SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
1 Elaborado em vinte e um de Junho de 2013. Artigos de autoria do Professor Mestre em Educação pela
Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP. Elicio Gomes Lima. Atualmente é Pesquisador do
GEPLAGE - Grupo de Estudos e Pesquisas Estado, Políticas, Planejamento, Avaliação e Gestão da
Educação da UFSCAR - Sorocaba.
MOBILIZAÇÃO SOCIAL: CONTEXTO HISTORICO DO BRASIL¹
Contexto histórico social do Brasil, 20 de junho de 2013. Nas principais cidades brasileiras,
milhares de pessoas foram às ruas para protestar por diferentes motivos. Os meios de
comunicação divulgaram que no total, mais de um milhão de pessoas participaram das
manifestações.
A história não se repete de forma idêntica, ela se produz na dinâmica da conjuntura sócio-
historica materializada em um processo ideológico e politico discursivo que atravessam o corpo
social desagregando e destituindo valores e representações anteriormente construídas que não
representam mais a construção do social pulsante. Dessa forma, por meio das lutas, das
alianças e das guerras, que a humanidade foi construindo e organizando-se politicamente em
sociedade que se materializa naquilo que se denomina Estado de Direito.
Nesse sentido, são imprescindíveis as Instituições para o funcionamento equilibrado da
sociedade e, por conseguinte, estas se devem coloca-se aos serviços dos interesses sociais,
com um escopo de regras e normas, para a ordenação das interações entre os indivíduos e
entre estes e suas respectivas formas organizacionais. As instituições sociais tem seu papel
fundamental no processo de socialização e cidadania. Há um grande desencanto da sociedade
com os políticos, mas não com a politica, portanto, os movimentos sociais devem ser
compreendidos como uma política de participação dos cidadãos na vida pública, no governo e
na sociedade.
O povo brasileiro clama por uma sociedade mais igualitária com distribuição de renda
mais justa, com serviços públicos como a educação, a saúde, o transporte, e a
segurança dentres outros, que sejam de qualidade, em que a corrupção seja tratada
como um crime hediondo e que seus atores sejam severamente punidos e banidos do
cenário politico brasileiros.
A mobilização social nesse momento e nesse contexto da historia do Brasil representa
um deslocamento da ordem do político-institucional, esse deslocamento pode ser
entendido de forma significativa que os políticos já não são vistos como
representantes legítimos do povo, ou seja, já não são reconhecidos como porta-vozes
legítimos da cidadania. A mobilização social é uma pratica política pela qual o povo se
constitui simultaneamente como seu próprio representante e porta-voz de suas
insatisfações com a ordem do político, do jurídico, do econômico e até mesmo do
ordenamento das representações culturais.
O que está em jogo é a representação da legitimidade dos partidos políticos e dos
políticos que são gestores do Estado e porta-voz do povo e da sociedade, isso traduz
em que seus atos e suas palavras (discursos políticos-ideológicos) não coincidem com
a vontade e nem com a necessidade da sociedade. É hora de uma reformulação na
forma de pensar e fazer politica com olhar atendo para a sociedade e suas
representações, suas mensagens de ordem anunciativas que podem evitar conflitos
não só ideológicos desnecessários, mais conflitos físicos motivados pelo uso
necessário da força de coerção do ESTADO e que desemboca em muitos casos em
desordem social e destruição do equilíbrio e da estabilidade da nação.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2º ano abordagens para introdução
2º ano abordagens para introdução2º ano abordagens para introdução
2º ano abordagens para introduçãoFabio Cruz
 
2º ano abordagens para introdução
2º ano abordagens para introdução2º ano abordagens para introdução
2º ano abordagens para introduçãoFabio Cruz
 
Diversidade Cultural Desigualdades Sociais
Diversidade Cultural Desigualdades SociaisDiversidade Cultural Desigualdades Sociais
Diversidade Cultural Desigualdades Sociaisculturaafro
 
Violência Racial e Violência Policial
Violência Racial e Violência PolicialViolência Racial e Violência Policial
Violência Racial e Violência PolicialCleiton Miler
 
Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.
Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.
Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.roberto mosca junior
 
Palestra na Escola Lacaniana de Psicanálise- RJ
Palestra na Escola Lacaniana de Psicanálise- RJPalestra na Escola Lacaniana de Psicanálise- RJ
Palestra na Escola Lacaniana de Psicanálise- RJPaulo Hartung
 
Fabio junior william reis
Fabio junior   william reisFabio junior   william reis
Fabio junior william reisPaulo Sérgio
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociaisesdrasfm
 
Interculturalidade
InterculturalidadeInterculturalidade
InterculturalidadeBajoca
 
Especializacao painel medos urbanos e midia
Especializacao painel medos urbanos e midiaEspecializacao painel medos urbanos e midia
Especializacao painel medos urbanos e midiaEliete Correia Santos
 
Multiculturalismo e a sociologia
Multiculturalismo e a sociologiaMulticulturalismo e a sociologia
Multiculturalismo e a sociologiaLeonardo de Barros
 
Ilicínea pluralidade cultural 2
Ilicínea pluralidade cultural 2Ilicínea pluralidade cultural 2
Ilicínea pluralidade cultural 2temastransversais
 
A relação entre cidadania
A relação entre cidadaniaA relação entre cidadania
A relação entre cidadaniaMelissa Porto
 

Mais procurados (19)

2º ano abordagens para introdução
2º ano abordagens para introdução2º ano abordagens para introdução
2º ano abordagens para introdução
 
2º ano abordagens para introdução
2º ano abordagens para introdução2º ano abordagens para introdução
2º ano abordagens para introdução
 
N20a07
N20a07N20a07
N20a07
 
Modulo 006
Modulo 006Modulo 006
Modulo 006
 
Diversidade Cultural Desigualdades Sociais
Diversidade Cultural Desigualdades SociaisDiversidade Cultural Desigualdades Sociais
Diversidade Cultural Desigualdades Sociais
 
Violência Racial e Violência Policial
Violência Racial e Violência PolicialViolência Racial e Violência Policial
Violência Racial e Violência Policial
 
Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.
Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.
Pobreza, exclusão social, desigualdade e violência.
 
Palestra na Escola Lacaniana de Psicanálise- RJ
Palestra na Escola Lacaniana de Psicanálise- RJPalestra na Escola Lacaniana de Psicanálise- RJ
Palestra na Escola Lacaniana de Psicanálise- RJ
 
Fabio junior william reis
Fabio junior   william reisFabio junior   william reis
Fabio junior william reis
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
Aula 7
Aula 7Aula 7
Aula 7
 
Interculturalidade
InterculturalidadeInterculturalidade
Interculturalidade
 
Especializacao painel medos urbanos e midia
Especializacao painel medos urbanos e midiaEspecializacao painel medos urbanos e midia
Especializacao painel medos urbanos e midia
 
Multiculturalismo e a sociologia
Multiculturalismo e a sociologiaMulticulturalismo e a sociologia
Multiculturalismo e a sociologia
 
Ilicínea pluralidade cultural 2
Ilicínea pluralidade cultural 2Ilicínea pluralidade cultural 2
Ilicínea pluralidade cultural 2
 
Desigualdade social
Desigualdade socialDesigualdade social
Desigualdade social
 
Carta de são paulo
Carta de são pauloCarta de são paulo
Carta de são paulo
 
A relação entre cidadania
A relação entre cidadaniaA relação entre cidadania
A relação entre cidadania
 
Práticas culturais e orientações coletivas de grupos juvenis
Práticas culturais e orientações coletivas de grupos juvenisPráticas culturais e orientações coletivas de grupos juvenis
Práticas culturais e orientações coletivas de grupos juvenis
 

Destaque

Mobilização social - PROFAP - 2º ENCONTRO
Mobilização social - PROFAP - 2º ENCONTROMobilização social - PROFAP - 2º ENCONTRO
Mobilização social - PROFAP - 2º ENCONTROjosivaldopassos
 
Avances de la computadora
Avances de la computadoraAvances de la computadora
Avances de la computadorafutbolista000
 
Mobilização social - PROFAP - Matemática - 2° encontro
Mobilização social - PROFAP - Matemática - 2° encontroMobilização social - PROFAP - Matemática - 2° encontro
Mobilização social - PROFAP - Matemática - 2° encontrojosivaldopassos
 
RMS - Rede de Mobilização Social: Guia do Mobilizador Social Voluntário
RMS - Rede de Mobilização Social: Guia do Mobilizador Social VoluntárioRMS - Rede de Mobilização Social: Guia do Mobilizador Social Voluntário
RMS - Rede de Mobilização Social: Guia do Mobilizador Social VoluntárioRede Mobilização Social
 
Cartilha lei de incentivo - como doar
Cartilha lei de incentivo - como doarCartilha lei de incentivo - como doar
Cartilha lei de incentivo - como doarProjeto Arrastão
 
(Transformar 16) gestão de voluntariado 2.1
(Transformar 16) gestão de voluntariado 2.1(Transformar 16) gestão de voluntariado 2.1
(Transformar 16) gestão de voluntariado 2.1Ink_conteudos
 
(Transformar 16) gestão de voluntariado 1
(Transformar 16) gestão de voluntariado 1(Transformar 16) gestão de voluntariado 1
(Transformar 16) gestão de voluntariado 1Ink_conteudos
 
(Transformar 16) capacitação gerenciamento de informações
(Transformar 16) capacitação gerenciamento de informações(Transformar 16) capacitação gerenciamento de informações
(Transformar 16) capacitação gerenciamento de informaçõesInk_conteudos
 

Destaque (10)

Mobilização social - PROFAP - 2º ENCONTRO
Mobilização social - PROFAP - 2º ENCONTROMobilização social - PROFAP - 2º ENCONTRO
Mobilização social - PROFAP - 2º ENCONTRO
 
Módulo 4 - Avaliação e Relatórios
Módulo 4 - Avaliação e RelatóriosMódulo 4 - Avaliação e Relatórios
Módulo 4 - Avaliação e Relatórios
 
Avances de la computadora
Avances de la computadoraAvances de la computadora
Avances de la computadora
 
Mobilização social - PROFAP - Matemática - 2° encontro
Mobilização social - PROFAP - Matemática - 2° encontroMobilização social - PROFAP - Matemática - 2° encontro
Mobilização social - PROFAP - Matemática - 2° encontro
 
RMS - Rede de Mobilização Social: Guia do Mobilizador Social Voluntário
RMS - Rede de Mobilização Social: Guia do Mobilizador Social VoluntárioRMS - Rede de Mobilização Social: Guia do Mobilizador Social Voluntário
RMS - Rede de Mobilização Social: Guia do Mobilizador Social Voluntário
 
Cartilha lei de incentivo - como doar
Cartilha lei de incentivo - como doarCartilha lei de incentivo - como doar
Cartilha lei de incentivo - como doar
 
Movimentos sociais
Movimentos sociaisMovimentos sociais
Movimentos sociais
 
(Transformar 16) gestão de voluntariado 2.1
(Transformar 16) gestão de voluntariado 2.1(Transformar 16) gestão de voluntariado 2.1
(Transformar 16) gestão de voluntariado 2.1
 
(Transformar 16) gestão de voluntariado 1
(Transformar 16) gestão de voluntariado 1(Transformar 16) gestão de voluntariado 1
(Transformar 16) gestão de voluntariado 1
 
(Transformar 16) capacitação gerenciamento de informações
(Transformar 16) capacitação gerenciamento de informações(Transformar 16) capacitação gerenciamento de informações
(Transformar 16) capacitação gerenciamento de informações
 

Semelhante a Mobilização social 2013

Pluralidade Cultural e Etnia
Pluralidade Cultural e EtniaPluralidade Cultural e Etnia
Pluralidade Cultural e EtniaWelton Castro
 
Quem é o seu líder e com quem eu negocio? Dilemas do defasado sistema políti...
Quem é o seu líder e com quem eu negocio?  Dilemas do defasado sistema políti...Quem é o seu líder e com quem eu negocio?  Dilemas do defasado sistema políti...
Quem é o seu líder e com quem eu negocio? Dilemas do defasado sistema políti...Marcelo Pilon
 
Manifestações nas ruas, as eleições em 2014 e a política do Bem X Mal
Manifestações nas ruas, as eleições em 2014 e a política do Bem X Mal Manifestações nas ruas, as eleições em 2014 e a política do Bem X Mal
Manifestações nas ruas, as eleições em 2014 e a política do Bem X Mal UFPB
 
Artigo para revista participação popular nas politicas publicas
Artigo para revista participação popular nas politicas publicasArtigo para revista participação popular nas politicas publicas
Artigo para revista participação popular nas politicas publicasAna Paula da Silva Pereira
 
Cidadania como construcao de vida digna
Cidadania como construcao de vida dignaCidadania como construcao de vida digna
Cidadania como construcao de vida dignaOvidio Mendes
 
Sociedade civil e movimentos sociais
Sociedade civil e movimentos sociaisSociedade civil e movimentos sociais
Sociedade civil e movimentos sociaisAndré Santos Luigi
 
Política, manifestações e o pensamento conservador no brasil – Parte II
Política, manifestações e o pensamento conservador no brasil – Parte IIPolítica, manifestações e o pensamento conservador no brasil – Parte II
Política, manifestações e o pensamento conservador no brasil – Parte IIUFPB
 
Atps movimentos sociais pronto (1)
Atps movimentos sociais pronto (1)Atps movimentos sociais pronto (1)
Atps movimentos sociais pronto (1)Maria Alves
 
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014UFPB
 
A JUVENTUDE RURAL E AS POLÍTICAS PÚBLICAS: IDENTIDADE E REIVINDICAÇÃO POR DIR...
A JUVENTUDE RURAL E AS POLÍTICAS PÚBLICAS: IDENTIDADE E REIVINDICAÇÃO POR DIR...A JUVENTUDE RURAL E AS POLÍTICAS PÚBLICAS: IDENTIDADE E REIVINDICAÇÃO POR DIR...
A JUVENTUDE RURAL E AS POLÍTICAS PÚBLICAS: IDENTIDADE E REIVINDICAÇÃO POR DIR...UFPB
 
A formulação das políticas públicas para a juventude rural no Brasil e os ele...
A formulação das políticas públicas para a juventude rural no Brasil e os ele...A formulação das políticas públicas para a juventude rural no Brasil e os ele...
A formulação das políticas públicas para a juventude rural no Brasil e os ele...UFPB
 
Deafios da contemporaneidade
Deafios da contemporaneidadeDeafios da contemporaneidade
Deafios da contemporaneidadeWhennya Cabral
 
A juventude rural enquanto ator político atuando na configuração de políticas...
A juventude rural enquanto ator político atuando na configuração de políticas...A juventude rural enquanto ator político atuando na configuração de políticas...
A juventude rural enquanto ator político atuando na configuração de políticas...UFPB
 
Educação para a cidadania possibilidades e limites
Educação para a cidadania possibilidades e limitesEducação para a cidadania possibilidades e limites
Educação para a cidadania possibilidades e limitesElicio Lima
 
Movimentos sociais na américa latina na atualidade
Movimentos sociais na américa latina na atualidadeMovimentos sociais na américa latina na atualidade
Movimentos sociais na américa latina na atualidadeGracy Garcia
 
Quando outros atores vão às ruas as manifestações de junho de 2013 e suas m...
Quando outros atores vão às ruas   as manifestações de junho de 2013 e suas m...Quando outros atores vão às ruas   as manifestações de junho de 2013 e suas m...
Quando outros atores vão às ruas as manifestações de junho de 2013 e suas m...UFPB
 
Texto 2 etnocentrismo
Texto 2   etnocentrismoTexto 2   etnocentrismo
Texto 2 etnocentrismoLuciana Melo
 
Texto 2 etnocentrismo
Texto 2   etnocentrismoTexto 2   etnocentrismo
Texto 2 etnocentrismoLuciana Melo
 
04 nascimento, claudemiro godoy do. políticas públicas e educação do campo ok
04 nascimento, claudemiro godoy do. políticas públicas e educação do campo ok04 nascimento, claudemiro godoy do. políticas públicas e educação do campo ok
04 nascimento, claudemiro godoy do. políticas públicas e educação do campo okAlbano Goes Souza
 

Semelhante a Mobilização social 2013 (20)

Pluralidade Cultural e Etnia
Pluralidade Cultural e EtniaPluralidade Cultural e Etnia
Pluralidade Cultural e Etnia
 
Quem é o seu líder e com quem eu negocio? Dilemas do defasado sistema políti...
Quem é o seu líder e com quem eu negocio?  Dilemas do defasado sistema políti...Quem é o seu líder e com quem eu negocio?  Dilemas do defasado sistema políti...
Quem é o seu líder e com quem eu negocio? Dilemas do defasado sistema políti...
 
Manifestações nas ruas, as eleições em 2014 e a política do Bem X Mal
Manifestações nas ruas, as eleições em 2014 e a política do Bem X Mal Manifestações nas ruas, as eleições em 2014 e a política do Bem X Mal
Manifestações nas ruas, as eleições em 2014 e a política do Bem X Mal
 
Artigo para revista participação popular nas politicas publicas
Artigo para revista participação popular nas politicas publicasArtigo para revista participação popular nas politicas publicas
Artigo para revista participação popular nas politicas publicas
 
Cidadania como construcao de vida digna
Cidadania como construcao de vida dignaCidadania como construcao de vida digna
Cidadania como construcao de vida digna
 
Sociedade civil e movimentos sociais
Sociedade civil e movimentos sociaisSociedade civil e movimentos sociais
Sociedade civil e movimentos sociais
 
Política, manifestações e o pensamento conservador no brasil – Parte II
Política, manifestações e o pensamento conservador no brasil – Parte IIPolítica, manifestações e o pensamento conservador no brasil – Parte II
Política, manifestações e o pensamento conservador no brasil – Parte II
 
Atps movimentos sociais pronto (1)
Atps movimentos sociais pronto (1)Atps movimentos sociais pronto (1)
Atps movimentos sociais pronto (1)
 
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014
 
A JUVENTUDE RURAL E AS POLÍTICAS PÚBLICAS: IDENTIDADE E REIVINDICAÇÃO POR DIR...
A JUVENTUDE RURAL E AS POLÍTICAS PÚBLICAS: IDENTIDADE E REIVINDICAÇÃO POR DIR...A JUVENTUDE RURAL E AS POLÍTICAS PÚBLICAS: IDENTIDADE E REIVINDICAÇÃO POR DIR...
A JUVENTUDE RURAL E AS POLÍTICAS PÚBLICAS: IDENTIDADE E REIVINDICAÇÃO POR DIR...
 
A formulação das políticas públicas para a juventude rural no Brasil e os ele...
A formulação das políticas públicas para a juventude rural no Brasil e os ele...A formulação das políticas públicas para a juventude rural no Brasil e os ele...
A formulação das políticas públicas para a juventude rural no Brasil e os ele...
 
Deafios da contemporaneidade
Deafios da contemporaneidadeDeafios da contemporaneidade
Deafios da contemporaneidade
 
A juventude rural enquanto ator político atuando na configuração de políticas...
A juventude rural enquanto ator político atuando na configuração de políticas...A juventude rural enquanto ator político atuando na configuração de políticas...
A juventude rural enquanto ator político atuando na configuração de políticas...
 
Conselhos e suas
Conselhos e suasConselhos e suas
Conselhos e suas
 
Educação para a cidadania possibilidades e limites
Educação para a cidadania possibilidades e limitesEducação para a cidadania possibilidades e limites
Educação para a cidadania possibilidades e limites
 
Movimentos sociais na américa latina na atualidade
Movimentos sociais na américa latina na atualidadeMovimentos sociais na américa latina na atualidade
Movimentos sociais na américa latina na atualidade
 
Quando outros atores vão às ruas as manifestações de junho de 2013 e suas m...
Quando outros atores vão às ruas   as manifestações de junho de 2013 e suas m...Quando outros atores vão às ruas   as manifestações de junho de 2013 e suas m...
Quando outros atores vão às ruas as manifestações de junho de 2013 e suas m...
 
Texto 2 etnocentrismo
Texto 2   etnocentrismoTexto 2   etnocentrismo
Texto 2 etnocentrismo
 
Texto 2 etnocentrismo
Texto 2   etnocentrismoTexto 2   etnocentrismo
Texto 2 etnocentrismo
 
04 nascimento, claudemiro godoy do. políticas públicas e educação do campo ok
04 nascimento, claudemiro godoy do. políticas públicas e educação do campo ok04 nascimento, claudemiro godoy do. políticas públicas e educação do campo ok
04 nascimento, claudemiro godoy do. políticas públicas e educação do campo ok
 

Mais de Elicio Lima

Conceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeConceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeElicio Lima
 
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionaisElicio Lima
 
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e TerminologiasTENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e TerminologiasElicio Lima
 
Abordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicasAbordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicasElicio Lima
 
O que é conhecimento?
O que é conhecimento?O que é conhecimento?
O que é conhecimento?Elicio Lima
 
Geografia regional
Geografia regional Geografia regional
Geografia regional Elicio Lima
 
Conceito de projetos
Conceito de projetosConceito de projetos
Conceito de projetosElicio Lima
 
Avaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioAvaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioElicio Lima
 
Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Elicio Lima
 
Formação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoFormação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoElicio Lima
 
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraEducação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraElicio Lima
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opiniãoElicio Lima
 
Alfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaAlfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaElicio Lima
 
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarPara que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarElicio Lima
 
Entre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganEntre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganElicio Lima
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoElicio Lima
 
Modelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoModelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoElicio Lima
 
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoDiretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoElicio Lima
 
Poder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aulaPoder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aulaElicio Lima
 

Mais de Elicio Lima (20)

Conceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridadeConceito de poder e autoridade
Conceito de poder e autoridade
 
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais ABORDAGENS  TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
ABORDAGENS TEÓRICAS E METODOLÓGICAS: Tendencias educacionais
 
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e TerminologiasTENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS: Conceitos e Terminologias
 
Abordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicasAbordagens pedagógicas
Abordagens pedagógicas
 
O que é conhecimento?
O que é conhecimento?O que é conhecimento?
O que é conhecimento?
 
Geografia regional
Geografia regional Geografia regional
Geografia regional
 
Conceito de projetos
Conceito de projetosConceito de projetos
Conceito de projetos
 
Avaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicioAvaliação ensino médio. professor elicio
Avaliação ensino médio. professor elicio
 
Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?Formação de professores:O que é formação?
Formação de professores:O que é formação?
 
Formação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentaçãoFormação docente e os valores de sustentação
Formação docente e os valores de sustentação
 
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileiraEducação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
Educação: tecnologia da informação e da comunicação na realidade brasileira
 
Palco da vida
Palco da vidaPalco da vida
Palco da vida
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
Alfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologicaAlfabetização tecnologica
Alfabetização tecnologica
 
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformarPara que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
Para que avaliação da aprendizagem disciplinar ou transformar
 
Entre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o sloganEntre a doutrina e o slogan
Entre a doutrina e o slogan
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
 
Modelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivoModelo para elaboração de memorial descritivo
Modelo para elaboração de memorial descritivo
 
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoDiretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
 
Poder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aulaPoder e desvelo na sala de aula
Poder e desvelo na sala de aula
 

Último

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 

Último (20)

atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 

Mobilização social 2013

  • 1. 1 Elaborado em vinte e um de Junho de 2013. Artigos de autoria do Professor Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP. Elicio Gomes Lima. Atualmente é Pesquisador do GEPLAGE - Grupo de Estudos e Pesquisas Estado, Políticas, Planejamento, Avaliação e Gestão da Educação da UFSCAR - Sorocaba. MOBILIZAÇÃO SOCIAL: CONTEXTO HISTORICO DO BRASIL¹ Contexto histórico social do Brasil, 20 de junho de 2013. Nas principais cidades brasileiras, milhares de pessoas foram às ruas para protestar por diferentes motivos. Os meios de comunicação divulgaram que no total, mais de um milhão de pessoas participaram das manifestações. A história não se repete de forma idêntica, ela se produz na dinâmica da conjuntura sócio- historica materializada em um processo ideológico e politico discursivo que atravessam o corpo social desagregando e destituindo valores e representações anteriormente construídas que não representam mais a construção do social pulsante. Dessa forma, por meio das lutas, das alianças e das guerras, que a humanidade foi construindo e organizando-se politicamente em sociedade que se materializa naquilo que se denomina Estado de Direito. Nesse sentido, são imprescindíveis as Instituições para o funcionamento equilibrado da sociedade e, por conseguinte, estas se devem coloca-se aos serviços dos interesses sociais, com um escopo de regras e normas, para a ordenação das interações entre os indivíduos e entre estes e suas respectivas formas organizacionais. As instituições sociais tem seu papel fundamental no processo de socialização e cidadania. Há um grande desencanto da sociedade com os políticos, mas não com a politica, portanto, os movimentos sociais devem ser compreendidos como uma política de participação dos cidadãos na vida pública, no governo e na sociedade. O povo brasileiro clama por uma sociedade mais igualitária com distribuição de renda mais justa, com serviços públicos como a educação, a saúde, o transporte, e a segurança dentres outros, que sejam de qualidade, em que a corrupção seja tratada como um crime hediondo e que seus atores sejam severamente punidos e banidos do cenário politico brasileiros. A mobilização social nesse momento e nesse contexto da historia do Brasil representa um deslocamento da ordem do político-institucional, esse deslocamento pode ser entendido de forma significativa que os políticos já não são vistos como representantes legítimos do povo, ou seja, já não são reconhecidos como porta-vozes legítimos da cidadania. A mobilização social é uma pratica política pela qual o povo se constitui simultaneamente como seu próprio representante e porta-voz de suas insatisfações com a ordem do político, do jurídico, do econômico e até mesmo do ordenamento das representações culturais. O que está em jogo é a representação da legitimidade dos partidos políticos e dos políticos que são gestores do Estado e porta-voz do povo e da sociedade, isso traduz em que seus atos e suas palavras (discursos políticos-ideológicos) não coincidem com a vontade e nem com a necessidade da sociedade. É hora de uma reformulação na forma de pensar e fazer politica com olhar atendo para a sociedade e suas representações, suas mensagens de ordem anunciativas que podem evitar conflitos não só ideológicos desnecessários, mais conflitos físicos motivados pelo uso necessário da força de coerção do ESTADO e que desemboca em muitos casos em desordem social e destruição do equilíbrio e da estabilidade da nação.