO DA
SANTIDADE DA
IGREJA
1. A metáfora do fermento velho
(vv. 6,7).
• Paulo utiliza a
metáfora para
exemplificar que,
assim como o
fermento na
preparação do pão
faz crescer toda a
massa, o pecado
não tratado se
alastra rapidamente
na igreja.
2. Exortação à pureza cristã (v.8).
• Paulo afirma que
eles deveriam
fazer a festa da
Páscoa com pães
asmos (sem
fermento) da
sinceridade e da
verdade.
3. Paulo já havia advertido por Carta a
igreja a respeito da prostituição (vv.
9,11,12b).
• A vida
pregressa do
"velho homem"
deveria ficar no
passado.
• Como membro
Igreja de Cristo,
o cristão deve
ter uma vida
separada,..
•3
• O CUIDADO COM A
PESSOA DEPOIS DA
DISCIPLINA
1. O cristão deve amar o pecador e
odiar o pecado.
• Na carta, o apóstolo
deixa claro que a
complacência com
aquele pecado
funcionava como
incentivo à
continuidade da
prática pecaminosa
e contaminaria o
ambiente da igreja.
2. A disciplina deve ser aplicada em
um ambiente de perdão e graça.
• O crente não
pode se achar
melhor do que o
outro por estar
em uma situação
espiritual melhor
em determinado
momento.
3. A disciplina não significa
abandono da pessoa disciplinada.
• A pessoa disciplinada
não pode ser
abandonada e
tratada com
preconceito.
• A ela, a igreja deve
oferecer apoio, de
preferência por uma
equipe capacitada.
CONCLUSÃO
• A disciplina deve ser aplicada de acordo com amor
e misericórdia. Ela deve ser empregada quando
outros meios, como aconselhamento e orientação
pastoral, não surtirem efeitos. Ela é um meio de
preservar o Corpo de Cristo e a santidade na
igreja. O objetivo é a cura espiritual da pessoa que
cometeu o erro e que precisa ser corrigida.
expositivocom.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2021 2º trimestre jovem - lição 09
2021   2º trimestre jovem - lição 092021   2º trimestre jovem - lição 09
2021 2º trimestre jovem - lição 09Joel Silva
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPastor Natalino Das Neves
 
2021 1º trimestre jovens lição 11
2021 1º trimestre jovens lição 112021 1º trimestre jovens lição 11
2021 1º trimestre jovens lição 11Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 12
2021 1º trimestre jovens lição 122021 1º trimestre jovens lição 12
2021 1º trimestre jovens lição 12Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 01
2021   2º trimestre jovem - lição 012021   2º trimestre jovem - lição 01
2021 2º trimestre jovem - lição 01Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 07
2021   2º trimestre jovem - lição 072021   2º trimestre jovem - lição 07
2021 2º trimestre jovem - lição 07Joel Silva
 
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)Pastor Natalino Das Neves
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)Pastor Natalino Das Neves
 
2021 2º trimestre jovem - lição 04
2021   2º trimestre jovem - lição 042021   2º trimestre jovem - lição 04
2021 2º trimestre jovem - lição 04Joel Silva
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTOPastor Natalino Das Neves
 
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)Pastor Natalino Das Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPastor Natalino Das Neves
 
Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Joel Silva
 
2022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 032022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 03Joel Silva
 
4º módulo 3ª aula
4º módulo   3ª aula4º módulo   3ª aula
4º módulo 3ª aulaJoel Silva
 
Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Joel Silva
 

Mais procurados (17)

2021 2º trimestre jovem - lição 09
2021   2º trimestre jovem - lição 092021   2º trimestre jovem - lição 09
2021 2º trimestre jovem - lição 09
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
 
2021 1º trimestre jovens lição 11
2021 1º trimestre jovens lição 112021 1º trimestre jovens lição 11
2021 1º trimestre jovens lição 11
 
2021 1º trimestre jovens lição 12
2021 1º trimestre jovens lição 122021 1º trimestre jovens lição 12
2021 1º trimestre jovens lição 12
 
2021 2º trimestre jovem - lição 01
2021   2º trimestre jovem - lição 012021   2º trimestre jovem - lição 01
2021 2º trimestre jovem - lição 01
 
2021 2º trimestre jovem - lição 07
2021   2º trimestre jovem - lição 072021   2º trimestre jovem - lição 07
2021 2º trimestre jovem - lição 07
 
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
LIÇÃO 12 - Da circuncisão e dos alimentos sacrificados aos ídolos (1 Co 7-8)
 
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
LIÇÃO 11 - Paulo responde questões a respeito do casamento (1 Co 7)
 
2021 2º trimestre jovem - lição 04
2021   2º trimestre jovem - lição 042021   2º trimestre jovem - lição 04
2021 2º trimestre jovem - lição 04
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 10 -  SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 10 - SEU CORPO É MEMBRO DE CRISTO
 
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
LIÇÃO 13_A santa Ceia, o amor e a ressurreição (I Co 11-15)
 
Os Tudo De Paulo De Tarso
Os Tudo De Paulo De TarsoOs Tudo De Paulo De Tarso
Os Tudo De Paulo De Tarso
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
 
Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)
 
2022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 032022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 03
 
4º módulo 3ª aula
4º módulo   3ª aula4º módulo   3ª aula
4º módulo 3ª aula
 
Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)
 

Semelhante a 2021 2º trimestre jovem - lição 08

PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPastor Natalino Das Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTONatalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTONatalino das Neves Neves
 
A disciplina na igreja (hb 12.11)
A disciplina na igreja (hb 12.11)A disciplina na igreja (hb 12.11)
A disciplina na igreja (hb 12.11)Ederson Tribst
 
Doutrina i corintios
Doutrina  i corintiosDoutrina  i corintios
Doutrina i corintiosJoel Silva
 
Doutrina i corintios
Doutrina  i corintiosDoutrina  i corintios
Doutrina i corintiosJoel Silva
 
Lição 3 oração e recomendação as mulheres cristãs 3º trimestre de 2015
Lição 3   oração e recomendação as mulheres cristãs  3º trimestre de 2015Lição 3   oração e recomendação as mulheres cristãs  3º trimestre de 2015
Lição 3 oração e recomendação as mulheres cristãs 3º trimestre de 2015Andrew Guimarães
 
LIÇÃO 3 - ORAÇÃO E RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES CRISTÃS
LIÇÃO 3 - ORAÇÃO E RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES CRISTÃSLIÇÃO 3 - ORAÇÃO E RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES CRISTÃS
LIÇÃO 3 - ORAÇÃO E RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES CRISTÃSLourinaldo Serafim
 
2015 3º trimestre adultos lição 02.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 02.pptx2015 3º trimestre adultos lição 02.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 02.pptxJoel Silva
 
3º trimestre 2015 lição 02 adultos
3º trimestre 2015 lição 02 adultos3º trimestre 2015 lição 02 adultos
3º trimestre 2015 lição 02 adultosJoel Silva
 
3° Trimestre 2015 Lição 02 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 02 Adultos3° Trimestre 2015 Lição 02 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 02 AdultosJoel Silva
 
2015 3 tri lição 3 oração e recomendação às mulheres cristãs
2015 3 tri lição 3   oração e recomendação às mulheres cristãs2015 3 tri lição 3   oração e recomendação às mulheres cristãs
2015 3 tri lição 3 oração e recomendação às mulheres cristãsNatalino das Neves Neves
 
3º Trimestre 2015 Lição 06 Adultos
3º Trimestre 2015 Lição 06 Adultos3º Trimestre 2015 Lição 06 Adultos
3º Trimestre 2015 Lição 06 AdultosJoel Silva
 
3º trimestre 2015 lição 06 adultos
3º trimestre 2015 lição 06 adultos3º trimestre 2015 lição 06 adultos
3º trimestre 2015 lição 06 adultosJoel Silva
 
2015 3º trimestre adultos lição 06.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 06.pptx2015 3º trimestre adultos lição 06.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 06.pptxJoel Silva
 
Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?Noimix
 
Lição 3 oração e recomendação às mulheres cristãs
Lição 3   oração e recomendação às mulheres cristãsLição 3   oração e recomendação às mulheres cristãs
Lição 3 oração e recomendação às mulheres cristãsPr. Gerson Eller
 
DISCIPLINA ECLESIÁSTICA EM TEMPOS DE IMPUNIDADE
DISCIPLINA ECLESIÁSTICA EM TEMPOS DE IMPUNIDADEDISCIPLINA ECLESIÁSTICA EM TEMPOS DE IMPUNIDADE
DISCIPLINA ECLESIÁSTICA EM TEMPOS DE IMPUNIDADEEnerliz
 

Semelhante a 2021 2º trimestre jovem - lição 08 (20)

PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 8 -  A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 8 - A IMPUREZA DA IGREJA DE CORINTO
 
A disciplina na igreja (hb 12.11)
A disciplina na igreja (hb 12.11)A disciplina na igreja (hb 12.11)
A disciplina na igreja (hb 12.11)
 
Doutrina i corintios
Doutrina  i corintiosDoutrina  i corintios
Doutrina i corintios
 
Doutrina i corintios
Doutrina  i corintiosDoutrina  i corintios
Doutrina i corintios
 
Lição 3 oração e recomendação as mulheres cristãs 3º trimestre de 2015
Lição 3   oração e recomendação as mulheres cristãs  3º trimestre de 2015Lição 3   oração e recomendação as mulheres cristãs  3º trimestre de 2015
Lição 3 oração e recomendação as mulheres cristãs 3º trimestre de 2015
 
LIÇÃO 3 - ORAÇÃO E RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES CRISTÃS
LIÇÃO 3 - ORAÇÃO E RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES CRISTÃSLIÇÃO 3 - ORAÇÃO E RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES CRISTÃS
LIÇÃO 3 - ORAÇÃO E RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES CRISTÃS
 
2015 3º trimestre adultos lição 02.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 02.pptx2015 3º trimestre adultos lição 02.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 02.pptx
 
Oração e recomendação às mulheres cristãs
Oração e recomendação às mulheres cristãsOração e recomendação às mulheres cristãs
Oração e recomendação às mulheres cristãs
 
3º trimestre 2015 lição 02 adultos
3º trimestre 2015 lição 02 adultos3º trimestre 2015 lição 02 adultos
3º trimestre 2015 lição 02 adultos
 
3° Trimestre 2015 Lição 02 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 02 Adultos3° Trimestre 2015 Lição 02 Adultos
3° Trimestre 2015 Lição 02 Adultos
 
O evangélio da graça
O evangélio da graçaO evangélio da graça
O evangélio da graça
 
2015 3 tri lição 3 oração e recomendação às mulheres cristãs
2015 3 tri lição 3   oração e recomendação às mulheres cristãs2015 3 tri lição 3   oração e recomendação às mulheres cristãs
2015 3 tri lição 3 oração e recomendação às mulheres cristãs
 
3º Trimestre 2015 Lição 06 Adultos
3º Trimestre 2015 Lição 06 Adultos3º Trimestre 2015 Lição 06 Adultos
3º Trimestre 2015 Lição 06 Adultos
 
3º trimestre 2015 lição 06 adultos
3º trimestre 2015 lição 06 adultos3º trimestre 2015 lição 06 adultos
3º trimestre 2015 lição 06 adultos
 
2015 3º trimestre adultos lição 06.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 06.pptx2015 3º trimestre adultos lição 06.pptx
2015 3º trimestre adultos lição 06.pptx
 
Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?Porque ser membro de uma igreja?
Porque ser membro de uma igreja?
 
Lição 3 oração e recomendação às mulheres cristãs
Lição 3   oração e recomendação às mulheres cristãsLição 3   oração e recomendação às mulheres cristãs
Lição 3 oração e recomendação às mulheres cristãs
 
DISCIPLINA ECLESIÁSTICA EM TEMPOS DE IMPUNIDADE
DISCIPLINA ECLESIÁSTICA EM TEMPOS DE IMPUNIDADEDISCIPLINA ECLESIÁSTICA EM TEMPOS DE IMPUNIDADE
DISCIPLINA ECLESIÁSTICA EM TEMPOS DE IMPUNIDADE
 

Mais de Joel Silva

2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptxJoel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptxJoel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptxJoel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptxJoel Silva
 
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptxJoel Silva
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptxJoel Silva
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptxJoel Silva
 
2022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 022022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 02Joel Silva
 
2022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 012022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 01Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 05
2021   2º trimestre jovem - lição 052021   2º trimestre jovem - lição 05
2021 2º trimestre jovem - lição 05Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 102021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 10Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 092021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 09Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 082021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 08Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 072021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 07Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 062021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 06Joel Silva
 

Mais de Joel Silva (15)

2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
 
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
 
2022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 022022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 02
 
2022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 012022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 01
 
2021 2º trimestre jovem - lição 05
2021   2º trimestre jovem - lição 052021   2º trimestre jovem - lição 05
2021 2º trimestre jovem - lição 05
 
2021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 102021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 10
 
2021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 092021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 09
 
2021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 082021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 08
 
2021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 072021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 07
 
2021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 062021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 06
 

Último

LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxCURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxWerquesonSouza
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresAntonino Silva
 

Último (10)

LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptxCURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIROS, DIÁCONOS E PRESBÍTEROS.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
 

2021 2º trimestre jovem - lição 08

  • 1.
  • 2. TEXTO DO DIA • "Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós."(1 Co 5.7)
  • 3. SÍNTESE • A disciplina no Corpo de Cristo é necessária para a restauração daqueles que cometem pecados.
  • 4. OBJETIVOS • COMPREENDER o significado e a necessidade da disciplina na igreja em Corinto; • MOSTRAR a disciplina como preservação da santidade da Igreja; • CONSCIENTIZAR do cuidado com a pessoa depois da disciplina.
  • 5. ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA • "O que é disciplina?“ • obediência às regras, aos superiores, a regulamentos.
  • 6. • Jesus Cristo autorizou a liderança ordenada da Igreja que use a disciplina eclesiástica como um instrumento de combate ao pecado (Mt 18.15-17).
  • 7. TEXTO BÍBLICO 1 Coríntios 5.1-13 • 1 Geralmente, se ouve que há entre vós fornicação e fornicação tal, qual nem ainda entre os gentios, como é haver quem abuse da mulher de seu pai. • 2 Estais inchados e nem ao menos vos entristecestes, por não ter sido dentre vós tirado quem cometeu tal ação.
  • 8. • 3 Eu, na verdade, ainda que ausente no corpo, mas presente no espírito, já determinei, como se estivesse presente, que o que tal ato praticou. • 4 Em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, juntos vós e o meu espírito, pelo poder de nosso Senhor Jesus Cristo. • 5 Seja entregue a Satanás para destruição da carne, para que o espírito seja salvo no Dia do Senhor Jesus.
  • 9. • 6 Não é boa a vossa jactância. Não sabeis que um pouco de fermento faz levedar toda a massa? • 7 Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós. • 8 Pelo que façamos festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os asmos da sinceridade e da verdade.
  • 10. • 9 Já por carta vos tenho escrito que não vos associeis com os que se prostituem; • 10 isso não quer dizer absolutamente com os devassos deste mundo, ou com os avarentos, ou com os roubadores, ou com os idólatras; porque então vos seria necessário sair do mundo. • 11 Mas, agora, escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais.
  • 11. • 12 Por que que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? • 13 Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo.
  • 12. INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO • Paulo registra um problema na igreja que era um verdadeiro escândalo de ordem moral, inconcebível até mesmo no paganismo. Um dos membros da igreja havia se amasiado (amigado) com sua madrasta. O apóstolo censura duramente a igreja, que parecia estar indiferente com a vexatória situação.
  • 13. • Ele propôs uma ação que não era, e continua não sendo agradável: a aplicação da disciplina para a preservação da igreja como Corpo de Cristo.
  • 14. •1 • O SIGNIFICADO E A NECESSIDADE DE DISCIPLINA
  • 15. 1. Respeito e cuidado com o Corpo de Cristo (vv. 1-3).
  • 16. • Paulo inicia o capítulo falando a respeito de um caso de imoralidade sexual que estava causado escândalo (v.1)....
  • 17. • De maneira geral, a disciplina deve ser aplicada quando outros meios, como por exemplo, o aconselhamento e a orientação pastoral, não surtirem efeitos.
  • 18. 2. A disciplina é uma decisão que deve ser tomada em conjunto (v. 4).
  • 19. • A aplicação da disciplina, com exclusão de membros, é uma ação extrema a ser tomada na Igreja, porém, em muitos casos faz-se necessária.
  • 20. 3. A disciplina é um tratamento para a cura espiritual (v. 5).
  • 21. • A disciplina eclesiástica tem o objetivo de curar, ajudar e restaurar o irmão, ou a irmã, que cometeu um pecado escandaloso.
  • 22. •2 • A DISCIPLINA COMO PRESERVAÇÃO DA SANTIDADE DA IGREJA
  • 23. 1. A metáfora do fermento velho (vv. 6,7).
  • 24. • Paulo utiliza a metáfora para exemplificar que, assim como o fermento na preparação do pão faz crescer toda a massa, o pecado não tratado se alastra rapidamente na igreja.
  • 25. 2. Exortação à pureza cristã (v.8).
  • 26. • Paulo afirma que eles deveriam fazer a festa da Páscoa com pães asmos (sem fermento) da sinceridade e da verdade.
  • 27. 3. Paulo já havia advertido por Carta a igreja a respeito da prostituição (vv. 9,11,12b).
  • 28. • A vida pregressa do "velho homem" deveria ficar no passado. • Como membro Igreja de Cristo, o cristão deve ter uma vida separada,..
  • 29. •3 • O CUIDADO COM A PESSOA DEPOIS DA DISCIPLINA
  • 30. 1. O cristão deve amar o pecador e odiar o pecado.
  • 31. • Na carta, o apóstolo deixa claro que a complacência com aquele pecado funcionava como incentivo à continuidade da prática pecaminosa e contaminaria o ambiente da igreja.
  • 32. 2. A disciplina deve ser aplicada em um ambiente de perdão e graça.
  • 33. • O crente não pode se achar melhor do que o outro por estar em uma situação espiritual melhor em determinado momento.
  • 34. 3. A disciplina não significa abandono da pessoa disciplinada.
  • 35. • A pessoa disciplinada não pode ser abandonada e tratada com preconceito. • A ela, a igreja deve oferecer apoio, de preferência por uma equipe capacitada.
  • 36. CONCLUSÃO • A disciplina deve ser aplicada de acordo com amor e misericórdia. Ela deve ser empregada quando outros meios, como aconselhamento e orientação pastoral, não surtirem efeitos. Ela é um meio de preservar o Corpo de Cristo e a santidade na igreja. O objetivo é a cura espiritual da pessoa que cometeu o erro e que precisa ser corrigida.