REPERTÓRIO
Tipos
1. Coletânea de textos
2. Repertório externo
1.Coletânea de
textos
Mostrar capacidade de análise
1.Coletânea
de textos
Dois tipos de paráfrase
1.1. Paráfrase reprodutiva
 Somente extração de ideias
 Leitor não faz co-...
1.Coletânea
de textos
 Exemplo de Paráfrase Criativa
“Carlos Drummond em um de seus versos
diz sentir saudades da pátria,...
2. Repertório
externo
Referência a textos/conhecimentos não presentes
na coletânea
2. Repertório
externo
Tipos
 A) Atualidades – fatos recentes
 B) Outras disciplinas – história, geografia, obras
literár...
2. Repertório
externo
Tipos - A) Atualidades
“A política, a economia e a segurança pública dão
desgosto ao povo diversas v...
2. Repertório
externo
Tipos - B) Outras disciplinas
“A autoestima de um povo é em grande parte
alimentada por sua história...
2. Repertório
externo
Tipos - C) Artes e Humanidades
“Segundo o filósofo Espinosa, o homem tem duas
paixões essenciais: o ...
Resumo da
Aula
1) Coletânea
 Paráfrase criativa: mostrar compreensão e ampliar
2) Repertório Externo
• Atualidades
• Outr...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Repertório para redação

1.835 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.835
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
271
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Repertório para redação

  1. 1. REPERTÓRIO
  2. 2. Tipos 1. Coletânea de textos 2. Repertório externo
  3. 3. 1.Coletânea de textos Mostrar capacidade de análise
  4. 4. 1.Coletânea de textos Dois tipos de paráfrase 1.1. Paráfrase reprodutiva  Somente extração de ideias  Leitor não faz co-produção de sentidos 1.2. Paráfrase criativa Textos de apoio são subsídio para argumentação Produção de novos sentidos
  5. 5. 1.Coletânea de textos  Exemplo de Paráfrase Criativa “Carlos Drummond em um de seus versos diz sentir saudades da pátria, apesar de estar viajando por ela. O mineiro, que tem obra presa às origens, traduz a falta de autoestima brasileira, ao achar-se estrangeiro na pátria natal. Trata-se de uma necessidade coletiva de afirmação das diferenças deste mundo quase todo abaixo do Equador daquele do imperialismo. O utópico otimismo que nos é atribuído tem de valorizar os atos presentes, afirmar as glórias tropicais sem esperar julgamento externo.”
  6. 6. 2. Repertório externo Referência a textos/conhecimentos não presentes na coletânea
  7. 7. 2. Repertório externo Tipos  A) Atualidades – fatos recentes  B) Outras disciplinas – história, geografia, obras literárias  C) Artes e humanidades – sociologia, filosofia, música, cinema, artes plásticas
  8. 8. 2. Repertório externo Tipos - A) Atualidades “A política, a economia e a segurança pública dão desgosto ao povo diversas vezes ao longo de um ano. Denúncias de corrupção (como no caso de Jader Barbalho e Luis Estevão); altas da inflação e do dólar; o ataque de traficantes armados à prefeitura do Rio de Janeiro: cada exemplo ilustra alguma fonte de descontentamento da população e sua consequente queda de autoestima. Algum acontecimento extraordinário pode servir de escala para avaliação superficial da autoestima nacional. A mais recente foi no início do ano, quando da posse do presidente Luis Inácio Lula da Silva: a participação popular mostrou intenso otimismo e confiança em relação aos próximos anos. As pessoas pareciam portar a bandeira nacional com sincero orgulho.”
  9. 9. 2. Repertório externo Tipos - B) Outras disciplinas “A autoestima de um povo é em grande parte alimentada por sua história. Muitas nações construíram imagens de si próprias que, embora tributárias de feitos e fatos do passado, mantêm-se vivas e sólidas. Esse é, por exemplo, o caso da França, que tem nas conquistas da Revolução Francesa um dos pilares da apreciação positiva que os franceses fazem de si próprios. No caso do Brasil a história foi menos generosa: 'nascemos' como uma grande colônia de exploração, cuja razão de ser era servir à Europa; amargamos séculos de escravidão, que deixou marcas profundas no modo como os brasileiros (brancos, negros e mestiços) se veem e se relacionam.”
  10. 10. 2. Repertório externo Tipos - C) Artes e Humanidades “Segundo o filósofo Espinosa, o homem tem duas paixões essenciais: o medo e a esperança. São dois sentimentos muito fortes entre os brasileiros. O medo, atualmente, é constante, com grandes áreas miseráveis espalhadas pelo país e índices de criminalidade maiores ainda, dando respaldo para se falar em uma guerra civil sem cais em discurso hiperbólico. Ao mesmo tempo, a esperança permanece, tornando cada vez mais concreto o ditado "a esperança é a última que morre". Entre esses dois sentimentos situa-se a autoestima, imponente e salvadora como um ancoradouro, um lugar seguro que dá a quem a possui a certeza de que se está agindo corretamente e em benefício da nação.”
  11. 11. Resumo da Aula 1) Coletânea  Paráfrase criativa: mostrar compreensão e ampliar 2) Repertório Externo • Atualidades • Outras disciplinas • Artes/humanidades

×