CRESCER INFANTIL/JUVENIL;RELAÇÃO METABÓLICA E BIOLÓGICA ENTRE HORMÔNIO DE CRESCIMENTO-GH E TIREOIDE

553 visualizações

Publicada em

As glândulas endócrinas, através da secreção de seus hormônios, são responsáveis pelo crescimento de fetos, neonatais, crianças, infantil, juvenil com funcionamento e regulação de vários órgãos, incluindo a maioria das características morfológicas masculinas e femininas, atuando inclusive no comportamento dos indivíduos, e nesta característica temos que considerar a Cognição que é o ato ou processo da aquisição do conhecimento.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

CRESCER INFANTIL/JUVENIL;RELAÇÃO METABÓLICA E BIOLÓGICA ENTRE HORMÔNIO DE CRESCIMENTO-GH E TIREOIDE

  1. 1. É DE SINGULAR IMPORTÂNCIA AO INTRODUZIRMOS O GH– HORMÔNIO DE CRESCIMENTO EM PACIENTES COM DEFICIÊNCIA DE GH, TANTO PARA CRIANÇA, INFANTIL, JUVENIL E MESMO ADULTO E DE FORMA CONCOMITANTE CORRIGIRMOS O EIXO HYPOTHALAMUS-PITUITARY- THYROID (HPT); FISIOLOGIA–ENDOCRINOLOGIA– NEUROENDOCRINOLOGIA-GENÉTICA–ENDÓCRINO-PEDIATRIA (SUBDIVISÃO DA ENDOCRINOLOGIA): DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. INCLUINDO A REDUÇÃO DE TIROXINA SÉRICA (T4), TRIIODOTIRONINA COM AUMENTO NO SORO DE (T3) QUE POSSIVELMENTE OCORRERÁ COM OU SEM UMA REDUÇÃO NO SORO DO HORMÔNIO TIREOESTIMULANTE TSH, POIS AMBAS AS SUBSTÂNCIAS DEVEM ESTAR EQUIVALENTES DE FORMA CORRETA EM PACIENTES DEFICIENTES DE GH, QUE AO SER CORRIGIDO NECESSITARÁ POR DECRÉSCIMO DOS HORMÔNIOS DO EIXO HIPOTÁLAMO- PITUITÁRIA-TIREÓIDE (HPT) QUE AS DOSES ESTEJAM ADEQUADAS. O eixo hipotálamo-pituitário-tireóide (HPT) envolve uma infinidade de funções metabólicas e biológicas e seu desequilíbrio permitirá um universo de patologias que podem comprometer humanos. Os órgãos
  2. 2. principais envolvidos na produção de hormônios de uma maneira geral são o hipotálamo, a hipófise, a tireóide, a glândula suprarrenal, o pâncreas, a paratireóide, as gônadas, a placenta e, em certos casos, a mucosa do intestino delgado. A hipófise, chamada a maestra das glândulas endócrinas, segrega hormônios que controlam a atividade de outras glândulas endócrinas e regulam vários processos biológicos. Suas secreções incluem o hormônio do crescimento-GH (que estimula a atividade celular nos ossos, cartilagem e outros tecidos estruturais); o hormônio estimulante da tireóide-TSH (que faz com que a tireóide libere hormônios reguladores do metabolismo-T3 e T4); portanto, existe uma afinidade significativa entre essas substâncias elementares. O Sistema Endócrino é constituído por diversas glândulas e tecidos que secretam substâncias químicas responsáveis pelo controle da maioria das funções biológicas. As substâncias secretadas são chamadas hormônios (hormao = excitar) que atuam em tecidos alvos ligando-se a receptores específicos. As glândulas que os secretam são chamadas glândulas endócrinas e seus produtos de secreção são veiculados pela corrente circulatória. Assim as glândulas endócrinas, através da secreção de seus hormônios, são responsáveis pelo crescimento de fetos, neonatais, crianças, infantil, juvenil com funcionamento e regulação de vários órgãos, incluindo a maioria das características morfológicas masculinas e femininas, atuando inclusive no comportamento dos indivíduos, e nesta característica temos que considerar a Cognição que é o ato ou processo da aquisição do
  3. 3. conhecimento que se dá através da percepção, da atenção, da memória, do raciocínio, do juízo, da imaginação, do pensamento e da linguagem. Assim dizemos que os hormônios são os responsáveis pela manutenção da homeostase, isto é, do equilíbrio e perfeito funcionamento do organismo humano. A atividade do sistema endócrino é regulada por mecanismo de "feedback” ou retro-controle. O "feedback" é denominado "feedback negativo" quando a concentração do hormônio secretado por uma glândula atinge uma concentração acima do necessário levando à interrupção da secreção deste hormônio e à consequente interrupção deste circuito de ação. O "feedback" é denominado "feedback positivo" quando a concentração de um hormônio é baixa e há necessidade de a glândula secretá-lo em maior quantidade para que uma determinada atividade fisiológica possa ser desenvolvida. É importante considerarmos que a ação hormonal ocorre devido à presença das moléculas receptoras (receptores) sempre "ancoradas" na membrana das células dos tecidos alvos. Os hormônios, em geral, quando se ligam aos seus receptores induzem à modificações na estrutura molecular dos mesmos. Estas modificações permitem a interação do receptor com outros "mensageiros" localizados no interior da célula que desencadeia as reações moleculares intracelulares para que a célula alvo exerça sua função. Muitas dessas interações intracelulares são mediadas pelos nucleotídeos cíclicos (AMP, GMP, ATP, etc), e por isso também são denominados de "segundo mensageiro", ou seja, são os elos de conexão entre os receptores e outras moléculas que precisam ser "ativadas" intracelularmente. A hipófise anterior secreta seis hormônios: o hormônio adrenocorticotrófico (ACTH), o hormônio tireoestimulante (TSH), o hormônio de crescimento (GH), o hormônio folículo estimulante (FSH), o hormônio luteinizante (LH) e a Prolactina, sendo que todos esses hormônios têm uma convivência interativa, sem as quais suas funções ficam comprometidas.
  4. 4. GLÂNDULA TIREÓIDE: a glândula tireóide mantém o metabolismo dos tecidos em nível ótimo para suas funções normais. O hormônio tireoidiano estimula o consumo de oxigênio da maioria das células do organismo, auxilia a regulação do metabolismo dos carboidratos e dos lipídeos e é necessário para o crescimento linear ou longitudinal em crianças intra - útero, neonatal, infantil, juvenil, adolescente e interfere no metabolismo de adultos e maturação normais. A glândula não é essencial para a vida, embora sua ausência possa levar ao coma tireoidiano por deficiência de seu hormônio, sem considerar o estrago promovido por sua diminuição; porém, sua ausência acarreta menor resistência ao frio, lentidão física e mental e, em criança, infantil e juvenil, retardamento mental e nanismo- hipofisário-tireoidiano por deficiência de transporte de seus hormônios e do hormônio de crescimento que está intimamente ligado. Por outro lado, o excesso de secreção de hormônios da tireóide produz desgaste corporal, nervosismo, taquicardia, tremores, e produção excessiva de calor. A função tireoidiana é regulada pelo hormônio tireoestimulante (TSH) produzido na hipófise anterior. A secreção deste hormônio tireoideano é regulada em parte, por retroativação inibitória, dependente de níveis altos de hormônio tireoidiano circulante sobre a hipófise e, em parte, por mecanismos nervosos que agem por
  5. 5. intermédio do hipotálamo. Os principais hormônios secretados pela glândula tireóide são: tiroxina (T4), triiodotironina (T3) e calcitonina, produzida por 4 pequenas glândulas que tem o tamanho de uma lentilha e estão localizadas atrás da glândula tireoidiana em suas extremidades, controlando o metabolismo do cálcio através do PTH-Paratormônio. CONCLUSÃO: tanto o hormônio de crescimento-GH, como o hormônio estimulador da tireóide-TSH têm papéis importantes na vida de um modo geral dos mamíferos, mas nos humanos tem um papel particular, pois como seres conscientes sabemos que as suas deficiências irão desorganizar nossa homeostase que é a compatibilidade de uma vida saudável. GROW CHILD-YOUTH; RELATIONSHIP BETWEEN METABOLIC AND BIOLOGICAL GROWTH HORMONE, GH, AND THYROID. IT IS OF PARTICULAR IMPORTANCE WHEN WE INTRODUCED GH- GROWTH HORMONE IN PATIENTS WITH GHD, CHILDREN, INFANT, YOUTH AND ADULT SAME FORM AND CONCURRENT CORRECTING AXIS HYPOTHALAMO-PITUITARY-THYROID (HPT); PHYSIOLOGY- ENDOCRINOLOGY-NEUROENDOCRINOLOGY-GENETICS-ENDOCRINE- PEDIATRICS (SUBDIVISION OF ENDOCRINOLOGY): DR. JOÃO SANTOS CAIO JR. ET DRA. HENRIQUETA VERLANGIERI CAIO. INCLUDING THE REDUCTION OF SERUM THYROXINE (T4), TRIIODOTHYRONINE WITH INCREASE IN SERUM (T3) THAT OCCUR WITH OR POSSIBLY WITHOUT A REDUCTION IN THE SERUM TSH-THYROID STIMULATING HORMONE BECAUSE BOTH SUBSTANCES SHOULD BE EQUIVALENT IN PROPER FORM OF DISABLED PATIENTS GHD THAT NEED TO BE FIXED BY DECREASE IN HYPOTHALAMUS-PITUITARY-THYROID AXIS HORMONES (PTH) IN APPROPRIATE DOSE.
  6. 6. The hypothalamus-pituitary-thyroid (HPT) axis, involves a multitude of metabolic and biological functions and their imbalance will allow a universe of diseases that can compromise humans. The main organs involved in the production of hormones in general are the hypothalamus, pituitary, thyroid, the adrenal gland, pancreas, parathyroid, gonads, placenta and in some cases the mucosa of the small intestine. The pituitary gland, called the maestra endocrine gland secretes hormones that control the activity of other endocrine glands and regulate various biological processes. Their secretions include growth hormone-GH (which stimulates cellular activity in bone, cartilage and other structural tissues); the thyroid stimulating hormone-TSH (which stimulates the thyroid to release hormones regulating metabolism); so there is a significant affinity between these elementary substances. The endocrine system is composed of several tissues and glands that secrete chemicals responsible for the control of most biological functions. The secreted substances are called hormones (hormao = excite) that act on target tissues by binding to specific receptors glands that secrete are called endocrine glands and their secretory products are conveyed by the bloodstream. Thus the endocrine glands, through the secretion of their hormones are responsible for growth, functioning and regulation of various organs, including the majority of male and female morphological characteristics, including acting in the behavior of individuals, and in this feature we have to consider that Cognition is the act or process of acquiring knowledge that is given through perception, attention, memory,
  7. 7. reasoning, judgment, imagination, thought and language. Thus we say that hormones are responsible for maintaining homeostasis, e.g., the equilibrium and perfect functioning of the human organism. The activity of the endocrine system is regulated by a mechanism of "feedback" or retro-control. "Feedback" is called "negative feedback" when the concentration of the hormone secreted by a gland reaches a concentration above the necessary interruption occurring secretion of this hormone and the consequent interruption of action circuit. "Feedback" is called "positive feedback" when the concentration of a hormone is low and there is need for the gland secrete it to a certain physiological activity can be developed important to consider that hormonal action occurs due to the presence of the receptor molecules (receptors) where "anchored" in the cell membrane of the target tissues. Hormones in general when they bind to their receptors induce changes in the molecular structure thereof. These modifications allow interaction receptor with other "messengers" located inside the cell that trigger intracellular molecular reactions for the target cell to exert its function. Many of these interactions are mediated by intracellular cyclic nucleotides (AMP, GMP, ATP, etc.), which are therefore also called "second messenger" , e.g., are the connecting links between receptors and other molecules that need to be "activated "intracellularly”. The anterior pituitary secretes six hormones: adrenocorticotropic hormone (ACTH), thyroid stimulating hormone
  8. 8. (TSH), growth hormone (GH), follicle stimulating hormone (FSH), luteinizing hormone (LH) and prolactin (PRL), and all these hormones have an interactive coexistence, without which its functions are compromised. THYROID GLAND: the thyroid gland maintains the tissue metabolism at optimum level to its normal functions. Thyroid hormone stimulates oxygen consumption of most cells in the body, helps regulate the metabolism of carbohydrates and lipids and is required for the linear or longitudinal intra uterine growth in children, newborn, child, youth, adolescents and interferes with the adults metabolism and normal aging. The gland is not essential for life, but their absence can lead to thyroid hormone coma for his disability, without considering the damage by promoting its reduction; however, its absence leads to lower resistance to cold, mental and physical sluggishness, in juvenile and children, mental retardation and dwarfism-pituitary-thyroid by transporting their hormones and growth hormone deficiency (GHD) is intimately acquainted. Moreover, excess wear body produces thyroid secretion, nervousness, tachycardia, tremors, and excessive heat production. The thyroid function is regulated by the shot- stimulating hormone (TSH) from the anterior pituitary. The secretion of the thyroid hormone is regulated in part by inhibitory feedback dependent on high levels of circulating thyroid hormone on the pituitary and in part by neural mechanisms that act through the hypothalamus. The main hormones secreted by the thyroid
  9. 9. gland is thyroxine (T4), triiodothyronine (T3) and calcitonin 4 small glands about the size of a lentil and are located behind the thyroid gland in your extremities, controlling calcium metabolism–PTH. CONCLUSION: Both growth hormone and TSH, such as stimulating hormone plays important roles in life in general mammals but in humans has a particular role because as conscious beings know that their shortcomings will disrupt our homeostasis which is the compatibility a healthy life. Dr. João Santos Caio Jr. Endocrinologia – Neuroendocrinologista CRM 20611 Dra. Henriqueta V. Caio Endocrinologista – Medicina Interna CRM 28930 Como saber mais: 1. A estrutura do hormônio de crescimento-GH é composta de 191 aminoácidos, formando uma proteína de peso molecular com 22 kDa (principalmente não glicosilada). Tendo como funções principais estimular a produção de IGF-I (o mediador das ações indiretas do GH); além de exercer também efeitos significativos sobre o crescimento de criança, infantil, juvenil e ação agonista (positiva) sobre todo o metabolismo... http://hormoniocrescimentoadultos.blogspot.com 2. Além disto, age através dos axônios que terminam na camada externa da eminência mediana. A principal isoforma do GHRH – hormônio liberador do hormônio de crescimento – é composta por 44 aminoácidos... http://longevidadefutura.blogspot.com 3. O GHRH é sintetizado a partir de um precursor maior de 108
  10. 10. aminoácidos. Também foram encontrados outros produtos secretórios derivados deste precursor. A ativação biológica plena destes fatores de liberação parece residir na sequência de aminoácidos de 1 a 29 da porção amino terminal da molécula... http://imcobesidade.blogspot.com AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA. Referências Bibliográficas: Caio Jr, João Santos, Dr.; Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Caio,H. V., Dra. Endocrinologista, Medicina Interna – Van Der Häägen Brazil, São Paulo, Brasil; Wyatt, D.T., Gesundheit, N. & Sherman, B. () Changes in thyroid hormone levels during growth hormone therapy in initially euthyroid patients: lack of need for thyroid supplementation. J Clin Endocrinol Metab 1998;83,34933497; Portes, E.S., Oliveira, J.H., MacCagnan, P. et al. Changes in serum thyroid hormone levels and their mechanisms during long term growth hormone (GH) replacement therapy in GH deficient children. Clin Endocrinol (Oxf), 2000;53,183189; Porretti, S., Giavoli, C., Ronchi, C., et al. Recombinant human Gh replacement therapy and thyroid function in a large group of adult GHdeficient patients: when does LT(4) replacement become mandatory? J Clin Endocrinol Metab 2002;87, 20422045; Giavoli, C., Porretti, S., Ferrante, E., et al. Recombinant hGH replacement therapy and the hypothalamuspituitarythyroid axis in children with GH deficiency: when should we be concerned about the occurrence of central hypothyroidism? Clin Endocrinol, 2003;59, 806810; Seminara, S., Stagi, S., Candura, L., et al. Changes of thyroid function during long term hGH therapy in GHD children. A possible relationship with catch up growth? Horm Metab Res 2005, 37, 7516; Agha, A., Walker, D., Perry, L., et al. Unmasking of central hypothyroidism following growth hormone replacement in adult hypopituitary patients. Clinl Endocrinol 2007; 66, 7277; Losa, M., Scavini, M., Gatti E., et al. Longterm effects of growth hormone replacement therapy on thyroid function in adults with growth hormone deficiency. Thyroid, 2008;19,124954; Jorgensen, J.O., Moller, J., Laursen, T., et al. Growth Hormone administration stimulates energy expenditure and extra thyroidal conversion of thyroxine to triiodothyronine in a dose dependent manner and suppresses circadian thyrotrophin levels: studies in GHdeficient adults. Clin Endocrinol (Oxf), 1994;41,609614; Comtois, R., Beauregard, H., Somma, M., et al. The clinical and endocrine outcome to transsphenoidal microsurgery of nonsecreting pituitary adenomas. Cancer,1991;68,8606; Marazuela, M., Astigarraga, B., Vicente, A., et al. Recovery of visual and endocrine function following transsphenoidal surgery of large nonfunctioning pituitary adenomas. Journal of Endocrinological Investigation, 1994;17,7037. Contato: Fones: 55 11 5087-4404 ou 96197-0305 Nextel: ID:111*101625 Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj. 121/122 Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
  11. 11. e-mails: drcaio@vanderhaagenbrasil.com drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com Site Van Der Häägen Brazil www.vanderhaagenbrazil.com.br www.clinicavanderhaagen.com.br www.crescimentoinfoco.com www.obesidadeinfoco.com.br http://drcaiojr.site.med.br http://dracaio.site.med.br Joao Santos Caio Jr http://google.com/+JoaoSantosCaioJr Video http://youtu.be/woonaiFJQwY Google Maps: http://maps.google.com.br/maps/place?cid=5099901339000351730&q=Van+Der+Haagen+Brasil&hl= pt&sll=-23.578256,46.645653&sspn=0.005074,0.009645&ie =UTF8&ll=-23.575591,- 46.650481&spn=0,0&t = h&z=17

×