Estilos de vida saudáveis

12.781 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Estilos de vida saudáveis

  1. 1. Instituto Politécnico de Viseu Escola Superior de Saúde de Viseu Centro de Saúde de Tábua Estilos de vida saudáveis Trabalho realizado no âmbito do Ensino Clínico V – Psiquiatria Viseu, 2012
  2. 2. Plano de Sessão Unidade Curricular Ensino clínico V- psiquiatria Tema Estilos de Vida Saudáveis Docente Enfermeiro Carlos e Enfermeira Ana Campos Destinatários Senhoras do serviço feminino, do serviço de psiquiatria Metodologia Apresentação em PowerPoint Objectivos Duração . Sensibilizar as pacientes para hábitos prejudiciais a uma vida saudável . Elucidar sobre alimentação saudável, e outros hábitos saudáveis . Esclarecer qualquer dúvida. 60 minutos (aproximadamente)
  3. 3. ÍNDICE 1. Alimentação 2. Exercício Físico 3. Álcool 4. Tabagismo
  4. 4. 1. Alimentação Faça uma pausa para lanchar: Lanches ligeiros a meio da manhã e da tarde, entre as refeições principais, permitem controlar melhor o apetite. Faça um bom pequeno-almoço: Para ser completo, o pequenoalmoço deve incluir três grupos de alimentos: fruta, lacticínios e cereais. O pequeno almoço é a refeição mais importante do dia, nunca saia de casa sem o tomar Inicie a refeição com hortaliças e legumes: Crus ou salteados, as verduras e legumes devem estar sempre presentes nas refeições. Estes alimentos são excelentes fornecedores de vitaminas, minerais e fibras; além de ajudar o intestino a funcionar melhor, diminuem a sensação de fome, principalmente se forem consumidas no início das refeições. Beba líquidos: Água, chá, infusões e sumos naturais são as melhores opções para hidratar o seu organismo. Recomenda-se 1,5 a 2 litros por dia - o equivalente a 8 ou 10 copos. A água é o principal componente do nosso corpo!
  5. 5. 1. Alimentação Abuse das frutas: Recomendam-se cerca de 3 a 5 porções de fruta por dia. Elas encaixam-se perfeitamente em todas as refeições: ao pequenoalmoço, lanches entre as refeições ou como sobremesa. Evite os fritos: Em vez de fritos, opte por grelhados, assados, ao vapor ou grelhados As frituras podem ser consumidas, mas desde que seja esporadicamente. Controle o consumo de sal: Evite o excesso. Reduza a quantidade de sal adicionado aos alimentos e evite alimentos muito salgados (ex: presunto, alguns tipos de queijo), pois eles aumentam a pressão sanguínea, aumentando o risco de desenvolver hipertensão. Para temperar e dar um toque especial aos seus pratos explore combinações de ervas aromáticas e especiarias.
  6. 6. 1. Alimentação Experimente novos alimentos: Se só de pensar em alimentos integrais, frutas, grãos, soja, peixes e verduras começa a perder o ânimo - está na hora de rever seus hábitos! É cada vez mais conhecido o benefício destes alimentos para a saúde. Se não tem o hábito de experimentá-los, uma forma de o fazer é adicionar estes produtos aos seus alimentos habituais. Além de enriquecer a sua alimentação, conhecerá novos sabores Mastigue devagar: Mastigar bem os alimentos ajuda no controlo da saciedade e da digestão. Por isso, saboreie os alimentos e delicie-se com o seu aroma, gosto, temperatura e textura. Alimentação, sinónimo de prazer e bemestar: Tenha atenção ao que come e onde come. Procure fazer as suas refeições num local tranquilo e com um ambiente agradável.
  7. 7. 1. Alimentação Lembre-se que não existem alimentos proibidos! Pode e deve comer de tudo um pouco, desde que prevaleça o bom senso e a moderação! Uma alimentação correta satisfaz a sensação de fome e previne doenças! Utilize o potencial de cada alimento para ter saúde e longevidade com qualidade de vida!
  8. 8. 1. Alimentação
  9. 9. 1. Alimentação Obesidade Aumento da frequência de: • • • • • • • Diabetes Mellitus tipo2 Hipertensão arterial Enfarte do miocárdio AVC Insuficiência cardíaca Artroses Cancro do cólon e mama
  10. 10. 1. Alimentação Desnutrição Aumento: • • • • • do risco de doenças infeciosas da capacidade funcional Anemia Úlceras de pressão Quedas e fraturas
  11. 11. . 2. Exercício Físico A atividade física é essencial para a nossa saúde e bemestar e constitui um dos pilares para um estilo de vida saudável! A atividade física reduz: • o risco de doenças cardiovasculares •alguns cancros •diabetes tipo 2 • sintomas de depressão A prática regular de atividade física beneficia, física, social e mentalmente, toda a população, homens ou mulheres de todas as idades, incluindo pessoas com incapacidades. O exercício físico pode melhorar: •Sistema músculo-esquelético •Controle do peso corporal
  12. 12. Qual a quantidade de exercício físico que é necessária para melhorar e manter a saúde? Os benefícios para a saúde geralmente são obtidos através de, pelo menos, 30 minutos de atividade física cumulativa moderada, todos os dias. Este nível de atividade pode ser atingido diariamente através de atividades físicas agradáveis e de movimentos do corpo no dia-a-dia, tais como:  Caminhar para o local de trabalho  Subir escadas  Jardinagem  Dançar  E muitos outros desportos recreativos.
  13. 13. 3. Álcool Provoca irritações na mucosa gástrica e nas paredes do intestino,causando transtornos na absorção de vitaminas, hidratos e gorduras, que provocam sintomas de carência.Pode causar gastrite e úlceras. É altamente tóxico para o figado, sendo que o excesso de bebida pode causar cirrose, hepatite e cancro. Pode causar a inflamação e deterioração do pâncreas Parte do álcool é eliminada pelos pulmões e pelos brônquios, provocando irritações nesses órgãos
  14. 14. 3. Álcool Pode provocar anemia e causar uma diminuição das defesas imunitárias. Provoca lesões nas fibras nervosas e nos vasos do coração. O abuso do álcool ocasiona desnutrição das células cerebrais, provocando deterioração intelectual, depressão, perda de memória e demência. Nos homens, o álcool em excesso pode levar à impotência (devido a danos nos nervos) ou infertilidade (como resultado de efeitos tóxicos sobre o esperma) e nas mulheres, pode causar problemas menstruais.
  15. 15. 4. Tabagismo – Efeitos a longo prazo Cancro Doenças Cardiovasculares Outras doenças Cancro do pulmão Cardiopatia isquémica Doenças relacionadas com hormonas (menopausa precoce, osteoporose). Cancro da cavidade oral (lábios, boca e língua), laringe e faringe Doença vascular Doenças respiratórias periférica (arteriosclerose) (bronquite crónica, enfisema, asma, DPOC). Cancro do esófago Doença cerebrovascular (AVC) Doenças gastrointestinais (doença de refluxo gastroesofágico, úlcera péptica). Cancro do pâncreas Infertilidade Cancro da bexiga e rins Impotência Cancro do colo do útero
  16. 16. 4. Tabagismo  Curiosidades para refletir... Amónia (NH3): Usada nas limpezas de pisos e azulejos, é corrosiva; § Propilonoglicol (C3H8O2): Usado em desodorizantes e sprays. Faz a nicotina chegar ao cérebro; § Acetato de Chumbo [Pb(CH3CO2)2]: Presente na fórmula de tinta para cabelo. É cancerígeno e cumulativo no corpo humano; § Formol (CH2O): Conservante; § Naftalina (C10H8): para matar as baratas; § Fósforo (P4 ou P6): Entra na preparação de veneno para ratazanas. É venenoso e letal, dependendo da porção ingerida; § Acetona (C3H6O): Remove o verniz. É inflamável; § Terebentina: Dilui tintas a óleo e limpa pincéis. É uma substância tóxica extraída de resinas de pinheiros; § Xileno (C8H10) Presente em tintas de caneta. É inflamável e cancerígeno; § Butano (C4H10): Gás da cozinha. É mortífero e altamente inflamável. 17
  17. 17. Referências Bibliográficas http://www.adolescenciaesaude.com/detalhe_artigo.asp?id=93 http://adroga.casadia.org/prevencao/fatores-protetores-risco-associados-uso-drogas-adolescencia.htm http://www.adolescenciaesaude.com/detalhe_artigo.asp?id=93 http://www.google.pt/imgres?q=roda+dos+alimentos+2012&um=1&hl=pt- PT&sa=N&biw=1440&bih=761&tbm=isch&tbnid=3vkPXn8cpZVLM:&imgrefurl=http://www.lidl.pt/cps/rde/xchg/SID-40DF1E081327D474/lidl_pt/hs.xsl/5075.htm&docid=tP22OOQ0Thqp6M&imgurl=http://www.lidl.pt/static_content/lidl_ pt/images/PT/roda_dos_alimentos.jpg&w=552&h=350&ei=FjraT__KEaKk0QWI7ZjMAg&zoom=1 http://www.gimnocedro.pt/conselhos_vs_10rec.htm http://www.min-saude.pt/portal/conteudos/enciclopedia+da+saude/estilos+de+vida/tabagismo.htm http://campus.fct.unl.pt/afr/ipa_0203/g28_tabaco/constituintes_do_tabaco.htm Obrigado pela atenção!

×