SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
PODER E DESVELO NA SALA DE AULA

AND CARING POWER IN THE CLASSROOM
Y CUIDADO PODER EN EL AULA


Resumo:
A mediação do relacionamento em professora e alunos o autor em questão, chama de relacionamento de desvelo,
caracterizado com recíproco e desigual, mas que beneficia ambas as partes de forma diferente e controla o que
não é bom e os comportamentos desajustados. Nesse relacionamento, o autor vê a professora agir com
autoridade moral para impor comportamentos socialmente aceitáveis, através do seu desejo de assumir
responsabilidade e compromisso pelo processo de aprendizagem dos alunos, com base num poder socialmente
construído e socialmente legitimado – poder e autoridade para fazer com que sua classe funcionasse.
Palavras- chave: autoridade, moral, ética, relação professor versus alunos.

                                                                                             *Elicio Gomes Lima

Summary: The mediation of teacher and student relationship in the author in question, called the relationship of
care, reciprocal and featured with uneven, but that benefits both parties differently and do not control what is
good and maladaptive behaviors. In this relationship, the author sees the teacher to act with moral authority to
impose socially acceptable behaviors, through its desire to take responsibility and commitment to the process of
learning, based on a power socially constructed and socially legitimate - power and authority to make your class
work. Keywords: authority, morality, ethics, relationship between teacher versus student.

Resumen: La mediación del maestro y la relación de los estudiantes en el autor en cuestión, llamó a la relación
de la atención, recíproca y contó con el uniforme, pero que beneficia a ambas partes de manera diferente y no
controlamos lo que es el buen comportamiento y una mala adaptación. En esta relación, el autor considera que el
profesor actúe con autoridad moral para imponer conductas socialmente aceptables, a través de su deseo de
asumir la responsabilidad y el compromiso con el proceso de aprendizaje, basado en un poder socialmente
construido y legitimidad social - el poder y autoridad para tomar la clase de trabajo. Palabras clave: autoridad, la
moral, la ética, la relación entre el profesor frente al alumno.

Resenha analítica: Texto: Geore W. Nobi, da Univesity of north Carolina at chapel Hill.
Tradução: Belmira Oliveira Bueno, da Faculdade de Educação da USP.




                         *Mestre em Educação pela UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas/SP.
                         Professor convidado do UNASP-EC – Centro Universitário Adventista de São
                         Paulo e docente efetivo da rede pública Estadual e Municipal de São Paulo. Contato:
                         elicio.lima@bol.com.br.




                                              São Paulo junho 2012
1. PODER E DESVELO NA SALA DE AULA


Introdução:



       O texto, cuja tradução está sendo apresentado na revista da Faculdade de Educação da
USP, traz o relato de um estudo etnográfico realizado em uma sala de aula de uma escola
elementar nos Estados Unidos.
       A tradutora chama a atenção dos leitores para a forma da escrita, um relato, um auto-
testesmunho que o autor faz de sua pesquisa e da desconstrução de suas idéias no que se trata
da relação de poder na sala de aula. Além disso, a tradutora destaca o envolvimento afetivo e
emocional do pesquisador com seu objeto de estudo. Neste sentido, o texto define desvelo
como uma relação de ‘reciprocidade desigual’, construída pelo afeto, pelo amor, pela
responsabilidade, e acima de tudo pelo uso “ético do poder’, que se converte à autoridade
moral do professor como mediador do conhecimento.
       É nesse conjunto de conceito, que o autor vê o poder (autoridade moral) que uma
professora tem para estabelecer e manter a ordem na sala de aula – estilo centrado no ensino
de Pam que é a professora.
       O autor de texto no título, “A lição está no aprendiz” apresenta sua concepção de
poder antes do aprofundamento de sua pesquisa: “ o poder, e a invariável ligação que dele
faço com a opressão, tem sido o assunto sobre o qual tenho pensado, ensinado, pesquisado e
escrito durante toda minha carreira”, e a partir daí ele descreve sua visão e sua base de
fundamentação, articulando com a concepção de Michel Foucault.
       Portanto, essa visão do autor vai sendo desconstruida, através de sua leitura do
trabalho em sala de aula da professora Pam, onde sua metodologia explora uma ética baseada
no desvelo e o poder é usado a serviço moral dos outros. Assim, o poder é utilizado para
confirmar e não para negar o outro, sustenta e promove o outro como sujeito.
       A mediação do relacionamento em professora e alunos o autor em questão, chama de
relacionamento de desvelo, caracterizado com recíproco e desigual, mas que beneficia ambas
as partes de forma diferente e controla o que não é bom e os comportamentos desajustados.
Nesse relacionamento, o autor vê a professora agir com autoridade moral para impor
comportamentos socialmente aceitáveis, através do seu desejo de assumir responsabilidade e
compromisso pelo processo de aprendizagem dos alunos, com base num poder socialmente
construído e socialmente regitimado – poder e autoridade para fazer com que sua classe
funcionasse.
       Em relação a disciplina na classe, o autor diz que não era problema os alunos aceitam
simplesmente, comportavam-se e faziam suas tarefas, as crianças sabiam o que se esperavam
delas. Para manter a disciplina a professora Pam, segundo o texto usa varias formas –
estratégias, ela (Pam) estabelecia programas para aprender e ensinar conduzindo as crianças
as respostas certas.
       George W. Nopblit, classifica o trabalho de Pam como mais centrado no professor que
no aluno e que a sala funcionava muito bem, em termos de estabelecer relacionamento de
solidariedade e centrado no coletivo. Junto a isso, ele destaca o carisma de Pam, as palavras
de incentivos aos alunos, o estimulo, a participação e o seu bom humor na sala de aula, alem,
é claro dos rituais de rotina diária, ou seja, os mecanismos metodológicos para aprendizagem.
       George W. Nopblit, toma o trabalho da professora Pam como paradigma de autoridade
moral, para a construção de continuidade, moralidade, autoridade e desvelo, desconstruindo
toda sua visão anterior de relação de poder na sala de aula baseado na relação de opressor e
oprimido, na supremacia, na dominância e na imposição de valores do mais forte sobre o mais
fraco. E por fim, para ele depois da conclusão de sua pesquisa o desvelo é uma relação
recíproca e desigual que beneficia a cada parte de forma deferente, e o poder é usado para
construir o desvelo, poder esse caracterizado como autoridade moral.
REFERENCIAS BIBLIOGRÁFIAS




BENJAMIN, Walter. Infância em Berlim por Volta de 1900. Obras escolhidas II. Rua de Mão única. 2.º
ed. São Paulo. , pp 73-142. Brasiliense, 1985.


FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. 30.º ed. São Paulo, Cortez, 1995FREIRE, Paulo. Pedagogia
do Oprimido. 12.º ed. Rio de Janeiro. Paz e Terra, 1983.

LIMA, Elicio Gomes. Reflexões Didáticas. São Paulo. Mimeo, 2000.

LIMA, Elicio Gomes. Breve Excurso em Thompson e Walter Benjamin. São Paulo. Mimeo.
2001.

LIMA. Elicio Gomes. Iconografia no livro didático de história: leitura e percepções de alunos do ensino
fundamental. – Pará de Minas, MG: Virtual Books, 2012. http://pt.scribd.com/doc/94199339

LIMA. Elicio Gomes. Pesquisa sobre o livro didático de história: uma introdução ao tema. – Pará de
Minas, MG: Virtual Books, 2011. http://pt.scribd.com/doc/94196969

LIMA. Elicio Gomes. Para compreender o livro didático através da história da escrita e do livro.. –
Pará de Minas, MG: Virtual Books, 2012. http://pt.scribd.com/doc/94198335

LIMA. Elicio Gomes. Gestão             Escolar:     Desafios     da   organização   e   gestão   escolar.
http://pt.scribd.com/doc/94971143

LIMA. Elicio Gomes. Para compreender o livro didático como objeto de pesquisa. Educação e Fronteiras
On-Line, Vol. 2, No 4 (2012).
http://www.periodicos.ufgd.edu.br/index.php/educação/article/view/1563

LIMA, Paulo Gomes. Formação de professores: por uma ressignificação do trabalho- Dourados, MS:
Editora da UFGD, 2010.

RIOS, Terezinha Azeredo. Ética e competência. 10.º ed. São Paulo, 2001.

THOMPSON, E. P. A miséria da teoria. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1981.

VIGOTSKI, Lev Semenovich. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos
superior. 6ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000.



                                       São Paulo junho de 2012

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Educação centrada no aluno segundo teoria de carl rogers
Educação centrada no aluno segundo teoria de carl rogersEducação centrada no aluno segundo teoria de carl rogers
Educação centrada no aluno segundo teoria de carl rogersAndré Siqueira
 
Dia da família na escola
Dia da família na escolaDia da família na escola
Dia da família na escolaEmef Madalena
 
Exploração do trabalho infantil
Exploração do trabalho infantilExploração do trabalho infantil
Exploração do trabalho infantilEliana Graça
 
Familia_Escola
Familia_EscolaFamilia_Escola
Familia_Escolasimpala
 
Violência simbólica e lutas políticas
Violência simbólica e lutas políticasViolência simbólica e lutas políticas
Violência simbólica e lutas políticasArare Carvalho Júnior
 
Relações interpessoais e diferenças individuais
Relações interpessoais e diferenças individuaisRelações interpessoais e diferenças individuais
Relações interpessoais e diferenças individuaisAdilson P Motta Motta
 
Abordagem Humanista
Abordagem HumanistaAbordagem Humanista
Abordagem HumanistaInes Santos
 
Violência Escolar
Violência EscolarViolência Escolar
Violência Escolarannokax
 
Violencia contra criança e adolescente
Violencia contra criança e adolescenteViolencia contra criança e adolescente
Violencia contra criança e adolescentetlvp
 
Grupo E Seus FenôMenos ContribuiçãO Da Psicologia
Grupo E Seus FenôMenos  ContribuiçãO Da PsicologiaGrupo E Seus FenôMenos  ContribuiçãO Da Psicologia
Grupo E Seus FenôMenos ContribuiçãO Da PsicologiaSilvia Marina Anaruma
 
Questão Social - Causas da Violência na Escola
Questão Social - Causas da Violência na EscolaQuestão Social - Causas da Violência na Escola
Questão Social - Causas da Violência na EscolaCarol Alves
 
A face oculta da escola de Mariano F. Enguita
A face oculta da escola de Mariano F. EnguitaA face oculta da escola de Mariano F. Enguita
A face oculta da escola de Mariano F. EnguitaSilvia Cota
 

Mais procurados (20)

Educação centrada no aluno segundo teoria de carl rogers
Educação centrada no aluno segundo teoria de carl rogersEducação centrada no aluno segundo teoria de carl rogers
Educação centrada no aluno segundo teoria de carl rogers
 
Teoria Humanista
Teoria HumanistaTeoria Humanista
Teoria Humanista
 
Dia da família na escola
Dia da família na escolaDia da família na escola
Dia da família na escola
 
Exploração do trabalho infantil
Exploração do trabalho infantilExploração do trabalho infantil
Exploração do trabalho infantil
 
Sistêmica
SistêmicaSistêmica
Sistêmica
 
Familia_Escola
Familia_EscolaFamilia_Escola
Familia_Escola
 
Violência simbólica e lutas políticas
Violência simbólica e lutas políticasViolência simbólica e lutas políticas
Violência simbólica e lutas políticas
 
Relações interpessoais e diferenças individuais
Relações interpessoais e diferenças individuaisRelações interpessoais e diferenças individuais
Relações interpessoais e diferenças individuais
 
Behaviorismo
BehaviorismoBehaviorismo
Behaviorismo
 
Abordagem Humanista
Abordagem HumanistaAbordagem Humanista
Abordagem Humanista
 
Violência Escolar
Violência EscolarViolência Escolar
Violência Escolar
 
Trabalho Infantil
Trabalho InfantilTrabalho Infantil
Trabalho Infantil
 
Violencia contra criança e adolescente
Violencia contra criança e adolescenteViolencia contra criança e adolescente
Violencia contra criança e adolescente
 
Grupo E Seus FenôMenos ContribuiçãO Da Psicologia
Grupo E Seus FenôMenos  ContribuiçãO Da PsicologiaGrupo E Seus FenôMenos  ContribuiçãO Da Psicologia
Grupo E Seus FenôMenos ContribuiçãO Da Psicologia
 
Questão Social - Causas da Violência na Escola
Questão Social - Causas da Violência na EscolaQuestão Social - Causas da Violência na Escola
Questão Social - Causas da Violência na Escola
 
Motivacao
MotivacaoMotivacao
Motivacao
 
A face oculta da escola de Mariano F. Enguita
A face oculta da escola de Mariano F. EnguitaA face oculta da escola de Mariano F. Enguita
A face oculta da escola de Mariano F. Enguita
 
Carl Rogers
Carl RogersCarl Rogers
Carl Rogers
 
Piaget, vygotsky e wallon – tripé teórico da educação
Piaget, vygotsky e wallon – tripé teórico da educaçãoPiaget, vygotsky e wallon – tripé teórico da educação
Piaget, vygotsky e wallon – tripé teórico da educação
 
Autoestima - Prof. Dra. Beatriz Acampora
Autoestima - Prof. Dra. Beatriz AcamporaAutoestima - Prof. Dra. Beatriz Acampora
Autoestima - Prof. Dra. Beatriz Acampora
 

Destaque (20)

3
33
3
 
textak
textaktextak
textak
 
logo
logologo
logo
 
Stripes
StripesStripes
Stripes
 
Modelo De Phising
Modelo De PhisingModelo De Phising
Modelo De Phising
 
comingsoon site
comingsoon sitecomingsoon site
comingsoon site
 
1 Slide
1 Slide1 Slide
1 Slide
 
CV - as of 31 May 2015
CV - as of 31 May 2015CV - as of 31 May 2015
CV - as of 31 May 2015
 
Mtria
MtriaMtria
Mtria
 
Prom
PromProm
Prom
 
Design Samples
Design SamplesDesign Samples
Design Samples
 
Noções de cartografia
Noções de cartografiaNoções de cartografia
Noções de cartografia
 
power point
power pointpower point
power point
 
Word aula 14
Word aula 14Word aula 14
Word aula 14
 
Target audience
Target audienceTarget audience
Target audience
 
y
yy
y
 
Nbr 05029 1982 - tubo de cobre e suas ligas sem costura para condensadores ...
Nbr 05029   1982 - tubo de cobre e suas ligas sem costura para condensadores ...Nbr 05029   1982 - tubo de cobre e suas ligas sem costura para condensadores ...
Nbr 05029 1982 - tubo de cobre e suas ligas sem costura para condensadores ...
 
Bodie Scollection
Bodie ScollectionBodie Scollection
Bodie Scollection
 
Videoooo
VideooooVideoooo
Videoooo
 
My Picture
My PictureMy Picture
My Picture
 

Semelhante a Poder e desvelo na sala de aula

A importância da afetividade entre aluno e professor
A importância da afetividade entre aluno e professorA importância da afetividade entre aluno e professor
A importância da afetividade entre aluno e professorchristianceapcursos
 
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmannIvanylde Santos
 
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/ParforTrabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/ParforLúcia Maia
 
INDISCIPLINA ESCOLAR NO CONTEXTO FAMILIAR
INDISCIPLINA ESCOLAR NO CONTEXTO FAMILIARINDISCIPLINA ESCOLAR NO CONTEXTO FAMILIAR
INDISCIPLINA ESCOLAR NO CONTEXTO FAMILIARchristianceapcursos
 
Slide lara relação família escola
Slide lara relação família escolaSlide lara relação família escola
Slide lara relação família escolaRosana Leite
 
Afetividade uma opcao para a educacao
Afetividade uma opcao para a educacaoAfetividade uma opcao para a educacao
Afetividade uma opcao para a educacaoDaniele Occaso
 
Interação entre professora e alunos em salas de aula com proposta pedagógica ...
Interação entre professora e alunos em salas de aula com proposta pedagógica ...Interação entre professora e alunos em salas de aula com proposta pedagógica ...
Interação entre professora e alunos em salas de aula com proposta pedagógica ...Temas para TCC
 
Artigo sobre alfabetização maravilhoso
Artigo sobre alfabetização maravilhosoArtigo sobre alfabetização maravilhoso
Artigo sobre alfabetização maravilhosoSheila Santos
 
Tendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e lucianaTendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e lucianaKatia Teixeira
 
Tendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e lucianaTendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e lucianaLuciana Boareto
 
Tendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e lucianaTendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e lucianaLuciana Boareto
 
RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNOS NO INÍCIO DA DOCÊNCIA DE UMA JOVEM PROFESSORA UNIVE...
RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNOS NO INÍCIO DA DOCÊNCIA DE UMA JOVEM PROFESSORA UNIVE...RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNOS NO INÍCIO DA DOCÊNCIA DE UMA JOVEM PROFESSORA UNIVE...
RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNOS NO INÍCIO DA DOCÊNCIA DE UMA JOVEM PROFESSORA UNIVE...ProfessorPrincipiante
 
Integração lar escola compromisso da escola e compromisso da familia na educa...
Integração lar escola compromisso da escola e compromisso da familia na educa...Integração lar escola compromisso da escola e compromisso da familia na educa...
Integração lar escola compromisso da escola e compromisso da familia na educa...Elicio Lima
 

Semelhante a Poder e desvelo na sala de aula (20)

A importância da afetividade entre aluno e professor
A importância da afetividade entre aluno e professorA importância da afetividade entre aluno e professor
A importância da afetividade entre aluno e professor
 
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
resumo-de-avaliação-mediadora-jussara-hoffmann
 
Curso didática geral em um arqujivo unesp
Curso didática geral em um arqujivo   unespCurso didática geral em um arqujivo   unesp
Curso didática geral em um arqujivo unesp
 
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/ParforTrabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
Trabalho de Conclusão do Curso de Pedagogia- Ufopa/Parfor
 
INDISCIPLINA ESCOLAR NO CONTEXTO FAMILIAR
INDISCIPLINA ESCOLAR NO CONTEXTO FAMILIARINDISCIPLINA ESCOLAR NO CONTEXTO FAMILIAR
INDISCIPLINA ESCOLAR NO CONTEXTO FAMILIAR
 
Slide lara relação família escola
Slide lara relação família escolaSlide lara relação família escola
Slide lara relação família escola
 
Afetividade uma opcao para a educacao
Afetividade uma opcao para a educacaoAfetividade uma opcao para a educacao
Afetividade uma opcao para a educacao
 
Projeto Monitores
Projeto MonitoresProjeto Monitores
Projeto Monitores
 
Interação entre professora e alunos em salas de aula com proposta pedagógica ...
Interação entre professora e alunos em salas de aula com proposta pedagógica ...Interação entre professora e alunos em salas de aula com proposta pedagógica ...
Interação entre professora e alunos em salas de aula com proposta pedagógica ...
 
A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social
 
A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social
 
A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social A+pedagogia+critico+social
A+pedagogia+critico+social
 
Nilva
NilvaNilva
Nilva
 
Artigo sobre alfabetização maravilhoso
Artigo sobre alfabetização maravilhosoArtigo sobre alfabetização maravilhoso
Artigo sobre alfabetização maravilhoso
 
Tendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e lucianaTendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e luciana
 
Tendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e lucianaTendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e luciana
 
Tendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e lucianaTendencias pedagogicas katia e luciana
Tendencias pedagogicas katia e luciana
 
Didática
DidáticaDidática
Didática
 
RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNOS NO INÍCIO DA DOCÊNCIA DE UMA JOVEM PROFESSORA UNIVE...
RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNOS NO INÍCIO DA DOCÊNCIA DE UMA JOVEM PROFESSORA UNIVE...RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNOS NO INÍCIO DA DOCÊNCIA DE UMA JOVEM PROFESSORA UNIVE...
RELAÇÕES PROFESSOR-ALUNOS NO INÍCIO DA DOCÊNCIA DE UMA JOVEM PROFESSORA UNIVE...
 
Integração lar escola compromisso da escola e compromisso da familia na educa...
Integração lar escola compromisso da escola e compromisso da familia na educa...Integração lar escola compromisso da escola e compromisso da familia na educa...
Integração lar escola compromisso da escola e compromisso da familia na educa...
 

Mais de Elicio Lima

Conceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeConceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeElicio Lima
 
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionaisElicio Lima
 
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e TerminologiasTENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e TerminologiasElicio Lima
 
Abordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicasAbordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicasElicio Lima
 
O que é conhecimento?
O que é conhecimento?O que é conhecimento?
O que é conhecimento?Elicio Lima
 
Geografia regional
Geografia regional Geografia regional
Geografia regional Elicio Lima
 
Conceito de projetos
Conceito de projetosConceito de projetos
Conceito de projetosElicio Lima
 
Avaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioAvaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioElicio Lima
 
Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Elicio Lima
 
Formação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoFormação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoElicio Lima
 
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraEducação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraElicio Lima
 
Revolta estrutural
Revolta estruturalRevolta estrutural
Revolta estruturalElicio Lima
 
Mobilização social 2013
Mobilização social 2013Mobilização social 2013
Mobilização social 2013Elicio Lima
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opiniãoElicio Lima
 
Alfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaAlfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaElicio Lima
 
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarPara que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarElicio Lima
 
Entre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganEntre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganElicio Lima
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoElicio Lima
 
Modelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoModelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoElicio Lima
 

Mais de Elicio Lima (20)

Conceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeConceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridade
 
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e TerminologiasTENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
 
Abordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicasAbordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicas
 
O que é conhecimento?
O que é conhecimento?O que é conhecimento?
O que é conhecimento?
 
Geografia regional
Geografia regional Geografia regional
Geografia regional
 
Conceito de projetos
Conceito de projetosConceito de projetos
Conceito de projetos
 
Avaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioAvaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicio
 
Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?
 
Formação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoFormação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentação
 
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraEducação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
 
Revolta estrutural
Revolta estruturalRevolta estrutural
Revolta estrutural
 
Mobilização social 2013
Mobilização social 2013Mobilização social 2013
Mobilização social 2013
 
Palco da vida
Palco da vidaPalco da vida
Palco da vida
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
Alfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaAlfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologica
 
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarPara que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
 
Entre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganEntre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o slogan
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
 
Modelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoModelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivo
 

Último

Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 

Poder e desvelo na sala de aula

  • 1. PODER E DESVELO NA SALA DE AULA AND CARING POWER IN THE CLASSROOM Y CUIDADO PODER EN EL AULA Resumo: A mediação do relacionamento em professora e alunos o autor em questão, chama de relacionamento de desvelo, caracterizado com recíproco e desigual, mas que beneficia ambas as partes de forma diferente e controla o que não é bom e os comportamentos desajustados. Nesse relacionamento, o autor vê a professora agir com autoridade moral para impor comportamentos socialmente aceitáveis, através do seu desejo de assumir responsabilidade e compromisso pelo processo de aprendizagem dos alunos, com base num poder socialmente construído e socialmente legitimado – poder e autoridade para fazer com que sua classe funcionasse. Palavras- chave: autoridade, moral, ética, relação professor versus alunos. *Elicio Gomes Lima Summary: The mediation of teacher and student relationship in the author in question, called the relationship of care, reciprocal and featured with uneven, but that benefits both parties differently and do not control what is good and maladaptive behaviors. In this relationship, the author sees the teacher to act with moral authority to impose socially acceptable behaviors, through its desire to take responsibility and commitment to the process of learning, based on a power socially constructed and socially legitimate - power and authority to make your class work. Keywords: authority, morality, ethics, relationship between teacher versus student. Resumen: La mediación del maestro y la relación de los estudiantes en el autor en cuestión, llamó a la relación de la atención, recíproca y contó con el uniforme, pero que beneficia a ambas partes de manera diferente y no controlamos lo que es el buen comportamiento y una mala adaptación. En esta relación, el autor considera que el profesor actúe con autoridad moral para imponer conductas socialmente aceptables, a través de su deseo de asumir la responsabilidad y el compromiso con el proceso de aprendizaje, basado en un poder socialmente construido y legitimidad social - el poder y autoridad para tomar la clase de trabajo. Palabras clave: autoridad, la moral, la ética, la relación entre el profesor frente al alumno. Resenha analítica: Texto: Geore W. Nobi, da Univesity of north Carolina at chapel Hill. Tradução: Belmira Oliveira Bueno, da Faculdade de Educação da USP. *Mestre em Educação pela UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas/SP. Professor convidado do UNASP-EC – Centro Universitário Adventista de São Paulo e docente efetivo da rede pública Estadual e Municipal de São Paulo. Contato: elicio.lima@bol.com.br. São Paulo junho 2012
  • 2. 1. PODER E DESVELO NA SALA DE AULA Introdução: O texto, cuja tradução está sendo apresentado na revista da Faculdade de Educação da USP, traz o relato de um estudo etnográfico realizado em uma sala de aula de uma escola elementar nos Estados Unidos. A tradutora chama a atenção dos leitores para a forma da escrita, um relato, um auto- testesmunho que o autor faz de sua pesquisa e da desconstrução de suas idéias no que se trata da relação de poder na sala de aula. Além disso, a tradutora destaca o envolvimento afetivo e emocional do pesquisador com seu objeto de estudo. Neste sentido, o texto define desvelo como uma relação de ‘reciprocidade desigual’, construída pelo afeto, pelo amor, pela responsabilidade, e acima de tudo pelo uso “ético do poder’, que se converte à autoridade moral do professor como mediador do conhecimento. É nesse conjunto de conceito, que o autor vê o poder (autoridade moral) que uma professora tem para estabelecer e manter a ordem na sala de aula – estilo centrado no ensino de Pam que é a professora. O autor de texto no título, “A lição está no aprendiz” apresenta sua concepção de poder antes do aprofundamento de sua pesquisa: “ o poder, e a invariável ligação que dele faço com a opressão, tem sido o assunto sobre o qual tenho pensado, ensinado, pesquisado e escrito durante toda minha carreira”, e a partir daí ele descreve sua visão e sua base de fundamentação, articulando com a concepção de Michel Foucault. Portanto, essa visão do autor vai sendo desconstruida, através de sua leitura do trabalho em sala de aula da professora Pam, onde sua metodologia explora uma ética baseada no desvelo e o poder é usado a serviço moral dos outros. Assim, o poder é utilizado para confirmar e não para negar o outro, sustenta e promove o outro como sujeito. A mediação do relacionamento em professora e alunos o autor em questão, chama de relacionamento de desvelo, caracterizado com recíproco e desigual, mas que beneficia ambas as partes de forma diferente e controla o que não é bom e os comportamentos desajustados. Nesse relacionamento, o autor vê a professora agir com autoridade moral para impor comportamentos socialmente aceitáveis, através do seu desejo de assumir responsabilidade e compromisso pelo processo de aprendizagem dos alunos, com base num poder socialmente
  • 3. construído e socialmente regitimado – poder e autoridade para fazer com que sua classe funcionasse. Em relação a disciplina na classe, o autor diz que não era problema os alunos aceitam simplesmente, comportavam-se e faziam suas tarefas, as crianças sabiam o que se esperavam delas. Para manter a disciplina a professora Pam, segundo o texto usa varias formas – estratégias, ela (Pam) estabelecia programas para aprender e ensinar conduzindo as crianças as respostas certas. George W. Nopblit, classifica o trabalho de Pam como mais centrado no professor que no aluno e que a sala funcionava muito bem, em termos de estabelecer relacionamento de solidariedade e centrado no coletivo. Junto a isso, ele destaca o carisma de Pam, as palavras de incentivos aos alunos, o estimulo, a participação e o seu bom humor na sala de aula, alem, é claro dos rituais de rotina diária, ou seja, os mecanismos metodológicos para aprendizagem. George W. Nopblit, toma o trabalho da professora Pam como paradigma de autoridade moral, para a construção de continuidade, moralidade, autoridade e desvelo, desconstruindo toda sua visão anterior de relação de poder na sala de aula baseado na relação de opressor e oprimido, na supremacia, na dominância e na imposição de valores do mais forte sobre o mais fraco. E por fim, para ele depois da conclusão de sua pesquisa o desvelo é uma relação recíproca e desigual que beneficia a cada parte de forma deferente, e o poder é usado para construir o desvelo, poder esse caracterizado como autoridade moral.
  • 4. REFERENCIAS BIBLIOGRÁFIAS BENJAMIN, Walter. Infância em Berlim por Volta de 1900. Obras escolhidas II. Rua de Mão única. 2.º ed. São Paulo. , pp 73-142. Brasiliense, 1985. FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. 30.º ed. São Paulo, Cortez, 1995FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 12.º ed. Rio de Janeiro. Paz e Terra, 1983. LIMA, Elicio Gomes. Reflexões Didáticas. São Paulo. Mimeo, 2000. LIMA, Elicio Gomes. Breve Excurso em Thompson e Walter Benjamin. São Paulo. Mimeo. 2001. LIMA. Elicio Gomes. Iconografia no livro didático de história: leitura e percepções de alunos do ensino fundamental. – Pará de Minas, MG: Virtual Books, 2012. http://pt.scribd.com/doc/94199339 LIMA. Elicio Gomes. Pesquisa sobre o livro didático de história: uma introdução ao tema. – Pará de Minas, MG: Virtual Books, 2011. http://pt.scribd.com/doc/94196969 LIMA. Elicio Gomes. Para compreender o livro didático através da história da escrita e do livro.. – Pará de Minas, MG: Virtual Books, 2012. http://pt.scribd.com/doc/94198335 LIMA. Elicio Gomes. Gestão Escolar: Desafios da organização e gestão escolar. http://pt.scribd.com/doc/94971143 LIMA. Elicio Gomes. Para compreender o livro didático como objeto de pesquisa. Educação e Fronteiras On-Line, Vol. 2, No 4 (2012). http://www.periodicos.ufgd.edu.br/index.php/educação/article/view/1563 LIMA, Paulo Gomes. Formação de professores: por uma ressignificação do trabalho- Dourados, MS: Editora da UFGD, 2010. RIOS, Terezinha Azeredo. Ética e competência. 10.º ed. São Paulo, 2001. THOMPSON, E. P. A miséria da teoria. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1981. VIGOTSKI, Lev Semenovich. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superior. 6ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000. São Paulo junho de 2012