SlideShare uma empresa Scribd logo
Classificação, composição química e
preparação dos meios de cultura
Microbiologia – UNG 2017
Definição
 Resultam da associação qualitativa e quantitativa de
substâncias que fornecem nutrientes necessários ao
cultivo de microrganismos (mo)
 Existem vários tipos de meios de cultura para satisfazer
as necessidades nutricionais da ampla diversidade dos
microrganismos
 É preciso fornecer condições ambientais favoráveis ao
desenvolvimento dos mo (pH, pressão osmótica, umidade,
temperatura, tensão de oxigênio)
Classificação
 Os meios de cultura são classificados de acordo com
diferentes critérios:
 1. Estado físico:
 Sólidos – contém agentes solidificantes, principalmente ágar (1
a 2%) – formação de colônias
 Semi sólidos – consistência intermediária (0,075 a 0,5% de
ágar) – permite o crescimento dos mo em diferentes tensões
de oxigênio, verificação da motilidade (visualizada pela
turvação)
 Líquidos ou caldos – sem agentes solidificantes – ativação de
culturas, repiques e provas bioquímicas
Classificação
 2. Procedência dos constituintes:
 Naturais ou complexos - sem composição química definida,
geralmente extratos vegetais, animais ou de outros microrganismos.
Usados para microrganismos menos exigentes na nutrição. Ex -
Meio de Löwenstein Jensen (Mycobacterium tuberculosis) contém
sais, ovos e pedaços de batata
 Artificiais ou quimicamente definidos: composição química definida.
Usados para microrganismos mais específicos e exigentes. Ex -
CaldoTetrationato (Samonella) contém apenas iodo, KI e água
Classificação
 3. De acordo com a composição química
 Simples – permitem o crescimento bacteriano sem
exigências especiais – caldos e ágar simples
 Especiais – quando cumprem exigências vitais de
determinados organismos – ágar sangue, ágar chocolate
Classificação
 4. De acordo com a finalidade bacteriólogica ou micológica
 Meios de pré-enriquecimento – permitem a dessensibilização de
microrganismos que sofreram algum tipo de tratamento (térmico
ou químico) – água peptonada, caldo lactosado
 Meios de enriquecimento – proporcionam nutrientes adequados ao
crescimento dos mo em baixo número ou crescimento lento –
caldo tetrationado e selenito cistina
 Diferenciais – contêm substâncias que permitem estabelecer
diferenças entre mo muito semelhantes – ágar MacConkey
(enterobactérias)
Classificação
 4. De acordo com a finalidade bacteriólogica ou micológica
 Seletivos – contêm substâncias que inibem o desenvolvimento de
determinados grupos de microrganismos, permitindo o crescimento
de outros – ágar Salmonella-Shigella (SS)
 Meios de triagem – avaliam determinadas atividades metabólicas
permitindo caracterização e identificação presuntiva de muitos
microrganismos – meio Instituto Adolfo Lutz
Classificação
 4. De acordo com a finalidade bacteriólogica ou micológica
 Identificação – realização de provas bioquímicas e verificação de
funções fisiológicas de organismos – ágar citrato, caldo nitrato
 Dosagem – determinações de vitaminas, antibióticos e aminoácidos
 Contagem – determinação quantitativa da população microbiana –
ágar de contagem de placas
 Estocagem ou manutenção – garantem a viabilidade de
microrganismos – ágar sabouraud
Classificação
 Ágar nutriente
 Simples, de fácil preparo e barato, é utilizado na análise de
água, alimentos e leite como meio para cultivo de
amostras submetidas a exames bacteriológicos e
isolamento de organismos para culturas puras.
 Cor original – branco opalescente
 Positivo – crescimento na superfície
Classificação
 Ágar MacConkey
 Destinado para o crescimento de bactérias Gram negativas e
indica a fermentação de lactose. Colônias de bactérias que
fermentam lactose tornam o meio rosa choque e as bactérias
que não são fermentadoras de lactose tornam o meio amarelo
claro.
 Cor original – rosa avermelhado
 Fermentadores de lactose + - colônias rosa
 Fermentadores de lactose - – colônias incolores
Classificação
 Ágar Sangue
 De coloração vermelha escura e opaca, oferece excelentes
condições de crescimento para a maioria dos microrganismos.
 Eritrócitos íntegros favorecem a formação de halos de hemólise
Classificação
 Ágar Sangue
 Beta hemólise – presença de halo transparente ao redor das
colônias – lise total das hemácias -Streptococcus pyogenes
Classificação
 Ágar Sangue
 Alfa hemólise – presença de halo esverdeado ao redor das
colônias – lise parcial das hemácias – Streptococcus agalactiae
Classificação
 Ágar Sangue
 Gama hemólise – sem hemólise – Enterococcus faecalis
Classificação
 Ágar chocolate
 Utilizado para microrganismos exigentes
 Ao meio é adicionado sangue de cavalo, carneiro ou
coelho em altas temperaturas – Haemophilus ssp,
Neisseria ssp
 Cor original – marrom escuro
 Neisseria – pigmento amarelo
 Haemophilus – pigmento creme
Classificação
 Ágar Salmonella – Shigella
 Ágar SS possui componentes (sais de bile, verde brilhante e
citrato de sódio) que inibem microrganismos Gram positivos.
 Selecionar e isolar espécies de Salmonella e Shigella, em amostras
de fezes, alimentos e água
 Colônias com centro escuro – Salmonela
 Colônias incolores - Shigella
Classificação
 Löwenstein Jensen
 A base do meio é constituída por ovos integrais, o que permite
amplo crescimento das micobactérias e o crescimento é
satisfatório para o teste de niacina (que é positivo para
Mycobacterium tuberculosis).
 Isolamento primário das micobactérias
 Cor original verde claro
 Crescimento de colônias amarelas - positivo
Classificação
 Ágar Saboraud
 Favorece o crescimento de diversos fungos leveduriformes e
filamentosos
 Composto por dextrose, ágar e peptonas
 Cor original do meio: amarelo claro opalescente.
 Após o crescimento, deve-se seguir a identificação do
microrganismo que cresceu.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cocos Gram positivos
Cocos Gram positivosCocos Gram positivos
Cocos Gram positivos
Rodrigo Caixeta
 
Introdução à imunologia
Introdução à imunologiaIntrodução à imunologia
Introdução à imunologia
Messias Miranda
 
Meios De Cultura E ColoraçãO
Meios De Cultura E ColoraçãOMeios De Cultura E ColoraçãO
Meios De Cultura E ColoraçãO
lidypvh
 
1ª aula amostras biológicas
1ª aula   amostras biológicas1ª aula   amostras biológicas
1ª aula amostras biológicas
Lilian Keila Alves
 
Hemograma
HemogramaHemograma
Hemograma
Fábio Falcão
 
Crescimento bacteriano
Crescimento bacterianoCrescimento bacteriano
Crescimento bacteriano
Gildo Crispim
 
Imunologia I
Imunologia IImunologia I
Imunologia I
LABIMUNO UFBA
 
2ª aula qualidade, controle e metodos analiticos
2ª aula   qualidade, controle e metodos analiticos2ª aula   qualidade, controle e metodos analiticos
2ª aula qualidade, controle e metodos analiticos
Lilian Keila Alves
 
Aula 4 meios de cultura
Aula 4   meios de culturaAula 4   meios de cultura
Aula 4 meios de cultura
Jamana Barros de Melo
 
Prova microbiologia b1
Prova microbiologia b1Prova microbiologia b1
Prova microbiologia b1
Ana Claudia Rodrigues
 
Aula Bioquimica
Aula BioquimicaAula Bioquimica
Aula Bioquimica
Luana Monteiro
 
Aula 3 - M
Aula 3  - MAula 3  - M
Imunodiagnostico
ImunodiagnosticoImunodiagnostico
Imunodiagnostico
Taillany Caroline
 
Introdução à microbiologia
Introdução à microbiologiaIntrodução à microbiologia
Introdução à microbiologia
Renato Varges - UFF
 
Processo laboratorial de identificação de bactérias patogênicas
Processo laboratorial de identificação de bactérias patogênicasProcesso laboratorial de identificação de bactérias patogênicas
Processo laboratorial de identificação de bactérias patogênicas
gabrielleminacio
 
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em ImunologiaICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
Ricardo Portela
 
Aula 01 Introdução a Microbiologia
Aula 01   Introdução a MicrobiologiaAula 01   Introdução a Microbiologia
Aula 01 Introdução a Microbiologia
Tiago da Silva
 
Aula streptococcus
Aula streptococcusAula streptococcus
Aula streptococcus
Antonio Carlos Stradiotto
 
Aula biologia celular
Aula   biologia celularAula   biologia celular
Aula biologia celular
santhdalcin
 
urinalise
urinaliseurinalise
urinalise
Rosimeire Areias
 

Mais procurados (20)

Cocos Gram positivos
Cocos Gram positivosCocos Gram positivos
Cocos Gram positivos
 
Introdução à imunologia
Introdução à imunologiaIntrodução à imunologia
Introdução à imunologia
 
Meios De Cultura E ColoraçãO
Meios De Cultura E ColoraçãOMeios De Cultura E ColoraçãO
Meios De Cultura E ColoraçãO
 
1ª aula amostras biológicas
1ª aula   amostras biológicas1ª aula   amostras biológicas
1ª aula amostras biológicas
 
Hemograma
HemogramaHemograma
Hemograma
 
Crescimento bacteriano
Crescimento bacterianoCrescimento bacteriano
Crescimento bacteriano
 
Imunologia I
Imunologia IImunologia I
Imunologia I
 
2ª aula qualidade, controle e metodos analiticos
2ª aula   qualidade, controle e metodos analiticos2ª aula   qualidade, controle e metodos analiticos
2ª aula qualidade, controle e metodos analiticos
 
Aula 4 meios de cultura
Aula 4   meios de culturaAula 4   meios de cultura
Aula 4 meios de cultura
 
Prova microbiologia b1
Prova microbiologia b1Prova microbiologia b1
Prova microbiologia b1
 
Aula Bioquimica
Aula BioquimicaAula Bioquimica
Aula Bioquimica
 
Aula 3 - M
Aula 3  - MAula 3  - M
Aula 3 - M
 
Imunodiagnostico
ImunodiagnosticoImunodiagnostico
Imunodiagnostico
 
Introdução à microbiologia
Introdução à microbiologiaIntrodução à microbiologia
Introdução à microbiologia
 
Processo laboratorial de identificação de bactérias patogênicas
Processo laboratorial de identificação de bactérias patogênicasProcesso laboratorial de identificação de bactérias patogênicas
Processo laboratorial de identificação de bactérias patogênicas
 
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em ImunologiaICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
ICSA17 - Introdução e Conceitos Básicos em Imunologia
 
Aula 01 Introdução a Microbiologia
Aula 01   Introdução a MicrobiologiaAula 01   Introdução a Microbiologia
Aula 01 Introdução a Microbiologia
 
Aula streptococcus
Aula streptococcusAula streptococcus
Aula streptococcus
 
Aula biologia celular
Aula   biologia celularAula   biologia celular
Aula biologia celular
 
urinalise
urinaliseurinalise
urinalise
 

Destaque

Bacteriologia Clínica E morfologia, Constituintes e o Crescimento Bacteriano
Bacteriologia Clínica E morfologia, Constituintes e o Crescimento BacterianoBacteriologia Clínica E morfologia, Constituintes e o Crescimento Bacteriano
Bacteriologia Clínica E morfologia, Constituintes e o Crescimento Bacteriano
Jaqueline Almeida
 
Aula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
Aula de Imagenologia sobre Tomografia ComputadorizadaAula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
Aula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
Jaqueline Almeida
 
Aula de Microbiologia Clínica Sobre Micologia Microbiologia
Aula de Microbiologia Clínica Sobre Micologia MicrobiologiaAula de Microbiologia Clínica Sobre Micologia Microbiologia
Aula de Microbiologia Clínica Sobre Micologia Microbiologia
Jaqueline Almeida
 
Aula de Imagenologia sobre Segurança em Ressonância Magnética
Aula de Imagenologia sobre Segurança em Ressonância MagnéticaAula de Imagenologia sobre Segurança em Ressonância Magnética
Aula de Imagenologia sobre Segurança em Ressonância Magnética
Jaqueline Almeida
 
Aula de Imagenologia sobre Bobinas e campo Magnético.
Aula de Imagenologia sobre Bobinas e campo Magnético.Aula de Imagenologia sobre Bobinas e campo Magnético.
Aula de Imagenologia sobre Bobinas e campo Magnético.
Jaqueline Almeida
 
Aula de Microbiologia Clínica sobre Metabolismo bacteriano
Aula de Microbiologia Clínica sobre Metabolismo bacterianoAula de Microbiologia Clínica sobre Metabolismo bacteriano
Aula de Microbiologia Clínica sobre Metabolismo bacteriano
Jaqueline Almeida
 
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
Jaqueline Almeida
 
Aula de Bromatologia sobre Umidade e Sólidos Totais
Aula de Bromatologia sobre Umidade e Sólidos TotaisAula de Bromatologia sobre Umidade e Sólidos Totais
Aula de Bromatologia sobre Umidade e Sólidos Totais
Jaqueline Almeida
 
Aula de Bromatologia sobre Lipídios
Aula de Bromatologia sobre Lipídios Aula de Bromatologia sobre Lipídios
Aula de Bromatologia sobre Lipídios
Jaqueline Almeida
 
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Ciência dos Alimentos
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Ciência dos AlimentosAula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Ciência dos Alimentos
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Ciência dos Alimentos
Jaqueline Almeida
 
Aula de Bioética sobre Eutanásia
Aula de Bioética sobre EutanásiaAula de Bioética sobre Eutanásia
Aula de Bioética sobre Eutanásia
Jaqueline Almeida
 
Aula de Bromatologia sobre Rotulagem de Alimentos - Legislação Brasileira (1)
Aula de Bromatologia sobre Rotulagem de Alimentos - Legislação Brasileira (1)Aula de Bromatologia sobre Rotulagem de Alimentos - Legislação Brasileira (1)
Aula de Bromatologia sobre Rotulagem de Alimentos - Legislação Brasileira (1)
Jaqueline Almeida
 
Aula de Bromatologia sobre nitrogênio e conteúdo proteico
Aula de Bromatologia sobre nitrogênio e conteúdo proteicoAula de Bromatologia sobre nitrogênio e conteúdo proteico
Aula de Bromatologia sobre nitrogênio e conteúdo proteico
Jaqueline Almeida
 
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre UmidadeRoteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
Jaqueline Almeida
 
Aula de Bioética sobre Transplante de Órgãos
Aula de Bioética sobre Transplante de ÓrgãosAula de Bioética sobre Transplante de Órgãos
Aula de Bioética sobre Transplante de Órgãos
Jaqueline Almeida
 
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre UmidadeRoteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
Jaqueline Almeida
 
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato EtéreoAula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
Jaqueline Almeida
 

Destaque (17)

Bacteriologia Clínica E morfologia, Constituintes e o Crescimento Bacteriano
Bacteriologia Clínica E morfologia, Constituintes e o Crescimento BacterianoBacteriologia Clínica E morfologia, Constituintes e o Crescimento Bacteriano
Bacteriologia Clínica E morfologia, Constituintes e o Crescimento Bacteriano
 
Aula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
Aula de Imagenologia sobre Tomografia ComputadorizadaAula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
Aula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
 
Aula de Microbiologia Clínica Sobre Micologia Microbiologia
Aula de Microbiologia Clínica Sobre Micologia MicrobiologiaAula de Microbiologia Clínica Sobre Micologia Microbiologia
Aula de Microbiologia Clínica Sobre Micologia Microbiologia
 
Aula de Imagenologia sobre Segurança em Ressonância Magnética
Aula de Imagenologia sobre Segurança em Ressonância MagnéticaAula de Imagenologia sobre Segurança em Ressonância Magnética
Aula de Imagenologia sobre Segurança em Ressonância Magnética
 
Aula de Imagenologia sobre Bobinas e campo Magnético.
Aula de Imagenologia sobre Bobinas e campo Magnético.Aula de Imagenologia sobre Bobinas e campo Magnético.
Aula de Imagenologia sobre Bobinas e campo Magnético.
 
Aula de Microbiologia Clínica sobre Metabolismo bacteriano
Aula de Microbiologia Clínica sobre Metabolismo bacterianoAula de Microbiologia Clínica sobre Metabolismo bacteriano
Aula de Microbiologia Clínica sobre Metabolismo bacteriano
 
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Bromatologia
 
Aula de Bromatologia sobre Umidade e Sólidos Totais
Aula de Bromatologia sobre Umidade e Sólidos TotaisAula de Bromatologia sobre Umidade e Sólidos Totais
Aula de Bromatologia sobre Umidade e Sólidos Totais
 
Aula de Bromatologia sobre Lipídios
Aula de Bromatologia sobre Lipídios Aula de Bromatologia sobre Lipídios
Aula de Bromatologia sobre Lipídios
 
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Ciência dos Alimentos
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Ciência dos AlimentosAula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Ciência dos Alimentos
Aula de Bromatologia e Tecnologia de Alimentos sobre Ciência dos Alimentos
 
Aula de Bioética sobre Eutanásia
Aula de Bioética sobre EutanásiaAula de Bioética sobre Eutanásia
Aula de Bioética sobre Eutanásia
 
Aula de Bromatologia sobre Rotulagem de Alimentos - Legislação Brasileira (1)
Aula de Bromatologia sobre Rotulagem de Alimentos - Legislação Brasileira (1)Aula de Bromatologia sobre Rotulagem de Alimentos - Legislação Brasileira (1)
Aula de Bromatologia sobre Rotulagem de Alimentos - Legislação Brasileira (1)
 
Aula de Bromatologia sobre nitrogênio e conteúdo proteico
Aula de Bromatologia sobre nitrogênio e conteúdo proteicoAula de Bromatologia sobre nitrogênio e conteúdo proteico
Aula de Bromatologia sobre nitrogênio e conteúdo proteico
 
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre UmidadeRoteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
 
Aula de Bioética sobre Transplante de Órgãos
Aula de Bioética sobre Transplante de ÓrgãosAula de Bioética sobre Transplante de Órgãos
Aula de Bioética sobre Transplante de Órgãos
 
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre UmidadeRoteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
Roteiro de Aula Prática de Bromatologia sobre Umidade
 
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato EtéreoAula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
Aula de Bromatologia sobre Lipídios ou Extrato Etéreo
 

Semelhante a Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana

Culturas e isolamento de bacterias meios
Culturas e isolamento de bacterias meiosCulturas e isolamento de bacterias meios
Culturas e isolamento de bacterias meios
JosBarros59
 
fatores intrinsecos e fatores extrinsecos
fatores intrinsecos e fatores extrinsecosfatores intrinsecos e fatores extrinsecos
fatores intrinsecos e fatores extrinsecos
Flavio Richard
 
Classificação dos Meios de Cultura Artificiais - parte 1.pdf
Classificação dos Meios de Cultura Artificiais - parte 1.pdfClassificação dos Meios de Cultura Artificiais - parte 1.pdf
Classificação dos Meios de Cultura Artificiais - parte 1.pdf
Tercio Lemos De Morais
 
Meios de cultura
Meios de culturaMeios de cultura
Meios de cultura
Cam J
 
Conceitos Basicos de Microgiologia
Conceitos Basicos de MicrogiologiaConceitos Basicos de Microgiologia
Conceitos Basicos de Microgiologia
Ivson Cassiano
 
Microbiologia dos alimentos fatores intrinsecos e extrinsecos net
Microbiologia dos alimentos fatores intrinsecos e extrinsecos netMicrobiologia dos alimentos fatores intrinsecos e extrinsecos net
Microbiologia dos alimentos fatores intrinsecos e extrinsecos net
Ana Paula Alves
 
AULA 5. EXIGÊNCIAS NUTRICIONAIS E CONDIÇÕES FÍSICAS PARA O CULTIVO.pptx
AULA 5. EXIGÊNCIAS NUTRICIONAIS E CONDIÇÕES FÍSICAS PARA O CULTIVO.pptxAULA 5. EXIGÊNCIAS NUTRICIONAIS E CONDIÇÕES FÍSICAS PARA O CULTIVO.pptx
AULA 5. EXIGÊNCIAS NUTRICIONAIS E CONDIÇÕES FÍSICAS PARA O CULTIVO.pptx
KairaEmanuellaSDaSil
 
Factores Q Afectam Crescimento Micro
Factores Q Afectam Crescimento MicroFactores Q Afectam Crescimento Micro
Factores Q Afectam Crescimento Micro
llillianna
 
Microbiologia aplicada aula08 fisiologia
Microbiologia aplicada aula08 fisiologiaMicrobiologia aplicada aula08 fisiologia
Microbiologia aplicada aula08 fisiologia
Amanda Fraga
 
Aula5 crescimentomicrobiano-140505201033-phpapp01
Aula5 crescimentomicrobiano-140505201033-phpapp01Aula5 crescimentomicrobiano-140505201033-phpapp01
Aula5 crescimentomicrobiano-140505201033-phpapp01
Juliana Rose
 
7229 9 microbiologia dos alimentos 2011.1
7229 9   microbiologia dos alimentos 2011.17229 9   microbiologia dos alimentos 2011.1
7229 9 microbiologia dos alimentos 2011.1
goretypuente
 
MICROBIOLOGIA.pptx
MICROBIOLOGIA.pptxMICROBIOLOGIA.pptx
MICROBIOLOGIA.pptx
LuanaRamos93
 
Microbiologia dos alimentos
Microbiologia dos alimentosMicrobiologia dos alimentos
Microbiologia dos alimentos
Franciele Marcela
 
1318 microbiologia dos alimentos(1)
1318 microbiologia dos alimentos(1)1318 microbiologia dos alimentos(1)
1318 microbiologia dos alimentos(1)
Crisliane Camargo de Sá
 
Indicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
Indicadores_de_qualidade_de_agua.pptIndicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
Indicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
IsabelMaria77
 
Indicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
Indicadores_de_qualidade_de_agua.pptIndicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
Indicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
IsabelMaria77
 
Relatório técnico fátima
Relatório técnico fátimaRelatório técnico fátima
Relatório técnico fátima
fatimariasantos
 
Relatório técnico fátima
Relatório técnico fátimaRelatório técnico fátima
Relatório técnico fátima
migsantos
 
Relatório técnico fátima
Relatório técnico fátimaRelatório técnico fátima
Relatório técnico fátima
fatimariasantos
 
Aula 03 (1)
Aula 03 (1)Aula 03 (1)
Aula 03 (1)
FABIACOSTA5
 

Semelhante a Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana (20)

Culturas e isolamento de bacterias meios
Culturas e isolamento de bacterias meiosCulturas e isolamento de bacterias meios
Culturas e isolamento de bacterias meios
 
fatores intrinsecos e fatores extrinsecos
fatores intrinsecos e fatores extrinsecosfatores intrinsecos e fatores extrinsecos
fatores intrinsecos e fatores extrinsecos
 
Classificação dos Meios de Cultura Artificiais - parte 1.pdf
Classificação dos Meios de Cultura Artificiais - parte 1.pdfClassificação dos Meios de Cultura Artificiais - parte 1.pdf
Classificação dos Meios de Cultura Artificiais - parte 1.pdf
 
Meios de cultura
Meios de culturaMeios de cultura
Meios de cultura
 
Conceitos Basicos de Microgiologia
Conceitos Basicos de MicrogiologiaConceitos Basicos de Microgiologia
Conceitos Basicos de Microgiologia
 
Microbiologia dos alimentos fatores intrinsecos e extrinsecos net
Microbiologia dos alimentos fatores intrinsecos e extrinsecos netMicrobiologia dos alimentos fatores intrinsecos e extrinsecos net
Microbiologia dos alimentos fatores intrinsecos e extrinsecos net
 
AULA 5. EXIGÊNCIAS NUTRICIONAIS E CONDIÇÕES FÍSICAS PARA O CULTIVO.pptx
AULA 5. EXIGÊNCIAS NUTRICIONAIS E CONDIÇÕES FÍSICAS PARA O CULTIVO.pptxAULA 5. EXIGÊNCIAS NUTRICIONAIS E CONDIÇÕES FÍSICAS PARA O CULTIVO.pptx
AULA 5. EXIGÊNCIAS NUTRICIONAIS E CONDIÇÕES FÍSICAS PARA O CULTIVO.pptx
 
Factores Q Afectam Crescimento Micro
Factores Q Afectam Crescimento MicroFactores Q Afectam Crescimento Micro
Factores Q Afectam Crescimento Micro
 
Microbiologia aplicada aula08 fisiologia
Microbiologia aplicada aula08 fisiologiaMicrobiologia aplicada aula08 fisiologia
Microbiologia aplicada aula08 fisiologia
 
Aula5 crescimentomicrobiano-140505201033-phpapp01
Aula5 crescimentomicrobiano-140505201033-phpapp01Aula5 crescimentomicrobiano-140505201033-phpapp01
Aula5 crescimentomicrobiano-140505201033-phpapp01
 
7229 9 microbiologia dos alimentos 2011.1
7229 9   microbiologia dos alimentos 2011.17229 9   microbiologia dos alimentos 2011.1
7229 9 microbiologia dos alimentos 2011.1
 
MICROBIOLOGIA.pptx
MICROBIOLOGIA.pptxMICROBIOLOGIA.pptx
MICROBIOLOGIA.pptx
 
Microbiologia dos alimentos
Microbiologia dos alimentosMicrobiologia dos alimentos
Microbiologia dos alimentos
 
1318 microbiologia dos alimentos(1)
1318 microbiologia dos alimentos(1)1318 microbiologia dos alimentos(1)
1318 microbiologia dos alimentos(1)
 
Indicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
Indicadores_de_qualidade_de_agua.pptIndicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
Indicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
 
Indicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
Indicadores_de_qualidade_de_agua.pptIndicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
Indicadores_de_qualidade_de_agua.ppt
 
Relatório técnico fátima
Relatório técnico fátimaRelatório técnico fátima
Relatório técnico fátima
 
Relatório técnico fátima
Relatório técnico fátimaRelatório técnico fátima
Relatório técnico fátima
 
Relatório técnico fátima
Relatório técnico fátimaRelatório técnico fátima
Relatório técnico fátima
 
Aula 03 (1)
Aula 03 (1)Aula 03 (1)
Aula 03 (1)
 

Mais de Jaqueline Almeida

Aula de Microbiologia Clínica sobre Estrutura, Replicação e Classificação Viral
Aula de Microbiologia Clínica sobre Estrutura, Replicação e Classificação ViralAula de Microbiologia Clínica sobre Estrutura, Replicação e Classificação Viral
Aula de Microbiologia Clínica sobre Estrutura, Replicação e Classificação Viral
Jaqueline Almeida
 
Aula de Microbiologia Clínica sobre Características Gerais dos Vírus
Aula de Microbiologia Clínica sobre Características Gerais dos VírusAula de Microbiologia Clínica sobre Características Gerais dos Vírus
Aula de Microbiologia Clínica sobre Características Gerais dos Vírus
Jaqueline Almeida
 
Aula de Microbiologia Clínica sobre Patogenia das Viroses e RNA
Aula de Microbiologia Clínica sobre Patogenia das Viroses e RNAAula de Microbiologia Clínica sobre Patogenia das Viroses e RNA
Aula de Microbiologia Clínica sobre Patogenia das Viroses e RNA
Jaqueline Almeida
 
Aula de Bioética e Exercício Profissional Sobre Plataforma Lattes
Aula de Bioética e Exercício Profissional Sobre Plataforma LattesAula de Bioética e Exercício Profissional Sobre Plataforma Lattes
Aula de Bioética e Exercício Profissional Sobre Plataforma Lattes
Jaqueline Almeida
 
Aula sobre adenocarcinoma aspecto clínico e citológico
Aula sobre adenocarcinoma  aspecto clínico e citológicoAula sobre adenocarcinoma  aspecto clínico e citológico
Aula sobre adenocarcinoma aspecto clínico e citológico
Jaqueline Almeida
 
Aula sobre Carcinoma – aspecto clínico e citológico
Aula sobre Carcinoma – aspecto clínico e citológicoAula sobre Carcinoma – aspecto clínico e citológico
Aula sobre Carcinoma – aspecto clínico e citológico
Jaqueline Almeida
 
Aula de Engenharia Genética sobre PCR
Aula de Engenharia Genética sobre PCRAula de Engenharia Genética sobre PCR
Aula de Engenharia Genética sobre PCR
Jaqueline Almeida
 
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e AmostrasAula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Jaqueline Almeida
 
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Pipetagem
Aula de Instrumentação Biomédica sobre PipetagemAula de Instrumentação Biomédica sobre Pipetagem
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Pipetagem
Jaqueline Almeida
 
Atividade de IMAGENS
Atividade de IMAGENSAtividade de IMAGENS
Atividade de IMAGENS
Jaqueline Almeida
 
Aula sobre Papiloma Vírus Humano HPV
Aula sobre Papiloma Vírus Humano HPVAula sobre Papiloma Vírus Humano HPV
Aula sobre Papiloma Vírus Humano HPV
Jaqueline Almeida
 
Aula de Clonagem e Vetores e bibliotecas de DNA
Aula de Clonagem e Vetores e bibliotecas de DNAAula de Clonagem e Vetores e bibliotecas de DNA
Aula de Clonagem e Vetores e bibliotecas de DNA
Jaqueline Almeida
 

Mais de Jaqueline Almeida (12)

Aula de Microbiologia Clínica sobre Estrutura, Replicação e Classificação Viral
Aula de Microbiologia Clínica sobre Estrutura, Replicação e Classificação ViralAula de Microbiologia Clínica sobre Estrutura, Replicação e Classificação Viral
Aula de Microbiologia Clínica sobre Estrutura, Replicação e Classificação Viral
 
Aula de Microbiologia Clínica sobre Características Gerais dos Vírus
Aula de Microbiologia Clínica sobre Características Gerais dos VírusAula de Microbiologia Clínica sobre Características Gerais dos Vírus
Aula de Microbiologia Clínica sobre Características Gerais dos Vírus
 
Aula de Microbiologia Clínica sobre Patogenia das Viroses e RNA
Aula de Microbiologia Clínica sobre Patogenia das Viroses e RNAAula de Microbiologia Clínica sobre Patogenia das Viroses e RNA
Aula de Microbiologia Clínica sobre Patogenia das Viroses e RNA
 
Aula de Bioética e Exercício Profissional Sobre Plataforma Lattes
Aula de Bioética e Exercício Profissional Sobre Plataforma LattesAula de Bioética e Exercício Profissional Sobre Plataforma Lattes
Aula de Bioética e Exercício Profissional Sobre Plataforma Lattes
 
Aula sobre adenocarcinoma aspecto clínico e citológico
Aula sobre adenocarcinoma  aspecto clínico e citológicoAula sobre adenocarcinoma  aspecto clínico e citológico
Aula sobre adenocarcinoma aspecto clínico e citológico
 
Aula sobre Carcinoma – aspecto clínico e citológico
Aula sobre Carcinoma – aspecto clínico e citológicoAula sobre Carcinoma – aspecto clínico e citológico
Aula sobre Carcinoma – aspecto clínico e citológico
 
Aula de Engenharia Genética sobre PCR
Aula de Engenharia Genética sobre PCRAula de Engenharia Genética sobre PCR
Aula de Engenharia Genética sobre PCR
 
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e AmostrasAula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
 
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Pipetagem
Aula de Instrumentação Biomédica sobre PipetagemAula de Instrumentação Biomédica sobre Pipetagem
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Pipetagem
 
Atividade de IMAGENS
Atividade de IMAGENSAtividade de IMAGENS
Atividade de IMAGENS
 
Aula sobre Papiloma Vírus Humano HPV
Aula sobre Papiloma Vírus Humano HPVAula sobre Papiloma Vírus Humano HPV
Aula sobre Papiloma Vírus Humano HPV
 
Aula de Clonagem e Vetores e bibliotecas de DNA
Aula de Clonagem e Vetores e bibliotecas de DNAAula de Clonagem e Vetores e bibliotecas de DNA
Aula de Clonagem e Vetores e bibliotecas de DNA
 

Aula de Microbiologia Clínica sobre Meios de cultura bacteriana

  • 1. Classificação, composição química e preparação dos meios de cultura Microbiologia – UNG 2017
  • 2. Definição  Resultam da associação qualitativa e quantitativa de substâncias que fornecem nutrientes necessários ao cultivo de microrganismos (mo)  Existem vários tipos de meios de cultura para satisfazer as necessidades nutricionais da ampla diversidade dos microrganismos  É preciso fornecer condições ambientais favoráveis ao desenvolvimento dos mo (pH, pressão osmótica, umidade, temperatura, tensão de oxigênio)
  • 3. Classificação  Os meios de cultura são classificados de acordo com diferentes critérios:  1. Estado físico:  Sólidos – contém agentes solidificantes, principalmente ágar (1 a 2%) – formação de colônias  Semi sólidos – consistência intermediária (0,075 a 0,5% de ágar) – permite o crescimento dos mo em diferentes tensões de oxigênio, verificação da motilidade (visualizada pela turvação)  Líquidos ou caldos – sem agentes solidificantes – ativação de culturas, repiques e provas bioquímicas
  • 4. Classificação  2. Procedência dos constituintes:  Naturais ou complexos - sem composição química definida, geralmente extratos vegetais, animais ou de outros microrganismos. Usados para microrganismos menos exigentes na nutrição. Ex - Meio de Löwenstein Jensen (Mycobacterium tuberculosis) contém sais, ovos e pedaços de batata  Artificiais ou quimicamente definidos: composição química definida. Usados para microrganismos mais específicos e exigentes. Ex - CaldoTetrationato (Samonella) contém apenas iodo, KI e água
  • 5. Classificação  3. De acordo com a composição química  Simples – permitem o crescimento bacteriano sem exigências especiais – caldos e ágar simples  Especiais – quando cumprem exigências vitais de determinados organismos – ágar sangue, ágar chocolate
  • 6.
  • 7. Classificação  4. De acordo com a finalidade bacteriólogica ou micológica  Meios de pré-enriquecimento – permitem a dessensibilização de microrganismos que sofreram algum tipo de tratamento (térmico ou químico) – água peptonada, caldo lactosado  Meios de enriquecimento – proporcionam nutrientes adequados ao crescimento dos mo em baixo número ou crescimento lento – caldo tetrationado e selenito cistina  Diferenciais – contêm substâncias que permitem estabelecer diferenças entre mo muito semelhantes – ágar MacConkey (enterobactérias)
  • 8. Classificação  4. De acordo com a finalidade bacteriólogica ou micológica  Seletivos – contêm substâncias que inibem o desenvolvimento de determinados grupos de microrganismos, permitindo o crescimento de outros – ágar Salmonella-Shigella (SS)  Meios de triagem – avaliam determinadas atividades metabólicas permitindo caracterização e identificação presuntiva de muitos microrganismos – meio Instituto Adolfo Lutz
  • 9. Classificação  4. De acordo com a finalidade bacteriólogica ou micológica  Identificação – realização de provas bioquímicas e verificação de funções fisiológicas de organismos – ágar citrato, caldo nitrato  Dosagem – determinações de vitaminas, antibióticos e aminoácidos  Contagem – determinação quantitativa da população microbiana – ágar de contagem de placas  Estocagem ou manutenção – garantem a viabilidade de microrganismos – ágar sabouraud
  • 10. Classificação  Ágar nutriente  Simples, de fácil preparo e barato, é utilizado na análise de água, alimentos e leite como meio para cultivo de amostras submetidas a exames bacteriológicos e isolamento de organismos para culturas puras.  Cor original – branco opalescente  Positivo – crescimento na superfície
  • 11. Classificação  Ágar MacConkey  Destinado para o crescimento de bactérias Gram negativas e indica a fermentação de lactose. Colônias de bactérias que fermentam lactose tornam o meio rosa choque e as bactérias que não são fermentadoras de lactose tornam o meio amarelo claro.  Cor original – rosa avermelhado  Fermentadores de lactose + - colônias rosa  Fermentadores de lactose - – colônias incolores
  • 12. Classificação  Ágar Sangue  De coloração vermelha escura e opaca, oferece excelentes condições de crescimento para a maioria dos microrganismos.  Eritrócitos íntegros favorecem a formação de halos de hemólise
  • 13. Classificação  Ágar Sangue  Beta hemólise – presença de halo transparente ao redor das colônias – lise total das hemácias -Streptococcus pyogenes
  • 14. Classificação  Ágar Sangue  Alfa hemólise – presença de halo esverdeado ao redor das colônias – lise parcial das hemácias – Streptococcus agalactiae
  • 15. Classificação  Ágar Sangue  Gama hemólise – sem hemólise – Enterococcus faecalis
  • 16. Classificação  Ágar chocolate  Utilizado para microrganismos exigentes  Ao meio é adicionado sangue de cavalo, carneiro ou coelho em altas temperaturas – Haemophilus ssp, Neisseria ssp  Cor original – marrom escuro  Neisseria – pigmento amarelo  Haemophilus – pigmento creme
  • 17. Classificação  Ágar Salmonella – Shigella  Ágar SS possui componentes (sais de bile, verde brilhante e citrato de sódio) que inibem microrganismos Gram positivos.  Selecionar e isolar espécies de Salmonella e Shigella, em amostras de fezes, alimentos e água  Colônias com centro escuro – Salmonela  Colônias incolores - Shigella
  • 18. Classificação  Löwenstein Jensen  A base do meio é constituída por ovos integrais, o que permite amplo crescimento das micobactérias e o crescimento é satisfatório para o teste de niacina (que é positivo para Mycobacterium tuberculosis).  Isolamento primário das micobactérias  Cor original verde claro  Crescimento de colônias amarelas - positivo
  • 19. Classificação  Ágar Saboraud  Favorece o crescimento de diversos fungos leveduriformes e filamentosos  Composto por dextrose, ágar e peptonas  Cor original do meio: amarelo claro opalescente.  Após o crescimento, deve-se seguir a identificação do microrganismo que cresceu.