Conclusão

33.280 visualizações

Publicada em

Aula de conclusão para redações do ENEM.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
33.280
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
196
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
204
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conclusão

  1. 1. Conclusão - ENEM Como fazer uma conclusão com proposta de intervenção Cynthia Funchal – http://aulasdelpt.blogspot.com
  2. 2. Conclusão • É o desfecho dado ao texto; • Retoma o texto como um todo, principalmente a proposição (tese) que é desenvolvida; • Final do processo de argumentação; • Esclarece e ratifica (confirma, reafirma) um ponto de vista. Para uma conclusão adequada, retoma-se a tese defendida, a partir da sintetização das ideias gerais do texto, e também apresentam-se propostas de solução para o problema discutido ou sugestões relacionadas à questão desenvolvida (o que é uma exigência nas redações do ENEM, mas que não precisa necessariamente vir na conclusão).
  3. 3. Estratégias • Volte ao tema da introdução; • Faça questionamentos a si mesmo(a) sobre o texto (- E daí?); • Sintetize; • Conectivos de caráter conclusivo: Portanto, então, desse modo, dessa maneira, dessa forma, nessa perspectiva, assim, logo etc.
  4. 4. Evite! • Evite expressões desnecessárias e óbvias como “concluindo”, “conclui-se que”, “resumindo”, “por fim”; • Apresentar a tese pela primeira vez na conclusão; • Acrescentar uma nova ideia ou argumento; • Parafrasear a introdução sem mudanças eficientes no texto; • Fazer apelos sentimentais;
  5. 5. • Redundâncias dentro do texto, como “a partir dos argumentos expostos no texto”, “diante do que foi explorado no texto”; • Incluir evidências que deveriam estar no desenvolvimento; • Questionamentos e reticências; • Elementos surpresa; • Contradições.
  6. 6. Proposta de intervenção • Apresente possíveis soluções para o problema a partir de uma proposta de ação social; • A proposta de intervenção deve estar relacionada ao tema e ao desenvolvimento do texto; • Evite soluções vagas como “é importante que o governo tome providências” ou “a população deve se conscientizar”; • Detalhe sua proposta.
  7. 7. Portanto, a partir dos argumentos expostos ao longo do texto, podemos concluir que o homem realiza muitas tarefas diárias. O homem trabalha, cada vez mais, para poder sustentar os filhos e a casa, tendo, assim, uma vida confortável. Por conta disso, acaba ficando sobrecarregado e não realiza muito bem todas as suas atividades. As empresas acabam exigindo um tempo cada vez maior de seus funcionários, o que acaba reduzindo e prejudicando o tempo para ficar com a família. Abrir mão de propostas de trabalho muitas vezes interessantes poderia resolver essa questão. Cabendo a cada um de nós escolher... Fonte: Vídeo de Priscila Gomes no site http://soumaisenem.com.br http://soumaisenem.com.br/portugues/dissertacao-argumentativa/o-paragrafo-de-conclusao TEMA: “A influência do tempo na vida do homem”
  8. 8. O Brasil está se tornando um País mais desenvolvido e com varias etnias, por isso é que muitos imigrantes estão vindo para o nosso país. O Brasil está tendo uma melhoria de vida que outros países não oferecem. Tem acontecido varías tragedias e desastres ambientas no mundo; tais como, enchentes, desabamentos, terremotos, tsunames, furacões, tornados, terremotos, maremotos, e outros desastres ambientais. No Brasil acontece poucos desses desastres, e é por isso que muito imigrantes mudam e se estabelecem aqui, com suas cultura, línguas, costumes, famílias e hístoria. E a cada dia vão criando um Brasil diferente, cheio de sotaques e culturas dos imigrantes. Nível 0: Não apresenta proposta de intervenção ou apresenta proposta não relacionada ao tema ou ao assunto.
  9. 9. Invasão ou moradia? Com a imigração no Brasil no século XXI, esta ocorrendo muitos conflitos entre os imigrantes, pois quando uma pessoa de um outro país, quer vir até Brasil, para conhecer outros lugares, visitar algum ente querido, ou até mesmo a procura de um bom emprego. Muitos não vem com a intensão de cometer algum delito, mas muitas vezes vem a procura de moradia. Milhares de pessoas vem para o Brasil e são recebidos mal, e com isso eles perdem a vontade de conhecer outros países, houve no Acre, em 2011, uma invasão dos haitianos que foram até lá, a procura de moradia, pois houve um terremoto em seu país. (...) Muitas leis são feitas para nós nos beneficiarmos, mas também temos que pensarem outras pessoas, mesmo sendo de uma outra imigração, como diz na Biblia em Êxodo, amai-vos o próximo como a ti mesmo. Se todos seguissem esse mandamento, o mundo seria melhor de se conviver. Nível 1: Apresenta proposta de intervenção vaga, precária ou relacionada apenas ao assunto.
  10. 10. Imigrantes no Brasil O grande volume imigratório, que hoje acontece no país, traz entre conflitos por conta da falta de políticas públicas no país, preconceito por parte dos Brasileiros e também contribuições a nossa nação. O poder público não preparado e até por descaso não consegue lidar com os imigrantes ilegais, alimentam, dão asilo político e não se posicionam sobre o assunto. Nosso país a cada dia mais recebe estrangeiros. Bolivianos, Haitianos em sua maioria, em busca de emprego e melhor qualidade de vida. Gerando preconceito por parte dos brasileiros, que por sua vez sempre criticaram a forma hostil que os europeus tratavam os imigrantes, agora se sentem ameaçados pela mão de obra que vem de fora. Os imigrantes não só trazem o seu trabalho, trazem sua música, comida, folclore, enrriquecendo também nossa cultura. Mesmo com a falta de estrutura no país e até a ocorrência de xenofobia, os imigrantes estão entre nós. É necessário uma mobilização do governo federal e maior flexibilidade por parte dos Brasileiros. Nível 2: Elabora, de forma insuficiente, proposta de intervenção relacionada ao tema, ou não articulada com a discussão desenvolvida no texto.
  11. 11. Imigrantes e amigos. Os termos que traçam as diretrizes de uma boa convivência, sempre foram compartilhados com a sociedade, e a partir de agora, a utilização desses, tronou-se primordial, pois com a chegada de imigrantes, haitianos; bolivianos; etc, a pluralidade de culturas será maior, logo diferenças existirão. Imigrantes que veem em busca de oportunidades, principalmente relacionadas ao trabalho. O que deve ser feito é respeitar ao máximo esses imigrantes, e cada vez mais inseri-los na sociedade, para que assim possam estabelecer uma convivência igualitária e democrática. E isso é alcançado com oportunidades, na área trabalhista e principalmente educacional, pois inseridos no meio social, o aprendizado será valoroso para ambas culturas. O Brasil é um grande exemplo de diversidade cultural, exemplo disso é a cultura afro-brasileira e os imigrantes do sul que juntos integram a cultura brasileira. Novos imigrantes são sempre bem vindos, contanto que venham para acrescentar, seja no modo como trabalham ou se expressão, o importante é aprender e ensinar, independente da cultura ou etnia do próximo, sempre respeitando as diferenças. Nível 3: Elabora, de forma mediana, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.
  12. 12. Nos últimos anos, é notável que o processo de imigração para o Brasil se tornou diferenciado daquele que ocorrera nos séculos passados, pois as causas que geram essa imigração se deve a questões econômicas e as oportunidades de empregos melhores. Um exemplo se refere aos imigrantes haitianos que vieram para o Brasil em busca de realização profissional, pois os mesmos encontram dificuldades de encontrar empregos em seu país de origem, devido ao terremoto que abalou e arruinou o país em 2010. Eles vieram para o Brasil seduzidos pela hospitalidade brasileira, mas infelizmente não conseguem realizar seus desejos de ter um emprego, apesar da ajuda que o país fornece, pois o preconceito com estrangeiros ainda é muito grande. (...) Diante de todos esses problemas, é necessário que o Brasil crie uma consciência acerca de tudo isso e aceite esses imigrantes de braços abertos, que forneça condições para que eles tenham uma vida bem melhor, através de cursos profissionais e de alfabetização, também é necessário que a população deixe o preconceito de lado e mostre que o Brasil é um país acolhedor e que aprecia o fazer diferente com os imigrantes, daqueles que sempre fazem igual. Nível 4: Elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.
  13. 13. Incluir para somar O homem, ao longo de sua história, sempre migrou em busca de melhores condições econômicas, sociais e políticas. Isso se mostra desde o Homo Oferensis que migrou da África à Europa até os dias de hoje, período no qual o Brasil é destino de milhares de pessoas de todo o mundo. Frente a essa atual realidade brasileira (predomínio da imigração) tornase necessário tomar medidas que incluam tais imigrantes como cidadãos legais evitando posteriores conflitos xenofóbicos. (...) Diante do exposto, a sociedade civil, os políticos e os cidadãos comuns têm que unir esforços para que o processo imigratório brasileiro inclua os extrangeiros e não os exclua (como ocorreu com os judeus e negros e Alemanha e como vem ocorrendo com os bolivianos e equatorianos no Brasil. Para isso se concretizar, faz-se necessário que ONG’s distribuam cartazes e ministrem palestras que conscientizem a população. Os políticos podem fazer uma campanha para legalizar os imigrantes ilegais e os cidadãos podem incluí-los socialmente. Assim maximizar-se-iam os benefícios e minimizar-seiam os malefícios dessa imigração no Brasil. Nível 5: Elabora muito bem proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.
  14. 14. O valor da diferença O desafio de se conviver com a diferença na sociedade é complicado, mas necessário. Diante da grande pluralidade cultural e étnica que se choca com frequência no mundo globalizado, é preciso, além de tolerância, respeito incondicional aos direitos humanos. Diariamente, nos deparamos com pessoas das mais variadas culturas, opiniões e classes sociais. Muitas vezes, são nossos vizinhos, colegas e amigos. Essa convivência enriquece nossas vidas, pois aprendemos a respeitar o nosso próximo, nos tornando pessoas mais fraternas. Porém, nem sempre essa relação acontece facilmente. Fatos divulgados pela mídia nos mostram que, para alguns ainda, a simples diferença fenotípica gera discriminação e violência, como no caso do brasileiro que foi confundido com um terrorista em Londres. Ele foi brutalmente exterminado pela polícia inglesa por ter feições diferentes da maioria dos britânicos. Elabore uma conclusão, com proposta de intervenção, para o texto acima. Fonte: Redação nota 10 do ENEM (http://www.mundovestibular.com.br), com adaptações. http://www.mundovestibular.com.br/articles/114/1/Redacao-Nota-10-do-Enem/Paacutegina1.html

×