O estresse eutresse e distresse

8.844 visualizações

Publicada em

http://simonehelendrumond.blogspot.com

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.844
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O estresse eutresse e distresse

  1. 1. O ESTRESSE Eutresse e Distresse. Volume 3Autora da Apostila: Simone Helen Drumond http://simonehelendrumond.blogspot.com simone_drumond@hotmail.com (92) 8808-2372 / 8813-9525
  2. 2. O ESTRESSE - Eutresse e Distresse. O estresse divide-se em eutresse e distresse.O que é eutresse?O prefixo "eu" vem do grego e significa bem; de boa constituição bom, e é utilizado empalavras como, por exemplo, eufemismo que quer dizer ato de suavizar a expressãosubstituindo uma idéia, palavra ou expressão por outra mais agradável, mais polida. Outroexemplo: euforia significa sensação de perfeito bem-estar, alegria intensa e, por via de regra,expansiva:, boa disposição de ânimo: etc.O que é distresse?O prefixo "dis" vem do grego dys e em português dis, significa imperfeição, má estado,defeito daí ser a palavra distresse considerada o estresse nocivo, e tem uma extensaaplicação na língua portuguesa.Exemplo: disfunção significa função que se efetua de maneira anormal; disartria é adificuldade na articulação das palavras, resultante de perturbação em centros nervosos, etc.Assim sendo, distresse é a designação das conseqüências prejudiciais oriundas de umaexcessiva ativação psicofisiológica, e eutresse quando existe uma ativação necessária paraculminar com êxito numa determinada prova ou situação complexa. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  3. 3. O ESTRESSE - Eutresse e Distresse.Os dois exemplos a seguir elucidarão como carregar demasiado estresse é prejudicial:Vamos considerar um elevador que tem suporte para seis passageiros e passa a carregardoze passageiros com muito peso. Então podemos presumir o que pode acontecer.Manejar um reator nuclear com nível mais alto do que é tecnicamente previsto podemos,também, considerar as conseqüências desastrosas que poderão ocorrer.O grau de resistência ao estresse, dependerá dos pontos mais vulneráveis da pessoa querfísicos ou psíquicos, a característica hereditária no caso é importante.Algumas conseqüências que o distresse pode ocasionar:· DISTRESSE CEREBRAL: fadiga, dores, choro convulsivo, depressão, ataques de angustia,ansiedade ou ataque de pânico, insônia etc.· DISTRESSE GASTRINTESTINAL: úlceras, cólicas, diarréia, colite, gastrite etc.· DISTRESSE CARDIOVASCULAR: hipertensão, enfarto, taquicardia, embolia etc.· DISTRESSE DERMATOLÓGICO: problemas cutâneos, eczemas etc.·DISTRESSE NO SISTEMA IMUNOLÓGICO fará a resistência orgânica diminuir compropensão a infecções generalizadas, câncer etc. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  4. 4. Algumas conseqüências que o distresse pode ocasionar: DISTRESSE CEREBRAL: fadiga, dores, choro convulsivo, depressão, ataques de angustia, ansiedade ou ataque de pânico, insônia etc. DISTRESSE GASTRINTESTINAL: úlceras, cólicas, diarréia, colite, gastrite etc. DISTRESSE CARDIOVASCULAR: hipertensão, enfarto, taquicardia, embolia etc. DISTRESSE DERMATOLÓGICO: problemas cutâneos, eczemas etc. DISTRESSE NO SISTEMA IMUNOLÓGICO: fará a resistência orgânica diminuir com propensão a infecções generalizadas, câncer etc.Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  5. 5. O ESTRESSE - Eutresse e Distresse.Uma das mais importantes pesquisas científicas dessa década foi a descoberta que o distressecausa alterações físicas no cérebro.A fadiga, o choro convulsivo, a depressão, a angustia, a insônia são características do distresse ecausados por uma disfunção química cerebral.Quando acontece um acidente ou incidente tudo parece passageiro mas o seu efeito cumulativo éque vai gerar posteriormente as conseqüências.Outra fonte de estresse pode ser as pequenas coisas que nos ocorrem diariamente, tais como aspressões externas no trabalho, estudo sem metodologia, nossa auto-exigência pessoal e etc.A frustração é a grande causadora de distresse, e consiste no estado em que a pessoa, pelaausência de um objeto, ou por um obstáculo externo ou interno, é privado da satisfação de umdesejo ou de uma necessidade.Diante a frustração surge a ansiedade, o nervosismo, a intranqüilidade e a angustia, o qual podeocasionar reações inadequadas e sensação de mal estar.Em numerosas ocasiões um ato agressivo contra a nossa própria identidade ou a de outraspessoas, deriva de uma frustração previa. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  6. 6. O ESTRESSE - Eutresse e Distresse.As pessoas diferenciam as suas reações diante o estresse, e dependem da personalidade,reações individuais, mecanismos de defesa que se põe em funcionamento e ascircunstancias sócio-ambientais de cada momento.Para enfrentar o estresse de forma positiva, em primeiro lugar tem que se conhecer acircunstância que vamos enfrentar, as exigências e as possíveis conseqüências do mesmo.È importante valorizar as próprias aptidões na hora de selecionar nosso modo de vida enossas atividades, assim como convém preparar-se para cada situação programando-seadequadamente.Não devemos exigir muito de nossas atuações elaborando objetivos inatingíveis, e destaforma não iremos plantar tantas frustrações em nossa vida, pois que tais objetivosinatingíveis são "fábricas de estresse".Devemos manter uma vida sadia com dieta equilibrada, realizando exercícios físicos eevitando a sobrecarga de tensões.Manter uma situação afetiva, estável e satisfatória é básico para enfrentar o estresse, assimcomo manter laços de amizade sadios, pois que assim teremos um apoio deles em caso denecessidade. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  7. 7. O ESTRESSE - Eutresse e Distresse.Em numerosas ocasiões as técnicas de relaxamento nos podem ajudar anos manter tranqüilos em situações difíceis e estressantes.Outros conselhos interessantes para nos sentir menos estressados são,por exemplo, programarmos as atividades diárias de forma metódica semsobrecarga não fazer mais do que uma coisa por vez e não começar outrasem terminar a anterior, evitar excessivas responsabilidades, aprender ater um tempo para trabalhar e um tempo para o lazer (ler, ouvir música, irao cinema etc.)É importante ter em conta que nada é definitivo nem indispensável emnossa vida.E agora senhores pais atentem que é sensato evitar o estresse de seusfilhos. Autora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com
  8. 8. Agradeço as imagem de Gabriel Nascimento de Carvalho e ao blog http://simonehelendrumond.blogspot.com Outras dicas para ajudar seus filhos em diversosaspectos do seu cotidiano social e escolar,você pode encontrar em...http://simonehelendrumond.blogspot.comAutora da Apostila: Simone Helen Drumond - simone_drumond@hotmail.com

×