SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Baixar para ler offline
TEXTO DO DIA
• “Por causa disso, me ponho de joelhos perante o Pai
de nosso Senhor Jesus Cristo” (Ef 3.14).
SÍNTESE
• A oração de Paulo pelos cristãos em Éfeso é um
marco de ousadia, intimidade e fé para com Deus.
Seus efeitos, ainda hoje, têm uma total influência
nos crentes que formam o Corpo de Cristo.
OBJETIVOS
 APRESENTAR a ousada oração de Paulo aos cristãos
em Éfeso;
 PERCEBER o poder do amor de Cristo para a Igreja.
TEXTO BÍBLICO
Efésios 3.14-21.
• 14 — Por causa disso, me ponho de joelhos perante o Pai de
nosso Senhor Jesus Cristo,
• 15 — Do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome,
• 16 — Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos
conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito
no homem interior;
• 17 — Para que Cristo habite, pela fé, no vosso coração; a fim
de, estando arraigados e fundados em amor,
• 18 — Poderdes perfeitamente compreender, com todos os
santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a
profundidade
• 19 — E conhecer o amor de Cristo, que excede todo
entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de
Deus.
• 20 — Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais
abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos,
segundo o poder que em nós opera.
• 21 — A esse glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as
gerações, para todo o sempre. Amém!
INTRODUÇÃO
• Paulo, na prisão em Roma (provavelmente, levando-se
em conta as informações que temos), sente a
necessidade de escrever à igreja em Éfeso. Os cristãos
nessa cidade passavam por um momento de
fortalecimento e as boas notícias chegaram até o
apóstolo que buscou escrever-lhes uma carta. Em
meio as suas letras, reflexões e apontamentos, Paulo
foi impelido a fazer uma das orações mais ousadas da
Bíblia Sagrada.
•1
• UMA
ORAÇÃO
OUSADA
1. O cuidado para com a igreja.
• A Carta escrita por pelo apóstolo à igreja em
Éfeso revela o grande cuidado e amor que esse
homem de Deus tinha pelas suas ovelhas. Paulo
estivera anos antes nessa cidade e havia deixado
ali uma igreja que se destacava. O conteúdo da
Carta é para a igreja em Éfeso, mas também se
esperava que ela chegasse até as outras igrejas da
região, como Laodiceia, por exemplo. Uma coisa
é certa, essa Carta também chegou até você e a
mim, glória a Deus.
2. De joelhos é melhor.
• Paulo está preso em Roma e sente-se movido a
dirigir-se aos cristãos, falar-lhes e, impondo-lhes
as mãos, orar. Mas ele está preso! Como fazer?
• A resposta é simples!
• O apóstolo é um homem espiritual, maduro e
com uma fé inabalável. O seu corpo era físico e
limitado, mas o Espírito que nele habitava era
onipresente e onipotente.
3. A ousadia de Paulo.
• A ousadia presente na oração de Paulo nos
impressiona: Ele pede algo que é impossível de
ser mensurado com exatidão. Podemos ter uma
ideia do alcance das petições, mas jamais
conseguiremos um retrato fiel de quão profundas
e significativas são essas solicitações. A
maturidade do apóstolo o leva a ousar e pedir
que os cristãos vivam experiências que vão muito
além do limitado entendimento humano.
•2
• O PRIMEIRO
PEDIDO DE
PAULO (v.16)
1. Fortalecidos pelo Espírito.
• O apóstolo Paulo pede que Deus fortaleça os
cristãos com poder no seu homem interior. Esse
fortalecimento alcançará nossas mentes,
sentimentos, propósitos, desejos, enfim, em
todas as questões que se relacionam ao ser
humano integral. É o seu interior que move e faz
de alguém o que é. Quando não estamos
fortalecidos, perdemos a nossa essência cristã e
passamos a agir dentro de uma conduta
mundana e ditada pelos padrões pecaminosos.
2. O amor de Cristo.
• Duas figuras de linguagem são utilizadas na
referência ao que o amor de Cristo deve
representar ao modo de vida do cristão:
Arraigados e fundados (Ef 3.17). O amor de Cristo
deve estar arraigado em nossas vidas como as
profundas raízes de uma alta árvore e fundado
como os mais fortes alicerces de um edifício. É o
amor que nos sustenta e nos permite fazer coisas
que vão além do entendimento.
3. Como compreender perfeitamente?
• Temos condições de compreender perfeitamente
todas as dimensões do amor de Cristo e conhecê-
Lo em toda a sua essência? Será que podemos ter
em nossas vidas toda a plenitude de Deus?
• Tais propostas se mostram por demais
“inatingíveis” para nossas vidas, não é mesmo? O
que Paulo tinha em mente quando as dirigiu
como petições ao Senhor? Essas são experiências
que precisamos buscar, pois são para todos nós,
cristãos.
CONCLUSÃO
• Nesta lição pudemos aprender uma valiosa verdade:
É o amor de Deus que impulsiona a Igreja em sua
missão diária levar a todos os povos o “ide” do
Mestre Amado e manifestar o Reino de Deus na
dimensão presente. Enquanto vivemos essa
verdade, é desenvolvida a nossa confiança acerca do
que o Espírito de Deus faz por meio de nós, que vai
muito além do que podemos imaginar.
expositivocom.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2021 2º trimestre jovem - lição 07
2021   2º trimestre jovem - lição 072021   2º trimestre jovem - lição 07
2021 2º trimestre jovem - lição 07Joel Silva
 
Carta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossensesCarta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossensesUEPB
 
O Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
O Discipulado Cristão na Carta aos ColossensesO Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
O Discipulado Cristão na Carta aos ColossensesJUERP
 
2021 2º trimestre jovem - lição 04
2021   2º trimestre jovem - lição 042021   2º trimestre jovem - lição 04
2021 2º trimestre jovem - lição 04Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 08
2021   2º trimestre jovem - lição 082021   2º trimestre jovem - lição 08
2021 2º trimestre jovem - lição 08Joel Silva
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTONatalino das Neves Neves
 
2021 2º trimestre jovens lição 13
2021 2º trimestre jovens lição 132021 2º trimestre jovens lição 13
2021 2º trimestre jovens lição 13Joel Silva
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJAPROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJANatalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJAPRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJANatalino das Neves Neves
 
2022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 022022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 02Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 092021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 09Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovens - lição 10
2021   2º trimestre jovens - lição 102021   2º trimestre jovens - lição 10
2021 2º trimestre jovens - lição 10Joel Silva
 
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstata
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstataLição 08 - Laodicéia a igreja apóstata
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstataSergio Silva
 
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoProjeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoNatalino das Neves Neves
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTONatalino das Neves Neves
 
Doutrina i corintios
Doutrina  i corintiosDoutrina  i corintios
Doutrina i corintiosJoel Silva
 
Estudo 12 as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
Estudo 12   as cartas de paulo III - gl-ef-fp-clEstudo 12   as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
Estudo 12 as cartas de paulo III - gl-ef-fp-clJUERP
 
2021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 122021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 12Joel Silva
 

Mais procurados (20)

2021 2º trimestre jovem - lição 07
2021   2º trimestre jovem - lição 072021   2º trimestre jovem - lição 07
2021 2º trimestre jovem - lição 07
 
Carta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossensesCarta de paulo aos colossenses
Carta de paulo aos colossenses
 
Epistola de efeso
Epistola de efesoEpistola de efeso
Epistola de efeso
 
O Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
O Discipulado Cristão na Carta aos ColossensesO Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
O Discipulado Cristão na Carta aos Colossenses
 
2021 2º trimestre jovem - lição 04
2021   2º trimestre jovem - lição 042021   2º trimestre jovem - lição 04
2021 2º trimestre jovem - lição 04
 
2021 2º trimestre jovem - lição 08
2021   2º trimestre jovem - lição 082021   2º trimestre jovem - lição 08
2021 2º trimestre jovem - lição 08
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
 
2021 2º trimestre jovens lição 13
2021 2º trimestre jovens lição 132021 2º trimestre jovens lição 13
2021 2º trimestre jovens lição 13
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJAPROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PROJEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJAPRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
PRELEÇÃO_LIÇÃO 3 - DIVISÕES NA IGREJA
 
2022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 022022 1º trimestre jovens lição 02
2022 1º trimestre jovens lição 02
 
2021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 092021 1º trimestre jovens lição 09
2021 1º trimestre jovens lição 09
 
A Epístola aos Romanos
A Epístola aos RomanosA Epístola aos Romanos
A Epístola aos Romanos
 
2021 2º trimestre jovens - lição 10
2021   2º trimestre jovens - lição 102021   2º trimestre jovens - lição 10
2021 2º trimestre jovens - lição 10
 
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstata
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstataLição 08 - Laodicéia a igreja apóstata
Lição 08 - Laodicéia a igreja apóstata
 
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoProjeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Projeção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
 
PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
 
Doutrina i corintios
Doutrina  i corintiosDoutrina  i corintios
Doutrina i corintios
 
Estudo 12 as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
Estudo 12   as cartas de paulo III - gl-ef-fp-clEstudo 12   as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
Estudo 12 as cartas de paulo III - gl-ef-fp-cl
 
2021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 122021 2º trimestre jovens lição 12
2021 2º trimestre jovens lição 12
 

Semelhante a A ousada oração de Paulo aos cristãos em Éfeso

Lição 10 - A Intercessão pelos Efésios
Lição 10 - A Intercessão pelos EfésiosLição 10 - A Intercessão pelos Efésios
Lição 10 - A Intercessão pelos EfésiosÉder Tomé
 
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptxSLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptxUelison Santana
 
Os traços característicos da igreja fiel
Os traços característicos da igreja fielOs traços característicos da igreja fiel
Os traços característicos da igreja fielSebastião Luiz Chagas
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...Tiago Silva
 
Introdução (vocação e ensino)
Introdução (vocação e ensino)Introdução (vocação e ensino)
Introdução (vocação e ensino)Ricardo Gondim
 
5º módulo 3ª aula
5º módulo   3ª aula5º módulo   3ª aula
5º módulo 3ª aulaJoel Silva
 
Provoque seu crescimento parte 02
Provoque seu crescimento   parte 02Provoque seu crescimento   parte 02
Provoque seu crescimento parte 02Adauto César
 
"Somos mais que vencedores"
"Somos mais que vencedores""Somos mais que vencedores"
"Somos mais que vencedores"JUERP
 
Servos comprometidos integralmente.
Servos comprometidos integralmente.Servos comprometidos integralmente.
Servos comprometidos integralmente.AdSede Assis
 
Servos comprometidos integralmente
Servos comprometidos integralmenteServos comprometidos integralmente
Servos comprometidos integralmenteAdSede Assis
 
Cinco ingredientes indispensáveis para a realização da obra de deus
Cinco ingredientes indispensáveis para a realização da obra de deusCinco ingredientes indispensáveis para a realização da obra de deus
Cinco ingredientes indispensáveis para a realização da obra de deusMisael Neves
 
A Deus seja a glória
A Deus seja a glóriaA Deus seja a glória
A Deus seja a glóriaJUERP
 
Igreja relevante estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
Igreja relevante   estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicasIgreja relevante   estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
Igreja relevante estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicasjasonduarte
 
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicensesLBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicensesNatalino das Neves Neves
 
Lembre se de quem você é
Lembre se de quem você éLembre se de quem você é
Lembre se de quem você éJoel Silva
 

Semelhante a A ousada oração de Paulo aos cristãos em Éfeso (20)

éFeso a igreja do amor decadente
éFeso a igreja do amor decadenteéFeso a igreja do amor decadente
éFeso a igreja do amor decadente
 
Lição 10 - A Intercessão pelos Efésios
Lição 10 - A Intercessão pelos EfésiosLição 10 - A Intercessão pelos Efésios
Lição 10 - A Intercessão pelos Efésios
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
 
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptxSLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
 
011 colossenses
011 colossenses011 colossenses
011 colossenses
 
Novo testamento 2 2016.1 tarde e noite
Novo testamento 2   2016.1 tarde e noiteNovo testamento 2   2016.1 tarde e noite
Novo testamento 2 2016.1 tarde e noite
 
Os traços característicos da igreja fiel
Os traços característicos da igreja fielOs traços característicos da igreja fiel
Os traços característicos da igreja fiel
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
 
Introdução (vocação e ensino)
Introdução (vocação e ensino)Introdução (vocação e ensino)
Introdução (vocação e ensino)
 
5º módulo 3ª aula
5º módulo   3ª aula5º módulo   3ª aula
5º módulo 3ª aula
 
5º módulo 3ª aula
5º módulo   3ª aula5º módulo   3ª aula
5º módulo 3ª aula
 
Provoque seu crescimento parte 02
Provoque seu crescimento   parte 02Provoque seu crescimento   parte 02
Provoque seu crescimento parte 02
 
"Somos mais que vencedores"
"Somos mais que vencedores""Somos mais que vencedores"
"Somos mais que vencedores"
 
Servos comprometidos integralmente.
Servos comprometidos integralmente.Servos comprometidos integralmente.
Servos comprometidos integralmente.
 
Servos comprometidos integralmente
Servos comprometidos integralmenteServos comprometidos integralmente
Servos comprometidos integralmente
 
Cinco ingredientes indispensáveis para a realização da obra de deus
Cinco ingredientes indispensáveis para a realização da obra de deusCinco ingredientes indispensáveis para a realização da obra de deus
Cinco ingredientes indispensáveis para a realização da obra de deus
 
A Deus seja a glória
A Deus seja a glóriaA Deus seja a glória
A Deus seja a glória
 
Igreja relevante estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
Igreja relevante   estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicasIgreja relevante   estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
Igreja relevante estudo 7 - 12abr2020 - praticas biblicas
 
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicensesLBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
LBJ LIÇÃO 1 - Introdução às cartas aos tessalonicenses
 
Lembre se de quem você é
Lembre se de quem você éLembre se de quem você é
Lembre se de quem você é
 

Mais de Joel Silva

2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptxJoel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptxJoel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptxJoel Silva
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptxJoel Silva
 
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptxJoel Silva
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptxJoel Silva
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptxJoel Silva
 
2022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 032022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 03Joel Silva
 
2022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 012022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 01Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 112021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 11Joel Silva
 
2021 2º trimestre jovem - lição 09
2021   2º trimestre jovem - lição 092021   2º trimestre jovem - lição 09
2021 2º trimestre jovem - lição 09Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 102021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 10Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 082021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 08Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 072021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 07Joel Silva
 
2021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 062021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 06Joel Silva
 

Mais de Joel Silva (15)

2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 04.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 03.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 02.pptx
 
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2024 1º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
 
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
2022 3º Trimestre Jovens Lição 01.pptx
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 08.pptx
 
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
2022 2º Trimestre Jovens Lição 07.pptx
 
2022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 032022 1º trimestre jovens lição 03
2022 1º trimestre jovens lição 03
 
2022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 012022 1º trimestre jovens lição 01
2022 1º trimestre jovens lição 01
 
2021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 112021 2º trimestre jovens lição 11
2021 2º trimestre jovens lição 11
 
2021 2º trimestre jovem - lição 09
2021   2º trimestre jovem - lição 092021   2º trimestre jovem - lição 09
2021 2º trimestre jovem - lição 09
 
2021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 102021 1º trimestre jovens lição 10
2021 1º trimestre jovens lição 10
 
2021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 082021 1º trimestre jovens lição 08
2021 1º trimestre jovens lição 08
 
2021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 072021 1º trimestre jovens lição 07
2021 1º trimestre jovens lição 07
 
2021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 062021 1º trimestre jovens lição 06
2021 1º trimestre jovens lição 06
 

Último

Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoInsituto Propósitos de Ensino
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiamaysa997520
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoInsituto Propósitos de Ensino
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 

Último (12)

O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
 
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 

A ousada oração de Paulo aos cristãos em Éfeso

  • 1.
  • 2. TEXTO DO DIA • “Por causa disso, me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo” (Ef 3.14).
  • 3. SÍNTESE • A oração de Paulo pelos cristãos em Éfeso é um marco de ousadia, intimidade e fé para com Deus. Seus efeitos, ainda hoje, têm uma total influência nos crentes que formam o Corpo de Cristo.
  • 4. OBJETIVOS  APRESENTAR a ousada oração de Paulo aos cristãos em Éfeso;  PERCEBER o poder do amor de Cristo para a Igreja.
  • 5. TEXTO BÍBLICO Efésios 3.14-21. • 14 — Por causa disso, me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, • 15 — Do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome, • 16 — Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior; • 17 — Para que Cristo habite, pela fé, no vosso coração; a fim de, estando arraigados e fundados em amor,
  • 6. • 18 — Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade • 19 — E conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. • 20 — Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera. • 21 — A esse glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém!
  • 7. INTRODUÇÃO • Paulo, na prisão em Roma (provavelmente, levando-se em conta as informações que temos), sente a necessidade de escrever à igreja em Éfeso. Os cristãos nessa cidade passavam por um momento de fortalecimento e as boas notícias chegaram até o apóstolo que buscou escrever-lhes uma carta. Em meio as suas letras, reflexões e apontamentos, Paulo foi impelido a fazer uma das orações mais ousadas da Bíblia Sagrada.
  • 9. 1. O cuidado para com a igreja.
  • 10. • A Carta escrita por pelo apóstolo à igreja em Éfeso revela o grande cuidado e amor que esse homem de Deus tinha pelas suas ovelhas. Paulo estivera anos antes nessa cidade e havia deixado ali uma igreja que se destacava. O conteúdo da Carta é para a igreja em Éfeso, mas também se esperava que ela chegasse até as outras igrejas da região, como Laodiceia, por exemplo. Uma coisa é certa, essa Carta também chegou até você e a mim, glória a Deus.
  • 11. 2. De joelhos é melhor.
  • 12. • Paulo está preso em Roma e sente-se movido a dirigir-se aos cristãos, falar-lhes e, impondo-lhes as mãos, orar. Mas ele está preso! Como fazer? • A resposta é simples! • O apóstolo é um homem espiritual, maduro e com uma fé inabalável. O seu corpo era físico e limitado, mas o Espírito que nele habitava era onipresente e onipotente.
  • 13. 3. A ousadia de Paulo.
  • 14. • A ousadia presente na oração de Paulo nos impressiona: Ele pede algo que é impossível de ser mensurado com exatidão. Podemos ter uma ideia do alcance das petições, mas jamais conseguiremos um retrato fiel de quão profundas e significativas são essas solicitações. A maturidade do apóstolo o leva a ousar e pedir que os cristãos vivam experiências que vão muito além do limitado entendimento humano.
  • 15. •2 • O PRIMEIRO PEDIDO DE PAULO (v.16)
  • 16. 1. Fortalecidos pelo Espírito.
  • 17. • O apóstolo Paulo pede que Deus fortaleça os cristãos com poder no seu homem interior. Esse fortalecimento alcançará nossas mentes, sentimentos, propósitos, desejos, enfim, em todas as questões que se relacionam ao ser humano integral. É o seu interior que move e faz de alguém o que é. Quando não estamos fortalecidos, perdemos a nossa essência cristã e passamos a agir dentro de uma conduta mundana e ditada pelos padrões pecaminosos.
  • 18. 2. O amor de Cristo.
  • 19. • Duas figuras de linguagem são utilizadas na referência ao que o amor de Cristo deve representar ao modo de vida do cristão: Arraigados e fundados (Ef 3.17). O amor de Cristo deve estar arraigado em nossas vidas como as profundas raízes de uma alta árvore e fundado como os mais fortes alicerces de um edifício. É o amor que nos sustenta e nos permite fazer coisas que vão além do entendimento.
  • 20. 3. Como compreender perfeitamente?
  • 21. • Temos condições de compreender perfeitamente todas as dimensões do amor de Cristo e conhecê- Lo em toda a sua essência? Será que podemos ter em nossas vidas toda a plenitude de Deus? • Tais propostas se mostram por demais “inatingíveis” para nossas vidas, não é mesmo? O que Paulo tinha em mente quando as dirigiu como petições ao Senhor? Essas são experiências que precisamos buscar, pois são para todos nós, cristãos.
  • 22. CONCLUSÃO • Nesta lição pudemos aprender uma valiosa verdade: É o amor de Deus que impulsiona a Igreja em sua missão diária levar a todos os povos o “ide” do Mestre Amado e manifestar o Reino de Deus na dimensão presente. Enquanto vivemos essa verdade, é desenvolvida a nossa confiança acerca do que o Espírito de Deus faz por meio de nós, que vai muito além do que podemos imaginar.