Oficina de culinária simbiótica por danilo carvalho slide_01

1.830 visualizações

Publicada em

Slides da oficina na qual concentro o resultado de minha pesquisa recente e prática de mais de 10 anos com probióticos na culinária. Já foi comprovado cientificamente e pelas antigas tradições asiáticas, africanas, europeia e americanas, o uso de alimentos ricos em micro-organismos vivos que exercem efeito benéfico ao organismo humano, gerando efeitos curativos e preventivos. Nesta oficina ensino o preparo do chucrute, picles, iogurte, germinados, kombucha, kefir, suco do sol, fermento caseiro para trigo etc.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Oficina de culinária simbiótica por danilo carvalho slide_01

  1. 1. Oficina de Culinária simbiótica<br />Por Danilo Carvalho<br />www.cuidandodesi.wordpress.com<br />12/06/2010<br />Salvador – Ba<br />SLIDE 01<br />
  2. 2. Conteúdo dos SLIDES_01 <br />Introdução aos alimentos probióticos e ao processo de fermentação;<br />Vantagens comprovadas cientificamente sobre o consumo de probióticos;<br />Exemplos de colônias de probióticos que são cultivadas durante a oficina;<br />Referência científica sobre o assunto;<br />Espaço para registro de experiência dos leitores no uso de probióticos;<br />Nos próximos grupos de slides: 02, 03 etc, receitas e outros assuntos, como os germinados.<br />
  3. 3. O nome da oficina<br />Culináriaseria, basicamente, o conhecimento acumulado e organizado pelo ser humano, sobre seleção, combinação e o processamento de alimentos.<br />Simbiótica (de simbiose) por se tratar de técnicas baseadas na relação de benefício mútuo entre o ser humano e algumas espécies de fungos e bactérias.<br />
  4. 4. Fundamentos da oficina<br />CIENTÍFICOS<br /> Biologia<br /> Farmácia<br />Medicina<br />EMPÍRICOS <br />Prática pessoal e troca de informação livre entre adeptos dos alimentos probióticos.<br />
  5. 5. Conceitos importantes<br />PROBIÓTICOS <br />Microrganismos vivos, administrados em quantidades adequadas, que conferem benefícios à saúde do hospedeiro (Foodand Agriculture Organization of United Nations; World Health Organization, 2001).<br />
  6. 6. Conceitos importantes<br />PREBIÓTICOS<br /> Sãocomponentes alimentares não digeríveis que afetam beneficamente o hospedeiro, por estimularem seletivamente a proliferação ou atividade de populações de bactérias desejáveis no cólon.<br />A velocidade de fermentação e a atividade de <br />carboidratos não-digeríveis são fatores primordiais para a saúde intestinal do hospedeiro.<br />
  7. 7. Conceitos importantes<br />SIMBIÓTICOS <br />Os produtos referidos como simbióticos são aqueles nos quais um probiótico e um prebiótico estão combinados.<br />
  8. 8. Conceitosimportantes<br />FERMENTAÇÃO <br />É uma conversão mediada por micróbios, de açúcar em produtos como álcool e ácido lático;<br />Ocorre na presença de ingredientes vegetais ou animais, habitando em condições ideais encontradas no ambiente;<br />Dois reinos vivos estão presentes : o fungi(fungos) e o monera (bactérias);<br />Os fungos produzem bebidas alcóolicas e películas (como as do queijos);<br /> As bactérias de fermentação produzem picles, queijo e salsichas em conserva.<br />
  9. 9. Exemplo de probiótico<br />Kumbucha<br />
  10. 10. Exemplo de probiótico<br />Kefir<br />
  11. 11. Exemplo de probiótico<br />Iogurte<br />
  12. 12. Exemplo de probiótico<br />Chucrute<br />
  13. 13. Exemplo de probiótico<br />Picles<br />
  14. 14. Benefícioscientificamenteprovados sobre o uso de probióticos<br />Aumento do número de microrganismos promotores da saúde no trato gastrintestinal<br />Exerce efeitos antagônicos, competição e efeitos imunológicos, resultando em um aumento da resistência contra patógenos.<br />Traz efeitos nutricionais<br />
  15. 15. Hipóteses a seremcomprovadas<br />Diminuição do risco de câncer de cólon e de doença cardiovascular;<br />Diminuição das concentrações plasmáticas de colesterol;<br />Efeitos anti-hipertensivos, redução da atividade ulcerativa de Helicobacterpylori;<br />Controle da colite induzida por rotaviruse por Clostridium difficile;<br />Prevenção de infecções urogenitais; <br />Efeitos inibitórios sobre a mutagenicidade.<br />
  16. 16. CUIDADO!<br />Para serem de importância fisiológica ao consumidor, os probióticosdevem alcançar populações acima de 106 a 107 ufc/g ou mL de bioproduto.<br />A validação da função probiótica ou o monitoramento do impacto probióticode uma preparação de microrganismos com uma composição desconhecida é cientificamente inaceitável.<br />Os hipertensos devem evitar ou devem consumir com muita moderação os fermentados salgados.<br />
  17. 17. Importante<br />O conteúdo deste slide ñ deve substituir a orientação do profissional de saúde (médico ou profissional afim), no diagnóstico e tratamento de doenças;<br />Por outro lado a confirmação científica e a outra produzida na rede de consumidores dos produtos aqui discutidos, reforçam a importância dos mesmos, nas práticas de auto cuidado pela alimentação;<br />Faça um bom uso das informações!<br />Se você conhece a Kombucha ou o KefirDeixenesse link umcomentário sobre a suaexperiência<br />
  18. 18. Referênciascom link<br />SAAD, Susana Marta Isay. Probióticos e prebióticos: o estado da arte. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, vol. 42, n. 1, jan./mar., Departamento de Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica, Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo – USP, São Paulo, 2006.<br />SCOTT, Robert & WILLIAM, C. Sulivan. Ecology of Fermented food. Human ecology review, Vol. 15, n. 1. Society for HumanEcology:Chicago, 2008.<br />
  19. 19. Agradecimento especial para<br />Vera, dona do Restaurante Grão de arroz (Salvador Bahia), com quem consegui minha primeira matriz de Kumbucha em 2005;<br />Balaghy, amigo indiano de Kuppam, por me levar nas cozinhas do sul da Índia e por me ensinar a preparar o Uttapam (fermentado de lentilha com arroz);<br />Kritika, indiana quem me ensinou a preparar o picles de limão em 2010<br />A mestra Ana Branco, a Marisa e o Marcio, pelos ensinamentos sobre germinados;<br />A equipe do Ciranda Café Cultura & Artes por, de alguma forma, estimularem o acontecimento da oficina;<br />A Vera Núbia (Nutricionista / mentora do Restaurante Nirá Salvador -Ba) pelas conversar sobre refinamento do hábito de comer;<br />A minha mãe, meu pai e meu irmão, por inicialmente acolherem e posteriormente adotarem algo da disciplina do auto cuidado pela alimentação;<br />A Susana Marta, pesquisadora mencionada na referência; <br />Aos participantes da oficina.<br />
  20. 20. INTERESSAD@ PELA OFICINA?<br />Leiamais aquí<br />Contato<br />(Danilo Carvalho)<br />(71) 99341536<br />dankaba@gmail.com<br />www.cuidandodesi.wordpress.com<br />

×