SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
Inovação em busca de competitividade e geração de valor

                      04/11/2011

                 ISBN 9788599809020




              www.fia.com.br/profuturo
CONDICIONANTES PARA A INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
    EM DESENVOLVIMENTOS DE PRODUTOS:
  Um Estudo de Caso em Uma Empresa do Setor
                   Químico


      Autor: Douglas Benitez Ramos
      Orientador: Prof. Leandro José Morilhas
Agenda

• Introdução.
• Pergunta de pesquisa.
• Objetivos.
• Referencial teórico.
• Metodologia.
• Principais resultados.
• Considerações finais.
Introdução
Ambiente de competitividade crescente
Consumidores cada vez mais exigentes
Ciclo de vida dos produtos mais curto
Estratégia das empresas:
   Baixo Custo
   Diferenciação       : lançar novos produtos, por exemplo

Inovar:      forma de diferenciar e de criar vantagem competitiva


Alguns fatores impulsionam e outras obstruem a inovação
Pergunta de pesquisa




Quais os condicionantes que
impulsionam ou obstruem a inovação
tecnológica no processo de
desenvolvimento de novos produtos
da empresa 3M no Brasil?
Objetivos
 Identificar...
    Os tipos de inovação em produto na
    3M
    O processo de desenvolvimento de
    produtos na empresa
    As áreas envolvidas no processo de
    inovação
    Os fatores que impulsionam a
    inovação
    Os fatores que barram a inovação
Referencial Teórico
Conceito de Inovação:
   Teoria de Desenvolvimento de
   Schumpeter (Morilhas, 2007)
   Manual de Oslo (OCDE, 2005)
Tipo de Inovação:
   Manual de Oslo (OCDE, 2005)
   Wheelwright e Clark (Morilhas,
   2007)
   Marcelo Gandur (2003)
Condicionantes:
   Manual de Oslo (OCDE, 2005)
   Marcelo Gandur (2003)
Referencial Teórico
Processos Des. de Produtos:
   Open Innovation (Chesbrough,
   2003)
Etapas Des. de Produtos:
   Modelo Stage-Gate (Cooper e
   Edgett, 2000)
    Fábrica Integrada Modelo
   (Rozenfeld, 1997)
   Introdução de Novos Produtos
   (3M)
Panorama do Setor Químico:
   ABIQUIM (Associação Bras. Da
   Indústria Química)
   3M do Brasil
Metodologia
Estudo de Caso Único
Pesquisa Exploratória
Dados qualitativos
Dados secundários
Dados primários
coletados em entrevistas
com as áreas envolvidas
no processo de
desenvolvimento de
novos produtos
Impulsionadores
Principais Resultados
                Dar autonomia e preparar
                bons líderes
                Tolerar erros em
                descobertas
                Estar próximo ao cliente
                Reconhecer campeões
                Colaborar e compartilhar
                recursos
Impulsionadores
            Dar autonomia e preparar
            bons líderes
            Tolerar erros em
            descobertas
Impulsionadores
            Estar próximo ao cliente
Impulsionadores
            Reconhecer campeões
                  “Carlton Society”
               é o Hall da Fama da 3M
                     há 48 anos




             é o maior reconhecimento da
              empresa para cientistas que
                 fizeram contribuições
                     extraordinárias
Impulsionadores
            Colaborar e compartilhar
            recursos



              67 Países
              85 Laboratórios
              30 CTCs
Impulsionadores
            Colaborar e compartilhar
            recursos
Barreiras (ou impulsionadores?)
               Política Industrial
                   Financiamento público
               Patentes
                   Morosidade

               Mão-de-obra qualificada
                   Mercado de trabalho insuficiente
                   Desafio para reter de talentos
               Ausência de mercado
                   Inteligência de Negócios
               Comunicação entre P&D e
               outras áreas
Considerações Finais

  Ética
  Excelência Operacional
  Cultura organizacional
  voltada para inovação
Cultura para Inovação

             Princípios de William L.
             McKnight - 1948
                “A medida que é
                “Erros serão cometidos.
                “À gerênciaque nossos
                destrutivamente crítica está
                Porém, se uma pessoa frente
                negócios crescem, torna-se
                a erros cometidos,
                essencialmente certa, os
                necessário delegar mata aerros
                iniciativa. ele essencial
                que ela ouE, é cometerem não
                responsabilidades e encorajar
                serão tão graves quanto os
                todos a exercer suas iniciativas.
                ter pessoas com iniciativa
                erros que uma continuar
                Isso exigea gerência cometer
                se quisermos tolerância
                a disser àqueles a quem a
                secrescer”
                considerável”.
                “Contrate bons funcionários
                autoridade foi delegada como
                e deixe-os em paz”
                fazer os seus trabalhos”
Considerações Finais: limitações

 As análises deste estudo não podem ser generalizadas
    Estudo de caso único
       excluídas outras empresas e outros setores industriais
    Sem comparações com outras empresas
    Recomenda-se uma pesquisa mais ampla
Muito Obrigado!



  Douglas Benitez Ramos
dbenitezramos@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Inovação
InovaçãoInovação
Inovação
gmktipam
 
Henderson inovação e estratégia
Henderson   inovação e estratégiaHenderson   inovação e estratégia
Henderson inovação e estratégia
Felipe Palomaro
 
Workshop de Inovação - AMCHAM - SP
Workshop de Inovação - AMCHAM - SPWorkshop de Inovação - AMCHAM - SP
Workshop de Inovação - AMCHAM - SP
innoscience_
 
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão finalECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
Gib de Medeiros
 
Inovações no Futebol - Aula Kick Off Perestroika
Inovações no Futebol  - Aula Kick Off PerestroikaInovações no Futebol  - Aula Kick Off Perestroika
Inovações no Futebol - Aula Kick Off Perestroika
innoscience_
 

Mais procurados (20)

Gestao da Inovacao - Processo e Projeto de Inovacao
Gestao da Inovacao - Processo e Projeto de InovacaoGestao da Inovacao - Processo e Projeto de Inovacao
Gestao da Inovacao - Processo e Projeto de Inovacao
 
Inovação Tecnológica
Inovação TecnológicaInovação Tecnológica
Inovação Tecnológica
 
Inovação
InovaçãoInovação
Inovação
 
Palestra Gestão da Inovação.
Palestra Gestão da Inovação.Palestra Gestão da Inovação.
Palestra Gestão da Inovação.
 
Gestão empresarial aula 5 inovação
Gestão empresarial aula 5 inovaçãoGestão empresarial aula 5 inovação
Gestão empresarial aula 5 inovação
 
Inovação Tecnológica
Inovação TecnológicaInovação Tecnológica
Inovação Tecnológica
 
Henderson inovação e estratégia
Henderson   inovação e estratégiaHenderson   inovação e estratégia
Henderson inovação e estratégia
 
Workshop de Inovação - AMCHAM - SP
Workshop de Inovação - AMCHAM - SPWorkshop de Inovação - AMCHAM - SP
Workshop de Inovação - AMCHAM - SP
 
Apresentação sobre Gestão da Inovação e da Criatividade
Apresentação sobre Gestão da Inovação e da CriatividadeApresentação sobre Gestão da Inovação e da Criatividade
Apresentação sobre Gestão da Inovação e da Criatividade
 
Comp org inovacao
Comp org inovacaoComp org inovacao
Comp org inovacao
 
Gestão da inovação
Gestão da inovaçãoGestão da inovação
Gestão da inovação
 
Inovação em empresas criativas
Inovação em empresas criativasInovação em empresas criativas
Inovação em empresas criativas
 
Palestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e social
Palestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e socialPalestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e social
Palestra inovação tecnológica e desenvolvimento econômico e social
 
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão finalECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
ECO.TIC 2016 PALESTRA GIB DE MEDEIROS NOV 24 - versão final
 
Governança e Inovação
Governança e InovaçãoGovernança e Inovação
Governança e Inovação
 
Palestra - Gestão do Processo de Inovação nas Empresas - COMAGEP - Wendell Ca...
Palestra - Gestão do Processo de Inovação nas Empresas - COMAGEP - Wendell Ca...Palestra - Gestão do Processo de Inovação nas Empresas - COMAGEP - Wendell Ca...
Palestra - Gestão do Processo de Inovação nas Empresas - COMAGEP - Wendell Ca...
 
Cc estratégia de inovação
Cc   estratégia de inovaçãoCc   estratégia de inovação
Cc estratégia de inovação
 
Inovações no Futebol - Aula Kick Off Perestroika
Inovações no Futebol  - Aula Kick Off PerestroikaInovações no Futebol  - Aula Kick Off Perestroika
Inovações no Futebol - Aula Kick Off Perestroika
 
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
8 simples passos para inovar de forma revolucionaria
 
Inovação no Setor Público
Inovação no Setor PúblicoInovação no Setor Público
Inovação no Setor Público
 

Semelhante a Condicionantes inovacao setor_quimico_douglas

Open Innovation no Brasil
Open Innovation no BrasilOpen Innovation no Brasil
Open Innovation no Brasil
annajuenemann
 
Estratgiasdegestoorganizacional print-100411182842-phpapp01
Estratgiasdegestoorganizacional print-100411182842-phpapp01Estratgiasdegestoorganizacional print-100411182842-phpapp01
Estratgiasdegestoorganizacional print-100411182842-phpapp01
wilson pereira dos santos
 
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
SV_Partners
 
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; InovaçãoGestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Deomari Fragoso
 
Brasoftware palestra 05_07_ppt
Brasoftware palestra 05_07_pptBrasoftware palestra 05_07_ppt
Brasoftware palestra 05_07_ppt
kleber.torres
 
Pesquisa os desafios para gestão da inovação no brasil pesquisa symnetics d...
Pesquisa os desafios para gestão da inovação no brasil   pesquisa symnetics d...Pesquisa os desafios para gestão da inovação no brasil   pesquisa symnetics d...
Pesquisa os desafios para gestão da inovação no brasil pesquisa symnetics d...
Andre Coutinho
 
Inovação e Criatividade
Inovação e CriatividadeInovação e Criatividade
Inovação e Criatividade
Andrea Costa
 

Semelhante a Condicionantes inovacao setor_quimico_douglas (20)

FIEP palestra gerentes 25-09-2014
FIEP palestra gerentes 25-09-2014FIEP palestra gerentes 25-09-2014
FIEP palestra gerentes 25-09-2014
 
Open Innovation no Brasil
Open Innovation no BrasilOpen Innovation no Brasil
Open Innovation no Brasil
 
Hbr brasil-inovação-2014 patrocinio
Hbr brasil-inovação-2014  patrocinioHbr brasil-inovação-2014  patrocinio
Hbr brasil-inovação-2014 patrocinio
 
Jornada ExpoGestão 2019 - Palestrante Luis Lobão
Jornada ExpoGestão 2019 - Palestrante Luis LobãoJornada ExpoGestão 2019 - Palestrante Luis Lobão
Jornada ExpoGestão 2019 - Palestrante Luis Lobão
 
Estratgiasdegestoorganizacional print-100411182842-phpapp01
Estratgiasdegestoorganizacional print-100411182842-phpapp01Estratgiasdegestoorganizacional print-100411182842-phpapp01
Estratgiasdegestoorganizacional print-100411182842-phpapp01
 
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
Sebrae SP Escola Empreendedor 16-09-2014
 
David teece
David teeceDavid teece
David teece
 
Gestão da Inovação nas Grandes Empresas
Gestão da Inovação nas Grandes EmpresasGestão da Inovação nas Grandes Empresas
Gestão da Inovação nas Grandes Empresas
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Gestao do conhecimento, inteligência competitiva e inovação
Gestao do conhecimento, inteligência competitiva e inovaçãoGestao do conhecimento, inteligência competitiva e inovação
Gestao do conhecimento, inteligência competitiva e inovação
 
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; InovaçãoGestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
 
Brasoftware palestra 05_07_ppt
Brasoftware palestra 05_07_pptBrasoftware palestra 05_07_ppt
Brasoftware palestra 05_07_ppt
 
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
Corporate Venture: como as grandes empresas estão colaborando com as startups...
 
Pós Marketing Competitivo, Criatividade e Inovação
Pós Marketing Competitivo, Criatividade e InovaçãoPós Marketing Competitivo, Criatividade e Inovação
Pós Marketing Competitivo, Criatividade e Inovação
 
Wilson Sons - 06-01-2014
Wilson Sons - 06-01-2014Wilson Sons - 06-01-2014
Wilson Sons - 06-01-2014
 
Pesquisa os desafios para gestão da inovação no brasil pesquisa symnetics d...
Pesquisa os desafios para gestão da inovação no brasil   pesquisa symnetics d...Pesquisa os desafios para gestão da inovação no brasil   pesquisa symnetics d...
Pesquisa os desafios para gestão da inovação no brasil pesquisa symnetics d...
 
Inovação e Criatividade
Inovação e CriatividadeInovação e Criatividade
Inovação e Criatividade
 
Inovação criando as condições pra inovar
Inovação   criando as condições pra inovarInovação   criando as condições pra inovar
Inovação criando as condições pra inovar
 
Estratégia
EstratégiaEstratégia
Estratégia
 
Processo De Inovacao
Processo De InovacaoProcesso De Inovacao
Processo De Inovacao
 

Mais de Ivana da Silveira

Formacao gestao equipes_mario
Formacao gestao equipes_marioFormacao gestao equipes_mario
Formacao gestao equipes_mario
Ivana da Silveira
 

Mais de Ivana da Silveira (17)

Viabilidade negocio
Viabilidade negocio Viabilidade negocio
Viabilidade negocio
 
ROI
ROIROI
ROI
 
Competitividade inovacao
Competitividade inovacao Competitividade inovacao
Competitividade inovacao
 
Trip linhas aereas
Trip linhas aereas Trip linhas aereas
Trip linhas aereas
 
Novos entrantes
Novos entrantes Novos entrantes
Novos entrantes
 
Padrao Ata2300
Padrao Ata2300Padrao Ata2300
Padrao Ata2300
 
Basiléia
Basiléia Basiléia
Basiléia
 
IRFS
IRFSIRFS
IRFS
 
Wall street eduardo
Wall street eduardoWall street eduardo
Wall street eduardo
 
Viabilidade economica fabio.koga
Viabilidade economica fabio.kogaViabilidade economica fabio.koga
Viabilidade economica fabio.koga
 
Sustentabilidade setor farmaceutico_luiz henrique
Sustentabilidade setor farmaceutico_luiz henriqueSustentabilidade setor farmaceutico_luiz henrique
Sustentabilidade setor farmaceutico_luiz henrique
 
Modelo negocio george
Modelo negocio georgeModelo negocio george
Modelo negocio george
 
Formacao gestao equipes_mario
Formacao gestao equipes_marioFormacao gestao equipes_mario
Formacao gestao equipes_mario
 
Gestao inovacao eduardo
Gestao inovacao eduardoGestao inovacao eduardo
Gestao inovacao eduardo
 
Formacao equipes kleston
Formacao equipes klestonFormacao equipes kleston
Formacao equipes kleston
 
Caso Braskem monica
Caso Braskem monicaCaso Braskem monica
Caso Braskem monica
 
Estrategia de valor_fabio.borges
Estrategia de valor_fabio.borgesEstrategia de valor_fabio.borges
Estrategia de valor_fabio.borges
 

Último

Objeções - Jeb Blount livro negociios de
Objeções - Jeb Blount livro negociios deObjeções - Jeb Blount livro negociios de
Objeções - Jeb Blount livro negociios de
rafaelventura53
 
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdfb2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
Renandantas16
 

Último (7)

DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptxDROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
 
Objeções - Jeb Blount livro negociios de
Objeções - Jeb Blount livro negociios deObjeções - Jeb Blount livro negociios de
Objeções - Jeb Blount livro negociios de
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdfb2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos AcontecerPesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
 
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
 

Condicionantes inovacao setor_quimico_douglas

  • 1. Inovação em busca de competitividade e geração de valor 04/11/2011 ISBN 9788599809020 www.fia.com.br/profuturo
  • 2. CONDICIONANTES PARA A INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM DESENVOLVIMENTOS DE PRODUTOS: Um Estudo de Caso em Uma Empresa do Setor Químico Autor: Douglas Benitez Ramos Orientador: Prof. Leandro José Morilhas
  • 3. Agenda • Introdução. • Pergunta de pesquisa. • Objetivos. • Referencial teórico. • Metodologia. • Principais resultados. • Considerações finais.
  • 4. Introdução Ambiente de competitividade crescente Consumidores cada vez mais exigentes Ciclo de vida dos produtos mais curto Estratégia das empresas: Baixo Custo Diferenciação : lançar novos produtos, por exemplo Inovar: forma de diferenciar e de criar vantagem competitiva Alguns fatores impulsionam e outras obstruem a inovação
  • 5. Pergunta de pesquisa Quais os condicionantes que impulsionam ou obstruem a inovação tecnológica no processo de desenvolvimento de novos produtos da empresa 3M no Brasil?
  • 6. Objetivos Identificar... Os tipos de inovação em produto na 3M O processo de desenvolvimento de produtos na empresa As áreas envolvidas no processo de inovação Os fatores que impulsionam a inovação Os fatores que barram a inovação
  • 7. Referencial Teórico Conceito de Inovação: Teoria de Desenvolvimento de Schumpeter (Morilhas, 2007) Manual de Oslo (OCDE, 2005) Tipo de Inovação: Manual de Oslo (OCDE, 2005) Wheelwright e Clark (Morilhas, 2007) Marcelo Gandur (2003) Condicionantes: Manual de Oslo (OCDE, 2005) Marcelo Gandur (2003)
  • 8. Referencial Teórico Processos Des. de Produtos: Open Innovation (Chesbrough, 2003) Etapas Des. de Produtos: Modelo Stage-Gate (Cooper e Edgett, 2000) Fábrica Integrada Modelo (Rozenfeld, 1997) Introdução de Novos Produtos (3M) Panorama do Setor Químico: ABIQUIM (Associação Bras. Da Indústria Química) 3M do Brasil
  • 9. Metodologia Estudo de Caso Único Pesquisa Exploratória Dados qualitativos Dados secundários Dados primários coletados em entrevistas com as áreas envolvidas no processo de desenvolvimento de novos produtos
  • 10. Impulsionadores Principais Resultados Dar autonomia e preparar bons líderes Tolerar erros em descobertas Estar próximo ao cliente Reconhecer campeões Colaborar e compartilhar recursos
  • 11. Impulsionadores Dar autonomia e preparar bons líderes Tolerar erros em descobertas
  • 12. Impulsionadores Estar próximo ao cliente
  • 13. Impulsionadores Reconhecer campeões “Carlton Society” é o Hall da Fama da 3M há 48 anos é o maior reconhecimento da empresa para cientistas que fizeram contribuições extraordinárias
  • 14. Impulsionadores Colaborar e compartilhar recursos 67 Países 85 Laboratórios 30 CTCs
  • 15. Impulsionadores Colaborar e compartilhar recursos
  • 16. Barreiras (ou impulsionadores?) Política Industrial Financiamento público Patentes Morosidade Mão-de-obra qualificada Mercado de trabalho insuficiente Desafio para reter de talentos Ausência de mercado Inteligência de Negócios Comunicação entre P&D e outras áreas
  • 17. Considerações Finais Ética Excelência Operacional Cultura organizacional voltada para inovação
  • 18. Cultura para Inovação Princípios de William L. McKnight - 1948 “A medida que é “Erros serão cometidos. “À gerênciaque nossos destrutivamente crítica está Porém, se uma pessoa frente negócios crescem, torna-se a erros cometidos, essencialmente certa, os necessário delegar mata aerros iniciativa. ele essencial que ela ouE, é cometerem não responsabilidades e encorajar serão tão graves quanto os todos a exercer suas iniciativas. ter pessoas com iniciativa erros que uma continuar Isso exigea gerência cometer se quisermos tolerância a disser àqueles a quem a secrescer” considerável”. “Contrate bons funcionários autoridade foi delegada como e deixe-os em paz” fazer os seus trabalhos”
  • 19. Considerações Finais: limitações As análises deste estudo não podem ser generalizadas Estudo de caso único excluídas outras empresas e outros setores industriais Sem comparações com outras empresas Recomenda-se uma pesquisa mais ampla
  • 20. Muito Obrigado! Douglas Benitez Ramos dbenitezramos@gmail.com