2015 3 tri lição 3 oração e recomendação às mulheres cristãs

1.885 visualizações

Publicada em

Subsídios elaborados pelo Pr. Natalino das Neves
Programa Escola Dominical na WEBTV.
IEADSJP - Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais
Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva
Pr. Vice Presidente: Elson Pereira

Assista ao vídeo referente a este arquivo de slides no meu blog:

http://goo.gl/PPDRnr

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.885
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
95
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2015 3 tri lição 3 oração e recomendação às mulheres cristãs

  1. 1. P r . N a t a l i n o d a s N e v e s www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  2. 2. A Igreja e seu Testemunho As ordenanças de Cristo nas Cartas Pastorais
  3. 3. Demais subsídios: Acompanhe os comentários em vídeo desta e outras lições no blog: www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  4. 4. Texto Áureo "Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens." (1 Tm 2.1)
  5. 5. Verdade Prática A oração é o meio pelo qual falamos com Deus, intercedemos por nossas necessidades e em favor do próximo.
  6. 6. LEITURA BÍBLICA 2 Tm 2.1-5,9-11 1 - Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens, 2 - pelos reis e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade. 3 - Porque isto é bom e agradável diante de Deus, nosso Salvador, 4 - que quer que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade. 5 - Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem, 9 - Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, 10 - mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras. 11 - A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição
  7. 7. Objetivos  Tratar acerca da responsabilidade do crente de orar em favor de todos os homens.  Conscientizar-se de que Deus deseja que todos se salvem.  Refletir a respeito da maneira como as mulheres cristãs devem se vestir.  Discutir a respeito da conduta das mulheres na igreja.
  8. 8. INTRODUÇÃO • Como Paulo poderia ter incentivado orar pelas autoridades, considerando que Nero era o imperador? • Paulo orienta Timóteo sobre a organização da igreja. • Recomendações sobre o comportamento feminino na igreja.
  9. 9. INTRODUÇÃO • Como Paulo poderia ter incentivado orar pelas autoridades, considerando que Nero era o imperador? • Paulo orienta Timóteo sobre a organização da igreja. • Recomendações sobre o comportamento feminino na igreja.
  10. 10. I - ORAÇÃO COMUNITÁRIA
  11. 11. I - ORAÇÃO COMUNITÁRIA • Paulo nos ensina a orar por todos aqueles que estão na liderança, seja na igreja, seja fora dela. • É possível orarmos por todas as lideranças? • Objetivo: liberdade religiosa e dignidade humana, pois isto “é bom e agradável diante de Deus”(v. 3). • A oração é um processo de empatia.
  12. 12. • Paulo recomenda que se faça toda espécie de oração: • Deprecações: “suplicar, implorar, rogar por“; • Intercessões: "intervenção, mediação, interferência, intermédio“, “apelar para“; • Ação de graças: agradecimento. • Orar com as “mãos limpas” (v.8), • Modelo de oração de Jesus (Mt 6): “Pai nosso” (universal) e não “Meu Pai”. I - ORAÇÃO COMUNITÁRIA
  13. 13. • Exemplo de Jesus no tratamento com seus inimigos: • Orou pedindo que o Pai perdoasse seus assassinos (Lc 23.34); • Mandou amar e orar pelos inimigos (Mt 5.44); • Dá o pão umedecido no molho ao seu traidor, Judas (Jo 13.26); • Autoridades têm compromisso público com o bem da sociedade. I - ORAÇÃO COMUNITÁRIA
  14. 14. Como está sua vida de oração? Você já se colocou no lugar da liderança? Como Paulo, você tem se preocupado com o futuro da igreja? APLICAÇÃO PRÁTICA
  15. 15. SÍNTESE DO TÓPICO I A Palavra de Deus exorta a orarmos em favor de todos as pessoas.
  16. 16. II - A SALVAÇÃO DE TODAS AS PESSOAS
  17. 17. II - A SALVAÇÃO DE TODOS • Deus deseja que todas as pessoas se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade (v. 4; Jo 3.16). • Paulo afirma à Timóteo que fora de Cristo, não há salvação (1 Tm 2.5,6) – ver também JO 3.18,19); • A Igreja tem a missão de levar a mensagem de salvação a todas as criaturas (Mt 28.19,20)
  18. 18. II - A SALVAÇÃO DE TODOS • Paulo e seus companheiros de ministério trabalharam arduamente na obra de evangelização (1 Ts 2.9). • O ministro de Deus, tem a responsabilidade de exortar, ganhar almas para Cristo e discipular seus filhos na fé. • Paulo visualizava além da própria igreja local.
  19. 19. II - A SALVAÇÃO DE TODOS • A recompensa que deve ser esperado pelo ministro é a alegria de ver as almas se rendendo a Cristo. • A recompensa do galardão preparado para os fiéis (1 Pe 5.2-4)
  20. 20. Você já parou para pensar no impacto que tem a informação de que Deus quer que todas as pessoas se salvem? Com qual objetivo você tem feito a obra de Deus? Qual recompensa tem almejado? APLICAÇÃO PRÁTICA
  21. 21. SÍNTESE DO TÓPICO II Deus é misericordioso e amoroso, por isso, deseja que todas as pessoas se salvem.
  22. 22. III – RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES QUANTO A MANEIRA DE SE VESTIR
  23. 23. III – RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES QUANTO A MANEIRA DE SE VESTIR • Paulo orienta sobre o comportamento feminino (vestimenta e atitudes). • A cultura da época não pode ser ignorada. • O conceito paulino do corpo como templo do Espírito Santo. • A mulher pode e deve se vestir bem, ficar bonita, porém com pudor, de modo a agradar a Deus.
  24. 24. • Além de se vestir de maneira honesta e com pudor (recato), a mulher cristã precisa se vestir com modéstia. • Modéstia significa "simplicidade, singeleza, despretensão". • “disputa para ver quem usa a roupa ou a bolsa mais cara ou o sapato mais alto” (LB). III – RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES QUANTO A MANEIRA DE SE VESTIR
  25. 25. • Trança = costume outras religiões = dignidade da mulher. • O prioridade deve ser o cuidado com a beleza interior, que refletirá no exterior das pessoas (1 Pe 3.3). • A mulher não deve incentivar a figura do “objeto sexual”, mas promover o respeito entre os gêneros. • O conceito da recomendação se aplica ao homem também. III – RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES QUANTO A MANEIRA DE SE VESTIR
  26. 26. APLICAÇÃO PRÁTICA Como você tem se vestido? Qual beleza você tem priorizado mais: a interior ou a exterior? Vista-se de maneira honesta, com pudor e modéstia, pois assim estará agradando a Deus!
  27. 27. SÍNTESE DO TÓPICO III A mulher* crente precisa se vestir com pudor e modéstia * O homem também.
  28. 28. IV – RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES COMO SE PORTAR NA IGREJA
  29. 29. • "A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição" (1 Tm 2.11). Ver também 1 Co 14.34-35 (aprender em casa com o marido). • O contexto cultural judaico não pode ser ignorado. • Expressão grega Hesychia: atitude receptiva que promove o aprendizado, não uma submissão a qualquer capacidade intelectual ou espiritual (RICHARD, 2005, P. 834). IV – RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES DE COMO SE PORTAR NA IGREJA
  30. 30. • "Toda mulher que ora ou profetiza com a cabeça descoberta [...] (1 Co 11.5). • Cristo e Paulo tiveram a cooperação de diversas mulheres que atuavam ao seu lado (Lc 8.1-3; Rm 16.1-15). • Paulo aborda a questão da liderança masculina, citando a ordem da criação. • Entretanto, ao escrever aos gálatas, Paulo ensina que perante Cristo não há distinção de gênero (Gl 3.28). IV – RECOMENDAÇÃO ÀS MULHERES DE COMO SE PORTAR NA IGREJA
  31. 31. APLICAÇÃO PRÁTICA Qual a liberdade que a mulher tem tido em sua igreja? Você consegue entender a questão cultural do texto paulino?
  32. 32. SÍNTESE DO TÓPICO IV A mulher* cristã deve ter uma conduta exemplar na igreja e fora dela. * O homem também.
  33. 33. CONSIDERAÇÕES FINAIS 1. Paulo recomenda a oração para todas as pessoas, inclusive “inimigos” para que tenhamos paz. 2. Afirma que Deus quer que todas as pessoas cheguem ao conhecimento da salvação por meio de Cristo.
  34. 34. CONSIDERAÇÕES FINAIS 3. Orienta as mulheres a se vestirem de forma honesta e com decência. 4. Orienta as mulheres a terem uma atitude receptiva para o aprendizado. 5. Nos dois temas acima a questão cultural deve ser considerada, bem como o contexto das epístolas paulinas e dos evangelhos.
  35. 35. REFERÊNCIAS CALVINO, João. Pastorais. São Paulo: Edições Paracletos, 1998. GOPPELT, Leonhard. Teologia do Novo Testamento. 3ª Ed. São Paulo: Editora Teológica, 2003. HALE, Broadus David. Introdução ao Estudo do Novo Testamento. São Paulo: Hagnos, 2001. LIÇÕES BÍBLICAS. A Igreja e seu Testemunho: as ordenanças de Cristo nas cartas pastorais. Rio de Janeiro: CPAD, 2015. LIMA, Elinaldo Renovato de. As ordenanças de Cristo nas Cartas Pastorais. Rio de Janeiro: CPAD, 2015.
  36. 36. REFERÊNCIAS RICHARDS, Lawrence O. Comentário Histórico- Cultural do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2014. RICHARDS, Lawrence O. Guia do leitor da Bíblia: uma análise de Gênesis a Apocalipse capítulo por capítulo. Rio de Janeiro: CPAD, 2005. STOTT, John. A mensagem de 2 Timóteo: Tu, porém . 5ª Edição. São Paulo: ABU Editora, 2001. Zuck, Roy b. Teologia do Novo Testamento. Rio de Janeiro: CPAD, 2008.

×