SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
UNASP-CentroUniversitárioAdventistadeSãoPaulo-CampusEngenheiroCoelho.Pós-GraduaçãoLato-
SensuDocênciaUniversitária. Aula1TendênciasEducacionais. Prof.MsElicioGomesLima.Novembro2014
1. TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
Antes de iniciarmos nossa incursão no terreno das Teorias pedagogias
propriamente, é conveniente começarmos levantando e esclarecendo algumas
terminologias e conceitos que contribuem para compreendermos os que são
Tendências Educacionais como as mesmas influenciam a atuação pedagógica
eoposicionamentopolitico-ideológicodocente.
1
UNASP - CentroUniversitárioAdventista de São Paulo - Campus EngenheiroCoelho. Pós-Graduação Lato-
Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms ElicioGomes Lima. Novembro 2014
2
O que compreender como Tendências:
O termo tendência é sinónimo de moda, de estilo, procedimento, maneira de
ser, comportamento mutavel, efemero, portanto, vinculado ao tempo e ao uso,
marcada por diferentes e determinados contexto e movimentos socio-culturais.
Nesse sentido, tratar-se de uma espécie de mecanismo social que regula e
influencia os comportamentos e as escolhas (percepção e concepção) dos
individuos e de seguimentos da sociedade, tornando-se modelo diretivo e
dominante de uma determinda época.
UNASP-CentroUniversitárioAdventistadeSãoPaulo-CampusEngenheiroCoelho.Pós-GraduaçãoLato-
SensuDocênciaUniversitária. Aula1TendênciasEducacionais. Prof.MsElicioGomesLima.Novembro2014
3
As tendências configuram-se atraves de Correntes politicas-ideologicas,
pedagogicas e ao mesmo tempo pela conjuntura social, constituindo um corpo
de postulados teorios metodologicos, hipoteses, posicionamento politico-
ideologico, conceitos, argumentos e normatização que confluem para a
constituição de determinados conhecimentos e para a formação social, e
marca época em um dado contexto social, atraves de mecanismos de
sustentação que são as forças que as mantêm – leis, normas, persuasão,
sanções, valores sociais e os símbolos, determinado posicionamento politico
ideologico, assim, Direcionando e norteando as ações dos sujeitos para uma
formação e/ou conformação de suas praticas sociais e educacionais instituidas.
4
Nesse sentido, os modelos economicos que regem as políticas públicas
influenciam, criam e mantem normas e as praticas educativas. Determinam e
influenciam a formação dos sujeitos, tem raiz institucional, atraves das
decisões dos poderes publicos que tomam como base as considerações de
ordem politica e economica, e as mesmas passam a constar nos documentos
oficiais como diretrizes e parametros educacionais nacionais. Assim, a
educação oficial passa a proceder em conformidade com os parametros legais,
relacionados com fatores contextuais (politicos e economicos) que estabelecem
as praticas pedagogicas, principios e valores para embasar as ações da politica
de gestão educacional e direcionar os trabalhos dos docentes em sala de aula.
Assim, as tendências educacionais transvestem-se em Paradigmas
Impostos pelos modelos politico-economicos: tornando uma representação
padronizada, ou seja, um padrão a ser seguido na conjuntura das politicas
educacionais que instituiem cada nação.
UNASP-CentroUniversitárioAdventistadeSãoPaulo-CampusEngenheiroCoelho.Pós-GraduaçãoLato-
SensuDocênciaUniversitária. Aula1TendênciasEducacionais. Prof.MsElicioGomesLima.Novembro2014
5
1. HOMEM: Ser afetivo-racional gregario-social, dotado de emoções e de uma
inteligência abstrata e linguagem, o que facilita extremamente suas habilidades
para ser, aprender e conviver direcionado pelas convenções sociais – processo
de humanização pela ação (do outro) social. Adaptação ao padrão de controle
social na estruturação das relações humanas.
2. SOCIEDADE: Entidade organicamente constituida por instituições sociais
(estruturas sociais) especificas que exercem influência e determina pela força
coercitiva e/ou persuasiva, as formações socias e as ações individuais para a
manutenção da unidade social. O Estado-Nação tem por finalidade adotar
mecanismos de controle social para a manutenção da ordem estabelecida.
3. CULTURA: Em uma dimensão antropologica, podemos considerar como
sendo o conjunto das produções humanas expressas pelas manifestações,
intectuais, filosoficas cientificas, tecnicas, artisticas, literarias, espirituais,
linguagem, ou seja, são ações, comportamentos, atitudes e objetos que
envolvem: Valores, crenças, leis, moral, tradições, habitos e costumes etc,
produzidos em um processo interativo constitundo assim, a identidade social.
UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato-
Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014
6
4. MITO: O pensamento mítico é retirado do seu contexto cultural, e, é parte
integrante da natureza humana, uma criação do imaginario utilizando
simbologia, crenças, cerimônias e rituais no intuito de conhecer de explicar e
de aceitar o mundo, a humanidade, fatos da realidade e fenômenos da
natureza, são configurações mentais que se sustentam (fundamentam) nas
forcas sobrenaturais e na interferencia dos agentes divinos para definir suas
certezas dogmaticas (oposto ao pensamento racional).
5. FILOSOFIA: Pensamento fundamentado na razão, reflexão e crítica na
busca do conhecimento do mundo e do homem. Questiona com profundidade e
rigor metodológico a essência e a natureza do universo, do homem e dos fatos
da realidade, julga o valor do conhecimento para dar sentido às experiências
vividas. Procurar superar as certezas dogmáticas.
6. EDUCAÇÃO: É o meio, o instrumento, conjunto de ações que possibilitam a
transformação do homem e do meio ambiente, para alcançar um determinado
fim, ou seja, (in)formar e integrar os individuos a sociedade, adequando-os as
funções sociais em seus contextos: econômicos, culturais, políticos e religioso,
difundir e transmitir a cultura para a humanização e socialização do homem, na
formação da identidade, que o capacita a interagir e operacionalizar na
dinamica social como ser politico e moral. (Educação formal X Educação
informal). As ações educacionais são influenciadas por fatores dos contextos
socio-politico e economicos, global e local, acionadas atraves das politicas
públicas que as implementam em seus sistemas e programas educacioais.
7
7. PEDAGOGIA: É toda a metodologia da educação, processo que organiza as
estruturas e funcionamento das situações educativas de ensino-aprendizagem,
fundamenta (teoricamente) os princípios, os saberes, organiza e sistematiza os
meios adequados, faz intervenções na interrelação professor, aluno e escola,
define os recursos e materia, bem como os conteudos para o ensino-
aprendizado, ou seja, organiza os meios para alcançar os fins objetivizados
que buscam a formação do aluno atraves de uma orientação curricular.
Em outras palavras, a pedagogia visa à articulação de doutrinas, princípios e
métodos de educação e instrução que tendem a um objetivo prático, no apoio a
pratica docente e as aprendizagens dos estudantes.
UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato-
Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014
8
8. CURRÍCULO: É dirigido por um determinado contexto político, cientifico,
filosofico e cultural, sua função perpassa a transmissão dos conhecimentos
considerados válidos, as formas pedagogicas e os programas de atividades
planejadas, devidamente sequencializada, ordenação metodologica, seleção e
avaliação de conteudos e expectativas de aprendizagens como tarefas e
habilidades a serem dominadas pelos alunos na instituição escolar. Os são a
expressão do equilibrio de interesses e forças que gravitam sobre o sistema
educativo num dado memento, enquanto atraves deles se realizam os fins da
educação no ensino esolarizado. A escola em geral, ou um determinado nível
educativo ou tipo de instituição, sob qualquer modelo de educação, adota uma
posição e uma orientação seletiva frente à cultua, que se concretiza,
precisamentoe, no curriculo que transmite.
UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato-
Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014
9
9. IDEAL PEDAGÓGICO:
Ideal Pedagógico – Ação politica mobilizadora, politicas públicas de metas a
alcançar a realizar, objetivando a implantação e disseminação de um conjunto
de valores intelectuais, morais, estéticos, políticos, econômicos e tecnológicos,
considerados como um fim que se pretende atingir para formação do homem
ideal que atenda os interesses da sociedade – Esse processo institui-se por
agentes indutores e formadores das mentalidades sociais na ocupação dos
principais postos da burocracia educacional e pela criação de órgãos para
divulgação de tais ideais para legitimação e adequação social. Busca-se
estabelecer um Paradigma educacional.
UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato-
Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014
10
3). VERTENTES FILOSOFICAS DAS CORRENTES PEDAGOGICAS:
Filosofia não se caracteriza por um conteudo especifico, mas ela é
fundamentalmente uma atitude que o homem toma perante uma realidade.
Tratando-se da dimensão filosofica na educação, ela refere-se à orientação,
aos princípios, normas e padrões, ou seja, as orientações que o meio impõe.
Estrutura-se então uma orientação, principios são estabelecidos, ojetivos
definidos rumo à ação – opções ideologicas. (aprofundar adiante). Nesse
sentido, Apresentar uma concepção histórica sobre a educação (antropologica
e filosófica) nos faz pensar de imediato em uma linha do tempo, em que a
história vai se construindo em um processo de evolução da propria metalidade
da natureza humana:
11
-EDUCAÇÃO DOS POVOS PRIMITIVOS – mito
PEDAGOGIA arcaica:
- PEDAGOGIA CLASSICA – Época Grega – educação integral – intelectual –
pressupostos lógicos
- PEDAGOGIA TRADICIONAL – Escolastica idade média (fé e razão)
- PEDAGOGIA NOVA – Novas praticas pedagogicas – Comênios, Rousseau,
Dewey.
UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato-
Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014
12
A importância em apresentar essas subclassificações possíveis é para
enfatizar que a discussão que seguiremos nesse curso sobre tendencias
pedagogicas será conduzida em função da especificidade das ciências
humanas e das ciencias sociais, ou seja, a natureza destas interações,
caracterizando o processo educacional como movimentos históricos em seus
contextos socio-filosoficos que influenciaram as correntes pedagogicas, sobre a
natureza dos sistemas sociais e formação das sociedades desejáveis.
Em outras palavras tendo como parâmetro para esse curso, a relação entre os
indivíduos e as instituições sociais, (estruturas e conjunturas sociais)
compreendendo que a sociedade é construída pelos indivíduos e que os
indivíduos são moldados pelas sociedades.
UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato-
Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014
13
(4). GRUPOS DE TRABALHO: Pesquise e faça um esboço para compreender
as fundamentações teoricas, considerando o contexto sociocultural e politico,
típico dessas linhas de pensamentos. Concepções, caracteristicas e
posicionamentos dos movimentos filosoficos que influenciaram as correntes
pedagogicas: Esboço material de avaliação.
GT1. Empirismo - O conhecimento constitui-se a partir da Observação e da
experiência sensorial.
GT2. Racionalismo - O conhecimento constitui-se a partir das proposições
abstração do pensamento logico.
GT3. Cientificismo - ciência como fonte de explicação tudo é matéria. – comte
GT4. Democracia - Doutrina ou regime político baseado nos princípios da
soberania popular e da distribuição eqüitativa do poder.
UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato-
Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014
14
UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato-
Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...
MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...
MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...profamiriamnavarro
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOEdlauva Santos
 
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...Mary Alvarenga
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASAline_Lune
 
Didatica jose-carlos-libaneo
Didatica jose-carlos-libaneoDidatica jose-carlos-libaneo
Didatica jose-carlos-libaneoGeani Pedrosa
 
Conselho de Classe - Participativo
Conselho de Classe  - ParticipativoConselho de Classe  - Participativo
Conselho de Classe - ParticipativoCÉSAR TAVARES
 
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCCMPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCCprofamiriamnavarro
 
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Edeil Reis do Espírito Santo
 
JOGOS DE TRILHA NA ED INFANTIL
JOGOS DE TRILHA NA ED INFANTILJOGOS DE TRILHA NA ED INFANTIL
JOGOS DE TRILHA NA ED INFANTILTHAIS Helena
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaBruna Braga
 
Sequencia didatica
Sequencia didaticaSequencia didatica
Sequencia didaticashs_oliveira
 
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...Educação Infantil
 
Sequencia didatica de historia
Sequencia didatica de historiaSequencia didatica de historia
Sequencia didatica de historiaUyaraPortugal
 
Gestão de sala de aula 2
Gestão de sala de aula 2Gestão de sala de aula 2
Gestão de sala de aula 2suelyaparecida
 

Mais procurados (20)

MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...
MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...
MPEHG AULA 2: História no Ensino Fundamental – Anos Iniciais Unidades temátic...
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
 
Rotina escolar
Rotina escolarRotina escolar
Rotina escolar
 
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática.  (20...
Projeto interdisciplinar: Traçando saberes entre Português e Matemática. (20...
 
Planejamento pedagógico
Planejamento pedagógicoPlanejamento pedagógico
Planejamento pedagógico
 
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRASPLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
PLANO DE AULA-JOGOS,BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS
 
Didatica jose-carlos-libaneo
Didatica jose-carlos-libaneoDidatica jose-carlos-libaneo
Didatica jose-carlos-libaneo
 
Conselho de Classe - Participativo
Conselho de Classe  - ParticipativoConselho de Classe  - Participativo
Conselho de Classe - Participativo
 
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCCMPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
 
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
Discutindo diagnósticos de escrita (SLIDES 3ª Formação NUALFA)
 
JOGOS DE TRILHA NA ED INFANTIL
JOGOS DE TRILHA NA ED INFANTILJOGOS DE TRILHA NA ED INFANTIL
JOGOS DE TRILHA NA ED INFANTIL
 
Etapas da pesquisa científica
Etapas da pesquisa científicaEtapas da pesquisa científica
Etapas da pesquisa científica
 
Org do tempo e espaço
Org do tempo e espaçoOrg do tempo e espaço
Org do tempo e espaço
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Sequencia didatica
Sequencia didaticaSequencia didatica
Sequencia didatica
 
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...
Slide quadro comparativo piaget, vygotsky e wallon ( Pedagoga Claudia O. Andr...
 
Sequencia didatica de historia
Sequencia didatica de historiaSequencia didatica de historia
Sequencia didatica de historia
 
Gestão de sala de aula 2
Gestão de sala de aula 2Gestão de sala de aula 2
Gestão de sala de aula 2
 
Plano de ensino atual
Plano de ensino atualPlano de ensino atual
Plano de ensino atual
 
Conhecendo a didática
Conhecendo a didáticaConhecendo a didática
Conhecendo a didática
 

Destaque

Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013Sa'ndro Soares
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasMarcelo Assis
 
Tendências pedagógicas na prática escolar
Tendências pedagógicas na prática escolarTendências pedagógicas na prática escolar
Tendências pedagógicas na prática escolarMARIAIGNEZCAMPOS
 
Quadro síntese das tendências pedagógicas
Quadro síntese das tendências pedagógicasQuadro síntese das tendências pedagógicas
Quadro síntese das tendências pedagógicasVinicius O Resiliente
 
Tendência Pedagógica - Tradicional
Tendência Pedagógica - TradicionalTendência Pedagógica - Tradicional
Tendência Pedagógica - Tradicionaljoell07
 
Tendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação BrasileiraTendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação BrasileiraHerbert Santana
 
Concepções Pedagógicas resumo
Concepções Pedagógicas resumoConcepções Pedagógicas resumo
Concepções Pedagógicas resumoDébora Silveira
 
Slideaula cleonice
Slideaula cleoniceSlideaula cleonice
Slideaula cleonicekedula
 
Práticas e tendências de evolução do trabalho pedagógico no ensino superior ...
Práticas e tendências de evolução do trabalho pedagógico no ensino superior  ...Práticas e tendências de evolução do trabalho pedagógico no ensino superior  ...
Práticas e tendências de evolução do trabalho pedagógico no ensino superior ...Bartolomeu Varela
 
Interdisciplinaridade: diálogos e caminhos
Interdisciplinaridade: diálogos e caminhosInterdisciplinaridade: diálogos e caminhos
Interdisciplinaridade: diálogos e caminhosRoberto C. S. Pacheco
 
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS  NA PRÁTICA ESCOLARTENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS  NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS NA PRÁTICA ESCOLARAndrea Maria de Jesus
 
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura DigitalFundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura DigitalElizabeth Fantauzzi
 
Cartografia a ciencia dos mapas
Cartografia   a ciencia dos mapasCartografia   a ciencia dos mapas
Cartografia a ciencia dos mapasdela28
 
Aula iejo d om_valentino_ pedagogia da autonomia
Aula iejo   d om_valentino_ pedagogia da autonomiaAula iejo   d om_valentino_ pedagogia da autonomia
Aula iejo d om_valentino_ pedagogia da autonomiaNadia Leal
 
Apostila CBTU - Informática - Part#7
Apostila CBTU - Informática - Part#7Apostila CBTU - Informática - Part#7
Apostila CBTU - Informática - Part#7Thomas Willams
 
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLARTENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLARAndrea Maria de Jesus
 

Destaque (20)

Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
 
Tendências pedagógicas na prática escolar
Tendências pedagógicas na prática escolarTendências pedagógicas na prática escolar
Tendências pedagógicas na prática escolar
 
Apostila completa
Apostila completaApostila completa
Apostila completa
 
Quadro síntese das tendências pedagógicas
Quadro síntese das tendências pedagógicasQuadro síntese das tendências pedagógicas
Quadro síntese das tendências pedagógicas
 
Tendência Pedagógica - Tradicional
Tendência Pedagógica - TradicionalTendência Pedagógica - Tradicional
Tendência Pedagógica - Tradicional
 
Tendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação BrasileiraTendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação Brasileira
 
Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicas
 
Concepções Pedagógicas resumo
Concepções Pedagógicas resumoConcepções Pedagógicas resumo
Concepções Pedagógicas resumo
 
Slide tendências pedagógicas
Slide   tendências pedagógicasSlide   tendências pedagógicas
Slide tendências pedagógicas
 
Slideaula cleonice
Slideaula cleoniceSlideaula cleonice
Slideaula cleonice
 
Práticas e tendências de evolução do trabalho pedagógico no ensino superior ...
Práticas e tendências de evolução do trabalho pedagógico no ensino superior  ...Práticas e tendências de evolução do trabalho pedagógico no ensino superior  ...
Práticas e tendências de evolução do trabalho pedagógico no ensino superior ...
 
Interdisciplinaridade: diálogos e caminhos
Interdisciplinaridade: diálogos e caminhosInterdisciplinaridade: diálogos e caminhos
Interdisciplinaridade: diálogos e caminhos
 
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS  NA PRÁTICA ESCOLARTENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS  NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
 
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura DigitalFundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
Fundamentos para a Prática Pedagógica na Cultura Digital
 
Cartografia a ciencia dos mapas
Cartografia   a ciencia dos mapasCartografia   a ciencia dos mapas
Cartografia a ciencia dos mapas
 
Aula iejo d om_valentino_ pedagogia da autonomia
Aula iejo   d om_valentino_ pedagogia da autonomiaAula iejo   d om_valentino_ pedagogia da autonomia
Aula iejo d om_valentino_ pedagogia da autonomia
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
 
Apostila CBTU - Informática - Part#7
Apostila CBTU - Informática - Part#7Apostila CBTU - Informática - Part#7
Apostila CBTU - Informática - Part#7
 
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLARTENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
TENDÊNCIAS PEDAGOGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
 

Semelhante a TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias

Guia da disciplina Didática
Guia da disciplina DidáticaGuia da disciplina Didática
Guia da disciplina DidáticaRosiane Freitas
 
Tendencias pedagogicas
Tendencias pedagogicasTendencias pedagogicas
Tendencias pedagogicasTayssa Suellen
 
Fasciculo 09 tendêcias pedagógicas
Fasciculo 09 tendêcias pedagógicasFasciculo 09 tendêcias pedagógicas
Fasciculo 09 tendêcias pedagógicasCristiane Farias
 
Fasciculo 09 (1)
Fasciculo 09 (1)Fasciculo 09 (1)
Fasciculo 09 (1)Pedro Lima
 
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NETCONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NETCristina Ferreira
 
conhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.pptconhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.pptThaisJussara
 
Slide - Texto 05- PINTO, Humberto de Andrade.pptx
Slide - Texto 05- PINTO, Humberto de Andrade.pptxSlide - Texto 05- PINTO, Humberto de Andrade.pptx
Slide - Texto 05- PINTO, Humberto de Andrade.pptxFtimaCortes4
 
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionaisElicio Lima
 
DIDATICA _ objeto estudo _texto.pdf
DIDATICA _ objeto estudo _texto.pdfDIDATICA _ objeto estudo _texto.pdf
DIDATICA _ objeto estudo _texto.pdfDenise De Ramos
 
Psicologia-da-Educacao-e-da-Aprendizagem-1-Copia-1.pdf
Psicologia-da-Educacao-e-da-Aprendizagem-1-Copia-1.pdfPsicologia-da-Educacao-e-da-Aprendizagem-1-Copia-1.pdf
Psicologia-da-Educacao-e-da-Aprendizagem-1-Copia-1.pdfDaylanneBrando
 
Teoria s curriculares curso vitória
Teoria s curriculares curso vitóriaTeoria s curriculares curso vitória
Teoria s curriculares curso vitóriaThaty Araujo
 
Filosofia da educação uma abordagem sobre fundamentos da educação no brasil
Filosofia da educação   uma abordagem sobre fundamentos da educação no brasilFilosofia da educação   uma abordagem sobre fundamentos da educação no brasil
Filosofia da educação uma abordagem sobre fundamentos da educação no brasilsammyfreitas
 
ARTIGO- FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO UMA ABORDAGEM SOBRE OS CONCEITOS DA EDUCAÇÃO PR...
ARTIGO- FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO UMA ABORDAGEM SOBRE OS CONCEITOS DA EDUCAÇÃO PR...ARTIGO- FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO UMA ABORDAGEM SOBRE OS CONCEITOS DA EDUCAÇÃO PR...
ARTIGO- FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO UMA ABORDAGEM SOBRE OS CONCEITOS DA EDUCAÇÃO PR...Sebbajr Junior
 
Filosoficando educasv55
Filosoficando educasv55Filosoficando educasv55
Filosoficando educasv55ChristianBlima
 

Semelhante a TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias (20)

Guia da disciplina Didática
Guia da disciplina DidáticaGuia da disciplina Didática
Guia da disciplina Didática
 
Tendencias pedagogicas
Tendencias pedagogicasTendencias pedagogicas
Tendencias pedagogicas
 
Tendencias pedagogicas livro
Tendencias pedagogicas livroTendencias pedagogicas livro
Tendencias pedagogicas livro
 
Fasciculo 09 tendêcias pedagógicas
Fasciculo 09 tendêcias pedagógicasFasciculo 09 tendêcias pedagógicas
Fasciculo 09 tendêcias pedagógicas
 
Fasciculo 09
Fasciculo 09Fasciculo 09
Fasciculo 09
 
Tedencias pedagogicas
Tedencias pedagogicasTedencias pedagogicas
Tedencias pedagogicas
 
Fasciculo 09 (1)
Fasciculo 09 (1)Fasciculo 09 (1)
Fasciculo 09 (1)
 
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NETCONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
 
conhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.pptconhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
 
Slide - Texto 05- PINTO, Humberto de Andrade.pptx
Slide - Texto 05- PINTO, Humberto de Andrade.pptxSlide - Texto 05- PINTO, Humberto de Andrade.pptx
Slide - Texto 05- PINTO, Humberto de Andrade.pptx
 
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 
DIDATICA _ objeto estudo _texto.pdf
DIDATICA _ objeto estudo _texto.pdfDIDATICA _ objeto estudo _texto.pdf
DIDATICA _ objeto estudo _texto.pdf
 
Curso de didática
Curso de didáticaCurso de didática
Curso de didática
 
01. manual do psi. escolar
01. manual do psi. escolar01. manual do psi. escolar
01. manual do psi. escolar
 
Psicologia-da-Educacao-e-da-Aprendizagem-1-Copia-1.pdf
Psicologia-da-Educacao-e-da-Aprendizagem-1-Copia-1.pdfPsicologia-da-Educacao-e-da-Aprendizagem-1-Copia-1.pdf
Psicologia-da-Educacao-e-da-Aprendizagem-1-Copia-1.pdf
 
Teoria s curriculares curso vitória
Teoria s curriculares curso vitóriaTeoria s curriculares curso vitória
Teoria s curriculares curso vitória
 
Filosofia da educação uma abordagem sobre fundamentos da educação no brasil
Filosofia da educação   uma abordagem sobre fundamentos da educação no brasilFilosofia da educação   uma abordagem sobre fundamentos da educação no brasil
Filosofia da educação uma abordagem sobre fundamentos da educação no brasil
 
ARTIGO- FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO UMA ABORDAGEM SOBRE OS CONCEITOS DA EDUCAÇÃO PR...
ARTIGO- FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO UMA ABORDAGEM SOBRE OS CONCEITOS DA EDUCAÇÃO PR...ARTIGO- FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO UMA ABORDAGEM SOBRE OS CONCEITOS DA EDUCAÇÃO PR...
ARTIGO- FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO UMA ABORDAGEM SOBRE OS CONCEITOS DA EDUCAÇÃO PR...
 
Filosoficando educasv55
Filosoficando educasv55Filosoficando educasv55
Filosoficando educasv55
 
Apostila projeto político pedagógico fak
Apostila projeto político pedagógico   fakApostila projeto político pedagógico   fak
Apostila projeto político pedagógico fak
 

Mais de Elicio Lima

Conceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeConceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeElicio Lima
 
Abordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicasAbordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicasElicio Lima
 
O que é conhecimento?
O que é conhecimento?O que é conhecimento?
O que é conhecimento?Elicio Lima
 
Geografia regional
Geografia regional Geografia regional
Geografia regional Elicio Lima
 
Conceito de projetos
Conceito de projetosConceito de projetos
Conceito de projetosElicio Lima
 
Avaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioAvaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioElicio Lima
 
Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Elicio Lima
 
Formação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoFormação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoElicio Lima
 
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraEducação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraElicio Lima
 
Revolta estrutural
Revolta estruturalRevolta estrutural
Revolta estruturalElicio Lima
 
Mobilização social 2013
Mobilização social 2013Mobilização social 2013
Mobilização social 2013Elicio Lima
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opiniãoElicio Lima
 
Alfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaAlfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaElicio Lima
 
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarPara que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarElicio Lima
 
Entre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganEntre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganElicio Lima
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoElicio Lima
 
Modelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoModelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoElicio Lima
 
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoDiretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoElicio Lima
 
Poder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aulaPoder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aulaElicio Lima
 

Mais de Elicio Lima (20)

Conceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeConceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridade
 
Abordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicasAbordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicas
 
O que é conhecimento?
O que é conhecimento?O que é conhecimento?
O que é conhecimento?
 
Geografia regional
Geografia regional Geografia regional
Geografia regional
 
Conceito de projetos
Conceito de projetosConceito de projetos
Conceito de projetos
 
Avaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioAvaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicio
 
Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?
 
Formação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoFormação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentação
 
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraEducação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
 
Revolta estrutural
Revolta estruturalRevolta estrutural
Revolta estrutural
 
Mobilização social 2013
Mobilização social 2013Mobilização social 2013
Mobilização social 2013
 
Palco da vida
Palco da vidaPalco da vida
Palco da vida
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
Alfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaAlfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologica
 
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarPara que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
 
Entre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganEntre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o slogan
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
 
Modelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoModelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivo
 
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoDiretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
 
Poder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aulaPoder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aula
 

Último

Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxThye Oliver
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 

Último (20)

Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptxDoutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
Doutrina Deus filho e Espírito Santo.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 

TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias

  • 1. UNASP-CentroUniversitárioAdventistadeSãoPaulo-CampusEngenheiroCoelho.Pós-GraduaçãoLato- SensuDocênciaUniversitária. Aula1TendênciasEducacionais. Prof.MsElicioGomesLima.Novembro2014 1. TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias Antes de iniciarmos nossa incursão no terreno das Teorias pedagogias propriamente, é conveniente começarmos levantando e esclarecendo algumas terminologias e conceitos que contribuem para compreendermos os que são Tendências Educacionais como as mesmas influenciam a atuação pedagógica eoposicionamentopolitico-ideológicodocente. 1
  • 2. UNASP - CentroUniversitárioAdventista de São Paulo - Campus EngenheiroCoelho. Pós-Graduação Lato- Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms ElicioGomes Lima. Novembro 2014 2 O que compreender como Tendências: O termo tendência é sinónimo de moda, de estilo, procedimento, maneira de ser, comportamento mutavel, efemero, portanto, vinculado ao tempo e ao uso, marcada por diferentes e determinados contexto e movimentos socio-culturais. Nesse sentido, tratar-se de uma espécie de mecanismo social que regula e influencia os comportamentos e as escolhas (percepção e concepção) dos individuos e de seguimentos da sociedade, tornando-se modelo diretivo e dominante de uma determinda época.
  • 3. UNASP-CentroUniversitárioAdventistadeSãoPaulo-CampusEngenheiroCoelho.Pós-GraduaçãoLato- SensuDocênciaUniversitária. Aula1TendênciasEducacionais. Prof.MsElicioGomesLima.Novembro2014 3 As tendências configuram-se atraves de Correntes politicas-ideologicas, pedagogicas e ao mesmo tempo pela conjuntura social, constituindo um corpo de postulados teorios metodologicos, hipoteses, posicionamento politico- ideologico, conceitos, argumentos e normatização que confluem para a constituição de determinados conhecimentos e para a formação social, e marca época em um dado contexto social, atraves de mecanismos de sustentação que são as forças que as mantêm – leis, normas, persuasão, sanções, valores sociais e os símbolos, determinado posicionamento politico ideologico, assim, Direcionando e norteando as ações dos sujeitos para uma formação e/ou conformação de suas praticas sociais e educacionais instituidas.
  • 4. 4 Nesse sentido, os modelos economicos que regem as políticas públicas influenciam, criam e mantem normas e as praticas educativas. Determinam e influenciam a formação dos sujeitos, tem raiz institucional, atraves das decisões dos poderes publicos que tomam como base as considerações de ordem politica e economica, e as mesmas passam a constar nos documentos oficiais como diretrizes e parametros educacionais nacionais. Assim, a educação oficial passa a proceder em conformidade com os parametros legais, relacionados com fatores contextuais (politicos e economicos) que estabelecem as praticas pedagogicas, principios e valores para embasar as ações da politica de gestão educacional e direcionar os trabalhos dos docentes em sala de aula. Assim, as tendências educacionais transvestem-se em Paradigmas Impostos pelos modelos politico-economicos: tornando uma representação padronizada, ou seja, um padrão a ser seguido na conjuntura das politicas educacionais que instituiem cada nação.
  • 5. UNASP-CentroUniversitárioAdventistadeSãoPaulo-CampusEngenheiroCoelho.Pós-GraduaçãoLato- SensuDocênciaUniversitária. Aula1TendênciasEducacionais. Prof.MsElicioGomesLima.Novembro2014 5 1. HOMEM: Ser afetivo-racional gregario-social, dotado de emoções e de uma inteligência abstrata e linguagem, o que facilita extremamente suas habilidades para ser, aprender e conviver direcionado pelas convenções sociais – processo de humanização pela ação (do outro) social. Adaptação ao padrão de controle social na estruturação das relações humanas. 2. SOCIEDADE: Entidade organicamente constituida por instituições sociais (estruturas sociais) especificas que exercem influência e determina pela força coercitiva e/ou persuasiva, as formações socias e as ações individuais para a manutenção da unidade social. O Estado-Nação tem por finalidade adotar mecanismos de controle social para a manutenção da ordem estabelecida. 3. CULTURA: Em uma dimensão antropologica, podemos considerar como sendo o conjunto das produções humanas expressas pelas manifestações, intectuais, filosoficas cientificas, tecnicas, artisticas, literarias, espirituais, linguagem, ou seja, são ações, comportamentos, atitudes e objetos que envolvem: Valores, crenças, leis, moral, tradições, habitos e costumes etc, produzidos em um processo interativo constitundo assim, a identidade social.
  • 6. UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato- Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014 6 4. MITO: O pensamento mítico é retirado do seu contexto cultural, e, é parte integrante da natureza humana, uma criação do imaginario utilizando simbologia, crenças, cerimônias e rituais no intuito de conhecer de explicar e de aceitar o mundo, a humanidade, fatos da realidade e fenômenos da natureza, são configurações mentais que se sustentam (fundamentam) nas forcas sobrenaturais e na interferencia dos agentes divinos para definir suas certezas dogmaticas (oposto ao pensamento racional). 5. FILOSOFIA: Pensamento fundamentado na razão, reflexão e crítica na busca do conhecimento do mundo e do homem. Questiona com profundidade e rigor metodológico a essência e a natureza do universo, do homem e dos fatos da realidade, julga o valor do conhecimento para dar sentido às experiências vividas. Procurar superar as certezas dogmáticas. 6. EDUCAÇÃO: É o meio, o instrumento, conjunto de ações que possibilitam a transformação do homem e do meio ambiente, para alcançar um determinado fim, ou seja, (in)formar e integrar os individuos a sociedade, adequando-os as funções sociais em seus contextos: econômicos, culturais, políticos e religioso, difundir e transmitir a cultura para a humanização e socialização do homem, na formação da identidade, que o capacita a interagir e operacionalizar na dinamica social como ser politico e moral. (Educação formal X Educação informal). As ações educacionais são influenciadas por fatores dos contextos socio-politico e economicos, global e local, acionadas atraves das politicas públicas que as implementam em seus sistemas e programas educacioais.
  • 7. 7 7. PEDAGOGIA: É toda a metodologia da educação, processo que organiza as estruturas e funcionamento das situações educativas de ensino-aprendizagem, fundamenta (teoricamente) os princípios, os saberes, organiza e sistematiza os meios adequados, faz intervenções na interrelação professor, aluno e escola, define os recursos e materia, bem como os conteudos para o ensino- aprendizado, ou seja, organiza os meios para alcançar os fins objetivizados que buscam a formação do aluno atraves de uma orientação curricular. Em outras palavras, a pedagogia visa à articulação de doutrinas, princípios e métodos de educação e instrução que tendem a um objetivo prático, no apoio a pratica docente e as aprendizagens dos estudantes.
  • 8. UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato- Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014 8 8. CURRÍCULO: É dirigido por um determinado contexto político, cientifico, filosofico e cultural, sua função perpassa a transmissão dos conhecimentos considerados válidos, as formas pedagogicas e os programas de atividades planejadas, devidamente sequencializada, ordenação metodologica, seleção e avaliação de conteudos e expectativas de aprendizagens como tarefas e habilidades a serem dominadas pelos alunos na instituição escolar. Os são a expressão do equilibrio de interesses e forças que gravitam sobre o sistema educativo num dado memento, enquanto atraves deles se realizam os fins da educação no ensino esolarizado. A escola em geral, ou um determinado nível educativo ou tipo de instituição, sob qualquer modelo de educação, adota uma posição e uma orientação seletiva frente à cultua, que se concretiza, precisamentoe, no curriculo que transmite.
  • 9. UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato- Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014 9 9. IDEAL PEDAGÓGICO: Ideal Pedagógico – Ação politica mobilizadora, politicas públicas de metas a alcançar a realizar, objetivando a implantação e disseminação de um conjunto de valores intelectuais, morais, estéticos, políticos, econômicos e tecnológicos, considerados como um fim que se pretende atingir para formação do homem ideal que atenda os interesses da sociedade – Esse processo institui-se por agentes indutores e formadores das mentalidades sociais na ocupação dos principais postos da burocracia educacional e pela criação de órgãos para divulgação de tais ideais para legitimação e adequação social. Busca-se estabelecer um Paradigma educacional.
  • 10. UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato- Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014 10 3). VERTENTES FILOSOFICAS DAS CORRENTES PEDAGOGICAS: Filosofia não se caracteriza por um conteudo especifico, mas ela é fundamentalmente uma atitude que o homem toma perante uma realidade. Tratando-se da dimensão filosofica na educação, ela refere-se à orientação, aos princípios, normas e padrões, ou seja, as orientações que o meio impõe. Estrutura-se então uma orientação, principios são estabelecidos, ojetivos definidos rumo à ação – opções ideologicas. (aprofundar adiante). Nesse sentido, Apresentar uma concepção histórica sobre a educação (antropologica e filosófica) nos faz pensar de imediato em uma linha do tempo, em que a história vai se construindo em um processo de evolução da propria metalidade da natureza humana:
  • 11. 11 -EDUCAÇÃO DOS POVOS PRIMITIVOS – mito PEDAGOGIA arcaica: - PEDAGOGIA CLASSICA – Época Grega – educação integral – intelectual – pressupostos lógicos - PEDAGOGIA TRADICIONAL – Escolastica idade média (fé e razão) - PEDAGOGIA NOVA – Novas praticas pedagogicas – Comênios, Rousseau, Dewey. UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato- Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014
  • 12. 12 A importância em apresentar essas subclassificações possíveis é para enfatizar que a discussão que seguiremos nesse curso sobre tendencias pedagogicas será conduzida em função da especificidade das ciências humanas e das ciencias sociais, ou seja, a natureza destas interações, caracterizando o processo educacional como movimentos históricos em seus contextos socio-filosoficos que influenciaram as correntes pedagogicas, sobre a natureza dos sistemas sociais e formação das sociedades desejáveis. Em outras palavras tendo como parâmetro para esse curso, a relação entre os indivíduos e as instituições sociais, (estruturas e conjunturas sociais) compreendendo que a sociedade é construída pelos indivíduos e que os indivíduos são moldados pelas sociedades. UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato- Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014
  • 13. 13 (4). GRUPOS DE TRABALHO: Pesquise e faça um esboço para compreender as fundamentações teoricas, considerando o contexto sociocultural e politico, típico dessas linhas de pensamentos. Concepções, caracteristicas e posicionamentos dos movimentos filosoficos que influenciaram as correntes pedagogicas: Esboço material de avaliação. GT1. Empirismo - O conhecimento constitui-se a partir da Observação e da experiência sensorial. GT2. Racionalismo - O conhecimento constitui-se a partir das proposições abstração do pensamento logico. GT3. Cientificismo - ciência como fonte de explicação tudo é matéria. – comte GT4. Democracia - Doutrina ou regime político baseado nos princípios da soberania popular e da distribuição eqüitativa do poder. UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato- Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014
  • 14. 14 UNASP - Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus Engenheiro Coelho. Pós-Graduação Lato- Sensu Docência Universitária. Aula 1 Tendências Educacionais. Prof.Ms Elicio Gomes Lima. Novembro 2014