SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
TEXTO DO DIA
• “E estendeu o SENHOR a mão, tocou-me na boca e
disse-me o SENHOR: Eis que ponho as minhas
palavras na tua boca” (Jr 1.9).
SÍNTESE
• Devemos buscar a vontade de Deus para nossas
vidas diariamente, pois a vontade do Senhor é boa,
agradável e perfeita.
OBJETIVOS
 REFLETIR acerca da vocação e a primeira visão de
Jeremias;
 SINTETIZAR como se deu o juízo do Senhor sobre
Judá;
 MOSTRAR que a oração de Jeremias em favor do
povo foi em vão.
TEXTO BÍBLICO
Jeremias 14.7-12.
• 7 — Posto que as nossas maldades testifiquem contra nós, ó
SENHOR, opera tu por amor do teu nome; porque as nossas
rebeldias se multiplicaram; contra ti pecamos.
• 8 — Oh! Esperança de Israel. Redentor seu no tempo da
angústia! Por que serias como um estrangeiro na terra e como
o viandante que se retira a passar a noite?
• 9 — Por que serias como homem cansado, como valoroso que
não pode livrar? Mas tu estás no meio de nós, ó SENHOR, e
nós somos chamados pelo teu nome; não nos desampares.
• 10 — Assim diz o SENHOR acerca deste povo: Pois que tanto
amaram o afastar-se e não detiveram os pés; por isso, o
SENHOR se não agrada deles, mas agora se lembrará da
maldade deles e visitará os seus pecados.
• 11 — Disse-me mais o SENHOR: Não rogues por este povo
para bem.
• 12 — Quando jejuarem. não ouvirei o seu clamor e quando
oferecerem holocaustos e ofertas de manjares, não me
agradarei deles; antes, eu os consumirei pela espada, e pela
fome, e pela peste.
INTRODUÇÃO
• Essa semana estudaremos acerca de um profeta que
viveu um dos momentos mais difíceis do povo
judeu. Vamos aprender valiosas lições por
intermédio da vida desse homem que dedicou a sua
vida à obra de Deus. Nascido em uma pequena vila
próxima a Jerusalém, foi filho de um sacerdote e
nunca veio a se casar, dedicando-se de forma
intensa ao ministério profético por quatro décadas.
•1
• A VOCAÇÃO E A
PRIMEIRA VISÃO
DE JEREMIAS
1. Um jovem com uma vocação.
• Esse fato, em um primeiro momento o deixou muito
surpreso. Imagine, um moço tímido que ainda se
considerava uma criança (Jr 1.6) sendo chamado
diretamente pelo Altíssimo para ser um profeta levando
a mensagem sagrada às nações. Sem dúvida, um
grande desafio!
• O chamado desse jovem moço é registrado na Bíblia
Sagrada com belíssimas e inspiradoras palavras: “Antes
que eu te formasse no ventre, eu te conheci; e, antes
que saísses da madre, te santifiquei e às nações te dei
por profeta. […]
2. Vejo uma vara de amendoeira.
• Há uma peculiaridade nas amendoeiras que
nasciam nas terras de Israel e Judá. As flores
roseadas, bem clarinhas, cobriam as pequenas
árvores quase que por completo quando era
chegado o mês de janeiro. Esse fato sinalizava o
final do inverno e o início da primavera. Era um
sinal da planta vigilante de que um novo ciclo
começara: Talvez seja esse o motivo do nome em
hebraico para a amendoeira ser “ shoked ”, ou
seja, “vigilante”.
3. Há um chamado para você!
• O chamado é algo muito relevante em nossas
vidas. Foi através de seus chamados que grandes
personagens da Bíblia entenderam os propósitos
de Deus em suas vidas, vejamos: Sansão (Jz 13.5),
Isaías (Is 6.1), Paulo (Gl 1.15), entre tantos outros.
Também encontramos muitos personagens da
história da igreja que dedicaram suas vidas de
forma intensa a uma causa, e tudo começou com
um chamado. Vejamos os exemplos de Lutero,
Finney, Wesley, Moody, Vingren e Berg.
•2
• A REBELIÃO DO
POVO E A INVASÃO
ESTRANGEIRA
ANUNCIADA
1. Um povo rebelde.
• Deus sempre buscou derramar bênçãos sobre
seus filhos, mas para tudo há limite. Uma história
que tinha tudo para ser repleta das bênçãos de
um Pai Amoroso sobre um povo escolhido
encaminhava-se para um desfecho trágico. Deus
esperava do povo fidelidade, gratidão e um
compromisso de obediência. O povo deu ao
Senhor o contrário: infidelidade, ingratidão e uma
total rebeldia.
2. O profeta menosprezado.
• Jeremias tinha um chamado muito especial: As
mensagens que Deus lhe dera eram tanto de
destruição quanto de edificação (Jr 1.10). Tudo
dependeria de como suas profecias seriam
recebidas nos corações das pessoas a que se
destinavam.
• O profeta anunciava a necessidade de
arrependimento e conversão, mas sabia o fim que
estava determinado aquele povo.
3. Deus usa quem Ele quer.
• O povo de Judá acreditava que nada poderia acontecer
com eles, pois nenhum povo pagão entraria em
Jerusalém, a cidade santa. Mas, não foi isso que
aconteceu: O juízo veio pelas mãos dos babilônicos. Mas
será que o poder de Deus não foi suficiente para
protegera cidade sagrada? Nada disso! Deus é soberano
e usa de sua soberania para comandar quem Ele quer.
Da mesma forma que endureceu o coração do Faraó (Êx
9.12) e lançou os Assírios para levarem juízo a Israel (2Rs
17.5,6), agora estava levantando os babilônicos para
disciplinarem o povo de Judá (2Cr 36.6).
•3
• JEREMIAS, EM VÃO,
INTERCEDE PELO
POVO (Jr 14)
1. O profeta intercede pelo povo.
• Jeremias mais uma vez intercedeu pelo povo (Jr
14)! Era chegada uma época de grande calamidade
e o juízo estava próximo. Mas uma intercessão por
quem não se arrepende gera poucos efeitos.
• Além do mal que se aproximava, uma grande seca
assolava a todos e, aqueles que rejeitaram a Deus,
a fonte de água viva, agora estavam também sem a
água natural Os poços se secaram e os céus não
mais enviaram as chuvas. A erva secou, as
plantações não geraram seus mantimentos.
2. Um Deus de fidelidade e de
promessas.
• Mesmo em meio à caótica situação, havia uma firme
esperança. Deus é fiel e cumpre suas promessas (Dt
4.31). Jeremias proclamara uma esperança futura para
o povo de Israel e um tempo de vitória (Jr 30 a 33):
Israel e Judá voltariam à Terra Prometida, para tempos
de renovo e uma nova aliança (Jr 31.31).
• Desde os tempos dos primeiros seres humanos, a
vontade do Senhor era clara: Ver pessoas criadas a sua
imagem e semelhança gozando de plena comunhão
com o Criador.
3. A oração que Deus não ouve.
• O Pai deseja atender ao clamor de seus filhos, mas é
preciso que estejamos envolvidos pela sua presença.
Deus não quer apenas dar uma bênção, Ele quer que
gozemos de sua presença e vivamos cheios do Santo
Espírito. Assim como nos dias de Moisés (Êx 33), a
presença de Deus continua sendo infinitamente
melhor do que todas as bênçãos que Ele pode nos
conceder. Precisamos ter essa verdade sempre vivida
em nossas mentes: O melhor de Deus é a sua
presença aconchegante em nossas vidas!
CONCLUSÃO
• As orações não eram mais ouvidas e tudo o que restava
era o esperar o dia da chegada daqueles que
empunhavam as espadas. Mas grandes aprendizados
também podem ser obtidos com o estudo desses
episódios, lembremos: Deus nos ama e deseja que
gozemos de sua maravilhosa presença; devemos sempre
estar atentos ao chamado de Deus; confiemos nas
promessas de Senhor, Ele é fiel e justo!
expositivocom.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...José Carlos Polozi
 
Lição 11 ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
Lição 11   ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadernLição 11   ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
Lição 11 ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadernEbd Brasil
 
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12José Carlos Polozi
 
Panorama do AT - Números
Panorama do AT - NúmerosPanorama do AT - Números
Panorama do AT - NúmerosRespirando Deus
 
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...José Carlos Polozi
 
Lição 5 obadias - o princípio da retribuição, slides professor érick freire.
Lição 5   obadias - o princípio da retribuição, slides professor érick freire.Lição 5   obadias - o princípio da retribuição, slides professor érick freire.
Lição 5 obadias - o princípio da retribuição, slides professor érick freire.Ebd Brasil
 
Lição 1 - Prosperando em Meio às Crises
Lição 1 - Prosperando em Meio às CrisesLição 1 - Prosperando em Meio às Crises
Lição 1 - Prosperando em Meio às CrisesÉder Tomé
 
Roteiro homilético do natal missa do dia 251212
Roteiro homilético do natal missa do dia 251212Roteiro homilético do natal missa do dia 251212
Roteiro homilético do natal missa do dia 251212José Luiz Silva Pinto
 
Lição 6 - O Deserto: Uma Escola Divina
Lição 6 - O Deserto: Uma Escola DivinaLição 6 - O Deserto: Uma Escola Divina
Lição 6 - O Deserto: Uma Escola DivinaÉder Tomé
 
97 estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
97   estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias97   estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
97 estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofoniasRobson Tavares Fernandes
 
Panorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - GênesisPanorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - GênesisRespirando Deus
 
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12José Carlos Polozi
 
Estudos no Livro de Jonas (Cap 3)
Estudos no Livro de Jonas   (Cap 3)Estudos no Livro de Jonas   (Cap 3)
Estudos no Livro de Jonas (Cap 3)Daniel Junior
 

Mais procurados (17)

[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
[EBD Maranata] Lição 05 - Isaque | Revista Heróis do Antigo Testamento | 05/0...
 
Lição 11 ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
Lição 11   ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadernLição 11   ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
Lição 11 ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
 
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
[EBD Maranata] Lição 03 - Noé | Revista Heróis do Antigo Testamento | 22/01/12
 
Oséias
OséiasOséias
Oséias
 
Panorama do AT - Números
Panorama do AT - NúmerosPanorama do AT - Números
Panorama do AT - Números
 
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
[EBD Maranata] Lição 08 - Moisés | Revista Heróis do Antigo Testamento | 26/0...
 
Lição 5 obadias - o princípio da retribuição, slides professor érick freire.
Lição 5   obadias - o princípio da retribuição, slides professor érick freire.Lição 5   obadias - o princípio da retribuição, slides professor érick freire.
Lição 5 obadias - o princípio da retribuição, slides professor érick freire.
 
Panorama do AT - Oseias
Panorama do AT - OseiasPanorama do AT - Oseias
Panorama do AT - Oseias
 
Lição 1 - Prosperando em Meio às Crises
Lição 1 - Prosperando em Meio às CrisesLição 1 - Prosperando em Meio às Crises
Lição 1 - Prosperando em Meio às Crises
 
Roteiro homilético do natal missa do dia 251212
Roteiro homilético do natal missa do dia 251212Roteiro homilético do natal missa do dia 251212
Roteiro homilético do natal missa do dia 251212
 
Lição 6 - O Deserto: Uma Escola Divina
Lição 6 - O Deserto: Uma Escola DivinaLição 6 - O Deserto: Uma Escola Divina
Lição 6 - O Deserto: Uma Escola Divina
 
97 estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
97   estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias97   estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
97 estudo panorâmico da bíblia - o livro de sofonias
 
Profetas menores lição 2 - Oséias
Profetas menores   lição 2 - OséiasProfetas menores   lição 2 - Oséias
Profetas menores lição 2 - Oséias
 
A conquista de canaã lição 07
A conquista de canaã  lição 07A conquista de canaã  lição 07
A conquista de canaã lição 07
 
Panorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - GênesisPanorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - Gênesis
 
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
[EBD Maranata] Lição 06 - Jacó | Revista Heróis do Antigo Testamento | 12/02/12
 
Estudos no Livro de Jonas (Cap 3)
Estudos no Livro de Jonas   (Cap 3)Estudos no Livro de Jonas   (Cap 3)
Estudos no Livro de Jonas (Cap 3)
 

Semelhante a 2021 1º trimestre jovens lição 06

Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGRLição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGRGerson G. Ramos
 
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptxLição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptxCelso Napoleon
 
A saga de Jonas_Liç_original_432015 + textos
A saga de Jonas_Liç_original_432015 + textosA saga de Jonas_Liç_original_432015 + textos
A saga de Jonas_Liç_original_432015 + textosGerson G. Ramos
 
A provisão de Deus em tempos difíceis - Lição 02 - 4ºTrimestre de 2016
A provisão de Deus em tempos difíceis - Lição 02 - 4ºTrimestre de 2016A provisão de Deus em tempos difíceis - Lição 02 - 4ºTrimestre de 2016
A provisão de Deus em tempos difíceis - Lição 02 - 4ºTrimestre de 2016Pr. Andre Luiz
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queirozLeandro Morais Almeida
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queirozadalbertovha
 
Lição 03 Missões Transculturais no Antigo Testamento 4° Trimestre de 2023 ...
Lição 03  Missões Transculturais no Antigo Testamento  4° Trimestre de 2023  ...Lição 03  Missões Transculturais no Antigo Testamento  4° Trimestre de 2023  ...
Lição 03 Missões Transculturais no Antigo Testamento 4° Trimestre de 2023 ...JOSELAURINDODASILVA
 
LBJ LIÇAÕ 5 - A separação de um povo para adoração exclusiva
LBJ LIÇAÕ 5 - A separação de um povo para adoração exclusivaLBJ LIÇAÕ 5 - A separação de um povo para adoração exclusiva
LBJ LIÇAÕ 5 - A separação de um povo para adoração exclusivaNatalino das Neves Neves
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésAilton da Silva
 
2016 4º trimestre adultos lição 02.pptx
2016 4º trimestre adultos lição 02.pptx2016 4º trimestre adultos lição 02.pptx
2016 4º trimestre adultos lição 02.pptxJoel Silva
 
❉ Respostas 1 - O chamado profético de Jeremias_GGR
❉ Respostas 1 - O chamado profético de Jeremias_GGR❉ Respostas 1 - O chamado profético de Jeremias_GGR
❉ Respostas 1 - O chamado profético de Jeremias_GGRGerson G. Ramos
 
Lição 2 - A crise (interna e externa) + textos_GGR
Lição 2 - A crise (interna e externa) + textos_GGRLição 2 - A crise (interna e externa) + textos_GGR
Lição 2 - A crise (interna e externa) + textos_GGRGerson G. Ramos
 
E.b.d adultos 4ºtrimestre 2016 lição 02
E.b.d   adultos 4ºtrimestre 2016 lição 02E.b.d   adultos 4ºtrimestre 2016 lição 02
E.b.d adultos 4ºtrimestre 2016 lição 02Joel Silva
 
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013Gerson G. Ramos
 
Lição 2 - A escravidão dos hebreus no Egito
Lição 2 - A escravidão dos hebreus no EgitoLição 2 - A escravidão dos hebreus no Egito
Lição 2 - A escravidão dos hebreus no EgitoÉder Tomé
 

Semelhante a 2021 1º trimestre jovens lição 06 (20)

Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGRLição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
Lição 6 - Atos simbólicos + textos_GGR
 
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptxLição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
 
A saga de Jonas_Liç_original_432015 + textos
A saga de Jonas_Liç_original_432015 + textosA saga de Jonas_Liç_original_432015 + textos
A saga de Jonas_Liç_original_432015 + textos
 
A provisão de Deus em tempos difíceis - Lição 02 - 4ºTrimestre de 2016
A provisão de Deus em tempos difíceis - Lição 02 - 4ºTrimestre de 2016A provisão de Deus em tempos difíceis - Lição 02 - 4ºTrimestre de 2016
A provisão de Deus em tempos difíceis - Lição 02 - 4ºTrimestre de 2016
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
 
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
80625 estudos-para-celulas-sergio-luiz-queiroz
 
Lição 03 Missões Transculturais no Antigo Testamento 4° Trimestre de 2023 ...
Lição 03  Missões Transculturais no Antigo Testamento  4° Trimestre de 2023  ...Lição 03  Missões Transculturais no Antigo Testamento  4° Trimestre de 2023  ...
Lição 03 Missões Transculturais no Antigo Testamento 4° Trimestre de 2023 ...
 
O que é isto!
O que é isto!O que é isto!
O que é isto!
 
LBJ LIÇAÕ 5 - A separação de um povo para adoração exclusiva
LBJ LIÇAÕ 5 - A separação de um povo para adoração exclusivaLBJ LIÇAÕ 5 - A separação de um povo para adoração exclusiva
LBJ LIÇAÕ 5 - A separação de um povo para adoração exclusiva
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
2016 4º trimestre adultos lição 02.pptx
2016 4º trimestre adultos lição 02.pptx2016 4º trimestre adultos lição 02.pptx
2016 4º trimestre adultos lição 02.pptx
 
7 ajustes no caminho da conquista
7 ajustes no caminho da conquista7 ajustes no caminho da conquista
7 ajustes no caminho da conquista
 
❉ Respostas 1 - O chamado profético de Jeremias_GGR
❉ Respostas 1 - O chamado profético de Jeremias_GGR❉ Respostas 1 - O chamado profético de Jeremias_GGR
❉ Respostas 1 - O chamado profético de Jeremias_GGR
 
Escatologia do antigo testamento
Escatologia do antigo testamentoEscatologia do antigo testamento
Escatologia do antigo testamento
 
Apres 10
Apres  10Apres  10
Apres 10
 
Lição 2 - A crise (interna e externa) + textos_GGR
Lição 2 - A crise (interna e externa) + textos_GGRLição 2 - A crise (interna e externa) + textos_GGR
Lição 2 - A crise (interna e externa) + textos_GGR
 
E.b.d adultos 4ºtrimestre 2016 lição 02
E.b.d   adultos 4ºtrimestre 2016 lição 02E.b.d   adultos 4ºtrimestre 2016 lição 02
E.b.d adultos 4ºtrimestre 2016 lição 02
 
Qual o segredo para...
Qual o segredo para...Qual o segredo para...
Qual o segredo para...
 
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
Ansioso para perdoar_Lição original com textos_622013
 
Lição 2 - A escravidão dos hebreus no Egito
Lição 2 - A escravidão dos hebreus no EgitoLição 2 - A escravidão dos hebreus no Egito
Lição 2 - A escravidão dos hebreus no Egito
 

Mais de Joel Silva

2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptxJoel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptxJoel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptxJoel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptxJoel Silva
 
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptxJoel Silva
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptxJoel Silva
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptxJoel Silva
 
2022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 032022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 03Joel Silva
 
2022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 022022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 02Joel Silva
 
2022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 012022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 01Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovens lição 13
2021 2º trimestre jovens lição 132021 2º trimestre jovens lição 13
2021 2º trimestre jovens lição 13Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 122021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 12Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 112021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 11Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovens - lição 10
2021   2º trimestre jovens - lição 102021   2º trimestre jovens - lição 10
2021 2º trimestre jovens - lição 10Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 09
2021   2º trimestre jovem - lição 092021   2º trimestre jovem - lição 09
2021 2º trimestre jovem - lição 09Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 08
2021   2º trimestre jovem - lição 082021   2º trimestre jovem - lição 08
2021 2º trimestre jovem - lição 08Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 07
2021   2º trimestre jovem - lição 072021   2º trimestre jovem - lição 07
2021 2º trimestre jovem - lição 07Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 06
2021   2º trimestre jovem - lição 062021   2º trimestre jovem - lição 06
2021 2º trimestre jovem - lição 06Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 05
2021   2º trimestre jovem - lição 052021   2º trimestre jovem - lição 05
2021 2º trimestre jovem - lição 05Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 04
2021   2º trimestre jovem - lição 042021   2º trimestre jovem - lição 04
2021 2º trimestre jovem - lição 04Joel Silva
 

Mais de Joel Silva (20)

2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
 
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
 
2022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 032022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 03
 
2022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 022022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 02
 
2022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 012022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 01
 
2021 2º trimestre jovens lição 13
2021 2º trimestre jovens lição 132021 2º trimestre jovens lição 13
2021 2º trimestre jovens lição 13
 
2021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 122021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 12
 
2021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 112021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 11
 
2021 2º trimestre jovens - lição 10
2021   2º trimestre jovens - lição 102021   2º trimestre jovens - lição 10
2021 2º trimestre jovens - lição 10
 
2021 2º trimestre jovem - lição 09
2021   2º trimestre jovem - lição 092021   2º trimestre jovem - lição 09
2021 2º trimestre jovem - lição 09
 
2021 2º trimestre jovem - lição 08
2021   2º trimestre jovem - lição 082021   2º trimestre jovem - lição 08
2021 2º trimestre jovem - lição 08
 
2021 2º trimestre jovem - lição 07
2021   2º trimestre jovem - lição 072021   2º trimestre jovem - lição 07
2021 2º trimestre jovem - lição 07
 
2021 2º trimestre jovem - lição 06
2021   2º trimestre jovem - lição 062021   2º trimestre jovem - lição 06
2021 2º trimestre jovem - lição 06
 
2021 2º trimestre jovem - lição 05
2021   2º trimestre jovem - lição 052021   2º trimestre jovem - lição 05
2021 2º trimestre jovem - lição 05
 
2021 2º trimestre jovem - lição 04
2021   2º trimestre jovem - lição 042021   2º trimestre jovem - lição 04
2021 2º trimestre jovem - lição 04
 

Último

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentaçãoantonio211075
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...M.R.L
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024LeonardoQuintanilha4
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfnestorsouza36
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoFabioLofrano
 

Último (14)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 

2021 1º trimestre jovens lição 06

  • 1.
  • 2. TEXTO DO DIA • “E estendeu o SENHOR a mão, tocou-me na boca e disse-me o SENHOR: Eis que ponho as minhas palavras na tua boca” (Jr 1.9).
  • 3. SÍNTESE • Devemos buscar a vontade de Deus para nossas vidas diariamente, pois a vontade do Senhor é boa, agradável e perfeita.
  • 4. OBJETIVOS  REFLETIR acerca da vocação e a primeira visão de Jeremias;  SINTETIZAR como se deu o juízo do Senhor sobre Judá;  MOSTRAR que a oração de Jeremias em favor do povo foi em vão.
  • 5. TEXTO BÍBLICO Jeremias 14.7-12. • 7 — Posto que as nossas maldades testifiquem contra nós, ó SENHOR, opera tu por amor do teu nome; porque as nossas rebeldias se multiplicaram; contra ti pecamos. • 8 — Oh! Esperança de Israel. Redentor seu no tempo da angústia! Por que serias como um estrangeiro na terra e como o viandante que se retira a passar a noite? • 9 — Por que serias como homem cansado, como valoroso que não pode livrar? Mas tu estás no meio de nós, ó SENHOR, e nós somos chamados pelo teu nome; não nos desampares.
  • 6. • 10 — Assim diz o SENHOR acerca deste povo: Pois que tanto amaram o afastar-se e não detiveram os pés; por isso, o SENHOR se não agrada deles, mas agora se lembrará da maldade deles e visitará os seus pecados. • 11 — Disse-me mais o SENHOR: Não rogues por este povo para bem. • 12 — Quando jejuarem. não ouvirei o seu clamor e quando oferecerem holocaustos e ofertas de manjares, não me agradarei deles; antes, eu os consumirei pela espada, e pela fome, e pela peste.
  • 7. INTRODUÇÃO • Essa semana estudaremos acerca de um profeta que viveu um dos momentos mais difíceis do povo judeu. Vamos aprender valiosas lições por intermédio da vida desse homem que dedicou a sua vida à obra de Deus. Nascido em uma pequena vila próxima a Jerusalém, foi filho de um sacerdote e nunca veio a se casar, dedicando-se de forma intensa ao ministério profético por quatro décadas.
  • 8. •1 • A VOCAÇÃO E A PRIMEIRA VISÃO DE JEREMIAS
  • 9. 1. Um jovem com uma vocação.
  • 10. • Esse fato, em um primeiro momento o deixou muito surpreso. Imagine, um moço tímido que ainda se considerava uma criança (Jr 1.6) sendo chamado diretamente pelo Altíssimo para ser um profeta levando a mensagem sagrada às nações. Sem dúvida, um grande desafio! • O chamado desse jovem moço é registrado na Bíblia Sagrada com belíssimas e inspiradoras palavras: “Antes que eu te formasse no ventre, eu te conheci; e, antes que saísses da madre, te santifiquei e às nações te dei por profeta. […]
  • 11. 2. Vejo uma vara de amendoeira.
  • 12. • Há uma peculiaridade nas amendoeiras que nasciam nas terras de Israel e Judá. As flores roseadas, bem clarinhas, cobriam as pequenas árvores quase que por completo quando era chegado o mês de janeiro. Esse fato sinalizava o final do inverno e o início da primavera. Era um sinal da planta vigilante de que um novo ciclo começara: Talvez seja esse o motivo do nome em hebraico para a amendoeira ser “ shoked ”, ou seja, “vigilante”.
  • 13. 3. Há um chamado para você!
  • 14. • O chamado é algo muito relevante em nossas vidas. Foi através de seus chamados que grandes personagens da Bíblia entenderam os propósitos de Deus em suas vidas, vejamos: Sansão (Jz 13.5), Isaías (Is 6.1), Paulo (Gl 1.15), entre tantos outros. Também encontramos muitos personagens da história da igreja que dedicaram suas vidas de forma intensa a uma causa, e tudo começou com um chamado. Vejamos os exemplos de Lutero, Finney, Wesley, Moody, Vingren e Berg.
  • 15. •2 • A REBELIÃO DO POVO E A INVASÃO ESTRANGEIRA ANUNCIADA
  • 16. 1. Um povo rebelde.
  • 17. • Deus sempre buscou derramar bênçãos sobre seus filhos, mas para tudo há limite. Uma história que tinha tudo para ser repleta das bênçãos de um Pai Amoroso sobre um povo escolhido encaminhava-se para um desfecho trágico. Deus esperava do povo fidelidade, gratidão e um compromisso de obediência. O povo deu ao Senhor o contrário: infidelidade, ingratidão e uma total rebeldia.
  • 18. 2. O profeta menosprezado.
  • 19. • Jeremias tinha um chamado muito especial: As mensagens que Deus lhe dera eram tanto de destruição quanto de edificação (Jr 1.10). Tudo dependeria de como suas profecias seriam recebidas nos corações das pessoas a que se destinavam. • O profeta anunciava a necessidade de arrependimento e conversão, mas sabia o fim que estava determinado aquele povo.
  • 20. 3. Deus usa quem Ele quer.
  • 21. • O povo de Judá acreditava que nada poderia acontecer com eles, pois nenhum povo pagão entraria em Jerusalém, a cidade santa. Mas, não foi isso que aconteceu: O juízo veio pelas mãos dos babilônicos. Mas será que o poder de Deus não foi suficiente para protegera cidade sagrada? Nada disso! Deus é soberano e usa de sua soberania para comandar quem Ele quer. Da mesma forma que endureceu o coração do Faraó (Êx 9.12) e lançou os Assírios para levarem juízo a Israel (2Rs 17.5,6), agora estava levantando os babilônicos para disciplinarem o povo de Judá (2Cr 36.6).
  • 22. •3 • JEREMIAS, EM VÃO, INTERCEDE PELO POVO (Jr 14)
  • 23. 1. O profeta intercede pelo povo.
  • 24. • Jeremias mais uma vez intercedeu pelo povo (Jr 14)! Era chegada uma época de grande calamidade e o juízo estava próximo. Mas uma intercessão por quem não se arrepende gera poucos efeitos. • Além do mal que se aproximava, uma grande seca assolava a todos e, aqueles que rejeitaram a Deus, a fonte de água viva, agora estavam também sem a água natural Os poços se secaram e os céus não mais enviaram as chuvas. A erva secou, as plantações não geraram seus mantimentos.
  • 25. 2. Um Deus de fidelidade e de promessas.
  • 26. • Mesmo em meio à caótica situação, havia uma firme esperança. Deus é fiel e cumpre suas promessas (Dt 4.31). Jeremias proclamara uma esperança futura para o povo de Israel e um tempo de vitória (Jr 30 a 33): Israel e Judá voltariam à Terra Prometida, para tempos de renovo e uma nova aliança (Jr 31.31). • Desde os tempos dos primeiros seres humanos, a vontade do Senhor era clara: Ver pessoas criadas a sua imagem e semelhança gozando de plena comunhão com o Criador.
  • 27. 3. A oração que Deus não ouve.
  • 28. • O Pai deseja atender ao clamor de seus filhos, mas é preciso que estejamos envolvidos pela sua presença. Deus não quer apenas dar uma bênção, Ele quer que gozemos de sua presença e vivamos cheios do Santo Espírito. Assim como nos dias de Moisés (Êx 33), a presença de Deus continua sendo infinitamente melhor do que todas as bênçãos que Ele pode nos conceder. Precisamos ter essa verdade sempre vivida em nossas mentes: O melhor de Deus é a sua presença aconchegante em nossas vidas!
  • 29. CONCLUSÃO • As orações não eram mais ouvidas e tudo o que restava era o esperar o dia da chegada daqueles que empunhavam as espadas. Mas grandes aprendizados também podem ser obtidos com o estudo desses episódios, lembremos: Deus nos ama e deseja que gozemos de sua maravilhosa presença; devemos sempre estar atentos ao chamado de Deus; confiemos nas promessas de Senhor, Ele é fiel e justo!