Stress ocupacional

14.703 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre Stress Ocupacional, Tecnico em Enfermagem - Menna Barreto.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
14 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.703
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.005
Comentários
0
Gostaram
14
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Stress ocupacional

  1. 1. Saúde Ocupacional
  2. 2. O que é stress?O stress é uma reação do organismo, contraagentes físicos ou psicológicos, quando apessoa se confronta com uma situação que,a irrite, amedronte, excite ou confunda, oumesmo que a faça feliz. Este tipo detranstorno geralmente se dá em função demuita carga de trabalho, profissionais quesofrem muita pressão, que lidam comserviços de assistência, e em especialcontato direto com outras pessoas.
  3. 3. Causa transtornos psicológicos:falta de vontade de fazer ascoisas etc, até manifestaçõesfísicas mais sérias como: úlceras,infarto, câncer e mesmomanifestações mentais comotentativa de suicídio.
  4. 4. PRESSÕESO acúmulo de pressões afeta o sistema deimunidade da pessoa, diminuindo suaresistência.As mudanças na vida de uma pessoa, positivasou negativas – mesmo uma promoção desejada,pode causar stress.
  5. 5. Os problemas emocionais incluem:Alcoolismo Tabagismo Uso de drogas Riscos de acidente depressão e doenças psicóticas no trabalho
  6. 6. As reações do organismoestão relacionadas afatores econômicos esociais, como:Conflito comsuperiores, subordinados,insatisfação notrabalho, falta deperspectiva e rotatividadedos empregados.
  7. 7. EFEITOS PSICOLÓGICOS DO STRESS• 1. ANSIEDADE GENERALIZADA Todos passamos ansiedade no dia-a-dia. Funciona como um alarme para fazer a pessoa se concentrar. A ansiedade torna-se um problema quando fica intensa, interferindo no trabalho e na vida pessoal.
  8. 8. 2. PREOCUPAÇÃOA preocupação é algosaudável, pois antecipa situaçõesde perigo ou nos prepara para umdesafio.Preocupar-se é positivo quandoajuda a resolver problemas.É inútil quando se torna um pião:sem chegar a lugar algum.
  9. 9. 3. RAIVAA raiva provoca doenças denível físico e mental.A raiva causa uma constanteatividade do sistema nervosoe cardiovascular. A pessoadeve se condicionar aoautocontrole.Fazer exercícios ou tarefas queexijam esforço físico.
  10. 10. PRINCIPAIS CAUSAS DO STRESS• 1. Baixa resistência à frustração – pessoa que se aborrece fácil.• 2. Ameaças constantes – pessoas que são intimidadas, geram atitudes de recuo e afastamento.• 3. Competitividade – pretender uma coisa simultaneamente com outra pessoa.
  11. 11. • 4. Falta de tempo para si – Aquele indivíduo que não consegue se organizar, se programar.• 5. Ansiedade constante de perigo.• 6. Baixa auto-estima – pessoas que não se gostam, não se valorizam.
  12. 12. FASES DO STRESS 1ª Fase - Fase de Alarme.O organismo entra em alerta para se proteger do perigo e dá prioridade aos órgãos de defesa, ataque ou fuga. Reações desenvolvidas nesta fase são: Aumento da Pressão eDilatação das pupilas Palpitação maior fluxo de oxigênio
  13. 13. Aumento da velocidade de Fígado libera o açúcar para ser coagulação. usado pelos músculos Tensão muscular Boca seca
  14. 14. • Caso o indivíduo consiga lidar com o estímulo estressor, eliminando ou aprendendo a lidar, o organismo volta a sua situação de equilíbrio interno (homeostase).• Mas se o estresse persistir ele evolui para as outras fases do processo.
  15. 15. FASE DE RESISTÊNCIA 2ª Fase - Fase de Resistência Persiste o desgaste para manutenção doestado de alerta. O organismo continua gastando energiarapidamente, acrescentando ao seu quadro de“Estresse contínuo”.
  16. 16. O organismo continua buscando saída, Esse desgaste traz as consequências: Infecções sensação de desgaste e cansaçolapsos de memória Redução da sexualidade
  17. 17. queda na produção de desequilíbrio ou supressão do ciclo espermatozoides menstrual; falha na ovulaçãoabortos espontâneos Dificuldades na amamentação
  18. 18. FASE DE EXAUSTÃO 3ª Fase - Exaustão ou esgotamentoHá uma queda na imunidade e o surgimento da maioria das doenças, por exemplo: dores vagas taquicardia
  19. 19. alergias caspa seborreia distúrbios gastrointestinais herpes (úlcera, gastrite, diarreia, náuseas)
  20. 20. hipertensão alteração de peso perda de dentes bruxismo problemas respiratórios (asma, rinite, tuberculose pulmonar)
  21. 21. Depressão, ansiedade,fobias, hiperatividade, hipervigilância alterações no sono (insônia, pesadelos, sono em excesso) Dificuldade de aprendizagem, lapsos de memória, dificuldade de concentração
  22. 22. • Algumas vezes diante de uma situação muito intensa ou extrema para a pessoa, ela desenvolve um quadro denominado “Estresse Agudo”, onde o organismo mostra-se incapaz de lidar com os estímulos e tem reações que geralmente o afastam da realidade.
  23. 23. O "Estresse Agudo" se caracteriza por:• atordoamento inicial;• estreitamento do campo de consciência;• diminuição da atenção;• incapacidade de compreender estímulos;• desorientação;• retraimento da situação circundante (estupor dissociativo);• agitação e hiperatividade;• sinais autonômicos de ansiedade de Pânico;• amnésia parcial ou completa para o episódio.

×