SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
Prof.ª Elaine Teixeira
Disciplina Curso Bimestre Série
Produção
Textual
Ensino Médio 1° 3ª
O QUE É?
O manifesto é um tipo de
texto
dissertativo/argumentativo
que vem sendo explorado
pelos vestibulares como
opção de redação, cuja
característica principal é
expor ideias referentes a um
assunto, compartilhadas por
um grupo de pessoas.
NO QUE CONSISTE ESSE GÊNERO TEXTUAL?
O objetivo aqui é impactar a opinião pública e,
portanto, a linguagem persuasiva é
fundamental.
HÁ VÁRIOS TIPOS DE MANIFESTO:
 Comunista;
 Futurista;
 Antropófago;
 Poesia Pau Brasil, etc.
Todos com motivações e alvos diferentes, mas
utilizando do mesmo canal de comunicação:
a escrita.
FIQUE ATENTO!
 A linguagem deve estar de acordo com o
público-alvo.
 No entanto, não utilize gírias, tampouco
palavras de baixo calão.
 Geralmente, os verbos estão ou no presente
do indicativo (vamos, temos, queremos,
lutamos) ou no imperativo (Veja, lute,
conquiste)!
EXEMPLO:
 Manifesto à população contra a propaganda enganosa
"Atenção, consumidor compulsivo, antenado em rádio, televisão, outdoors, etc.
Não se deixe levar pelos apelos sedutores nem pela aparência inicial de um
produto ou serviço. Reflita. Não aja por impulso. Nem se deixe iludir com a
conversa do anúncio, vendedor ou vendedora. A propaganda objetiva criará em
você uma tal necessidade que você se sentirá excluído por não ter o objeto do
desejo. Fique alerta, pois tudo não passa de um jogo psicológico. Tome cuidado
com as promoções. Não compre sern pesquisar preços. Pechinche. Peça
descontos e prazos para o pagamento. Aproveite o momento e exerça esse direito
básico do consumidor. Exija nota fiscal, que é sua garantia. Sem ela você não
poderá provar nada. Com ela, garantirá recursos destinados à construção de
hospitais, escolas, etc. Recorra ao Código de Defesa do Consumidor para garantir
seus direitos e denunciar abusos.
Defensores do Povo, abril de 2003.
Jovens, senhores e senhoras da comunidade representados por Ana Júlia Santos,
Bernardo Silva, Cláudia Mendel, Dirceu Silva, Edna Carneiro, Fábio Lima, Gláucia
Cordeiro, Maria do Céu.“
ESTRUTURA DO MANIFESTO
* Título – o qual normalmente sintetiza o
assunto, o pensamento abordado;
* Corpo do texto – esclarece os
posicionamentos dos autores, sendo esses
alicerçados em argumentos que realmente
os justifiquem;
* Local, data e assinatura dos manifestantes.
REFERÊNCIA
 http://www.brasilescola.com/redacao/manifes
to.htm
 http://www.mundoeducacao.com/redacao/ma
nifesto.htm
 http://saladeestudoscentrodecursos.blogspot
.com.br/2011/11/o-manifesto-trata-
geralmente-de.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
 
Tudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMASTudo sobre POEMAS
Tudo sobre POEMAS
 
Diferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opiniãoDiferença entre fato e opinião
Diferença entre fato e opinião
 
Uso da vírgula
Uso da vírgulaUso da vírgula
Uso da vírgula
 
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTOAULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação  - PRONTO
AULA 03 - Introdução - Diversas formas de iniciar uma redação - PRONTO
 
Texto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativoTexto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativo
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
 
JOGO DA MEMÓRIA (FIGURAS DE LINGUAGEM).docx
JOGO DA MEMÓRIA (FIGURAS DE LINGUAGEM).docxJOGO DA MEMÓRIA (FIGURAS DE LINGUAGEM).docx
JOGO DA MEMÓRIA (FIGURAS DE LINGUAGEM).docx
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
 
Quinhentismo
Quinhentismo Quinhentismo
Quinhentismo
 
Aula intertextualidade
Aula intertextualidadeAula intertextualidade
Aula intertextualidade
 
Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 
Generos textuais
Generos textuaisGeneros textuais
Generos textuais
 
DISSERTAÇÃO ARGUMENTATIVA
DISSERTAÇÃO ARGUMENTATIVADISSERTAÇÃO ARGUMENTATIVA
DISSERTAÇÃO ARGUMENTATIVA
 
Gênero notícia
Gênero notíciaGênero notícia
Gênero notícia
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
 
O pré modernismo
O pré modernismoO pré modernismo
O pré modernismo
 

Destaque

Vest 2012 unicamp 5 os finalmentes vários gêneros textuais
Vest 2012 unicamp 5 os finalmentes vários gêneros textuaisVest 2012 unicamp 5 os finalmentes vários gêneros textuais
Vest 2012 unicamp 5 os finalmentes vários gêneros textuaisKatcavenum
 
Aula de redacao manifesto15112010155533
Aula de redacao   manifesto15112010155533Aula de redacao   manifesto15112010155533
Aula de redacao manifesto15112010155533Isabel Sousa
 
Exemplos de textos dissertativos
Exemplos de textos dissertativosExemplos de textos dissertativos
Exemplos de textos dissertativoscristiane carvalho
 
Manifesto do verde amarelismo-litertura
Manifesto do verde  amarelismo-literturaManifesto do verde  amarelismo-litertura
Manifesto do verde amarelismo-literturawalissoon
 
WDL 7 dicas para fazer panfletos você mesmo
WDL 7 dicas para fazer panfletos você mesmoWDL 7 dicas para fazer panfletos você mesmo
WDL 7 dicas para fazer panfletos você mesmoWe Do Logos
 
Proposta de manifesto, UFMG-2006
Proposta de manifesto, UFMG-2006Proposta de manifesto, UFMG-2006
Proposta de manifesto, UFMG-2006ma.no.el.ne.ves
 
Como Fazer Um Folheto
Como Fazer Um FolhetoComo Fazer Um Folheto
Como Fazer Um FolhetoJuliana Gense
 
PARÁGRAFO - a articulação, coerência, ambiguidade
PARÁGRAFO - a articulação, coerência, ambiguidadePARÁGRAFO - a articulação, coerência, ambiguidade
PARÁGRAFO - a articulação, coerência, ambiguidadeVanessa Rodrigues
 
Passos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoPassos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoSinara Lustosa
 
Ouvintes de Rádio
Ouvintes de RádioOuvintes de Rádio
Ouvintes de RádioSaulo Sales
 
MANIFESTO DA ESCOLA TRANSVERGENTE
MANIFESTO DA ESCOLA TRANSVERGENTEMANIFESTO DA ESCOLA TRANSVERGENTE
MANIFESTO DA ESCOLA TRANSVERGENTEJobenemar Carvalho
 
Sistema de avaliação 8º ano
Sistema de avaliação 8º anoSistema de avaliação 8º ano
Sistema de avaliação 8º anocamaceio
 

Destaque (20)

Panfleto
PanfletoPanfleto
Panfleto
 
Vest 2012 unicamp 5 os finalmentes vários gêneros textuais
Vest 2012 unicamp 5 os finalmentes vários gêneros textuaisVest 2012 unicamp 5 os finalmentes vários gêneros textuais
Vest 2012 unicamp 5 os finalmentes vários gêneros textuais
 
Manifesto
ManifestoManifesto
Manifesto
 
Gênero panfleto
Gênero panfletoGênero panfleto
Gênero panfleto
 
Aula de redacao manifesto15112010155533
Aula de redacao   manifesto15112010155533Aula de redacao   manifesto15112010155533
Aula de redacao manifesto15112010155533
 
Panfleto
Panfleto Panfleto
Panfleto
 
Exemplos de textos dissertativos
Exemplos de textos dissertativosExemplos de textos dissertativos
Exemplos de textos dissertativos
 
Manifesto do verde amarelismo-litertura
Manifesto do verde  amarelismo-literturaManifesto do verde  amarelismo-litertura
Manifesto do verde amarelismo-litertura
 
WDL 7 dicas para fazer panfletos você mesmo
WDL 7 dicas para fazer panfletos você mesmoWDL 7 dicas para fazer panfletos você mesmo
WDL 7 dicas para fazer panfletos você mesmo
 
Panfleto
PanfletoPanfleto
Panfleto
 
Proposta de manifesto, UFMG-2006
Proposta de manifesto, UFMG-2006Proposta de manifesto, UFMG-2006
Proposta de manifesto, UFMG-2006
 
Como Fazer Um Folheto
Como Fazer Um FolhetoComo Fazer Um Folheto
Como Fazer Um Folheto
 
PARÁGRAFO - a articulação, coerência, ambiguidade
PARÁGRAFO - a articulação, coerência, ambiguidadePARÁGRAFO - a articulação, coerência, ambiguidade
PARÁGRAFO - a articulação, coerência, ambiguidade
 
Saerjinho 3° ano
Saerjinho 3° anoSaerjinho 3° ano
Saerjinho 3° ano
 
ProduçãO Textual
ProduçãO TextualProduçãO Textual
ProduçãO Textual
 
Passos para uma boa redação
Passos para uma boa redaçãoPassos para uma boa redação
Passos para uma boa redação
 
Ouvintes de Rádio
Ouvintes de RádioOuvintes de Rádio
Ouvintes de Rádio
 
MANIFESTO DA ESCOLA TRANSVERGENTE
MANIFESTO DA ESCOLA TRANSVERGENTEMANIFESTO DA ESCOLA TRANSVERGENTE
MANIFESTO DA ESCOLA TRANSVERGENTE
 
Como aparecer na primeira pagina do google
Como aparecer na primeira pagina do googleComo aparecer na primeira pagina do google
Como aparecer na primeira pagina do google
 
Sistema de avaliação 8º ano
Sistema de avaliação 8º anoSistema de avaliação 8º ano
Sistema de avaliação 8º ano
 

Semelhante a Guia sobre manifestos: o que é, estrutura e exemplos

Apostila iet 2013_12
Apostila iet 2013_12Apostila iet 2013_12
Apostila iet 2013_12wluis001
 
Aula 01 Interpretação e eleaboração de textos.pptx
Aula 01 Interpretação e eleaboração de textos.pptxAula 01 Interpretação e eleaboração de textos.pptx
Aula 01 Interpretação e eleaboração de textos.pptxIsaquia Franco
 
Eptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressaoEptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressaoClara Bueno
 
Eptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressaoEptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressaoClara Bueno
 
Dissertação expositiva e argumentativa
Dissertação expositiva e argumentativaDissertação expositiva e argumentativa
Dissertação expositiva e argumentativatali_vini
 
Argumentos falaciosos
Argumentos falaciososArgumentos falaciosos
Argumentos falaciososJoão Vieira
 
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdfO TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdfEdnaSantos855118
 
Informatividade e fuga do senso comum
Informatividade e fuga do senso comumInformatividade e fuga do senso comum
Informatividade e fuga do senso comumJoão Mendonça
 
Dicas de redação
Dicas de redaçãoDicas de redação
Dicas de redaçãobelschlatter
 
Conversa filosófica 2015
Conversa filosófica 2015Conversa filosófica 2015
Conversa filosófica 2015Elisangela Zati
 
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02Edson Alves
 
artigo de opinião cont. (2).pdf
artigo de opinião cont. (2).pdfartigo de opinião cont. (2).pdf
artigo de opinião cont. (2).pdfFbioFernandesNeres
 
Unicamp 1 vestibular 2012 gênero artigo de opinião
Unicamp 1 vestibular 2012 gênero   artigo de opiniãoUnicamp 1 vestibular 2012 gênero   artigo de opinião
Unicamp 1 vestibular 2012 gênero artigo de opiniãoKatcavenum
 
Redação enem
Redação enemRedação enem
Redação enemJosi Motta
 

Semelhante a Guia sobre manifestos: o que é, estrutura e exemplos (20)

Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
Argumentação
ArgumentaçãoArgumentação
Argumentação
 
Argumentação
ArgumentaçãoArgumentação
Argumentação
 
Apostila iet 2013_12
Apostila iet 2013_12Apostila iet 2013_12
Apostila iet 2013_12
 
Aula 01 Interpretação e eleaboração de textos.pptx
Aula 01 Interpretação e eleaboração de textos.pptxAula 01 Interpretação e eleaboração de textos.pptx
Aula 01 Interpretação e eleaboração de textos.pptx
 
A contra argumentação
A contra argumentaçãoA contra argumentação
A contra argumentação
 
Eptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressaoEptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressao
 
Eptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressaoEptv artigo de opiniao portinari impressao
Eptv artigo de opiniao portinari impressao
 
Dissertação expositiva e argumentativa
Dissertação expositiva e argumentativaDissertação expositiva e argumentativa
Dissertação expositiva e argumentativa
 
Argumentos falaciosos
Argumentos falaciososArgumentos falaciosos
Argumentos falaciosos
 
Redacao Publicitária
Redacao PublicitáriaRedacao Publicitária
Redacao Publicitária
 
21 de agosto de 2013
21 de agosto de 201321 de agosto de 2013
21 de agosto de 2013
 
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdfO TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
O TEXTO DISSERTATIVO_Introdução - 1a série EM.pdf
 
Informatividade e fuga do senso comum
Informatividade e fuga do senso comumInformatividade e fuga do senso comum
Informatividade e fuga do senso comum
 
Dicas de redação
Dicas de redaçãoDicas de redação
Dicas de redação
 
Conversa filosófica 2015
Conversa filosófica 2015Conversa filosófica 2015
Conversa filosófica 2015
 
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
Aula01 textodissertativo-argumentativo-estrutura-130529182019-phpapp02
 
artigo de opinião cont. (2).pdf
artigo de opinião cont. (2).pdfartigo de opinião cont. (2).pdf
artigo de opinião cont. (2).pdf
 
Unicamp 1 vestibular 2012 gênero artigo de opinião
Unicamp 1 vestibular 2012 gênero   artigo de opiniãoUnicamp 1 vestibular 2012 gênero   artigo de opinião
Unicamp 1 vestibular 2012 gênero artigo de opinião
 
Redação enem
Redação enemRedação enem
Redação enem
 

Mais de Elaine Teixeira

Tutorial do Power Point ao vídeo
Tutorial do Power Point ao vídeoTutorial do Power Point ao vídeo
Tutorial do Power Point ao vídeoElaine Teixeira
 
A escrita colaborativa e o uso da plataforma sandstorm
A escrita colaborativa e o uso da plataforma sandstormA escrita colaborativa e o uso da plataforma sandstorm
A escrita colaborativa e o uso da plataforma sandstormElaine Teixeira
 
Infográfico produzindo recursos educacionais
Infográfico produzindo recursos educacionaisInfográfico produzindo recursos educacionais
Infográfico produzindo recursos educacionaisElaine Teixeira
 
Produzindo recursos educacionais
Produzindo recursos educacionaisProduzindo recursos educacionais
Produzindo recursos educacionaisElaine Teixeira
 
Multialfabetizaciones en la enseñanza de lengua española en Brasil
Multialfabetizaciones en la enseñanza de lengua española en BrasilMultialfabetizaciones en la enseñanza de lengua española en Brasil
Multialfabetizaciones en la enseñanza de lengua española en BrasilElaine Teixeira
 
Producción de recursos educativos abiertos como resultado de prácticas educat...
Producción de recursos educativos abiertos como resultado de prácticas educat...Producción de recursos educativos abiertos como resultado de prácticas educat...
Producción de recursos educativos abiertos como resultado de prácticas educat...Elaine Teixeira
 
A MULTIMODALIDADE COMO RECURSO PARA O ENSINO DE LÍNGUAS: O GÊNERO DIGITAL MEM...
A MULTIMODALIDADE COMO RECURSO PARA O ENSINO DE LÍNGUAS: O GÊNERO DIGITAL MEM...A MULTIMODALIDADE COMO RECURSO PARA O ENSINO DE LÍNGUAS: O GÊNERO DIGITAL MEM...
A MULTIMODALIDADE COMO RECURSO PARA O ENSINO DE LÍNGUAS: O GÊNERO DIGITAL MEM...Elaine Teixeira
 
Recursos educacionais abertos no ensino-aprendizagem de línguas: o ambiente R...
Recursos educacionais abertos no ensino-aprendizagem de línguas: o ambiente R...Recursos educacionais abertos no ensino-aprendizagem de línguas: o ambiente R...
Recursos educacionais abertos no ensino-aprendizagem de línguas: o ambiente R...Elaine Teixeira
 
A multimodalidade como recurso para o ensino de línguas
A multimodalidade como recurso para o ensino de línguasA multimodalidade como recurso para o ensino de línguas
A multimodalidade como recurso para o ensino de línguasElaine Teixeira
 
A VÍRGULA NO PERÍODO SIMPLES
A VÍRGULA NO PERÍODO SIMPLESA VÍRGULA NO PERÍODO SIMPLES
A VÍRGULA NO PERÍODO SIMPLESElaine Teixeira
 
Termos relacionados ao verbo
Termos relacionados ao verboTermos relacionados ao verbo
Termos relacionados ao verboElaine Teixeira
 
Ensino médio no contexto do ensino a distância avaliação online como propost...
Ensino  médio no contexto do ensino a distância avaliação online como propost...Ensino  médio no contexto do ensino a distância avaliação online como propost...
Ensino médio no contexto do ensino a distância avaliação online como propost...Elaine Teixeira
 
Multimodalidade e multiletramento como propostas pedagógicas na formação de l...
Multimodalidade e multiletramento como propostas pedagógicas na formação de l...Multimodalidade e multiletramento como propostas pedagógicas na formação de l...
Multimodalidade e multiletramento como propostas pedagógicas na formação de l...Elaine Teixeira
 
Games educativos e aplicativos de idiomas como ferramenta para aprendizagem d...
Games educativos e aplicativos de idiomas como ferramenta para aprendizagem d...Games educativos e aplicativos de idiomas como ferramenta para aprendizagem d...
Games educativos e aplicativos de idiomas como ferramenta para aprendizagem d...Elaine Teixeira
 
PORTUNHOL: LÍNGUA, INTERLÍNGUA OU DIALETO?
PORTUNHOL: LÍNGUA, INTERLÍNGUA OU DIALETO?PORTUNHOL: LÍNGUA, INTERLÍNGUA OU DIALETO?
PORTUNHOL: LÍNGUA, INTERLÍNGUA OU DIALETO?Elaine Teixeira
 
MULTIMODALIDADE E MULTILETRAMENTO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ESPANHOL
MULTIMODALIDADE E MULTILETRAMENTO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ESPANHOLMULTIMODALIDADE E MULTILETRAMENTO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ESPANHOL
MULTIMODALIDADE E MULTILETRAMENTO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ESPANHOLElaine Teixeira
 
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...Elaine Teixeira
 
Complento nominal e adjunto adnominal
Complento nominal e adjunto adnominalComplento nominal e adjunto adnominal
Complento nominal e adjunto adnominalElaine Teixeira
 

Mais de Elaine Teixeira (20)

Tutorial do Power Point ao vídeo
Tutorial do Power Point ao vídeoTutorial do Power Point ao vídeo
Tutorial do Power Point ao vídeo
 
Actas EL CHAT 2019
Actas EL CHAT 2019Actas EL CHAT 2019
Actas EL CHAT 2019
 
A escrita colaborativa e o uso da plataforma sandstorm
A escrita colaborativa e o uso da plataforma sandstormA escrita colaborativa e o uso da plataforma sandstorm
A escrita colaborativa e o uso da plataforma sandstorm
 
Infográfico produzindo recursos educacionais
Infográfico produzindo recursos educacionaisInfográfico produzindo recursos educacionais
Infográfico produzindo recursos educacionais
 
Produzindo recursos educacionais
Produzindo recursos educacionaisProduzindo recursos educacionais
Produzindo recursos educacionais
 
Multialfabetizaciones en la enseñanza de lengua española en Brasil
Multialfabetizaciones en la enseñanza de lengua española en BrasilMultialfabetizaciones en la enseñanza de lengua española en Brasil
Multialfabetizaciones en la enseñanza de lengua española en Brasil
 
Producción de recursos educativos abiertos como resultado de prácticas educat...
Producción de recursos educativos abiertos como resultado de prácticas educat...Producción de recursos educativos abiertos como resultado de prácticas educat...
Producción de recursos educativos abiertos como resultado de prácticas educat...
 
A MULTIMODALIDADE COMO RECURSO PARA O ENSINO DE LÍNGUAS: O GÊNERO DIGITAL MEM...
A MULTIMODALIDADE COMO RECURSO PARA O ENSINO DE LÍNGUAS: O GÊNERO DIGITAL MEM...A MULTIMODALIDADE COMO RECURSO PARA O ENSINO DE LÍNGUAS: O GÊNERO DIGITAL MEM...
A MULTIMODALIDADE COMO RECURSO PARA O ENSINO DE LÍNGUAS: O GÊNERO DIGITAL MEM...
 
Recursos educacionais abertos no ensino-aprendizagem de línguas: o ambiente R...
Recursos educacionais abertos no ensino-aprendizagem de línguas: o ambiente R...Recursos educacionais abertos no ensino-aprendizagem de línguas: o ambiente R...
Recursos educacionais abertos no ensino-aprendizagem de línguas: o ambiente R...
 
A multimodalidade como recurso para o ensino de línguas
A multimodalidade como recurso para o ensino de línguasA multimodalidade como recurso para o ensino de línguas
A multimodalidade como recurso para o ensino de línguas
 
A VÍRGULA NO PERÍODO SIMPLES
A VÍRGULA NO PERÍODO SIMPLESA VÍRGULA NO PERÍODO SIMPLES
A VÍRGULA NO PERÍODO SIMPLES
 
Termos relacionados ao verbo
Termos relacionados ao verboTermos relacionados ao verbo
Termos relacionados ao verbo
 
Quiz Heterosemánticos
Quiz HeterosemánticosQuiz Heterosemánticos
Quiz Heterosemánticos
 
Ensino médio no contexto do ensino a distância avaliação online como propost...
Ensino  médio no contexto do ensino a distância avaliação online como propost...Ensino  médio no contexto do ensino a distância avaliação online como propost...
Ensino médio no contexto do ensino a distância avaliação online como propost...
 
Multimodalidade e multiletramento como propostas pedagógicas na formação de l...
Multimodalidade e multiletramento como propostas pedagógicas na formação de l...Multimodalidade e multiletramento como propostas pedagógicas na formação de l...
Multimodalidade e multiletramento como propostas pedagógicas na formação de l...
 
Games educativos e aplicativos de idiomas como ferramenta para aprendizagem d...
Games educativos e aplicativos de idiomas como ferramenta para aprendizagem d...Games educativos e aplicativos de idiomas como ferramenta para aprendizagem d...
Games educativos e aplicativos de idiomas como ferramenta para aprendizagem d...
 
PORTUNHOL: LÍNGUA, INTERLÍNGUA OU DIALETO?
PORTUNHOL: LÍNGUA, INTERLÍNGUA OU DIALETO?PORTUNHOL: LÍNGUA, INTERLÍNGUA OU DIALETO?
PORTUNHOL: LÍNGUA, INTERLÍNGUA OU DIALETO?
 
MULTIMODALIDADE E MULTILETRAMENTO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ESPANHOL
MULTIMODALIDADE E MULTILETRAMENTO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ESPANHOLMULTIMODALIDADE E MULTILETRAMENTO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ESPANHOL
MULTIMODALIDADE E MULTILETRAMENTO NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ESPANHOL
 
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
 
Complento nominal e adjunto adnominal
Complento nominal e adjunto adnominalComplento nominal e adjunto adnominal
Complento nominal e adjunto adnominal
 

Último

Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimWashingtonSampaio5
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 

Último (20)

Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 

Guia sobre manifestos: o que é, estrutura e exemplos

  • 1. Prof.ª Elaine Teixeira Disciplina Curso Bimestre Série Produção Textual Ensino Médio 1° 3ª
  • 2. O QUE É? O manifesto é um tipo de texto dissertativo/argumentativo que vem sendo explorado pelos vestibulares como opção de redação, cuja característica principal é expor ideias referentes a um assunto, compartilhadas por um grupo de pessoas.
  • 3. NO QUE CONSISTE ESSE GÊNERO TEXTUAL? O objetivo aqui é impactar a opinião pública e, portanto, a linguagem persuasiva é fundamental.
  • 4. HÁ VÁRIOS TIPOS DE MANIFESTO:  Comunista;  Futurista;  Antropófago;  Poesia Pau Brasil, etc. Todos com motivações e alvos diferentes, mas utilizando do mesmo canal de comunicação: a escrita.
  • 5. FIQUE ATENTO!  A linguagem deve estar de acordo com o público-alvo.  No entanto, não utilize gírias, tampouco palavras de baixo calão.  Geralmente, os verbos estão ou no presente do indicativo (vamos, temos, queremos, lutamos) ou no imperativo (Veja, lute, conquiste)!
  • 6. EXEMPLO:  Manifesto à população contra a propaganda enganosa "Atenção, consumidor compulsivo, antenado em rádio, televisão, outdoors, etc. Não se deixe levar pelos apelos sedutores nem pela aparência inicial de um produto ou serviço. Reflita. Não aja por impulso. Nem se deixe iludir com a conversa do anúncio, vendedor ou vendedora. A propaganda objetiva criará em você uma tal necessidade que você se sentirá excluído por não ter o objeto do desejo. Fique alerta, pois tudo não passa de um jogo psicológico. Tome cuidado com as promoções. Não compre sern pesquisar preços. Pechinche. Peça descontos e prazos para o pagamento. Aproveite o momento e exerça esse direito básico do consumidor. Exija nota fiscal, que é sua garantia. Sem ela você não poderá provar nada. Com ela, garantirá recursos destinados à construção de hospitais, escolas, etc. Recorra ao Código de Defesa do Consumidor para garantir seus direitos e denunciar abusos. Defensores do Povo, abril de 2003. Jovens, senhores e senhoras da comunidade representados por Ana Júlia Santos, Bernardo Silva, Cláudia Mendel, Dirceu Silva, Edna Carneiro, Fábio Lima, Gláucia Cordeiro, Maria do Céu.“
  • 7. ESTRUTURA DO MANIFESTO * Título – o qual normalmente sintetiza o assunto, o pensamento abordado; * Corpo do texto – esclarece os posicionamentos dos autores, sendo esses alicerçados em argumentos que realmente os justifiquem; * Local, data e assinatura dos manifestantes.
  • 8. REFERÊNCIA  http://www.brasilescola.com/redacao/manifes to.htm  http://www.mundoeducacao.com/redacao/ma nifesto.htm  http://saladeestudoscentrodecursos.blogspot .com.br/2011/11/o-manifesto-trata- geralmente-de.html