Inovação em busca de competitividade e geração de valor                      04/11/2011                 ISBN 9788599809020...
CONDICIONANTES PARA A INOVAÇÃO TECNOLÓGICA    EM DESENVOLVIMENTOS DE PRODUTOS:  Um Estudo de Caso em Uma Empresa do Setor ...
Agenda• Introdução.• Pergunta de pesquisa.• Objetivos.• Referencial teórico.• Metodologia.• Principais resultados.• Consid...
IntroduçãoAmbiente de competitividade crescenteConsumidores cada vez mais exigentesCiclo de vida dos produtos mais curtoEs...
Pergunta de pesquisaQuais os condicionantes queimpulsionam ou obstruem a inovaçãotecnológica no processo dedesenvolvimento...
Objetivos Identificar...    Os tipos de inovação em produto na    3M    O processo de desenvolvimento de    produtos na em...
Referencial TeóricoConceito de Inovação:   Teoria de Desenvolvimento de   Schumpeter (Morilhas, 2007)   Manual de Oslo (OC...
Referencial TeóricoProcessos Des. de Produtos:   Open Innovation (Chesbrough,   2003)Etapas Des. de Produtos:   Modelo Sta...
MetodologiaEstudo de Caso ÚnicoPesquisa ExploratóriaDados qualitativosDados secundáriosDados primárioscoletados em entrevi...
ImpulsionadoresPrincipais Resultados                Dar autonomia e preparar                bons líderes                To...
Impulsionadores            Dar autonomia e preparar            bons líderes            Tolerar erros em            descobe...
Impulsionadores            Estar próximo ao cliente
Impulsionadores            Reconhecer campeões                  “Carlton Society”               é o Hall da Fama da 3M    ...
Impulsionadores            Colaborar e compartilhar            recursos              67 Países              85 Laboratório...
Impulsionadores            Colaborar e compartilhar            recursos
Barreiras (ou impulsionadores?)               Política Industrial                   Financiamento público               Pa...
Considerações Finais  Ética  Excelência Operacional  Cultura organizacional  voltada para inovação
Cultura para Inovação             Princípios de William L.             McKnight - 1948                “A medida que é     ...
Considerações Finais: limitações As análises deste estudo não podem ser generalizadas    Estudo de caso único       excluí...
Muito Obrigado!  Douglas Benitez Ramosdbenitezramos@gmail.com
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Condicionantes inovacao setor_quimico_douglas

664 visualizações

Publicada em

Apresentação dos trabalhos de conclusão de curso dos alunos do MBA Executivo Internacional da FIA. Desde 2005 é o único curso de origem brasileira classificado entre os melhores do mundo pelo Executive MBA Ranking do Financial Times de Londres.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
664
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Condicionantes inovacao setor_quimico_douglas

  1. 1. Inovação em busca de competitividade e geração de valor 04/11/2011 ISBN 9788599809020 www.fia.com.br/profuturo
  2. 2. CONDICIONANTES PARA A INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM DESENVOLVIMENTOS DE PRODUTOS: Um Estudo de Caso em Uma Empresa do Setor Químico Autor: Douglas Benitez Ramos Orientador: Prof. Leandro José Morilhas
  3. 3. Agenda• Introdução.• Pergunta de pesquisa.• Objetivos.• Referencial teórico.• Metodologia.• Principais resultados.• Considerações finais.
  4. 4. IntroduçãoAmbiente de competitividade crescenteConsumidores cada vez mais exigentesCiclo de vida dos produtos mais curtoEstratégia das empresas: Baixo Custo Diferenciação : lançar novos produtos, por exemploInovar: forma de diferenciar e de criar vantagem competitivaAlguns fatores impulsionam e outras obstruem a inovação
  5. 5. Pergunta de pesquisaQuais os condicionantes queimpulsionam ou obstruem a inovaçãotecnológica no processo dedesenvolvimento de novos produtosda empresa 3M no Brasil?
  6. 6. Objetivos Identificar... Os tipos de inovação em produto na 3M O processo de desenvolvimento de produtos na empresa As áreas envolvidas no processo de inovação Os fatores que impulsionam a inovação Os fatores que barram a inovação
  7. 7. Referencial TeóricoConceito de Inovação: Teoria de Desenvolvimento de Schumpeter (Morilhas, 2007) Manual de Oslo (OCDE, 2005)Tipo de Inovação: Manual de Oslo (OCDE, 2005) Wheelwright e Clark (Morilhas, 2007) Marcelo Gandur (2003)Condicionantes: Manual de Oslo (OCDE, 2005) Marcelo Gandur (2003)
  8. 8. Referencial TeóricoProcessos Des. de Produtos: Open Innovation (Chesbrough, 2003)Etapas Des. de Produtos: Modelo Stage-Gate (Cooper e Edgett, 2000) Fábrica Integrada Modelo (Rozenfeld, 1997) Introdução de Novos Produtos (3M)Panorama do Setor Químico: ABIQUIM (Associação Bras. Da Indústria Química) 3M do Brasil
  9. 9. MetodologiaEstudo de Caso ÚnicoPesquisa ExploratóriaDados qualitativosDados secundáriosDados primárioscoletados em entrevistascom as áreas envolvidasno processo dedesenvolvimento denovos produtos
  10. 10. ImpulsionadoresPrincipais Resultados Dar autonomia e preparar bons líderes Tolerar erros em descobertas Estar próximo ao cliente Reconhecer campeões Colaborar e compartilhar recursos
  11. 11. Impulsionadores Dar autonomia e preparar bons líderes Tolerar erros em descobertas
  12. 12. Impulsionadores Estar próximo ao cliente
  13. 13. Impulsionadores Reconhecer campeões “Carlton Society” é o Hall da Fama da 3M há 48 anos é o maior reconhecimento da empresa para cientistas que fizeram contribuições extraordinárias
  14. 14. Impulsionadores Colaborar e compartilhar recursos 67 Países 85 Laboratórios 30 CTCs
  15. 15. Impulsionadores Colaborar e compartilhar recursos
  16. 16. Barreiras (ou impulsionadores?) Política Industrial Financiamento público Patentes Morosidade Mão-de-obra qualificada Mercado de trabalho insuficiente Desafio para reter de talentos Ausência de mercado Inteligência de Negócios Comunicação entre P&D e outras áreas
  17. 17. Considerações Finais Ética Excelência Operacional Cultura organizacional voltada para inovação
  18. 18. Cultura para Inovação Princípios de William L. McKnight - 1948 “A medida que é “Erros serão cometidos. “À gerênciaque nossos destrutivamente crítica está Porém, se uma pessoa frente negócios crescem, torna-se a erros cometidos, essencialmente certa, os necessário delegar mata aerros iniciativa. ele essencial que ela ouE, é cometerem não responsabilidades e encorajar serão tão graves quanto os todos a exercer suas iniciativas. ter pessoas com iniciativa erros que uma continuar Isso exigea gerência cometer se quisermos tolerância a disser àqueles a quem a secrescer” considerável”. “Contrate bons funcionários autoridade foi delegada como e deixe-os em paz” fazer os seus trabalhos”
  19. 19. Considerações Finais: limitações As análises deste estudo não podem ser generalizadas Estudo de caso único excluídas outras empresas e outros setores industriais Sem comparações com outras empresas Recomenda-se uma pesquisa mais ampla
  20. 20. Muito Obrigado! Douglas Benitez Ramosdbenitezramos@gmail.com

×