Himenolepsiase

1.133 visualizações

Publicada em

Hymenolepis nana

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Himenolepsiase

  1. 1. Hymenolepis nana Filo: Platyhelminthes Classe: Cestoidea Ordem: Cyclophyllida Família: Hymenolepididae Gênero: Hymenolepis
  2. 2. Hymenolepis nana Menor e mais comum cestódeo humano MORFOLOGIA: - Verme adulto: (3 - 5 cm) (100 - 200 proglótides) - Ovos: ( 40 mµ de diâmetro) - Larva cisticercóide: ( 500 mµ de diâmetro)
  3. 3. Adulto
  4. 4. ovos
  5. 5. Larva cisticercóide
  6. 6. BIOLOGIA: Ciclo Biológico: - Monoxênico - Heteroxênico
  7. 7. Ciclo Biológico de Hymenolepis nana
  8. 8. TRANSMISSÃO: - Ingestão de ovos (m. a.) - Ingestão de insetos com larva cisticercóide - Auto- infecção interna PATOGENIA: - Poucas manifestações clínicas - Podem ocorrer: agitação, insônia, diarréia, etc.
  9. 9. DIAGNÓSTICO: - Clínico - Laboratorial EPIDEMIOLOGIA: - Cosmopolita - Ovo pouco resistente - Falta de higiene ( incidência) - Presença de H. I. próprio ( incidência) - Transmissão pode ser direta ( incidência)
  10. 10. PROFILAXIA: - Higiene - Sanitarismo - Tratamento dos doentes - Combate a carunchos e pulgas TRATAMENTO: - Niclosamida (Yomesan, Atenase) - Diclorofeno (Teniacid) - Praziquantel (Cestox) - Albendozol (Zentel)
  11. 11. Hymenolepis diminuta MORFOLOGIA: - Verme adulto: (10 - 50 cm) - Ovos: maiores que H. nana e sem filamentos polares)
  12. 12. CICLO BIOLÓGICO: - Heteroxênico
  13. 13. AÇÃO PATOGÊNICA: idem H. nana DIAGNÓSTICO: idem H. nana PROFILAXIA: idem H. nana TRATAMENTO: idem H. nana

×