Fundamento de administração Organização

3.521 visualizações

Publicada em

Organização

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.521
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
91
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fundamento de administração Organização

  1. 1. COMPONENTES: 1. Luciane 2. Odicélia 3. Lawer 4. Leidiane 5. Jéssica 6. Maria Araide 7. Adailton 8. Pascoal Mendes L A W E R
  2. 2. L A W E R
  3. 3. Organização, como função do administrador, significa o ato de organizar, estruturar e integrar os recursos e os órgãos incumbidos de sua administração. Lembrando, a organização, interagindo com o planejamento, a direção e o controle formam o processo administrativo. (Usamos, frequentemente, a palavra organização como uma entidade social dirigida para objetivos específicos e deliberadamente estruturados) L U C I A N E
  4. 4. Organizar consiste basicamente em cinco etapas: Dividir o trabalho , ou seja, determinar as atividades necessárias ao alcance dos objetivos planejados (especialização). Agrupar as atividades em uma estrutura lógica (departamentalização). Designar as pessoas para sua execução (definir tarefas e cargos). Distribuir e alocar os recursos necessários. Coordenar e integrar todos os esforços. L U C I A N E
  5. 5. Abrangência da organização Organização no nível global: abrange a empresa como uma totalidade. É o chamado desenho organizacional. Organização no nível departamental: abrange cada departamento ou unidade da empresa. É o desenho departamental.  Organização no nível das tarefas e operações: É o desenho dos cargos ou tarefas. É estudado pela descrição e análise dos cargos. O D I C É L I A
  6. 6. Componentes da organização Tarefas: o trabalho realizado em uma empresa é fragmentado por um processo de divisão do trabalho. Pessoas: cada pessoa é designada para ocupar um cargo. A designação deve considerar habilidades, aptidões, interesses, experiência e comportamento. Órgãos: as tarefas e as pessoas devem ser agrupadas em órgãos, como divisões, departamentos ou unidades. Relações: os relacionamentos são um conceito muito importante dentro da organização: entre pessoas do mesmo órgão e de órgãos diferentes; entre as pessoas e seus trabalhos. L E I D I A N E
  7. 7. Princípios de administração aplicados à organização Princípio da especialização: atribuindo a cada posto de trabalho tarefas simples que requeiram pouca experiência e conhecimentos prévios escassos, diminui-se período de aprendizagem, facilita-se substituição de pessoas, permite melhoria de métodos, aumento de produtividade e redução de custos. Princípio da definição funcional: o conteúdo de cada cargo e as relações entre seus ocupantes devem ser claramente definidos por escrito: subordinação, autoridade e responsabilidade. J É S S I C A
  8. 8. Princípio da paridade de responsabilidade e autoridade: autoridade é poder de dar ordens e instruções, e responsabilidade é obrigação de cumpri-las. A paridade significa que a autoridade atribuída a um pessoa deve corresponder à sua responsabilidade. Princípio das funções de staff e de linha: as funções de linha estão diretamente ligadas ao objetivo da empresa ou do departamento, as funções de staff não se encontram diretamente ligadas àqueles objetivos. Princípio escalar: refere-se à cadeia de relações de autoridade de um superior para um subordinado. Cada subordinado deve saber quem é o seu superior. A R A I D E
  9. 9. Técnicas relacionadas com a organização Alguns aspectos da organização são visualizados e compreendidos por meio de gráficos, que podem se referir a aspectos globais ou parciais. Existem os organogramas, gráficos estáticos, que representam a estrutura organizacional, e os fluxogramas, que demonstram a dinâmica, a movimentação, o fluxo ou a sequência das operações. A D A I L T O N
  10. 10. Organogramas Os organogramas definem os seguintes aspectos da estrutura da empresa: - Estrutura hierárquica contendo os diversos níveis da organização. - Órgãos que compõem a estrutura. - Canais de comunicação que interligam os órgãos. - Cargos que compõem os órgãos. P A S C O A L
  11. 11. Relações de autoridade Autoridade de linha: confere ao superior o direito de dar ordens diretas e de delegar autoridade só aos colaboradores de seu órgão. Autoridade de assessoria ou de staff: pessoas que trabalham com pesquisas/consultoria não dão ordens a membros de nenhum órgão destinatário do serviço. Autoridade funcional: o superior de um órgão atua sobre indivíduos de qualquer outro órgão em relação a assuntos específicos de suas atribuições. P A S C O A L
  12. 12. Tipos de organograma: 1. Organograma clássico 2. Organograma diagonal ou europeu 3. Organograma setorial ou radial 4. Organograma circular 5. Organograma em barras 6. Listograma 7. Organograma linear da responsabilidade P A S C O A L
  13. 13. P A S C O A L
  14. 14. P A S C O A L
  15. 15. P A S C O A L
  16. 16. P A S C O A L
  17. 17. P A S C O A L
  18. 18. P A S C O A L
  19. 19. P A S C O A L
  20. 20. P A S C O A L
  21. 21. P A S C O A L Fluxogramas são gráficos que representam o fluxo ou sequência de procedimentos e rotinas. Há três tipos principais de fluxogramas: vertical horizontal de blocos
  22. 22. “ O bom Administrador é aquele que conduz seu grupo até o destino almejado.” PODEM BATER PALMAS

×