Eletrodinâmica

718 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
718
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
82
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eletrodinâmica

  1. 1. Eletrodinâmica Prof. Fabricio Scheffer
  2. 2. Eletrodinâmica Corrente Elétrica É o movimento ordenado de cargas elétricas no interior de um condutor.
  3. 3. Intensidade da Corrente Elétrica Corrente constante Q i t 1C 1A  1s Quantidade de Carga (Q) Sendo n o número de elétrons que constituem a carga elétrica Q, e a carga elétrica elementar, podemos escrever: Q  n.e e  1,6.10 19 Coulomb (C) miliampère = 10-3 A = 1 mA microampère = 10-6 A = 1 mA Corrente Variável
  4. 4. Resistência Elétrica É a propriedade que os materiais possuem de apresentar oposição à passagem da corrente elétrica. U R i Unidades no S.I. V  volt (V) i  ampère (A) R  ohm (W)
  5. 5. Lei de Ohm “O quociente da tensão elétrica aplicada nos terminais de um resistor, mantido à temperatura constante, pela intensidade de corrente que o atravessa é constante e igual a resistência elétrica do condutor.” Os resistores que obedecem à lei de Ohm são denominados resistores ôhmicos ou resistores lineares. i
  6. 6. Dependências da Resistência Elétrica A resistência de um fio condutor é diretamente proporcional ao seu comprimento e inversamente proporcional à área de sua seção transversal.  R A RW m W.m A  m2
  7. 7. Variação da Resistividade Elétrica com a Temperatura Metais  T
  8. 8. Associação de Resistores Associação em Série U1 UAB U2 U3 Propriedades 1ª) A resistência equivalente da associação é a soma das resistências associadas. REQ = R1 + R2 + R3 2ª) Todos os resistores são percorridos pela mesma corrente. i1 = i2 = i3 3ª) A tensão em cada resistor é proporcional à sua resistência. U1  R1 , U2  R2 , U3  R3
  9. 9. Lei dos nós
  10. 10. Associação em Paralelo UAB Propriedades 1ª) O inverso da resistência equivalente é igual à soma dos inversos das resistências associadas. 1 1 1 1    ... R eq R1 R 2 R 3 R3 No caso particular de dois resistores em paralelo, temos: R1  R 2 R eq  R1  R 2 No caso particular de N resistores iguais em paralelo, temos: R eq R  N
  11. 11. 2ª) Todos os resistores suportam a mesma tensão, pois eles estão ligados aos mesmos fios A e B. UT = U1 =U2 =U3 3ª) A corrente em cada resistor é inversamente proporcional à sua resistência. 1 i R 4ª) A corrente total é igual à soma das correntes em cada resistor. iT = i1 + i2 + i3
  12. 12. Potência Elétrica U  volt (V) i  Ampère (A) P  watt (W) P = i.U Lembre-se: 1 watt = Unidades no S.I. 1 joule em 1 segundo = 1J/s U P R 2 P= R.i2 Energia Elétrica E=P.t Unidades no S.I. E  joule (J) P  watt (W) t  segundo (s) Unidade Usual E  quilowatt-hora(kWh) P  quliowatt (kW) t  hora (h)
  13. 13. Geradores Gerador Real UAB = Modelo do Gerador e-r.i Gerador ideal ri=0 e =UAB circuito aberto  UAB = e U Curto-circuito nos pólos UAB = 0 e e = r . icc
  14. 14. Associação de geradores Série fem equivalente Paralelo fem equivalente

×