REPARAÇÃO DO CRESCER SÓ APÓS INÍCIO DE TRATAMENTO

345 visualizações

Publicada em

A função 1ª do GH é promover o crescimento linear ou longitudinal,que obviamente se houver deficiência não ocorrerá da forma metabólica ou biológica esperada,levando à baixa estatura e outras disfunções não esperadas.Os efeitos metabólicos básicos servem para atingir esse resultado positivo em se considerando sua normalidade esperada,tem como auxilio/interveniência na > dos efeitos que promovem o crescimento a mediação pelo fator de crescimento insulino-simile I (IGF-I).

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

REPARAÇÃO DO CRESCER SÓ APÓS INÍCIO DE TRATAMENTO

  1. 1. A PRINCIPAL ISOFORMA DO HORMÔNIO DE CRESCIMENTO HUMANO GH É UMA PROTEÍNA DE 191 AMINOÁCIDOS E UM PESO MOLECULAR DE 22.124 DALTONS. A ESTRUTURA INCLUI QUATRO HÉLICES, NECESSÁRIAS PARA A INTERAÇÃO FUNCIONAL COM O RECEPTOR DE GH. AFIGURA-SE QUE, NA ESTRUTURA, O GH É EVOLUTIVAMENTE HOMÓLOGO À PROLACTINA E SOMATOMAMOTROPINA CORIÔNICA. O início de uma reparação com relação ao crescimento de criança, infantil ou juvenil, só tem o seu start a partir do momento que constatada a deficiência ou irregularidade funcional através de um diagnóstico o mais assertivo possível e efetuado o tratamento; para podermos ter uma idéia da importância do GH–hormônio de crescimento devemos considerar alguns detalhes importantes com relação a sua formação e seu “status quo”: vários moleculares isoformas de GH– hormônio de crescimento existe na glândula pituitária e é libertado para o sangue. Em particular, uma variante de aproximadamente 20 kDa, originado por um processamento alternativo está presente numa proporção bastante constante 1:9, enquanto recentemente uma variante adicional de ~ 23 a 24 kDa (peso molecular) também foi avaliada em estados pós-exercício com maior proporção. Esta variante não foi identificada, mas tem sido sugerida para coincidir com uma variante glicosilada de 22 kDa, de 23 kDa identificada na glândula pituitária. Por outro lado, estas variantes circulam parcialmente ligadas a uma proteína
  2. 2. (GHBP- growth hormone-binding protein), que é a parte truncada do receptor do hormônio de crescimento , e uma subunidade ácido-lábil (ALS). A função primária do GH-hormônio de crescimento é promover o crescimento linear ou longitudinal, o que obviamente se houver deficiência não ocorrerá da forma metabólica ou biológica esperada, levando à baixa estatura e outras disfunções não esperadas. Seus efeitos metabólicos básicos servem para atingir esse resultado positivo em se considerando sua normalidade esperada, tem como auxilio ou interveniência na maioria dos efeitos que promovem o crescimento a mediação pelo fator de crescimento insulino-simile I (IGF-I); anteriormente conhecido como somatomedina C. O GH-hormônio de crescimento, por meio do IGF-I, aumenta a síntese protêica ao aumentar a captação de aminoácidos e acelerar diretamente a transcrição e translação de mRNA. O processo de metabolização leva ao catabolismo protêico, ou seja, chama-se catabolismo à parte do metabolismo que se refere à assimilação ou processamento da matéria orgânica adquirida pelos seres vivos para fins de obtenção de energia. Este conjunto de processos diz respeito às vias de degradação, ou seja, de quebra das substâncias. Parte sempre de
  3. 3. moléculas que contêm quantidades importantes de energia, como polissacarídeos, lipídios, ácidos nucleicos e proteínas que são degradados em unidades menores e com menor quantidade energética como monossacarídeos, ácidos graxos, nucleotídeos e aminoácidos, respectivamente. Ou seja, moléculas grandes são constituídas por longas cadeias de monômeros (mono = um + mer = parte) e por isso são chamadas de polímeros (poli = muitos). A energia resultante do catabolismo é aproveitada pelo organismo que normalmente a armazena nas células em forma de compostos trifosfatados, como o ATP (Trifosfato de adenosina) e o GTP, adenosina trifosfato ou simplesmente ATP, é um nucleotídeo responsável pelo armazenamento de energia em suas ligações químicas. É constituído por adenosina, um nucleosídeo, associado a três radicais fosfato conectado em cadeia. A energia é armazenada nas ligações entre os fosfatos. O ATP armazena energia proveniente da respiração celular e da fotossíntese, para consumo imediato. A molécula atua como uma moeda celular, ou seja, é uma forma conveniente da transformação da energia. Esta energia pode ser utilizada em diversos processos biológicos, tais como o transporte ativo de moléculas, síntese e secreção de substâncias, locomoção e divisão celular, entre outros. Guanosina- 5'-trifosfato (GTP) é uma purina nucleósido-trifosfato. Pode atuar como um substrato para a síntese de RNA durante a transcrição ou processo de DNA durante a replicação do DNA. A sua estrutura é semelhante à da guanina nucleobase, a única diferença sendo que os nucleotídeos como GTP tem uma ribose açúcar e
  4. 4. três fosfatos, com a nucleobase ligada ao 1' e o radical ligado ao trifosfato 5' carbonos da ribose. Ele também tem o papel de uma fonte de energia ou de um ativador de substratos em reações metabólicas, como a de ATP, mas mais específico. Ele é utilizado como uma fonte de energia para a síntese de proteínas e gluconeogênese. A GTP é essencial para a transdução de sinal, em particular, com proteínas-G, em mecanismos de segundo mensageiro, onde é convertido para o difosfato de guanosina (GDP) por meio da ação de GTPases. Além disso, o GH-hormônio de crescimento tende a reduzir o catabolismo protêico por meio da mobilização de gordura como fonte de combustível mais eficiente: isso leva à liberação de ácidos graxos do tecido adiposo e aumenta sua conversão em Acetil-CoA, a partir da qual é derivada a energia. (A acetilcoenzima A provém do metabolismo dos carboidratos e dos lipídios, e, em menor proporção, do metabolismo das proteínas, as quais, assim como os aminoácidos, podem alimentar o ciclo em outros locais diferentes que os do acetil). CONCLUSÃO: A perfeição do mecanismo e logística do metabolismo e biologia humana não se esquecerá de nenhum detalhe no que se refere ao processo de adaptação humana, como podemos observar a lógica e a eficiência a tempo e a hora exatas, os processos evolutivos se verificarão, resultando em um ser normal se tudo for observado; cabe a nós humanos cumprirmos nossas obrigações exógenas para que um mínimo detalhe não fique fora da normalidade, e venhamos a comprometer o que já é perfeito e não precisa de UP-GRADE. INFANT, CHILD AND YOUTH: GROWING ONLY AFTER REPAIR HOME TREATMENT. CAIO JR, DR. ET CAIO H. DRA. ISOFORM HOME OF HUMAN GROWTH HORMONE-GH IS A PROTEIN OF 191 AMINOACIDS AND A MOLECULAR WEIGHT OF 22,124 DALTONS. THE STRUCTURE INCLUDES FOUR PROPELLERS, REQUIRED FOR FUNCTIONAL INTERACTION WITH RECEIVER GH. IT APPEARS THAT, IN STRUCTURE, GH
  5. 5. IS EVOLUTIONARILY HOMOLOGOUS TO PROLACTIN, AND CHORIONIC SOMATOMAMMOTROPIN. DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. The start of a repair with respect to the growth of child, infant or youth, just got your start from the moment that the observed functional deficiency or irregularity through a more assertive possible diagnosis is made and treated; so we can get an idea of the importance of GH-growth hormones were to consider some important details concerning its formation and "status quo": several molecular isoforms of GH- growth hormone exists in the pituitary gland and is released into the blood. In particular, a variant of approximately 20 kDa originated by an alternative splicing is present at a fairly constant ratio 1:9, while recently a further variant of ~ 23 to 24 kDa (molecular weight) was also evaluated in post-exercise states with higher ratio. This variant has been identified but has been suggested to coincide with a 22 kDa glycosylated variant of 23- kDa identified in the pituitary gland. Moreover, these variants partly circulating linked to a protein (growth hormone-binding protein, GHBP), which is the truncated part of the growth hormone receptor and an acid labile subunit (ALS). The primary function of GH-growth hormone promote linear or longitudinal growth, which obviously will not happen with poor metabolic manner expected or biological, leading to short stature and other disorders not expected. Your basic metabolic effects serve to reach
  6. 6. this positive result considering its expected normality is to aid or intervention in most effects that promote the growth of mediation by insulin-like growth factor illness I (IGF-I); formerly known as somatomedin C. GH-Growth Hormone by means of IGF-I, increases protein synthesis to increase amino acid uptake and directly accelerating the transcription and translation of mRNA. The process of metabolism leads to protein catabolism, or called to the catabolism of the metabolism respect to the assimilation of the organic matter or acquired by living beings for the purpose of obtaining energy. This set of procedures with respect to degradation pathways, namely breaking of substances. Part always molecules that contain significant amounts of energy, such as polysaccharides, lipids, proteins and nucleic acids are degraded into smaller units, and less energy quantity as monosaccharide’s, fatty acids, nucleotides and amino acids, respectively. That is, large molecules are formed by long chains of monomers (mono = mer + = one piece) and therefore are called polymers (poly = many). The resulting energy is harnessed by the catabolism of organism that normally stored in cells in the form of triphosphate compounds such as ATP (adenosine triphosphate) and GTP. The ATP-adenosine triphosphate, is a nucleotide responsible for the storage of energy in its links chemical. It is composed of adenosine, a nucleoside, associated with three phosphate radicals connected chain. The energy is stored in the bonds between phosphates. ATP stores energy from cellular respiration and photosynthesis, for immediate consumption.
  7. 7. The molecule acts as a cellular coin, e.g., it is a convenient form of energy transformation. This energy can be used in various biological processes such as active transport of molecules, synthesis and secretion of substances locomotion and cell division, among others. The Guanosine 5'- triphosphate (GTP) is a purine nucleoside triphosphate. It can present as a substrate for the synthesis of RNA during the transcription process or DNA during DNA replication. The structure is similar to the nucleobase guanine, the only difference being that the nucleotide has a ribose like GTP and three sugar phosphates with the nucleobase attached to the1’ and the triphosphate moiety attached to the 5' carbon of the ribose. It also has the role of a power source or activator of substrates in metabolic reactions such as ATP, but more specific. It is used as a source of energy for protein synthesis and gluconeogenesis. The GTP is essential for signal transduction, in particular with G-proteins, in second messenger mechanisms, where it is converted to guanosine diphosphate (GDP) by the action of GTPases. Moreover, GH- growth hormone tends to reduce protein catabolism by mobilizing fat as a more efficient fuel source: this leads to release of fatty acids from adipose tissue and increases its conversion to acetyl- CoA, from which is derived energy. (The acetyl coenzyme A comes from the metabolism of carbohydrates and lipids, and to a lesser extent of metabolism of proteins, which, like amino acids, can feed cycle other than the acetyl locations). CONCLUSION; The perfection of the mechanism and logistics metabolism
  8. 8. and human biology will not forget any detail with regard to human adaptation process, as we can see the logic and efficiency in time and the exact time, the evolutionary process will occur, resulting in be normal if everything is observed; it is up to us humans to fulfill our obligations to exogenous minimal detail is not outside the normal range, and we will compromise what is already perfect and does not need to UP-GRADE. Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologista CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 Como saber mais: 1. O hipotálamo é uma parte do cérebro que contém certo número de pequenos núcleos com uma variedade de funções. Uma das funções mais importantes do hipotálamo é ligar o sistema nervoso com o sistema endócrino através da glândula pituitária (hipófise)... http://hormoniocrescimentoadultos.blogspot.com 2. Nos seres humanos, é mais ou menos do tamanho de uma amêndoa. O hipotálamo é responsável por certos processos metabólicos e outras atividades do sistema nervoso autônomo. Ele sintetiza e segrega certos neuro-hormônios, chamados frequentemente de hormônios de liberação ou hormônios do hipotálamo, e estes por sua vez, estimulam ou inibem a secreção de hormônios da hipófise... http://longevidadefutura.blogspot.com 3. O hipotálamo controla a temperatura corporal, a fome, aspectos importantes de parentalidade e de fixação de comportamentos, sede, fadiga, sono e ritmos circadianos... http://imcobesidade.blogspot.com
  9. 9. AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Caio Jr, João Santos, Dr.; Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Caio,H. V., Dra. Endocrinologista, Medicina Interna – Van Der Häägen Brazil, São Paulo, Brasil; Sandberg DE, Voss LD. The psychosocial consequences of short stature: a review of the evidence. Best Pract Res Clin Endocrinol Metab.2002;16:449-463; Rosenfeld RG. Is growth hormone deficiency a viable diagnosis? J Clin Endocrinol Metab. 1997;82:349-351; Allen DB, Fost N. hGH for short stature: ethical issues raised by expanded access. J Pediatr. 2004;144:648-652; Finkelstein BS, Imperiale TF, Speroff T, Marrero U, Radcliffe DJ, Cuttler L. Effect of growth hormone therapy on height in children with idiopathic short stature: a meta-analysis. Arch Pediatr Adolesc Med. 2002;156:230-240; Sandberg DE, Michael P. Psychosocial stresses related to short stature: does their presence imply psychiatric dysfunction? In: Drotar D, ed.Assessing Pediatric Health-Related Quality of Life and Functional Status: Implications for Research. Mahwah, NJ: Lawrence Erlbaum Associates; 1998:287-312; Zimet GD, Cutler M, Litvene M, Dahms W, Owens R, Cuttler L. Psychological adjustment of children evaluated for short stature: a preliminary report. J Dev Behav Pediatr. 1995;16:264-270; Sandberg DE, Brook AE, Campos SP. Short stature: a psychosocial burden requiring growth hormone therapy? Pediatrics. 1994;94:832-840; Ross JL, Sandberg DE, Rose SR, et al. Psychological adaptation in children with idiopathic short stature treated with growth hormone or placebo. J Clin Endocrinol Metab. 2004;89:4873-4878; Theunissen NC, Kamp GA, Koopman HM, Zwinderman KA, Vogels T, Wit JM. Quality of life and self-esteem in children treated for idiopathic short stature. J Pediatr. 2002;140:507-515; Slyper A. The safety and effectiveness of human growth hormone using pharmacological dosing. Med Hypotheses. 1995;45:523-528; Finkelstein BS, Singh J, Silvers JB, Marrero U, Neuhauser D, Cuttler L. Patient attitudes and preferences regarding treatment: GH therapy for childhood short stature. Horm Res. 1999;51(Suppl 1):67-72. Contato: Fones: 55 11 5087-4404 ou 96197-0305 Nextel: ID:111*101625 Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj. 121/122 Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br
  10. 10. http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr Video http://youtu.be/woonaiFJQwY Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl= pt&sll=-23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,- 46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×