SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 55
A RODA
DOS
ALIMENTOS
DIETÉTICA E NUTRIÇÃO
Roda dos Alimentos
Alimentação Saudável
Alimentação Completa,
Equilibrada e Variada
Roda dos Alimentos
 Roda é uma ilustração gráfica que
pretende ajudar a escolher e a
combinar os alimentos que deverão
fazer parte de um dia alimentar
saudável
 O seu formato em forma de roda
pode ser facilmente identificado e
associado a um prato vulgarmente
utilizado e, para além disso, não
hierarquiza os alimentos.
Roda dos Alimentos
 Elaborada no final da década de 70 por
portugueses e para a realidade alimentar de
então, foi um instrumento inovador que viria
mais tarde a ser seguido em diversos países.
 Passados praticamente 25 anos do seu
lançamento, e depois de se ter tornado no
material de educação alimentar mais
utilizado em Portugal, surgiu a necessidade e
a oportunidade de se actualizar este
instrumento.
Roda dos Alimentos
 Ao abrigo do programa Saúde XXI, foi possível desenvolver este projeto
através de um protocolo entre a Faculdade de Ciências da Nutrição da
Universidade do Porto e o Instituto do Consumidor.
https://sigarra.up.pt/fcnaup/pt/web_page.inicial
Roda dos Alimentos
 A nova Roda dos Alimentos
agora apresentada, sob a
forma de cartaz acompanhado
de folheto informativo,
mantém o seu formato
original, pois este é já
facilmente identificado e
associa-se ao prato, sinal da
nossa cultura alimentar em
torno da mesa.
 Por outro lado, e ao contrário
das pirâmides alimentares, o
círculo não hierarquiza os
alimentos mas atribui-lhes
igual importância.
Roda dos Alimentos
 Para além dos objetivos
pedagógicos de índole
nutricional foram ainda tidos
em consideração nesta
atualização a promoção de
valores culturais e sociais
relacionados com a sociedade
portuguesa.
 Alimentos da nossa tradição,
como o pão de qualidade, o
azeite, o pescado, as
leguminosas ou os hortícolas
foram valorizados.
Como se utiliza:
Roda dos Alimentos
 Diariamente devem comer-se porções de todos os grupos de alimentos.
 O número de porções recomendado depende das necessidades
energéticas individuais.
 As crianças de 1 a 3 anos devem guiar-se pelos limites inferiores e os
homens ativos e os rapazes adolescentes pelos limites superiores; a
restante população deve orientar-se pelos valores intermédios.
Roda dos Alimentos
 A subdivisão de alguns dos
anteriores grupos e o
estabelecimento de
porções diárias
equivalentes constituem
as principais alterações
implementadas neste novo
guia.
Cereais e Derivados,
Tubérculos
• Grupo constituído por:
• Cereais (arroz, trigo, milho, centeio, aveia e cevada)e
seus derivados (farinhas, pão, massas, cereais de pequeno-
almoço), batatas e outros tubérculos, e pela castanha
Fornecedores de:
Hidratos de carbono
Algumas proteínas de baixo valor
biológico
Vitaminas do complexo B
Fibras alimentares
Roda dos Alimentos
Cereais e Derivados,
Tubérculos
Cereais e derivados, tubérculos:
4 a 11 porções diárias – 28%
1 porção – 28g de H
1 pão = 1 batata e meia = 5 colheres
de sopa de cereais de pequeno-
almoço = 6 bolachas (tipo Maria/água
e sal) = 2 colheres de sopa de
arroz/massa crus = 4 colheres de
sopa de arroz/massa cozinhados
Roda dos Alimentos
Cereais e Derivados,
Tubérculos
Hidratos de Carbono
Energia
• São alimentos ricos em hidratos de carbono complexos.
• Quase isentos de gordura e fornecedores de proteínas de média
qualidade. São também boas fontes de minerais (Selénio, Potássio
e Magnésio) e vitaminas (B1, B2, B3, B6 e C (tubérculos))
• Os cereais integrais são bastante ricos em fibra, a qual tem várias
funções importantes no nosso organismo, particularmente ao nível
do aparelho digestivo.
Roda dos Alimentos
Hortícolas
• Grupo constituído por: Folhas (couves, repolho,
nabiças), Bolbos (cebolas e alhos), Raízes (cenoura, nabo,
beterraba) e Frutos (tomate e abóbora)
Fornecedores de:
Vitaminas e Sais minerais
Fibras alimentares
Água
Contém quantidades residuais de hidratos
de carbono e gordura, sendo fornecedores
de proteínas de baixa qualidade.
Roda dos Alimentos
Hortícolas
Hortícolas: 3 a 5 porções diárias – 23%
1 porção – 6g de HC
2 chávenas
almoçadeiras de
hortícolas crus = 1
chávena almoçadeira
de hortícolas
cozinhados
Roda dos Alimentos
Fruta
• Grupo constituído por: Frutos secos e Frutos frescos
Fornecedores de:
Gorduras e Proteínas (no caso
dos frutos secos)
Vitaminas e Sais minerais
Fibras alimentares
Água
Roda dos Alimentos
Fruta
Vitaminas e Minerais
• Constituição de tecidos;
• Função muscular
•Constituição de muitas
estruturas celulares
•Favorecem a atividade de
muitos nutrimentos
Roda dos Alimentos
• Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS),
dever-se-á promover o consumo de cerca de 400g
de hortofrutícolas diariamente, correspondendo a 5
porções destes alimentos, de forma a prevenir o
aparecimento de doenças cardiovasculares.
Fruta
Fruta: 3 a 5 porções diárias – 20%
1 porção – 14g de HC
1 peça de fruta – tamanho médio
Roda dos Alimentos
Lacticínios
• Grupo constituído por: leite, iogurte, queijo e requeijão.
Fornecedores de:
Proteínas de alto valor
biológico
Vitaminas A, B e D
Cálcio
São constituídos por cerca de
3,5% de gordura saturada (queijo
poderá conter cerca de 45% de
gordura) e o único hidrato de
carbono presente é a lactose.
Roda dos Alimentos
Lacticínios
Cálcio
Fortalece os ossos e dentes
Evita o aparecimento
de doenças ósseas e
fracturas
Roda dos Alimentos
Lacticínios
Lacticínios: 2 a 3 porções diárias
– 18%
1 porção – 8g de proteína
1 chávena almoçadeira (240 ml)
= 1 iogurte líquido ou 1 iogurte e
meio sólido = 2 fatias finas de
queijo = ¼ de queijo fresco = ½
requeijão
Roda dos Alimentos
Carne, Pescado e Ovos
• Grupo constituído por: Carne, pescado e ovos.
Fornecedores de:
Proteínas de alto valor biológico
Possuem alguma gordura variável
entre diferentes espécies de carne e
pescado; saturada no caso da carne
vermelha e ovos, monoinsaturada no
caso da carne branca e polinsaturada
(ácidos gordos n-3) no caso do peixe.
Vitaminas do complexo B (B12
principalmente)
Ferro
Roda dos Alimentos
Carne, Pescado e Ovos
Proteínas
Crescimento, manutenção e reparação
dos órgãos do nosso organismo
Carne Peixe
Frango;
Peru;
Coelho.
+ saudáveis
Bom para o cérebro,
memória e coração
Roda dos Alimentos
Carne, Pescado e Ovos
Carne, pescado e ovos:
1,5 a 4,5 porções diárias – 5%
1 porção – 6g de proteína
30 g carnes/pescado crus = 25 g de
carnes/pescado cozinhados = 1 ovo de
tamanho médio
Roda dos Alimentos
Leguminosas
• Grupo constituído por: Leguminosas Frescas (favas,
ervilhas e tremoços) e Leguminosas Secas (feijão, grão-
de-bico e lentilhas)
Fornecedores de:
Hidratos de carbono
Algumas proteínas de baixo
valor biológico
Vitaminas B1 e B2
Cálcio e Ferro
Fibras alimentares
(principalmente na casca)
Roda dos Alimentos
Leguminosas
Proteínas e Fibras Alimentares
Importância
na estrutura
e funções
das células.
Contribuem
para um bom
trânsito
intestinal.
Roda dos Alimentos
Leguminosas
Leguminosas : 1 a 2 porções diárias – 4 %
3 colheres de sopa de leguminosas frescas cruas (ex:
ervilhas, favas) = 3 colheres de sopa de leguminosas
secas/frescas cozinhadas
Roda dos Alimentos
Gorduras e Óleos
• Grupo constituído por:
• Gorduras vegetais (azeite, óleos alimentares,
margarinas)
• Gorduras animais (banha de porco, natas e
manteiga)
Fornecedores de:
Gorduras
Vitaminas A, D, E e K
Roda dos Alimentos
Gorduras e Óleos
Gorduras e óleos : 1 a 2 porções – 2%
1 colher de sopa de azeite/óleo = 1
colher de chá de banha = 4 colheres de
sopa de nata = 1 colher de sobremesa
de manteiga
Roda dos Alimentos
Água
A água, não possuindo um grupo próprio, está
também representada em todos eles, pois faz
parte da constituição de quase todos os
alimentos.
Sendo a água imprescindível à vida, é fundamental
que se beba em abundância diariamente.
As necessidades de água podem variar entre 1,5 e
3 litros por dia.
Roda dos Alimentos
Medidas
Roda dos Alimentos
* As equivalências alimentares apresentadas tiveram
por base valores estabelecidos de nutrientes.
Glícidos/hidratos de carbono - nos grupos dos cereais
e derivados, tubérculos (28g), hortícolas (6g) e fruta
(14g); proteínas - no caso de lacticínios (8g)(onde
também se teve em linha de conta o valor de cálcio -
300ml), carnes, pescado e ovo (6g) e leguminosas
(6g); e lípidos para o grupo de gorduras e óleos (10g).
** Os valores limite (mínimo e máximo) das porções
aqui recomendadas foram calculados para os valores
energéticos de 1300Kcal e 3000Kcal, sendo a
quantidade intermédia correspondente a um plano
alimentar de 2200Kcal.
*** A generalidade da população deve consumir 2
porções, com exceção de crianças e adolescentes, que
necessitam de 3 porções
Roda dos Alimentos
Roda dos Alimentos
Medidas
Roda dos Alimentos
* As equivalências alimentares apresentadas tiveram
por base valores estabelecidos de nutrientes.
Glícidos/hidratos de carbono - nos grupos dos cereais
e derivados, tubérculos (28g), hortícolas (6g) e fruta
(14g); proteínas - no caso de lacticínios (8g)(onde
também se teve em linha de conta o valor de cálcio -
300ml), carnes, pescado e ovo (6g) e leguminosas
(6g); e lípidos para o grupo de gorduras e óleos (10g).
** Os valores limite (mínimo e máximo) das porções
aqui recomendadas foram calculados para os valores
energéticos de 1300Kcal e 3000Kcal, sendo a
quantidade intermédia correspondente a um plano
alimentar de 2200Kcal.
*** A generalidade da população deve consumir 2
porções, com exceção de crianças e adolescentes, que
necessitam de 3 porções
Roda dos Alimentos (Recomendações
versus Consumos)
Roda dos Alimentos (Recomendações
versus Consumos)
Roda dos Alimentos (Recomendações
versus Consumos)
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Pode consultar
e descarregar
o cartaz aqui.
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
É um guia alimentar com
características
mediterrânicas, cuja
representação gráfica tem
por base a Roda dos
Alimentos Portuguesa.
Objetivos:
- promover e valorizar o padrão
alimentar mediterrânico junto da
população portuguesa.
- dar ênfase às características
deste padrão alimentar,
salientando quer a componente
alimentar, quer estilo de vida.
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Em forma de roda, reflete o prato e o convívio
mediterrânico à volta da mesa. Salienta os alimentos
mediterrânicos mais relacionados com o Padrão
Alimentar Português:
• Óleos e gorduras (azeite, azeitonas)
• Hortícolas (cebola, alho, couve galega, grelos, tomate, pimentos,
beldroegas…)
• Fruta (melão, figo, ameixa, citrinos, nêspera, romã…)
• Cereais e tubérculos (batata doce, castanha, massa/arroz integrais,
flocos de aveia, pão/broa)
• Carne, pescado e ovos (peixe, em especial sardinha, carapau, cavala,
atum…)
• Laticínios (queijo e iogurte)
• Leguminosas (todas)
• Vinho (salientado, mas não incluído na Roda por não se pretender
promover o seu consumo diário. Destaca o consumo moderado e às
refeições. Proíbe consumo pelas crianças, grávidas e lactantes.)
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
Roda dos Alimentos Mediterrânica
A Nova Roda dos Alimentos
Mediterrânica é noticia…..
Roda dos Alimentos versus Pirâmide da
Alimentação
A RODA DOS ALIMENTOS
tem o formato de círculo que
se divide em segmentos de
diferentes tamanhos (grupos)
que reúnem alimentos
com propriedades
nutricionais semelhantes.
Em muitos países a roda dá lugar à PIRÂMIDE DOS
ALIMENTOS que, na opinião de alguns especialistas,
não representa aquilo que deve ser uma
alimentação saudável, isto porque a pirâmide tende
a hierarquizar os alimentos, dando a ideia errada
que há alimentos com mais importância do que
outros.
=
Algumas vezes
por mês
Algumas vezes
por semana
Consumo diário
PROPOSTA GREGA DA PIRÂMIDE DA DIETA MEDITERRÂNEA
deHellenicMinistryofhealth,2002Pirâmide da Alimentação Mediterrânea
deHellenicMinistryofhealth,2002Pirâmide da Alimentação Mediterrânea
PROPOSTA GREGA DA PIRÂMIDE DA DIETA MEDITERRÂNEA
DIETÉTICA E NUTRIÇÃO
Obrigado

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Alimentação saudável e equilibrada
Alimentação saudável e equilibradaAlimentação saudável e equilibrada
Alimentação saudável e equilibradaCatalin Danu
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudáveloitavof
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaphtizzo
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaEdvaldo S. Júnior
 
Power Point Nutrição
Power Point NutriçãoPower Point Nutrição
Power Point Nutriçãoalforreca567
 
Alimentação Saudável
Alimentação SaudávelAlimentação Saudável
Alimentação SaudávelLeanir
 
Trabalho sobre a Alimentação
Trabalho sobre a AlimentaçãoTrabalho sobre a Alimentação
Trabalho sobre a Alimentaçãoraquelpiress
 
Alimentos e-nutrientes
Alimentos e-nutrientesAlimentos e-nutrientes
Alimentos e-nutrientesMaria Pontes
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudávelquelrs
 
Slides sobre alimentação
Slides sobre alimentaçãoSlides sobre alimentação
Slides sobre alimentaçãothayscler
 
Alimentação saudavel 2013
Alimentação saudavel 2013Alimentação saudavel 2013
Alimentação saudavel 2013Meire de Fatima
 
Alimentação Saudável na Adolescência
Alimentação Saudável na Adolescência  Alimentação Saudável na Adolescência
Alimentação Saudável na Adolescência Rita Galrito
 
AlimentaçãO Saudavel
AlimentaçãO SaudavelAlimentaçãO Saudavel
AlimentaçãO Saudavelprofanabela
 
Alimentaçao Saudavel 19 01 10
Alimentaçao Saudavel 19 01 10Alimentaçao Saudavel 19 01 10
Alimentaçao Saudavel 19 01 10Augusto Mota
 
Introdução a Nutrição
Introdução a NutriçãoIntrodução a Nutrição
Introdução a NutriçãoPaulo Matias
 
Alimentos, nutrientes e saúde
Alimentos, nutrientes e saúdeAlimentos, nutrientes e saúde
Alimentos, nutrientes e saúdeCristiane Koch
 
Piramide alimentar
Piramide alimentarPiramide alimentar
Piramide alimentarYeda Silva
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudávelHugo Ferreira
 

Mais procurados (20)

Alimentação saudável e equilibrada
Alimentação saudável e equilibradaAlimentação saudável e equilibrada
Alimentação saudável e equilibrada
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudável
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
 
Power Point Nutrição
Power Point NutriçãoPower Point Nutrição
Power Point Nutrição
 
Alimentação Saudável
Alimentação SaudávelAlimentação Saudável
Alimentação Saudável
 
Trabalho sobre a Alimentação
Trabalho sobre a AlimentaçãoTrabalho sobre a Alimentação
Trabalho sobre a Alimentação
 
Alimentos e-nutrientes
Alimentos e-nutrientesAlimentos e-nutrientes
Alimentos e-nutrientes
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudável
 
Jogo da alimentação saudável
Jogo da alimentação saudávelJogo da alimentação saudável
Jogo da alimentação saudável
 
Slides sobre alimentação
Slides sobre alimentaçãoSlides sobre alimentação
Slides sobre alimentação
 
Alimentação saudavel 2013
Alimentação saudavel 2013Alimentação saudavel 2013
Alimentação saudavel 2013
 
Alimentação Saudável na Adolescência
Alimentação Saudável na Adolescência  Alimentação Saudável na Adolescência
Alimentação Saudável na Adolescência
 
AlimentaçãO Saudavel
AlimentaçãO SaudavelAlimentaçãO Saudavel
AlimentaçãO Saudavel
 
Alimentaçao Saudavel 19 01 10
Alimentaçao Saudavel 19 01 10Alimentaçao Saudavel 19 01 10
Alimentaçao Saudavel 19 01 10
 
Introdução a Nutrição
Introdução a NutriçãoIntrodução a Nutrição
Introdução a Nutrição
 
Alimentação e Saúde
Alimentação e SaúdeAlimentação e Saúde
Alimentação e Saúde
 
Alimentos, nutrientes e saúde
Alimentos, nutrientes e saúdeAlimentos, nutrientes e saúde
Alimentos, nutrientes e saúde
 
Piramide alimentar
Piramide alimentarPiramide alimentar
Piramide alimentar
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudável
 

Semelhante a Roda dos alimentos

Dietética e confecção de alimentos
Dietética e confecção de alimentosDietética e confecção de alimentos
Dietética e confecção de alimentosPaulo Vaz
 
ApresentaçãO Paula E Lurdes 1º
ApresentaçãO Paula E Lurdes 1ºApresentaçãO Paula E Lurdes 1º
ApresentaçãO Paula E Lurdes 1ºlurdescosta
 
Almentação saudável
Almentação saudávelAlmentação saudável
Almentação saudávelPatrys Gen
 
AlimentacaoAdequada.pdf
AlimentacaoAdequada.pdfAlimentacaoAdequada.pdf
AlimentacaoAdequada.pdfTniaMarie
 
Dia Mundial da Alimentação 2016
Dia Mundial da Alimentação 2016Dia Mundial da Alimentação 2016
Dia Mundial da Alimentação 2016MariaJoão Agualuza
 
Pirâmide dos alimentos
Pirâmide dos alimentosPirâmide dos alimentos
Pirâmide dos alimentos7f14_15
 
Power point alimentação e cozinha saudáveis
Power point alimentação e cozinha saudáveisPower point alimentação e cozinha saudáveis
Power point alimentação e cozinha saudáveislurdesmon
 
Alimentacao saudavel
Alimentacao saudavelAlimentacao saudavel
Alimentacao saudavelNuno Azeitona
 
Andreia Satiko - Slide 1 (11380688).ppt
Andreia Satiko - Slide 1 (11380688).pptAndreia Satiko - Slide 1 (11380688).ppt
Andreia Satiko - Slide 1 (11380688).pptSamuelR21
 
156961099833 jjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjjjj jjjjjjjj
156961099833 jjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjjjj jjjjjjjj156961099833 jjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjjjj jjjjjjjj
156961099833 jjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjjjj jjjjjjjjAcademiaLotusclub
 
Guia alimentar para a população brasileira ministério da saúde
Guia alimentar para a população brasileira   ministério da saúdeGuia alimentar para a população brasileira   ministério da saúde
Guia alimentar para a população brasileira ministério da saúdeKamilly Moreira Bicalho
 
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudável
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudávelMeu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudável
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudávelDr. Benevenuto
 
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudável
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudávelMeu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudável
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudávelDr. Benevenuto
 

Semelhante a Roda dos alimentos (20)

Alimentação
AlimentaçãoAlimentação
Alimentação
 
A dieta vegetariana
A dieta vegetarianaA dieta vegetariana
A dieta vegetariana
 
Dietética e confecção de alimentos
Dietética e confecção de alimentosDietética e confecção de alimentos
Dietética e confecção de alimentos
 
ApresentaçãO Paula E Lurdes 1º
ApresentaçãO Paula E Lurdes 1ºApresentaçãO Paula E Lurdes 1º
ApresentaçãO Paula E Lurdes 1º
 
Almentação saudável
Almentação saudávelAlmentação saudável
Almentação saudável
 
AlimentacaoAdequada.pdf
AlimentacaoAdequada.pdfAlimentacaoAdequada.pdf
AlimentacaoAdequada.pdf
 
Dia Mundial da Alimentação 2016
Dia Mundial da Alimentação 2016Dia Mundial da Alimentação 2016
Dia Mundial da Alimentação 2016
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudável
 
Tema de vida jorge
Tema de vida jorgeTema de vida jorge
Tema de vida jorge
 
Pirâmide dos alimentos
Pirâmide dos alimentosPirâmide dos alimentos
Pirâmide dos alimentos
 
Power point alimentação e cozinha saudáveis
Power point alimentação e cozinha saudáveisPower point alimentação e cozinha saudáveis
Power point alimentação e cozinha saudáveis
 
Alimentacao saudavel
Alimentacao saudavelAlimentacao saudavel
Alimentacao saudavel
 
Temade vida jorge
Temade vida jorgeTemade vida jorge
Temade vida jorge
 
Andreia Satiko - Slide 1 (11380688).ppt
Andreia Satiko - Slide 1 (11380688).pptAndreia Satiko - Slide 1 (11380688).ppt
Andreia Satiko - Slide 1 (11380688).ppt
 
156961099833 jjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjjjj jjjjjjjj
156961099833 jjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjjjj jjjjjjjj156961099833 jjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjjjj jjjjjjjj
156961099833 jjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjj jjjjjjjjjjjjjj jjjjjjjj
 
Guia alimentar para a população brasileira ministério da saúde
Guia alimentar para a população brasileira   ministério da saúdeGuia alimentar para a população brasileira   ministério da saúde
Guia alimentar para a população brasileira ministério da saúde
 
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudável
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudávelMeu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudável
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudável
 
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudável
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudávelMeu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudável
Meu prato-saudável---programa-alimentar-para-o-coração-saudável
 
Alimentacao pre escolar
Alimentacao pre escolarAlimentacao pre escolar
Alimentacao pre escolar
 
tv6_em_objetivogeral_1.pptx
tv6_em_objetivogeral_1.pptxtv6_em_objetivogeral_1.pptx
tv6_em_objetivogeral_1.pptx
 

Último

PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.pptPSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.pptAlberto205764
 
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdf
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdfManual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdf
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdfClivyFache
 
Enhanced recovery after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery  after surgery in neurosurgeryEnhanced recovery  after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery after surgery in neurosurgeryCarlos D A Bersot
 
Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjd
Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjdMedicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjd
Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjdClivyFache
 
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASER
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASERTERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASER
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASERCarlaDaniela33
 
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptx
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptxENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptx
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptxcontatofelipearaujos
 
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptx
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptxCONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptx
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptxWenderSantos21
 
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICASAULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICASArtthurPereira2
 
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃOeMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃOMayaraDayube
 
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdfSistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdfGustavoWallaceAlvesd
 

Último (10)

PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.pptPSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
 
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdf
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdfManual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdf
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdf
 
Enhanced recovery after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery  after surgery in neurosurgeryEnhanced recovery  after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery after surgery in neurosurgery
 
Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjd
Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjdMedicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjd
Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjd
 
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASER
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASERTERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASER
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASER
 
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptx
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptxENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptx
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptx
 
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptx
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptxCONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptx
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptx
 
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICASAULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
 
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃOeMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
 
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdfSistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdf
 

Roda dos alimentos

  • 4.  Roda é uma ilustração gráfica que pretende ajudar a escolher e a combinar os alimentos que deverão fazer parte de um dia alimentar saudável  O seu formato em forma de roda pode ser facilmente identificado e associado a um prato vulgarmente utilizado e, para além disso, não hierarquiza os alimentos. Roda dos Alimentos
  • 5.  Elaborada no final da década de 70 por portugueses e para a realidade alimentar de então, foi um instrumento inovador que viria mais tarde a ser seguido em diversos países.  Passados praticamente 25 anos do seu lançamento, e depois de se ter tornado no material de educação alimentar mais utilizado em Portugal, surgiu a necessidade e a oportunidade de se actualizar este instrumento. Roda dos Alimentos  Ao abrigo do programa Saúde XXI, foi possível desenvolver este projeto através de um protocolo entre a Faculdade de Ciências da Nutrição da Universidade do Porto e o Instituto do Consumidor. https://sigarra.up.pt/fcnaup/pt/web_page.inicial
  • 6. Roda dos Alimentos  A nova Roda dos Alimentos agora apresentada, sob a forma de cartaz acompanhado de folheto informativo, mantém o seu formato original, pois este é já facilmente identificado e associa-se ao prato, sinal da nossa cultura alimentar em torno da mesa.  Por outro lado, e ao contrário das pirâmides alimentares, o círculo não hierarquiza os alimentos mas atribui-lhes igual importância.
  • 7. Roda dos Alimentos  Para além dos objetivos pedagógicos de índole nutricional foram ainda tidos em consideração nesta atualização a promoção de valores culturais e sociais relacionados com a sociedade portuguesa.  Alimentos da nossa tradição, como o pão de qualidade, o azeite, o pescado, as leguminosas ou os hortícolas foram valorizados.
  • 8. Como se utiliza: Roda dos Alimentos  Diariamente devem comer-se porções de todos os grupos de alimentos.  O número de porções recomendado depende das necessidades energéticas individuais.  As crianças de 1 a 3 anos devem guiar-se pelos limites inferiores e os homens ativos e os rapazes adolescentes pelos limites superiores; a restante população deve orientar-se pelos valores intermédios.
  • 9. Roda dos Alimentos  A subdivisão de alguns dos anteriores grupos e o estabelecimento de porções diárias equivalentes constituem as principais alterações implementadas neste novo guia.
  • 10. Cereais e Derivados, Tubérculos • Grupo constituído por: • Cereais (arroz, trigo, milho, centeio, aveia e cevada)e seus derivados (farinhas, pão, massas, cereais de pequeno- almoço), batatas e outros tubérculos, e pela castanha Fornecedores de: Hidratos de carbono Algumas proteínas de baixo valor biológico Vitaminas do complexo B Fibras alimentares Roda dos Alimentos
  • 11. Cereais e Derivados, Tubérculos Cereais e derivados, tubérculos: 4 a 11 porções diárias – 28% 1 porção – 28g de H 1 pão = 1 batata e meia = 5 colheres de sopa de cereais de pequeno- almoço = 6 bolachas (tipo Maria/água e sal) = 2 colheres de sopa de arroz/massa crus = 4 colheres de sopa de arroz/massa cozinhados Roda dos Alimentos
  • 12. Cereais e Derivados, Tubérculos Hidratos de Carbono Energia • São alimentos ricos em hidratos de carbono complexos. • Quase isentos de gordura e fornecedores de proteínas de média qualidade. São também boas fontes de minerais (Selénio, Potássio e Magnésio) e vitaminas (B1, B2, B3, B6 e C (tubérculos)) • Os cereais integrais são bastante ricos em fibra, a qual tem várias funções importantes no nosso organismo, particularmente ao nível do aparelho digestivo. Roda dos Alimentos
  • 13. Hortícolas • Grupo constituído por: Folhas (couves, repolho, nabiças), Bolbos (cebolas e alhos), Raízes (cenoura, nabo, beterraba) e Frutos (tomate e abóbora) Fornecedores de: Vitaminas e Sais minerais Fibras alimentares Água Contém quantidades residuais de hidratos de carbono e gordura, sendo fornecedores de proteínas de baixa qualidade. Roda dos Alimentos
  • 14. Hortícolas Hortícolas: 3 a 5 porções diárias – 23% 1 porção – 6g de HC 2 chávenas almoçadeiras de hortícolas crus = 1 chávena almoçadeira de hortícolas cozinhados Roda dos Alimentos
  • 15. Fruta • Grupo constituído por: Frutos secos e Frutos frescos Fornecedores de: Gorduras e Proteínas (no caso dos frutos secos) Vitaminas e Sais minerais Fibras alimentares Água Roda dos Alimentos
  • 16. Fruta Vitaminas e Minerais • Constituição de tecidos; • Função muscular •Constituição de muitas estruturas celulares •Favorecem a atividade de muitos nutrimentos Roda dos Alimentos • Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), dever-se-á promover o consumo de cerca de 400g de hortofrutícolas diariamente, correspondendo a 5 porções destes alimentos, de forma a prevenir o aparecimento de doenças cardiovasculares.
  • 17. Fruta Fruta: 3 a 5 porções diárias – 20% 1 porção – 14g de HC 1 peça de fruta – tamanho médio Roda dos Alimentos
  • 18. Lacticínios • Grupo constituído por: leite, iogurte, queijo e requeijão. Fornecedores de: Proteínas de alto valor biológico Vitaminas A, B e D Cálcio São constituídos por cerca de 3,5% de gordura saturada (queijo poderá conter cerca de 45% de gordura) e o único hidrato de carbono presente é a lactose. Roda dos Alimentos
  • 19. Lacticínios Cálcio Fortalece os ossos e dentes Evita o aparecimento de doenças ósseas e fracturas Roda dos Alimentos
  • 20. Lacticínios Lacticínios: 2 a 3 porções diárias – 18% 1 porção – 8g de proteína 1 chávena almoçadeira (240 ml) = 1 iogurte líquido ou 1 iogurte e meio sólido = 2 fatias finas de queijo = ¼ de queijo fresco = ½ requeijão Roda dos Alimentos
  • 21. Carne, Pescado e Ovos • Grupo constituído por: Carne, pescado e ovos. Fornecedores de: Proteínas de alto valor biológico Possuem alguma gordura variável entre diferentes espécies de carne e pescado; saturada no caso da carne vermelha e ovos, monoinsaturada no caso da carne branca e polinsaturada (ácidos gordos n-3) no caso do peixe. Vitaminas do complexo B (B12 principalmente) Ferro Roda dos Alimentos
  • 22. Carne, Pescado e Ovos Proteínas Crescimento, manutenção e reparação dos órgãos do nosso organismo Carne Peixe Frango; Peru; Coelho. + saudáveis Bom para o cérebro, memória e coração Roda dos Alimentos
  • 23. Carne, Pescado e Ovos Carne, pescado e ovos: 1,5 a 4,5 porções diárias – 5% 1 porção – 6g de proteína 30 g carnes/pescado crus = 25 g de carnes/pescado cozinhados = 1 ovo de tamanho médio Roda dos Alimentos
  • 24. Leguminosas • Grupo constituído por: Leguminosas Frescas (favas, ervilhas e tremoços) e Leguminosas Secas (feijão, grão- de-bico e lentilhas) Fornecedores de: Hidratos de carbono Algumas proteínas de baixo valor biológico Vitaminas B1 e B2 Cálcio e Ferro Fibras alimentares (principalmente na casca) Roda dos Alimentos
  • 25. Leguminosas Proteínas e Fibras Alimentares Importância na estrutura e funções das células. Contribuem para um bom trânsito intestinal. Roda dos Alimentos
  • 26. Leguminosas Leguminosas : 1 a 2 porções diárias – 4 % 3 colheres de sopa de leguminosas frescas cruas (ex: ervilhas, favas) = 3 colheres de sopa de leguminosas secas/frescas cozinhadas Roda dos Alimentos
  • 27. Gorduras e Óleos • Grupo constituído por: • Gorduras vegetais (azeite, óleos alimentares, margarinas) • Gorduras animais (banha de porco, natas e manteiga) Fornecedores de: Gorduras Vitaminas A, D, E e K Roda dos Alimentos
  • 28. Gorduras e Óleos Gorduras e óleos : 1 a 2 porções – 2% 1 colher de sopa de azeite/óleo = 1 colher de chá de banha = 4 colheres de sopa de nata = 1 colher de sobremesa de manteiga Roda dos Alimentos
  • 29. Água A água, não possuindo um grupo próprio, está também representada em todos eles, pois faz parte da constituição de quase todos os alimentos. Sendo a água imprescindível à vida, é fundamental que se beba em abundância diariamente. As necessidades de água podem variar entre 1,5 e 3 litros por dia. Roda dos Alimentos
  • 30. Medidas Roda dos Alimentos * As equivalências alimentares apresentadas tiveram por base valores estabelecidos de nutrientes. Glícidos/hidratos de carbono - nos grupos dos cereais e derivados, tubérculos (28g), hortícolas (6g) e fruta (14g); proteínas - no caso de lacticínios (8g)(onde também se teve em linha de conta o valor de cálcio - 300ml), carnes, pescado e ovo (6g) e leguminosas (6g); e lípidos para o grupo de gorduras e óleos (10g). ** Os valores limite (mínimo e máximo) das porções aqui recomendadas foram calculados para os valores energéticos de 1300Kcal e 3000Kcal, sendo a quantidade intermédia correspondente a um plano alimentar de 2200Kcal. *** A generalidade da população deve consumir 2 porções, com exceção de crianças e adolescentes, que necessitam de 3 porções
  • 33. Medidas Roda dos Alimentos * As equivalências alimentares apresentadas tiveram por base valores estabelecidos de nutrientes. Glícidos/hidratos de carbono - nos grupos dos cereais e derivados, tubérculos (28g), hortícolas (6g) e fruta (14g); proteínas - no caso de lacticínios (8g)(onde também se teve em linha de conta o valor de cálcio - 300ml), carnes, pescado e ovo (6g) e leguminosas (6g); e lípidos para o grupo de gorduras e óleos (10g). ** Os valores limite (mínimo e máximo) das porções aqui recomendadas foram calculados para os valores energéticos de 1300Kcal e 3000Kcal, sendo a quantidade intermédia correspondente a um plano alimentar de 2200Kcal. *** A generalidade da população deve consumir 2 porções, com exceção de crianças e adolescentes, que necessitam de 3 porções
  • 34. Roda dos Alimentos (Recomendações versus Consumos)
  • 35. Roda dos Alimentos (Recomendações versus Consumos)
  • 36. Roda dos Alimentos (Recomendações versus Consumos)
  • 37. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 38. Roda dos Alimentos Mediterrânica Pode consultar e descarregar o cartaz aqui.
  • 39. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 40. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 41. Roda dos Alimentos Mediterrânica É um guia alimentar com características mediterrânicas, cuja representação gráfica tem por base a Roda dos Alimentos Portuguesa. Objetivos: - promover e valorizar o padrão alimentar mediterrânico junto da população portuguesa. - dar ênfase às características deste padrão alimentar, salientando quer a componente alimentar, quer estilo de vida.
  • 42. Roda dos Alimentos Mediterrânica Em forma de roda, reflete o prato e o convívio mediterrânico à volta da mesa. Salienta os alimentos mediterrânicos mais relacionados com o Padrão Alimentar Português: • Óleos e gorduras (azeite, azeitonas) • Hortícolas (cebola, alho, couve galega, grelos, tomate, pimentos, beldroegas…) • Fruta (melão, figo, ameixa, citrinos, nêspera, romã…) • Cereais e tubérculos (batata doce, castanha, massa/arroz integrais, flocos de aveia, pão/broa) • Carne, pescado e ovos (peixe, em especial sardinha, carapau, cavala, atum…) • Laticínios (queijo e iogurte) • Leguminosas (todas) • Vinho (salientado, mas não incluído na Roda por não se pretender promover o seu consumo diário. Destaca o consumo moderado e às refeições. Proíbe consumo pelas crianças, grávidas e lactantes.)
  • 43. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 44. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 45. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 46. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 47. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 48. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 49. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 50. Roda dos Alimentos Mediterrânica
  • 51. Roda dos Alimentos Mediterrânica A Nova Roda dos Alimentos Mediterrânica é noticia…..
  • 52. Roda dos Alimentos versus Pirâmide da Alimentação A RODA DOS ALIMENTOS tem o formato de círculo que se divide em segmentos de diferentes tamanhos (grupos) que reúnem alimentos com propriedades nutricionais semelhantes. Em muitos países a roda dá lugar à PIRÂMIDE DOS ALIMENTOS que, na opinião de alguns especialistas, não representa aquilo que deve ser uma alimentação saudável, isto porque a pirâmide tende a hierarquizar os alimentos, dando a ideia errada que há alimentos com mais importância do que outros. =
  • 53. Algumas vezes por mês Algumas vezes por semana Consumo diário PROPOSTA GREGA DA PIRÂMIDE DA DIETA MEDITERRÂNEA deHellenicMinistryofhealth,2002Pirâmide da Alimentação Mediterrânea
  • 54. deHellenicMinistryofhealth,2002Pirâmide da Alimentação Mediterrânea PROPOSTA GREGA DA PIRÂMIDE DA DIETA MEDITERRÂNEA