Encontro estadual 1° dia

240 visualizações

Publicada em

Minicurso ministrado no VI Encontro Estadual de Ensino de Física no IF-UFRGS em Porto Alegre.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
240
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Encontro estadual 1° dia

  1. 1. Elaboração e uso de videoaulas voltadas para a aprendizagem de Física FABRICIO DA SILVA SCHEFFER Me. Ensino de Física
  2. 2. Apresentação  Fabricio Scheffer.  Licenciado em Física IF/UFRGS  Me. Ensino de Física – MPEF-IF/UFRGS.  Professor Colégio Marista Rosário.  Professor há 20 anos em escolas e cursinhos.  Site fisicafabricio.com.br  Youtube.com - Google
  3. 3. Experiência com o canal Física Fábris /Fabrisfisica Apresentação
  4. 4. Apresentação
  5. 5. Minicurso – 3 encontros de 2h 1º encontro (01/10) 2º encontro (02/10) 3º encontro (03/10) Foco no planejamento didático Foco em aspectos técnicos Foco na publicação (youtube)
  6. 6. 1º encontro  Objetivos, potencialidades e limitações do uso de videoaulas no ensino de Física.  Discussão de aspectos teórico-pedagógicos para o planejamento de roteiros para as videoaulas.
  7. 7. Objetivo  Discutir as principais dificuldades na produção de videoaulas.  Perguntas norteadoras a. Professora de redação Geneviève Faé b. Professor de história Rafael Menezes
  8. 8. Foco no planejamento Pergunta Dúvida Público-alvo Quem é o meu público? é possível chegar a um público- alvo? Qual o formato Filmando o quadro ou gravando sobre um PPT ou só falando (palestra)? Posso fazer ao vivo? Tempo de duração Quanto tempo deve durar a aula? Roteiro É necessário um roteiro escrito? teria como apresentar um modelo de roteiro? posso mostrar quaisquer imagens ou músicas? E os direitos autorais? Planejamento Como escolher os tópicos dos vídeos?
  9. 9. Jack koumi  Formação: Graduado em Matemática, Psicologia e Tecnologia na aprendizagem.  Onde trabalhou: Por 22 anos, até 1992, ele trabalhou para a BBC Open University, produzindo áudio, vídeo e multimídias em Matemática, Ciência e Formação de Professores  Livro: Designing video and multimedia for open and flexible learning, Routledge 2006.
  10. 10. Jack koumi  Fase inicial da preparação do vídeo (Pré-roteiro). 1. Público-alvo. 2. Comprometimento. 3. Conhecimento prévio. 4. Formatação da Videoaula a. Tempo de cada aula b. Formato c. Escolha e delimitação do tema d. Programação das aulas. e. Programas (softwares) a serem utilizados.
  11. 11. Público  Lema do YouTube Edu “Faça do Mundo a sua sala de aula.”
  12. 12. Público-alvo  Faixa de idade a. Criança. b. Adolescente a. c. Adulto.  Interesse a. Ensino Fundamental. b. Ensino Médio. c. Vestibular / ENEM. d. Ensino Superior. e. Concurso público. f. Interessados em geral.
  13. 13. a) Tempo ideal  Entre 5min e 15min.  Ideal 12min.  Videoaula pode ter grandes retenções.
  14. 14. b) Formato Slide
  15. 15. Formato mesa digitalizadora
  16. 16. Formato mesa digitalizadora com imagem do professor
  17. 17. Formato mesa digitalizadora com imagem do professor
  18. 18. Formato slide e professor
  19. 19. Formato slide na TV e professor
  20. 20. Formato slide na lousa digital e professor
  21. 21. Formato escrito no papel em macro
  22. 22. Formato palestra professor
  23. 23. Formato quadro branco e professor
  24. 24. Formato aula tradicional
  25. 25. c)Delimitação do tema  Escolha do tema / título do vídeo a. Nome da videoaula b. Descrição c. Tag (palavras-chave)
  26. 26. d)Programação das aulas  Roteiro (preferência para cursos sequenciais) a. Organização do conteúdo. b. Rascunho da aula. c. Sequência lógica de dificuldade. Conteúdos básicos aos mais complexos. d. Se posível um ciclo básico. e. Treinar a narração/exposição
  27. 27. d)Programação das aulas  Levar em consideração: a. O foco do aluno (ENEM, concurso). b. O conteúdo “fala” com o público? c. Consistente? d. Call to action.
  28. 28. Call to action  Inscrever-se  Favorite  Compartilhar (reforça do marca)  Like
  29. 29. Exemplo de Roteiro INT./EXT. LOCAL PERSONAGEM DESCRIÇÃO Cena Externa Diante do aeromóvel Prof. Fabricio Para ir da estação do metrô até o aeroporto nós vamos pegar o aeromóvel. O sistema é relativamente simples. O grupo motor propulsor empurra o ar pelos dutos causando uma mudança na pressão que causa o movimento do aeromóvel. O projeto idealizado por Oscar Coéster e executado por Diego Abs, além de ser um primor estético é altamente eficiente, pois com a energia usada por um automóvel se consegue transportar 50 pessoas. Vale lembra que é o único sistema implantado no Brasil. Ele utiliza energia elétrica e energia dos ventos para movimentar o trem. (Mostra-se um esquema das hélices que movem o aeromóvel. 13
  30. 30. Escolha do setup  Setup é o conjunto de equipamentos necessários para a realização das videoaulas.  Definição do formato.  Câmera, áudio, iluminação, fundo e softwares.
  31. 31. Jack koumi  Aspectos técnicos e pedagógicos 1. Gancho
  32. 32. Gancho  Na introdução chamar a atenção para o que será visto.  Colocar uma situação-problema.  Cenas iniciais mostrando o carro na rodovia ou os veículos acelerando diante do semáforo.
  33. 33. Jack koumi 2. Orientação  Direcionar a atenção do aluno.  Fazer o aluno olhar para um local específico da tela.
  34. 34. Exemplo
  35. 35. Jack koumi  Aspectos técnicos e pedagógicos 3. Facilitar a concentração  Pausa para contemplação.  Incentivar a previsão.
  36. 36. Jack koumi  Aspectos técnicos e pedagógicos 4. Habilitação da construção do conhecimento  Ativa-se o conhecimento prévio com uma situação cotidiana.  Usar analogia e lidar com o específico antes do geral.
  37. 37. Jack koumi  Aspectos técnicos e pedagógicos 5. Sensibilização  Música de fundo.  Cor de fundo e das fontes.
  38. 38. Biblioteca de áudios Direitos autorais?
  39. 39. Jack koumi  Aspectos técnicos e pedagógicos 6. Elucidar  Falar calmamente.  Evitar o uso de palavras rebuscadas na fala e nos textos.  Sentenças longas são divididas em sentenças curtas
  40. 40. Jack koumi  Aspectos técnicos e pedagógicos 7. Reforçar  Usar legenda para reforçar a fala. Não é uma legenda literal. Deve-se sintetizar o que o que o professor diz.  Perguntas ao final da aula com situações similares.  Teste seu conhecimento após a aula.
  41. 41. Exemplo de reforço
  42. 42. Exemplo de Reforço
  43. 43. Jack koumi  Aspectos técnicos e pedagógicos 8. Consolidar  Recapitular os conceitos ao final da aula.  Quando há una sequência (curso) fazer uma revisão da aula anterior no início da videoaula.

×